Você está na página 1de 15

Instrução Operacional de Instalação e

Reparo ADSL Telefonica


Página 1 Janeiro / 2006

Guia Prático do Técnico


ADSL
(check-list)

Diretoria de Serviços Especiais e Banda Larga


COMPROMISSO
Objetivo:

Esse material foi elaborado por um grupo constituído de Técnicos / Supervisores da


Telefônica / Empresas Contratadas, no sentido de trazermos as informações das
bases para que em conjunto possamos Melhorar a Qualidade de Instalação Speedy
com Técnico.
Estamos focando os serviços de reparo baixados como Modem, Pc do Cliente,
Splitter / Micro-filtro e Rede Interna do Usuário.

Premissas:

Criação de um grupo de trabalho, envolvendo funcionários qualificados pertencentes


às bases operacionais.
Transparência, responsabilidade, autonomia, nas informações / necessidades
colocadas pelo grupo.

Resultados:

Elaboração de um material orientativo ao técnico que foi dividido em duas partes:


“Guia Prático do Técnico ADSL” (cartilha);
“Check-List PC do Cliente” (cartão plastificado).
CD do Técnico atualizado

Compromisso:

Utilização efetiva desse material, como referência na Qualidade dos serviços


prestados.

2
MODEMS

RECLAMAÇÕES TRIVIAIS:

- Meu modem não liga.

• Verificar:
o Tomada está realmente energizada;
o Fonte de energia está bem conectada no aparelho;
o Fonte de energia está bem conectada na tomada;
o Chaveamento de voltagem 110/220 v na fonte (caso exista desligar a
fonte da tomada por 15 segundos e ligá-la novamente testar a fonte de
energia em uma outra tomada).

- Meu modem não acende o led adsl.

• Verificar:
o Cabo rj11 está bem conectado ao modem;
o Cabo rj11 está bem conectado ao ponto telefônico;
o Linha telefônica, realmente esta presente no ponto;
o Existência de ruídos na linha telefônica;
• Desligar a fonte da tomada por 15 segundos e ligá-la novamente

- Meu modem não acende o led lan.

• Verificar:
o Cabo rj45 está bem conectado ao modem;
o Cabo rj45 está bem conectado a placa de rede;
o Placa de rede está em perfeito funcionamento;
o Cabo (lan) caso o mesmo tenha sido substituído por outro cabo
diferente. (cross ou paralelo)

1. Verificar – Versão do Firmware (Version Firmware).

2. Status do Sincronismo e a situação da linha.

Podemos confirmar o status do sincronismo e a condição da linha num determinado


instante bastando para isso utilizar os comandos descritos nas próximas páginas.

Obs:
Os valores obtidos no circuito (sem Modem) pelos instrumentos SUNRISE ou TPI,
devem ser próximo ou igual, quando das leituras no circuito (com Modem), um
resultado divergente (20%) direciona a possibilidade de que o Modem pode
apresentar defeito, em marg / noise up ou down, ou Max-Downstream / Upstream.

3
MODEM SIEMENS
Abrir uma seção do Hyperterminal, configurado para 9600, 8-N-1.

Procedimento:

Verificar sempre a versão de firmware do Modem


Utilizar o cabo serial novo (com o conector cinza), pois o mesmo serve para todos os
Modems siemens e not books.
Abrir o hyperterminal/telnet, dar o comando “show” e observar estas informações:

Command-> show (ou show router)

General Router Information


System Mode Bridge
System Type SpeedStream 5660-R: ENI
System HW Version 0
System Up Time 0 Days 0 Hours 0 Minutes 17 Seconds
Software Version 2.2.1(5) Nov. 30 2000 18:29:23
A versão correta é a mostrada acima (2.2.1(5)), caso esteja diferente, fazer upgrade
do Modem conforme as páginas 162 até a 163 do Manual do Técnico.

