Você está na página 1de 5

SEM VALOR - DOCUMENTO MODELO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO - LIMITE FIXO

I-PREÂMBULO
Credor
MONEY PLUS SOCIEDADE DE CRÉDITO AO MICROEMPREENDEDOR E A EMPRESA DE PEQUENO PORTE LTDA.,
instituição financeira autorizada pelo Banco Central do Brasil, inscrita no CNPJ(MF) sob o nº 11.581.339/0001-45,
com sede na Av. Paulista Nº 1765, 1º andar, no bairro da Bela Vista, cidade de São Paulo, estado de São Paulo, no
CEP 01311200
Emitente
REYNALDO DA SILVA COSTA 34084426814
CPF/CNPJ 27.932.239/0001-56
AV INDEPENDÊNCIA,3014 ,ALTO DA BOA VISTA, RIBEIRÃO PRETO-SP CEP:14025-230
Telefone: 16 3877-4328
Email: pontodaesfihapaulinia1@gmail.com
II-CARACTERÍSTICAS DE OPERAÇÃO
II.1. Valor de Principal: R$ 70.000,00
II.2. Imposto sobre Operação Financeira (IOF): R$ 791,00
II.3. Taxa de Juros: 4,99% ao mês
II.4. Data de Emissão: 02/02/2020
II.5. Data de Vencimento: 02/11/2020
II.6. Local de Pagamento: São Paulo, Estado de São Paulo
II.7. Custo Efetivo Total ao ano (CET): 89,38%
II.8. Tarifa de Cadastro: R$ 700,00
II.9. Garantias: Vide Cláusula 7 desta CÉDULA
II.10. Valor Total de Crédito: R$ 71.491,00
III-INFORMAÇÕES PARA LIBERAÇÃO DE CRÉDITO
Forma do desembolso:
(X) Crédito na Conta Corrente de titularidade da EMITENTE mantida junto ao banco: Itaú Unibanco S.A. (341),
agência: 7159-, conta nº: 23512-1 (Conta Corrente);
Data Máxima de Desembolso: Pagamento em até 3 dias úteis

IV-INFORMAÇÕES SOBRE O PAGAMENTO


IV.1. ( X ) mediante débito automático diário na agenda de pagamentos de titularidade do EMITENTE mantida junto à
STONE PAGAMENTOS S.A., inscrita no CNPJ nº 16.501.555/0001-57 (“STONE”) até a Data de Vencimento, podendo
ser amortizada ou liquidada antecipadamente, nos termos da cláusula 9.3 abaixo.
IV.2. ( ) por meio de boletos bancários;

V-CONDIÇÕES GERAIS – CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO


DOS CONSIDERANDOS
1. Considerando que o EMITENTE deseja contratar com o CREDOR operação de disponibilização de limite operacional fixo para
capital de giro de seu negócio;
2. Considerando que o CREDOR aceitou conceder ao EMITENTE um empréstimo por meio da disponibilização de limite fixo;
3. Considerando que o EMITENTE é estabelecimento comercial que oferta serviços e/ou produtos à clientes, possuindo
credenciamento com a STONE;
4. Considerando que o EMITENTE, pelo credenciamento com a plataforma da STONE, disponibiliza aos seus clientes a opção de
pagamento de seus produtos e serviços por meio de pagamento eletrônicos, tais como cartões de crédito e de débito e que em
razão de tais meios de pagamento o EMITENTE possui junto à STONE uma agenda de pagamentos que reflete os valores a
receber de seus clientes que se utilizaram dos produtos e/ou serviços do EMITENTE; e
5. Considerando que o EMITENTE emitiu a presente Cédula de Crédito Bancário e o CREDOR aceitou receber em pagamento por
esta Cédula de Crédito Bancário os valores que o EMITENTE possui junto à STONE constante de sua agenda de pagamentos.
O EMITENTE e o CREDOR celebram a presente Cédula de Crédito Bancário – Limite Fixo (“CÉDULA”), que se regerá pelas

