Você está na página 1de 1205

KPBM038702

Manual de Ocina

KPBM038702 Manual de O fi cina TRATOR DE ESTEIRAS D61EX – 15E0 D61PX – 15E0 NÚMEROS
KPBM038702 Manual de O fi cina TRATOR DE ESTEIRAS D61EX – 15E0 D61PX – 15E0 NÚMEROS
KPBM038702 Manual de O fi cina TRATOR DE ESTEIRAS D61EX – 15E0 D61PX – 15E0 NÚMEROS

TRATOR DE ESTEIRAS

TRATOR DE ESTEIRAS D61EX – 15E0 D61PX – 15E0 NÚMEROS DE SÉRIE D 6 1 E

D61EX

15E0

D61PX

15E0

NÚMEROS DE SÉRIE

D61EX B45001 D61PX – B45001

e acima

15E0 NÚMEROS DE SÉRIE D 6 1 E X – B 4 5 0 0 1
15E0 NÚMEROS DE SÉRIE D 6 1 E X – B 4 5 0 0 1

®

MANUAL DE OFICINA

SEN02396-02

TRATOR DE ESTEIRAS

D61EX-15E0

D61PX-15E0

SEN02396-02 TRATOR DE ESTEIRAS D61EX-15E0 D61PX-15E0 Modelo da máquina Número de Série D61EX-15E0

Modelo da máquina

Número de Série

D61EX-15E0

B45001 e acima

D61PX-15E0

B45001 e acima

00 Índice e prefácio

Índice

D61PX-15E0 B45001 e acima 00 Índice e prefácio Índice Composição do manual de oficina 2 4

Composição do manual de oficina

2

4

Índice

D61EX,PX-15E0

B45001 e acima 00 Índice e prefácio Índice Composição do manual de oficina 2 4 Índice

1

SEN02396-02

00 Índice e prefácio

Composição do manual de oficina

O conteúdo deste manual de oficina é apresentado juntamente com o Nº do Formulário em uma lista. Nota 1: Mantenha sempre a última versão deste manual de acordo com essa lista e use-o da maneira apropriada. As marcas mostradas à direita do Nº do Formulário trazem as seguintes indicações:

: Edição nova (a ser arquivada adicionalmente) l: Revisão (a ser substituída para cada Nº de Formulário)

Nota 2: Este manual de oficina pode ser fornecido para cada Nº de Formulário.

Nota 3: Para arquivar este manual de oficina na pasta especial para gerenciamento, manuseie-o da seguinte forma:

- Colocar um divisor no topo de cada seção no arquivo após combinar o Nº do tubo com o Nº indicado próximo a cada Nome de Seção mostrado na tabela abaixo.

- Arquivar a apresentação geral e outros materiais nas seções, seguindo a ordem mostrada a seguir e utilizá- los de forma correspondente.