Command-> show dslstatus

DSL Status
Cell Delineation True
DSL State Up
Channel Info ATU-R ATU-C
Current TX Rate 128000 608000 (sincronismo atual)
Previous TX Rate 0 0
CRC Block Length - -
Interleave Delay - -
Physical Layer Info ATU-R ATU-C
Current Attainable Rate 984615 2338461 (sincronismo máximo)
Current SNR Margin 29.0 29.0
Current Attenuation 42.5 27.5
Current Output Power 11.5 19.5 Valor próximo ou
igual obtido no
Current Status: SUNRISE ou TPI E
WISE
Defects detected No No
Loss of Framing No Loss No Loss
Loss of Signal No Loss No Loss
Loss of Power No Loss No Loss
Loss of Signal Quality No Loss No Loss

4
MODEM PARKS
Procedimento:

Verificar sempre a versão de firmware do Modem


Parks 642 version(V2.50(AJ.2)made in Taiwan Selo Branco
Parks 642 version (V2.50(AU.1) Brazil Selo amarelo
Parks 645 version V2.50(EY.6)
Abrir o hyperterminal/telnet , Menu dar o comando
Exemplo: Parks 645/ via telnet
Menu 24.2.1 - System Maintenance - Information
Name: ChangeMe
Routing: IP
ZyNOS F/W Version: V2.50(EY.6) | 5/9/2002
ADSL Chipset Vendor: Alcatel, Version 3.9.13
Standard: ANSI T1.413
LAN
IP Address: 192.168.1.1
IP Mask: 255.255.255.0
DHCP: Server
Pode-se confirmar o status do sincronismo e a situação da linha num determinado
instante dando os comandos abaixo na tela 24-8 hyperterminal:

P642R> w a c

near-end interleaved channel bit rate: 0 kbps


near-end fast channel bit rate: 608 kbps
far-end interleaved channel bit rate: 0 kbps
far-end fast channel bit rate: 128 kbps
Valor próximo ou
P642R> w a l n igual obtido no
SUNRISE ou TPI
relative capacity occupation: 11% E WISE
noise margin downstream: 33.0 db
output power upstream: 11.0 dbm
attenuation downstream: 9.5 db

P642R> w a l f

relative capacity occupation: 25%


noise margin upstream: 30.0 db
output power downstream: 7.5 dbm
attenuation upstream: 6.5 db

5
MODEM 3COM

Procedimento:

Verificar sempre a versão de firmware do Modem


Abrir o hyperterminal, digitar o comando:
sh ad v (show adsl version)
3Com-DSL>sh ad v (ou sh sy)

ADSL Hardware Release Version: 0x3530


ADSL Alcatel Chipset Firmware Release Version: 36100

Se a versão não for a 36100, efetuar upgrade conforme páginas 155 a 157 do
Manual do Técnico.

Para se verificar os valores de UP e DW do Modem e se há taxa de erro, pode-se


utilizar estes comandos:
Sh ad t (show adsl transceiver_status)
Ex. 3Com-DSL>sh ad t

ADSL Transceiver Status Report:


Operational Mode operational
Valor próximo ou
Attenuation Upstream 22.0 dB igual obtido no
Attenuation Downstream 39.0 dB SUNRISE ou TPI
Noise Margin Upstream 31.0 dB E WISE
Noise Margin Downstream 25.5 dB

Transmit Power (ATUR) 11.5 dBm


Transmit Power (ATUC) 18.0 dBm

Actual Negotiated Downstream Baud Rate: 608000 bps


Actual Negotiated Upstream Baud Rate: 128000 bps

6
MODEM ALCATEL PRO
Procedimento:

Verificar sempre a versão de firmware do Modem


Através da página de configuração (browser via IP-LAN 10.0.0.138) na opção
Upgrade, ou via hyperterminal (9600) digitando o seguinte comando:
software version e enter em seguida.
Ex:
=>software version
Active : Khdsaa3.253 Passive: Khdsaa3.253

Obs: Se a versão ativa do modem for KHDSAA. (132 ou 134) deverá fazer upgrade
para KHDSAA3.253 s. O software KHDSIA3. 253 já são os novos Modem’s
Thomson onde o
Default do modem e Bridge deve-se manter o mesmo.

Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através do Modem o


técnico terá que entrar em contato com o SERA onde o mesmo lhe fornecera os
valores, que tem que se aproximar dos mesmos obtidos pelo SUNRISE OU TPI.

Obs: O Modem Alcatel atualizado com firmware KHDSSA3. 253 não tem comandos
ADSL através do telnet ou hyperterminal para verificar o status do modem.

MODEM ERICSSON
Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através do Modem o
técnico deverá ir pela página de configuração (browser via IP-LAN
192.168.254.254)
Selecionar status e checar os valores obtidos que deverá ser próximo ou igual ao
SUNRISE,TPI e WISE ou entrar em contato com o SERA o mesmo fornecerá os
valores através do SND.

Valor próximo ou
igual obtido no
SUNRISE,TPI e
WISE

7
MODEM DLINK 500G
Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através do Modem o
técnico deverá ir pela página de configuração (browser via IP-LAN 10.1.1.1) login:
admin senha: admin.

Selecionar status e checar os valores obtidos que deverá ser próximo ou igual ao
SUNRISE,TPI e WISE ou entrar em contato com o SERA o mesmo fornecerá os
valores através do SND.

Para ip dinâmico entre com o endereço: http://10.1.1.1 e IP Fixo http://


IP2 do modem (gateway) entre em wan, dsl, dsl parameter.

8
MODEM DSLINK 200U/E
Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através do Modem o
técnico deverá ir pela página de configuração (browser via IP-LAN 192.168.1.1)
login: root senha: root

Selecionar status e checar os valores obtidos que deverá ser próximo ou igual ao
SUNRISE,TPI e WISE ou entrar em contato com o SERA o mesmo fornecerá os
valores através do SND.

Para ip dinâmico entre com o endereço: http://192.168.1.1 e IP Fixo http:// IP 2 do


modem (Gateway). entre em wan, dsl, dsl parameter.

9
MODEM ERICSSON 210DP
Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através do Modem o
técnico deverá ir pela página de configuração (browser via IP-LAN 192.168.1.1)
login: admin senha: admin.

Selecionar status e checar os valores obtidos que deverá ser próximo ou igual ao
SUNRISE, TPI e WISE ou entrar em contato com o SERA o mesmo fornecerá os
valores através do SND.

Para ip dinâmico entre com o endereço: http://192.168.1.1 e IP Fixo http:// IP 2 do


modem (Gateway). entre em wan, dsl, dsl parameter.

10
MODEM THOMSON ST 510
Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através do Modem o
técnico deverá ir pelo Telnet via IP-LAN (10.0.0.138) user name: enter, no prompt de
command do modem digite (Menu) enter no adsl, enter no item info enter.

Selecionar status e checar os valores obtidos que deverá ser próximo ou igual ao
SUNRISE, TPI e WISE ou entrar em contato com o SERA o mesmo fornecerá os
valores através do SND.

11
NOVOS MODEMS

HUAWEI MT800, TERRA ARX-E E, SAGEM,


ZYXEL 660R e ZTE ZXDSL 831
Para confirmar o status do sincronismo e a situação da linha através destes
Modems, Seguir o passo a passo do procedimento da apostila, Modulo I que se
encontra no CD do Técnico.

SPLITTER E MICRO FILTRO


1. Localizar o primeiro ponto na residência (a);
Efetuar as medições (ponto a);

2. Localizar o ponto de instalação do modem;


Efetuar medições no splitter (ponto b).

3. Analisar as medições entre a – b se estão de acordo.


Diferença entre a - b muito alta, retirar splitter e efetuar nova medição
a=b.
Avaliar a necessidade de efetuar a troca do mesmo. Queda de
sincronismo / perda de pacote / linha de voz baixa etc.
Verificar a quantidade de micro filtro.

Efetuar testes conforme linha 1 e 2.

4. Diferença entre a_b muita alta.

5. Retirar os micro filtro e equipamentos.

6. Efetuar nova leitura, confirmado o defeito, substituir micro-filtro por splitter.

7. Tubulação obstruída, quando o defeito for rede interna.

8. Analisar possibilidade de executar serviço externo.

9. Deixar cliente ciente que o problema esta para a rede interna e não há
possibilidade de executar o reparo.

10. Após regularização do serviço o cliente devera entrar em contato com a


telefonica para regularizar o serviço via bc.