Esta página é parte integrante da Cédula de Crédito Bancário nº 2793223901012806, tendo como Emitente REYNALDO DA SILVA Página 1 de 5
COSTA 34084426814 e CPF/CNPJ: 27.932.239/0001-56.
SEM VALOR - DOCUMENTO MODELO

cláusulas abaixo estabelecidas:


DO OBJETO
6. Pela presente CÉDULA, disciplinada pela legislação aplicável à espécie e pelas cláusulas e condições abaixo constantes, o
EMITENTE, já devidamente qualificada no anverso, pagará ao CREDOR, a quantia líquida, certa e exigível, acrescida dos juros à
taxa indicada nesta CÉDULA, capitalizados diariamente, e demais encargos devidos, em moeda corrente nacional, conforme
discriminado no item II.3, do Quadro “Características da Operação”. Referido valor se refere à concessão, pelo CREDOR ao
EMITENTE, de empréstimo por meio da disponibilização de limite fixo.
6.1. Assim, o CREDOR concede ao EMITENTE, que aceita, um limite fixo de crédito no valor e forma especificados no Item II.1, do
Quadro “Características da Operação” e do Quadro “Informações para Liberação do Crédito” da presente CÉDULA.
6.1.1. O CREDOR informa e o EMITENTE concorda que o IOF – Imposto sobre Operações Financeiras indicado no Quadro
“Características da Operação “é estimado vez que o saldo devedor, sendo a base de cálculo do IOF, varia conforme as
amortizações diárias realizadas, nos termos da Cláusula 7.2 abaixo.
6.2. O EMITENTE declara-se ciente de que a liberação do crédito ora aberto até a Data Máxima de Desembolso prevista no
Quadro “Informações para Liberação do Crédito” ficará sujeita à aprovação, pelo CREDOR e a seu único e exclusivo critério, das
condições comerciais e de crédito à época da solicitação de concessão de empréstimo realizada pelo EMITENTE, sendo que o
CREDOR poderá, inclusive, cancelar, a emissão da presente CÉDULA, devendo o EMITENTE manter o CREDOR indene e abster-se
de buscar qualquer tipo de indenização contra o CREDOR neste sentido. Adicionalmente, o EMITENTE terá a faculdade de
solicitar nova operação de crédito ao CREDOR para que este avalie a nova solicitação.
6.3. Uma vez que a opção do campo IV.1. tenha sido preenchida no Quadro IV “Forma de Cobrança”, o EMITENTE se obriga a
efetuar o pagamento do valor principal, acrescido dos encargos incidentes, por meio de débito diário de um valor percentual em
sua agenda de pagamentos na STONE, conforme Cláusula 7 abaixo termos e condições dos serviços contratados pelo EMITENTE
junto à STONE.
6.4. Considerando que a referida agenda de pagamentos além de meio de pagamento do valor devido é ainda objeto de garantia
da presente CÉDULA, caso ocorra qualquer hipótese de vencimento antecipado da CÉDULA, nos termos da Clásuula 9.3 abaixo, e
o CREDOR constar que a agenda de pagamentos citada não possui recursos suficientes para a liquidação do valor referente à
amortização do saldo devedor vencido antecipadamente, o CREDOR efetuará a cobrança deste saldo devedor por meio de novo
débito na agenda de pagamentos ou, a seu critério, emitirá boleto bancário referente ao valor da diferença a ser paga.
6.5. Sem prejuízo das obrigações do EMITENTE, conforme opção selecionada no Campo IV “Forma de Cobrança”, o CREDOR,
poderá optar, pela substituição da forma de pagamento do empréstimo objeto desta CÉDULA para cobrança do saldo devedor
por meio de boleto bancário, passando a enviar tais boletos bancários para o endereço do EMITENTE constante nesta CÉDULA,
conforme notificação prévia ao EMITENTE. Adicionalmente, o CREDOR deverá notificar a STONE neste sentido para que esta
deixe de efetuar os descontos diários pactuados na presente CÉDULA.
6.6. O EMITENTE declara ter ciência que eventual não recebimento dos documentos de cobrança que lhe serão
entregues/enviados, não o eximirá da responsabilidade de pagar as parcelas nos exatos vencimentos, que são de seu pleno
conhecimento. Nesse caso, deverá o EMITENTE dirigir-se a sede do CREDOR ou, ainda, contatar o CREDOR por qualquer um dos
canais de atendimento colocados à sua disposição e efetuar a liquidação de suas obrigações, consoante os termos desta
CÉDULA.

