Hélder Reis Inocêncio

,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

NOVA RELIGIÃO DO NOME CERTO DE DEUS
INTRODUÇÃO, Deus não tem nenhum compromisso público, com o Seu Nome no que diz respeito a uma forma correcta de se O expressar. Se não vejamos: Ele É Pai e nós somos filhos; quando é que um Bom Pai vai negar atender o pedido de chamado à Sua atenção, por um filho (bebé, criança espiritual), que mal sabe dizer o Seu Nome?! Um Deus assim, que só responde aos filhos quando estes dizem perfeita e ascéticamente o Seu Nome (seja escrito como também com a expressão fonética exacta no hebraico), não é um Deus d'Amor, mas sim um carrasco espiritual e emocional dos Seus filhos. O Deus Altíssimo, Criador de Todas as Coisas e Pai dos Espíritos não é assim. Esse deus que só ouve os filhos se a condição for o seu nome ser bem dito, não O Único e Verdadeiro Deus. Deus é Deus e não é um Homem que imponha este tipo de legalismo. Não é quem usa, nem como usa o Nome, é quem O conhece a quem Ele atende. Deus sabe quem Ele É, nós é que não sabemos quem somos e pouco também sabemos acerca d'Ele para que alguns se ponham a criar estas novas prisões religiosas, de que só há uma maneira certa para se dirigir a Deus e usar O Seu Nome. Deus não É um Nome. Deus é O Absoluto Amor. Ir atrás deste novo vento de doutrina, trata-se de coisa de e para imaturos - verdadeiros meninos, crianças espirituais. O mesmo se passa também, com a questão do Nome "certo" de Jesus no Seu original.
1

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

Você nem ninguém, necessita de se dirigir de forma tão protocolar a Deus, visto que Ele É Pai, e nem mesmo a Jesus, visto O Messias ternos dito que É nosso amigo e irmão. Deus/Jesus não é um baal nem um deus, para que O comparem a um ídolo que só através de uma imposição protocolar e rigorosa é que nos podemos dirigir e ser ouvidos por Ele. Permanecer nesta crença, é reduzir Deus a uma "coisa", a uma divindade na verdade asquerosa, tendo em conta esta idiotice espiritual imposta e defendida pelos novos Judaizantes. Será que com tanto perfeccionismo, nos esquecemos que Deus É Omnisciente - Ele já sabe o que vamos falar, antes mesmo até de abrirmos as nossas bocas?! Se Deus é um deus que para atender alguém, exige ou demonstra precisar como condição que o pedinte a Ele se dirija com a pronúncia correcta do Seu nome, então esse deus não é Deus mas sim um diabo, pois O Pai dos Espíritos não é burocrático e injusto, quanto a esses aspectos, como se valorizasse o exterior demonstrado pelo inteligente e instruído em detrimento da sinceridade do coração de um inculto, a qual é oculta aos olhos dos Homens, mas que só Ele conhece e consegue ver. Deus, importa-se é com o coração do Homem e não com a fonética correcta, senão nem os mudos ou gagos poderiam acalça-Lo e a Ele dirigir-se - "...o SENHOR não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o SENHOR olha para o coração." 1º Blog de Samuel, capítulo 16 verso 7

2

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

QUESTÃO LINGUISTA NA VERDADE É UMA FALSA-QUESTÃO, É claro que a tradução do nome Jesus e Deus (na fonética e linguística original), para uma outra qualquer língua "estranha", pode dar um qualquer outro significado (cavalo, zeus, etc.), mas assim acontece com outro qualquer nome traduzido de uma língua original para outra, e isso não quer dizer que o nome original se tenha tornado maldito, blasfemo, etc. Maldito e blasfemo são as pessoas. Não compreender isto, revela uma insegurança a um nível mais profundo - o relacional; ou estamos seguros de com quem nos relacionamos espiritualmente ser O Deus Altíssimo, ou não. Há que se ter sabedoria de Deus pelo Seu Espírito em nós, para se saber discernir estas coisas, e não levar-se tão à letra (legalismo) estas questões que NADA têm a ver com o que O Messias ensinou, mas só descentram-se do conteúdo da Sua mensagem. Não existe sequer nenhuma referência, por mínima que seja onde Deus ou Jesus, tenham imposto o legalismo ascético de que para nos dirigirmos à Divindade, o teríamos de fazer usando a forma de conjugação "y" ou "x" do Seu Nome. O Tetragrama “Sagrado” YHVH ou YHWH (mais usado), (‫יהוה‬, na grafia original, o hebraico), refere-se ao nome do Deus de Israel em forma escrita já transliterada e, pois, latinizada, como de uso corrente na maioria das culturas atuais. A forma da expressão ao declarar o nome de Deus YHVH (ou JHVH na forma transliteral) deixou de ser utilizada há milhares de anos na pronúncia correta do hebraico original (que é declarada como uma língua quase que completamente extinta).