Título da Seção

Nº do Formulário

Manual de Oficina, pasta de conteúdos, etiqueta e abas da pasta

SEN02387-02

00

Índice e prefácio

SEN02388-02

Índice

SEN02396-02 l

Prefácio e informações gerais

SEN02397-00

01

Especificações

SEN02389-00

Especificações e dados técnicos

SEN02398-00

10

Estrutura, funcionamento e padrões de manutenção

SEN02390-00

Motor e sistema de arrefecimento

SEN02473-00

Trem de força, parte 1

SEN02474-00

Trem de força, parte 2

SEN02475-00

Armação e material rodante

SEN02476-00

Sistema hidráulico, parte 1

SEN02477-00

Sistema hidráulico, parte 2

SEN02478-00

Sistema hidráulico, parte 3

SEN02479-00

Equipamento de trabalho

SEN02480-00

Cabina e seus implementos

SEN02481-00

Sistema elétrico

SEN02482-00

20

Tabela de valores padrão

SEN02391-00

Tabela de valores de serviço padrões

SEN02554-00

30

Testes e ajustes

SEN02392-00

Testes e ajustes, parte 1

SEN02555-00

Testes e ajustes, parte 2

SEN02556-00

Testes e ajustes, parte 3

SEN02557-00

Testes e ajustes, parte 4

SEN02558-00

2

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02396-02

40

Diagnóstico de falhas

SEN02393-00

Tabela dos códigos de falhas e localização dos fusíveis

SEN02559-00

Informações gerais sobre o diagnóstico de falhas

SEN02560-00

Diagnóstico de falhas por código de falha (exibição do código), parte 1

SEN02561-00

Diagnóstico de falhas por código de falha (exibição do código), parte 2

SEN02563-00

Diagnóstico de falhas por código de falha (exibição do código), parte 3

SEN02564-00

Diagnóstico de falhas por código de falha (exibição do código), parte 4

SEN02565-00

Diagnóstico de falhas do sistema elétrico (modo E)

SEN02566-00

Diagnóstico de falhas dos sistemas hidráulico e mecânico (modo H)

SEN02567-00

Diagnóstico de falhas do motor (modo S)

SEN02568-00

50

Desmontagem e montagem

SEN02394-00

Informações gerais sobre desmontagem e montagem

SEN02569-00

Motor e sistema de arrefecimento (SAA6D107E-1)

SEN02570-00

Motor (SAA6D170E-1)

SEN02571-00

Trem de força, parte 1

SEN02572-00

Trem de força, parte 2

SEN02573-00

Armação e material rodante, parte 1

SEN02574-00

Armação e material rodante, parte 2

SEN02575-00

Sistema hidráulico

SEN02576-00

Equipamento de trabalho

SEN02577-00

Cabina e seus implementos

SEN02578-00

Sistema elétrico

SEN02579-00

90

Diagramas e desenhos

SEN02395-01

Diagramas e desenhos hidráulicos

SEN02399-00

Diagramas e desenhos elétricos

SEN02400-01

D61EX,PX-15E0

3

SEN02396-02

00 Índice e prefácio

Índice

00 Índice e prefácio

 

SEN02396-02

 
 

Índice Composição do manual de oficin

2

4

 

Índice

 

SEN02397-00

 
 

Prefácio e informações gerais Observações sobre segurança

2

7

9

11

23

26

29

32

36

 

Como ler o manual de oficina

 

Explicações dos termos para padrões de manutenção

 

Manuseio do equipamento elétrico e componentes hidráulicos

 

Como ler o código de fiação elétrica

 

Precauções ao realizar as operações

 

Método de desmontagem e conexão do acoplador tipo dinamômetro

 

Tabela de torques de aperto padrão

 

Tabela de conversão

01

Especificações

 
 

Especificações e dados técnicos

SEN02398-00

2

3

8

10

 
 

Desenho das dimensões das especificações

 
 

Especificações

 
 

Tabela de pesos

 
 

Tabela de combustível, líquido de arrefecimento e lubrificantes

 

10

Estrutura, funcionamento e padrões de manutenção

 
 

Motor e sistema de arrefecimento

SEN02473-00

2

4

12

 
 

Sistema de arrefecimento

 
 

Bomba do ventilador de arrefecimento

 
 

Motor do ventilador de arrefecimento

 
 

Trem de força, parte 1

SEN02474-00

2

3

4

6

7

8

10

12

18

30

36

38

 
 

Trem de força

 
 

Trem de força

 
 

Sistema HSS

 
 

Vista geral da unidade do trem de força

 
 

Desenho da tubulação hidráulica do trem de força

 
 

Controle da transmissão, direção e freios

 
 

Amortecedor e junta universal

 
 

Conversor de torque e PTO

 
 

Transmissão

 
 

ECMV da transmissão

 
 

Válvula de alívio principal e válvula de alívio do conversor de torque

 
 

Válvula de alívio do óleo de lubrificação

 
 

Trem de força, parte 2

SEN02475-00

2

18

24

 
 

Eixo da engrenagem cônica, HSS e freios

 
 

Válvula dos freios

 
 

Comando final

 
 

