Você está na página 1de 28

Murilo de Melo murilodemelosilva[at]gmail[dot]com

CACIC

Configurador Automático e Coletor de Informações Computacionais

A utomático e C oletor de I nformações C omputacionais Fone: +55 (91) 3086-xxxx suporte@setimobit.com.br Copyright
A utomático e C oletor de I nformações C omputacionais Fone: +55 (91) 3086-xxxx suporte@setimobit.com.br Copyright

Fone: +55 (91) 3086-xxxx suporte@setimobit.com.br Copyright © 2007-2008 SétimoBit

Este documento foi baseado no artigo do Sr. Jarbas Teixeira e adaptado às necessidades da Sétimobit por Murilo Melo.

INDICE

1.

O que é o CACIC?

4

1.1

Quem desenvolveu o CACIC?

4

1.2

Quem usa o CACIC?

4

2.

O que é preciso para configurar o CACIC?

4

3.

Características do CACIC. O que este software pode fazer

por você?

5

4.

Já utilizando o Servidor

6

5.

Fazendo o download do CACIC

8

5.1

O que é preciso para fazer o download do CACIC ?

8

5.2

Acessando o site do projeto

8

5.3

Fazendo o cadastro no site do CACIC

8

5.4

Validando seu cadastro

8

6.

Descompactando os arquivos do CACIC

9

7.

Copiando os arquivos para o Apache

10

8.

Configurando o MySQL - Banco de dados

12

8.1

O que é o MySQL?

12

8.2

Utilização do

12

8.3

Executando o MySQL

13

8.4

Alterando a senha do usuário root do MySQL

13

8.5

Criando o banco de dados CACIC

13

8.6

Adicionando um usuário que será o administrador gerente

do CACIC

15

8.7

Criando um usuário para administrar o banco do CACIC.15

9.

Configurando o php e FTP no

16

9.1

Configurando a Interface WEB para o administrador do

 

17

10.

Apresentando o servidor de FTP

17

10.1

O servidor de FTP

18

10.2

Configurando o proftpd

18

10.3

Criando o usuário para o servidor de FTP

19

11.

Testando o servidor CACIC - O GERENTE

21

11.1

Configurando a REDE

22

11.2

Adicionando uma rede

22

11.3

Criando a nossa primeira rede:

22

11.4

Testando a rede configurada

23

11.5

Fazendo o Update dos arquivos

24

11.6

Configurando o item Gerente

25

11.7

Configurando os Agentes no Gerente

26

12.

Instalação do Cliente CACIC em máquinas Windows

27

13.

PROBLEMAS COM O CACIC

28

1.

O que é o CACIC?

O CACIC é um software de inventário de hardware e software. Ele faz coleta de dados obtendo informações de softwares instalados, tais como antivírus, suíte Office, suíte gráfica e algumas multimídias, além do inventário de hardware e recursos nos computadores. CACIC como o próprio título do documento nos fala, significa: Configurador Automático e Coletor de Informações Computacionais. Sendo assim, com o CACIC, é possível ter uma gerência de todo o hardware e software da sua empresa seja ela local ou remota.

1.1 Quem desenvolveu o CACIC?

A DATAPREV do Escritório Estadual do Espírito Santo é responsável pelo desenvolvimento deste poderoso software de coleta de informações de sua rede. Um detalhe importante é que ele está baseado na GPL. Isto significa que é possível usá-lo de forma livre e adapta-lo as suas necessidades de

a Crédito para o pessoal do DATAPREV-ES pelo excelente

software

Você pode se informar mais no site Oficial do projeto, é extremamente importante que você acompanhe as constantes

evoluções do software além das correções que surgem:

acordo

com

GPL.

e

a

toda a comunidade

que está cooperando.

http://guialivre.governoeletronico.gov.br/cacic/sisp2/

1.2 Quem usa o CACIC?

Hoje o CACIC é utilizado em grande escala no Governo Federal, além de diversas empresas públicas e algumas privadas. Aproveite para aprender tudo sobre o CACIC pois um dia você irá precisar dele, não tenha dúvidas. Em junho de 2005, o Projeto CACIC formalizou o conceito de Software Público, tornando-se o primeiro Software Livre disponibilizado pelo Governo Federal segundo os termos da Licença Pública Geral GNU (GPL) e atendendo as prerrogativas legais do país.

