Você está na página 1de 50
Atuadores Pneumáticos
Atuadores
Pneumáticos

Introdução

• Atuadores pneumáticos incluem cilindros lineares e atuadores rotativos.

• São dispositivos que proporcionam força e movimento para sistemas automatizados, máquinas e processos.

• O cilindro pneumático é um dispositivo simples, de baixo custo e fácil de instalar, sendo ideal para produzir força em movimento linear.

• A velocidade pode ser ajustada em uma ampla faixa.

• O curso do cilindro pode ser bloqueado sem danos.

Introdução

• Condições adversas, dependendo do projeto, podem ser toleradas, tais como: umidade, ambientes secos e poeirentos e limpeza por jatos de água.

• O diâmetro do cilindro determina a força máxima que ele pode exercer.

• O curso do cilindro determina o máximo movimento linear que ele pode produzir.

• A pressão máxima de trabalho depende do projeto do cilindro.

• A força é controlada através de um regulador de pressão.

Construção Básica

1

vedação do amortecedor

cinta magnética

Básica 1 vedação do amortecedor cinta magnética 2 3 4 camisa 5 6 7 8 9

2

3

4 camisa

5

6

7

8

9

luva do amortecedor

bucha guia

vedação da haste

cabeçote dianteiro

entrada de ar

sensor magnético

10 haste

11 guia do êmbolo

12 vedação do êmbolo

13 cabeçote traseiro

14 parafuso do amortecedor

Desenhos fundamentais

• Os atuadores pneumáticos são fabricados em uma ampla variedade de tamanhos, estilos e tipos que incluem:

• Simples ação

• Dupla ação

– Sem amortecimento ou amortecimento fixo

– Amortecimento ajustável

– Com êmbolo magnético

• Cilindros sem haste

• Atuador rotativo

• Cilindros de fixação

• Atuador tipo fole

Simples ação - retorno por mola

• Cilindros de simples ação exercem força somente em um sentido. Podem ter retorno ou avanço por mola.

por mola • Cilindros de simples ação exercem força somente em um sentido. Podem ter retorno
por mola • Cilindros de simples ação exercem força somente em um sentido. Podem ter retorno

Dupla ação - sem amortecedor

• Cilindros sem amortecedor são adequados para cursos completos com baixa velocidade.

Dupla ação - sem amortecedor • Cilindros sem amortecedor são adequados para cursos completos com baixa
Dupla ação - sem amortecedor • Cilindros sem amortecedor são adequados para cursos completos com baixa
Dupla ação - sem amortecedor • Cilindros sem amortecedor são adequados para cursos completos com baixa

Dupla ação - amortecedor fixo

• Pequenos diâmetros para serviços leves têm amortecedor fixo.

Dupla ação - amortecedor fixo • Pequenos diâmetros para serviços leves têm amortecedor fixo.
Dupla ação - amortecedor fixo • Pequenos diâmetros para serviços leves têm amortecedor fixo.

Dupla ação - amortecedor ajustável

• A haste desacelera progressivamente na parte final do curso.

Dupla ação - amortecedor ajustável • A haste desacelera progressivamente na parte final do curso.
Dupla ação - amortecedor ajustável • A haste desacelera progressivamente na parte final do curso.

Dupla ação magnético

• Uma cinta magnética em volta do êmbolo opera um sensor tipo reed para indicar a posição do curso.

magnético • Uma cinta magnética em volta do êmbolo opera um sensor tipo reed para indicar

Cilindro sem haste

• Dupla ação com amortecedor ajustável.

Cilindro sem haste • Dupla ação com amortecedor ajustável.
Cilindro sem haste • Dupla ação com amortecedor ajustável.

Atuador rotativo de palheta

• Dupla ação com 270 o de rotação

Atuador rotativo de palheta • Dupla ação com 270 o de rotação
Atuador rotativo de palheta • Dupla ação com 270 o de rotação

Atuador rotativo - Pinhão e Cremalheira

• Dupla ação tipo pinhão e cremalheira

Atuador rotativo - Pinhão e Cremalheira • Dupla ação tipo pinhão e cremalheira
Atuador rotativo - Pinhão e Cremalheira • Dupla ação tipo pinhão e cremalheira

Atuador Rotativo -

• Dupla ação - duplo torque

Atuador Rotativo - • Dupla ação - duplo torque
Atuador Rotativo - • Dupla ação - duplo torque

Cilindro de Fixação

• Retorno por mola.

Cilindro de Fixação • Retorno por mola.
Cilindro de Fixação • Retorno por mola.

Cilindro de Fixação

• Dupla ação haste dupla.

Cilindro de Fixação • Dupla ação haste dupla.
Cilindro de Fixação • Dupla ação haste dupla.

Fole

• Tipo dupla convolução

• Tipo dupla convolução
Fole • Tipo dupla convolução

Flambagem da haste

Flambagem da haste

Algumas aplicações requerem cilindros de cursos longos.

