Você está na página 1de 4

Caros amigos e Coordenadores:

Passado a alegria e o estresse, em alguns casos, das


eleições, é chegada a hora de continuarmos a nossa caminhada. Graças a
Deus, todas as equipes já têm seus líderes, portanto, “mãos a obra”! Tantas
coisas a fazer, a continuar fazendo e aperfeiçoar. Viva a vida !

Não há dúvida que todos os coordenadores têm vidas


agitadas, atarefadas e não comumente ouviremos: “Não há tempo”! “Não
tenho tempo”! Creio que organizar o nosso tempo é o primeiro desafio
desta nova Coordenação (núcleo), pois muitos são os desafios e sonhos a
serem alcançados porque a construção do Reino de Deus que requer amor,
dedicação e trabalho. Nós somos o senhor do nosso tempo como já dizia
um provérbio popular: “Tempo não se tem, tempo se faz”.

Temos a sorte de vivermos no século XXI, com meio de


comunicação eficaz em tempo real, internet etc. O Diácono João Manoel
dizia que basta quinze minutos por dia, pensando no grupo, nas coisas da
Igreja, para resolvermos tudo. Acrescento: Reserva trinta minutos por dia,
ou melhor, utiliza apenas trinta minutos do teu tempo gasto na internet em
prol do grupo e já resolveremos muita coisa.

Sustento que a nossa Coordenação (ministérios também)


utilize a internet, as mensagens por celular, orkut, blog do grupo etc.
Resolveremos muita coisa e economizaremos tempo, o que mais nos falta.
Neste diapasão comunico: A nossa primeira reunião de núcleo será
domingo às 18:30h para resolvermos, em caráter de urgência, A
NOSSA SUPOSTA VIAGEM PARA MARTINS/RN, dentre outras
coisas em pauta.

Ainda em homenagem ao princípio da celeridade e


economia de tempo, peço aos novos coordenadores:

1) A relação dos integrantes do seu ministério que


pretendem viajar conosco para Martins, bem como o nome de parentes e
amigos do grupo que também desejam viajar. Em proposta a ser estudada,
ventilou-se a possibilidade de ficarmos em uma pousada em Porta
Alegre/RN, super agradável, conhecida por Maninho, que oneraria a
viagem em, mais ou menos, R$ 50,00. Tudo isso será exaustivamente
discutido e pouparemos tempo se você (coordenador) trouxer a lista dos
que pretendem viajar, incluindo aqueles que não têm condições financeiras
e que, eventualmente, precisariam de ajuda do grupo.
2) O nome do integrante do seu ministério que
participará da comissão de eventos, como também da comissão responsável
pela nossa página na internet (blog);

3) Relação dos nomes dos integrantes do seu


ministério com o número do telefone celular e email;

Abaixo encaminho algumas metas a serem apresentadas a


todos vocês (coordenadores) e que representam o “esqueleto”, podendo ser
modificado, do que pretendemos fazer nos próximos dois anos com a ajuda
do núcleo.

METAS A SEREM ALCANÇADAS

ADMINISTRATIVAS:

1. Organizar a secretaria e todos os serviços que demandam registro da


história do grupo (documentos, livros, fotos etc.);

2. Convocar uma assembléia para ouvirmos o nosso grupo antes de


apresentarmos as nossas metas. Seria um encontro democrático
(uma mesa redonda) que serviria para ouvir todo o grupo,
substituindo um eventual questionário, onde as pessoas no
anonimato escrevem o que querem, pois não tem o compromisso de
“pegar no batente”. Quem exigir atitude, também será dele exigido
conduta proporcional a sua cobrança; É mais uma maneira de
impulsionar as pessoas a participarem;

3. Convocar assembléia para implementar modificações em nosso


regimento. (acho que serviria também para as pessoas lembrarem
dos nossos compromissos no grupo);

4. Escolher Tesoureiro e Secretária;

5. Confeccionar uma nova camisa no grupo;

6. Cuidar de nossa assiduidade na Missa;

7. Organizar a nossa escala de faxina (sugestão: mudar a escala por


ministérios e voltar a ser nominal. Vantagem: Além de facilitar as
trocas, fará com que componentes de outras equipes se conheçam e
convivam entre si);

8. Ver a questão financeira do grupo, observando quem pode contribuir


com mais etc;
9. Escolher de antemão as nossas “prioridades” para o biênio, criando
uma maneira racional e motivacional para arrecadarmos dinheiro,
envolvendo todo o grupo;

10. Escolher o nosso padrão e filosofia de “Formação” do grupo para os


próximos dois anos, bem como tentando estruturar as nossas
reuniões de “grupão”;

11. Organizar momentos de lazer e cultura para o nosso grupo e que


sirvam como momentos de fraternidade do grupo (viagens, cinema,
passeios em nossa cidade etc.);

12. Prever metas estipuladas entre as equipes e Coordenação para


serem alcançadas nestes próximos dois anos. Estas metas seriam
apresentadas para todo o grupo da seguinte forma: A Coordenação
diria as suas metas a serem alcançadas, bem como cada equipe do
grupo também o faria. Guardaremos estas intenções e daqui a dois
anos viríamos o que tínhamos conseguido;

13. Operacionalizar o acesso a nossa futura sala de computação, bem


como terminar a reforma da sala, colocando o piso (com nosso
dinheiro ou com a ajuda da paróquia a definir e lutar);

14. Atualizar e aprimorar o nosso “Site” ou “blog” como instrumento


evangelizador e divulgador de nossas atividades;

SOCIAS:

1. Aperfeiçoar e continuar com os projetos “Cinema na Comunidade” e


“Palestras” voltadas a comunidade;

2. Criar uma forma de cursinho ou aulas preparatórias para concursos


voltadas para pessoas carentes de nossa comunidade;

3. Trabalhar em nossa comunidade o tema “Meio Ambiente”;

4. Inteirar-se com os problemas de nossa cidade que envolvam


educação, saúde, meio ambiente, moralidade com a coisa pública
( dia global do voluntariado, Natal Voluntários, Conselho Comunitário,
atividades arquidiocenas etc.);

5. A equipe de Visitas ou Ação Social organizar e promover no grupo a


experiência constante da vivência da caridade através da visita
(asilos, hospitais, creches, delegacias etc.) e organização de
campanhas (arrecadação de alimentos, brinquedos, livros etc).
ACHO QUE NÃO PENSEI EM TUDO, COM CERTEZA! PENSO QUANTA
COISA HÁ PARA SE FAZER, MAS LEMBRO A TODOS:

“NÃO SOMOS NÓS COORDENADORES APENAS QUE FAREMOS


ISSO E MUITO MAIS QUE VOCÊS PROPUSEREM. O NOSSO PAPEL
PRINCIPAL É MOTIVAR E DELEGAR ESTAS FUNÇÕES PARA PESSOAS
CAPAZES DE TORNÁ-LOS REALIDADE. A NOSSA MAIOR
RESPONSABILIDADE E FAZER COM QUE AS PESSAS ENTENDAM QUE
SÃO IMPORTANTES ESTAS METAS (ALCANÇARMOS REPRESENTA UMA
ATITUDE CONCRETA DE AMOR) E ESCOLHERMOS AS PESSAOS CERTAS
PARA OS LUGARES CERTOS.

Um grande abraço a todos e fiquem com Deus.

Natal, 06 de agosto de 2007.

Luiz Teixeira.