2. O que é preciso para configurar o CACIC?

a) Um servidor com a sua distribuição Linux preferida. Aqui vamos usar utilizar a Conectiva, onde será instalado o Gerente do CACIC. Os testes foram feitos tanto na versão Open quanto na versão Server; vale lembrar que cada

distribuição tem suas particularidades como estrutura de filesystem e funcionamento de módulos do kernel, a distribuição fedora, teve um problema ao tentarmos utilizar o software, não sendo assim 100% de disponibilidade, a Open Suse por sua vez se mostrou bastante estável e satisfatória com o uso do CACIC.

b) As estações (computadores) em rede para que possa ser instalado um programa chamado Agente do CACIC. As estações podem ser tanto Windows como Linux;

3. Características do CACIC. O que este software pode fazer por você?

Com o CACIC é possível ser informado por e-mail de qualquer alteração feita no hardware dos computadores da sua empresa. Então, você pode configurar para que os e- mails sejam enviados para o responsável do Estoque para que ele fique acompanhando o monitoramento ou para o suporte técnico da empresa. A grande sacada aqui consiste em acompanhar o que o cliente está fazendo na máquina e assim

se preparar melhor quando for necessário ir fazer alguma

configuração na máquina, afinal de contas, não há nada mais irritante para o técnico do que não saber o hardware que está lidando e nada mais constrangedor para o cliente do que ficar sendo questionado sobre qual a marca ou produto

que

Todos os componentes físicos do computador (o hardware) são coletados. O bom é que para quem administra a

rede, é possível saber qual computador tem quanto de memória física, se o HD está com a capacidade comprometida, enfim, uma infinidade de informações que podem nos ser úteis. Das informações dos softwares instalados no

computador também são feitos relatórios, de programas presentes no seu computador. Claro

tem

aqueles programas que não são instalados e sim executados.

Não é problema para o CACIC. Você simplesmente personaliza-

o para coletar estas informações de um determinando software. É possível identificar compartilhamentos de cada computador.

está

utilizando.

todos os

que

Se

a

sua

empresa tem

um controle de patrimônio

(tombamento) é possível registrar tudo isso.

4. Já utilizando o Servidor Linux.

No

servidor Linux,

utilizaremos

o

LAMP,

o

lamp

é

composto pelo conjunto de softwares operando em conjunto:

LINUX, APACHE, MYSQL, PHP

É recomendado que

você

saiba sobre

permissões e

procedimentos de instalação de programas.

Alguns pacotes extras serão necessários para que o LAMP funcione corretamente, para isso vamos instalá-las utilizando o urpmi:

Abra o console do linux e digite:

#urpmi wget

O

wget é uma ferramenta para fazer download de sites ftp://

e

http://.

#urpmi mysql banco de dados.

#urpmi php-mysql #urpmi php-mcrypt #urpmi php-gd

#urpmi apache

O apache é o nosso servidor Web

#urpmi proftpd:

Servidor de FTP

#urpmi postfix Daemon responsável por enviar os e-mails ao suporte

Claro não precisa citar que o caractere ‘#’, significa que você tem que estar logado como usuário ‘root’.

Veja um exemplo de download:

Veja um exemplo de download: 7

5. Fazendo o download do CACIC

Neste momento, vamos aprender os procedimentos para obter o CACIC no site oficial.

5.1 O que é preciso para fazer o download do CACIC ?

a) Acessar o site oficial SoftwarePublico

b) Fazer um cadastro;

c) Aguardar o login e senha e fazer a validação;

d) Acessar o site e, agora sim, fazer o download.

5.2 Acessando o site do projeto

Então vamos aos passos:

01. Abra o seu navegador e digite:

http://www.softwarepublico.gov.br/spb/

02. No lado esquerdo, clique em na seta da opção

Cadastre seu usuário. Aguarde enquanto carregada.

é

a página

5.3 Fazendo o cadastro no site do CACIC

Ao clicar em Cadastre seu usuário, será exibida outra

tela.

