Você está na página 1de 72

Adaptado para tradução por Osni Silva

www.mikrotikfacil.com
2010
Sumário

 1 airos v3.4 Introdução


 2 airos v3.4 Guia de Configuração
 2,1 Navegação
 2,2 Main Page
 2.2.1 Status Reporting
 2.2.2 Estatísticas
Reporting
 2.2.3 Informações
adicionais
 2.2.4 Ferramentas
 2,3 Link Configurar Página
 2.3.1 Basic Wireless
Settings
 2.3.2 Segurança
Wireless
 2,4 Rede
 2.4.1 Modo Bridge
 2.4.2 Modo Roteador
 2.4.2.1
Configurações de
rede WLAN
 2.4.2.2
Configurações de
rede LAN
 2.4.2.3
Configuração de
Roteamento
Multicast
 2.4.2.4
Configurações de
Firewall
 2,5 Avançada
 2.5.1 Advanced
Wireless Setting
 2.5.2 Definições de
Antena
 2.5.3 Limiares LED
 2.5.4 Wireless Traffic
Shaping
 2.5.5 QoS
 2,6 Serviços
 2.6.1 Ping WatchDog
 2.6.2 Agente SNMP
 2.6.3 Cliente NTP
 2.6.4 Web Server
 2.6.5 Servidor Telnet
 2.6.6 Servidor SSH
 2.6.7 Sistema de Log
 2,7 Sistema
 Firmware 2.7.1
 2.7.2 Nome do Host
 2.7.3 Administração de
Conta
 2.7.4 Somente leitura
Conta
 2.7.5 Interface
Language
 2.7.6 Logo
Personalização
 2.7.7 Gerenciamento
de Configuração

 2.7.8 Dispositivo de
manutenção

Airos v3.4 Introdução


O objetivo do projeto foi airos simplicidade e poder. Diferentemente do mercado atual e
anterior líder do wireless router ou sistemas operacionais que são complexos e exigem um
investimento em formação, Ubiquiti expor para fazer um avançado sistema operacional capaz
de poderosas funcionalidades de roteamento e sem fio, mas foi construída em cima de um
simples, clean interface de usuário intuitiva fundação.

Nosso objetivo é fazer com que airos simples o suficiente para o operador, cliente, ou um
técnico novo para compreender facilmente, configurar e implantar. Ao mesmo tempo, ele
está evoluindo rapidamente rumo a um caminho de redes novas e poderosas funcionalidades
sem fios fortemente derivado de interação com o cliente e feedback. Nosso objetivo é fazer
com que airos tanto o sistema operacional mais avançado do mercado eo mais intuitivo e
fácil de implantar.

Airos v3.4 Guia de Configuração


Este guia apresenta a descrição detalhada da versão do sistema operacional airos 3,4 que é
integrada de longo alcance dos sistemas incorporados e ISP wireless (WISP) As soluções
fornecidas pela Ubiquiti Networks, Inc.

2.4GHz produtos

5GHz produtos

2,4 GHz (IEEE 802.11b / g) os produtos:


 Bullet2/2HP;
 LiteStation2;
 MiniStation;
 NanoStation2 / Loco2;
 PowerStation2;
 PicoStation2/2HP.

3 produtos GHz (bandas licenciadas):

 NanoStation3.

5 GHz (IEEE 802.11a) os produtos:

 Bullet5/5HP;
 LiteStation5;
 NanoStation5 / Loco5;
 PowerStation5;
 PicoStation5;
 WispStation5.

11n (IEEE 802.11n) os produtos:

 LiteStation-SR71.

Todos os dispositivos de apoio em airos seguintes modos de operação da infra-estrutura:

 Estação (cliente);
 Station WDS;
 Ponto de Acesso;
 Ponto de Acesso WDS (Repeater).

Todos os dispositivos baseados airos suporte aos modos de rede:

 Bridge transparente;
 Roteador.

Airos Guia de instalação rápida descreve os passos de configuração para a estação de


assinante (cliente sem fio - ponte) caso de uso.
Todas as definições de configuração acessível através da interface de gerenciamento web
são descritos neste documento (elementos de dispositivo específicos são descritos
individualmente).

Nota: os exemplos e imagens contidas neste documento representam


NanoStation2/PowerStation5 interface gráfica de usuário que é consistente entre todos os
dispositivos baseados airos.

[Conteúdo]

Navegação

Configuration Management Menu

Cada uma das páginas web de gestão (listados abaixo) contém parâmetros que afetam a um
aspecto específico do dispositivo:

[Principal] página exibe o status atual do dispositivo e as informações estatísticas. Há de


administração de rede e ferramentas de monitoramento disponíveis também na página
principal (ou seja, ferramenta de alinhamento da antena, utilitário velocidade do teste,
ferramenta de site survey que operem em modo AP).

[Setup link] página contém os controles para uma configuração de rede sem fio, embora
abranja as definições básicas do rádio, que define o modo de operação, potência de saída,
associando as informações e opções de segurança de dados.

[Rede] página cobre a configuração do modo de funcionamento da rede, as configurações


IP, pacote de rotinas e serviços de filtragem de rede (ou seja, o servidor DHCP).

[Avançado] página de configurações são dedicados para controle mais preciso da interface
sem fio. Inclui também a polaridade da antena, modelagem de tráfego e configurações de
QoS.

[Serviços] página cobre a configuração dos serviços do sistema de gestão (SNMP ou seja,
NTP, System Log, Ping cão de guarda e / servidor SSH Telnet).

[System] página contém controles de rotinas do sistema de manutenção, gerenciamento de


conta de administrador, a personalização do dispositivo, a linguagem de interface, upgrade
de firmware e de configuração de backup.

[Conteúdo]
Página Principal

Status atual do airos alimentado dispositivo no modo cliente

Status atual do airos alimentado dispositivo em modo Access Point

A página principal exibe um resumo das informações sobre o estado da ligação, os valores
atuais de configuração básica (dependendo do modo de funcionamento), configurações de
rede e estatísticas de tráfego de todas as interfaces.

De administração de redes e serviços públicos de monitoramento, como instrumento de


alinhamento da antena, utilitários ping e traceroute, ferramentas de teste de velocidade são
acessíveis através da página principal também.

Status Reporting
Status Reporting no modo AP

Base Station SSID: O Nome da 802,11 Service Set (estabelecido pelo Access Host Point) o
dispositivo está conectado:

Enquanto operando em modo Station, exibe o BSSID do ponto de acesso, onde o dispositivo
foi associado.
Apesar de operar em no Access modo Point, exibe o BSSID do dispositivo sem fio em si.

AP MAC: exibe o endereço MAC do Access Point, onde o dispositivo foi associado ao operar
no modo de estação. MAC (Media Access Control) é identificador HW única em cada rádio
802,11. É constituída por duas partes:

Um identificador exclusivo (OUI)


Controlador de interface de rede (NIC) de seqüência.

A lista fabricante de um endereço MAC dado é fornecido aqui:


http://standards.ieee.org/regauth/oui/index.shtml

Força do Sinal: mostra o nível do sinal recebido sem fio (client-side), enquanto no modo de
funcionamento da estação. O valor representou coincide com a barra gráfica. Use a
ferramenta de alinhamento de antena para ajustar a antena do dispositivo para obter uma
melhor ligação com o dispositivo sem fio. A antena do cliente sem fio tem que ser ajustada
para obter o máximo de intensidade do sinal. Sinal é medido em dBm (os decibéis com
referência a 1 miliwatt). A conversão é definida como dBm = 10log10 (P/1mW). Assim,
0dBm seria 1mW e-72dBm seria ,0000006 mW. A intensidade do sinal de-85dBm ou superior
é recomendado para ligações estáveis.

Taxa de TX e RX Rate: exibe a atual 802,11 transmissão de dados (TX) e os dados de


recepção (RX), enquanto a taxa de funcionamento em modo Station. As taxas de dados em
1,2,5.5,11 Mbps (802.11b) e 6,9,12,18,24,36,48,54 Mbps, 108 Mbps (usando a largura do
canal 40MHz, disponível apenas para alguns dispositivos) (802.11g, 802.11a ) são possíveis.
Normalmente, quanto maior o sinal, maior a taxa de dados e, conseqüentemente, maior a
taxa de transferência de dados. Para a taxa de transferência de dados máxima (54 Mbps) a-
70dBm ou melhor sinal é necessário normalmente.

Freqüência: Esta é a freqüência de operação da 802,11 Service Set (hosted by AP) o cliente
está conectado. Dispositivo utiliza esta frequência para transmitir e receber dados. Para
802.11a operação, a gama de freqüências disponíveis são 5,1-5.9GHz, para NanoStation 3,
3400-3650MHz (licenciado no E.U. ) E 802.11b / g operação, 2412-2472MHz. No entanto, a
faixa de freqüência válidos variam de acordo com legislação local. Para obter mais
informações sobre suporte freqüência visite a seção de cumprimento da Ubiquiti Wiki.

Atual do canal usado pelo dispositivo

Canal: Este é o número do canal de 802,11 que corresponde à freqüência de operação.


Dispositivo utiliza o canal selecionado para transmitir e receber dados. Mais informações são
fornecidas na secção de link de instalação.

Atual antena usada pelo dispositivo

Antena: Isso mostra que a opção da antena do dispositivo airos está usando atualmente. A
maioria dos dispositivos Ubiquiti tem 3 opções de antena: vertical, horizontal, e Adaptive
Antenna Polarity (AAP) opções. Antena externa opção está disponível em vários modelos
também. Mais informações são fornecidas na seção Configurações avançadas.

Noise Floor: exibe o valor atual do nível de ruído em dBm. Noise Floor é levado em conta
ao avaliar a qualidade do sinal (Sinal-Ruído SNR, RSSI), enquanto o valor médio depende da
intensidade do sinal acima do piso de ruído.

Segurança: Este é o cenário de segurança atual. "Nenhum valor" é exibida se a segurança


sem fio está desativada, WEP, WPA ou WPA2 valor é exibida se o método de segurança sem
fio correspondente é usado. Mais informações são fornecidas na secção de link de instalação.

ACK Timeout: exibe o valor do tempo atual para quadros ACK. ACK Timeout pode ser
ajustado manualmente ou auto-regulado automaticamente. O ACK Timeout (Tempo limite
moldura Confirmação) especifica quanto tempo o dispositivo airos deve esperar por uma
confirmação do dispositivo parceiro confirmando a recepção do pacote antes de concluir o
pacote deve ter sido um erro e exige reenviar. ACK Timeout é muito importante parâmetro
de desempenho ao ar livre sem fio. Mais informações são fornecidas na seção Configurações
avançadas.

Transmitir CCQ: Este é um índice que avalia o cliente de conexão sem fio de qualidade.
Leva em conta erros de transmissão, latência e throughput ao avaliar a relação de pacotes
transmitidos com sucesso contra a re-transmitidos uns e tendo em conta a razão de taxas
correntes contra a maior taxa especificada. O nível é baseado em um valor percentual, onde
100% corresponde a um estado de ligação perfeita.
QoS Status: exibe a configuração atual de QoS. Qualidade de Serviço (QoS) pode ser
habilitado para dirigir velocidades de ligação para melhor atender os clientes em particular
e / ou aplicações específicas, como VoIP e vídeo, que exigem uma maior consistência,
estabilidade, desempenho e menor latência.

Uptime: Este é o total de tempo que o dispositivo está em funcionamento desde o poder
durar até (hard-reboot) ou atualização de software. O tempo é expresso em dias, horas,
minutos e segundos.

Data: indica que o atual sistema data e tempo, expresso no formato "ano-mês-dia hora:
minuto: segundo". Sistema de data e hora exacta é obtida a partir dos serviços de internet
usando o NTP (Network Time Protocol). Sistema de data e hora serão definidas para valores
padrão imprecisas após cada ciclo se reiniciar NTP não está habilitado como a maioria dos
dispositivos baseados airos não possuem um sistema autónomo de energia para o relógio
interno.

Status atual da LAN Cable

Cabo LAN: exibe o status atual da conexão da porta Ethernet. Este pode alertar operador
do sistema técnico que LAN cabo não está conectado ao dispositivo e não há conexão
Ethernet ativa.

Nome do Host: apresenta o nome personalizável (ID) do airos com dispositivo. Nome do
anfitrião será representado no popular Router Operating Systems telas de registro e
ferramentas de descoberta.

LAN e WLAN MAC

LAN MAC: exibe o endereço MAC do dispositivo airos LAN (Ethernet) interface.

LAN IP Address: exibe o endereço IP atual da LAN (Ethernet) interface.

Endereços de LAN e WLAN IP

WLAN MAC: exibe o endereço MAC do dispositivo airos WLAN (Wireless) interface.

WLAN IP Address: exibe o endereço IP atual do WLAN (Wireless) interface.


Nota: Endereço IP de LAN e WLAN IP Address apresenta o mesmo valor - o endereço IP
atual da interface ponte virtual, enquanto o dispositivo está operando no modo Bridge.

[Conteúdo]

Estatísticas Reporting

Estatísticas interface LAN

LAN Estatísticas: seção mostra a detalhada receber e transmitir estatísticas (Bytes,


Pacotes, erros) de LAN (Ethernet) interface. Estatísticas representa a quantidade total de
dados e pacotes transferidos entre dispositivos através da interface Ethernet ou outra
maneira.

