Você está na página 1de 12

Nem Só de Marketing...

Postura e comportamento no mundo corporativo

Introdução

1) Preocupar-se com etiqueta e normas de conduta era coisa de gente esnobe e arrogante, até pouco tempo
atrás. 2)No mundo atual, não basta ter vasto conhecimento teórico para se dar bem nos negócios, tbm é preciso ter
traquejo em amizades (carisma), postura, bons hábitos, rede de relacionamentos preciosa, ou seja, saber se
relacionar. 3) É importante que haja confiança de ambas partes para fechamento de um negócio, adquirida de um
relacionamento exterior ao meio de trabalho. 4) Algumas habilidades sociais são importantes para ter sucesso
profissionalmente.

Pontualidade

1) A falta de pontualidade dos brasileiros é conhecida no exterior. Atrasos no Brasil são tratados com
indiferença, já nos outros países é inaceitável (sinal de mau negócio). 2) É importante sair para reuniões, encontros de
negócio, com 30 minutos de folga, prevendo quaisquer problemas resultantes de atrasos, como problemas no trânsito.
É melhor chegar cedo do que tarde. Se o atraso for excepcional ligue para avisar o atraso ou para remarcar. 3) Tbm é
necessário definir o grau de importância da reunião. Se possível substitua a reunião por e-mails, telefonemas,
videoconferências.

Prepare-se para congestionamentos

1) Além do congestionamento no trânsito, congestionamentos na recepção ou no estacionamento do local tbm


são causadores de atrasos. 2) Como visitante, checar o local exato, o melhor caminho, referências do local, a
existência ou não de estacionamentos. 3) Como anfitrião, pedir a uma pessoa de confiança para recepcionar os
convidados, enviar antecipadamente a lista dos convidados, pagar estacionamento. 4) Ao fim das reuniões é elegante
acompanhar os convidados, pelo menos, até o elevador, causando boa impressão aos convidados.

A pontualidade não é uma obrigação só do visitante

1) É preciso adiar atendimentos a telefonemas e pessoas durante uma reunião. 2) Se tiver outras reuniões,
avisar ao convidado para abreviar a conversa. 3) Traçar estratégias de fuga, frente a pessoas prolixas. 4) Em
seminários e conferências, é preciso cumprir os horários fixos à risca.

Compromissos

1) Sendo pontual, exige-se pontualidade, depois de um atraso do anfitrião, levante-se, vá embora e diga que
perdeu um tempo precioso e espere as desculpas; 2) Se a reunião for importante, entre em contato com o atrasado,
se culpando pelo atraso;

Não vai dar... Desmarcar em cima da hora, só se for uma emergência

1) É importante saber desmarcar reuniões, com pelo menos 1 dia de antecedência; 2) Alternativa: substituir
por um colaborador do mesmo nível ou outra pessoa interada do assunto, contato ao anfitrião à possibilidade; 3) Se a
reunião não se fizer mais importante, é melhor cancela-la para não perder tempo e ser sincero ao cancelar.

Antes de cancelar um compromisso, pense bem

1) O custo de cancelar às vezes é maior que o de remarcar; 2) Nunca despreze um contrato, nem tenha
preconceitos. 3) “Bons negócios podem surgir da forma mais inesperada.”

E como filtrar os inconvenientes?

Não deixe que outros o façam por vc.

E quando o cancelado é vc?

1
1) É melhor esquecer. Se realmente for importante, investigue a causa do cancelamento com terceiros.

Levei um cano

Quando um convidado falta, não faça cobranças; apenas diga que ele fez falta na reunião.

Ninguém me ama

1) Investigue indiretamente o motivo porque vc não foi convidado. 2) Diretamente, pode ser maléfico a vc ou
ao anfitrião.

Quantas reuniões vc consegue fazer em um só dia?

1) No máximo, três de manhã e três à tarde. 2) Mais que isso torna-se improdutivo. 3) Previna dificuldades de
chegar aos locais determinados, em viagens. Cheque antecipadamente. 4) É recomendável reservar um dia na
semana para resolver problemas no escritório, o corre-corre da semana pode atrapalhar o fluxo. 5) Tbm reservar a
parte do dia em que é mais produtivo para realizar tarefas que exijam maior atenção.

Não abuse da memória

1) Agenda, caderninhos, celular: use a forma que achar mais eficiente para anotar compromissos, boas idéias,
e outras coisas que mereçam ser anotadas.

