Você está na página 1de 6

Elaboração de um Artigo Científico

Artigo Científico:

Título: Representa sinteticamente o conteúdo do artigo.

Título: Ele descreve claramente o artigo?

Deve representar o conteúdo do documento para facilitar a


recuperação/visibilidade

Procure colocar sempre o título em inglês, se


possível. Mas não esqueça de verificar se este
está de acordo com o título em português

Serve como uma moldura para o seu artigo


científico

Não deve ter mais de 13 palavras

Nada de ponto (.) ao final do título

Evite o uso de frases como “Um estudo de ...”, “uma


investigação sobre...”; “uma análise de ...”; “O objetivo é..

Autoria: Apresenta os autores que participaram


da construção do artigo.

Apresentar afiliação do autor (Órgão: universidade, departamento, centro de pesquisa etc,


incluindo localidade)

Dependendo das normas, também é apresentado o email de cada autor

Essas informações podem estar logo abaixo do nome do(s) autor(es) ou em nota de
rodapé

Resumo /Abstract: Representa, de forma resumida, todas as partes do artigo


Resumo: Será que reflete o conteúdo do artigo?.

Apresentação concisa dos pontos relevantes de um documento


Deve conter:

Introdução ( 1 a 2 frases); objetivo(s); materiais e métodos; resultados; discussão e


conclusão(ões)

Escrito de forma impessoal

Redigido de tal forma que possa dispensar a consulta ao documento original


Indicar a lacuna do conhecimento, isto é , onde sua pesquisa se encaixa

O tamanho máximo do resumo vai estar indicado no guia para autores (ex: base de dados
INIS –tamanho máximo 6.000 caracteres)

Palavras-chave / Keywords:

Representam os temas abordados, com


vistas a uma identificação do artigo. Em geral, variam
entre 3 e 6. E devem ser escritas com

inicial maiúscula.

Introdução: Apresenta o contexto do trabalho e a justificativa de sua relevância, bem


como os objetivos do artigo. No final da introdução, é importante sintetizar as partes do
trabalho.

Algumas regras sugeridas para uma boa introdução são as seguintes :


–deve primeiramente apresentar a natureza e o campo do problema investigado;
–deve revisar brevemente a literatura pertinente para orientar o leitor;
–deve citar a metodologia de pesquisa e, se necessário, as razões para a escolha de um
determinado método.

Mais raramente e dependendo da revista, algumas introduções ainda podem conter:


–os principais resultados da pesquisa;
–e as principais conclusões baseadas nos resultados.

Fundamentação teórica: Fundamenta teoricamente o artigo e apresenta o estado da arte


do tema. Deve estabelecer as bases do trabalho, citando a autoria e de onde foram
extraídos os conceitos, argumentos ou ideias.

Metodologia: Descrição das bases metodológicas que conduzem aos resultados, levando
em conta eventuais etapas do Trabalho de pesquisa, técnicas de coleta e análise dos
dados, entre outros aspectos. Descrevem-se as etapas, incluindo os métodos e técnicas
de pesquisa empregados em cada fase do trabalho.

A denominação METODOLOGIApode ser substituída por PROCEDIMENTOS


METODOLÓGICOS ou MATERIAIS E MÉTODOS
Você deve explicar como obteve e analisou seus resultados pelas seguintes razões:
•Os leitores precisam saber como os dados foram obtidos porque o método escolhido
afeta os resultados e, por extensão, como você provavelmente os interpretou.

•A metodologia é crucial para qualquer ramo de estudos porque um método pouco


confiável produz resultados não confiáveis e, consequentemente, prejudica o valor de
suas interpretações dos resultados.

•Na maioria dos casos, há uma variedade de métodos diferentes que você pode escolher
para investigar um problema de pesquisa. A seção de metodologia de seu trabalho deve
claramente articular as razões pelas quais você escolheu um determinado procedimento
ou técnica.

•O leitor quer saber se os dados foram coletados ou gerados de forma consistente com as
práticas aceitas no campo de estudo. Por exemplo, se você estiver usando um
questionário de múltipla escolha, os leitores precisam saber que ele ofereceu a seus
entrevistados um intervalo razoável de respostas para escolher.

O método deve ser adequado ao cumprimento dos objetivo gerais do estudo. Por
exemplo, você precisa garantir que o tamanho de sua amostra seja suficientemente
grande para ser capaz de generalizar e fazer recomendações com base nas descobertas.