Tanto o tráfego IP unicast (conversas entre os dois exércitos usando HTTP, SMTP, SSH e
outros protocolos) e tráfego de difusão (quando tratar todos os hosts em uma ampla rede
de dados com um único endereço de destino IP) é contabilizado.

Enquanto houver algum tráfego de rede que está sendo gerado ou transmitido pela interface
LAN, recebidos e transmitidos Bytes e valor Packets vai continuar a aumentar. Erros valor
representa o número total de pacotes recebidos e transmitidos para o qual ocorreu um erro
na camada de ligação. alto valor da erros podem indicar falhas de hardware de rede ou
errada.

Estatísticas interface WLAN

WLAN Estatísticas: seção mostra a detalhada receber e transmitir estatísticas (Bytes,


Pacotes e''erros'') da interface sem fio.

Esta estatística representa a quantidade total de dados em unicast e broadcast IP


transferidos entre dispositivos através da interface sem fio de qualquer forma.

Enquanto houver algum tráfego de rede que está sendo gerado ou transmitido pela interface
sem fio, recebidos e transmitidos Bytes, Pacotes e erros (se houver algum valor) vai
continuar aumentando.

Estatísticas interface PPP


PPP Estatísticas: seção exibe o endereço IP da interface PPP e as modalidades de
recepção e transmissão de estatísticas (Bytes, Pacotes, erros) da interface PPP enquanto
airos dispositivo com base opera no modo Router com a opção PPPoE habilitado.

O endereço IP da interface PPP será exibido se for obtida por meio da conexão PPPoE
estabelecidas, caso contrário "Não é a mensagem" Connected será visualizado.

Ativando o botão Reconectar irá iniciar a rotina de reconexão PPPoE que exijam
seqüência de reinicialização do sistema em contrário. Esse controle deve ser usado para
solucionar problemas apenas quando túnel PPPoE é estabelecida, mas a conexão IP está
ocioso.

Esta estatística representa a quantidade total de dados em unicast e broadcast IP


transferidos entre airos alimentado dispositivo e servidor PPPoE através do túnel PPP ou
outra maneira.

Enquanto houver algum tráfego de rede que está sendo passada através do túnel PPP,
recebidos e transmitidos Bytes, Pacotes e erros (se houver algum valor) vai continuar
aumentando.

Consulte a secção de rede para obter mais informações sobre configuração do PPPoE.

WLAN Erros Estatísticas

WLAN erros: seção exibe os contadores de 802,11 erros específicos que foram
registados na interface sem fio:

Rx NWID inválido valor representa o número de pacotes recebidos com um NWID


diferentes ou ESSID - pacotes que foram destinados a outro ponto de acesso. Pode
ajudar a detectar problemas de configuração ou identificar a existência de rede sem fio
adjacente na mesma freqüência.
Rx inválido Crypt valor representa o número de pacotes transmitidos e recebidos, que
foram criptografados com a chave de criptografia de errado e não as rotinas de
descriptografia. Ele pode ser usado para detectar inválido configurações de segurança
sem fio e tenta quebrar a encriptação.
Rx inválido Frag valor representa o número de pacotes perdidos durante a transmissão
e recepção. Estes pacotes foram descartados devido a re-montagem fracasso como
alguns fragmentos link camada do pacote foram perdidos.
Tx excessiva tentativas valor representa o número de pacotes que não pôde ser
entregue ao destino. Pacotes não entregues são retransmitidos um número de vezes
antes de ocorrer um erro.
Missed balizas valor representa o número de balizas (pacotes de gestão enviado a
intervalos regulares, o Ponto de Acesso), que foram perdidas pelo cliente. Isto pode
indicar que o cliente sem fio está fora do intervalo.
Outros erros valor representa o número total de transmissão e recepção de pacotes que
foram perdidos ou descartados por outras razões.

O conteúdo da página principal pode ser atualizado utilizando o botão Refresh.

[Conteúdo]

Informações extra

Extra Info Menu

Informações adicionais: exibe as estatísticas de uso do dispositivo atual eo status dos


componentes do sistema na janela pop-up:

Status das estações associadas

Mostrar estações: seleção enumera as estações que estão ligados a um aparelho ligado
em modo Access Point.

As seguintes estatísticas para cada estação associada é representada na janela de


estatísticas estação:
Estação MAC da estação que está associado;
Sinal (dBm) O valor representa o último nível de sinal recebido sem fio;
Noise (dBm) O valor apresenta o valor do nível de ruído do sinal sem fio foi recebida;
Tx / Rx Rate valor representa a taxa de dados dos últimos pacotes transmitidos e
recebidos;
Idle (s) valor representa o tempo (em segundos) desde o último pacote foi recebido da
estação particular.
As informações na janela de estatísticas estação pode ser atualizado utilizando o botão
Recarregar. Janela pode ser fechada com o botão Fechar esta janela.

Estatísticas da Estação Associated


Informações detalhadas podem ser obtidas enquanto selecionando o MAC específico da
estação de associados:
Uptime valor representa o total de tempo, a estação está associada. O tempo é expresso
em dias, horas, minutos e segundos;
Sinal do valor da força representa o último nível de sinal recebido sem fio;
CCQ valor representa a qualidade da ligação para a Estação;
Tx / Rx Rate representa as taxas de dados dos últimos pacotes transmitidos e
recebidos;
Tx / Rx Packets valor representa o total de pacotes transmitidos e recebidos a partir da
Estação durante o tempo de atividade de conexão;
Tx / Rx Rate Packet (pacotes por segundo) representa o valor médio da taxa de
transmissão e recepção de pacotes;
Bytes transmitidos / recebidos valor representa a quantidade total de dados (em
bytes) transmitidos e recebidos durante a ligação;
Tarifa Negociada / Sinal Última dBm () Os valores da tabela representam o nível de
sinal sem fio recebido juntamente com todas as taxas de dados de pacotes recebeu
recentemente. "N / A valor" é representada como o último sinal, se não os pacotes foram
recebidos em que a taxa de dados em particular.
As informações na janela de estatística é atualizada automaticamente. Janela pode ser
fechada com o botão Fechar esta janela.
Detalhes da conexão com o associado Access Point

Show AP Info: seleção abre a janela de estatísticas de conexão, enquanto no modo de


funcionamento da estação.

As estatísticas link a seguir são fornecidas:


MAC da estação de ponto de acesso está associado;
Uptime valor representa o total de tempo as estações está associada à AP. O tempo é
expresso em dias, horas, minutos e segundos;
Sinal do valor da força representa o último nível de sinal recebido sem fio;
CCQ valor representa a qualidade da conexão com a AP;
Tx / Rx Rate representa as taxas de dados dos últimos pacotes transmitidos e
recebidos;
Tx / Rx Packets valor representa o total de pacotes transmitidos e recebidos durante a
ligação;
Tx / Rx Rate Packet (pacotes por segundo) representa o valor médio da taxa de
transmissão e recepção de pacotes;
Bytes transmitidos / recebidos valor representa a quantidade total de dados (em
bytes) transmitidos e recebidos durante a ligação;
Tarifa Negociada / Sinal Última dBm () Os valores da tabela representam o nível de
sinal sem fio recebido juntamente com todas as taxas de dados de pacotes recebeu
recentemente. "N / A valor" é representada como o último sinal, se não os pacotes foram
recebidos em que a taxa de dados em particular.
As informações na janela de estatística é atualizada automaticamente. Janela pode ser
fechada com o botão Fechar esta janela.

Status do sistema tabela ARP

Mostrar Tabela ARP: seleção lista todas as entradas da ARP (Address Resolution
Protocol) table gravados no dispositivo.
A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.
ARP é usado para associar endereços IP para cada endereço de hardware único (MAC)
dos dispositivos. É importante ter um único endereço IP para cada MAC, ou então haverá
rotas ambígua na rede.

Status de interface do débito em LAN / WLAN / PPP

Mostrar selecção Throughput estatísticas janela que se abre continuamente representa


o tráfego de dados atuais sobre a LAN, WLAN e interfaces PPP, tanto em forma gráfica e
numérica. A escala da carta ea dimensão de transferência (bps, Kbps, Mbps) muda
dinamicamente de acordo com o valor de rendimento médio.

As estatísticas são atualizadas automaticamente. Estatísticas de rendimento pode ser


atualizado manualmente utilizando o botão Recarregar.

System Log
Mostrar selecção Log sistema abre a janela de log que lista todos os eventos do sistema
social.

Todas as entradas no registro do sistema será excluído, se o botão Limpar é ativado. O


Sistema Log conteúdo é atualizado se o botão Atualizar é ativado. Janela pode ser
fechada com o botão Fechar esta janela.
Syslog Mensagem "está desativada, incapaz de mostrar as mensagens do sistema" será
exibida se o registo do sistema não está habilitado. Descrição do sistema de configuração
de log é fornecido na seção de Serviços.

Status atual do sistema de tabelas de roteamento

Show Rotas: seleção lista todas as entradas no sistema de roteamento da tabela,


enquanto o dispositivo está operando em modo Router.

A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.


Airos examina o endereço IP de destino de cada pacote de dados de viajar através do
sistema e escolhe a interface apropriada para transmitir o pacote para. A escolha do
sistema depende das regras de roteamento estático - entradas, que estão registrados no
sistema de roteamento da tabela. Rotas estáticas para hosts específicos, redes ou
gateway padrão são criadas automaticamente de acordo com a configuração de IP de
todas as airos interfaces.
Airos descrição configuração IP é fornecido na seção de link de instalação.
Status atual da tabela de sistema de ponte

Mostrar Bridge Tabela: seleção lista todas as entradas na tabela a ponte do sistema,
enquanto o dispositivo está operando no modo Bridge.

A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.


Ponte tabela mostra que a ponte do porto da estação particular está associada ao - em
outras palavras, a partir do qual interface (Ethernet ou wireless) o dispositivo de rede
(definido pelo endereço MAC) é acessível ao sistema airos enquanto o encaminhamento
dos pacotes para que somente a porta (poupando um monte de cópias redundantes e
transmite).
Envelhecimento timer mostra o envelhecimento de tempo para cada entrada de endereço
(em segundos) - depois de determinado tempo limite, não ter visto um pacote vindo de
um determinado endereço, a ponte irá apagar o endereço da tabela da ponte.

Active entradas Firewall em modo Bridge

Mostrar selecção Firewall listas de entradas firewall ativo na cadeia de firewall do


quadro padrão ebtables filtro, enquanto o dispositivo está operando no modo Bridge.

A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.

Active entradas Firewall em modo Router


Entradas firewall ativo na cadeia de firewall do quadro padrão iptables filtro estão listados
se o dispositivo está operando em modo Router.
A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.
IP e MAC nível controle de acesso e filtragem de pacotes em airos é implementado
usando iptables (encaminhamento) e ebtables (ponte) de firewall, que protege os
recursos de uma rede privada de ameaças externas, impedindo o acesso não autorizado e
filtragem de tipos específicos de comunicação de rede.
Mais informações são fornecidas na secção de link de instalação.

Active Port Forward entradas em modo Router

Mostrar selecção Port Forward listas porta ativa frente as entradas na cadeia
Portforward do iptables padrão tabela nat, enquanto o dispositivo está operando em modo
Router.

A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.


Port Forwarding cria um túnel transparente através de um firewall / NAT, a concessão de
um acesso do lado da WAN para o serviço de rede particular em execução no lado da LAN.

Status atual das concessões de DHCP

Mostrar selecção DHCP Leases mostra o estado actual dos endereços IP alugadas pelo
servidor DHCP do aparelho. Esta opção está disponível se o servidor DHCP é ativado
quando o dispositivo está operando em modo Router.

Mostra o nome de interface a partir do qual dispositivo de interface cliente DHCP que
tenha especificado MAC Address está conectado.
Tempo de uso restante mostra por quanto tempo o endereço IP concedido será válido e
reservado para cliente DHCP específico.
A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.

Mais informações são fornecidas na secção de link de instalação.

[Conteúdo]
Ferramentas
Ferramentas: fornece utilitários de rede na janela pop-up:

Ferramenta de alinhamento da antena

Alinhar utilitário Antena permite ao instalador ponto e otimizar a antena na direção do


sinal de ligação máxima.

Seleção da ferramenta Antena Alinhar abrirá nova janela com indicador de intensidade
do sinal. Janela recarrega a cada segundo exibir a intensidade do sinal do último pacote
recebido.
O " RSSI Faixa "Barra deslizante permite que o intervalo de metro para ser aumentado
ou reduzido. Se o intervalo é reduzido, a mudança da cor será mais sensível às oscilações
de sinais como RSSI Faixa deslizante muda realmente um deslocamento do valor
máximo, assim, o indicador de escala própria.
Alinhar Antena janela pode ser fechada com o botão Fechar esta janela.

Wireless estimativa throughput link

Teste de Velocidade: Este utilitário permite testar a velocidade de conexão de e para


qualquer endereço IP acessível na rede dispositivo airos. Ele deve ser usado para a
estimativa preliminar de transferência entre dois dispositivos de rede. Estimativa Se
ambos os dispositivos são alimentados por airos, a estimativa é mais precisa, caso
contrário, só é fornecida em bruto, enquanto usando rotinas de troca de pacotes ICMP.