Material rodante e armação

SEN02476-00

3

4

8

12

14

15

16

18

 
 

Armação principal

 
 

Suspensão

 
 

Armação de esteira e coxim da roda guia

 
 

Roda guia

 
 

Rolete superior

 
 

Rolete inferior

 
 

Roda motriz

 
 

Sapata da esteira

 

4

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02396-02

 

Sistema hidráulico, Parte 1

SEN02477-00

2

4

6

8

9

10

28

 

Disposição dos dispositivos hidráulicos do equipamento de trabalho

 

Controle do equipamento de trabalho

 

Reservatório e filtro hidráulico

 

Bomba de recuperação

 

Bomba de lubrificação da direção e do trem de força

 

Bomba do HSS

 

Motor do HSS

 

Sistema hidráulico, Parte 2

SEN02478-00

2

10

37

 

Válvula de controle

 

CLSS

 

Válvula auto-redutora de pressão

 

Sistema hidráulico, Parte 3

SEN02479-00

2

18

22

24

26

 

Válvula PPC

 

Alavanca elétrica (controle direcional)

 

Válvula de queda rápida

 

Válvula solenóide

 

Acumulador

 

Equipamento de trabalho

SEN02480-00

2

8

9

10

13

 

Equipamento de trabalho

 

Borda cortante e canto da lâmina

 

Escarificador

 

Cilindro hidráulico

 

Válvula de pistão

 

Cabina e seus implementos

SEN02481-00

2

3

5

 

Montagem da cabina

 

Cabina

 

Diagrama da tubulação do ar condicionado

 

Sistema elétrico

SEN02482-00

2

4

9

10

12

14

22

24

25

26

27

 

Sistema de monitoramento

 

Painel monitor

 

Controle do motor

 

Sistema de controle do motor

 

Sistema de controle do sistema de arrefecimento

 

Componentes do sistema

 

Sistema de controle de comando na palma da mão

 

Sistema de bloqueio PPC

 

Sistema do terminal KOMTRAX

 

Terminal KOMTRAX

 

Sensores

20

Tabela de valores-padrão

 

Tabela de valores de serviço padrão

SEN02554-00

2

3

 

Tabela de valores de serviço padrão para o motor

 

Tabela de valores de serviço padrão para a máquina

30

Testes e ajustes

 

Testes e ajustes, Parte 1

SEN02555-00

3

6

8

10

11

13

16

 

Tabela de valores padrão para as peças relacionadas ao motor

 

Medição da rotação do motor

 

Medição da pressão do ar de admissão (pressão de reforço)

 

Medição da cor do gás do escapamento

 

Ajuste da folga das válvulas

 

Medição da pressão de compressão

 

Medição da pressão de sopro no cárter

D61EX,PX-15E0

5

SEN02396-02

00 Índice e prefácio

 

Medição da pressão de óleo do motor

17

18

18

19

21

25

27

28

28

29

29

30

31

 

Manuseio dos dispositivos do sistema de combustível Liberação da pressão residual do sistema de combustível

 

Medição da pressão de combustível

 

Medição do volume de vazão de combustível, taxa de retorno e vazamentos

 

Sangria de ar do circuito de combustível

 

Teste de vazamento no circuito de combustível

 

Manuseio da operação do modo cilindro reduzido Manuseio da operação de partida sem injeção

 

Teste e ajuste da tensão da correia do compressor do ar condicionado Substituição da correia do ventilador

 

Manuseio do circuito de tensão da controladora

 

Ajuste do botão de controle de combustível e do pedal desacelerador

Testes e ajustes, parte 2

SEN02556-00

3

7

9

10

12

13

16

16

17

18

22

23

26

27

28

29

29

30

31

32

33

33

34

Medição da pressão de óleo no trem de força

Ajuste do sensor de velocidade da transmissão (procedimento de substituição)

