Você está na página 1de 28

03

MAQUINAS, EQUIPAMENTOS E UTILIDADES


04

CURIOSIDADES
05

COMO FAZER UMA BOA SOLDAGEM


06
COMO FAZER UMA BOA SOLDAGEM

CARACTERÍSTICAS DE UMA BOA SOLDAGEM


07
O ARCO ELÉTRICO
08
09
10
11
12

0.010 0.020 0.040 1/16 3/32 1/8 5/32 1/4

3 6 7 12 18 24
13

TABELAS PARA A SELEÇÃO DE CORRENTE DE SOLDAGEM COM


O PROCESSO TIG
14
15
PREPARAÇÃO DA EXTREMIDADE DO ELETRODO DE TUNGSTÉNIO

Soldagem com corrente contínua (Eletrodo no Pólo Negativo)


16
17
18

PENETRAÇÃO ESCESSIVA

DEPOSIÇÃO INSUFICIENTE

CONCAVIDADE NA RAIZ

MORDEDURA
19
POROSIDADE
20
21
POROS
22
TRINCAS

TRINCAS DE CRATERA
23
SEGURANÇA PARA UMA BOA SOLDAGEM

REGRAS PARA PROTEÇÃO E SEGURANÇA

NOÇÕES BÁSICAS PARA UMA BOA SOLDAGEM


24
25
CIRCUITO ELÉTRICO

EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA INDIVIDUAL


26
ORGANIZAÇÃO DA CABINA DE SOLDAGEM
27
RADIAÇÃO DO ARCO ELÉTRICO

SOLDAGEM COM ARCO ELÉTRICO


Operação Diâmetro do Corrente de Filtro para Filtro Sugerido
Eletrodo Soldagem Proteção p/ conforto
>•
Mínima
Eletrodo <2,5 <60 7 -
Revestido 2,5-4,0 60-160 8 10
4,0-6,1 160-250 8 12
6,1 250 - 550 11 14
TIG <50 8 10
50-150 8 12
10 14

PRECAUÇÕES EM AMBIENTE CONFINADO


28
Rodovia Was
hington Luiz

Posto INSS
Al. Ru

38
i Barb
o sa