P. 1
PROJETO CONTOS E ESTÓRIAS INFANTIS

PROJETO CONTOS E ESTÓRIAS INFANTIS

|Views: 2.686|Likes:
Publicado porAdriana Silva

More info:

Published by: Adriana Silva on Feb 04, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/28/2012

pdf

text

original

PROJETO CONTOS E ESTÓRIAS INFANTIS Objetivos

:

* Baseados em vivências mostrando os lados positivos dessa situação. * As estórias são curtas e simples, e mesmo quando longas são objetivas. * Que sejam de fácil entendimento. * Um Mundo lúdico, associado e apresentado a criança, por meio de fantoches, mímicas, encanta e despertam o interesse por essa oportunidade nova. * Esse contato começa antes da alfabetização, pode ser desde bebê, melhor ainda: na barriga da mamãe, isso acalma, e a criança reconhece as vozes. * Mesmo que a criança não entenda a entonação e o hábito de ser lido algo a ela enriquece sua imaginação, sua linguagem, além de estreitar laços afetivos. * O objetivo maior é ajudar os pais.

1

EVOLUÇÃO DA MANEIRA DE BRINCAR COM LIVROS: Aqui o que vai ser explicado são as etapas, isso depende de cada criança fazer ou não. 1. No início a criança não se interessa pela história que contém o livro. Ela explora o livro cheirando-o, batendo-o etc. 2. Interessa-se por imagens claras e com cores vivas. 3. Prefere ver figuras de objetos familiares sobre um fundo liso. 4. Gosta de livros com sons. 5. Percebe quando viramos a página. 6. Associa uma palavra ou um som a uma figura.

2

7. É capaz de reconhecer e apontar um objeto familiar numa figura. 8. Emite sons relacionados com algumas figuras. 9. Gosta de olhar para figuras maiores e mais complexas. 10. Procura um objeto numa grande ilustração. 11. Folheia livros, uma página de cada vez, porém sem relacionar umas com as outras. 12. Escolhe o livro que prefere entre vários. 13. Ao folhear um livro, começa a relacionar uma página com a outra e consegue reconhecer uma mesma personagem. 14. Nomeia alguns objetos familiares da figura. 15. Gosta de livros que tem histórias relacionadas com seu dia-a-dia. 16. Gosta de rimas e ritmos. 17. Consegue acompanhar histórias simples. 18. Gosta de músicas e gestos relacionados com a história do livro. 19. Aprecia histórias que tratam de temas que mão lhe são familiares. 20. Demonstra gostos pessoais. 21. Pede constantemente o mesmo livro. 22. Entende muito mais do que consegue exprimir. 23. Consegue acompanhar histórias mais complexas. 24. Interessa-se por histórias que envolvem sentimentos e medos. 25. É mais evidente o desejo por escolher seu próprio livro.

Ao ler um livro com a criança, você cria mais um momento especial para compartilharem experiências. A leitura favorece a comunicação, oral ou não, entre vocês

3

dois, estimula a compreensão da linguagem falada e a utilização desta linguagem pela criança. Outros aspectos trabalhados durante a leitura de um livro são a atenção e a concentração. É de se esperar que no início sejam pequenas e que aumentam com o hábito da leitura. O livro é mais um instrumento que pode auxiliar a criança na aquisição de conhecimentos sobre o mundo que a cerca, de maneira geral e, mais especificamente, ao permitir estabelecimento de objetivos precisos de aprendizagem (aprender e apontar uma figura vira as páginas, reconhecer um personagem, nomear figuras, ficar mais atento etc. Livros são previsíveis e isto é muito importante para a criança. A criança gosta de saber qual é o próximo acontecimento da história, qual será a próxima fala etc. o “saber o que vai acontecer depois” dá segurança a criança e, por isto, devemos ler o facilitador para a formação da memória. Durante uma leitura em que a criança permaneça atenta e interessada e quando ocorre um envolvimento emocional com personagens e situações, entra em jogo mais um fator importante: as experiências vividas nos livros são reais para ela e através desta vivência consegue trabalhar suas emoções em alguns momentos.

MOMENTO IDEAL O momento ideal tanto para ler um livro com para fazer qualquer outra atividade é sempre aquele que a criança não esteja cansada ou irritada com alguma coisa. Para assegurar-se de que o momento será bem aproveitado, escolha um local tranqüilo e bem iluminado e certifique-se de que a criança esteja confortável e bem posicionada.

4

ESCOLHA DO LIVRO A escolha do livro levando sempre em consideração o estágio que seu filho se encontra. Respeite as preferências pessoais dele quando demonstrá-las. (Para crianças que não se interessam por livros, ofereça-lhes aqueles feitos para ser explorado de plástico, papelão grosso, pano etc.) E que não estraguem com facilidade. Outra idéia para estas crianças é associar objetos concretos com figuras do livro. Por exemplo, apresente uma maçã de verdade ao mostrar a figura da maça no livro. Os primeiros livros, para qualquer criança, devem ter uma figura por página e não possuir texto. Com estes a mamãe pode usar sua criatividade e, baseada nas figuras, criar a história com um vocabulário o mais próximo possível daquele vivenciado diariamente pela criança, além de dar maior ou menor ênfase a uma página ou acontecimento da história, de acordo com o interesse demonstrado por ela. No início desses trabalhos com livros, a existência de textos pode prejudicar, além da criatividade da mamãe, o interesse e a compreensão do seu filho, pois o vocabulário empregado muitas vezes pode estar acima da capacidade de entendimento que ele apresenta. Com os livros você também deve aumentar o grau de complexidade conforme perceber que a criança é capaz de se interessar por leituras mais elaboradas; mas não se esqueça de retomar, de vez em quando, os livros antigos e mais simples, inferiores para o nível dela. Ela vai gostar!