Remoto do sistema de IP pode ser selecionado da lista que é gerada automaticamente


(Escolha o destino IP) ou pode ser especificado manualmente.
As credenciais de acesso (nome de usuário administrador - Usuário e Senha) do
sistema remoto deve ser fornecido para a comunicação entre dois dispositivos
alimentados airos. Isso é necessário para estabelecer o TCP / IP de teste com taxa de
transferência. ICMP rotina de medição de caudal será iniciada se as credenciais de acesso
são incorretas ou não fornecido.
Porta da Web remoto airos powered dispositivos devem ser especificadas a fim de
estabelecer o TCP / IP de teste baseado débito (ou seja, a porta 443 deve ser especificado
se HTTPS é ativado no sistema remoto). ICMP rotina de medição de caudal será iniciado
se a porta WEB do sistema remoto está incorreto.
Visualizar opções avançadas de controle permitirá opções adicionais Speed Test
utility. 4 opções disponíveis para a direção do tráfego, enquanto a estimativa da taxa de
transferência máxima:
* Estimativa da entrada (Rx) de transferência ao selecionar opção de receber;
* Estimativa da saída (Tx) throughput transmitir ao selecionar a opção;
* Primeiro estimar a receber (Rx) e posteriormente a saída (Tx throughput) ao selecionar
a opção both;
* Estimativa da entrada (RX) eo de saída (Tx) de transferência ao mesmo tempo, ao
selecionar a opção duplex.
Test Duração quantidade de dados e configurações de especificar o tempo de
execução do ensaio:
* Teste de throughput irá parar após o período de tempo especificado (em segundos) se
o valor de duração é definido;
* Teste de throughput irá parar depois do volume de dados (em bytes) se enviados /
recebidos se o valor da quantidade de dados está definido;
* O teste vai parar depois de qualquer um dos critérios é satisfeito se os valores de
ambos (Duração e quantidade de dados) são especificados.
O teste é iniciado utilizando o botão Executar de teste.

Wireless estimativa qualidade da ligação com a rede utilitário Ping

Ping: Este utilitário ping outros dispositivos na rede diretamente do dispositivo airos.
Ping utilitário deve ser usado para a qualidade da ligação preliminar e estimativa de
latência de pacotes entre dois dispositivos de rede usando os pacotes ICMP.
Remoto do sistema de IP pode ser selecionado da lista que é gerada automaticamente
(Escolha o destino IP) ou pode ser especificado manualmente.
O tamanho dos pacotes ICMP pode ser especificado no campo tamanho do pacote.
Estimativa é feita após o número de pacotes ICMP (especificado no campo de contagem
de pacotes) é transmitido / recebido.
Estatísticas de perda de pacotes e avaliação do tempo de latência é fornecido após o
teste está concluído.
O teste é iniciado através do botão Iniciar.

Encontrar o caminho através da rede com o utilitário traceroute

Traceroute: Permite o rastreamento do lúpulo a partir do dispositivo airos para um


endereço IP de saída selecionado. Ele deve ser usado para encontrar a rota seguida por
pacotes ICMP em toda a rede para o host de destino.

Resolução dos endereços IP (simbolicamente, em vez de numericamente) pode ser


ativada selecionando a opção Resolver endereço IP.
O teste é iniciado através do botão Iniciar.

Wireless Site Survey utilitário

Site Survey: utilitário irá procurar por redes sem fio ao alcance de todos os canais de
suporte enquanto o dispositivo está operando em modo Access Point ou Station. Na
Estação de lista de canais modo pode ser modificado. Consulte a seção Instalação link
para os detalhes de personalização lista de canais.

Site Survey relatórios de MAC Address,''''ESSID, tipo de criptografia (se houver), Sinal
(dBm), Frequency (GHz) e canal sem fio em torno de todos os pontos de acesso que pode
ser encontrado pelo airos com dispositivo.
A pesquisa do site pode ser atualizado utilizando o botão Scan. Janela de pesquisa do
site pode ser fechado com o botão Fechar esta janela.

[Conteúdo]

Link Configurar Página

Link Setup Page - PowerStation5

O link Configurar página contém tudo o necessário por parte do operador para configurar
a parte wireless do link. Isso inclui os requisitos regulamentares, canal e configurações de
freqüência, modo de dispositivo, as taxas de dados e segurança sem fio.

Basic Wireless Settings


As definições gerais sem fio, como dispositivo sem fio BSSID, código do país, a produção
de energia, modo de 802,11 e taxas de dados pode ser configurado nesta seção.

Wireless Mode: especificar o modo de funcionamento do dispositivo. A modalidade


depende dos requisitos de topologia da rede. Há 4 modos de operação suportados em airos
v3.4 software:

Estação Basic Wireless Settings


1. Station: Este é um modo de cliente, que pode se conectar a um AP.
É comum que um pedido de transição de um AP. Nos atos Modo Estação dispositivo como
o posto do assinante ao conectar ao Access Point que é primária definida pelo SSID e
encaminhamento de todo o tráfego de / para os dispositivos de rede conectado à interface
Ethernet.
As especificidades desta modalidade é que Subscriber Station é arpnat utilizando uma
técnica que pode resultar falta de transparência durante a passagem, através de pacotes
de transmissão no modo de ponte.

Station WDS Basic Wireless Settings


2. Station WDS: WDS significa Wireless Distribution System. Station WDS deve ser
usada ao conectar ao Access Point que está operando no modo WDS.
Estação modo WDS permite a transmissão de pacotes na camada de nível 2.
O benefício da Estação WDS é melhor desempenho e mais rápida. Station WDS - Modo
Bridge é totalmente transparente para todos os protocolos Layer2.
Consulte a seção de configurações de rede para obter informações detalhadas Ponte de
configuração de rede modo.

Ponto de Acesso Wireless Basic Settings


3. Ponto de Acesso: Este é um 802,11 Access Point

4. Ponto de Acesso WDS: 802,11 Este é um ponto de acesso que permite a camada 2
ponte com dispositivos Station WDS usando o protocolo WDS.
WDS permite a ponte de tráfego sem fio entre dispositivos que estão operando em modo
Access Point. Ponto de acesso geralmente é conectado a uma rede com fio (Ethernet
LAN), que permite conexão sem fio à rede com fio. Ao ligar Pontos de Acesso à outra em
um Extended Service Set usar o WDS, Ethernets distante pode ser superada em uma
única rede local.

Ponto de Acesso WDS Basic Wireless Settings


É muito importante que os laços da rede não devem ser criados com pontes ou WDS ou
combinações de fios (Ethernet) conexões e pontes WDS. Árvore ou topologia da rede Star
forma deve ser utilizada em todos os casos de uso WDS (isto é, se AP2 e AP3 são
especificados como os pares de WDS AP1, AP2 não deve ser especificado como o WDS
entre colegas de AP3 e AP3 não deve ser especificado como o WDS pares de AP2, em
qualquer caso). Topologias de rede Mesh e Ring não são suportados por WDS e deve ser
evitado em todos os casos de uso.

Nota: Station WDS e AP Modo WDS utiliza o protocolo WDS que não é definido como o
padrão, assim, problemas de compatibilidade entre equipamentos de diferentes
fornecedores podem surgir.

WDS Peers: WDS Estações e / ou WDS Access Point ligado ao airos powered Access Point
deve ser especificada nesta lista, a fim de criar uma infra-estrutura de rede sem fio -
Wireless Distribution System (aplicável para o modo AP WDS somente).

WDS Peers

Digite o endereço MAC do dispositivo emparelhado WDS no campo de entrada WDS Peer.
Um endereço MAC deve ser especificado para ponto-a-Ponto caso de uso de conexão, até
seis pares WDS pode ser especificado para Point-to-Multi-Point caso de uso de conexão.

Auto opção deve ser habilitada, a fim de estabelecer WDS ligação entre pontos de acesso
se WDS Peers não são especificados (aplicável para o modo AP WDS somente). Se a
opção Auto está habilitado airos powered Access Point irá escolher WDS Peers (Access
Points) de acordo com a configuração de SSID. Operacional Access Point no modo WDS
deveria ter o mesmo SSID como o Peer WDS, a fim de estabelecer a ligação
automaticamente quando a opção Automático está ativado. Esta configuração também é
conhecida como o modo de repetição.
Observação: funcionamento Access Point no modo WDS e WDS todos os pontos devem
operar no mesmo canal de freqüência e utilização da largura de espectro mesmo canal.

MAC opção Clone torna a estação totalmente transparente ao actuar como o laptop ou
PC que é conectado à porta LAN do dispositivo airos (interface Ethernet). MAC do
computador cliente é clonado e copiado em cima do dispositivo airos, por isso pode ser
feito para se conectar ao mesmo dispositivo e manter qualquer MAC ID de segurança com
os privilégios do servidor.

MAC opção Clonagem (aplicável apenas para modo STA) é eficaz para um só eo PC
conectado à porta da estação de assinante LAN como a estação irá autenticar e associar o
escolhido Access Point usando o endereço MAC do PC.

SSID: Service Set Identifier usado para identificar sua rede LAN sem fio 802.11 deve ser
especificado quando operando em modo Access Point. Todos os dispositivos do cliente dentro
da faixa receberá transmitir mensagens a partir do ponto de acesso à publicidade este SSID.

ESSID

ESSID: - especificar o ESSID do ponto de acesso que o airos deve associar-se ao mesmo
tempo que operam na Estação ou modo Station WDS. Pode haver vários pontos de
acesso com o mesmo ESSID. Se o ESSID é definida como "Qualquer" a estação vai se
conectar a qualquer AP disponível.

Hide SSID controle irá desabilitar o SSID publicidade do ponto de acesso em transmitir
mensagens para as estações sem fio. Controle Unselected fará SSID visível durante as
varreduras de rede nas estações sem fio. Controle está disponível quando está a funcionar
em modo Access Point só.

Site ferramenta de pesquisa para a seleção de Ponto de Acesso

A lista dos pontos de acesso disponíveis podem ser recuperadas utilizando o botão Select
(não aplicável ao modo Access Point). Este controle ativa a ferramenta Site Survey, que é
usado para a seleção AP. Site Survey vai procurar as redes disponíveis sem fio ao alcance
de todos os canais de suporte e permitirá que você escolha uma para a associação. No
caso da rede selecionada usa criptografia, você precisa definir os parâmetros de
segurança na seção de Segurança Wireless. Selecione o ponto de acesso da lista e clique
no botão Select para a associação.
Clique no botão Scan para atualizar a lista de redes sem fios disponíveis.

Botão fechar esta janela será fechada a janela de ferramentas Site Survey.

Site Survey canal lista de varredura pode ser modificada usando o canal de controle Scan
List.

Canal seleção da lista de digitalização na Nanostation2

Lista de canais Scan: Isto irá limitar apenas a digitalização dos canais selecionados
(aplicável a Estação e Estação modo WDS somente). Os benefícios deste são mais rápidos de
digitalização, bem como filtrar AP indesejados nos resultados. Ferramenta Site Survey vai
olhar para os pontos de acesso em canais selecionados.

Canal seleção da lista de digitalização na Powerstation5, país: E.U.A.

Canal seleção da lista de digitalização na Powerstation5, país: Espanha

Canal de gestão para a lista de selecionados IEEE 802.11 e modo especificado Largura do
Espectro do canal pode ser ativada selecionando a opção Enabled. Há duas maneiras
para definir o canal List Scan - enumerar os canais necessários (separadas por vírgula) no
campo de entrada, ou usando as opções de seleção no Canal janela Lista de Verificação
que é ativado usando o botão Editar. Ferramenta Site Survey vai olhar para o Access
Pontos de canais selecionados somente se a operação de verificação ou exame de local é
realizada no modo Station.

Bloquear a AP MAC: Isto permite que a estação de manter sempre uma ligação especial
com o AP MAC específico (aplicáveis para a Estação e modo Station WDS somente). Isso
é útil como, por vezes, pode haver alguns nomes idênticos (SSID do AP), com diferentes
endereços MAC. Com o bloqueio na AP, a estação irá bloquear o endereço MAC e não
transitar entre diversos Access Points com o mesmo ESSID.

Código do país: os países diferentes terão diferentes níveis de potência e seleções


freqüência possível. Para assegurar o funcionamento do dispositivo segue as normas de
conformidade regulamentar, por favor, certifique-se de selecionar seu país correto onde
dispositivo será usado. A lista de canais, os limites de potência, IEEE 802.11 e os modos do
canal Spectrum largura será ajustado de acordo com os regulamentos do país selecionado.
Além disso, por favor consulte o cumprimento guia para mais explicações sobre os requisitos
de conformidade internacionais.

IEEE seleção do modo de 802,11 em NanoStation2

IEEE seleção 802,11 modo de PowerStation5

IEEE 802.11 Mode: Este é o padrão de rádio usadas para a operação de seu airos
powered. 802.11b é mais um modo de 2.4GHz, enquanto o 802.11g (2.4GHz) e 802.11a
(5GHz) são os novos padrões baseados em rápido Orthogonal Frequency Division
Multiplexing (OFDM) modulação. Para obter mais informações, consulte 802,11 guia de
cumprimento.

 Bullet2/2HP, LiteStation2, MiniStation, NanoStation2/loco2, PowerStation2,


PicoStation2/2HP suporte IEEE 802.11 modos:

B só - se conectar a uma rede 802.11b apenas.


B / G Mista - conectar a uma rede 802.11b ou 802.11g (selecionada por padrão). Este
modo oferece melhor compatibilidade.
G apenas - se conectar a uma rede 802.11g apenas.