01. Favor preencher com seus dados no formulário.

Ao concluir o cadastro, será exibida uma tela com algumas orientações.

02. Agora, acesse seu e-mail, pois os dados foram

enviados.

O envio da senha no momento que estava escrevendo foi quase que instantâneo e é enviado através do endereço eletrônico do cadastro. Antes era bem mais demorado.

5.4 Validando seu cadastro

Agora é necessário validar seu cadastro.

01. Acesse seu correio.

02. Agora, clique na mensagem do

guialivre@planejamento.gov.br.

03. E, clique no link para ativação do seu cadastro.

04. Agora, clique no botão Continuar.

05. Informo seu correio eletrônico e senha.

Já logado no site, vamos realizar o download do CACIC.

Obs: a versão que estarei usando é a 2.2.2. Mas, novas versões são lançadas e fique atento ao suporte das antigas.

01. Acesse a página principal do projeto

http://www.softwarepublico.gov.br/spb/.

02. Clique do lado esquerdo na seta da opção

Communities e depois é necessário adicionar uma comunidade.

No nosso caso, escolha a comunidade CACIC.

03. Escolha CACIC e clique no botão join.

04. Agora clique no link Cacic.

Agora, você será direcionado para a página oficial da comunidade CACIC.

Obs: O download já contempla tanto o Gerente quanto o Agente do CACIC.

05. Agora clique no botão Download CACIC (VERSÃO).

Neste momento a versão disponível é a cacic2-v222- final.tar.gz. Talvez quando você estiver realizando ou

lendo este artigo a versão seja uma mais atual.

06. Salve os arquivos no diretório /tmp do seu Linux.

No meu Linux para ficar mais organizado criei o diretório /install. Pode ser que seu cliente adote diretórios como /opt, enfim, tudo fica a seu critério, basta que você se lembre depois onde salvou o pacote. Eu adotarei o diretório /tmp.

6. Descompactando os arquivos do CACIC

Bom, agora que você já fez o download do arquivo, vamos descompactá-los, aplicar as permissões nos arquivos e diretórios para que a aplicação possa funcionar via WEB. Aprenderemos a copiar os arquivos para o Apache e também aprender como instalar e configurar o MySQL para o banco de

dados CACIC. Então,

vamos

à

prática.

6.1 Descompactando os arquivos do CACIC.

É importante que os arquivos do CACIC, estejam no diretório /tmp, pois os passos a seguir, serão baseados a partir deste local:

Acesse o seu servidor Linux. Abra um console ou terminal Faça os passos de acordo com a ilustração abaixo:

Faça os passos de acordo com a ilustração abaixo: Após descompactar o arquivo gerente, vamos configurar

Após descompactar o arquivo gerente, vamos configurar as permissões.

7. Copiando os arquivos para o Apache

Vamos agora copiar o diretório cacic2 para o diretório padrão do Apache, no console digite:

1.

cd /tmp/gerente;

2.

Digite agora ls e tecle Enter.

O

diretório default do Apache na maioria das distribuições

é

em /var/www/html/. No Conectiva e no Suse é no /srv/www,

lembre-se este diretório muda de distribuição para distribuição.
lembre-se este diretório muda de distribuição para

lembre-se este diretório muda de distribuição para

lembre-se este diretório muda de distribuição para distribuição.
distribuição.

distribuição.

Então, vamos copiar o diretório do cacic2 para este diretório do Apache.

3. Digite num terminal:

# cp -R cacic2 /var/www/html/

Alterando as permissões dos arquivos. Vamos alterar as permissões para que o usuário do Apache

Alterando as permissões dos arquivos.

Vamos alterar as permissões para que o usuário do Apache seja o proprietário do diretório:

/var/www/html/cacic2.

1.

Acesse o diretório /var/www/html, para isso digite:

#

cd /var/www/html

2.

Digite:

#

ls -l

Este comando exibe as permissões para cada arquivo ou diretório. Veja a ilustração:

para cada arquivo ou diretório. Veja a ilustração: Agora, vamos alterar as permissões para o usuário

Agora, vamos alterar as permissões para o usuário tanto do dono quanto do grupo para o usuário apache. Este é um

usuário padrão que é criado no Linux.

