Você está na página 1de 10

CURSOS PREPARATÓRIOS 2019.

CONTABILIDADE GERAL
Prof. Eduardo Ferrufino Guzman
Domingo – 14:30 às 17:45

www.fyttaconcursos.com.br

“Não se pode ensinar nada a um homem; só é possivel ajudá-lo a encontrar a coisa dentro de si.”
(Galileu Galilei)

Concurseiro Fytta Concursos


AULA Nº 04
28/04/2019

A VITÓRIA SÓ SURGE COM ESFORÇO E DEDICAÇÃO. BONS ESTUDOS

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 2
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

Contabilidade Geral
Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

VERIFICAÇÃO DE APRENDIZAGEM 3) IESES – 2015 - CRM-SC – Contador – As


Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação características qualitativas da informação contábil-
de Relatório Contábil-Financeiro financeira identificam os tipos de informações que
CPC 00 – R1 muito provavelmente são reputadas como as mais
úteis para investidores, credores por empréstimos e
1) FGV – 2015 – DPE-MT – Contador – De outros credores, existentes e em potencial, para
acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 00 (R1) - tomada de decisões acerca da entidade.
Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Assinale a alternativa que representa uma
Relatório Contábil-Financeiro, assinale a opção que característica qualitativa fundamental da informação
indica a característica qualitativa da informação contábil-financeira.
contábil que foi retirada da condição de aspecto da a) Relevância.
representação fidedigna, por ser inconsistente com a b) Competência.
neutralidade. c) Entidade.
a) Prudência d) Continuidade.
b) Compreensibilidade DICA ➔ CPC 00 – Título “Prefácio” e Capítulo 3:
c) Comparabilidade QC1 a QC4.
d) Verificabilidade
e) Tempestividade 4) CESGRANRIO – 2015 – Petrobrás – O
DICA ➔ CPC 00 – Título “Prefácio”. Pronunciamento Conceitual Básico (R1) do Comitê de
Pronunciamentos Contábeis dispõe sobre a Estrutura
2) 2019 – INSTITUTO AOCPÓrgão: PC-ES – Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório
Contador – Conforme a Estrutura Conceitual para Contábil-Financeiro, aprovado pela Deliberação CVM
Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil- n° 675, de 13 de dezembro de 2011. Esse
Financeiro, a característica qualitativa da Pronunciamento estabelece que a estrutura
confiabilidade foi redenominada para conceitual, quanto ao seu alcance, dentre outros
a) verificabilidade. aspectos Conceituais, aborda
b) compreensibilidade. a) o reconhecimento e a mensuração dos elementos
c) comparabilidade. a partir dos quais as demonstrações contábeis são
d) representação fidedigna. elaboradas.
e) relevância. b) o objetivo da elaboração do relatório contábil-
DICA ➔ CPC 00 – Título “Prefácio”. financeiro e da evidenciação de seus respectivos
elementos.
c) o objetivo da divulgação das demonstrações
“Não bastam os esforços e a coragem, contábeis e da classificação dos respectivos
senão se tem um propósito e uma direção." elementos que elas evidenciam.
(John F. Kennedy)

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 3
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

d) as características quantitativas, qualitativas e 7) CESPE – ANTAQ – Analista Administrativo -


