Você está na página 1de 3

CINCO MARCAS DO MORDOMO FIEL

Texto Inicial: Lucas 12:42-48

42 Disse o Senhor: Quem é, pois, o mordomo fiel e prudente, a quem o senhor


confiará os seus conservos para dar-lhes o sustento a seu tempo? 43 Bem-
aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. 44
Verdadeiramente, vos digo que lhe confiará todos os seus bens. 45 Mas, se aquele
servo disser consigo mesmo: Meu senhor tarda em vir, e passar a espancar os
criados e as criadas, a comer, a beber e a embriagar-se, 46 virá o senhor daquele
servo, em dia em que não o espera e em hora que não sabe, e castigá-lo-á,
lançando-lhe a sorte com os infiéis. 47 Aquele servo, porém, que conheceu a
vontade de seu senhor e não se aprontou, nem fez segundo a sua vontade será
punido com muitos açoites. 48 Aquele, porém, que não soube a vontade do seu
senhor e fez coisas dignas de reprovação levará poucos açoites. Mas àquele a quem
muito foi dado, muito lhe será exigido; e àquele a quem muito se confia, muito
mais lhe pedirão.
“1 ¶ José foi levado ao Egito, e Potifar, oficial de Faraó, comandante da guarda,
egípcio, comprou-o dos ismaelitas que o tinham levado para lá. 2 O SENHOR era
com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio.
3 Vendo Potifar que o SENHOR era com ele e que tudo o que ele fazia o SENHOR
prosperava em suas mãos, 4 logrou José mercê perante ele, a quem servia; e ele o
pôs por mordomo de sua casa e lhe passou às mãos tudo o que tinha. 5 E, desde
que o fizera mordomo de sua casa e sobre tudo o que tinha, o SENHOR abençoou a
casa do egípcio por amor de José; a bênção do SENHOR estava sobre tudo o que
tinha, tanto em casa como no campo. 21 O SENHOR, porém, era com José, e lhe
foi benigno, e lhe deu mercê perante o carcereiro; 22 o qual confiou às mãos de
José todos os presos que estavam no cárcere; e ele fazia tudo quanto se devia
fazer ali. 23 E nenhum cuidado tinha o carcereiro de todas as coisas que estavam
nas mãos de José, porquanto o SENHOR era com ele, e tudo o que ele fazia o
SENHOR prosperava.” (Gen 39:1-5;21-23)

"Senhor, quem habitará no teu santuário? Quem poderá morar no teu santo
monte? Aquele que é íntegro em sua conduta e pratica o que é justo, que de
coração fala a verdade e não usa a língua para difamar, que nenhum mal faz ao
seu semelhante e não lança calúnia contra o seu próximo, que rejeita quem merece
desprezo, mas honra os que temem o Senhor, que mantém a sua palavra, mesmo
quando sai prejudicado, que não empresta o seu dinheiro visando lucro nem aceita
suborno contra o inocente. Quem assim procede nunca será abalado" (Sl 15:1-5).

"O avarento [o que é ávido por lucro desonesto] põe sua família em apuros, mas
quem repudia o suborno viverá" (Pv 15:27).

"Muitos se dizem amigos leais, mas um homem fiel, quem poderá achar? O homem
justo leva uma vida íntegra; como são felizes os seus filhos!" (Pv 20:6-7).

"Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para
homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o
Senhor, que vocês estão servindo" (Cl 3:23-24).

"Na terra de Uz vivia um homem chamado Jó. Era homem íntegro e justo; temia a
Deus e evitava fazer o mal" (Jó 1:1).

Leia a seguinte frase: "Na cidade de ________________ vivia uma pessoa


chamada ________________. Era uma pessoa íntegra e justa; temia a
Deus e evitava fazer o mal". Se você preencher as lacunas dessa frase com a
sua cidade e com o seu nome, respectivamente, a frase seria verdadeira?
“Tesouro desejável e azeite há na casa do sábio, mas o homem insensato os
desperdiça.” (Prov 21:20)

“24 ¶ Há quatro coisas mui pequenas na terra que, porém, são mais sábias que os
sábios: 25 as formigas, povo sem força; todavia, no verão preparam a sua
comida;” (Prov 30:24-25)
“6 ¶ Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos e sê sábio. 7
Não tendo ela chefe, nem oficial, nem comandante, 8 no estio, prepara o seu pão,
na sega, ajunta o seu mantimento.” (Prov. 6:6)

“4 ¶ O que trabalha com mão remissa empobrece, mas a mão dos diligentes vem a
enriquecer-se. “ (Prov. 10:4)

“24 ¶ A mão diligente dominará, mas a remissa será sujeita a trabalhos forçados.”
(Prov 12:24)

“4 ¶ O preguiçoso deseja e nada tem, mas a alma dos diligentes se farta.” (Prov.
13:4)

“5 ¶ Os planos do diligente tendem à abundância, mas a pressa excessiva, à


pobreza.” (Prov. 21:5)

“9 Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda; 10
e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus
lagares.” (Prov 3:9)

"Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça..." Mt 6:33ª

"Pratiquem o bem, sejam ricos em boas obras, generosos e prontos a repartir".


(1Tm 6:18

“6 ¶ E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que
semeia com fartura com abundância também ceifará. 7 Cada um contribua segundo
tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama
a quem dá com alegria. 8 Deus pode fazer-vos abundar em toda graça, a fim de
que, tendo sempre, em tudo, ampla suficiência, superabundeis em toda boa obra, 9
como está escrito: Distribuiu, deu aos pobres, a sua justiça permanece para
sempre. 10 Ora, aquele que dá semente ao que semeia e pão para alimento
também suprirá e aumentará a vossa sementeira e multiplicará os frutos da vossa
justiça, 11 enriquecendo-vos, em tudo, para toda generosidade, a qual faz que, por
nosso intermédio, sejam tributadas graças a Deus.” (2 Cor. 9:6-11)

“2 Vocês cobiçam coisas, e não as têm; matam e invejam, mas não conseguem
obter o que desejam. Vocês vivem a lutar e a fazer guerras. Não têm, porque não
pedem.
3 Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em
seus prazeres.” (Tiago 4:2-3)
“10 Quem ama o dinheiro jamais terá o suficiente; quem ama as riquezas jamais
ficará satisfeito com os seus rendimentos. Isso também não faz sentido.
11 Quando aumentam os bens, também aumentam os que os consomem. E que
benefício trazem os bens a quem os possui, senão dar um pouco de alegria aos
seus olhos?
12 O sono do trabalhador é ameno, quer coma pouco quer coma muito, mas a
fartura de um homem rico não lhe dá tranqüilidade para dormir.
13 Há um mal terrível que vi debaixo do sol: Riquezas acumuladas para
infelicidade do seu possuidor.
14 Se as riquezas dele se perdem num mau negócio, nada ficará para o filho que
lhe nascer.
15 O homem sai nu do ventre de sua mãe, e como vem, assim vai. De todo o
trabalho em que se esforçou nada levará consigo.” (Ecl. 5:10-15)

“2 Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor, naquilo que
não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom e vos deleitareis com finos
manjares.” (Isa 55:2)