Alterando as permissões:

1. Digite num terminal:

# chown -R apache.apache /var/www/html/cacic2

OS: em algumas distros como suse e conectiva o comando correto é:

#

chown –R www.www /srv/www/default/html/cacic2

2.

Agora digite "ls -l". Veja que as permissões foram

alteradas.

Pronto. Estamos com o servidor Linux instalado e os pacotes do Gerente e Agentes no servidor. Vamos agora, configurar os serviços.

8. Configurando o MySQL - Banco de dados

Configuração do servidor de banco de dados.

8.1 O que é o MySQL?

Um passo fundamental para qualquer administrador de redes é conhecer e saber trabalhar com um banco de dados. Então, deixo meu recado: estude banco de dados. Não temos tempo aqui para ensinar o MySQL.

Hoje o MYSQL vem crescendo nas empresas. Muitas empresas de médio porte já o utilizam. O projeto CACIC é feito todo nele.

Site oficial:

http://ww.mysql.com/

8.2 Utilização do MySQL.

O MySQL, pode ser utilizado para:

1. Criar um banco de dados para sistema via web.

2. Data warehousing, dentre outras aplicações.

Uma grande vantagem do MySQL é que ele é muito rápido. Existem empresas que investem pesado no MySQL.

8.3 Executando o MySQL

Em distribuições como o Mandriva, Conectiva, Red Hat/Fedora use o comando service para a qualquer momento inicializar um serviço ou pará-lo. Faça assim:

# service mysqld start

Uma mensagem será exibida informando que o MySQL está rodando.

8.4 Alterando a senha do usuário root do

MySQL

É importante saber que o MySQL ao ser instalado, ele já configura o root como usuário padrão e com a senha em branco. Então, vamos usar um comando para alterar a senha do usuário root que é o administrador do MySQL. Veja os passos:

# mysqladmin -u root password 123456

Esta senha, defina a que você quiser. É importante que seja definida uma senha forte.

OBS: Para exemplo utilizei uma bem básica mesmo ‘123456’, claro que você irá utilizar outra.

8.5 Criando o banco de dados CACIC

Agora vamos fazer a etapa mais importante que é criar o banco de dados e as tabelas. Faça os passos abaixo:

1. Abra um console ou terminal no Linux.

2. Digite: cd /tmp/gerente

Aqui estamos criando o banco de dados cacic:

1. Digite os comandos abaixo num console ou terminal:

# echo "CREATE DATABASE cacic;" | mysql -u root –p123456

Explicação:

# echo "CREATE DATABASE cacic

(Aqui você cria o banco de dados cacic)

# mysql -u root –p123456

(Aqui é o usuário e senha com acesso ao MySQL, ou

seja,

login e senha do administrador do banco de dados MySQL)

Criando as tabelas para o banco de dados do CACIC

Estas tabelas que vamos usar no banco de dados foram fornecidas no download do arquivo gerente.tar.gz. Nós descompactamos no diretório /tmp/gerente.

Então, execute os comandos abaixo:

# mysql -u root –p123456 -D cacic <

Cacic_Estrutura_BD_FEV2006.sql

Claro que se você manja de SQL você pode já adaptar o script para as suas necessidades.

# mysql -u root –p123456 -D cacic <

Cacic_Atualizacao_BD_FEV2006.sql

Será exibida uma mensagem ERROR 1050 (42S01) at line 7:

Table 'descricoes_colunas_computadores' already exists, não tem problema, ele apenas está alertando que a tabela não pode ser criada porque já existia uma antes com esse nome.

# mysql -u root –p123456 -D cacic <

Cacic_Insercao_Dados_Basicos_BD_JAN2006.sql

Pronto.

8.6 Adicionando um usuário que será o administrador gerente do CACIC

Vamos criar o usuário que será o administrador para o banco cacic do Módulo Gerente. Ele será o administrador do banco que criamos chamado cacic. Entenda como um usuário com privilégios administrativos apenas para o Gerente do CACIC.

No nosso exemplo, irei criar um usuário com o login:

admin e a senha: qwerty.