DA GARANTIA
7. Em garantia ao pagamento do valor principal, acrescido dos encargos incidentes decorrentes da CÉDULA, o EMITENTE
constitui em favor do CREDOR, a cessão fiduciária do saldo presente e futuro dos direitos creditórios oriundos das transações
com instrumentos de pagamento (incluindo, mas não se limitando, a cartões de crédito à vista e à prazo, e cartão de débito)
registradas na agenda de pagamentos mantida pelo EMITENTE junto à STONE.
7.1. Em decorrência da garantia ora outorgada, neste ato, em caráter irrevogável e irretratável, o EMITENTE desde já autoriza
expressamente a STONE, outorgando todos os poderes necessários para tanto, nos termos dos artigos 683 e 684 do Código Civil,
a debitar, em favor do CREDOR, qualquer montante de sua titularidade em valores suficientes para amortização antecipada da
presente CÉDULA; ou valores suficientes para a liquidação da CÉDULA na data da decretação de vencimento antecipado da
presente CÉDULA, conforme previsto na Cláusula 9 abaixo.
7.2. O EMITENTE concede mesma autorização à STONE no que guardar relação ao débito, diário e proporcional à 20,76% de
pagamentos como forma de amortização parcial facultativa nos termos desta CÉDULA.
7.3. Para os fins de operacionalização da presente garantia, o CREDOR poderá solicitar a trava dos recebíveis à STONE na conta
indicada no Quadro III “Informações para Liberação de Crédito”.

DA COBRANÇA DE CET – CUSTO EFETIVO TOTAL


8. O EMITENTE declara expressamente que tem ciência e concorda com o cálculo do Custo Efetivo Total (CET) do empréstimo
veiculado na presente CÉDULA, sendo certo que o mesmo levou em consideração a liberação do crédito e o fluxo de pagamento
previstos, incluindo a taxa anual efetiva de juros, tributos, “seguro”, etc.

DO INADIMPLEMENTO, DOS ENCARGOS MORATÓRIOS E DO VENCIMENTO ANTECIPADO


9. Pela falta de cumprimento de quaisquer das obrigações assumidas nesta CÉDULA, ficará o EMITENTE, a partir do seu

Esta página é parte integrante da Cédula de Crédito Bancário nº 2793223901012806, tendo como Emitente REYNALDO DA SILVA Página 2 de 5
COSTA 34084426814 e CPF/CNPJ: 27.932.239/0001-56.
SEM VALOR - DOCUMENTO MODELO