Reuniões

Café-da-manhã

Reuniões durante o café-da-manhã são idéias para se tratar de assuntos direcionados, tendo-se a vantagem
de encontrar as pessoas mais relaxadas.

Almoço

Não são aconselháveis reuniões durante o almoço. São idéias para estreitamentos pessoais. Essas podem
atravancar o dia e serem improdutivas.

É melhor evitar bebidas alcoólicas durante os almoços de negócios

Bebidas causam mal-estar para o resto do dia. Deve-se utilizar apenas em brindes.

Drinques

Ideais para quem possui agenda cheia ou quando se está viajando. Evitando-se assim maiores deslocamentos.
Neles alia-se o trabalho e o lazer.

Jantar

1) Tbm ideais para estreitar relacionamento. 2) Reuniões serão improdutivas, já que as pessoas querem ir
para casa descansar de um longo dia de corre-corre. 3) Jantar entre estrangeiros, uns devem comunicar o que não
comem, respeitar os seus fusos horários, o cansaço das viagens, alivie nos pratos exóticos; evita-se assim
constrangimentos.

Quem paga?

1) Regra básica: quem convida. 2) Para quem faz questão de pagar, adiantar-se ao recebimento da conta, ou
então pagar antes ou depois combinando com os donos do estabelecimento; 3) o “ deixa que eu pago” ou a disputa
pelo pagamento na frente do garçom é deselegante. 4) Não extrapole no valor do prato pedido. 5) A melhor solução é
propor a divisão da conta.

2
Bebidas

Olhe antes ao redor no ambiente em que se encontra para não pedir uma bebida que não conste na variedade
do estabelecimento.

Vinhos

1) Devem ser apreciados em reuniões com poucas pessoas. 2) Parte das pessoas gostam de rejeitar vinhos
em restaurantes para se mostrarem.

Horários ingratos

1) Evita-se marcar reuniões para sexta-feira à tarde, pois possivelmente a pauta pode cair no esquecimento
durante o fim de semana. 2) Já com autoridades políticas é diferente, é neste horário que elas dispõem de tempo. 3)
Se tratando de negócios importantes qualquer hora é hora.

Comportamento em reuniões

A pauta da reunião deve ser bem elaborada, distribuída, de preferência, no inicio das reuniões. Poupando-se
tempo.

Durante uma reunião, contenha o narciso que existe em você.

1) Aqueles que costumam discordar de tudo devem fazê-lo com parcimônia (moderação). É importante não
perder tempo com discussões bizantinas (...). 2) Atente para o que os outros estão falando, não fique ensaiando o que
vai dizer. 3) É aconselhável determinar o horário do fim da reunião. 4) Antes das reuniões, anote observações e dados
para embasar sua argumentação. Anote perguntas e observações a fazer para não esquecê-las. 5) Em uma roda de
conversa, chegando uma pessoa, apresente-a e a intere do assunto abordado.

Reuniões Internacionais

1) Um conhecimento breve da cultura de um país possibilita um relacionamento melhor. 2) Antes de viajar


pesquise cultura, costumes, história do país a ser visitado.

Onde me sento?

1) Em reuniões entre outros países há algumas regras, principalmente sobre o posicionamento das pessoas. 2)
No Japão, anfitrião e convidado sentam-se o mais longe possível da saída; na China, eles se sentam ao lado (em uma
mesa no formato de um semicírculo). Em países árabes, o contato entre homens e mulheres deve ser o mínimo
possível.

Visitantes estrangeiros

Quando for receber convidado estrangeiro, ajude-o com a escolha de hotéis, restaurantes, roteiros de turismo,
alerte-o sobre os problemas de segurança.

Cartões de Visita

1) Há cartão de visita (contem somente o nome) e cartão de negócios (contem dados da pessoa e de sua
empresa). 2) Os cartões devem estar limpos, sem amassados, serem fáceis e rápidos de ler, distribuídos de forma
correta. 3) Deve-se fazer anotações no verso dele. E prevenir-se contra falta deles, levando consigo muitos cartões.

Apresentação de projetos

1) Na apresentação de um projeto, a pessoa lhe pedir que o envie depois, é sinal de que este não a interessa.
2) Não apresente projetos a torto e a direito, sua imagem pode se desgastar. 3) Deixe preços para discutir
pessoalmente.
3
Brasileiro nunca diz não

Diferentemente dos estrangeiros, os brasileiros sempre dizem sim, muitas vezes criando falsas expectativas.

