Você está na página 1de 10
CLAVE de SOL
CLAVE
de SOL

Setembro

Volume I

Edição XIII

2014

Equipa Técnica:

Ângela Matos (Rockalhadas) Jéssica Brites (Rodinhas) Tiragem:

100 exemplares Edição online:

Nas plataformas da

RaussTuna

Participações e prémios recebi-

dos

em

Festi-

vais

de

Tunas

Mistas

Pág. 2

O jornal oficial da RaussTuna Tuna Mista de Bragança

Editorial

Nesta ediçao, fazemos um breve resumo do ano letivo de 2013/14.

ediçao, fazemos um breve resumo do ano letivo de 2013/14. I Rauss&Tuna ’ S– Festival So-

I Rauss&TunaS– Festival So- lidário de Tunas Mistas de

Bragança

Pág. 5

I Digressão de Inverno nos Açores

I Digressão de Inverno nos Açores Pág. 3

Pág. 3

á g . 5 I Digressão de Inverno nos Açores Pág. 3 Veja tambem nesta ediçao:

Veja tambem nesta ediçao:

-V Digressao RaussTuneana

-Atuaçoes de Verao 2014

/rausstuna.braganca rausstuna.blogspot.pt Canal: RaussTuna TMB
/rausstuna.braganca
rausstuna.blogspot.pt
Canal: RaussTuna TMB

Página 2

 

CLAVE DE SOL

 

Festivais 2013/14Breve Resumo

Ao longo do passado ano letivo, a RaussTuna nao teve maos a medir com as extensas marcaçoes na agenda! Foi um ano preenchido com muitos Festivais, atua- çoes de cariz solidario, liturgicas, festas e muitas outras atividades. Felizmente,

com muito trabalho e o nosso amor a camisola”, demos conta do recado da melhor

forma que sabemos e podemos. Debrucemo-nos agora nas nossas participaçoes em Festivais. Foram 9 no to-

tal:

VI Tosta Mista, em Viseu

 
 VI Tosta Mista, em Viseu  

III Tunas DOuro, em Oliveira

do Douro

XII Ole Tunas, em Angra do Heroísmo

II Inventio, em Ponta Delgada

III MusiCALE, em Gaia

II Real Academicvs, em Vila Real

IX Fasta Noite, em Coimbra

VI Pimba Nelas, no Estoril

II Tripeirart, no Porto

Foto de todos os prémios recebidos pela RaussTuna

Nesta jornada por todo o país, A RaussTuna arrecadou, nada mais nada me-

nos, do que 31 premios! Entre eles os premios de melhor porta-estandarte, me- lhor pandeireta, melhor instrumental, melhor passa calles, melhor original, melhor serenata, prémios temáticos, tuna mais público e TUNA + TUNA! Sao estes premios que nos enchem de orgulho, e que mostram o empenho e dedicaçao que colocamos em tudo o que fazemos, mas e essencialmente o espirito de boemia, convívio e diversao de um festival, e claro as amizades que vamos cri- ando um bocadinho por todo lado, que nos alimentam a alma e nos fazem nunca

querer abrandar

o ritmo.

Aproveitamos tambem para agradecer a todas as tunas organizadoras destes festivais (Estudantina Universitaria de Viseu, TAOD, TAESEAH, TAUA, Tunífica, TAUTAD, Tuna DEstes, Tunística e ArTuna) que tao bem nos receberam e tantos momentos inesquecíveis nos proporcionaram. E como tal queremos dizer-lhes um muito obrigado pelo convite e esperamos encontrar-nos novamente em breve! A RaussTuna espera por mais convites e que este ano seja tao agitado como o que passou! E sinal que estamos a crescer e com mais vontade do que nunca!

Venham os proximos!

Página 3

de Fevereiro o ao aeroporto

conhecemos, a

propriamente a sua capital

Volume I

conhecemos, a propriamente a sua capital Volume I Chegada ao Aeroporto Francisco Sa Carneiro No dia

Chegada ao Aeroporto Francisco Sa Carneiro

No

dia

I Digressão de InvernoAçores

Este ano a RaussTuna teve direito a 11 dias de ferias de inverno, apos a cansati- va epoca de exames do 1º semestre! Com o pretexto de 2 festivais nas ilhas dos Açores, um na Terceira (XII Ole Tunas) e outro em S. Miguel (II Inventio), parti- mos na aventura por essas ilhas tao belas.