informacionais dos elementos apresentados nas Ciências Contábeis – No que diz respeito ao Comitê
demonstrações contábeis. de Pronunciamentos Contábeis (CPC) e à estrutura
e) as características e a mensuração dos elementos conceitual para elaboração e divulgação do relatório
da estrutura de capitais, sua manutenção e respectiva contábil-financeiro, julgue os itens que se seguem.
evidenciação. O conjunto de relatórios contábil-financeiros
DICA ➔ CPC 00 – Título “Introdução”. elaborados de acordo com a estrutura conceitual é
adequado e suficiente para o atendimento a todas as
5) UFBA – 2015 – UFBA – Técnico em informações de que os usuários externos necessitem.
Contabilidade – De acordo com a Estrutura Conceitual DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 1: OB01 a OB11;
para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-
Financeiro vigente no Brasil, estão entre princípios 8) IF-TO – 2015 – IF-TO – Técnico em
contábeis geralmente aceitos os da Entidade, da Contabilidade – Com relação à Estrutura Conceitual
Continuidade, do Registro pelo Valor Original, da Básica para a elaboração e divulgação dos relatórios
Competência e da Prudência. contábeis financeiros de uma entidade, considere:
DICA ➔ CPC 00 – Título “Introdução”.
I. A escrituração contábil deve seguir a estrutura
6) UFES – 2015 – UFES – Técnico em básica conceitual, uma vez que as necessidades
Contabilidade – A afirmação que NÃO está de acordo comuns da maioria dos usuários dos relatórios
com os preceitos da NBC TG ESTRUTURA contábeis financeiros de propósito geral é a avaliação
CONCEITUAL é: da administração da entidade, quanto à qualidade de
a) As Demonstrações Contábeis são elaboradas e seu desempenho e de sua prestação de contas e
apresentadas para usuários externos em geral, tendo quanto à responsabilidade que lhe tenha sido
em vista suas finalidades distintas e necessidades conferida.
diversas.
b) A NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL II. As autoridades tributárias podem determinar
estabelece os conceitos que fundamentam a exigências específicas para atender a seus próprios
elaboração e a apresentação de Demonstrações interesses e, consequentemente, mudar a estrutura
Contábeis destinadas a usuários internos e externos. conceitual para elaboração e divulgação de relatório
c) A NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL não contábil-financeiro de propósito geral.
substitui qualquer norma, interpretação ou comunicado
técnico. III. O regime de competência retrata com propriedade
d) A NBC TG ESTRUTURA CONCEITUAL aborda, os efeitos de transações e outros eventos e
entre outros aspectos, os conceitos de capital e de circunstâncias sobre os recursos econômicos e
manutenção de capital. reivindicações da entidade que reporta a informação
e) A comparabilidade, a verificabilidade e a nos períodos em que ditos efeitos são produzidos.
tempestividade estão entre as características
qualitativas de melhoria previstas na NBC TG IV. Comparabilidade é uma característica qualitativa
ESTRUTURA CONCEITUAL. que define o uso dos mesmos métodos para os
DICA ➔ CPC 00 – Título “Introdução”. mesmos itens, tanto de um período para outro,
considerando a mesma entidade que reporta a
informação, quanto para o período entre entidades.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 4
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

Com base nas afirmativas apresentadas, marque a 10) AOCP – 2015 – TRE-AC – Analista Judiciário -
alternativa que contempla somente as corretas. Área Contabilidade – O CPC 00 (R1) apresenta as
a) I, III e IV. b) II e III. características qualitativas da informação contábil-
c) I, II e IV. d) I e III. financeira útil, as quais são divididas em
e) II, III e IV. características qualitativas fundamentais e
DICA ➔ CPC 00 – Título “Introdução”; Capítulo 1: características qualitativas de melhoria. Assinale a
OB15 a OB21; Capítulo 3: QC20 a QC25. alternativa que apresenta somente características
fundamentais.
9) FUNIVERSA – SEGPLAN-GO – Perito a) Comparabilidade e verificabilidade.
Criminal – A preparação e a utilização das b) Representação fidedigna e compreensibilidade.
demonstrações contábeis das entidades apoia-se em c) Relevância e representação fidedigna.
conceitos básicos e fundamentais, objeto de d) Compreensibilidade e comparabilidade.
Pronunciamento Técnico – CPC 00, emitido pelo e) Relevância e tempestividade.
Comitê de Pronunciamentos Contábeis, instituído pela DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC1 a QC4.
Resolução CFC n.º 1.055/2005. De acordo com o seu
Sumário, é correto afirmar que 11) CESGRANRIO – 2015 – Petrobrás –
a) os fatos geradores que servem de base à Profissional Júnior – Os termos do Pronunciamento
apropriação das receitas e das despesas devem estar Conceitual Básico (R1) contemplam as características
respaldados em fluxos de caixa já ocorridos ou a qualitativas da informação contábil útil. Nesse aspecto,
ocorrer, desde que estes últimos derivem de fatos são características qualitativas fundamentais da
geradores já ocorridos. informação contábil útil:
b) determinada matéria deverá ser evidenciada a) Comparabilidade e Materialidade
apenas em registros internos, em consonância com a b) Materialidade e Verificabilidade
compreensibilidade, se sua complexidade dificultar o c) Compreensão e Representação Tempestiva
seu entendimento pelo usuário da informação. d) Relevância e Representação Fidedigna
c) é requisito da confiabilidade o equilíbrio entre e) Tempestividade e Anualidade
forma e essência, ou seja, deve haver conformação da DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC1 a QC4.
realidade econômica à formalização da documentação
contábil e fiscal. 12) CESGRANRIO – LIQUIGÁS – Profissional
d) uma característica qualitativa obrigatória nas Júnior – O Pronunciamento Conceitual Básico (R1) do
demonstrações contábeis é a sua integridade, também Comitê de Pronunciamentos Contábeis, que dispõe
tratada como a fidedignidade dos responsáveis sobre a Estrutura Conceitual para Elaboração e
perante as entidades de fiscalização do exercício Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro, aprovado
profissional. pela Deliberação CVM no 675/2011, trata, no seu
e) a comparabilidade é a característica que assegura Capítulo 3, das características qualitativas da
a manutenção, pela entidade, dos mesmos padrões, informação contábil-financeira útil, dividindo-as em
não obstante as modificações nos critérios de características qualitativas fundamentais e
elaboração e apresentação dos fenômenos contábeis características qualitativas de melhoria.
e a diversidade de concepções entre os vários tipos de
entidades.
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 1: OB17 a OB21;
CPC 00 – Capítulo 3: QC19 a QC34.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 5
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