inadimplemento até a integral liquidação do débito, sujeitos ao pagamento (i) De juros remuneratórios igual à taxa de juros do
contrato aplicada nesta CÉDULA; (ii) juros moratórios de 1% ( um por cento ) ao mês; e (iii) multa contratual de 2% (dois por
cento) incidente sobre todo o saldo devedor, compreendendo principal e encargos, sem prejuízo dos honorários advocatícios e
outras eventuais despesas decorrentes do atraso.
9.1. Os juros moratórios e juros remuneratórios serão calculados “pro rata tempore” desde a data do inadimplemento até
integral liquidação do débito em atraso.
9.2. Na impossibilidade de aplicação dos juros remuneratórios, será aplicada a taxa SELIC para correção do débito em atraso.
9.3. O EMITENTE poderá ter a dívida, automática e antecipadamente vencida, tornando-se imediatamente exigível a totalidade
do débito, independentemente de interpelação judicial ou extrajudicial, nas hipóteses previstas pelo artigo 333 do Código Civil,
bem como: a) o não cumprimento de quaisquer das obrigações assumidas na presente CÉDULA ou em quaisquer outros
firmados com o CREDOR; b) a existência de quaisquer ações de cobrança e/ou títulos protestados, ou ainda situações que
possam caracterizar insolvência, ou comprometimento do crédito; c) ceder, no todo ou em parte, os direitos e obrigações
constantes nesta CÉDULA, sem prévia e expressa autorização do CREDOR; d) troca de controle da empresa, sem prévia
comunicação expressa à CREDOR; e) nos casos de ajuizamento de recuperação Judicial ou extrajudicial, bem como decretação de
falência; f) se forem prestadas declarações ou informações falsas ou incorretas nesta CÉDULA; g) se ocorrer cessão ou
transferência pelo EMITENTE de seus direitos e obrigações decorrentes deste instrumento, sem a prévia e expressa autorização
da CREDOR; e h) caso o EMITENTE descumpra com os seguintes índices financeiros: (A) se o volume mensal transacionado na
agenda de pagamentos ficar abaixo de 40% (quarenta por cento) da média do volume mensal da agenda de pagamentos dos
últimos 3 (três) meses; ou (B) se, em qualquer período de 60 (sessenta) dias o EMITENTE não gerar a agenda de pagamentos em
montante suficiente para amortizar o equivalente a 30 (trinta) dias das amortizações diárias da CÉDULA.
9.4. Caso o CREDOR seja obrigado a recorrer aos meios judiciais ou extrajudiciais para reaver todos os seus direitos, ficará o
EMITENTE obrigado ao pagamento de todas as despesas, custas e honorários advocatícios no percentual de 10% (dez por cento)
sobre o saldo devedor, sem prejuízo dos encargos moratórios previstos na Cláusula 7 acima.

DA AMORTIZAÇÃO ANTECIPADA
10. É facultado ao EMITENTE liquidar ou amortizar antecipadamente, total ou parcialmente o valor da dívida resultante desta
CÉDULA, hipótese em que haverá redução proporcional dos juros com recursos imediatamente disponíveis ou conforme Cláusula
10.1 abaixo.
10.1. Diante do exercício de tal faculdade, o EMITENTE desde já autoriza o CREDOR a debitar, diariamente, 20,76% dos créditos
existentes na agenda de pagamentos mantida junto da STONE, descontos esses sucessivos até a liquidação total da CÉDULA, sem
prejuízo da cobrança de eventuais penalidades incidentes em decorrência de atraso.
10.2. Fica expressamente estabelecido que, para liquidar antecipadamente a sua dívida nos termos da presente cláusula,
deverá o EMITENTE, necessariamente efetuar o pagamento integral das eventuais importâncias que se encontrem em atraso,
compreendendo principal e encargos, inclusive moratórios. Nesta hipótese, o valor em atraso, com os respectivos encargos, será
acrescido ao somatório da(s) parcela(s) a ser(em) liquidada(s)antecipadamente, caso aplicável, para fins do cálculo do valor total
à ser pago pelo EMITENTE.
10.3. Conforme aplicável, haverá a incidência de tarifa de liquidação antecipada, de 10% (dez por cento) sobre o saldo devedor
na data pretendida para a liquidação antecipada, conforme informado pelo EMITENTE ao CREDOR neste sentido, nos termos da
legislação vigente.

DOS TRIBUTOS E DESPESAS

11. Todas e quaisquer despesas, impostos, taxas e encargos fiscais Federais, Estaduais ou Municipais incidentes ou que venham
a incidir sobre esta CÉDULA ou sobre as operações objeto deste, serão sempre de exclusiva e total responsabilidade do
EMITENTE .