3

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

As pessoas perderam ao longo das décadas a capacidade de pronunciar de forma satisfatória e correta, pois a língua precisaria se curvar (dobrar) de uma forma em que especialistas no assunto descreveriam hoje em dia como impossível de ser pronunciada. Originariamente, em aramaico e hebraico, era escrito e lido horizontalmente, da direita para esquerda ‫ ;יהוה‬ou seja, YHVH. Formado por quatro consoantes hebraicas — Yud ‫ י‬Hêi ‫ ה‬Vav ‫ ו‬Hêi ‫ה‬ ou .‫יהוה‬ O Deus que É Espírito e se manifestou desde o principio do Mundo, nestes últimos dias personificou-se em Jesus O Messias como Filho e o próprio Messias O apresentou como Pai, logo não tem qualquer problema ou prerrogativa quanto ao soletrar-se correctamente o Seu Nome, visto que Ele anseia por relacionamento profundo, de tal maneira que se revelou no Seu Filho como O Pai d'Amor. O Seu Santo Nome de outrora (santo - separado), tornou-se O Emanuel (Deus connosco), que agora é próximo. Deixou de ser «Separado» e hoje está Junto, Connosco - unido e próximo a nós. Toda a barreira e separação, existente no passado em relação à Humanidade, em Jesus deixou de existir. Este é O Deus Pai a quem você se deve dirigir, livre e despreocupadamente, tal como você é e está. Não condeno nem critico quem queira usar só o nome original, rejeito é totalmente essa imposição sobre os outros, que têm consciência do Absoluto Deus e com Ele se relacionam por meio do Messias, mesmo que usem o nome Cristo, Jesus, etc.

4

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

O caminho da busca pela verdade e vivência na mesma (Jesus), nos leva ao Pai - à intimidade com Ele, e não à expressão correcta do Seu nome, por isso quem chama-Lo de "cavalo" ou de "sol", desde que tenha a consciência de quem Ele É (Deus Pai, Absoluto Senhor; Excelso Criador), e siga mesmo que inconscientemente os ensinos do Messias, está no bom caminho e O próprio Deus lhe mostrará a Sua Salvação (LerSalmo 50:23). Não devemos, nem podemos pesar ninguém, tirando a sinceridade e a simplicidade da sua busca.

5

RE-INVENTANDO RELIGIÃO COM NOVOS LEGALISMO, Isto parece-me nada mais que uma nova religião; como se Deus deixasse de responder às orações sinceras de alguém, que pura e simplesmente possam até nem saber O Seu nome. Como ficariam então os mudos?! Como não falam, não dá para dizerem nem certo ou errado o nome de Deus ou do Messias, como tal segundo essa Nova Religião do Nome Certo d'Deus, se a pessoa não usar o nome "certo", Deus não ouve, ou sente-se agredido. O problema da religião, não tem a ver com a pronunciação do nome absolutamente correcto e conforme com a cultura hebraica, mas sim com ensino divorciado do Evangelho por parte destes - a Pessoa de Deus encarnada em Jesus/Emanuel/Yeshua, o qual é O Caminho, Verdade e Vida para termos intimidade com Deus Pai. Poderiam até chama-Lo de batata caso tenham a consciência n'Ele do Absoluto, porque não é o Nome que tem poder, mas sim a Pessoa.