•A metodologia deve discutir os problemas que foram antecipados e os passos que você
tomou para impedi-los de ocorrer. Para quaisquer problemas que surjam, você deve
descrever as maneiras em que foram minimizados ou por que esses problemas não
impactam de forma significativa a sua interpretação das descobertas.

•É importante sempre fornecer informações suficientes para permitir que outros


pesquisadores adotem ou repliquem a sua metodologia.

Resultados e discussões: Apresentam os resultados, que podem ter uma forma variada,
discutindo-os, em geral, à luz da literatura sobre o tema.

Os resultados são:
–os fatos das descobertas não editados
–Os resultados são a apresentação dos hard data (estatísticas, tabelas, figuras)

Discussão é :
–onde o autor liga os pontos –explicando o que os dados significam e porque eles apoiam
a conclusão ou não
–sobre o que os resultados significam
–sobre as implicações dos resultados

Conclusões: Apresenta os principais pontos conclusivos e contribuições a partir dos


resultados. O ponto central dessa seção é explicar, brevemente, como os resultados
foram alcançados, em cotejo com os objetivos do trabalho, e coo as questões foram
respondidas.

A conclusão é o último parágrafo do seu artigo, é como o acorde final em uma canção.
•Uma conclusão sólida é parte essencial de um bom artigo
•Dê sugestões para estudos futuros (“próximos passos”)
•Lembre-se de nunca introduzir qualquer informação nova na sua conclusão
•A conclusão mais efetiva é aquela que sumariza os principais pontos do seu artigo
•Quando escrever sua conclusão deixe sua introdução na sua frente. Esta deverá seguir a
mesma ordem de informação que a sua introdução

Agradecimentos (opcional): Contêm os agradecimentos a agências de fomento,


instituições ou pessoas que participaram indiretamente do trabalho.

Devefiguraremnotaderodapédapáginaderostoouapêndicedotexto(verificarrequisitosdoperió
dicodeinteresse)eespecificar:

ascontribuiçõesqueexigemagradecimentomasnãojustificamautoria,comooapoiogeraldadop
elochefedeumdepartamento;

–agradecimentosporcolaboraçãotécnica;

agradecimentosporapoiofinanceirooumaterial,osquaisdevemespecificaranaturezadoauxílio

contribuiçõesintelectuaisquenãojustifiquemautoriapodemsermencionadasnestaseção,deve
mserindicados:nome,cargoetipodecontribuição(porexemplo,"consultorcientífico,""revisãocr
íticadapropostadoestudo“,"coletadedados"ou"participaçãoeminvestigaçãoclínica");

•taispessoasdevemfornecerpermissãoparaamençãoaosseusnomes;éresponsabilidadedoa
utorobterapermissão.

Referências: Listagem da literatura que foi citada ao longo do artigo, em qualquer uma de
suas partes. Complementa a fundamentação teórica do trabalho.

Tabelas e figuras: Tabelas e figuras são usadas para apresentar concisamente uma
grande quantidade de informações que não podem ser facilmente ou claramente
apresentadas no texto.

As tabelas são numeradas independentemente de figuras.


•Uma boa tabela ou figura é interpretável por si mesma; Portanto, quaisquer rótulos,
notação especial ou abreviaturas devem ser definidos na legenda ou na própria tabela /
figura.
•Não use os mesmos dados em uma tabela e uma figura.
•Todos os tipos de gráficos e diagramas são considerados como figuras e devem ser
tratados como tal.

Identificação. O número da tabela e o título vêm acima do quadro


–O título deve resumir exatamente quais dados são apresentados.
–Qualquer outra informação necessária para compreender a tabela e não prontamente
disponível no texto de acompanhamento deve estar em uma nota de rodapé diretamente
abaixo da tabela. (ex:Fonte)

Itens. Não deixe espaços em branco em uma tabela. Se uma observação tem um zero
associado a ela, inclua o zero. Se uma observação estiver ausente, coloque um traço (-)
no espaço apropriado.

•Unidades. Os dados de medição (por exemplo, comprimento, peso) devem estar em


unidades métricas.

•Pode se usar espaçamento e fontes de letras com tamanhos menores que o do texto
(não precisa seguir o mesmo padrão)

Figuras:

Identificação
–Cada figura requer uma legenda localizada abaixo da figura.
–A legenda deve incluir:
•A palavra "Figura" seguido de um numeral
•Um título que indica brevemente o conteúdo da figura e a fonte

•A Figura inclui gráficos, ilustrações, desenhos, fotos, e qualquer outro material que não
seja classificado como tabela;