Método simples para testar o desempenho dos freios

Ajuste do pedal de freio

Ajuste da alavanca do freio de estacionamento

Método de escape de emergência quando o trem de força apresenta problemas

Ajuste da folga da roda guia Inspeção do nível de desgaste da roda motriz

Teste e ajuste da tensão da sapata da esteira

Teste e ajuste da pressão de óleo do sistema HSS e do equipamento de trabalho

Teste da pressão principal do circuito de controle

Medição da pressão de saída da válvula PPC

Ajuste da folga da válvula PPC do equipamento de trabalho

Medição do vazamento interno do cilindro do equipamento de trabalho

Ajuste da alavanca de trava do equipamento de trabalho

Liberação da pressão residual no cilindro do equipamento de trabalho (acumulador não instalado) Liberação da pressão residual no cilindro do equipamento de trabalho (acumulador instalado)

Sangria de ar do cilindro do equipamento de trabalho

Medição da rotação do motor do ventilador

Medição da pressão no circuito da bomba do ventilador

Medição do vazamento de óleo do motor do sistema HSS Sangria de ar da bomba do ventilador

Testes e ajustes da cabina do operador

Testes e ajustes, parte 3

SEN02557-00

2

Funções especiais do painel monitor (EMMS)

Testes e ajustes, parte 4

SEN02558-00

2

2

4

9

10

22

26

Manuseio do circuito de tensão da controladora do motor Método de ajuste da controladora após a sua substituição

Trabalho preparatório para o diagnóstico de falhas do sistema elétrico

Procedimento de inspeção do diodo

Serviço de análise clínica do óleo – Pm

Como iniciar as operações do terminal KOMTRAX

Indicações das luzes do terminal KOMTRAX

40 Diagnóstico de falhas

Tabela de códigos de falhas e localização dos fusíveis

SEN02559-00

2

9

Tabela de códigos de falhas

Localização dos fusíveis

Informações gerais sobre diagnósticos de falhas

SEN02560-00

2

3

4

Pontos a serem lembrados ao realizar o diagnóstico de falhas

Seqüência de eventos no diagnóstico de falhas

Verificações antes de realizar o diagnóstico de falhas

6

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02396-02

 

Classificação e procedimentos para a realização do diagnóstico de falhas

5

6

10

43

 

Índice da tabela do diagnóstico de falhas

 

Tabela de fiação para números de pinos dos conectores

 

Caixa do adaptador T e tabela do adaptador T

 

Diagnóstico de falhas segundo o código de falha (exibição do código), Parte 1

SEN02561-00

 

Código de falha [1500L0] Embreagem da transmissão: engate duplo

3

4

6

8

10

12

14

16

18

20

22

24

24

25

25

26

anormalidade no sinal do sensor de rotação

27

27

28

30

32

34

36

38

40

42

além do limite máximo de controle da temperatura

44

46

48

50

52

54

55

56

58

 

Código de falha [15SAL1] Embreagem de desl. avante: sinal de enchimento aceso quando a corrente de comando está desligada

 

Código de falha [15SALH] Embreagem de desl. avante: sinal de enchimento apagado quando a corrente de comando está ligada

 

Código de falha [15SBL1] Embreagem de desl. à ré: sinal de enchimento aceso quando a corrente de comando está desligada

 

Código de falha [15SBLH] Embreagem de desl. à ré: sinal de enchimento apagado quando a corrente de comando está ligada

 

Código de falha [15SEL1] Embreagem da 1ª: sinal de enchimento aceso quando a corrente de comando está desligada

 

Código de falha [15SELH] Embreagem da 1ª: sinal de enchimento apagado quando a corrente de comando está ligada

 

Código de falha [15SFL1] Embreagem da 2ª: sinal de enchimento aceso quando a corrente de comando está desligada

 

Código de falha [15SFLH] Embreagem da 2ª: sinal de enchimento apagado quando a corrente de comando está ligada

 

Código de falha [15SGL1] Embreagem da 3ª: sinal de enchimento aceso quando a corrente de comando está desligada

 

Código de falha [15SGLH] Embreagem da 3ª: sinal de enchimento apagado quando a corrente de comando está ligada