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

Crer em Jesus/Messias/Yeshuah ou como quiserem chamar-Lhe, não é crer num nome, não é crer numa figura histórica, não é crer numa «historiazinha» sobre alguém divinamente fabuloso que passou neste Mundo; é crer de fato nas Suas palavras de vida eterna e viver conforme os Seus ensinos e exemplo de vida. Resumindo é aprender privando com Ele em intimidade, e crer n'Ele é incorporá-lo dentro em nós e não nas nossas bocas! Seja quando chamas ao Criador de Deus, Yeshua Meshiach, YHWH, Messias, Jesus, Emanuel, O Verbo ou O Logos (Blog de João, capítulo 1 versos 1 e 2), visto que ambos são um - "Eu e o Pai somos Um...", disse Jesus (Blog de João, capítulo 10 verso 10), o que interessa é que se tiveres fé (Blog aos Hebreus, capítulo 11 verso 6), independentemente de usares o Nome correcto, saibas quem Ele É independente de como tu O chames. Existindo sinceridade e verdade no teu Coração, O Altíssimo irá ouvir-te, receber-te e responder-te às tuas orações; isto sim, é o que é mais importante. Mais, se Deus estivesse preocupado ou exigisse que a Ele nos dirigíssemos, chamando-O pelo Nome certo, decerto que Ele não encontraria força na boca da crianças e dos bebés que mamam e por isso nem sequer ainda falam, como a bíblia testemunha. Vejamos: "Tu ordenaste força da boca das crianças e dos que mamam, por causa dos teus inimigos para fazer calar ao inimigo e ao vingador." Blog dos Salmos de David, capítulo 8 verso 2; Acho um excesso judaizante esta questão e considero-a até como uma falsa-questão, pois O Messias não veio revelar o nome, mas a Pessoa de Deus - O Pai (Blog de Lucas , capítulo 10 verso 22; Blog de João, capítulo 14 verso 6).
HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

6

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

Não é o nome que salva, é a pessoa. É uma falsa questão na medida em que a construção do nome YHWH tem como a expressão fonética de um sopro, porque o cerne da questão não está no símbolo/nome, mas no temor e amor à Pessoa. Curioso é de se confirmar, que a palavra "espírito" e "vento", na linguística Hebraica é exactamente a mesma - "Ruah", ou seja o Nome de Deus por Ele mesmo dado a Moisés, refere-se a quem Ele É - "Ruah". "Ruah" é uma palavra hebraica que indica sopro de vida, vento, o movimento do ar, hálito, ou o espírito. Nas escrituras hebraicas “ruah elohim” é o vento criativo de Deus. A palavra espírito designa na Bíblia diversas realidades. Pode ser vento ou sopro (Ler Êxodo 14:21; João 3:8). Pode ser o alento da vida que Deus infunde no homem (Ler Génesis 2:7; Mateus 28:19). Em hebraico "Ruah", em grego "Pneuma" e em latim "Spiritus", de onde temos a palavra Espírito em português. "Deus é Espírito..." disse-nos Jesus, relatado pelo Apóstolo João no Evangelho de João, capítulo 4:24. Somos nós seres Humanos, que respondemos por estímulos auditivos; Deus é Espírito e quem a Ele clama, mesmo que expressando o Nome de forma ou maneira incorrecta, Ele sabe quem é que O está a buscar. Ele conhece o coração do que clama. Não O podemos comparar ao homem - quem é o Homem para que compare Deus a uma criatura caída e limitada como se O Altíssimo tivesse os mesmos "atributos" que o ser-humano tem!?

