Você está na página 1de 12

FUSÕES E

AQUISIÇÕES
OS CHOQUES DAS CULTURAS ORGANIZACIONAIS DISTINTAS

VA N ES S A H I R ATA 1 2 7 4 6 2 7
V I TO R H I G A S H I 1 2 7 3 4 2 6
Introdução
• Verificar de que forma os gestores poderão solucionar os problemas
relacionados ao choque de culturas gerado a partir do processo de
fusão e aquisição
• Sucesso e fracasso das fusões e aquisições ligados ao conceito de
cultura organizacional
• PWC: aumento do número de fusões e aquisições na última década e
um crescimento dos investimentos estrangeiros no setor com uma
participação de 40% das transações anunciadas em 2010.
Conceito de fusão e aquisição
Fusão - União de duas ou mais empresas, onde a resultante sucederá todos os direitos e
obrigações, podendo a maior ou mais próspera companhia assumir o controle administrativo ou
finalizar a existência legal da menor;
• Fusão horizontal:
Empresas pertencentes ao mesmo ramo de atividades.
• Fusão vertical:
Empresas pertencentes à uma mesma cadeia.
• Fusão por conglomerado:
Empresas que possuem pouca ou nenhuma similaridade aparente.
Aquisição - “Operação pela qual uma ou mais sociedades são absorvidas por outra, que lhes
sucede em todos os diretos e obrigações”.
Aspectos e procedimentos legais
As fusões e aquisições são passíveis a inviabilização da operação por órgãos de controle
concorrencial e concentrações, que podem colocar em risco a livre concorrência
• SDE: Secretaria do Direito Econômico
• SEAE: Secretaria de Acompanhamento Econômico
• CADE: Conselho Administrativo Econômico
Conceito de cultura organizacional
“Conjunto de pressupostos básicos que um grupo organizacional inventou, descobriu ou
desenvolveu ao aprender a lidar com os problemas de adaptação e integração, e que
funcionaram bem o suficiente para serem considerados válidos e ensinados a novos membros
como forma correta de perceber, pensar e sentir em relação a esses problemas”.
• Planejada ou formada naturalmente
• Compartilhadas entre os componentes da organização
• Independente do nível hierárquico
Vantagens e Desvantagens da Fusão e Aquisição
Vantagens
• Concentração do mercado
• Diminuição de custo e maior controle da cadeia
• Know-how
Desvantagens
• Problemas de integração: culturas e normas distintas
• Dívidas
Os modelos de integração cultural
Modelos de integração cultural Características
Assimilação cultural Alto grau de mudança para a empresa adquirida e
baixo grau de mudança para a empresa adquirente
Mescla cultural Ocorre quando existe convivência de culturas,
pequenas mudanças nas duas empresas.
Pluralidade cultural É considerada uma fase transitória, quando não há
influencia entre as empresas. Convivência de duas
culturas, que ao longo do tempo tendem a causar
interferência.
Administrando o choque cultural
Fatores para minimizar o choque cultural:
oEngajamento da alta administração
oInformar a todos
oAmpliação e participação da área de recursos humanos
Caracterização da Empresa - Case
FURNAS:
oÉ uma empresa de geração e transmissão de energia
oNasceu com o desafio de sanar a crise energética da década de 50.
oAlém da geração hídrica e termelétrica, Furnas investe também em fontes alternativas de
energia
NUCLEN:
oÉ uma empresa de engenharia de produto e de processos de fabricação para os componentes
pesados.
oFoi criada para suprir as necessidades para a geração de energia.
oSeu objetivo é projetar, desenvolver, fabricar e comercializar componentes pesados para usinas
nucleares, assim como equipamentos relativos à construção naval.
Relato do Caso
ELETRONUCLEAR foi criada da fusão da área nuclear de FURNAS, com a NUCLEN
Foram constituídos 14 subgrupos de trabalho e um grupo de coordenação com pessoal de ambas
empresas para começar as discussões a respeito de como a empresa ia se constituir.
Foram programados Encontros de Desenvolvimento Intercultural, articulando superintendências e
gerências, para enfrentar as diferenças com ética e sensibilidade.
Com base no diálogo e na interpretação da documentação da empresa, foi elaborado o Quadro, que
resume as características culturais que marcam diferenças significativas entre as duas empresas.
Análise crítica
A principal preocupação desde o primeiro momento era construir uma nova empresa, com um
conjunto novo de valores e práticas a partir da origem das duas empresas.
A peça fundamental foram que as atenções nesse primeiro momento recaíram sobre os
relacionamentos humanos, no intuito de desenvolver confiança e entendimento mútuos.
Com as ações e estratégicas dos gestores, a Eletronuclear revelou que as diferenças culturais
podem e precisam ser encaradas não como fontes de problemas e conflitos, mas como fontes
de vantagem competitiva.
CONCLUSÃO
Através deste estudo apresentou-se a gestão do indivíduo a partir do processo de fusão e
aquisição, tornando essencial que o artifício de integração seja bem sucedido. Em relação ao
encontro das organizações, o resultado inicial é um choque cultural, que quando mal
administrado, tende a fracassar.