Você está na página 1de 24
O Documentário INTRODUÇÃO À LINGUAGEM AUDIOVISUAL PROF. DR. WESLEY PEREIRA GRIJÓ

O Documentário

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM AUDIOVISUAL

PROF. DR. WESLEY PEREIRA GRIJÓ

CONTEXTOS PARA A PRODUÇÃO

ESTRUTURA BÁSICA

depoimentos/entrevistas;

voz ’over’ explicativa.

ficção

ficção não-ficção

não-ficção

BILL NICHOLS (2005)

Documentário não é uma

simples reprodução da

realidade, mas sim uma

representação dela:

Representa uma determinada visão do mundo, uma visão com a qual talvez nunca tenhamos deparado antes, mesmo que os aspectos do mundo nela representados nos sejam familiares. (NICHOLS, 2005:

47-48)

BILL NICHOLS (2005)

Há os documentários:

1) de satisfação de desejos; 2) documentários de representação social.

1) o primeiro modelo é entendido

como os filmes de ficção;

2) lida com a informação

referencial - não ficcionais, ou seja,

aqueles de caráter mais

jornalístico;

TIPOS DE DOCUMENTÁRIOS

TIPOS DE DOCUMENTÁRIOS

MODO EXPOSITIVO

preocupa-se com a defesa de

argumentos,

tem como marca diferencial a

objetividade; procura narrar um fato de maneira a manter a continuidade da argumentação; casamento: dito + mostrado.

MODO POÉTICO

evidencia a subjetividade;

Preocupa-se com a estética; valorização dos planos e das impressões do documentarista; pode-se usar poemas e trechos de obras literárias.

MODO OBSERVATIVO

capta a realidade tal como aconteceu;

evita qualquer tipo de interferência (falseamento da realidade);

registro dos fatos sem que o documentarista e sua equipe

sejam notados;

pouca movimentação de câmera;

trilha sonora quase inexistente;

não há narração;

cenas devem falar por si.

MODO PARTICIPATIVO

mostra a participação do

documentarista e sua equipe;

sujeito ativo no processo de

gravação/filmagem;

aparece em conversa com a equipe

e provoca o entrevistado para que

este fale.

MODO REFLEXIVO

deixa claro para o telespectador quais

foram os procedimentos da filmagem;

evidencia a relação estabelecida entre

o grupo filmado e o documentarista;

nota-se como é a reação do grupo

pesquisado diante da câmera e do seu realizador.

MODO PERFORMÁTICO

caracteriza-se pela subjetividade e

pelo padrão estético adotado;

utilizando as técnicas

cinematográficas de maneira livre;

filmes de vídeo-arte e cinema

experimental e vanguarda.

ETAPAS DA PRODUÇÃO

Pesquisa;

Pré-roteiro;

Entrevistas focadas;

Edição.

Hampe (1997)

Pesquisa e planejamento;

Visualização; Organizar a estrutura do documentário;

Redigir o texto.

Pesquisa e planejamento

Visualização

A ESTRUTURA DO DOCUMENTÁRIO

O começo: o ponto

antes do qual nada

precisa ser dito

O meio: a

apresentação das

evidências

O final:

resolvendo o

conflito

Referências

HAMPE, Barry. Making documentary films and reality videos. New York: Henry Holt and Company, 1997.

NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário.

Campinas: Papirus, 2005.