Você está na página 1de 2

1)

2) Vantagens: Método eficiente, pois em cada ciclo da operação, o material vegetal entra em contato com o solvente renovado, não ocorre a saturação do solvente. Amostra não fica em contato com o solvente muito quente Desvantagens: Tempo de duração, custo maior devido ao volume de solvente e aplicação de temperatura. Esta última aliada ao longo tempo de extração e a natureza volátil dos compostos pode acarretar perdas.

3)

4) Peso da amostra Ilex paraguariensis = 15,0030g Peso do balão vazio = 118,1317g Peso do balão com extrato seco = 119,6300g Ou seja, Peso do extrato = 1,4983g 1,4983 / 15,0030 = 0,0998g x 100 = 9,986% de extrato A seletividade do solvente é essencial para aumentar o rendimento, neste caso, poderia alterar o solvente, buscando um que tenha polaridade mais apropriada para extração de flavonoides, sendo este os principais componentes químicos de Ilex paraguariensis. Outra forma é aumentando o tempo de contato da droga vegetal com o solvente, pois será dada mais oportunidade de ocorrer um maior fluxo de difusão do solvente através da parede celular da droga contribuindo para equilibrar a concentração de ativos dentro e fora de seus tecidos. Além do tempo de contato, que deixa subtendida uma condição estática, devemos considerar o tempo necessário para a passagem do solvente através da droga, que, sendo finita, nos leva a considerá-lo em termos de velocidade de escoamento do solvente. Neste sentido, tanto menor esta velocidade, maior o equilíbrio ocorrerá entre a concentração de ativos neste e na droga, propiciando melhor rendimento extrativo. 5) No processo de turbólise foi utilizado um maior volume de solvente, tendo uma obtenção de forma mais rápida, mas com um baixo rendimento. Enquanto o Soxlet utilizou-se menos solvente, e a obtenção do extrato apresentou-se de forma mais demorada que o processo de turbólise, em torno de 30 minutos, mas com um rendimento mais satisfatório. Já o processo de percolação foi o mais demorado, com a

utilização de menos solvente. além de ser facilmente eliminado a pressão reduzida. não importando o volume ou o rendimento. O solvente mais usado é o álcool (misturas hidroalcoólicas). obtendo o extrato bruto. conforme os resultados obtidos em aula. o indicado seria a turbólise. e obteve um melhor rendimento dentre os 3 processos realizados em aula. . ou seja. pois tem alto poder de extração dos compostos. consiste na rehidratação do protoplasto da célula vegetal e normalmente é realizado fora do percolador. Utiliza-se o álcool etílico. o indicado seria a percolação. Dessa forma se objetivo for obter um extrato de forma rápida. não importando o tempo. pq o alcool etilico é empregado para o preparo do extrato bruto? Há alguma diferença fisico quimica entre os extratos obtidos na extração por refluxo e por turbolise realizada em aula? explique. Mas se objetivo é apresentar um melhor rendimento. Na percolação ocorre o umedecimento.

Interesses relacionados