Nesse contexto, uma das características qualitativas 15) Na situação descrita, o fato de a
fundamentais, defendida pelo Pronunciamento, é a da representação fidedigna ser um atributo das
a) comparabilidade demonstrações contábeis garante para a investidora
b) compreensibilidade estrangeira que as informações publicadas
c) tempestividade apresentam exatidão em todos os seus aspectos.
d) verificabilidade DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC11 a Q16.
e) representação fidedigna
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC1 a Q18. 16) Por serem passíveis de comparação com
demonstrações contábeis de entidades de outros
13) FEPESE – MPE-SC – Analista – Auditoria – países, os relatórios publicados pelas entidades
De acordo com o CPC 00/R1/2011, são duas as brasileiras representam para a investidora uma
características qualitativas fundamentais da informação relevante e fidedigna.
informação contábil-financeira. DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC19 a Q34.
Assinale a alternativa que traz estas características
fundamentais 17) INAZ do Pará – 2019 – CORE-PE – Contador
a) Compreensibilidade e relevância – As características qualitativas fundamentais da
b) Verificabilidade e tempestividade Informação Contábil-Financeira são relevância e
c) Comparabilidade e verificabilidade representação fidedigna. Diante das informações
d) Relevância e representação fidedigna qualitativas fundamentais, assinale a alternativa
e) Representação fidedigna e tempestividade. correta
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC1 a Q18. a) Informação contábil-financeira relevante é aquela
que não possui poder de influenciar as decisões que
• CESPE – 2018 – Polícia Federal – Escrivão da possam ser tomadas pelos usuários.
Polícia Federal – Uma instituição europeia, ao analisar b) Para ser útil, a informação contábil-financeira não
demonstrações contábeis de entidades brasileiras com tem só que representar um fenômeno relevante, mas
a finalidade de realizar investimentos, tomou tem também que representar com fidedignidade o
conhecimento de que os relatórios financeiros fenômeno que se propõe representar.
publicados no Brasil possuem diversos atributos, entre c) Representação fidedigna, por si só, pode resultar
eles as características qualitativas fundamentais da necessariamente em informação útil.
relevância e da representação fidedigna. d) A informação precisa concomitantemente ser
irrelevante e representar com fidedignidade a
A respeito dessa situação hipotética, julgue os realidade reportada para ser útil.
próximos itens. e) A informação contábil-financeira precisa ser uma
predição ou uma projeção para que possua valor
14) Se uma demonstração contábil analisada tiver preditivo.
valor confirmatório para a investidora, então a DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC11 a QC18.
característica da relevância estará presente na
informação. Você não está sozinho na guerra
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC4 a Q11. dos concursos públicos.