DISPOSIÇÕES FINAIS
12. Sempre que for necessário, a apuração do saldo devedor do EMITENTE será realizada pelo CREDOR mediante planilha de
cálculo, que constituirá documento integrante e inseparável a presente CÉDULA.
12.1. A abstenção ou tolerância, por parte do CREDOR, de quaisquer direitos outorgados nesta CÉDULA ou pela lei, ao
cumprimento de obrigações pelo EMITENTE, não significará renúncia, perdão, novação ou alteração do que foi aqui pactuado.
12.2. O CREDOR poderá, a qualquer tempo, ceder, transferir, empenhar, endossar ou por qualquer outra forma dispor dos
direitos e garantias de que é titular em decorrência da presente CÉDULA, podendo, para tanto, entregar ao cessionário, sucessor
ou endossatário toda a documentação relativa ao crédito, com o que o EMITENTE desde já declara sua ciência e anuência e
compromete-se a realizar o pagamento diretamente ao respectivo cessionário, sucessor ou endossatário.
12.3. Após o endosso pelo CREDOR desta CÉDULA, o EMITENTE desde já, reconhece a validade da emissão e do endosso desta
CÉDULA
de forma física ou eletrônica, o que é feito com base no art. 889, §3º, do Código Civil.

Esta página é parte integrante da Cédula de Crédito Bancário nº 2793223901012806, tendo como Emitente REYNALDO DA SILVA Página 3 de 5
COSTA 34084426814 e CPF/CNPJ: 27.932.239/0001-56.
SEM VALOR - DOCUMENTO MODELO

12.4. Na hipótese de transferência da presente CÉDULA, o seu novo titular ficará automaticamente sub-rogado em todos os
direitos e garantias que cabiam ao CREDOR original, independentemente de qualquer formalidade, passando a ter acesso livre e
direto a todas as informações relacionadas à operação bancária, reconhecendo o EMITENTE, que o novo titular da CÉDULA
possui o inequívoco direito de acompanhar detidamente todo o andamento da operação bancária, motivo pelo qual, da mesma
forma, estará automaticamente sub-rogado a consultar as informações consolidadas em seu nome, no SCR, SERASA –
Centralização de Serviços os Bancos S.A. e quaisquer outros órgãos, entidades ou empresas de proteçao ao crédito, julgados
pertinentes pelo CREDOR, permanecendo válida a presente autorização durante todo o tempo em que subsistir em aberto e não
liquidadas as obrigações decorrentes da presente CÉDULA.
12.5. A presente CÉDULA obriga, em todos os seus termos, não só as partes, mas também a seus herdeiros ou sucessores, a
qualquer título.
12.6. O EMITENTE autoriza, neste ato, o CREDOR prestar todas as informações e fornecer todos os dados relativos às obrigações
assumidas nesta CÉDULA, inclusive perante as entidades de proteção ao crédito. O CREDOR fica expressamente autorizada a
disponibilizar e intercambiar com tais instituições ou com quaisquer outras entidades informações sobre as obrigações
contraídas pelo cliente, a fim de subsidiar decisões de crédito e negócios de seu exclusivo interesse.
12.8. O EMITENTE autoriza o CREDOR, a qualquer tempo: a (i) efetuar consultas ao Sistema de Informações de Crédito – SCR – do
Banco Central do Brasil (“SCR”), nos termos da Resolução nº 3.658, do Conselho Monetário Nacional, de 17.12.2008, conforme
alterada e os serviços de proteção ao crédito SPC, Serasa e outras em que o CREDOR seja cadastrado; (ii) fornecer ao Banco
Central do Brasil informações sobre esta CCB, para integrar o SCR; e (iii) proceder conforme disposições que advierem de novas
exigências feitas pelo Banco Central do Brasil ou autoridades
12.9. A Cédula de Crédito Bancário é emitida em quantidade de vias idênticas às partes que nela comparecem, sendo somente a
via do CREDOR “negociável”. O EMITENTE declara-se capaz de firmar as obrigações constantes na presente Cédula.O EMITENTE
declara que ao assinar esta Cédula, inclusive eletronicamente, compreendeu o seu conteúdo, estando ciente de todas as
condições e obrigações assumidas, obrigando-se a cumpri-las.
12.10. As PARTES elegem o Foro da Comarca da Capital de São Paulo como o único competente para dirimir as dúvidas e litígios
decorrentes desta CÉDULA, ficando facultado à CREDOR optar pelo Foro da Comarca da residência do EMITENTE.
12.12. A presente CÉDULA vigorará até a data estabelecida no Item II.5.1., do Quadro “Características da Operação”.