 

Código de falha [AB00MA] Alternador: mau funcionamento Código de falha [B@BAZG] Óleo do motor: pressão do óleo excessivamente baixa

 

Código de falha [B@BCNS] Líquido de arrefecimento do radiador: superaquecimento Código de falha [B@CENS] Óleo do trem de força: superaquecimento

 

Código de falha [B@HANS] Óleo hidráulico: superaquecimento

 

Código de falha [CA111] Controladora do motor: anormalidade na controladora Código de falha [CA115] Anormalidade nos sensores de rotação em ré e neutro do motor:

 

Código de falha [CA122] Pressão de carga do sensor excessivamente alta: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA123] Pressão de carga do sensor excessivamente baixa: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA131] Pressão excessivamente alta no sensor do pedal desacelerador: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA132] Pressão excessivamente baixa no sensor do pedal desacelerador: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA144] Pressão excessivamente alta no sensor de temperatura do líquido de arrefecimento: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA145] Pressão excessivamente baixa no sensor de temperatura do líquido de arrefecimento: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA153] Pressão excessivamente alta no sensor de temperatura de carga: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA154] Pressão excessivamente baixa no sensor de temperatura de carga: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA155] Temperatura de carga excessivamente alta e diminuição na rotação do motor:

 

Código de falha [CA187] Força excessivamente baixa na fonte de alimentação 2 do sensor: detectada baixa tensão

 

Código de falha [CA221] Força excessivamente alta no sensor de pressão atmosférica: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA222] Pressão excessivamente baixa no sensor de pressão atmosférica: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA227] Pressão excessivamente baixa na fonte de alimentação 2 do sensor: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA234] Rotação excessiva do motor: rotação excessivamente alta

 

Código de falha [CA238] Anormalidade na fonte de alimentação do sensor de rotação em neutro do motor: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA271] Curto-circuto em IMV/PCV1: curto-circuito

 

Código de falha [CA272] Desconexão de IMV/PCV1: desconexão

Diagnóstico de falhas segundo o código de falha (exibição do código), parte 2

SEN02563-00

4

Código de falha [CA322] Desconexão ou curto-circuito no sistema do injetor nº. 1:

 

desconexão, curto-circuito Código de falha [CA323] Desconexão ou curto-circuito no sistema do injetor nº. 5:

desconexão, curto-circuito

6

desconexão, curto-circuito

8

desconexão, curto-circuito

10

desconexão, curto-circuito

12

desconexão, curto-circuito

14

16

 

Código de falha [CA324] Desconexão ou curto-circuito no sistema do injetor nº. 3:

 

Código de falha [CA325] Desconexão ou curto-circuito no sistema do injetor nº. 6:

 

Código de falha [CA331] Desconexão ou curto-circuito no sistema do injetor nº. 2:

 

Código de falha [CA332] Desconexão ou curto-circuito no sistema do injetor nº. 4:

 

Código de falha [CA342] Falha de correspondência dos dados na controladora do motor: Erro de correspondência

D61EX,PX-15E0

7

SEN02396-02

00 Índice e prefácio

 

Código de falha [CA352] Pressão excessivamente baixa na fonte de alimentação (1) do sensor: Detectada tensão excessivamente baixa

18

20

22

24

26

28

Ocorrência de tensão excessivamente alta no circuito da fonte de alimentação da controladora

30

32

Detectada tensão excessivamente alta

34

36

38

39

detectada perda da alimentação de pressão

40

42

44

46

48

50

52

54

detectada perda da alimentação de pressão

56

58

60

62

 

Código de falha [CA386] Pressão excessivamente alta na fonte de alimentação (1) do sensor: Detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA428] Pressão excessivamente alta no sensor de detecção de água: Detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA429] Pressão excessivamente baixa no sensor de detecção de água: Detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA435] Anormalidade no interruptor da pressão de óleo do motor: sinal do circuito anormal

 