está com você.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 6
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

18) FGV – 2015 – TJ-BA – Analista Judiciário – c) demonstrações contábeis elaboradas dentro do que
Quando, ao divulgar suas demonstrações financeiras, prescreve a Estrutura Conceitual objetivam fornecer
uma entidade omite uma informação ou realiza uma informações que sejam úteis na tomada de decisões
divulgação distorcida, de forma a influenciar decisões econômicas e avaliações por parte dos usuários,
que os usuários tomam com base na informação tendo o propósito de atender finalidade específica de
contábil-financeira, pode-se dizer que há uma determinados grupos de usuários.
referência à característica qualitativa da: d) aportes dos proprietários da empresa é receita, pois
a) compreensibilidade; são aumentos nos benefícios econômicos durante o
b) confiabilidade; período contábil sob a forma de entrada de recursos
c) materialidade; que resultam em aumento do patrimônio líquido.
d) objetividade; e) despesas são decréscimos nos benefícios
e) verificabilidade. econômicos durante o período contábil sob a forma da
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 3: QC5 a QC11 e Q29 a saída de recursos ou da redução de ativos ou
QC32. assunção de passivos, que resultam em decréscimo
do patrimônio líquido. Porém essa definição não
19) COSEAC – 2015 – UFF – Técnico em abrange as perdas.
Contabilidade – De acordo com o Comitê de DICA ➔ CPC 00 – Título “Introdução” e Capítulo 4:
Pronunciamentos Contábeis, a característica itens 4.33 a 4.39.
qualitativa fundamental da contabilidade, capaz de
fazer diferença nas decisões que possam ser tomadas 21) AOCP – 2015 – TRE-AC – Analista Judiciário -
pelos usuários, é denominada: Área Contabilidade – No que se refere ao
a) competência. Pronunciamento Conceitual Básico CPC 00 (R1) -
b) clareza. Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de
c) confiabilidade. Relatório Contábil-Financeiro, assinale a alternativa
d) relevância. correta.
e) compreensibilidade. a) É um Pronunciamento Técnico propriamente dito
DICA ➔ Capítulo 3: QC5 a QC18 e Q29 a QC32. e, portanto, define normas e procedimentos sobre
aspectos relacionados à mensuração ou divulgação
20) IF-PE – 2016 – IF-PE – Contador – Sobre a dos elementos patrimoniais.
estrutura conceitual CPC), está CORRETO afirmar b) É um Pronunciamento Técnico que estabelece
que critérios para elaboração e apresentação de
a) segundo a Estrutura Conceitual, reconhecimento é demonstrações contábeis destinadas a usuários
o processo que consiste na incorporação ao balanço internos e externos da informação contábil.
patrimonial ou à demonstração do resultado de item c) Conforme esse Pronunciamento Técnico, as
que se enquadre na definição de elemento e que demonstrações contábeis são comumente elaboradas
satisfaça os critérios de reconhecimento mencionados segundo modelo com base no valor justo.
na Estrutura Conceitual. d) Quando for observado um conflito entre essa
b) no caso de conflito entre a estrutura conceitual e um Estrutura Conceitual e um Pronunciamento Técnico,
pronunciamento técnico do CPC, o disposto na uma interpretação ou uma orientação, as exigências
Estrutura Conceitual deve ter prevalência sobre as da Estrutura Conceitual devem prevalecer.
exigências do pronunciamento técnico.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 7
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

e) Demonstrações contábeis elaboradas dentro do Assinale a alternativa correta:


que prescreve essa Estrutura Conceitual não possuem a) Todas as sentenças estão corretas.
o propósito de atender finalidade ou necessidade b) Apenas as sentenças I, II e III estão corretas.
específica de determinados grupos de usuários. c) Apenas as sentenças I, II e IV estão corretas.
DICA ➔ CPC 00 – Título “Introdução”; Capítulo 4: d) Apenas as sentenças I e II estão corretas.
itens 4.54 a 4.56. DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.1 a 4.7.