12

saímos, em direça

Francisco Sa Carneiro onde em-

barcamos no aviao em direçao a

primeira ilha que

Terceira. Tendo chegado um dia

antes do Festival dito, dirigimo-nos

historica, Angra do Heroísmo, pa- ra fazer as honras da RaussTuna e Bragança na Camara Municipal, aqui fica o cumprimento!

No decorrer do Festival tivemos oportunidade de conviver e competir com

tunas dos Açores e do continente, conjugado com toda a diversao e espírito tu- nante. Fomos ainda conhecendo um pouco mais da ilha, porem muito ficou por ver, pois o tempo nao chegou para tudo, e as condiçoes atmosfericas eram adver- sas.

No dia 16 partimos para a Ilha de S. Miguel, passando la a semana e aí sim, tivemos a oportunidade de visitar alguns dos pontos mais atrativos da Ilha.

de visitar alguns dos pontos mais atrativos da Ilha. Começamos por uma visita a Caldeira Velha,

Começamos por uma visita a Caldeira Velha, onde a magnífica e generosa vegetaçao envolvente

nos encantou e nos fez comprovar

realmente a beleza da ilha. Para- mos tambem num miradouro com vista para a Lagoa do Fogo que era simplesmente divinal! Aproveita- mos e marcamos o momento com esta foto de fazer inveja!

Miradouro da Lagoa do Fogo

Página 4 Página 4 CLAVE CLAVE DE DE SOL SOL Durante estes roteiros passamos pelo
Página 4
Página 4
CLAVE CLAVE DE DE SOL SOL
Durante estes roteiros passamos pelo Vale das Furnas, onde fizemos um pique-
nique e aproveitamos para nos inteirar da forma como era confecionado o famo-
so Cozido das Furnas, que mais tarde apreciamos.
Seguimos caminho ate as piscinas naturais da Poça da Beija, onde se segui-
ram alguns momentos de descontraçao bem merecidos! Este local, faz parte de
um conjunto de
nascentes ferreas e quentes, associadas aos fenomenos de vulca-
nismo secundario.
A agua, que em contato com as rochas sujeitas a altas temperaturas, aquece
gradualmente e
atinge a superfície com temperaturas medias de 39ºC, por isso o
receio de alguns em entrar na agua com o tempo ligeiramente fresco que se fazia
sentir, facilmente se dissipou!
RaussTuna nas piscinas naturais da Poça da Beija
Assim que a tarde se encaminhou para o seu final, deslocamo-nos ao res-
taurante para nos deliciarmos com o Cozido das Furnas, que nos tinha andado a
fazer crescer a
gua na boca durante todo o dia!

Página 5

participaçao de

Atividade

al (APADI), e a pal de Bragança.

CLAVE DE SOL

I Rauss&Tuna’S-Festival Solidário de Tunas Mistas em Bragança

O ano letivo de 2013/14 foi um ano muito importante para a RaussTuna!

Foi neste ano que organizamos o nosso primeiro festival, o I Rauss&TunaS- Fes- tival Solidario de Tunas Mistas em Bragança. Nesta primeira ediçao trabalhamos afincadamente para proporcionar a nossa cidade um grandioso espetaculo com a

conceituadas Tunas Mistas de Portugal.

pioneira na cidade, que se estreou em Dezembro de 2012 como

Encontro Solidario de Tunas, e o agora Rauss&TunaS, uma atividade que ajuda aqueles que mais necessitam, com a animaçao e o espírito academico que as Tu- nas proporcionam.

e o espírito academico que as Tu- nas proporcionam. Atuação da RaussTuna na Serenata do I

