P. 1
Secreção Pancreática

Secreção Pancreática

|Views: 1.419|Likes:

More info:

Published by: Ary Clenio Oliveira Lima on Jul 13, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/23/2013

pdf

text

original

Secreção Pancreática

Enzima Digestivas Pancreáticas
‡ Tripsina, quimotripsina e carboxipolipeptidases fazem a digestão de proteína;
± Obs.: a tripsina é secretada junto com o inibidor de tripsina para evitar a degradação do pâncreas.

‡ Amilase pancreática termina faz a digestão dos carboidratos; ‡ Lipase pancreática hidrolisa gorduras neutras; ‡ Colesterol-esterase hidrolisa ésteres de colesterol; ‡ Fosfolipase cliva ác. graxo de fosfolipídeo;

Regulação da Secreção
‡ A ACh, a colescistocinina e a secretina estimulam a secreção pancreática; ‡ Fases da Secreção:
± Cefálica: Sinais nervosos liberam ACh pelo nervo vago no pâncreas. É responsável por 20% das enzimas após; ± Gástrica: Contrações gástricas e a gastrina já sinalizam a secreção de secretina para estimular o pâncreas. 5 a 10% da secreção enzimática; ± Intestinal: Ác. no duodeno, secretina e colecistocinina (CCK) torna a secreção abundante;

Secreção da Bile
‡ Importância da Bile:
± Digestão e absorção de gorduras; ± Remoção de produtos degradado no sangue;

‡ A secreção da bile ocorre:
± É secretada nos hepatócitos, contendo ác. biliares, colesterol e outros constituítes. ± Em seguida, é adicionado solução de íons de sódio e bicarbonato. Esta é estimulada pela secretina.

Secreção da Bile
‡ A bile é concentrada na vesícula biliar, por transporte ativo de sódio e depois por absorção de íons cloreto; ‡ A colecistocinina estimula a contração da vesícula biliar.
± A entrada de gordura no duodeno leva secreção de CCK, este causa contração rítmica da vesícula e relaxamento simultâneo do esfínter de Oddi.

Secreção de Intestino Delgado
‡ As glândulas de Brunner secretam muco alcalino no intestino delgado, e são estimuladas:
± Estímulos táteis ou irritantes da mucosa; ± Estimulação vagal; ± Hormônios gastrintestinais, principalmente a secretina;

Secreção de Intestino Delgado
‡ O muco protege a parede duodenal da digestão pelo suco gástrico; ‡ Os sucos digestivos intestinais são secretados pelas criptas de Lieberkühn, e possui o epitélio composto por 2 tipos de células:
± As células caliciformes(secretoras de muco); ± Os enterócitos(secretoras de água e eletrólitos);

Secreção de Intestino Delgado
‡ A secreção de muco ocorre por 2 etapas:
± Secreção ativa de íons cloreto nas criptas; ± Secreção ativa de íons bicarbonato;

‡ Enzimas digestivas que fazem parte da secreção são:
± Peptidases para a hidrólise de pequenos peptídeos; ± Sucrase, maltase, isomaltase e lactase; ± Lipase intestinal;

Secreção do Intestino Grosso
‡ A maior parte da secreção no intestino grosso consiste em muco; ‡ Protege a parede contra escoriações, proporciona aderência para a substância fecal, protege a parede contra a atividade bacteriana e forma uma barreira que impede o ataque de ác. ‡ A estimulação dos nervos pélvicos, que transportam a inervação parassimpática pode causar aumento considerável da secreção de muco associada ao aumento da motilidade peristáltica do colón.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->