 Bullet5/HP, LiteStation5, NanoStation5/loco5, PowerStation5, PicoStation5,


WispStation5 suporte IEEE 802.11 modos:

A - se conectar a uma rede 802.11a (selecionada por padrão).

 LiteStation-SR71 suportados IEEE 802.11 modos:

11n - conectar a uma rede 802.11n (selecionada por padrão). 802.11n é compatível com
802.11b ou 802.11g modos.
Selecione o canal Spectrum Largura

Canal Spectrum Largura: Esta é a largura espectral do canal de rádio. Suportado


larguras de espectro sem fio canal:

5MHz - é o espectro do canal com a largura de 5 MHz (conhecido como Bairro-mode


Rate).
10MHz - é o espectro do canal com a largura de 10 MHz (conhecido como modo Half-
Rate).
20MHz - é a largura do canal do espectro padrão (selecionada por padrão).
40MHz - a largura do canal mais amplo espectro necessário para se conectar a um
802.11a (ou 3GHz freqüência da rede), que apoia Static recurso Turbo (aplicável para
Bullet5/HP, LiteStation5, NanoStation5/loco5, PowerStation5, PicoStation5, WispStation5,
NanoStation3 apenas).

Reduzir a largura espectral proporciona 2 vantagens e 1 inconveniente.

Benefício 1: Vai aumentar a quantidade de canais não sobrepostos. Isto pode permitir
que as redes de escala melhor
Benefício 2: Vai aumentar o PSD (densidade de potência espectral) do canal e permitir a
ligação de distância de ser aumentada
Drawback: reduzirá rendimento proporcional à redução do tamanho do canal. Assim, tal
como o modo turbo (40MHz) aumenta velocidades possíveis em 2x, metade do espectro
de canais (10MHz), será possível diminuir a velocidade em 2x.

Canal Shifting: opção permite que os canais especiais que têm a freqüência offset do
padrão 802.11b / g, e 802.11a canais. Esta é uma característica Ubiquiti proprietária
desenvolvida. Enquanto 802,11 redes têm canais padrão, tais como (2412MHz) Canal 1,
Canal 2 (2417MHz), etc Spaced cada 5MHz distante, mudando de canal vai permitir a
operação de novos canais de 802,11 offset dos canais normais. Todos os canais podem
ser desviado por 5 MHz (in 802.11a mode e 3GHz) ou 2 MHz (em 802.11b/g/b + g) Modo
de usar como padrão a frequência do canal central.

Os benefícios deste são redes privadas e de segurança inerentes. Usando o canal de


mudança, as redes podem instantaneamente se tornam invisíveis para os milhões de
dispositivos Wi-Fi em todo o mundo.
Selecione um canal sem fios no NanoStation2

Selecione um canal sem fios no PowerStation5

Canal: Selecione o canal sem fio que operem em modo Access Point. Vários canais de
freqüência estão disponíveis para evitar a interferência entre pontos de acesso nas
proximidades. A lista de canais varia de acordo com o código do país selecionado, IEEE
Spectrum 802,11 modo e largura do canal e opção Canal Shifting.

Potência e Cumpra poder regulamentar

Potência de saída: Isso irá configurar a média de transmissão máxima potência (em
dBm) do dispositivo sem fio. A potência de saída no qual módulo transmite dados sem
fios podem ser especificados usando o controle deslizante. Ao digitar o valor
manualmente, potência de saída, a posição barra irá alterar de acordo com o valor
inserido. O nível máximo de transmissão de energia é limitado de acordo com a legislação
do país. Se o dispositivo baseado airos tem uma antena interna (NanoStation IE),
potência de saída é a potência entregue à antena interna.

Obedeça a opção de poder regulamentar deve permanecer ativado enquanto ele vai
forçar a transmitir potência para ser compatível com as normas do país selecionado. Neste
caso, não será possível definir potência isotrópica radiada equivalente (EIRP) acima do valor
permitido por domínio regulamentar (diferentes níveis de potência máxima e os ganhos de
antena são permitidas para cada IEEE 802.11a/b/g domínio regulamentar, assim, país). Para
mais informações consulte regulamentar 802,11 guia de cumprimento.
Taxa de dados e Auto

Taxa de Dados: define a taxa de dados (Mbps) em que o dispositivo deve transmitir
pacotes wireless. Se a caixa automática é ativada, então o algoritmo taxa irá selecionar
a melhor taxa de dados dependendo das condições de qualidade da ligação. Se uma taxa
de dados 54Mbps abaixo está selecionado enquanto a seleção da taxa de Auto é ativado,
a taxa de dados selecionados será a taxa máxima de dados que podem ser usados. Use a
opção automática, se você está tendo problemas para fazer a conexão ou a perda de
dados a uma taxa superior. Neste caso, as menores taxas de dados será usado pelo
dispositivo automaticamente. Se você selecionar a largura do canal 40MHz de espectro a
taxa de dados máxima é de 108 Mbps.

Consulte a seção Advanced Wireless Settings para informações detalhadas sobre os


algoritmos de taxa.

[Conteúdo]

Wireless Security
Esta seção permite que você defina os parâmetros que controlam como a estação de
assinante associados a um dispositivo sem fio e criptografa / descriptografa dados.

Wireless Security Settings

Escolha o método de segurança de acordo com a política de segurança do Access Point.


Estação de assinante deve ser autorizada pelo Access Point a fim de obter acesso à rede e
todos os dados do usuário transferidos entre a estação de assinante e ponto de acesso
será criptografado se os métodos de segurança sem fio são utilizados.
Segurança: airos suporta WEP, WPA e WPA2 opções de segurança. Selecione o modo de
segurança de sua rede sem fio:

WEP - habilitar a criptografia WEP. WEP (Wired Equivalent Privacy) é baseada no padrão
IEEE 802.11 e usa o algoritmo de criptografia RC4. Ativando o WEP permite-lhe aumentar
a segurança através da encriptação de dados sejam transferidos através da rede sem fio.
WEP é o algoritmo de segurança mais antigas, e há alguns aplicativos que podem
descriptografar a chave WEP em menos de 10 minutos. WPA ™ / métodos de segurança
WPA2 ™ deve ser usado quando for possível.
WPA - ativar o modo de segurança WPA ™. Wi-Fi Protected Access - WPA ™ (IEEE
802.11i/D3.0) e WPA2 ™ (IEEE 802.11i) com pré-protocolo de gerenciamento de chave
compartilhada oferece métodos de segurança melhorou, porque são novos protocolos que
foram criados sob o padrão 802.11i para colmatar as deficiências na abordagem WEP.

WPA ™ e WPA2 ™ apoiar as cifras seguintes para criptografia de dados:

TKIP - Temporal Key Integrity Protocol, que utiliza algoritmo de criptografia RC4.
CCMP (vulgarmente conhecido como AES) - Counter Mode with Cipher Block Chaining
Message Authentication Code Protocol, que utiliza o algoritmo Advanced Encryption
Standard (AES).

O dispositivo irá utilizar a maior cifra (CCMP) na estação e no modo Access Point Wireless
por padrão. Se o CCMP não é suportado no outro lado da ligação a criptografia TKIP será
utilizado - como na situação em que o dispositivo actua como ponto de acesso com
segurança WPA ativada e pelo menos uma estação wireless (sem suporte CCMP) é
conectado a ele.

WPA - ativar o modo de segurança WPA ™.


WPA-TKIP - enable WPA ™ com modo de segurança TKIP suporte.
WPA-AES - enable WPA ™ com modo de segurança AES suporte.
WPA2 - ativar o modo de segurança WPA2 ™.
WPA2-TKIP - ativar o modo de segurança WPA2 ™ com TKIP suporte.
WPA2-AES - ativar o modo de segurança WPA2 ™ com a AES suporte.

Segurança WEP

Tipo de Autenticação: campo refere-se apenas a opção de segurança WEP. Um dos


seguintes modos de autenticação deve ser selecionado se WEP método de segurança é
utilizado:
Open Authentication - Estação é autenticado automaticamente pelo AP (selecionada por
padrão).
Shared Authentication - Estação é autenticado após o desafio, gerado pela AP.

Comprimento da chave WEP: 64-bit (selecionada por padrão) ou 128-bit WEP


comprimento da peça deve ser selecionado se WEP método de segurança é utilizado. A
opção de 128-bit irá fornecer um pouco mais elevado nível de segurança sem fio.

Key Type: HEX (selecionada por padrão) ou a opção ASCII especifica o formato de
caracteres para a chave WEP se WEP método de segurança é utilizado.

WEP Key: WEP de chave de criptografia para o tráfego sem fio de criptografia e
descriptografia deve ser especificado se o WEP método de segurança é utilizado:

Para 64-bit - especificar chave WEP de 10 HEX (0-9, AF ou AF) caracteres (ex.
00112233AA) ou 5 caracteres ASCII.
Para 128-bit - especificar a chave WEP 26 HEX (0-9, AF ou AF) caracteres (ex.
00112233445566778899AABBCC) ou 13 caracteres ASCII.

Índice de teclas: permite especificar o índice da chave WEP usada. 4 diferentes chaves
WEP pode ser configurado ao mesmo tempo, mas apenas um é usado. Effective chave é
definido com a opção de 1, 2, 3 ou 4.

Segurança WPA/WPA2 PSK

WPA Authentication: um dos seguintes métodos de selecção WPA ™-chave deve ser
especificado se o WPA ou WPA2 ™ ™ método de segurança é usado (aplicável para a
Estação e modos Station WDS somente).:

PSK - WPA ou WPA2 ™ ™ com pré-partilhada método Key (selecionada por padrão).
EAP - WPA ou WPA2 ™ ™ com EAP (Extensible Authentication Protocol) IEEE 802.1x
método de autenticação. Este método é comumente usado em Empresa redes. Nota:
airos Web Management GUI suporta apenas o EAP-TTLS método de autenticação.

WPA Pre-Shared Key: a frase secreta para WPA ™ ou método de segurança WPA2 ™ deve
ser especificado se o pré-partilhada método peça é selecionada. A chave pré-compartilhada é
uma senha alfa-numérica entre 8 e 63 caracteres.
Segurança WPA/WPA2 EAP

WPA Identidade: credencial de identificação (também conhecido como identidade)


usado pelo suplicante para autenticação de EAP (aplicável para STA e modos STA WDS
somente).

WPA Nome de usuário: credencial de identificação (também conhecido como identidade


anônima) usado pelo suplicante para EAP encapsulado autenticação (EAP-TTLS) em forma
criptografada (aplicável para STA e modos STA WDS somente).

WPA User Password: credencial senha usada pelo suplicante para autenticação de EAP
(aplicável para STA e modos STA WDS somente).

Controle por MAC Address List

MAC ACL: MAC Access Control List (ACL), oferece a possibilidade de permitir ou negar
determinados clientes para se conectar ao AP (aplicável para os modos AP e WDS AP
apenas).

MAC ACL pode ser ativada selecionando a opção Enabled.

Existem duas formas para definir a Access Control List:

definir certos clientes sem fio na lista, que terá acesso ao ponto de acesso, enquanto o
acesso será negado por todos os restantes clientes - MAC ACL Policy é definida como
Permitir.
definir certos clientes sem fio na lista que terá o acesso negado ao ponto de acesso,
enquanto o acesso será concedido para todos os restantes clientes - MAC ACL Policy é
definida como Negar.

Os endereços MAC dos clientes sem fio podem ser adicionados e removidos para a lista
usando os botões Adicionar e Remover.
Nota: MAC Access Control é a abordagem mais fraco da segurança. WPA ™ ou métodos
de segurança WPA2 ™ deve ser usado quando for possível.

Clique no botão Alterar para salvar as alterações.

[Conteúdo]

Rede

A página da rede permite que o administrador ponte instalação ou funcionalidade de


roteamento.

Airos powered dispositivos podem operar em modo bridge ou roteador. A configuração de IP


como descrito abaixo é necessário para fins de gerenciamento de dispositivos. Endereços IP
podem ser recuperados a partir de um servidor DHCP ou configurado manualmente. Utilize o
menu Rede para configurar as definições IP.

Airos Modo Rede seleção

Modo de rede: permite especificar o modo operacional de rede para o dispositivo.


Existem dois modos: ponte e router.

A modalidade depende dos requisitos de topologia de rede:

Bridge modo de operação é selecionada por padrão, uma vez que é amplamente
utilizado pelas estações de assinante, ao conectar ao Access Point ou usar WDS. Neste
modo, o dispositivo irá funcionar como uma bridge transparente e irá operar em Camada
2. Não haverá segmentação da rede, enquanto domínio da transmissão será a mesma.
Modo Bridge não irá bloquear qualquer tráfego de difusão ou multicast. Outras definições
de firewall pode ser configurado para o Nível 2 de filtragem de pacotes e controle de
acesso em modo Bridge.
Router modo de operação pode ser configurado para operar na camada 3 para realizar
roteamento e permitir segmentação de rede - clientes wireless será na sub-rede IP
diferente. Mode roteador bloqueará transmissões enquanto ela não é transparente.
Airos suporta Multicast pass-through de pacotes em modo Router.
Airos powered Router pode actuar como servidor DHCP e usar o Network Address
Translation (Masquerading) recurso que é amplamente utilizado pelos Pontos de Acesso.
NAT irá atuar como firewall entre as redes LAN e WLAN. Outras definições de firewall
pode ser configurado para Layer 3 a filtragem de pacotes e controle de acesso em modo
Router.
Desativar Rede

Desativar Rede: as opções podem ser utilizadas para desactivar WLAN ou interface LAN.
Essa configuração deve ser utilizado com os cuidados exclusivos, sem conexão L3 ou L2
pode ser estabelecida através da interface com deficiência. Será impossível para acessar
o airos com dispositivo a partir da rede / wireless fio que é ligado à interface com
deficiência.