7

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

A QUEM É QUE DEUS DIZ QUE CERTAMENTE NÃO OUVIRÁ,  Quem permanece no erro, após ter sido alertado - "Deus ouvirá, e os afligirá. Aquele que preside desde a antiguidade (Selá), porque não há neles nenhuma mudança, e portanto não temem a Deus." Salmos 55:19;  Quem procede de forma incorrecta e injusta - "Então clamarão ao SENHOR, mas não os ouvirá; antes esconderá deles a sua face naquele tempo, visto que eles fizeram mal nas suas obras." Miquéias 3:4;  Quem vive uma vida de pecado consciente de que está errado - "Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça." Isaías 59:2;  Quem não é humilde e vive em vaidade - "Certo é que Deus não ouvirá a vaidade, nem atentará para ela o Todo-Poderoso." Jó 35:13 Todos aqueles(as que se dedicam a esta questão do Nome Certo d'Deus, claramente também precisavam estudar um pouco sobre o método de tradução, para perceberem que não é só a letra que se tenta traduzir mas também a fonética. A tradução, conjuga sempre a escrita com a fonética, e que por isso nunca será exactamente igual ao original - nem tem sequer de ser. Tem é de ser de forma a que a cultura que a receba, tenha a mensagem de forma a entender. O que interessa são Os ensinos que Deus e Jesus nos deram para guardarmos. Ele(s nada disseram sobre a obrigatoriedade de a Ele(s nos dirigirmos usando o nome certo, mas de: Todo Coração, Toda Alma e Todo o Entendimento. Quem quer usar o nome no original Hebraico, que use.
HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

8

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

Quem não quer usar, que não seja condenado por quem não usa, visto que isto trata-se de uma falsa questão. Deus É Espírito e não um Nome, com letras cujo abecedário é finito para que O possa encaixotar num conjunto de letras mesmo que repetidas ao infinito. O que mais importa aos Povos é entender o sentido do Evangelho da Graça e da Revelação do Amor do Pai a nós, pelo Seu Filho. Isto sim, é o que nos devemos concentrar em saber e viver! Para existir equilíbrio e bom-senso na desconstrução da religiosidade, afim de se encontrar e permanecer na verdade, devese contemplar o examinar tudo e não o colocar tudo em causa. Na ânsia de se retornar ao Evangelho, na atitude correcta de desconstruir o cristianismo como religião e religiosidade (construída e instituída por homens, não por Deus/Jesus), cometem-se alguns excessos, por quase tudo colocar em causa; quanto à transliteração "tradutiva" correcta do nome Yeshua (hebraico), por meio do Aramaico (Ieshu), e depois para a língua e cultura grega é realmente "Esous" o que depois na linguística do Latim fica como "Iesvs" e "Jesus" para o Português. É normal e pacífico, efectuar-se a tradução de nomes para que a cultura que o recebe, entenda o seu significado original, pois no original a cultura adoptiva não o entenderia. Se a asseveração da questão do nome tem de estar ligada à linguística e cultura hebraica, então também a cultura hebraica em termos de religiosidade deve ser adoptada - ora isto nada tem a ver com o que Jesus veio instaurar como Reino, o qual é de Deus e não de uma religião ou cultura Humana.
HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

9

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

Deus Pai por Ser Espírito, só pode ser alcançado e adorado em Espírito e em Verdade, disse Jesus. Assim como O Amor, não há como experimentar profundamente a verdadeira espiritualidade, pela via da burocratização de leis e sistemas construídos por mãos Humanas! "...um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus." Blog dos Salmos de David, capítulo 51 verso 17 Creio que a defesa desta falsa questão, leva-nos a anular a nossa própria identidade cultural e linguística, que nem Deus ou Jesus alguma vez pretenderam anular ou desprezar. Toda esta questão, relacionada com o "correcto" nome de Jesus, que obviamente no Hebraico é "Yeshua", para mim é pacífica, que os hebreus e Judeus usem esse nome e pronunciação hebraica, mas agora impor a expressão cultural hebraica aos outros povos, isso não, não é de todo "evangélico" - isso é Sionismo. Inclusivamente, a afirmação arrogante de que a tradução mais correcta do nome para o Grego ou Ocidental, ser uma blasfémia, nada mais é que um excesso e engano por parte dos Judeus Messiânicos e dos Messiânicos Gentios, pois o Pai encontra-se No e pelo Espírito pela sinceridade de coração na Sua busca, e não porque se usa um nome mais correcto que outro. Eu vivo pela Graça da Pessoa e não pelo legalismo em relação ao Seu nome. A letra mata mas o espírito vivifica. Lembram-se!?