Atuação da RaussTuna na Serenata do I Rauss&Tuna´s

O Festival, realizado nos dias 2, 3 e 4 de Maio, foi essencialmente com-

posto por 3 grandes momentos: a noite de serenatas, realizadas no Jardim An- tonio DAlmeida na sexta, o Passa Calles Solidario no sabado a tarde, que con- sistiu em breves atuaçoes das tunas a concurso em 4 instituiçoes de caridade social: Centro Paroquial dos Santos Martires; Obra Kolping; Santa Casa da Mi- sericordia de Bragança e Associaçoes de Pais e Amigos do Diminuído Intelectu-

atuaçao principal no sabado a noite no palco do Teatro Munici-

Página 6

Academica da

Tuna Mista da

Masculina da

Volume I

6 Academica da Tuna Mista da Masculina da Volume I Tunística à saída da Santa Casa

Tunística à saída da Santa Casa da Misericórdia (Passa calles Solidário)

Neste nosso primeiro festival, pu-

demos contar com a presença de 4 tunas

a concurso, TAUTAD - Tuna

UTAD, EUV - Estudantina Universitaria de

Viseu, DESCONCERTUNA -

FPCEUC de Coimbra e TUNISTICA - Tuna da ESHTE do Estoril, e uma extraconcur-

so a In´VinusTuna - Tuna

ESACT- IPB, que nos ajudaram a encher a plateia do teatro, cujo valor do bilhete re- vertia exclusivamente a favor dos alunos carenciados do IPB. No total foram anga- riados 600 euros que foram entregues aos serviços de açao social do IPB.

Foi sem duvida alguma ,uma iniciativa de sucesso, e como tal, esperamos

que se repita todos os anos, cada vez com mais aderencia, pois colocar a Raus-

sTuna no mapa e o nosso objetivo.

pois colocar a Raus- sTuna no mapa e o nosso objetivo. Música ‘’Rauss&Tuna’S’’ cantada e tocada

Música ‘’Rauss&Tuna’S’’ cantada e tocada por todas as tunas intervenientes no I Rauss&Tuna’S—Festival Solidário de Tunas Mistas em Bragança

Página 7

Página 7

 

CLAVE DE SOL

V Digressão de Verão

 

As aulas ja haviam acabado, os exames tambem e finalmente a tao espe-

rada Digressao

começou. Na sexta-feira, dia 11 de Julho de 2014, partimos em

direçao a Mindelo, numa viagem cheia de brincadeiras e animaçao. Ao chegar- mos dirigimo-nos a casa ja previamente preparada para nos receber e tivemos

uma agradavel surpresa, pois ela era perfeita para nos. Logo no segundo dia pusemos maos a obra e encaminhamo-nos para a cidade do Porto, a cerca de 23 km de Mindelo, onde tivemos a nossa primeira

arruada. Percorremos as belíssimas e historicas ruas do Porto, a tocar e a can-

tar, para alegrar todos os que passavam por nos. Nos dias que se seguiram pas- samos pela bela Ribeira do Porto e pela Povoa de Varzim, sempre animados e felizes, pois mesmo estando muito calor, o qual se sentia ainda mais por estar- mos trajados, os sorrisos e as palmas dos nossos ouvintes amenizavam o sol in- tenso, como se de uma lufada de ar fresco se tratasse.

Mas nem tudo foi trabalho,

Mas nem tudo foi trabalho,

pois ao fim ao uma digressao

cabo o objetivo de e tambem descan-

sar apos um longo ano de traba- lho arduo. Alem de podermos re- laxar no jardim da casa tambem tínhamos a praia a menos de cin-

co minutos a pe. Apos as arruadas terminarem ora íamos a praia ora

ficavamos, no

jardim da casa, a

apanhar banhos de sol, sempre

com o intuito

de fazer desta di-

gressao a melhor de sempre.

 

A convivencia entre todos, atraves das brincadeiras e sorrisos trocados,

so serviram para nos juntar ainda mais, especialmente quando membros ja inativos se juntaram a nosFoi como se nunca tivessem saídoUma vez mais estava comprovado que a Tuna e para a vida inteira e que todos nos fazemos parte de uma grande e unida família. Unio, Labor et Justitia(Uniao, trabalho e justiça) e o lema impresso no nosso emblema e aquilo em que todos nos RaussTuneanos acreditamos, e as memorias e emoçoes sao partilhadas atraves das musicas que tocamos e das letras que escrevemos.

