Você está na página 1de 6

INSTRUMENTAO

Gs de Arraste
Fase Mvel em CG: NO interage com a amostra - apenas a carrega atravs da coluna. Assim usualmente referida como GS DE ARRASTE

Requisitos:
INERTE No deve reagir com a amostra, fase estacionria ou superfcies do instrumento.

PURO Deve ser isento de impurezas que possam degradar a fase estacionria.
Impurezas tpicas em gases e seus efeitos:

H2O, O2 hidrocarbonetos

oxida / hidroliza algumas FE incompatveis com DCE rudo no sinal de DIC

INSTRUMENTAO
Gs de Arraste

Requisitos:
CUSTO Gases de altssima pureza podem ser muito caros.
A = 99,995 % (4.5) B = 99,999 % (5.0) C = 99,9999 % (6.0)
CUSTO

C B A
PUREZA

COMPATVEL COM DETECTOR Cada detector demanda um gs de arraste especfico para melhor funcionamento.
Seleo de Gases de Arraste em Funo do Detector:

DCT DIC DCE

He , H2 N2 , H2 N2 (SS), Ar + 5% CH4

Alimentao de Gs de Arraste
Componentes necessrios linha de gs:
controladores de vazo / presso de gs

INSTRUMENTAO

dispositivos para purificao de gs (traps)


3 6

4
2 1

1 - Cilindro de Gs 2 - Regulador de Presso Primrio 3 - Traps para eliminar impurezas do gs 4 - Regulador de Presso Secundrio 5 - Regulador de Vazo (Controlador Diferencial de Fluxo) 6 - Medidor de Vazo (Rotmetro) Nota: Tubos e Conexes: Ao Inox ou Cobre

Dispositivos de Injeo de Amostra


Os dispositivos para injeo (INJETORES ou VAPORIZADORES) devem prover meios de introduo INSTANTNEA da amostra na coluna cromatogrfica
Injeo instantnea:
t=0

INSTRUMENTAO

t=x Injeo lenta: t=0

t=x

Injetor on-column Convencional


1 2

INSTRUMENTAO

3
4

1 - Septo (silicone) 2 - Alimentao de gs de arraste) 3 - Bloco metlico aquecido 4 - Ponta da coluna cromatogrfica

Injeo on-column de lquidos

INSTRUMENTAO

1 - Ponta da agulha da microseringa introduzida no incio da coluna. 2 - Amostra injetada e vaporizada instantneamente no incio da coluna. 3 - Plug de vapor de amostra forado pelo gs de arraste a fluir pela coluna.