Você está na página 1de 6

Lngua Portuguesa

Ficha de trabalho
O texto potico
1. L o texto com ateno:
Brinquedo
Foi um sonho que eu tive:
Era uma grande estrela de papel,
Um cordel
Um menino de bibe.
O menino tinha lanado a estrela
Com ar de quem semeia uma iluso;
E a estrela ia subindo, azul e amarela,
Presa pelo cordel sua mo.
Mas to alto subiu
Que deixou de ser estrela de papel.
E o menino, ao v-la assim, sorriu
E cortou-lhe o cordel.
Miguel Torga, Poesia completa, Dom Quixote
Compreenso do texto
1. Traa e classifica o esquema rimtico: ___________________________
2. Faz a contagem das slabas mtricas do primeiro verso de cada estrofe.
___________________________________________________________
3. Com ar de quem semeia uma iluso (l.6)
Como interpretas este verso? _________________________________
___________________________________________________________
4. Identifica o recurso estilstico presente no verso anterior: ___________
__________________________________________________________
5.

Tenta explicar o sentido da ltima estrofe. _______________________

___________________________________________________________
6. Comenta o ttulo do poema. ____________________________________

___________________________________________________________

Produo escrita
1.

E tu, j experimentaste lanar um papagaio de papel? Como te sentiste?

___________________________________________________________
___________________________________________________________
___________________________________________________________
___________________________________________________________
___________________________________________________________
2. Agora, l o seguinte poema:

Eu gostava de saber
escrever bem
para dizer tudo o que
sinto
sem filosofias
sem metforas
difceis
para que o mundo
soubesse
que os poetas nascem
todos os dias.
Thereza de Barros
(indito)

2.1 Os poetas nascem todos os dias . O que para ti ser poeta?


Redige um pequeno poema
Ser poeta

2.1

Tambm Florbela Espanca, uma grande poetisa nascida em Vila Viosa


(1894-1930), se questionou sobre este assunto.

Queres saber o que escreveu?


Ento ouve esta cano e procura completar o seu poema:

Ser Poeta
Ser poeta ser mais alto, ser __________
Do que os homens! ________como quem beija!
ser ______________e dar como quem seja
Rei do Reino de quem e de Alm_________!

ter de mil _______________o esplendor


E no saber sequer que se______________!
ter c dentro um astro que____________,
ter garras e ____________de condor
ter fome, ter sede de__________________!
Por elmo, as manhs _____________e de cetim...
condensar o mundo num s_____________!

E amar-te, assim,________________...
seres alma, e sangue, e _____________em mim
E diz-lo _________________a toda a gente!

Florbela Espanca

Ser Poeta

Ser poeta ser mais alto, ser maior


Do que os homens! Morder como quem beija!
ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de quem e de Alm Dor!
ter de mil desejos o esplendor
E no saber sequer que se deseja!
ter c dentro um astro que flameja,
ter garras e asas de condor!
ter fome, ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhs de oiro e de cetim...
condensar o mundo num s grito!
E amar-te, assim, perdidamente...
seres alma, e sangue, e vida em mim
E diz-lo cantando a toda a gente!
Florbela Espanca