OBS: você usa a que achar melhor.

O comando é bem simples. Faça assim:

1. Abra uma console ou terminal no Linux.

2. Digite o comando abaixo:

# echo " INSERT INTO usuarios (nm_usuario_acesso, te_senha, id_grupo_usuarios) VALUES ('admin', PASSWORD('qwerty'),'2');" | mysql -u root –p123456 -D cacic

OBS: é possível que você encontre erros durante a inclusão desses valores, isso ocorre porque a estrutura das tabelas que foram criadas seja diferente da estrutura que você esta querendo inserir, para isso cheque os scripts sql, e tenha certeza da estrutura que você esta utilizando, caso seja necessário, adapte o comando a estrutura e ordem dos campos da tabela que esta sendo utilizada

Ou siga pelo texto para melhor visualização:

echo "INSERT INTO usuarios (nm_usuario_acesso, te_senha, id_grupo_usuarios) VALUES ('admincacic', PASSWORD('qwerty'),'2');" | mysql -u root –p123456 -D cacic

Feito.

8.7 Criando um usuário para administrar o banco do CACIC.

Por questões de segurança, vamos criar um usuário com acesso ao banco CACIC que não seja o root. Ou seja vamos criar um usuário que é administrador apenas do banco de dados CACIC. Pois, no MySQL, podemos ter vários bancos de dados e cada banco com o seu próprio administrador. Então, vamos os passos abaixo:

Vamos acessar o mysql:

# mysql -uroot –p123456

E tecle Enter.

Agora digite:

grant all privileges on cacic.* to cacic@localhost identified by ‘qwerty’;

9. Configurando o php e FTP no Linux.

Vamos aprender como configurar o FTP e o PHP para que as aplicações do CACIC funcionem, além de configurar a interface web para que o Gerente do CACIC funcione. Configurando o php.ini

É importante que você altere o arquivo /etc/php.ini para habilitar as variáveis de registros globais, Faça assim:

# vim /etc/php.ini

Localize o texto register_globals = Off e altere para On.

de registros globais, Faça assim: # vim /etc/php.ini Localize o texto register_globals = Off e altere

9.1

Configurando a Interface WEB para o

administrador do MySQL.

Vamos agora configurar o acesso à interface Web do Gerente. Vamos precisar do login e senha do MySQL. Para isto execute os comandos abaixo:

1. Abra um console e digite:

# vim /var/www/html/cacic2/include/config.php

2. Localize a linha que tem: usuário_bd e senha_usuário_bd.

3. Vamos agora definir o usuário e a senha. O usuário

padrão do Mysql é o root e a senha foi a que definimos. Veja um exemplo abaixo e faça as alterações de acordo com a

senha que você escolheu:

as alterações de acordo com a senha que você escolheu: 10. Apresentando o servidor de FTP

10. Apresentando o servidor de FTP

O servidor de FTP é outro serviço importante para o funcionamento das atualizações dos agentes para os clientes da sua rede e de outras sub-redes (outras localidades - filiais) que tenham outros servidores de FTP para quem tem uma rede grande. Aqui onde configurei o CACIC, tenho mais ou menos 90 servidores de FTP. O servidor de FTP que vamos configurar agora será usado pela interface WEB do GERENTE para indicar o servidor de FTP para as atualizações.

10.1

O servidor de FTP

Usaremos o proftpd. Você fica a vontade para usar o que achar melhor ou dominar. O importante é ter o servidor de FTP funcionando.

Verificando se o servidor está instalado

1. Digite:

# rpm -qa proftpd

Caso o proftpd não esteja instalado, digite:

# urpmi proftpd

10.2 Configurando o proftpd

extremamente

importantes no nosso servidor:

Habilitar o diretório padrão de um usuário que fará o download dos agentes para o repositório do CACIC. Este

usando pelo Gerente. Vamos configurar dois arquivos que fazer com que o acesso ao servidor de FTP fique mais rápido.

Vamos

fazer

três

configurações

Faça os seguintes passos:

1.

Num console ou terminar do Linux, edite o arquivo:

#

vi /etc/proftpd.conf

2.