Se existe uma carga de compressão axial aplicada na haste, é preciso assegurar que os parâmetros de comprimento, diâmetro

carga estejam dentro dos limites de segurança para evitar a flambagem da haste.

e

A

fórmula de Euler para instabilidade elástica é expressa por:

Onde:

F K

=

para instabilidade elástica é expressa por: Onde: F K = 2 E I l 2 K

2 E

I

l

2

K

Fk

= Carga Euler (Força para flambar)

E

= Modulo de elasticidade

I

= Momento de inércia

Lk

= Comprimento equivalente livre de flambagem

Controle de velocidade

Controle de velocidade

• A velocidade natural máxima de um cilindro é determinada por :

– diâmetro do cilindro,

– orifício de entrada,

– fluxo de entrada e exaustão da válvula,

– pressão do ar,

– diâmetro e comprimento do tubo,

– carga contra a qual o cilindro está trabalhando.

válvula, – pressão do ar, – diâmetro e comprimento do tubo, – carga contra a qual

Controle de velocidade

• Selecionados válvula, cilindro, pressão e carga, o controle de velocidade ajustável é efetuado por válvulas controladoras de fluxo.

• A velocidade é regulada controlando o ar de exaustão.

• A válvula controladora no orfício frontal regula a velocidade de avanço e no orifício traseiro a velocidade de retorno.

válvula controladora no orfício frontal regula a velocidade de avanço e no orifício traseiro a velocidade

Aumentando a velocidade

• Em algumas aplicações a velocidade do cilindro pode ser aumentada até 50% pelo uso de uma válvula de escape rápido.

• Quando o cilindro é acionado, o ar da câmara frontal é expelido diretamente através da válvula de escape rápido, eliminando rápidamente a contra-pressão.

• O amortecedor será menos efetivo.

através da válvula de escape rápido, eliminando rápidamente a contra-pressão. • O amortecedor será menos efetivo.

Válvula de escape rápido

• O ar flui da válvula direcional para o cilindro passando pela vedação poppet (1-2).

• Quando a válvula direcional é operada a queda de pressão em “1” permite que a vedação poppet abra.

• O ar do cilindro é expelido rapidamente pelo grande orifício de exaustão e silenciador (2-3).

3

2 1
2
1
2 3 1
2
3
1
2 1
2
1

Montagens

Montagens

Proteção com sanfona

• Uma alternativa para os limpadores de haste são as sanfonas de proteção.

• Especificadas como um equipamento original quando a haste requer uma proteção maior.

• Solução ideal onde a haste está sujeita a presença de abrasivos ou substâncias que possam riscar a mesma.

maior. • Solução ideal onde a haste está sujeita a presença de abrasivos ou substâncias que
maior. • Solução ideal onde a haste está sujeita a presença de abrasivos ou substâncias que

Modelos não padronizados

Cilindro anti-giro

• Para aplicações onde a carga ligada ao cilindro precisa de guia para manter a orientação.

• Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado do corpo.

precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado
precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado
precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado
precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado
precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado
precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado
precisa de guia para manter a orientação. • Cilindros compactos incorporam duas barras guiadas no extrudado

Cilindro anti-giro

• Cilindros ISO 32 com haste anti-giro.

• Possuem duas faces planas ao longo da haste guiadas pelo mancal frontal (vedação e limpador)

• Para resistir a leves cargas de torsão.

• Pequenos giros podem ocorrer com altos torques.

(vedação e limpador) • Para resistir a leves cargas de torsão. • Pequenos giros podem ocorrer
(vedação e limpador) • Para resistir a leves cargas de torsão. • Pequenos giros podem ocorrer

Guia anti-giro

• Conjunto anti-giro – com mancais ou rolamento – Proporciona guia anti-giro e suporta altas
Conjunto anti-giro
– com mancais ou rolamento
– Proporciona guia anti-giro e
suporta altas cargas de
torsão.
– Para baixo atrito e altas
cargas usar o modelo por
rolamentos.

– Estas unidades podem ser montadas com os cartuchos de travamento.

e altas cargas usar o modelo por rolamentos. – Estas unidades podem ser montadas com os

Unidade de travamento

• Para aumentar a segurança no evento de uma falha do ar ou como parte de uma sequência da máquina.

• Pára e mantém uma carga em qualquer posição do curso. • Unidade de ação
• Pára e mantém uma carga
em qualquer posição do
curso.
• Unidade de ação passiva.
• Adequada para cilindros ISO
de 32 a 125mm.
carga em qualquer posição do curso. • Unidade de ação passiva. • Adequada para cilindros ISO

Variantes

Variantes

• Haste dupla

– Proporciona uma construção mais rígida e melhor estabilidade contra cargas laterais.

– A área efetiva do êmbolo é a mesma de ambos os lados. Pressão equalizada cria um balanço de forças através do êmbolo.

efetiva do êmbolo é a mesma de ambos os lados. Pressão equalizada cria um balanço de
efetiva do êmbolo é a mesma de ambos os lados. Pressão equalizada cria um balanço de

Variantes

• Geminado Multi Posições

– Pela fixação de dois ou mais cilindros pode-se obter diversas posições de parada de forma confiável.

