Você está na página 1de 17

Consequências da dinâmica

interna da Terra
Testemunhos que evidenciam a dinâmica
interna da Terra

• Sismos e Vulcões

Estão entre os
acontecimentos naturais
mais devastadores, pondo
em evidencia a dinâmica
interna da Terra, planeta
cheio de energia e em
constante transformação.

• A maior parte dos vulcões


situa-se na costa do Pacífico,
onde também ocorrem
numerosos sismos – Anel de
Fogo do Pacífico. Outros
vulcões e sismos distribuem-
se pelo Mediterrâneo,
formando a Cintura do
Mediterrâneo, ou ao longo
das dorsais oceânicas, como
a Dorsal Médio-Atlântica.
Lava

Um vulcão é, portanto, uma montanha ou colina resultante da acumulação de lava e piroclastos expelidos
• Os vulcões embora possam ser destruidores, dão aos vulcanólogos – geólogos que estudam e procuram prever
a ocorrência de erupções vulcânicas, com a finalidade de os compreender e de minimizar as suas consequências
para as populações – informações sobre o interior da Terra, criam novas paisagens e originam novos solos
vulcânicos muito férteis.

• As crateras de vulcões extintos podem dar origem a lagos de crateras.


Após a erupção, por vezes ocorre o abatimento da parte central do cone vulcânico devido ao esvaziamento da
chaminé e câmara magmática, dando origem a caldeiras.
Pillow-lava
• Centrais geotérmicas • Algumas erupções vulcânicas constituem
A água quente que surge à superfície no estado catástrofes naturais que afectam o planeta:
liquido ou de vapor, constitui por excelência uma
fonte de aquecimento de habitações ou estufas - Modificando a composição atmosférica;
bem como de produção de energia eléctrica. - Modificando o clima;
- Fazendo numerosas vítimas.
• Atracção turística
As paisagens vulcânicas atraem numerosos • Os geocientistas e vulcanólugos, recorrem a um
visitantes às suas encostas, géiseres, fontes vasto conjunto de instrumentos, que lhes permite
termais e fumarolas. detectar e reconhecer os indícios de uma erupção e
prever com algum sucesso algumas erupções.
• Solos férteis
As novas paisagens formadas, a partir dos • Nas zonas de elevado risco vulcânico é
materiais vulcânicos expelidos, originam excelentes fundamental a educação das populações quer na
campos de cultivo e pastoreio organização de planos de evacuação e nas
medidas de socorro a feridos, quer no apoio a
• Exploração mineira refugiados.
Ouro, prata, ferro e enxofre são também motivos de
interesse à fixação e crescimento de aglomerados
populacionais perto dos vulcões.
As elevadas pressões existentes no interior da Terra actuam sobre as rochas da litosfera,
deformando-as.
Tal como uma régua de plástico que ao dobrar pode partir, as rochas também podem
dobrar e partir, originando falhas com consequente libertação de energia.
Esta energia liberta-se sob a forma de vibrações – ondas sísmicas – que se propagam a
partir do ponto onde o sismo teve origem – foco ou hipocentro.
O epicentro é o ponto da superfície terrestre situado na vertical do hipocentro. É o ponto à
superfície onde o sismo é sentido com maior intensidade.
• Os sismólogos – geólogos que estudam e procuram prever os sismos, com a finalidade de os compreender e
minimizar as suas consequências para as populações - ao estudarem os sismogramas, determinam a localização
do epicentro e hipocentro, bem como a quantidade de energia libertada - magnitude.

• Escala de Richter – escala de valores de magnitude de um sismo,


baseada em cálculos complexos que se referem à quantidade
de energia libertada pelo sismo no hipocentro.

• Escala de Mercalli modificada – escala pouco exacta, baseia-se nos


efeitos destruidores do sismo na superfície terrestre e nos bens humanos.
Escala de 12 graus.

• Carta de isossistas – mapa onde os valores de intensidade registados


em diferentes locais podem ser marcados através de isossistas – linhas
curvas que unem pontos de igual intensidade sísmica
- Apesar de todos os esforços, os dados recolhidos pelas estações sismográficas,
não são ainda suficientes para prever com exactidão a ocorrência de um sismo.

- Geralmente, antes de um sismo violento ocorrem abalos mais fracos - abalos premonitórios.
Depois dele seguem-se, durante mais ou menos tempo, outros abalos de menor intensidade –
réplicas.

Consequências dos sismos:


Tsunami – onda gigantesca que se desloca a grande
velocidade, quando o epicentro se localiza na crosta oceânica;

Incêndios – provocados pelas rupturas das condutas de gás;

Não havendo ainda tecnologia capaz de prever e evitar sismos,


a actuação sobre a prevenção dos seus efeitos assume
elevada importância incidindo:
- No cumprimento das normas de construção anti- sísmica,
- Nas medidas de actuação das populações.