Recomendações

1) Muitas vezes, alguém pede que você recomende outra pessoa. Só recomende se você achar que a pessoa
merece. 2) Porém, você pode recomendar, mas dizer que nunca trabalhou com ele. 3) Pedidos de emprego ou estágio
mande o currículo para o RH, despreocupadamente.

Você e os outros

1) Em reuniões ou bate-papos na empresa não se aproxime muito na hora da conversa. 2) Olhe nos olhos, e
mostre-se interessado, modere o tom de voz. 3) Evite bisbilhotar a sala de outros. Demonstre educação.

Seja comedido nos bate-papos, A arte de saber perguntar e Olhos nos olhos

1) Saiba terminar um assunto, não interrompa e pergunte opiniões dos outros, discorde com elegância,
explique-se ao deixar uma roda de conversa, evite assuntos polêmicos. 2) Se estiver sozinho, puxe alguém para
conversar. 3) Ao chegar a um lugar sem conhecidos, diga que irá ficar por pouco tempo, que tem outro compromisso.
4) Estimule alguém a falar sobre si mesmas, serve de aprendizado. Saber ouvir é parte de uma boa conversação.

Estou tão cansado, Furar a fila de autógrafos é feio

1) Quando aceitar um convite, relaxe e aproveite, evite transmitir de está sempre cansado e que só você
trabalha. 2) Nunca fure filas, independente da pressa.

Chegadas e partidas

1) A concisão do currículo demonstra a objetividade do candidato. 2) Deve-se ficar atento quanto às roupas, a
postura e atitudes, na existência de autoconfiança ou se ele é tímido e aceita as condições sem resistência. 3) Fazer
perguntas ao candidato tendo de base o currículo dele, serve para identificá-lo no dia-a-dia no trabalho. 4) Outras
ações importantes: duas pessoas entrevistarem o candidato ou então almoçar com ele.

Como receber uma demissão com elegância

1) Mantendo a tranqüilidade, ataques de fúria podem atrapalhar a imagem. 2) O motivo pode ser
excepcional, e o chefe tbm pode estar chateado. 3) Em caso de pedido de demissão, o mais apropriado é deixar uma
carta dizendo que irá buscar outras oportunidades.

Sensibilidade na hora de demitir

1) Comunicar a demissão da forma mais direta e particular. 2) Não deixe que a notícia vaze. 3) Deve ser feita
no final do expediente e pessoalmente.

Comunique-se

1) Em palestras: escolher bem o tema e os tópicos, que seja curta, destinar 1/3 do tempo para perguntas, não
aceitar perguntas fora do contexto.

Estude seu público-alvo e organize a sua palestra de acordo, Alguém para apagar as luzes?

1) Busque informações como público esperado, o tema de outros palestrantes, a utilização de recursos
audiovisuais e intérprete, participação da imprensa. 2) Se usar os recursos audiovisuais, alertar para que estes
possam distrair o público. 3) Como ouvinte: tente não atrapalhar o desenrolar do evento. Se o tema não for do
agrado, é melhor ir embora. 4) É importante para os organizadores informar com antecedência troca de palestrantes,
alguns podem ser inimigos.
4
Como orientar o palestrante

Delimitar o tempo e o tema de cada um, reuni-los antes, usar títulos instigantes ou frases provocativas,
convidar palestrantes que saibam do tema.

Poucos têm capacidade de improvisar

Como palestrante, é importante fazer o roteiro e ensaiar, pedir alguém que ouça e avalie. Improvisos, apenas
para pessoas experientes em oratória, afinal este demora mais, e dentro de um limite de tempo é melhor não
improvisar.

Língua portuguesa

1) Caprichar no português, evitar erros de gramática e sintaxe. 2) Não abusar do gerúndio. 3) Prestar atenção
nos vícios de linguagem, expressões cotidianas e gírias. 4) A não ser que domine bem o idioma, o mais adequado é
contrate um tradutor de confiança. 5) Ás vezes, o tradutor pode se opor e questionar.

Não dispare a falar, Fique Relaxado

1) Falar pausadamente, com segurança, sem engolir palavras e exagerar na lentidão. 2) Distribua cópias
depois de falar, de preferência. 3) Se for usar PowerPoint, confira antes, leve-o em 2 mídias, para o caso de uma não
funcionar. 4) Gesticule, não fique parado, use tons de voz diferenciados. 5) Durante almoço ou jantar, discurse antes
da refeição.