– Pela fixação de dois ou mais cilindros pode-se obter diversas posições de parada de forma

1 2 3 4

– Pela fixação de dois ou mais cilindros pode-se obter diversas posições de parada de forma

Variantes

• Cilindro Tandem

• Proporciona quase o dobro da força para um dado diâmetro.

– É indicado como alternativa a cilindros maiores onde o espaço disponível é grande no comprimento mas restrito na largura.

– Assegura a máxima força dentro dos limites de flambagem.

é grande no comprimento mas restrito na largura. – Assegura a máxima força dentro dos limites

Dados para especificação de cilindros

• Linear ou rotativo?

• Rotativo (torque e ângulo)

• Linear:

– Simples ou dupla ação?

– Diâmetro do êmbolo (força teórica necessária + pressão de operação)?

– Diâmetro da haste?

– Pressão de operação?

– Curso do cilindro?

– Êmbolo magnético ou não- magnético?

– Algum cilindro alternativo?

– Alguma montagem?

– Curso do cilindro? – Êmbolo magnético ou não- magnético? – Algum cilindro alternativo? – Alguma

Especificações Técnicas (Parker)

Cilindros Compactos

Cilindros Compactos
Cilindros Mini ISO Reparáveis Versões Disponíveis - Dupla Ação com Amortecimento Fixo. - Dupla Ação

Cilindros Mini ISO Reparáveis

Versões Disponíveis

- Dupla Ação com Amortecimento Fixo.

- Dupla Ação com Amortecimento Ajustável (Ø 25 mm).

- Dupla Ação com Haste Passante.

com Amortecimento Fixo. - Dupla Ação com Amortecimento Ajustável (Ø 25 mm). - Dupla Ação com

O que é um Hydro-Check?

Hydro-Check Uma das vantagens em se utilizar o ar comprimido como fonte de energia é a sua compressibilidade. Entretanto, em operações de usinagem, alimentação de peças, outros, onde há necessidade de movimentos de precisão suaves e uniformes, a compressibilidade natural do ar pode ser uma desvantagem.

Nestas circunstâncias, o Hydro-Check é usado de forma a proporcionar suavidade e precisão hidráulica a dispositivos e equipamentos pneumáticos cuja ação é rápida e resiliente. O Hidro-Check impõe um controle hidráulico, totalmente regulável ao movimento de avanço do cilindro pneumático, eliminando trepidações ou vibrações e compensando quaisquer variações na força requerida.

O Hydro-Check pode ser montado em qualquer posição e pode ser preparado para regular o movimento da haste de um cilindro pneumático ou de qualquer outro elemento de máquina em qualquer ponto desejado.

o movimento da haste de um cilindro pneumático ou de qualquer outro elemento de máquina em

Por exemplo, em certas operações de furação, o avanço da ferramenta durante a furação pode ser desejado com regulagem ao longo de todo o curso, enquanto que em outros casos a regulagem só é necessária a partir do início da operação propriamente dita. Desta forma, o Hydro-Check permite rápido avanço ao ponto de início da operação, velocidade controlada durante a usinagem e rápido retorno da ferramenta ao ponto inicial. Esta unidade, compacta e versátil, oferece uma alternativa de baixo custo, que aumentará consideravelmente a vida útil de ferramentas com grande redução de peças refugadas por defeitos de usinagem.

O Hydro-Check encontra um grande campo em máquinas operadas manualmente que muitas fábricas reservam para pequenos lotes de peças ou para serviços especiais. Em máquinas operadas manualmente, o uso do Hydro-Check assegura um trabalho uniforme e inalterado pela fadiga.

especiais. Em máquinas operadas manualmente, o uso do Hydro-Check assegura um trabalho uniforme e inalterado pela

Funcionamento

O Hydro-Check consiste basicamente de um cilindro, uma haste, uma válvula de controle de fluxo tipo "agulha" e um cilindro compensador. Quando a haste (A) é movimentada no sentido do avanço, o pistão força o óleo a passar pelo tubo de transferência (B) através da válvula de controle (C) para o cabeçote traseiro do cilindro. O fluxo do óleo através da válvula (C) é determinado pela regulagem efetuada no parafuso (D) da válvula que controla a área de passagem através da mesma. Deste modo, a velocidade com que o pistão avança pode ser controlada com muita precisão. No movimento de retorno, a válvula de 1 via (E) permite a livre passagem do óleo através do pistão. O cilindro compensador (F) atua como reservatório para o volume de óleo deslocado pela haste do pistão (A) durante o movimento de retorno e envia esse mesmo volume de óleo ao cabeçote traseiro durante o movimento de avanço do pistão. A haste indicadora (G) do cilindro compensador possui entalhes que determinam o nível máximo de óleo e quando deve ser reabastecido o Hydro- Check.

compensador possui entalhes que determinam o nível máximo de óleo e quando deve ser reabastecido o

Planilha de Dimensionamento de Cilindros Pneumáticos