Código de falha [CA441] Tensão excessivamente baixa na fonte de alimentação do sensor: Detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA442] Tensão excessivamente alta na fonte de alimentação:

 

Código de falha [CA449] Pressão excessivamente alta no sistema “common rail” (2): ocorrência de problema em função de pressão excessivamente alta

 

Código de falha [CA451] Pressão excessivamente alta no sensor de pressão do sistema “common rail”:

 

Código de falha [CA452] Pressão excessivamente baixa no sensor de pressão do sistema “common rail”: Detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA488] Temperatura de carga excessivamente alta e redução do torque: além do limite máximo de controle da temperatura

 

Código de falha [CA553] Pressão excessivamente alta no sistema “common rail” (1): Detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA559] Perda da alimentação de pressão da bomba de fornecimento (1):

 

Código de falha [CA689] Anormalidade no sensor de rotação em neutro do motor: sinal anormal

 

Código de falha [CA731] Anormalidade na fase do sensor de rotação em ré do motor: fase anormal

 

Código de falha [CA757] Perda de todos os dados da controladora do motor: Perda de todos os dados

 

Código de falha [CA778] Anormalidade no sensor de rotação em ré do motor: sinal de ré anormal

 

Código de falha [CA1633] Anormalidade no sistema KOMNET: comunicação anormal

 

Código de falha [CA2185] Pressão excessivamente alta na fonte de alimentação do sensor do pedal desacelerador: detectada tensão excessivamente alta

 

Código de falha [CA2186] Pressão excessivamente baixa na fonte de alimentação do sensor do pedal desacelerador: detectada tensão excessivamente baixa

 

Código de falha [CA2249] Perda da alimentação de pressão da bomba de fornecimento (2):

 

Código de falha [CA2311] Anormalidade na solenóide IMV: resistência anormal

 

Código de falha [CA2555] Desconexão do relé do aquecedor do ar de admissão: desconexão

 

Código de falha [CA2556] Circuito do relé do aquecedor do ar de admissão em curto: curto-circuito

Diagnóstico de falhas segundo o código de falha (exibição do código), parte 3

SEN02564-00

 

Código de falha [D110KA] Relé da bateria: desconexão

4

6

8

10

12

14

16

Anormalidade nas informações da memória da controladora

18

20

22

24

26

28

30

32

 

Código de falha [D110KB] Relé da bateria: curto-circuito

 

Código de falha [D130KA] Relé de segurança em neutro: desconexão

 

Código de falha [D130KB] Relé de segurança em neutro: curto-circuito

 

Código de falha [D161KA] Relé de alarme de marcha à ré: desconexão

 

Código de falha [D161KB] Relé de alarme de marcha à ré: curto-circuito

 

Código de falha [DAFRKR] Comunicação CAN do painel monitor: defeito na comunicação

 

Códigos de falha [DAQ0KT] e [DB30KT] Controladora da transmissão e do sistema direcional:

 

Código de falha [DAQ1KK] [DB31KK] Fonte de alimentação principal da controladora da transmissão e do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação

 

Código de falha [DAQ2KK] [DB32KK] Fonte de alimentação de carga da controladora da transmissão e do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação

 

Códigos de falha [DAQ5KK] e [DB35KK] Fonte de alimentação (1) de 5 V no sensor da controladora da transmissão e do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação

 

Código de falha [DAQ6KK] [DB36KK] Fonte de alimentação de 24 V no sensor da controladora da transmissão e do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação

 

Código de falha [DAQ9KQ] [DB39KQ] Seleção do modelo da controladora da transmissão e do sistema direcional: inconsistência no sinal de seleção do modelo

 

Código de falha [DB2RKR] Comunicação CAN da controladora do motor: defeito na comunicação

 

Código de falha [DB30KT] [DAQ0KT] Controladora da transmissão e do sistema direcional: Anormalidade nas informações da memória da controladora

8

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02396-02

 