10

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

"Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adopção de filhos, *pelo qual clamamos*: Aba Pai (Paizinho)."Blog de Paulo aos Romanos, capítulo 8 verso 15; "Disse Filipe a Jesus: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai?!"Blog de João, capítulo 14 versos 8 e 9

11

RESUMINDO, O Nome de Deus não se trata de um conjunto de letras, nem Se O alcança pela verbalização fonética ou linguística correcta do Seu Nome. A preocupação exacerbada com a formula correcta, inferioriza-O devido à excessiva preocupação com o formato, isto porque a linguística humana é limitada. O Nome de Deus é quem Ele É - Amor. A "maneira" como se O busca, alcança e nos devemos dirigir nada tem a ver com a forma como pronunciamos o Seu Nome, onde estamos e como estamos, mas como o fazemos em termos da sinceridade de coração - "Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência..." Blog aos Hebreus, capítulo 10 verso 22; "...os fariseus, ouvindo que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se no mesmo lugar. E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento." Blog de Mateus , capítulo 22 versos 34 a 37
HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

O Deus que se revelou a Abraão como sendo o Único Deus, foi O mesmo que se revelou a Moisés como sendo o YHWH (O que Era, O que É e O que sempre Será), tendo-se por último revelado à Humanidade por meio de Jesus como Pai o qual nos explicou que a Sua essência e natureza É Amor. Como tal, até o próprio Deus simplificou a questão do Seu Nome, passando do "simples" Sopro (YHWH - experimente pronunciar e verá que o resultado lhe irá parecer ser um sopro de inspiração e expiração; movimento interno e externo, de encher e esvaziar), para O Pai de Amor de toda Criação e Entes Espirituais por Ele criados. Invocar o Nome do Senhor em vão, é falar d'Ele, ensina-Lo e vivê-Lo de forma que a essência dessa vivência, crença e conceito, transmitam uma identidade incorrecta - que não seja a verdadeira essência de Deus. O Nome É no sentido da identidade, da essência, do significado, da pessoa Divina e não do invocar de letras ou utilizar das leis correctas gramaticais e semânticas! Considero então, e para finalizar que este excesso de zelo se conclui numa idolatria à expressão correcta do Nome, como se Deus não avaliasse e considerasse mais a motivação com que Se O busca, mas sim a formula correcta com que se O expressa. Se ao contrário disto, assim fosse, então como é que os surdos O conheceriam se não o conseguem ouvir para correctamente verbalizar, e como é que os gagos na sua gaguês O poderiam sequer achar?! Estes últimos pela sua gaguês, ficariam numa eterna suspensão imposta por esse deus, até que essa divindade ouvisse o seu nome. Se num coração humano repleto de amor todos cabem, quantos caberão no «coração» paternal de Deus Pai?!
HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «

12

Hélder Reis Inocêncio,
OVELHA DESPROTOCOLADA EM TEOPRAXIS SIMPLIFICADA

Todos e mais alguns - sejam os que verbalizam correctamente, como aqueles que não se dirigindo ao Pai dos Espíritos O Altíssimo Criador, contudo O buscam em verdade e sinceridade de coração - "Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração." E serei achado de vós, diz o SENHOR..." Blog do Profeta Jeremias, capítulo 29 versos 11 a 14

13

por,

Hélder Reis Inocêncio
NOTA DO AUTOR, 1) Não são permitidas alterações ou modificações aos textos; 2) A reprodução de excertos é permitida em páginas web ou quaisquer outros conteúdos, desde que a reprodução não tenha fins lucrativos; 3) Em caso de reprodução parcial ou total, será SEMPRE exigida a presença do link da minha página de autor, a saber » http://helderinocencio.tk « e que o autor seja informado dos locais onde os mesmos estão ou foram reproduzidos; 4) Será necessário ainda, o envio de email de uma cópia dos conteúdos onde frases ou porções deste texto, para que o autor tenha conhecimento dos contextos em que foram utilizados; 5) Todos os direitos de autor foram doados por Hélder Reis Inocêncio, à PROTOCOLOZERO Associação.

HÉLDER REIS INOCENCIO - A Ovelha Desprotocolada em Teopraxis Simplificada » http://facebook.com/ovelhadesprotocolada | http://helderinocencio.tk «