Agora faça as configurações de acordo com a ilustração

abaixo:

3. Saia e salve o arquivo 10.3 Criando o usuário para o servidor de FTP

3. Saia e salve o arquivo

10.3 Criando o usuário para o servidor de FTP

Vamos criar um usuário para ser usado pelo Gerente do CACIC para fazer as atualizações, os updates, etc. No nosso exemplo este usuário será o "ftpcacic" com senha "ftp123456". Também iremos criar um diretório "ftpcacic" com o subdiretório "agentes", ou seja, a estrutura de diretório será essa: /var/www/html/ftpcacic/agentes. Faça assim, claro adapte conforme a estrutura de arquivos do seu servidor:

1.

Digite:

#

mkdir -p /var/www/html/ftpcacic/agentes

2.

Agora digite:

# adduser --shell /bin/false --home /var/www/html/ftpcacic ftpcacic

Este último comando adiciona o usuário ftpcacic sem shell (assim não poderá fazer login num console do Linux) e informa que diretório padrão será /var/www/html/ftpcacic, ou seja, quando o usuário fizer um acesso via FTP e fizer login com o usuário ftpcacic, ele vai acessar este diretório informado. É isso que queremos.

Também será necessário alterar as permissões destes

diretórios que criamos. Então faça assim:

3. Digite:

# chown -R ftpcacic.ftpcacic /var/www/html/ftpcacic

Pronto. Alteração de permissão feita. Agora, vamos configurar a senha para este usuário.

Habilitando os serviços e testando o FTP

1.

Digite:

#

service proftpd restart

2.

Aproveite e faça o mesmo para o Apache. Digite este

comando:

#

service httpd restart

3.

Agora o Postfix:

#

service postfix restart

Testando o servidor de FTP no Linux. Vamos testar se de um micro Linux o servidor de FTP funciona. Veja:

1. Faça os passos de acordo com a ilustração abaixo:

1. Faça os passos de acordo com a ilustração abaixo: Observe que o acesso foi com

Observe que o acesso foi com sucesso.

OBS: Para sair da sessão do FTP, digite bye e tecle Enter.

Aproveite e teste também no Windows.

Pronto. O serviço de FTP está funcionando. É importante que em cada etapa sejam feitos os testes para que no momento que algo não funcionar, você não ficar feito louco achando que fez algo errado, só não sabe onde. Abra o seu editor preferido e digite:

[Cacic2]

ip_serv_cacic=192.168.1.1

cacic_dir=cacic2

rem_cacic_v0x=Sk8

Salve o arquivo com o nome chkcacic.ini.

Copie este arquivo para o diretório do servidor web em

/var/www/html/cacic2/repositório.

Este arquivo é importante. Salve-o no diretório do netlogon, para toda vez que alguém logar no domínio da rede, fazer a checagem do script e ver se o agente do cacique esta rodando direitinho.

11. Testando o servidor CACIC - O GERENTE

Para saber se foram feitas todas as configurações de forma correta, faça o seguinte teste:

1. Abra o seu navegador favorito. Pode ser qualquer um.

2. Digite o endereço:

http://ip-do-seu-servidor/cacic2

Se for exibida esta tela, você fez tudo correto. Se não funcionou, reveja os passos. Este manual, foi testado de forma exaustiva.

esta tela, você fez tudo correto. Se não funcionou, reveja os passos. Este manual, foi testado

Depois de configurado o CACIC no seu servidor, vamos configurar o Gerente do CACIC. É nele que iremos informar as configurações da nossa rede como:

Endereço da rede; Servidor de ftp; e-mail para ser entregue os relatórios e outras configurações.

11.1 Configurando a REDE

1. Acesse o CACIC. Aqui na empresa acesso digitando no

navegador http://192.168.1.1/cacic2 ou pelo nome http://servidor.no-ip.info/cacic2 (tem que configurar esta

url

no

seu

servidor

de

dns.

2.

