Você está na página 1de 1

Exercícios de Fiscalidade

Dr. João é Director da Empresa Minerva Lda. Casou em Março de 2011 com a
Sra. Joana. A Sra. Joana tem 3 filhos que vivem com o casal. O António, 16 anos,
o Bernardo, 18 anos e o Carlos, 20 anos, todos estudantes. Sendo o Bernardo e o
Carlos fruto do casamento anterior da Sra. Joana.
Em 2006 auferiram os seguintes rendimentos:

O Dr. João:
a) 2.500 €/Mensais
b) Subsídio de Refeição 6,12 €, trabalhou 210 dias (função pública 4,27€).
c) Ajudas de custo 608,8€ (10 dias de deslocação), 410 € - 1000 km em viatura
própria
d) Um prémio anual de 2000 € por bons resultados
e) Utiliza uma viatura automóvel cujo preço de aquisição é 40.000 € (a empresa
adquiriu para ele usar)
f) Elaborou um projecto de investimento para a empresa de uns amigos e
recebeu 5.000€
g) Recebeu 1.000 € de dividendos da empresa XPTO
h) Recebeu 2.000 € de juros de depósitos a prazo
i) Arrendou um quarto em sua casa por 150 €/mês
j) Vendeu por 250.000 € uma habitação de férias que havia custado há 6 anos
100.000 €
k) O Carlos trabalhou no Megarápido durante as férias e em 3 meses auferiu
1.500 €
l) O Bernardo recebeu 1.000€ por ter ganho a medalha de ouro em ténis de
mesa nos jogos olímpicos
m) A Sra. Joana recebe do ex-marido uma pensão de 5.000€/ano

O Dr. João pagou a título de pensão de alimentos 4.718,25 €


A Sra. Joana é deficiente com um grau de deficiência comprovado de 99 %
O António é deficiente.
O agregado familiar suportou as seguintes despesas:
1. Medicamentos – 200 €
2. Intervenção Cirúrgica – 2000 €
3. Colchão ortopédico com receita medica – 3000 €
4. Propinas da faculdade do Carlos – 5000 €
5. Juros da habitação de férias – 4.000 €
6. Juros da habitação permanente – 2.000 €
7. Seguro de acidentes pessoais – 1.500 €