Código de falha [DB31KK] [DAQ1KK] Fonte de alimentação principal da controladora da transmissão

e

do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação

32

Código de falha [DB32KK] [DAQ2KK] Fonte de alimentação de carga da controladora da transmissão

e

do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação

32

Códigos de falha [DB35KK] e [DAQ5KK] Fonte de alimentação de 5 V no sensor da controladora da

32

32

32

34

36

38

40

42

44

46

46

48

50

51

52

54

56

58

60

61

61

62

64

66

67

 

transmissão e do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação Código de falha [DB36KK] [DAQ6KK] Fonte de alimentação de 24 V no sensor da controladora da transmissão e do sistema direcional: entrada e queda na tensão da fonte de alimentação Códigos de falha [DB39KQ] e [DAQ9KQ] Seleção do modelo da controladora da transmissão e do sistema direcional: inconsistência no sinal de seleção do modelo

 

Código de falha [DD12KA] Interruptor de aumento de marcha: desconexão

 

Código de falha [DD12KB] Interruptor de aumento de marcha: curto-circuito

 

Código de falha [DD13KA] Interruptor de redução de marcha: desconexão

 

Código de falha [DD13KB] Interruptor de redução de marcha: curto-circuito

 

Códigos de falha [DD14KA] e [DDQ2KA] Interruptor da alavanca do freio de estacionamento: desconexão

 

Códigos de falha [DD14KB] e [DDQ2KB] Interruptor da alavanca do freio de estacionamento: curto-circuito

 

Códigos de falha [DDQ2KA] e [DD14KA] Interruptor da alavanca do freio de estacionamento: desconexão Códigos de falha [DDQ2KB] e [DD14KB] Interruptor da alavanca do freio de estacionamento: curto-circuito

 

Código de falha [DGS1KX] Sensor de temperatura do óleo hidráulico: sinal de entrada fora da faixa normal

 

Código de falha [DGT1KA] Sensor de temperatura do óleo do trem de força: desconexão

 

Código de falha [DGT1KX] Sensor de temperatura do óleo do trem de força: sinal de entrada fora da faixa normal

 

Código de falha [DK10KA] Botão de controle de combustível: desconexão

 

Código de falha [DK10KB] Botão de controle de combustível: curto-circuito

 

Código de falha [DK30KA] Potenciômetro do sistema direcional (1): desconexão

 

Código de falha [DK30KB] Potenciômetro do sistema direcional (1): curto-circuito

 

Código de falha [DK30KX] Potenciômetro do sistema direcional: sinal de entrada fora da faixa normal

 

Código de falha [DK30KZ] Potenciômetro do sistema direcional: desconexão ou curto-circuito (falha dupla) Código de falha [DK30L8] Potenciômetro do sistema direcional: sinal análogo inconsistente

 

Código de falha [DK31KA] Potenciômetro do sistema direcional (2): desconexão

 

Código de falha [DK31KB] Potenciômetro do sistema direcional (2): curto-circuito

 

Código de falha [DK40KA] Potenciômetro do sistema de freios: desconexão

 

Código de falha [DK40KB] Potenciômetro do sistema de freios: curto-circuito

Diagnóstico de falhas segundo o código de falha (exibição do código), parte 4 SEN02565-00

 

Código de falha [DK55KX] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento (avante-ré):

sinal de entrada fora da faixa normal

3

desconexão ou curto-circuito (falha dupla)

4

5

6

8

10

12

14

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 

Código de falha [DK55KZ] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento (avante-ré):

 

Código de falha [DK55L8] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento (avante-ré): sinal análogo inconsistente

 

Código de falha [DK56KA] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento (avante-ré) (1): desconexão

 

Código de falha [DK56KB] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento (avante-ré) (1): curto-circuito

 

Código de falha [DK57KA] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento (avante-ré) (2): desconexão

 

Código de falha [DK57KB] Potenciômetro do sistema de controle de sentido de deslocamento(avante-ré) (2): curto-circuito

 

Código de falha [DKH1KA] [DKH1KX] Sensor de angulação do passo: curto-circuito

 