Logue-se no sistema com direitos administrativos. O

login é o admin e a senha a que criamos com o comando:

# echo "INSERT INTO usuarios (nm_usuario_acesso, te_senha,

id_grupo_usuarios) VALUES ('admin', PASSWORD('qwerty'),'2');" | mysql -u root –p123456 -D cacic

3. Agora clique em Administração, depois Cadastros e finalmente em Redes.

11.2 Adicionando uma rede

Bem, neste momento, se for na tua empresa, faça o levantamento da rede que você vai cadastrar. Serão

necessárias as configurações TCP/IP:

Servidor de FTP, login e senha para ftp para o gerente Servidor de FTP, login e senha para ftp para o agente

O caminho do servidor de update para o FTP.

11.3 Criando a nossa primeira rede:

1. Clique no botão Incluir Nova Rede.

Aqui é importante que você entenda como é a configuração do CACIC para uma única rede e para quem tem várias sub-redes ou filiais. Por exemplo, se você tem apenas uma única rede, nos campos Servidor de Banco de

Dados e Servidor de Updates (FTP) você informa o IP do teu servidor Linux. Veja um exemplo:

você informa o IP do teu servidor Linux. Veja um exemplo: Vamos fazer agora a configuração

Vamos fazer agora a configuração apenas para a nossa rede. Então você deve preencher os campos de acordo com a configuração da sua rede.

2. Clique no botão Gravar Informações.

11.4 Testando a rede configurada

Vamos testar se está tudo funcionando:

1. Clique no IP da tua Rede.

2. Aqui vou clicar no IP 192.168.1.1

Observe que os dados não ficaram preenchidos. Bem, o que fazer? Sinceramente? Preencher novamente. O livro está correto e se você fez todos os passos nada está errado. Então, informe os dados e grave as alterações. No seu computador deve estar funcionando agora.

11.5 Fazendo o Update dos arquivos

Vamos agora enviar os dados que estão no diretório /var/www/html/cacic2/repositório para o diretório /var/www/html/ftpcacic/agentes:

1. Acesse o diretório /var/www/html/cacic2/repositório.

2. Digite "pwd" e depois "ls".

Estes arquivos que estão no repositório são os mesmos do arquivo agentes.tar.gz, mas não será necessário usar o agentes.tar.gz, pois o sistema WEB do CACIC já faz automaticamente.

3.

Agora acesse o diretório /var/www/html/ftpcacic/agentes

e

digite “pwd”, depois “ls”.

Até agora se você seguiu esses passos tudo está correto. Quando fizermos a manutenção, os arquivos do diretório do /var/www/html/cacic2/repositório serão enviados para o diretório /var/www/html/ftpcacic/agentes. Então os arquivos que estão no diretório /var/www/html/ftpcacic/agentes são os que serão usados para

a instalação do agente nas estações Windows e computadores com o Linux.

Entendido como funciona? Então vamos a prática!

1. Acesse a seção Manutenção e clique em Updates de

SubRedes.

2. Clique no botão Marca/Desmarca todos os objetos, pois iremos enviar todos para o nosso

2. Clique no botão Marca/Desmarca todos os objetos, pois

iremos enviar todos para o nosso servidor de ftp da rede que você vai especificar mais abaixo.

3. Marque a rede para onde será enviado o conteúdo (os

arquivos) do repositório.

4. Agora clique no botão Executar Updates e confirme a

transferência clicando no botão Ok.

Será feito o update e exibido uma página com os arquivos que foram transferidos. Observe no seu computador.

11.6 Configurando o item Gerente

Vamos neste momento configurar uma Rede para que possamos instalar o CACIC Agente na rede configurada. Faça assim:

1. Acesse via browser o CACIC e depois clique em

Administração, Configurar Gerente.

2. Preencha os dados de acordo com a sua empresa. Para exemplo, veja a ilustração abaixo:

com a sua empresa. Para exemplo, veja a ilustração abaixo: Vamos agora a uma configuração importante

Vamos agora a uma configuração importante que é sobre as notificações na alteração de hardware. Na minha experiência percebi que estava recebendo muita notificação por e-mail de alteração de hardware. Então removi no campo "Selecionadas" a opção Placa de video.

Ou seja, clique no campo Placa de Vídeo, depois clique no botão < (remover).