O EMITENTE declara conhecer e concordar com todas as cláusulas e condições pactuadas nesta CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO,
que assina na presença das testemunhas que abaixo subscrevem.

“Em caso de emissão eletrônica, o EMITENTE ratifica que admite como válido, para fins de comprovação de autoria e integridade, a assinatura, condições e
informações constantes no presente documento, as quais foram capturadas de forma eletrônica e utilizadas nesta Cédula, constituindo título executivo
extrajudicial nos termos do artigo 28 da Lei nº 10.931 2004 e para todos os fins de direito, ainda que seja estabelecida com assinatura eletrônica ou certificação
fora dos padrões ICP-BRASIL, conforme disposto pelo art. 10 da Medida Provisória nº 2.200-2/2001.”

Local e data: SÃO PAULO/SP, 02 de fevereiro de 2020

Documento assinado digitalmente Documento assinado digitalmente

MONEY PLUS SOCIEDADE DE CREDITO AO REYNALDO DA SILVA COSTA 34084426814


MICROEMPREENDEDOR E A EMPRESA DE PEQUENO PORTE
LTDA

Esta página é parte integrante da Cédula de Crédito Bancário nº 2793223901012806, tendo como Emitente REYNALDO DA SILVA Página 4 de 5
COSTA 34084426814 e CPF/CNPJ: 27.932.239/0001-56.
SEM VALOR - DOCUMENTO MODELO

CCB ASSINADA DIGITALMENTE

INCLUSÃO PROPOSTA - REYNALDO DA SILVA COSTA 34084426814 em 02/02/2020 00:15:44. IP:


54.94.229.253 - Hash: 8BB9B4AC9772AAA8D1099B268BBA9EC3

APROVAÇÃO - MONEY PLUS SOCIEDADE DE CREDITO AO MICROEMPREENDEDOR E A EMPRESA DE


PEQUENO PORTE LTDA assinou em 02/02/2020 00:15:44. Email: mp@moneyp.com.br. IP: 54.94.229.253 -
Hash: 03461391C4025B1DD4211C24E1CAE172

EMISSÃO CCB - REYNALDO DA SILVA COSTA 34084426814 confirmou a geração da CCB em 02/02/2020
00:15:44 através do IP: - Hash: 4247AD7B3CD2BC7DBAC7E76322E9F364

TESTEMUNHA 1 - PRISCILLA ROCHA assinou em 02/02/2020 00:15:59. Email:


priscilla.rocha@moneyp.com.br. IP: 54.94.229.253 - Hash: 6CDB4B708CE6F2C771141064FB32F0CE

TESTEMUNHA 2 - DANIEL CESARINO assinou em 02/02/2020 00:16:14. Email:


daniel.cesarino@moneyp.com.br. IP: 54.94.229.253 - Hash: 57914B25DA7AA7D2146E74A2DFB104E0

Esta página é parte integrante da Cédula de Crédito Bancário nº 2793223901012806, tendo como Emitente REYNALDO DA SILVA Página 5 de 5
COSTA 34084426814 e CPF/CNPJ: 27.932.239/0001-56.