Mesa-redonda

Tenha acesso a discursos dos outros, para verificar se o seu tema não foge ao principal, não repetir temas,
identificar divergências e corrigi-las.

Relação com a imprensa

1) Trate bem os jornalistas, não retarde as entrevistas. 2) Nestas tenha paciência, explique bem e pense antes
de falar, pois pode repercutir de maneira errônea. 3) Cultive um relacionamento de confiança com a imprensa,
fornecendo informações exclusivas e confiáveis, mas nunca perca a privacidade.

Media training, Pare e respire

1) Ao assumir uma posição relevante e visível faça media training (treinamento para empresários aprenderem
a lidar com a imprensa. 2) Em entrevistas, evite a impulsividade, pense bem antes de falar algo.

Em off, Planejar a divulgação de cada notícia

1) Avaliar o perigo de passar informações em off. 2) É aconselhável ser seletivo nas entrevistas para evitar o
excesso de exposição. 3) Tbm escolher uma boa assessoria de imprensa, buscando recomendações.

Não era nada disso, Artigos

1) Qdo a mídia publica uma informação errada, que pode afetar a empresa, ligue para o repórter e corrija,
ligue para o editor, exija publicação de uma errata. 2) Qdo a interpretação for errônea, conforme-se. 3) Deve-se
publicar artigos apenas quando se for um especialista.

Telefone

1) Nem todas os telefonemas tem necessidade de serem atendidos; 2) No entanto, peça para anotar o
recado e assegurar retorno; 3) Não ligar antes das 9h e depois das 19h.

Esteja sempre bem disposto quando ligar, Quem espera ao telefone?

5
1) Seja educado e objetivo, não aparente irritação; 2) Trate a secretária com respeito e pergunte qual o
melhor horário para retornar; 3) Sempre agradeça; 4)Ao telefone, não faça outras coisas, pode distraí-lo. 5) Não peça a
secretária para ligar em celulares, a pessoa pode ficar esperando.

Treine pessoas que atendem ao telefone em seu escritório ou casa

O que não pode ser dito: “De onde?” ,”Quem?”, “Como”, “Quem gostaria?”

O que deve ser dito: “Quem gostaria de falar com ele?”, se estiver ausente, peça para explicar o motivo com o
mínimo de detalhes.

Não tenha conversas familiares longuíssimas no ambiente de trabalho

1) Para família, telefonemas curtos, falando sempre baixo; 2) Orientar a família para ligar o míninmo possível;
3) Ao atender o telefone: a) não use a empresa como sobrenome; b) evitar vícios de intimidade (bem, amor);
4)Ligações internacionais, checar fuso horário para não acordar as pessoas; 5) Existem secretárias que distinguem os
assuntos das ligações (se são urgentes, se podem ser resolvidos depois)

Sempre retorne ligações, Não abuse do celular

1) Mostre consideração, retorne as ligações, quando não puder mesmo, peça para alguém fazer isso; 2) Em
teleconferências, identifique todos os participantes e os assuntos abordados; 3) Usar o celular de modo que não
incomode os outros; 4) Use bem o vibracall e a tecla desligar.

Nem pense em atender o celular em restaurante e reuniões

1) Em reuniões, avise com antecedência que irá receber uma ligação e terá que se ausentar; 2) Quando
atender, afaste-se da roda de pessoas e fale baixo; 3) Só último caso, assuntos importantes devem ser tratados por
celular (falta concentração, ouve-se mal, ...).

O celular não deve substituir o telefone fixo, De preferência, deixe sempre o celular no vibracall

1) Só família, amigos e colaboradores próximos devem ter acesso ao seu número; 2) Tente ligar no telefone
do escritório da pessoa, antes de ligar em seu celular; 3) No exterior, o celular é útil para baratear as ligações; 4)
Contatos por celular podem demonstrar uma falsa intimidade; 5) Evite ringtones; 6) Quando ligar pergunte antes se a
pessoa está ocupada; 7) Se não puder falar, não atenda; 8) Deixe seu número, dia e hora que ligou na caixa postal; as
pessoas não adivinham.

E-mail

1) Ele desafia os princípios de boa educação; 2) É adequado para mensagens breves, combinar encontros,
checar números, etc.; 3) Não adequado para cartas longas, propostas de negócios, mensagens elaboradas (para isso
fale pessoalmente ou telefone).