Modo Bridge

Modo Bridge Configurações de rede

No modo bridge o airos dispositivo baseado encaminha todos os pacotes de


gerenciamento de rede e dados de uma interface de rede para o outro sem qualquer
roteamento inteligente. Para aplicações simples, este fornece a solução de rede eficiente
e totalmente transparente. WLAN (wireless) e LAN (Ethernet) interfaces pertencem ao
mesmo segmento de rede que tem o mesmo espaço de endereço IP. WLAN e LAN
interfaces de forma a interface ponte virtual enquanto age como os portos da ponte. A
ponte tem atribuído as configurações de IP para fins de gestão:

Ponte IP Address: O dispositivo pode ser configurado para IP estático ou pode ser
configurado para obter um endereço IP do servidor DHCP que está conectado.

Um dos modos de atribuição de IP devem ser selecionados:

DHCP - Escolha esta opção para atribuir o endereço IP dinâmico, Gateway e Endereço
DNS pelo servidor DHCP local.
Static - escolher esta opção para atribuir as configurações de IP estático para a interface
de bridge.

Endereço IP: digite o endereço IP do dispositivo, quando Bridge Static IP Address é o modo
selecionado. Este IP será utilizado para os fins de gestão airos dispositivo.

Ponte endereço IP atribuído manualmente (Estático)

Endereço IP e definições Netmask deve ser composto com o espaço de endereço do


segmento de rede onde dispositivo airos reside. Se as configurações de IP do dispositivo
e do PC do administrador (que é ligado ao dispositivo no modo com fio ou sem fio) IP irá
utilizar o espaço de endereços diferentes, o dispositivo airos se tornará inacessível.

Netmask: Este é um valor que se expandiu em binário prevê um mapeamento para


definir quais as áreas de grupos de endereços IP podem ser classificados como
dispositivos de acolhimento e dispositivos de rede. Netmask define o espaço de endereço
do segmento de rede onde dispositivo airos reside. 255.255.255.0 (ou / 24) Netmask é
comumente usada entre muitos Classe C redes IP.

IP Gateway: Normalmente, este é o endereço IP do roteador de acolhimento que


oferece o ponto de conexão à internet. Isso pode ser um modem DSL, modem de cabo ou
um roteador gateway WISP. Dispositivo airos irá direcionar os pacotes de dados para o
gateway se o destino de acolhimento não é dentro da rede local.

Endereço IP do gateway deve ser do mesmo espaço de endereço (no mesmo segmento de
rede) como o dispositivo airos.

Primary / Secondary DNS IP: O Domain Name System (DNS) é uma internet "catálogo
telefônico", que traduz nomes de domínio para endereços IP. Estes campos identificar os
endereços IP do servidor de onde o dispositivo airos procura a fonte da tradução.

DNS primário endereço IP do servidor deve ser especificado para efeitos de gestão de
dispositivos.

DNS secundário endereço IP do servidor é opcional. É usado como o fail-over, no caso o


servidor DNS primário vai ficar sem resposta.
Ponte endereço IP atribuído automaticamente DHCP com fallback IP

DHCP Fallback IP: No caso da Ponte é colocada no modo Dynamic IP Address (DHCP) e
é incapaz de obter um endereço IP de um servidor DHCP válida, ela vai cair de volta para
o endereço IP estático listadas aqui.

No caso das configurações de IP do dispositivo alimentado airos são desconhecidos, eles


podem ser recuperados com a ajuda do [UBNT_Discovery_Utility Ubiquiti Discovery
Utility]. Utility Multi-plataforma deve ser iniciada no PC administrador que reside no
mesmo segmento de rede como o airos dispositivo.

Airos sistema irá retornar à configuração padrão de IP (192.168.1.20/255.255.255.0) Se o


Reset para os padrões de rotina é iniciada.

Spanning Tree Protocol: Várias pontes interconectadas criar redes maiores utilizam a
norma IEEE 802.1d Spanning Tree Protocol (STP), que é usado para encontrar o caminho
mais curto na rede e eliminar os loops da topologia.

Spanning Tree Protocol habilitado

Se o STP é ligado, o Airos Bridge irá se comunicar com outros dispositivos de rede,
enviando e recebendo Bridge Protocol Data Units (BPDU). STP deve ser desligado
(selecionada por padrão), quando o dispositivo airos é a única ponte sobre o LAN ou quando
não há loops na topologia como lá não faz sentido para a ponte para participar do Protocolo
Spanning Tree neste caso.

Firewall funcionalidade na interface ponte pode ser ativado usando a opção "Enable
Firewall" opção. Regras do Bridge Firewall pode ser configurado, ativado ou desativado
enquanto estiver usando o Firewall janela de configuração, que é aberto com o botão
"Configurar".
Modo Bridge Firewall Configurações

Entradas de firewall podem ser especificados usando os seguintes critérios:

A interface (WLAN ou LAN), onde a filtragem da entrada / repercussão através de pacotes é


processado;

IP Type define o tipo de protocolo especial L3 (IP, ICMP, TCP, UDP) deve ser filtrada;

Source IP / máscara é o IP de origem do pacote (especificado no cabeçalho do pacote),


geralmente é o IP do sistema host que envia os pacotes;

Fonte Porto é a porta de origem do pacote TCP / UDP (especificado no cabeçalho do


pacote), geralmente é a porta da aplicação do sistema host que envia os pacotes;

Destination IP / máscara de IP é o destino do pacote (especificado no cabeçalho do


pacote), geralmente é o IP do sistema que o pacote é dirigida;

Destino Porto é a porta de destino do pacote TCP / UDP (especificado no cabeçalho do


pacote), geralmente é a porta da aplicação do sistema de acolhimento que o pacote é
dirigida.

Comentários informal é o campo para o comentário da entrada firewall particular. Algumas


palavras sobre o propósito específico de firewall de entrada são normalmente guardados lá.

No pavilhão ativa ou desativa o efeito da entrada de firewall particular. Todas as entradas


firewall adicionados são guardados no arquivo de configuração do sistema, porém, só as
entradas firewall habilitado será ativo durante a operação do sistema airos.

Os operadores não podem ser utilizados para a inversão da Fonte IP / máscara, Source Port,
Destination IP / máscara e porta de destino critérios de filtragem (ou seja, se não está
habilitado para o valor especificado Destino Porto 443, os critérios de filtragem serão
aplicadas a todos os pacotes da enviadas para qualquer porta de destino, exceto o 443 que é
comumente usado por HTTPS).

Recentemente adicionado entradas Firewall pode ser salvo pela ativação botão Save ou
rejeitadas pela ativação botão Cancel na janela de configuração de firewall.

Todas as entradas firewall ativo são armazenados na cadeia de firewall do filtro ebtables
tabela, enquanto o dispositivo está operando no modo Bridge. Consulte o manual ebtables
para a descrição detalhada da funcionalidade de firewall em modo Bridge.

A lista pode ser atualizado utilizando o botão Recarregar.

Clique no botão Alterar para salvar as alterações feitas na página da Rede.

Modo Roteador

Modo da rede - Router

O papel da interface LAN e WLAN vai mudar de acordo com o Modo Wireless enquanto o
airos alimentado dispositivo está operando em modo Router:

Interface sem fio e todos os clientes sem fio conectados são considerados como a
rede interna ea interface Ethernet é dedicado para a conexão com a rede externa,
enquanto o airos alimentado dispositivo está operando em modo AP WDS AP / Wireless;
Interface sem fio e todos os clientes sem fio conectados é considerada como a rede
externa ea todos os dispositivos de rede no lado da LAN, assim como a interface Ethernet
em si é considerada como a rede interna, enquanto o airos alimentado dispositivo está a
funcionar na Estação / modo WDS Station.

Wireless / Wired clientes são encaminhadas a partir da rede interna para a externa, por
padrão. Network Address Translation (NAT funcionalidade) funciona da mesma maneira.

Configurações de rede WLAN

Endereço IP: Este é o endereço IP para ser representado pela interface sem fios que está
ligado à rede interna de acordo com o modo de operação sem fio descrito acima. Este IP será
utilizado para o roteamento da rede interna (que será o IP do Gateway para todos os
dispositivos conectados na rede interna). Este é o endereço IP podem ser utilizados para os
fins de gestão da airos powered.

Auto IP Aliasing gerado automaticamente configura o endereço IP correspondente para a


WLAN / LAN interface se habilitado. Gerado endereço IP é o único da classe B endereço IP do
intervalo 169.254.xy (máscara 255.255.0.0), que são destinados para uso dentro do mesmo
segmento de rede só. Auto IP sempre começa com 169.254.xy enquanto X e Y são os
últimos 2 dígitos do endereço MAC do dispositivo (ou seja, se o MAC 00:15:6 D: A3: 04: FB,
único gerado Auto IP será 169.254.4.251).

Netmask: Este é usado para definir o dispositivo de classificação IP para o intervalo de


endereço IP escolhido. 255.255.255.0 netmask é um valor típico para redes de classe C, que
suportam intervalo de endereços IP 192.0.0.x para 223.255.255.x. Classe C rede Netmask
usa 24 bits para identificar a rede (alternativa notação "/ 24") e 8 bits para a identidade do
host.

IP Alias
Alias IP para a interface de rede interna e externa pode ser configurada. Alias de IP pode
ser especificado usando a janela de configuração IP Alias, que é aberta ao acionamento do
botão "Configurar".

Endereço IP é o endereço IP alternativo para a interface LAN ou WLAN, que pode ser usado
para o encaminhamento ou para fins de gerenciamento de dispositivos;

Máscara de rede é o identificador para o espaço de endereço particular IP Alias;

Comentários informal é o campo para o comentário do particular IP Alias. Algumas


palavras sobre o objetivo alias são guardadas há normalmente;

Sinalizador Enabled ativa ou desativa a particular IP Alias. Todos os IP Aliases adicionados


são guardados no arquivo de configuração do sistema, no entanto, apenas o IP habilitado
Alias será ativo durante a operação do sistema airos.

Recentemente adicionado IP Aliases podem ser salvos pela ativação botão Save ou
rejeitadas, ativando o botão Cancelar na janela de configuração do Alias.

Enable NAT e servidor DHCP

Enable NAT: Network Address Translation (NAT) permite que os pacotes a serem enviados a
partir da rede com fio (LAN) sem fio para o endereço de interface IP e sub-roteadas para
outros dispositivos clientes que residem em que a rede local, enquanto o airos alimentado
dispositivo está a funcionar em AP / modo AP WDS sem fio e no sentido em pelo contrário "/
Station WDS" mode.

NAT é implementado usando as regras do firewall tipo de disfarce. Entradas NAT firewall
são armazenados na tabela nat iptables, enquanto o dispositivo está operando em modo
Router. Consulte o iptables tutorial para uma descrição detalhada da funcionalidade do NAT
no modo Router.

As rotas devem ser especificados em ordem os pacotes devem passar através do dispositivo
baseado airos se o NAT está desabilitado no roteador que operem em modo de rede.

Ativar o servidor DHCP: Dynamic Host Configuration Protocol (DHCP) atribui endereços IP
a clientes que irá associar à interface sem fio enquanto os airos alimentado dispositivo está
operando em modo AP WDS AP / sem fios e atribui endereços IP a clientes que se conectam
à LAN dispositivo de interface enquanto o airos Powered está operando no Estação / modo
WDS Station.

DHCP Server e intervalo de tempo de concessão

Faixa de Início / Fim: Este intervalo determina a endereços IP fornecidos pelo servidor
DHCP para os dispositivos cliente na rede interna que usar a configuração de IP dinâmico.

Netmask: Este é usado para definir o dispositivo de classificação IP para o intervalo de


endereço IP escolhido. 255.255.255.0 netmask é um valor típico para redes de classe C, que
suportam intervalo de endereços IP 192.0.0.x para 223.255.255.x. Classe C rede Netmask
usa 24 bits para identificar a rede (alternativa notação "/ 24") e 8 bits para a identidade do
host.

Lease Time: Os endereços IP fornecidos pelo servidor DHCP só será válido durante o
período especificado pelo tempo de concessão. Operação do cliente aumento do tempo de
garantir, sem interrupção, mas poderia introduzir conflitos potenciais. Diminuir o tempo de
concessão irá evitar potenciais conflitos de endereços, mas pode causar interrupções mais
leve para o cliente enquanto ele vai adquirir novos endereços IP do servidor DHCP.

DNS Proxy: O Proxy DNS encaminha os pedidos Domain Name System dos anfitriões, que
residem na rede interna para o servidor de DNS enquanto airos dispositivo é alimentado em
operando em modo Router. Válido IP do servidor DNS primário tem de ser especificado para
a funcionalidade DNS Proxy. IP da interface de rede interna do airos alimentado dispositivo
deve ser especificado como o servidor de DNS na configuração do host no DNS para proxy
deve ser capaz de receber os pedidos de DNS e traduzir os nomes de domínio para endereços
IP a seguir.