Página 8

precisamente

Volume I

Com a semana a terminar começaram os preparativos para o jantar de gala. No dia do jantar (realizado no Casino da Povoa de Varzim) todos se vesti- ram a rigor, os homens de fato e gravata e as mulheres de vestido de gala. Foi um grande jantar, como tantos outros, onde o bom serviço e simpatia dos fun- cionarios do restaurante se sincronizavam com a animaçao de um bom jantar de família. Foi, no entanto, um jantar de despedida e foi com tristeza que dis- semos adeus a esta semana incrível, com muita alegria e com um grande sen- timento de realizaçao a todos os níveis. Regressamos a Bragança levando connosco memorias que jamais serao esquecidas e com a certeza de que a RaussTuna e e fara sempre parte dos nos- sos coraçoes, pois e ela a nossa a vida.

parte dos nos- sos coraçoes, pois e ela a nossa a vida. Último dia da V

Último dia da V Digressão em Mindelo

Atuações de Verão

Último dia da V Digressão em Mindelo Atuações de Verão Casamento Catarina e Luís Uma semana

Casamento Catarina e Luís

Uma semana apos o termino

da V Digressao, mais

dia 26 de Julho de 2014, voltamos

a cargacom mais uma atuaçao, neste caso um casamento que foi realizado em Rebordainhos onde felicitamos o novo casal Catarina e Luís.

Contudo, foi apenas a primei- ra de tres atuaçoes a realizar no mes de Agosto.

Página 9 Página 9 CLAVE DE SOL A seguinte foi em Vilares (Murça), para as
Página 9
Página 9
CLAVE DE SOL
A
seguinte foi em Vilares (Murça), para as festas da aldeia. Foi uma atua-
çao magnífica,
nao so pelo publico mas tambem porque tivemos o prazer de
assistir a atuaçao de um grupo de Pauliteiros de Miranda do Douro. No final
tivemos direito a um jantar feito por uma senhora da aldeia a qual dedicamos
uma linda serenata.
A
terceira atuaçao, fez-nos voltar a casa, pois atuamos na Praça de Ca-
moes, em Bragança, no ambito das Festas da Cidade, foi com agrado que o fi-
zemos, pois Bragança tornou-se a nossa segunda casa e as pessoas a nossa se-
gunda família,
deixamos o agradecimento a Camara Municipal da Cidade de
Bragança pelo
convite.
Mas, como tudo tem um fim, depressa chegamos a nossa ultima atuaçao
deste verao. Desta vez foi numa aldeia do Concelho de Carrazeda de Ansiaes,
Vilarinho de Castanheira, para comemoraçao dos 110 anos da Associaçao Fi-
larmonica de Vilarinho da Castanheira. Fomos muito bem recebidos, pois mal
chegamos fomos agraciados com um lanche de porco no espeto e o bom vinho
da terra, e pudemos desfrutar das atuaçoes de outros grupos convidados, a Tu-
na da Lousa, o Rancho Folclorico, o Grupo de Cantares de Carrazeda de An-
siaes e ainda a
Orange Band, banda de improvisaçao de jazz.
Por fim,
um longo ano de trabalho arduo chega ao seu termo, no entanto,
todo ele foi deveras gratificante e regenerador, pois permitiu-nos avançar e
crescer nao so
como tuna, mas tambem como seres humanos singulares e uni-
cos que somos. Por isso e muito mais, a RaussTuna e e sempre sera a nossa fa-
mília.
Atuação Praça Camões
Jornal oficial da RaussTuna Tuna Mista de Bragança
Jornal oficial da RaussTuna
Tuna Mista de Bragança

Ensaios:

Segunda-feira e Quarta-feira - 21 Horas No Centro Academico do IPB, junto a ESTiG ( Escola Superior de Tecnologia e Gestao )

junto a ESTiG ( Escola Superior de Tecnologia e Gestao ) Morada: RaussTuna - Tuna Mista

Morada:

RaussTuna - Tuna Mista de Bragança, Campus Santa Apolonia, Centro Academico do IPB, Bragança 5300

Telemóvel:

938423283/916410232

Email:

rausstuna@gmail.com

À venda!!

Compre já o seu!

(Adquira-o na sala da tuna ou no nosso site)

Compre já o seu! (Adquira - o na sala da tuna ou no nosso site) “

Tunamente Mistos

&

CD Hino do Caloiro