Nunca aperte a tecla enviar antes de reler seu e-mail

1) A ansiedade do envio acarreta erros de português e ortografia, assuntos pela metade e falta de pensar
duas vezes sobre o que se quer dizer; 2) Em casos importantes, faça rascunho; 3) Não responda imediatamente, leia e
pense cuidadosamente antes de responder; 4) A calma para raciocinar ainda é essencial.

Faça um mapa da situação, Os e-mails são menos formais que cartas, Tente usar com parcimônia o jargão e
as abreviações da Internet, Listas

1) Reflita bastante sobre a quem você deve enviar cópias do e-mail; 2) Não envie para e-mails comerciais:
correntes, piadas, ...; 3) Seja cortês nas mensagens (use prezado, senhor, caro; despeça-se com atenciosamente,
cordialmente); 4) Telefone para as pessoas perguntando se receberam o e-mail; 5) Jargões e abreviações usadas na

6
Internet são para comunicações entre pessoas íntimas, esqueça em mensagens corporativas; 6) Abuse da função Cco
(com cópia oculta para), ninguém precisa saber para quem vc está enviando e-mails

Correspondências

1) O formalismo de antigamente não mais existe; 2) Tente personalizar a correspondência o máximo possível
(é importante ter papel timbrado, como nome, endereço, cargo); 3) Escreva à mão ao menos o nome do destinatário;
4) Ideal para conclusão de negócios; 5) Cartas comerciais podem ser escritas de 2 maneiras: convencional (formal) e
personalizada (informal; pode-se expressar nos parágrafos inicial e final um grau maior de intimidade); 6) Utilizar
cartas breves, longas o leitor pode não dar atenção necessária.

Cartões de agradecimento

1) Num mundo corporativo apressado, os cartões de agradecimento causam surpresa agradável; 2) Tbm é
importante agradecer formalmente (almoço, presente, companhia, ...); 3) Recepções no exterior, envie junto um
presente relacionado ao Brasil.

Saudações

1) Em brindes, saudações simples e sinceras conquistam a platéia; 2) Deve-se fazê-la de pé, com emoção,
levantando seu copo, brindando com o convidado do lado, usando frases de efeito; 3) Se está sendo homenageado:
não levante o copo, nem beba o conteúdo , ao final levante o copo e agradeça.

Aniversários, casamentos, etc.

1) É preciso mostrar consideração nesses momentos; 2) O ideal é escrever uma carta à mão (ou pelo menos o
nome do destinatário e assinatura do remetente), com letra legível; 3) Se o destinatário tem um nome difícil, contate-o
para saber a grafia correta; 4) Para aniversários, envia-se só se tiver uma certa intimidade, se não vai parecer um
puxa-saquismo; 5) Escreva o primeiro e o último nome do destinatário.

Você e sua equipe

1) Com a tecnologia, as funções das secretárias mudaram, hoje são mais qualificadas; 2) Por isso, prefira o
termo assistente à secretária; 3) Para valorizar, chame pelo nome todas as pessoas com as quais você tem contato
constante; 4) Combine com assistentes as atribuições

Seja explícito na hora de passar instruções

1) Sempre que possível, confira a realização das tarefas delegadas a seus assessores; 2) Defina a autonomia
deles (para que não façam de você inacessível); 3) Estimular comunicação entre as secretárias (caso tiver mais de
uma)

Quem serve o café?

1) Alguns assistentes não importam de trazer o café, outros sim por não fazer parte de suas funções; 2) É bom
estimular as pessoas, reconhecer o trabalho delas, elogiar em público, criticar em particular; 3) Críticas em público:
não citar nomes;

Você e seu ambiente

1) Para aqueles que possuem grande interação com os clientes, não é aceitável ter fotos de família e outros
pessoais no escritório; 2) Já para aqueles necessitam de concentração, fotos e objetivos pessoais ajudam o cenário a
ficar mais estimulante; 3) Ideal: Ter livros e fotos relacionados ao trabalho, poucos itens relacionados a família.

Bagunça

7
1) Não deixe que os papéis acumulem em sua mesa; limpe-a uma vez por semana; 2) Deixe apenas os que irá
precisar em curto prazo; 3) Organize o restante em pastas ou pilhas por assunto;

Escritório em casa

1) Atualmente, é cada vez mais comum ter o escritório em casa (home Office); 2) O Home Office poupa tempo
e alguns custos; 3) A tecnologia facilita a implantação do Home Office; 4) Porém, o barulho do dia-a-dia das casas
brasileiras podem atrapalhar; 5) Também pode provocar um isolamento social.