5

COMO LER Assegure-se de que a criança possa ver e tocar o livro. De-lhe tempo para que ela realmente o observe e toque. Incentive-a fazer comentários e a participar ativamente, virando as páginas, por exemplo. Se você mudar a página muito rápida (lembrando que o rápido para a criança pode não o ser para você) poderá fazer com que ela perca a oportunidade de observar e participar, prejudicando também seu interesse e atenção. Demore mais tempo na página que a criança demonstrar maior interesse e passe mais rápido pelas outras. Quando você perceber que a criança não quer continuar a leitura, encurte a história para terminá-la, mas nunca pare no meio. Envolva-se na leitura colocando sentimentos no que lê, vibrando, mudando a entonação, fazendo gestos! Desta maneira você conseguirá que a criança também se sinta envolvida com os personagens e com a história.

LEIA PRIMEIRO VOCÊ Não é indicado ler um livro que você não conheça, pela primeira vez, junto com a criança. Nesta situação você, não conhecendo o livro, não saberá se ele está indicado para o nível e grau de interesse de seu filho e, ainda, você terá obrigatoriamente que se prender ao texto e pode acontecer de ele ser de difícil compreensão para a criança, por isso, ao adquirir um livro, leia o primeiro você. Dominando o conteúdo, na hora da leitura com a criança você estará mais solto, mais natural e até mais criativo, podendo adaptar o texto original de acordo com o estágio e o interesse momentâneo da criança.

6

CONTANDO HISTÓRIAS Muitas vezes a criança prefere ouvir histórias contadas, com ou sem livros, do que lidas. Você pode mudar a história de acordo com as reações da criança e contá-las em qualquer lugar, sem necessitar de material ou preparo prévio. No caso de fitas com histórias, parece lógico (e na verdade o é) que seja preferível você contar a colocar uma fita que conte para a criança. A da fita não tem pausas, não permite a interação e as vezes são muito rápidas para que a criança consiga acompanhá-la. Caso você queira usar esse tipo de material, conte antes você, depois a use. SEMPRE O MESMO LIVRO Quem já participou do processo educativo de qualquer criança com certeza já se viu na situação de ser obrigadas a ler o mesmo livro várias vezes, todos os dias, por muitos meses, não é? Isto faz parte (é uma fase do desenvolvimento do gosto infantil, pela leitura e esta fase deve ser respeitada). Muitas vezes pode se tornar cansativo, mas, encha-se de coragem e comece de novo! Uma alternativa que pode ajudar a passar por este processo é combinar coma criança que a cada vez um de vocês escolhe o livro, assim, na sua vez de você escolher, você pode aumentar

7

o repertório literário interessar por outras.

da

criança,

tentando

fazê-la

se

LIVROS AO ALCANCE DE TODOS Coloque os livros em lugar acessível para que a criança possa pegá-los toda vez que tiver vontade. Livros são objetos para serem utilizados e não protegidos. Pensando assim, lembre-se de ter em casa livros resistentes e de fácil manuseio (os pequenos são melhores), pois a chance de se estragarem é menor. USANDO A IMAGINAÇÃO Invente sua própria história. Dê nomes de pessoas da família ou conhecidos aos personagens. Crie situações familiares (fatos que realmente aconteceram, que sejam Interessantes ou fatos fictícios). Praticamente todas as crianças se interessam por esse tipo.

FAÇA SEU PRÓPRIO LIVRO Você pode usar fotos de pessoas ou figuras de objetos familiares. Monte o livro num álbum fotográfico plastificado e resistente. Não coloque muitas fotos numa mesma página. ““ Uma boa idéia é fazer mais de um livro, cada um deles com um tema, por exemplo: “Minha Família”,” Hora do banho”, “Bichos da Fazenda”,” Brinquedos Preferidos” etc.

8

Não se esqueça de que as figuras devem ser simples e as fotos devem ter a pessoa ou objeto que você quer que a criança identifique em destaque (de preferência em close). Tire fotos especificamente para isto. Além das pessoas, fotografe os brinquedos, os cômodos da casa, os animais de estimação, os amiguinhos, objetos pessoais, etc. Para as crianças que não costumam ater as páginas, mas gostam de folhear faça um com todas as páginas brancas e uma com figura pois ao folhear esta provavelmente chamará a sua atenção, e assim a estimulará a parar um tempo maior numa das páginas.

Projeto baseado no livro: A ESTIMULAÇÃO DA CRIANÇA ESPECIAL EM CASA.

9

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->