Você está na página 1de 3

FUTURISMO

Filippo Tomaso Marinetti procurava a expresso artstica da


modernidade, ao apresentar a dinmica da forma e do pensamento do
novo sculo. Defendia o rompimento com o passado artstico e
evocava o glorioso mundo moderno da velocidade, da violncia e da
guerra.
Introduo
O futurismo foi um movimento literrio e artstico iniciado em 1909.
Foi Felippo Marinetti, poeta italiano, quem comeou este movimento
com a publicao do Manifesto Futurista. le fe! parte da primeira
van"uarda futurista.
Caractersticas do Futurismo:
# $esvalori!ao da tradio e do moralismo%
# &alori!ao do desenvolvimento industrial e tecnol'"ico%
# (ropa"anda como principal forma de comunicao%
# )so de onomatop*ias +palavras com sonoridade que imitam
rudos, vo!es, sons de ob,etos- nas poesias%
# (oesias com uso de frases fra"mentadas para passar a ideia
de velocidade%
# (inturas com uso de cores vivas e contrastes. .obreposio
de ima"ens, traos e pequenas deforma/es para passar a ideia
de movimento e dinamismo%
Futurismo na Itlia
Foi em territ'rio italiano que o futurismo "an0ou "rande
notoriedade. O fascismo italiano teve "rande influ1ncia neste
movimento artstico na 2tlia.Os principais artistas plsticos
futuristas italianos foram 3ui"i 4ussolo, )mberto 5occioni e
6arlo 6arr.
Futurismo na Rssia
O movimento futurista russo recebeu forte influ1ncia do
socialismo, principalmente ap's a 4evoluo 4ussa de 1917.
O "rande e8poente da poesia futurista russa foi o poeta
&ladimir Maia9ovs9i, que fe! uma li"ao entre a arte e o
povo.
Futurismo no Brasil
:o 5rasil, o futurismo teve "rande influ1ncia na produo
artstica de artistas li"ados ao movimento modernista. ;nita
Malfatti e Os<ald de ;ndradeentraram em contato com
Marinetti e seu Manifesto Futurista. Muitas ideias e conceitos
futuristas foram incorporados =s obras destes modernistas
brasileiros. (ode#se observar estas influ1ncias na .emana de
;rte Moderna de 19>>.