Ao final da página informe o servidor de Banco de dados e de Updates. Detalhe: estas opções só ficam disponíveis depois que você cria a primeira rede. Por isso eu fiz antes este processo.

Clique no botão Gravar informações.

Pronto. É basicamente isto.

11.7 Configurando os Agentes no Gerente

se

comportar no Windows. Basicamente é: Se será exibido um ícone do CACIC no systray (ao lado do relógio do Windows); Erros serão exibidos para o usuário; A Senha para configurar e finalizar agentes; Como será a execução dos agentes; Intervalos da execução.

Agora vamos configurar como

os

agentes vão

Vamos à prática.

Acesse a seção Administração, Configurar Agentes.

Estas configurações será uma decisão de cada

administrador de redes.

Um item importante aqui é da seção Intervalo de execução das ações. O que é isso? É o período que será enviado informações da estação (hardware e software) para o CACIC. Então, configure para somente a cada 4 horas, pois percebi certa lentidão nos micros. Então, é importante que seja feito alguns testes.

Ao final clique no botão Gravar informações.

OBS: as opções que tem Ação: COLETA

podemos fazer isto em outro local que é na seção Módulos. Tudo é questão de lógica e bom senso.

não mencionei, pois

- EOF -

12. Instalação do Cliente CACIC em máquinas Windows

Os módulos agentes (cliente) são programas que enviam informações do computador ao módulo gerente (servidor). Para instalá- lo em qualquer máquina Windows, é preciso privilégio de Administrador. Acesse o Servidor FTP onde estão hospedados os arquivos do CACIC e obtenha o arquivo chkcacic.exe, este é o programa responsável pela coleta e envio das informações ao servidor. Execute os seguintes comandos de qualquer prompt MSDOS:

C:\> ftp <ip_do_servidor_cacic>

 

login: ftpcacic

 

senha: <senha_do_usuario_ftpcacic>

binary

 

cd

agentes

 

bi

 

prom

 

mget chkcacic.exe

 

exit

 

Com o arquivo baixado para a máquina local, execute- o

e preencha os dados pedidos.

13. PROBLEMAS COM O CACIC

Essa sessão aqui é importante caso você se depare com alguns erros do CACIC, um erro comum que percebi foi que ao se atualizar o DNS para o servidor de e-mail, seja ele da sua empresa que vai receber o e-mail ou do seu cliente que tem o CACIC instalado no servidor e este vai enviar o e- mail com os relatórios, simplesmente o CACIC para de enviar e-mail, em alguns casos foi necessário adicionar no arquivo /etc/resolv.conf do servidor a seguinte linha:

# nameserver 192.168.1.1

Também foi constatado que devido a esse problema o postfix fica ‘engasgado’, sendo assim necessário o restart do serviço, foi cogitada também a possibilidade de o firewall estar barrando o envio de mensagens do postfix, é necessário que se veja as regras do iptables, outro ponto a analizar é verificar se os módulos do PHP estão configurados para enviar email, através do módulo mail();

Em anexo: estou colocando um script em php que pode ser utilizado para enviar um email de teste para a maquina destino, segue o código:

<?php if(isset($_POST["NOME_DO_BOTAO_SUBMIT_AQUI"])){ if(sizeof($_POST)) { $para =
<?php
if(isset($_POST["NOME_DO_BOTAO_SUBMIT_AQUI"])){
if(sizeof($_POST)) {
$para = "endereco@provedor.com"; //endereço aqui
$assunto = "Assunto Aqui !"; //assunto aqui
$ip = getenv("REMOTE_ADDR");
$texto = "Mensagem enviada pelo IP: $ip<br><br>";
while(list($key, $val) = each($_POST)) {
if(($key <> 'assunto'))
$texto.= "<b>$key</b> : $val<br><br>";
}
$headers = "MIME-Version: 1.0rn".
"Content-type: text/html; charset=iso-8859-1rn".
"From: 'Inscrição' <".$para.">rn".
"To: 'Client' <".$para.">rn".
"Date: ".date("r")."rn".
"Subject: ".$assunto."rn";
$envia = @mail($para,$assunto,$texto,$headers);
echo "<script>alert('Sua MENSAGEM AQUI!')</script>";
}
}
?>