Port Forwarding: Port Forwarding permite que portas específicas dos anfitriões residem na
rede interna para ser encaminhado para a rede externa. Isso é útil para várias aplicações,
tais como servidores de FTP, jogos, etc, onde os sistemas de acolhimento diferente precisa
ser visto usando um único endereço IP comum / port.
Port Forwarding exemplo

Port Forwarding regras podem ser definidas em Port Forwarding janela, que é aberta,
permitindo a opção Port Forwarding e ativar o botão Configurar.

Port Forwarding entradas podem ser especificados usando os seguintes critérios:

Private IP é o IP do host que é conectado à rede interna e deve ser acessível a partir da
rede externa;

Privado Porto é a porta TCP / UDP da aplicação em execução no sistema que está
conectado à rede interna. A porta especificada será acessível a partir da rede externa;

Tipo é o protocolo L3 (IP) do tipo que devem ser encaminhadas a partir da rede interna.

Público Porto é a porta TCP / UDP do airos com dispositivo que irá aceitar e encaminhar as
ligações da rede externa para a máquina conectada à rede interna.

Comentários informal é o campo para o comentário da porta de entrada especial de


encaminhamento. Algumas palavras sobre o particular finalidade entrada Port Forwarding
são guardados lá normalmente.

Sinalizador Enabled ativa ou desativa o efeito da entrada em particular Port Forwarding.


Todas as entradas firewall adicionados são guardados no arquivo de configuração do sistema,
no entanto, apenas as entradas do porto ativou o encaminhamento será ativo durante a
operação do sistema airos.

Recentemente adicionado entradas de encaminhamento de porta pode ser salvo pela


ativação botão Save ou rejeitadas, ativando o botão Cancelar na janela de configuração de
Port Forwarding.

Configurações de rede LAN

LAN IP Address: Este é o endereço IP a ser representada pela LAN ou interface sem fios
que está ligado à rede externa de acordo com o modo de operação sem fio descrito acima.
Este é o endereço IP pode ser usado para o encaminhamento e as necessidades de gestão do
dispositivo.

A interface de rede externa pode ser definida para IP estático ou pode ser configurado para
obter um endereço IP do servidor DHCP, que deve residir na rede externa. Um dos modos de
atribuição de IP deve ser selecionado para a interface de rede externa:

DHCP - Escolha esta opção para obter o endereço IP, Gateway e DNS dinamicamente
endereço do servidor DHCP externo.

PPPoE - Escolha esta opção para obter o endereço IP, Gateway e DNS dinamicamente
endereço do servidor PPPoE externo.

Static - escolher esta opção para atribuir as configurações de IP estático para a interface
externa.

LAN endereço IP atribuído manualmente - Static

Endereço IP e definições Netmask deve ser composto com o espaço de endereço do


segmento de rede onde dispositivo airos reside. Se as configurações de IP do dispositivo e do
PC do administrador (que é ligado ao dispositivo no modo com fio ou sem fio) IP irá utilizar o
espaço de endereços diferentes, o dispositivo airos se tornará inacessível.
Netmask: Este é usado para definir o dispositivo de classificação IP para o intervalo de
endereço IP escolhido. 255.255.255.0 netmask é um valor típico para redes de classe C, que
suportam intervalo de endereços IP 192.0.0.x para 223.255.255.x. Classe C rede Netmask
usa 24 bits para identificar a rede (alternativa notação "/ 24") e 8 bits para a identidade do
host.

Gateway IP: é o endereço IP do roteador de acolhimento que reside na rede externa e


fornece o ponto de conexão para o próximo salto para a Internet. Isso pode ser um modem
DSL, modem de cabo ou um roteador gateway WISP. Dispositivo airos irá direcionar todos os
pacotes para o gateway se o host de destino não está dentro da rede local.

Endereço IP do gateway deve ser do mesmo espaço de endereço (no mesmo segmento de
rede) como o dispositivo airos interface de rede externa (interface sem fio no caso da
estação e da interface LAN, no caso do AP).

Primary / Secondary DNS IP: O Domain Name System (DNS) é uma internet "catálogo
telefônico", que traduz nomes de domínio para endereços IP. Estes campos identificar os
endereços IP do servidor DNS, onde os pedidos são encaminhados pelo airos powered.

IP do servidor DNS primário é obrigatório. Ele é usado pelo proxy DNS e para efeitos de
gestão de dispositivos.

DNS secundário endereço IP do servidor é opcional. É usado como o fail-over, no caso o


servidor DNS primário vai ficar sem resposta.

PPPoE conexão com a Internet (geralmente usada por provedores de ADSL)

PPPoE: Point-to-Point Protocol over Ethernet (PPPoE) é uma conexão virtual privada e
segura entre dois sistemas que permite o transporte de dados encapsulados. É comumente
utilizada como meio de assinantes para se conectar a Internet Service Providers.

Selecione a opção Endereço IP PPPoE para configurar um túnel de PPPoE para conectar a um
ISP. Apenas a interface de rede externa pode ser configurado como um cliente PPPoE como
todo o tráfego será enviado através deste túnel. O endereço IP, gateway de IP padrão e
endereço IP do servidor DNS será obtida a partir do servidor PPPoE após a conexão PPPoE
está estabelecido. Endereço de broadcast é usado para a descoberta do servidor PPPoE e
estabelecimento do túnel.

Credenciais de autorização válida são necessários para a conexão PPPoE:

PPPoE Username - nome de usuário para se conectar ao servidor (deve coincidir com o
configurado no servidor PPPoE);

Senha - senha para se conectar ao servidor (deve coincidir com o configurado no servidor
PPPoE);

PPPoE MTU / MRU - o tamanho (em bytes) da unidade máxima de transmissão (MTU) e
receber máxima Unit (MRU) utilizados para o encapsulamento de dados ao transferir-lo
através do túnel PPP;

PPPoE Criptografia - permite o uso de criptografia MPPE.

O endereço IP da interface PPP será exibido na página principal, junto com as estatísticas
interface PPP se for obtida por meio da conexão PPPoE estabelecidas, caso contrário "Não é a
mensagem" Connected será visualizado.

PPPoE rotina reconexão do túnel pode ser iniciada utilizando o botão Reconectar que está
localizado na página principal, junto às estatísticas de interface PPP.

Enable DMZ: A zona desmilitarizada (DMZ) pode ser ativado e utilizado como um local onde
os serviços podem ser colocadas, tais como servidores Web, servidores proxy e servidores de
e-mail de forma que estes serviços podem continuar a servir a rede local e estão na mesma
tempo isolados do mesmo para segurança adicional. DMZ é comumente usado com a
funcionalidade de NAT, como alternativa para o Port Forwarding enquanto faz todas as portas
do dispositivo de rede de acolhimento deve ser visível do lado da rede externa.

Configuração DMZ

DMZ Gerenciamento Porto : Web Gerenciamento Porto airos para o dispositivo baseado
em TCP / IP (porta 80 por padrão) será utilizado para o dispositivo host se DMZ Port
Management opção é habilitado. Neste dispositivo airos caso vai responder aos pedidos da
rede externa como se fosse o anfitrião que é especificado com DMZ IP. Recomenda-se a
deixar Gerenciamento Porto desativado enquanto o dispositivo baseado airos vai se tornar
inacessível a partir da rede externa, se habilitado.

DMZ IP: conectado à rede interna de acolhimento, especificado com o endereço IP DMZ será
acessível a partir da rede externa.

LAN endereço IP atribuído via DHCP com fallback IP

DHCP Fallback IP: No caso da interface de rede externa do roteador é colocado no modo
Dynamic IP Address (DHCP) e é incapaz de obter um endereço IP de um servidor DHCP
válida, ela vai cair de volta para o endereço IP estático listadas aqui.

No caso das configurações de IP do dispositivo alimentado airos são desconhecidos, eles


podem ser recuperados com a ajuda do [UBNT_Discovery_Utility Ubiquiti Discovery Utility].
Utility Multi-plataforma deve ser iniciada no PC administrador que reside no mesmo
segmento de rede como o airos dispositivo.

Airos sistema irá retornar à configuração padrão de IP (192.168.1.20/255.255.255.0) Se o


Reset para os padrões de rotina é iniciada.

Multicast Routing Definições

Com um design multicast, as aplicações podem enviar uma cópia de cada pacote e dirigir-se
ao grupo de computadores que deseja receber. Essa técnica aborda os pacotes para um
grupo de receptores ao invés de um único receptor. Depende da rede para encaminhar os
pacotes para os anfitriões que precisam recebê-los. Routers comum isolar toda a transmissão
(assim multicast) o tráfego entre as redes internas e externas, no entanto airos prevê a
passagem de tráfego multicast através da funcionalidade.
Roteamento multicast activado

Habilitar Mcast opção permite o encaminhamento de pacotes multicast de passagem


entre as redes internas e externas enquanto o dispositivo está operando em modo Router.
Intercomunicador de Multicast é baseado em Internet Group Management Protocol (IGMP).

Configurações de Firewall

Firewall funcionalidade em qualquer interface do roteador pode ser ativado usando a opção
"Enable Firewall" opção. Regras Router Firewall pode ser configurado, ativado ou desativado
enquanto estiver usando o Firewall janela de configuração, que é aberto com o botão
"Configurar".

Firewall Configurações

Entradas de firewall podem ser especificados usando os seguintes critérios:

A interface (WLAN, LAN ou PPP), onde a filtragem da entrada / repercussão através de


pacotes é processado;

IP Type define o tipo de protocolo especial L3 (IP, ICMP, TCP, UDP, P2P) deve ser filtrada;

Source IP / máscara é o IP de origem do pacote (especificado no cabeçalho do pacote),


geralmente é o IP do sistema host que envia os pacotes;
Fonte Porto é a porta de origem do pacote TCP / UDP (especificado no cabeçalho do
pacote), geralmente é a porta da aplicação do sistema host que envia os pacotes;

Destination IP / máscara de IP é o destino do pacote (especificado no cabeçalho do


pacote), geralmente é o IP do sistema que o pacote é dirigida;

Destino Porto é a porta de destino do pacote TCP / UDP (especificado no cabeçalho do


pacote), geralmente é a porta da aplicação do sistema de acolhimento que o pacote é
dirigida.

Comentários informal é o campo para o comentário da entrada firewall particular. Algumas


palavras sobre o propósito específico de firewall de entrada são normalmente guardados lá.

No pavilhão ativa ou desativa o efeito da entrada de firewall particular. Todas as entradas


firewall adicionados são guardados no arquivo de configuração do sistema, porém, só as
entradas firewall habilitado será ativo durante a operação do sistema airos.

Os operadores não podem ser utilizados para a inversão da Fonte IP / máscara, Source Port,
Destination IP / máscara e porta de destino critérios de filtragem (ou seja, se não está
habilitado para o valor especificado Destino Porto 443, os critérios de filtragem serão
aplicadas a todos os pacotes enviados a qualquer porta de destino, exceto o 443 que é
comumente usado por HTTPS).

Recentemente adicionado entradas Firewall pode ser salvo pela ativação botão Save ou
rejeitadas pela ativação botão Cancel na janela de configuração de firewall.

Todas as entradas firewall ativo são armazenados na cadeia FIREWALL da tabela filter
iptables, enquanto o dispositivo está operando em modo Router. Consulte o iptables tutorial
para a descrição detalhada da funcionalidade de firewall em modo Router.

Clique no botão Alterar para salvar as alterações feitas na página da Rede.

[Conteúdo]

Advanced

Esta página trata avançados de roteamento e configurações sem fio. A página Opções
Avançadas permite gerenciar configurações avançadas que influência no desempenho do
dispositivo e do comportamento. As configurações avançadas wireless são dedicados para
usuários tecnicamente mais avançados que têm um conhecimento suficiente sobre a
tecnologia LAN sem fio. Essas configurações não devem ser alterados se você não sabe o
efeito que as mudanças terão no seu dispositivo.

Advanced Wireless Setting

Advanced Wireless Settings em NanoStation2

O 802,11 taxas de dados de 1, 2, 5.5, 11 Mbps para IEEE 802.11b mode e 6, 9, 12, 18, 24,
36, 48, 54Mbps para IEEE 802.11a / g mode. O algoritmo taxa tem um impacto crítico sobre
o desempenho nos links ao ar livre como em geral, menores taxas de dados são mais imunes
ao ruído, enquanto as taxas mais altas são menos imunes, mas são capazes de maior
rendimento.

Rate Algorithm: define o algoritmo de taxa de convergência de dados:

Algoritmo otimista é agressiva o suficiente para passar para uma taxa mais elevada, mas
ainda tenta conservadora capturar as flutuações do RSSI. Ela começa com a taxa mais
elevada possível e, em seguida, diminui até que a taxa pode ser apoiado enquanto
periodicamente transmitir pacotes a preços mais elevados e computar o tempo de
transmissão. O algoritmo taxa otimista olha sempre para atingir maior velocidade ao
sacrificar imunidade a ruído e robustez.
Taxa de seleção Algoritmo

Conservador algoritmo é menos sensível à falta de pacotes individuais em que se baseia


em uma função do número de transmissões bem-sucedidas e errada / retransmissão ao
longo de um período de amostragem. Ela desce a uma taxa mais baixa, após falha do pacote
contínua e intensifica após o número de pacotes de sucesso. O algoritmo taxa conservador
fornece a melhor estabilidade caso / robustez, mas pode comprometer a capacidade máxima.
Recomenda-se a selecionar algoritmo taxa conservador quando a intensidade do sinal é
baixa devido ao ambiente ruidoso ou a distância da ligação.