11. Quando utilizar mais de 01 micro-filtro, devem-se usar todos do mesmo modelo e
fabricante.

12
REDE INTERNA
1. Realizar testes secionando os seguintes pontos. (PTR, caixa de passagem,
PTP e conexões das extensões).

2. Realizar os seguintes testes de medições nos pontos citados no item 1.


(atenuação, sinal/ruído, down stream, up stream e taxa de erro).

3. Verificar estado de conservação dos seguintes itens. (tomadas, fe, cci,


conectores, micro-filtros e splitter).

PORTAS NO DG
GANHE TEMPO!!!

1. Verificar :

• Bine o telefone, para constatar se é realmente o terminal que está na


porta;
• Posição do terminal no SND
• Conexões do jumper na porta, lic e cabo/par.
• Modulo protetor deve ser npn 6x.

2. Teste :
• A fonia para garantir a parte de voz na funcionalidade do circuito;
• Medições na porta verificando as condições adequadas para garantir o
funcionamento.
• Medições com o simulador de carga.
• Navegação com o modem e notebook, verificando sempre a taxa de
download.
• Diagnóstico com o sera.

ALT-PRO / ALT-PED O SERA NÃO ATENDE CONTATAR CENTRO DE


GERENCIA
(0800-805454 OPÇÃO 3)

13
PREMISSAS PARA CHAMADAS AO SERA
1. SEM SINCRONISMO/QUEDA DE SINCRONISMO/SEM TOM DE
LINHA DADOS OK

• Após efetuar check – list externo e deslocar-se até o DG


• Conferir posições no DG e binar à linha
• Abrir entrada / saída na porta e efetuar medições de teste de voz
• APÓS CONFIRMAR DEFEITO CHAMAR O SERA

2. NÃO NAVEGA / NÃO CONECTA (NO CLIENTE)

• Efetuar medições
• Conferir posições no DG e binar à linha
• Realizar check – list no modem trocar o modem para teste utilizando
modem próprio
• Efetuar teste de ping no ip 2 gateway
• Efetuar teste de ping DNS telefonica
• Não responder ao teste do ping chamar o sera

3. SEM DISPOSITIVO / NÃO ABRE PORTAL (NO CLIENTE)

• Efetuar medições
• Conferir posições no DG e binar à linha
• Check – list modem trocar o modem para teste utilizando modem
próprio
• Caso seja IP fixo efetuar logof
• Efetuar teste com notebook se estiver ok, defeito para máquina do cliente.
• CASO NÃO ABRA O DISPOSITIVO DO NOTEBOOK, CHAMAR O
SERA.

4. LENTIDÃO

• Testar com notebook no DG


• Estando ok no DG realizem o check – list externo e interno
• Confirmada a lentidão chamar o sera
• Obs: na ausência de notebook efetuar teste através da máquina do
cliente.

OBS:
1) Todos os atendimentos feitos com clientes, com reclamação de SEM
SINCRONISMO antes da abertura do BD o SERA efetuam fechamento do perfil a
fim de obter o sincronismo, portanto não tem necessidade do técnico ligar para o
SERA antes de verificar o porquê da falta de sincronismo;

14
Instrução Operacional de Instalação e
Reparo ADSL Telefonica
Página 15 Janeiro / 2006

2) Alteração de perfil em caso de sem sincronismo no Cliente, o Técnico devera


chamar do ponto onde tem sincronismo;

3) Informações sobre facilidade (posição DG, porta, etc.) o Técnico devera chamar
no Despacho.

“A QUALIDADE DO SERVIÇO EXECUTADO


DEPENDE DO COMPROMISSO DE CADA UM”

“CHECK LIST BEM REALIZADO GARANTE O


SERVIÇO E A SATISFAÇÃO DO CLIENTE”

15

Diretoria de Serviços Especiais e Banda Larga