Beijo, abraço ou aperto de mão

1) O padrão deve ser um aperto de mão firme, de pé, olhando nos olhos do outro; 2) É válida para pessoas de
sexo oposto; 3) Tapinhas nas costas só entre pessoas íntimas; 4) Chame a pessoa pelo cargo público que ela ocupa,
ou então, se ela saiu da vida pública, pelo cargo mais alto ocupado; 5) Chamar as pessoas por doutor é sinal de
respeito.

Reconhecer as pessoas

1) Em reuniões, os crachás devem estar bem legíveis (com letras grandes); 2) Quando não se lembra do nome
de uma pessoa, seja sincero: diga que esqueceu e pergunte o nome dela; 3) Se não tem certeza do nome certo, não
chute; 4) É sensato, ao desconfiar que a pessoa não sabe seu nome, dizer antes de esta pessoa perguntar ou chutar
seu nome; 5) Utilize falar, além do nome, o cargo ou a empresa que representa

Nunca diga “muito prazer!”

1) Deve-se dizer “prazer em vê-lo” , “como vai” ou alguma coisa parecida, para não deixar transparecer que
não sabe quem está cumprimentando; 2) Desenvolva métodos para lembrar o nome das pessoas (associe-as a outras
conhecidas, prestar atenção no nome, em vez de pensar o que dirá); 3) Se quando a pessoa falar o nome, não
entender, peça para falar de novo..

Sinceridade

1) Autenticidade é uma característica importante; 2) Nunca pergunte a idade ou tente adivinhar ou diga que a
pessoa está abatida, cansada; 2) Se não tem algo importante para falar, não fale nada

Seguranças

1) É preciso treinar seguranças para que sejam menos intrusivos e educados com terceiros;

Amizade e Flerte

1) Não há problema em flertar no trabalho, desde que seja solteiro e de forma discreta.

Código de ética

1) Muitas empresas adotam códigos de ética; 2) É importante que este seja feito em conjunto, com
funcionários de todos os setores; 3) As imposições hierárquicas podem ser mal-sucedidas

Presentes são uma questão delicada

1) Nesses códigos de ética, os funcionários são proibidos de receber presentes acima de determinado valor; 2)
Em empresas sem os códigos, deve-se usar o bom senso para determinar sem um presente é aceitável.

Mulheres e Homens no mundo dos negócios

8
1) Na igualdade que vivemos, alguns atos cavalheirescos podem soar mal para algumas mulheres; 2) O ideal
é que homens e mulheres sejam tratados como iguais no ambiente de trabalho; 3) A sensibilidade feminina muitas
vezes é um diferencial

Presentes

1) Um presente sem ocasião especial é uma ótima idéia, principalmente se tiver um significado especial; 2)
Mas não é tão simples, um presente pode ser mal-interpretado, ofender e soar como suborno.

Presente certo, momento certo

1) A tarefa de presentear alguém que não se conhece bem, não é fácil; 2) O melhor é descobrir as
preferências das pessoas por meio de pessoas mais próximas a eles.

Dois pontos básicos: o motivo do presente e o destinatário, Levar o presente ou entregar depois?

1) Evitar presentes caros e pedir para terceiros comprarem; 2) Quando presenteado, mesmo não gostando, é
de bom grado agradecer; 3) Em jantares, se o presente for comestível, mande depois; 4) Deixa-se um cartão junto
com o presente; 5) Deve se observar se o presente tem utilidade.

Hábitos ... ou vícios ?

1) Fumar no escritório causa constrangimentos, aborrecimentos; 2) Algumas empresas não toleram; 3) Fumar
implica perda de produtividade, uma vez que precisam sair do local para fumar.

Fumar charuto então nem pensar, E como não ser indelicado com visitante fumante?, As bebidas também
sumiram do ambiente de trabalho.

1) Guardar charuto para ocasiões e lugares adequados; 2) Para não ser indelicado com visitantes fumantes,
diga que o prédio é não-fumante; 3) Poucas empresas mantêm o hábito de servir bebidas aos visitantes;

Outro vício cujos malefícios são amplamente subestimados é a adrenalina

1) Alguns executivos não vivem sem stress, e fazem com que os outros ao seu redor vivam sob pressão; 2)
Stress em excesso, faz com que os erros aumentem

Ninguém resiste a uma boa fofoca

1) As fofocas podem prejudicar a produtividade da equipe; 2) O ideal é não fazer fofocas que possam
prejudicar alguém; 3) Para se proteger, fale o mínimo possível da vida pessoal; 4) Seja cuidadoso com o hábito de citar
conexões com pessoas importantes; 5) Intimidade (área de relação privada) e Informalidade (ausência de solenidade)

Dia-a-dia

1) Seja sempre gentil, não importando com quem ou cargo da pessoa.