22) NC-UFPR – 2015 – ITAIPU BINACIONAL – 24) VUNESP – 2015 – Prefeitura de São José dos
Ciências Contábeis – Segundo a Estrutura Básica da Campos – SP – Auditor Tributário Municipal – A
Contabilidade, há uma premissa subjacente para o Estrutura Conceitual da Contabilidade, aprovada pelo
funcionamento das entidades que se relaciona Pronunciamento Técnico 00 do CPC, define-o como
diretamente à quantificação dos componentes um recurso controlado pela entidade, decorrente do
patrimoniais e à formação do resultado, além de resultado de eventos passados, e do qual se espera
constituir dado essencial para avaliação da que fluam futuros benefícios econômicos para a
capacidade futura de geração de resultados. Trata-se entidade. A Estrutura está se referindo ao
da Premissa: a) Ativo.
a) do Registro pelo Valor Original. b) Passivo.
b) da Continuidade. c) Resultado Abrangente.
c) da Oportunidade. d) Resultado do Exercício.
d) da Entidade. e) Patrimônio Líquido.
e) da Prudência. DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.1 a 4.7.
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.1 e 4.20 a 4.23
25) CESPE – 2015 – MPU – Analista do MPU –
23) MSGás – 2015 – MSGás – Técnico Atuarial – As despesas configuram perdas nos
Administrativo – Analise as sentenças a seguir: benefícios econômicos de uma entidade, sob a forma
I. Ativos são todos os bens e diretos de de redução de ativos ou acréscimo de passivos, não
propriedade da entidade, mensuráveis estando relacionadas a distribuição de recursos a
monetariamente, que representam benefícios sócios/acionistas.
presentes ou benefícios futuros para a empresa. DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.24 a 4.28 e
II. Contas a receber, duplicatas a receber, terrenos, 4.33 a 4.35.
veículos e títulos de créditos são tipos de ativos.
III. O passivo exigível evidencia toda a obrigação
(dívida) que a entidade tem com terceiros. São Sinta-se em casa
tipos de passivos: contas a pagar, fornecedores de para estudar
conosco.
matéria-prima (a prazo), impostos a pagar e
despesas comerciais.
Com dúvidas???
Pergunte ao
IV. Despesa é o bem ou serviço consumido de
Professor Eduardo
forma anormal, ou involuntária e inesperada, que
Ferrufino.
não tem a capacidade de gerar benefícios no
presente ou no futuro.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 8
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

26) 2019 – UFU-MGÓrgão: UFU-MG – Técnico de notas explicativas ou material elucidativo. Referente
Contabilidade – De acordo com o Pronunciamento ao assunto intitulado reconhecimento à luz da referida
CPC 00 (R1) - Estrutura Conceitual para Elaboração e norma, assinale a alternativa INCORRETA.
Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro - do a) As despesas devem ser reconhecidas na
Comitê de Pronunciamentos Contábeis, assinale a demonstração do resultado quando ocasionarem em
alternativa correta. decréscimo nos benefícios econômicos futuros,
a) As despesas são reconhecidas na demonstração do relacionado com o aumento de um ativo ou a
resultado quando surge um decréscimo, que possa ser diminuição de um passivo, e puder ser mensurado
determinado em bases confiáveis, nos futuros com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o
benefícios econômicos provenientes da diminuição de reconhecimento da despesa ocorre simultaneamente
um ativo ou do aumento de um passivo. com o reconhecimento de aumento nos passivos ou
b) A receita surge no curso das atividades usuais da de diminuição nos ativos (por exemplo, a alocação por
entidade e é designada por uma série de nomes tais competência de obrigações trabalhistas ou da
como: vendas, honorários, juros, dividendos, royalties, depreciação de equipamento).
aluguéis. Nesse sentido, a definição de receita b) A receita deve ser reconhecida na demonstração do
abrange receitas propriamente ditas, provisões e resultado quando resultar em aumento nos benefícios
reservas. econômicos futuros relacionado com o aumento de
c) Um passivo é reconhecido no balanço patrimonial ativo ou com a diminuição de passivo, e puder ser
quando houver certeza sobre uma saída de recursos mensurado com confiabilidade. Isso significa, na
detentores de benefícios econômicos exigida em prática, que o reconhecimento da receita ocorre
liquidação de obrigação presente e o valor pelo qual simultaneamente com o reconhecimento do aumento
essa liquidação se dará puder ser mensurado com nos ativos ou da diminuição nos passivos (por
confiabilidade. exemplo, o aumento líquido nos ativos originado da
d) Um ativo é reconhecido no balanço patrimonial venda de bens e serviços ou o decréscimo do passivo
quando houver certeza de que benefícios econômicos originado do perdão de dívida a ser paga).
futuros dele provenientes fluirão para a entidade e seu c) Um ativo não deve ser reconhecido no balanço
custo ou valor puder ser mensurado com patrimonial quando os gastos incorridos não
confiabilidade. proporcionarem a expectativa provável de geração de
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.29 a 4.32 e benefícios econômicos para a entidade além do
4.44 a 4.53. período contábil corrente. Ao invés disso, tal transação
deve ser reconhecida como despesa na demonstração
27) 2018 – CONSULPLANÓrgão: CFC – Contador do resultado. Esse tratamento não implica dizer que a
– Com base na referida NBC TG Estrutura Conceitual, intenção da administração ao incorrer nos gastos não
reconhecimento envolve a descrição do item, a tenha sido a de gerar benefícios econômicos futuros
mensuração do seu montante monetário e a sua para a entidade ou que a administração tenha sido mal
inclusão no balanço patrimonial ou na demonstração conduzida. A única implicação é que o grau de certeza
do resultado. Segundo a norma, os itens que quanto à geração de benefícios econômicos para a
satisfazem os critérios de reconhecimento devem ser entidade, além do período contábil corrente, é
reconhecidos no balanço patrimonial ou na insuficiente para garantir o reconhecimento do ativo.
demonstração do resultado. A falta de reconhecimento d) Um passivo deve ser reconhecido no balanço
de tais itens não é corrigida pela divulgação das patrimonial quando for provável que uma saída de
práticas contábeis adotadas nem tampouco pelas recursos detentores de benefícios econômicos seja