EWMA Algoritmo está tentando se mover para uma taxa mais elevada, mas está
monitorando continuamente os contadores de fracasso do pacote. O exponencial média
móvel ponderada (EWMA) algoritmo (também conhecido como trovador) é um híbrido entre o
conservador eo Algoritmo otimista. É o compromisso para a maioria dos casos de uso de
rede sem fio.

Opção Noise Immunity aumenta a robustez do dispositivo para funcionar na presença de


poluição sonora que normalmente é gerada por fontes externas 802,11 tráfego, pulando de
canal e interferência de sinais de outros.

RTS Threshold: determina o tamanho do pacote de uma transmissão e, através da


utilização de um ponto de acesso, ajuda a controlar o fluxo de tráfego. O intervalo é de 0-
2347bytes, ou a palavra "off". O valor padrão é 2347, o que significa que a RTS está
desativado.

RTS e Limiar de fragmentação

RTS / CTS (Request to Send / Clear to Send) é o mecanismo utilizado pelo protocolo de rede
sem fio 802.11 a reduzir colisões de quadros introduzidas pelo problema do terminal
escondido. RTS / CTS limite de tamanho do pacote é 0-2347 bytes. Se o tamanho do pacote
no nó deseja transmitir é maior do que o limite, o RTS / CTS é acionado. Se o tamanho do
pacote é igual ou inferior ao limiar do quadro de dados é enviada imediatamente.

Sistema usa Request to Send / Clear to Send quadros para o aperto de mão que prevêem
redução de colisão para o ponto de acesso com estações escondidas. As estações estão
enviando um frame RTS primeiro passo que os dados é enviado somente após aperto de mão
com um AP está concluída. Estações de responder com o quadro CTS para o RTS que fornece
meios claros para a estação de solicitação para enviar os dados. CTS gestão do controlo de
colisão tem intervalo de tempo definido, durante o qual todas as outras estações adiar a
transmissão e esperar até a estação solicitante irá terminar a transmissão.

Fragmentation Threshold: especifica o tamanho máximo para um pacote de dados antes


de se fragmentado em vários pacotes. O intervalo é de 256-2346 bytes, ou a palavra "off".
Definindo a fragmentação muito baixo pode resultar em mau desempenho da rede.

O uso de fragmentação pode aumentar a confiabilidade das transmissões de quadros. Por


causa do envio de quadros menores, as colisões são muito menos prováveis de ocorrer.
Entretanto os menores valores do Limiar de fragmentação resultará menor rendimento
também. Menor ou nenhuma modificação do valor-limite de fragmentação é recomendado
enquanto configuração padrão de 2346 é o melhor na maioria dos casos de uso de rede sem
fio.

Airos tem uma auto-algoritmo de reconhecimento de tempo limite que dinamicamente


otimiza o quadro de valor de tempo limite de confirmação, sem intervenção do usuário. Esta
é uma característica crítica necessária para estabilizar as ligações de longa distância ao ar
livre. O usuário também tem a capacidade de inserir o valor manualmente.

Distância e ACK Timeout

Distância: especificar o valor da distância em milhas quilômetros (ou) com controle


deslizante ou insira o valor manualmente. A força de sinal e cai com intervalo. Alterando o
valor da distância vai mudar o tempo de espera de confirmação para o valor adequado da
distância.

ACK Timeout: especificar o ACK Timeout. Cada vez que a estação recebe o frame de dados
que envia um quadro de ACK para o AP (se erros de transmissão estão ausentes). Se a
estação não recebe ACK frame da AP no set timeout ele re-envia a frame. O desempenho cai
por causa dos muitos quadros de dados são re-enviar, assim, se o tempo limite é definido
demasiado curto ou demasiado longo, o que resultará conexão pobres eo desempenho de
transferência.

Alterando o tempo de espera ACK''== valor irá alterar a distância até o valor da distância
para o ACK Timeout.
Ajuste Automático de controle permitirão à auto ACK Timeout recurso de configuração. Se
ativado, ACK valor do tempo limite será derivado dinamicamente usando um algoritmo
semelhante ao índice conservador algoritmo descrito acima. Não é recomendado o uso
Ajuste Automático opção para ligações de longa distância, se o nível do sinal é baixo ou alto
nível de interferência está presente.

Se duas ou mais estações estão localizadas a uma distância consideravelmente diferente do


ponto de acesso para os associados, o tempo limite mais alto ACK para os mais distantes da
estação devem ser fixados na parte lateral do AP. Não é recomendado o uso Ajuste
Automático opção para Ponto-a-multiponto em que não será mandado de mais alto
desempenho de rede em todos os casos de uso.

SuperAG em PowerStation5

SuperG ® / SuperAG ® Características: Selecione as opções que permitirão o escolhido


SuperG ® (aplicável para PowerStation2, LiteStation2) ou SuperAG ® (PowerStation5,
LiteStation5) características que aumentam o desempenho da rede:

Fast Frame - utiliza 802,11 agregação de quadros e modificações de tempo que aumenta a
taxa de transferência de dados.

Bursting - mais quadros de dados por determinado período de tempo são transmitidos,
assim, a transferência de dados é aumentado.

Compressão - em tempo real de hardware é habilitado a compressão de dados que permite


que mais dados enviados por frame.
Dados de Multicast e Taxa

Dados de Multicast: Esta opção permite a passagem de pacotes multicast através da


funcionalidade. Por padrão esta opção está desativada.

Multicast Rate: Esta opção permite que os pacotes de Multicast a ser enviado em taxas
mais elevadas (até 54 Mbps) do que comumente usados (1 Mbps, IEEE 802.11b mode, 6
Mbps, IEEE 802.11g / um modo). Esta é a característica Ubiquiti airos proprietário e então
ele pode ser incompatível com os dispositivos de outros fornecedores. Ambos os dispositivos
baseados airos o remetente (Estação) e receptor (Access Point) deve ter a mesma Multicast
Rate configurado para atingir um melhor desempenho de transferência de pacotes multicast.

Habilitar Extra Reporting

Habilitar Extra comunicação: recurso irá relatar informações adicionais (nome de anfitrião
IE), de 802,11 a quadros de gestão. Esta informação é comumente usado para a
identificação do sistema e relatórios de status na descoberta de utilitários e sistemas
operacionais Router.

DFS Ativar

Enable DFS: DFS é parte do padrão IEEE 802.11h sem fio. Opção Enable DFS permite ativar
/ desativar o suporte DFS (aplicável para Bullet5/5HP, LiteStation5, NanoStation5/loco5,
PowerStation5, PicoStation5, WispStation5 apenas). DFS pode ser obrigatória em alguns
domínios de regulação e deve ser ajustado de acordo com os regulamentos do país
selecionado. Por favor consulte o guia de cumprimento e as autoridades de regulamentação
oficial para mais explicações sobre os requisitos de conformidade para o país onde airos
dispositivo baseado está instalado.

Enable Client Isolation


Enable Client Isolation: Essa opção permite que os pacotes só para ser enviado a partir da
rede externa para o CPE e vice-versa (aplicável para AP / modo WDS AP apenas). Se o
isolamento do cliente é ativado estações sem fio conectado ao AP mesmo não será capaz de
interligar em ambos camada 2 (MAC) e camada 3 (IP) nível. Isto é eficaz para as estações
de associado e seus pares WDS também.

Antena Configurações

Antenna Polarity Configuração

Airos dispositivos baseados têm uma possibilidade de mudar a polaridade da antena com um
único controle web de gestão. Isto é conseguido através da utilização de patente pendente
da Ubiquiti Adaptive Antenna Polarity (AAP) tecnologia.

Dispositivos airos muitas vezes têm opções múltiplas da antena, que pode ser configurado
com as configurações da antena:

Polaridade da antena vertical e horizontal, que é a configuração mais comum;

Modo de antena adaptativa escolhe o melhor polaridade dinâmica. Modo de polaridade


Adaptive antena que permite as polaridades feixe para ser ligado de forma dinâmica em
tempo real para um melhor desempenho em ambientes ruidosos pesados;

Antena externa opção permite a conexão da antena de maior ganho para uma porta de
antena externa.

NanoStation2, NanoStation5 tem 4 modos de antena:

1. Polarity vertical;

2. Polarity Horizontal;

3. Adaptativa;

4. Externo.
PowerStation5-Ext tem 3 modos de antena:

1. Antena 1;

2. Antena 2;

3. Diversidade.

PowerStation2-16D tem 3 modos de antena:

1. Polarity vertical;

2. Polarity Horizontal;

3. Adaptativa;

Loco2, Loco5 tem 2 modos de antena:

1. Polarity vertical;

2. Polarity Horizontal;

MiniStation tem 2 modos de antena:

1. Interno;

2. Externo.

Alguns dispositivos airos (ie Bullet2/2HP, Bullet5/5HP, PicoStation 2/2HP, PicoStation 5,


PowerStation2, PowerStation5) tem apenas 1 modo de antena: Horizontal Vertical, ou
externo. Neste caso configurações da antena não são exibidos na página avançada neste
caso.

LED Limiares

LED Limiares Configuração


O LED na parte traseira do dispositivo airos podem ser feitas a luz acesa quando chegar a
níveis de sinal recebido os valores definidos nas seguintes áreas. Isso permite que um
técnico para implantar facilmente um CPE airos sem registro na unidade (ou seja, para a
operação de alinhamento da antena).

Sinal LED Limiares especificar o valor marginal do Sinal (dBm), que irá ligar os LEDs que
indica a intensidade do sinal:

LED 1 (vermelho) se acende se o sinal atinge o valor definido em um campo de entrada ao


lado dele.

LED 2 (Amarela) vai ligar se o sinal atinge o valor definido em um campo de entrada ao lado
dele.

LED 3 (Verde) vai ligar se o sinal atinge o valor definido em um campo de entrada ao lado
dele.

LED 4 (Verde) vai ligar se o sinal atinge o valor definido em um campo de entrada ao lado
dele.

Configuração exemplo: Se o sinal (exibido na página principal) oscila em torno de -63 dBm,
os limiares de LED pode ser definida como a valores -70, -65, -62, -60. Nota: O sinal "-" O
personagem não deve ser utilizada para a especificação do valor de intensidade do sinal.

Wireless Traffic Shaping

Wireless Traffic Shapping

O tráfego sem fio recurso de formação é dedicado para a montante ea jusante controle de
banda ao olhar do cliente (ligado na interface Ethernet) perspectiva.

O tráfego pode ser limitado no airos dispositivo baseado no sentido de upload e download
baseado em uma taxa limite definido pelo usuário. Esta é a camada 3 QoS.
Activar Traffic Shaping: controle permitirá o controle de largura de banda do dispositivo.

Limite de tráfego de entrada: especificar o valor máximo de largura de banda (em kilobits
por segundo, Kbps) para o tráfego de passagem da interface sem fio para fazer a interface
Ethernet.

Incoming Traffic Burst: especificar o volume de dados (em quilobytes) para limitar o
tráfego de entrada que não será eficaz depois de ligação de dados é iniciada.

Limitar o tráfego de saída: especificar o valor máximo de largura de banda (em kilobits
por segundo, Kbps) para o tráfego de passagem da interface Ethernet para a interface
wireless.

"Tráfego de Saída Burst: especificar o volume de dados (em quilobytes) para limitar o
tráfego de saída que não será eficaz depois de ligação de dados é iniciada.

QoS

Qualidade de Serviço (WMM)

Wi-Fi Multimedia (WMM) é um componente do padrão IEEE 802.11e Wireless LAN for Quality
of Service (QoS). A QoS atribui prioridade ao tráfego de rede selecionada, impede colisões
de pacotes e atrasos, melhorando assim chamadas VoIP e assistir a um vídeo sobre WLANs.
802.11e / WMM permite o desempenho de latência melhorada para aplicações de voz e
vídeo. Esta é a camada 2 QoS e acontece no nível 802,11 frame.

QoS (WMM) Level: escolher o tipo de tráfego de rede para que a prioridade será definir ou
desativar o recurso de QoS.

No QoS - QoS desativar.

Auto Prioridade - A prioridade de tráfego é atribuída automaticamente de acordo com o


tipo de passagem de dados.

Voice Priority - enable prioridade do tráfego de voz para todos os passando o meio de
dados.
Vídeo Prioridade - permitir prioridade do tráfego de vídeo para passar a todos por meio de
dados.

[Conteúdo]

Serviços

Esta página cobre a configuração dos serviços do sistema de gestão SNMP e Ping Watchdog.

Services Page

Ping WatchDog
O cão de guarda ping define o dispositivo airos continuamente ping um endereço IP definido
pelo usuário (que pode ser o gateway de internet por exemplo). Se ele é incapaz de ping sob
a restrições definidas pelo usuário, o dispositivo airos irá reiniciar automaticamente. Esta
opção cria uma espécie de "não-prova" mecanismo.
Ping Watchdog

Ping Watchdog é dedicada a um acompanhamento contínuo da relação especial com o


anfitrião remoto com o Ping ferramenta. O ping funciona enviando ICMP "echo request"
pacotes para o destino de acolhimento e de escuta para ICMP "echo" resposta respostas. Se
definido o número de respostas não é recebido, a ferramenta reinicia o dispositivo.