Fechar a porta?, Empréstimo de livro não precisa nem dizer, é dois V – vai e volta

1) Só feche a porta da sala quando for realmente necessário; 2) Evite piadas que envolva raça ou religião; 3)
Faça o controle das coisas que você empresta; 4) Cobre a devolução, sem constrangimentos; 5) Se pedir dinheiro
emprestado, reembolse imediatamente

Com que roupa eu vou?

1) Desempenho e desenvoltura caem para pessoas que não se sintam adequadamente vestidos; 2) Defina o
estilo da roupa de acordo com a ocasião

9
A vestimenta é uma forma de expressão

1) O executivo deve se vestir da maneira que se sentir confortável e que exprima a personalidade,
observando alguns limites; 2) As mulheres não precisam mais usar trajes masculinos, também observando alguns
limites; 3) É importante estar preparado para uma eventual mudança nos compromissos do dia; 4) A roupa tem uma
influência muito grande sobre a impressão que você passa.

Extravagâncias a parte, quem pode, pode

1) Alguns setores tem um código de vestimenta próprio (escritório de advocacia : terno e gravata); 2) Em
entrevistas, considere o tipo da empresa onde pretende se candidatar, tente se informar discretamente, para ver
como os funcionários se vestem; 3) A roupa pode ser um critério de escolha ou rejeição

Viagens de negócios

1) Em viagens, a agenda não deve ser extenuante; 2) Aproveite para fazer turismo;

Fuso horário, Privacidade, Hotel, Gastos em viagem

1) Não marque reuniões para o primeiro instante em que pousar no país; algumas pessoas precisam
descansar para se refazerem; 2) Respeite a privacidade dos colegas, deixe os assuntos de trabalho para serem
discutidos depois da chegada no local; 3) Cheque se o seu quarto é confortável, e não atrapalhará na produtividade; 4)
Não esbanje o dinheiro da empresa, não inclua gastos pessoais ou de familiares; gaste como se fosse você quem
estivesse pagando

Dicas de viagem

1) Leve cópia do passaporte; 2) Não guarde todo o dinheiro em um só lugar; 3) Use cartão de crédito para a
maioria dos gastos; 4) Leve o mínimo necessário de dinheiro vivo

Como lidar com o rígido Departamento de Imigração dos EUA?

1) Seja o mais sério e objetivo; 2) Sem chacotas

Receber seus convidados

Dependendo o grau de intimidade com a pessoa, prefira convidá-la para jantar em casa do que em um
restaurante;

É preciso saber receber e ter estrutura para isso. Francês ou italiano?

1) Em algumas situações, convide pessoas não ligadas ao tema discutido, para variar os assuntos; 2) Como
anfitrião, o melhor seria jantar em restaurantes, o que daria mais tranqüilidade; 3) Veja o idioma e as restrições
alimentares dos convidados; 4) Opte por um restaurante com cozinha internacional; 5) Pesquisa os gostos do
convidado, a fim de que a conversa flua.

Festa!

1) Um evento corporativo tem as mesmas características de uma festa, somando-se a oportunidade de fazer
negócios; 2) O evento será um sucesso quando “as pessoas se apresentam umas às outras, afinidades são
encontradas, grupos mais animados se dirigem aos cantos; a conversa flui no ritmo da festa”.

Quem convidar?

1) Antes de mais nada, definir o objetivo e o público-alvo; 2) Quesito principal observado na confecção da
lista: probabilidade de os convidados se relacionarem; 3) Empresários superstars devem ser convidados apenas se
tiverem algo a ver com a empresa; 4) Não convide pessoas com dificuldade de comunicação; 5) Retribua convites
10
apenas para eventos pessoais, não corporativos; 5) Nesses eventos promove-se a empresa, novos produtos, novos
funcionários; 6) Deve-se convencer os convidados a irem; 7) O evento deve ser especial para que seja lembrando, e
não cair no esquecimento

Os cuidados começam com a escolha do local

1) Não opte por um local totalmente convencional (bufês, hotéis); 2) Alguns vão a uma festa corporativa para
conhecer um lugar novo e acabar com a curiosidade; 2) Pense na logística, o local não deve ser muito longe, para
estimular os convidados a irem;

É bom diferenciar os eventos institucionais dos promocionais. Como decifrar os convites?