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 9
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

exigida em liquidação de obrigação presente e o valor 29) 2019 – IF-PAÓrgão: IF-PA – Técnico de
pelo qual essa liquidação se dará puder ser Contabilidade – De acordo com a Resolução CFC
mensurado com confiabilidade. Na prática, as 1374/2011- Estrutura Conceitual para Elaboração e
obrigações originadas de contratos ainda não Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro,
integralmente cumpridos de modo proporcional – Mensuração é o processo que consiste em determinar
proportionately unperformed (por exemplo, passivos os montantes monetários por meio dos quais os
decorrentes de pedidos de compra de produtos e elementos das demonstrações contábeis devem ser
mercadorias ainda não recebidos) – não são reconhecidos e apresentados no balanço patrimonial e
geralmente reconhecidas como passivos nas na demonstração do resultado. Esse processo envolve
demonstrações contábeis. Contudo, tais obrigações a seleção das seguintes bases específicas de
podem enquadrar-se na definição de passivos caso mensuração.
sejam atendidos os critérios de reconhecimento nas 1. Custo Corrente
circunstâncias específicas, e podem qualificar-se para 2. Valor Presente
reconhecimento. Nesses casos, o reconhecimento dos 3. Custo Histórico
passivos exige o reconhecimento dos correspondentes 4. Valor Realizável
ativos ou despesas. ( ) - Os ativos são registrados pelos montantes pagos
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.44 a 4.53. em caixa ou equivalentes de caixa ou pelo valor justo
dos recursos entregues para adquiri-los na data da
28) VUNESP – 2015 – Prefeitura de São Paulo – aquisição.
SP – Auditor Municipal de Controle Interno – De
( ) - Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa
acordo com o Pronunciamento Contábil – CPC 00 R1
ou equivalentes de caixa que teriam de ser pagos se
– Estrutura Conceitual Básica – “Os ativos são
esses mesmos ativos ou ativos equivalentes fossem
mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes
adquiridos na data do balanço.
de caixa que poderiam ser obtidos pela sua venda em
( ) - Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa
forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos seus
ou equivalentes de caixa que poderiam ser obtidos
montantes de liquidação, isto é, pelos montantes em
pela sua venda em forma ordenada.
caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que,
se espera, serão pagos para liquidar as ( ) - Os ativos são mantidos pelo valor descontado,
correspondentes obrigações no curso normal das dos fluxos futuros de entradas líquidas de caixa que se
operações”. espera seja gerado pelo item no curso normal das
O texto trata da mensuração dos elementos das operações.
demonstrações financeiras, mais especificamente
sobre o: De acordo com a Resolução CFC 1374/2011,
a) valor justo. relacione as colunas e marque a alternativa que
b) valor realizável. contenha sequência correta das bases de mensuração
c) custo histórico. dos Ativos:
d) valor presente. a) 3, 2, 4, 1.
e) custo corrente. b) 2, 1, 2 ,4.
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.54 a 4.56. c) 4, 3, 1, 2.
d) 1, 2, 3, 4.
e) 3, 1, 4, 2.
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.54 a 4.56.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.
Fytta Concursos – Rumo a sua aprovação– www.fyttaconcursos.com.br 10
Aula nº 04 – 28/04/2019 – Contabilidade Geral – Prof. Eduardo Ferrufino Guzman

