Você está na página 1de 29

PATOLOGIAS

CARDIOVASCULARES
SINAIS E SINTOMAS

Prof. Juliana Paula Ribeiro Freire


FATORES DE RISCO

• Hipertensão
• Aterosclerose
• Obesidade
• Tabagismo
• Sedentarismo
• Febre reumática
FATORES DE RISCO

• Doença cardíaca congênita


• Sífilis
• Menopausa
• Hipercolesterolemia
• Hiperglicemia
• Estresse
SINAIS E SINTOMAS

• Alterações respiratórias
• Arritmias cardíacas
• Dor torácica
• Dor abdominal
• Edema periférico
SINAIS E SINTOMAS

• Fadiga
• Alterações na coloração da pele
• Síncopes
• Alterações na pressão arterial
• Estase jugular
• Hemoptise
SINTOMAS DOENÇAS
VASCULARES

• Alterações de coloração de pele


• Dor
• Edema
• Claudicação
• Alterações de pulso periféricos
• Presença de úlceras
DOENÇAS
HEMATOLÓGICAS

• Fadiga e fraqueza
• Tendências hemorrágicas
• Dispnéia
• Alterações na coloração da pele e
mucosa
• Alterações nos órgãos hematopoiéticos
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA
CONGESTIVA - ICC

Condição em que o coração é incapaz


de bombear quantidades suficientes
de sangue para satisfazer as
necessidades de O2 e nutrientes,
decorrente da falência do VD e/ou
VE.
ETIOLOGIA

• Aterosclerose
• Hipertensão
• Infarto do miocárdio
• Pericardite
• Febre
• Hipóxia
• Etc
MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS

• Na ICC E: dispnéia de esforço, tosse,


fadiga, ortopnéia, ansiedade

• Na ICC D: congestão das vísceras e


tecidos periféricos, edema de MMII,
hepatomegalia, ascite, anorexia.
TRATAMENTO

• Repouso
• Posicionamento
• Oxigenoterapia
• Controles hemodinâmicos
• Dieta
• Medicamentos
INFARTO AGUDO DO
MIOCÁRDIO

Destruição tecidual no miocárdio,


decorrente de um suprimento
sanguíneo insuficiente pelas
artérias coronárias.
ETIOLOGIA

• Doença coronariana

• Oclusão total da artéria coronária

• Redução súbita do fluxo sanguíneo


MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS

• Dor súbita, violenta


• Palidez acinzentada
• Sudorese abundante
• Náuseas
• Pulso rápido e irregular
TRATAMENTO

• Controle da dor
• Repouso fisiológico
• Oxigenoterapia
• Medicamentos
• Dieta
• Atenção ao funcionamento intestinal
ARTERIOSCLEROSE

Condição degenerativa das artérias,


caracterizada por espessamento
acompanhado de perda de
elasticidade e calcificação das
camadas íntima e média, levando a
um endurecimento.
ETIOLOGIA

• Envelhecimento
• Fatores endócrinos hereditários
• Hipertensão
• Diabetes
• Etc
COMPLICAÇÕES

• AVE
• Demência
• Hipertensão arterial
• Insuficiência renal
• Angina
• Infarto
HIPERTENSÃO ARTERIAL

Condição clínica caracterizada por


valores de pressão arterial
superiores a 140mmHg (sistólica)
e/ou 90mmHg (diastólica)
ETIOLOGIA

• Primária (causa desconhecida)

• Secundária (causa identificada)


MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS

• Elevação da pressão
• Irritabilidade
• Nervosismo
• Cefaléias
• Tonturas
• Fadiga
• Edema
TRATAMENTO

• Educação
• Controle da pressão arterial
• Peso adequado
• Uso moderado de estimulantes
• Dieta hipossódica
• Diuréticos
• Medicamentos
FLEBITE

Condição patológica
das veias
superficiais
caracterizada pela
inflamação de suas
paredes.
ETIOLOGIA

• Estase sanguínea por pressão contínua

• Alterações celulares do sangue

• Lesão do endotélio da veia


TRATAMENTO

• Compressas quentes

• Elevação do membro

• Medicamento
TROMBOSE VENOSA

Condição patológica das veias


caracterizada pela formação de um
trombo na parede do vaso.
ETIOLOGIA

• Obesidade

• Varizes

• Anticoncepcionais orais
TRATAMENTO

• Repouso no leito
• Aplicar calor
• Não massagear o membro
• Medicamentos
• Meias elásticas