1) os eventos institucionais funcionam melhor com menos convidados, pois executivos precisam prestigiar e
interagir com os presentes; 2) O convite não pode ser uma propaganda chamativa; somente impressos, com nomes
caligrafados e entrega personalizada, deve ser discreto, elegante e objetivo; ligações ou e-mails são aceitáveis; 3) o
convite é a primeira imagem que demonstrará o respeito e o cuidado com o preparo do evento; 4) Se o evento for
uma homenagem, é importante anexar um breve currículo do mesmo; 5) Se for recepção a representantes de
empresas estrangeiras, anexar a lista destes; 6) Em vez de correio, envie via motoboy e peça confirmação; 7)
Pesquise o estado civil (se solteiro, pergunte se levará acompanhante; se casado, confira se o sobrenome é o mesmo),
para evitar aborrecimentos; 8) Especifique o traje do evento.

Como lidar com os não convidados

1) Publique notas falando do evento, mas tome cuidado com os que gostariam de ser convidados; 2) Algumas
poderão ficar chateadas.

RSVP (Répondez S´il Vous Plaît). E quem não confirma e aparece? Levar ou não a esposa?

1) Pedir confirmação é sinal de respeito, não de extravagância; 2) Só confirme se estiver disposto a ir, não por
educação; 3) A confirmação por parte do convidado ou o pedido por parte do anfitrião devem ser feitos
imediatamente, a fim de eliminar indelicadezas; 4) Não confirmar e ir, é sinal de respeito ao anfitrião; 5) Se não
confirmou, o nome pode não estar na lista, e causar desconforto até ser resolvida a situação; 5) Impedimentos de
última hora, telefone; 6) Pesquisar o número de convidados é importante, mas pedir para ver a lista é desagradável;
7) Preste atenção no convite para ver se ele é extensivo ao cônjuge, dúvidas contate o anfitrião, se for extensivo não
apareça sozinho;

Se vai ter um show escolha muito bem

1) Atenha-se na escolha ao politicamente correto; 2) A atração deve ter o perfil do evento; 3) O volume deve
estar adequado para que a conversa entre os presente flua, o show deve iniciar-se cedo, evitando debandada; 3)
Atrações funcionam como chamariz; 4) Alguns vão a esse tipo de evento para ver o show; 5) A pontualidade nesses
eventos é mais flexível; 6) Em alguns eventos, lugares e mesas são marcados, a fim de estreitar conversa de
determinadas pessoas ou assuntos.

Regras básicas para estabelecer lugares marcados

1) Intercale homens e mulheres; 2) Coloque próximas pessoas com interesses comuns; 3) O convidado de
honra (e sua esposa) devem sentar-se próximos ao anfitrião; 3) As mesas devem ser redondas, facilitando o disfarce
se alguma pessoa faltar; 4) É deselegante tentar remanejar seu lugar; 5) Verificar os idiomas e as inimizades das
pessoas para determinação dos lugares.

Fim de festa (Quando ir embora?)

1) Não seja o último, nem saia no horário de pico (a maioria das pessoas saem); 2) Pode sair à francesa, desde
que despeça e agradeça o anfitrião

11
Como encerrar uma festa?

A melhor maneira: Diminuindo gradativamente a circulação de bebidas.

Contatos e relacionamentos

1) De grande importância cultivar relacionamentos fora do ambiente de trabalho; 2) Para os que não sabem
por onde começar, o melhor é filiar-se em associações (hábito incomum no Brasil); 3) Outros caminhos: relacionar-se
com os pais dos colegas dos filhos, ser voluntário em trabalhos sociais, atividade em áreas de cultura, participar da
vida do cônjuge

Os empresários e a política

1) A preocupação com questões políticas não podem ser separadas das preocupações empresarias; 2) A
distância entre Brasília e os centros econômicos acarreta o desligamento do empresariado com a política e o
isolamento social dos empresários e políticos; 3) Os empresários apenas se mobilizam em campanhas eleitorais e em
projetos que afetam seus interesses; 4) Espera-se que a nova geração de empreendedores tenham um papel maior
como agente político

12