30) UFGD – 2019 – Contador – O Pronunciamento


Conceitual Básico "Estrutura Conceitual para GABARITO
Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil- ESTRUTURA CONCEITUAL – CPC 00 (R1)
Financeiro", emitido pelo Comitê de Pronunciamentos 01 A 02 D 03 A 04 A 05 C
Contábeis (CPC), apesar de não utilizar a 06 B 07 E 08 D 09 E 10 C
denominação "princípios fundamentais" ou "princípios 11 D 12 E 13 D 14 C 15 E
contábeis geralmente aceitos", apresenta o que estava 16 E 17 B 18 C 19 D 20 A
contido nas estruturas conceituais anteriores à sua 21 E 22 B 23 D 24 A 25 C
publicação, além de acrescentar as definições dos 26 A 27 A 28 B 29 E 30 E
principais elementos contábeis: ativo, passivo, receita
e despesa. Do ponto de vista de efetivo conteúdo, o
referido pronunciamento apresenta maior aderência ao LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
conceito da Primazia da Essência Sobre a Forma, Título VII
presente nas normas internacionais de Contabilidade. Das Sanções às Violações dos Direitos Autorais
Assinale a alternativa que apresenta tratamento Capítulo II
contábil que se fundamenta no conceito dessa Das Sanções Civis
Primazia. Art. 102. O titular cuja obra seja fraudulentamente
A base de mensuração mais comumente adotada reproduzida, divulgada ou de qualquer forma utilizada,
pelas entidades na elaboração de suas poderá requerer a apreensão dos exemplares
demonstrações contábeis é o custo histórico. reproduzidos ou a suspensão da divulgação, sem
b) A seleção do conceito de capital apropriado para a prejuízo da indenização cabível.
entidade deve estar baseada nas necessidades dos
usuários das demonstrações contábeis. Art. 103. Quem editar obra literária, artística ou
c) Muitos ativos, como, por exemplo, itens do científica, sem autorização do titular, perderá para
imobilizado, têm forma física. Entretanto, a forma física este os exemplares que se apreenderem e pagar-lhe-
não é essencial para a existência de ativo. á o preço dos que tiver vendido.
d) A decisão da administração de uma entidade para
adquirir ativos no futuro não dá origem, por si só, a Parágrafo único. Não se conhecendo o número de
uma obrigação presente. exemplares que constituem a edição fraudulenta,
e) O arrendamento mercantil financeiro dá origem a pagará o transgressor o valor de três mil
itens que satisfazem a definição de ativo e de passivo exemplares, além dos apreendidos.
e, portanto, devem ser reconhecidos como tais no
balanço patrimonial do arrendatário.
DICA ➔ CPC 00 – Capítulo 4: itens 4.4 a 4.7; 4.8 a
4.14; 4.15 a 4.19; 4.54 a 4.56; e, 4.57 a 4.58.

Você não está sozinho na guerra


dos concursos públicos.

está com você.


“A educação tem raízes amargas, mas
os seus frutos são doces."
(Aristóteles)

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de CONCURSEIRO INTEGRANTE DA EQUIPE Fytta Concursos, vedada, por quaisquer
meios e a qualquer título, a reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilidade civil e criminal.