Ping Enable Watchdog: controle permitirá Ping Watchdog Tool.

Endereço IP para Ping : Especificar um endereço IP do host de destino que será


monitorado por Watchdog Ping Tool.

Ping Interval: especificar intervalo de tempo (em segundos) entre as solicitações ICMP
"echo" são enviados pelo Watchdog Ping Tool.

Startup Delay: atraso especificar o tempo inicial (em segundos) até o primeiro solicitações
ICMP "echo" são enviados pelo Watchdog Ping Tool.

O valor de arranque de atraso deve ser de pelo menos 60 segundos que a interface de rede
e inicialização de conexão sem fio leva uma considerável quantidade de tempo, se o
dispositivo é reiniciado.

Failure Count to Reboot: especificar o número de ICMP "echo" resposta respostas. Se o


número especificado de ICMP "echo" resposta pacotes não é recebido de forma contínua, o
cão de guarda Ping Tool irá reiniciar o dispositivo.

Agente SNMP
Agente SNMP

Simple Network Monitor Protocol (SNMP) é usado em sistemas de gestão de rede para
monitorar os dispositivos conectados em rede para as condições que merecem uma atenção
administrativa. Airos contém um agente SNMP que permite a comunicação SNMP para
gerenciar os pedidos de fornecimento de rede.

Agente SNMP fornece uma interface para monitoramento de dispositivos utilizando o Simple
Network Management Protocol (protocolo de uma camada de aplicação que facilita a troca de
informações de gerenciamento entre dispositivos de rede). Agente SNMP permite aos
administradores de rede para monitorar o desempenho da rede, encontrar e resolver
problemas de rede. Para efeitos de identificação do equipamento, é sempre uma boa idéia
para configurar agentes SNMP com contato e informação sobre a localização:

Ativar SNMP Agent: controle permitirá Agente SNMP.

Comunidade SNMP: especificar SNMP community string. Ele é necessário para autenticar o
acesso a objetos MIB e funciona como senha embutida. O dispositivo suporta uma leitura
seqüência única comunidade que dá acesso de leitura para as estações de gerenciamento
autorizada a todos os objetos na MIB, exceto as strings da comunidade, mas não permite
acesso de gravação. Airos suporta SNMP v1.

Contato: especificar a identidade ou o contato que deve ser contatado em caso de uma
situação de emergência surgir.

Localização: especificar a localização física do dispositivo.

MIB lista é fornecida na seção SNMP apoio da Ubiquiti Wiki.

Cliente NTP

Cliente NTP
Cliente NTP: The Network Time Protocol (NTP) é um protocolo para sincronização dos
relógios dos sistemas informáticos ao longo de comutação por pacotes, dados redes de
latência variável. Ele pode ser usado para definir o horário do sistema airos. Hora do sistema
é relatado ao lado de cada entrada do log do sistema ao registrar os eventos do sistema se a
opção de log é habilitado.

Ativar Cliente NTP: controle permitirá cliente NTP.

Servidor NTP: especificar o endereço IP ou nome de domínio do servidor NTP.

Servidor Web

Servidor Web usando HTTPS

Web Server: o seguinte dispositivo airos parâmetros do servidor Web pode ser definido lá:

Usar conexão segura (HTTPS): Caso esteja marcado servidor Web irá usar o modo seguro
HTTPS. Modo de HTTPS é desmarcada por padrão.

Secure Servidor Porto : Web Server porta TCP / IP configuração ao usar o modo de
HTTPS.

Servidor Porto : Web Server porta TCP / IP configuração ao usar o modo http ..

Servidor Telnet
Servidor Telnet

Telnet Server: o seguinte dispositivo airos parâmetros o servidor Telnet pode ser definido lá:

Activar o servidor Telnet: Esta opção ativa o acesso Telnet ao dispositivo airos.

Servidor Porto : Serviço Telnet TCP / IP configuração da porta.

Servidor SSH

Servidor SSH

SSH Server: o seguinte dispositivo airos parâmetros servidor SSH pode ser definido lá:

Ativar o servidor SSH: Esta opção permite o acesso via SSH ao Dispositivo airos.

Servidor Porto : Serviço SSH TCP / IP configuração da porta.

System Log

System Log

Ativar Log: Esta opção permite que a rotina de registro das mensagens de log do sistema.
Enable Remote Log: permite que a função syslog remoto enquanto enviando mensagens
de log do sistema são enviados para um servidor remoto especificado pelo registro remoto
endereço IP e registro remoto Port.

Log Remoto IP Address é o endereço IP do host syslog onde as mensagens devem ser
enviadas. Host remoto deve ser configurado adequadamente para receber mensagens do
protocolo syslog.

Remote Entrar Porto : É a porta TCP / IP do host syslog mensagens devem ser enviadas.
"514" é a porta padrão para a mensagem do sistema comumente utilizado logging utilities.

Cada mensagem contém registrados pelo menos uma hora do sistema e um nome de
anfitrião. Normalmente, um nome de serviço particular que gera o evento de sistema é
especifica também dentro da mensagem. Mensagens de diferentes serviços têm contextos
diferentes e diferentes níveis de detalhes. Geralmente erro, aviso ou serviços de mensagens
do sistema de informação são relatados, porém mais detalhada a nível de depuração pode
ser relatado também. O sistema de mensagens mais detalhadas são relatados, o maior
volume de mensagens de log será gerado.

[Conteúdo]

Sistema
Sistema Page

A página contém opções do Sistema de Administração. Esta página permite ao


administrador personalizar, reiniciar o dispositivo, coloque-o aos padrões de fábrica, carregar
um novo firmware, backup ou atualizar a configuração e as credenciais de administrador de
configurar.

Firmware

Seção Firmware

Use esta seção para descobrir versão atual do software e atualizar o dispositivo com o novo
firmware. A atualização de firmware do dispositivo é compatível com todas as configurações.
Configurações do sistema são preservados enquanto o dispositivo é actualizada com uma
nova versão de firmware.

Firmware Version: mostra a versão do firmware atual do sistema airos.

Upgrade: Firmware botão abre a janela de upload, se for ativado.


Atualização de firmware

Current Firmware: Mostra a versão do firmware airos que está em funcionamento.

Firmware File: ativar botão Procurar para navegar e selecionar o arquivo do novo
firmware. O caminho completo para o local do arquivo de firmware pode ser especificado lá.
Novo arquivo de firmware é transferido para o sistema após o botão de upload é ativado.

Fechar a janela - Botão cancela o processo de upload do novo firmware, se for ativado.

Botão de atualização deve ser ativado a fim de prosseguir com a atualização de firmware
de rotina (nova imagem do firmware deve ser carregado no sistema de primeira). Por favor,
seja paciente, como a rotina de atualização de firmware pode demorar 3-7 minutos. Airos
dispositivo baseado ficará inacessível até que a rotina de atualização de firmware estiver
concluída.

Não desligue, não reiniciar e não desligar o aparelho da fonte de alimentação


durante o processo de atualização de firmware uma vez que estas ações irão
danificar o dispositivo!

É altamente recomendável a configuração de backup do sistema e de Apoio à Informação de


arquivo antes de enviar a nova configuração.

Fechar a janela - botão fecha a janela de atualização de firmware, se for ativado. Esta
acção não irá cancelar o processo de atualização de firmware.

Nome do Host

Nome do Host

Nome do anfitrião é o sistema de identificador de dispositivo de largura. É relatado pelo


agente SNMP para as estações de gerenciamento autorizada. Nome do anfitrião será
representado no popular Router Operating Systems telas de registro e ferramentas de
descoberta.

Host Name: especifica a identidade do sistema.

Botão Alterar salva o nome do host, se for ativado.


Administrativo Conta

Administrativo Conta

Nesta seção você pode modificar a senha de administrador para proteger o seu dispositivo
de configuração não autorizadas. A senha do administrador padrão deve ser alterado na
configuração do sistema primeiro:

Administrador Usuário: especifica o nome do usuário do sistema.

Senha atual: administrador é obrigado a digitar uma senha atual. É necessário para a
mudança de rotina ou senha de administrador Username.

Login padrão credenciais de administrador:

* Nome de usuário: UBNT

* Senha: UBNT

Nova Senha: nova senha usada para autenticação de administrador deve ser especificado.

Confirme sua senha: nova senha deve ser inseridos novamente para verificar a sua
precisão.

Clique no botão Alterar para salvar as alterações.

Read-only Conta
Read-only Conta

Nesta seção você pode ativar o read-only conta, e configurar o nome de usuário e uma
senha para proteger o seu dispositivo de acesso não autorizado. A opção padrão é
desativado.

Habilitar Read-Only Conta: Esta opção ativa a leitura única conta.

Read-Only Username: especifica o nome do usuário do sistema.

Senha: novo usado para leitura de autenticação de administrador só deve ser especificado.

Interface Language

Interface Language, por padrão: Inglês

Airos suporta vários idiomas na Web Management Interface.

Language options mudar o olhar ea sensação da Web Management Interface enquanto


renomeando os rótulos de todas as configurações e controles de acordo com a tradução em
linguagem particular. O idioma padrão é o Inglês. As cores ea disposição de todos os
elementos da Web não são alterados após a mudança da língua.

Seleção de idioma é salvo por activar o botão Definir como padrão.

Perfis de linguagem adicional pode ser carregado. Por favor, consulte este guia que descreve
como importar perfil de linguagem utilizada para a tradução da interface do usuário.

Logo Personalização

Logo Personalização
Use os controles desta seção para logotipo personalizado configurar a interface web de
gestão de dispositivos. O logotipo deve obedecer a estas limitações:

* O tamanho do volume do logotipo é de 50 Kilobytes ou menos;

* A altura máxima de logotipo deve ser de 70 pixels;

* Só. Imagens no formato gif são aceitos.

Para novo logotipo upload, permitir a personalização do logo e especificar o local do arquivo
do logotipo:

Ativar Custom Logo: controle permitirá a personalização do logotipo. Se a opção Enable


Custom Logo não é selecionado o padrão logo Ubiquiti será definido / restaurado eo logotipo
personalizado será removido.

Logo Target URL: URL do alvo de logotipo personalizado pode ser especificado neste
campo. URL de destino é aberto ao clicar no logotipo personalizado.

Logo File: ativar botão Browse "para navegar e selecionar o arquivo do logotipo. O caminho
completo para o arquivo de logotipo armazenada localmente pode ser especificada lá. Logo
arquivo é transferido para o sistema após o botão de upload é ativado.

Logo padrão

Se o logotipo do tamanho do volume máximo (50 kilobytes) seja ultrapassado, os problemas


de desempenho do sistema pode ocorrer. Padrão dimensão logo (em pixels) a 114 (largura)
X 53 (altura).

Configuration Management
Configuration Management

Airos configuração é armazenada no arquivo de texto puro. Use a seção Gerenciamento de


Configuração de controles para backup, restaurar ou atualizar o arquivo de configuração do
sistema:

Configuração do Backup: clique no botão Download para baixar o arquivo de


configuração atual do sistema.

Upload Configuração: Botão de clique em Procurar para navegar e selecionar o novo


arquivo de configuração ou especificar o caminho completo para o local do arquivo de
configuração.

Ativando o botão Upload irá transferir novo arquivo de configuração do sistema. A


configuração da nova configuração será visível no link de configuração, Rede, avançadas, de
serviços e páginas do Sistema de Gestão Web Interface.

Nova configuração será eficaz depois que o botão Aplicar é ativado e ciclo de reinicialização
do sistema seja concluída. Configuração do sistema anterior é eliminada após o botão Aplicar
está ativado. É altamente recomendável a configuração de backup do sistema antes de
carregar a nova configuração.

Use somente os backups de configuração do dispositivo de mesmo tipo -


configuração backup dos ternos PowerStation2 apenas PowerStation2, mas não
LiteStation2 ou LiteStation5! Comportamento pode ser imprevisível quando
misturando configurações de dispositivos de tipo diferente.

Manutenção do dispositivo

Manutenção do dispositivo

Os controles desta seção é dedicada para as rotinas de manutenção do dispositivo: reiniciar,


redefinir, de geração do relatório de informação de suporte.

Reboot: ativar o controle Reboot a fim de iniciar o ciclo de reiniciação completa do


dispositivo. Reinicie o efeito é o mesmo que a reinicialização do sistema, que é semelhante
ao desligar - potência em ciclo. A configuração do sistema não é modificado após reiniciar o
ciclo concluído. Qualquer não-aplicados alterações serão perdidas.
Redefinir padrões: Reset para ativar o controle de padrões a fim de iniciar redefinir o
dispositivo para fábrica de rotina. Reset rotina inicia processo de reinicialização do sistema
(semelhante ao power off - potência em ciclo). A configuração do sistema em execução serão
apagados ea configuração padrão do sistema (todas as configurações do sistema, sem
exceção) serão definidos.

Após a redefinição de padrões de rotina é concluída, o sistema airos irá retornar à


configuração padrão de IP (192.168.1.20/255.255.255.0), começará a funcionar na Estação
modo Bridge. É altamente recomendável a configuração de backup do sistema antes do
Redefinir padrões é iniciada.

Suporte Info: ativar botão Informações sobre suporte, a fim de obter informações de
arquivos do sistema. Este arquivo deve ser fornecido para os engenheiros de suporte Ubiquiti
(a pedido), para investigar todo o suporte técnico ou questões de configuração, se houver.