Código de falha [DKH1KB] [DKH1KX] Sensor de angulação do passo: desconexão

 

Código de falha [DKH1KX], [DKH1KA] ou [DKH1KB] Sensor de angulação do passo: Sinal de entrada fora da faixa

 

Código de falha [DLT3KA] Sensor da rotação de saída da transmissão: desconexão

 

Código de falha [DLT3KB] Sensor da rotação de saída da transmissão: curto-circuito

 

Código de falha [DV00KB] Alarme sonoro: curto-circuito

 

Código de falha [DW7BKA] Solenóide de inversão de sentido de rotação do ventilador: desconexão

 

Código de falha [DW7BKB] Solenóide de inversão de sentido de rotação do ventilador: curto-circuito

 

Código de falha [DWN1KA] Solenóide direita EPC do sistema HSS: desconexão

 

Código de falha [DWN1KB] Solenóide direita EPC do sistema HSS: curto-circuito

 

Código de falha [DWN1KY] Solenóide direita EPC do sistema HSS: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DWN2KA] Solenóide esquerda EPC do sistema HSS: desconexão

 

Código de falha [DWN2KB] Solenóide esquerda EPC do sistema HSS: curto-circuito

 

Código de falha [DWN2KY] Solenóide esquerda EPC do sistema HSS: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DWN5KA] Solenóide EPC da bomba do ventilador: desconexão

 

Código de falha [DWN5KB] Solenóide EPC da bomba do ventilador: curto-circuito

 

Código de falha [DWN5KY] Solenóide EPC da bomba do ventilador: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

D61EX,PX-15E0

9

00 Índice e prefácio

SEN02396-02

 

Código de falha [DXA0KA] Solenóide TVC da bomba do sistema HSS: desconexão

32

33

34

35

36

38

39

40

42

43

44

46

47

48

49

50

52

54

 

Código de falha [DXA0KB] Solenóide TVC da bomba do sistema HSS: curto-circuito

 

Código de falha [DXA0KY] Solenóide TVC da bomba do sistema HSS: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DXH4KA] ECMV da 1ª embreagem: desconexão

 

Código de falha [DXH4KB] ECMV da 1ª embreagem: curto-circuito

 

Código de falha [DXH4KY] ECMV da 1ª embreagem: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DXH5KA] ECMV da 2ª embreagem: desconexão

 

Código de falha [DXH5KB] ECMV da 2ª embreagem: curto-circuito

 

Código de falha [DXH5KY] ECMV da 2ª embreagem: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DXH6KA] ECMV da 3ª embreagem: desconexão

 

Código de falha [DXH6KB] ECMV da 3ª embreagem: curto-circuito

 

Código de falha [DXH6KY] ECMV da 3ª embreagem: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DXH7KA] ECMV da embreagem de deslocamento à ré: desconexão

 

Código de falha [DXH7KB] ECMV da embreagem de deslocamento à ré: curto-circuito

 

Código de falha [DXH7KY] ECMV da embreagem de deslocamento à ré: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

 

Código de falha [DXH8KA] ECMV da embreagem de deslocamento avante: desconexão

 

Código de falha [DXH8KB] ECMV da embreagem de deslocamento avante: curto-circuito

 

Código de falha [DXH8KY] ECMV da embreagem de deslocamento avante: curto-circuito na linha da fonte de alimentação

Diagnóstico de falhas do sistema elétrico (modo E) SEN02566-00

 

Antes de realizar o diagnóstico de falhas do sistema elétrico

3

5

7

11

14

15

16

18

22

24

26

28

30

31

31

31

32

34

36

38

40

42

44

46

49

52

54

70

76

80

 

Índice da tabela de diagnóstico de falhas

 

E-1 O motor não dá partida (o motor de partida não gira)

 

E-2 o pré-aquecedor não funciona

 

E-3 O painel monitor não se acende quando a chave de partida é ligada

 

E-4 Quando a chave de partida é ligada, o painel monitor permanece completamente acesoe não se apaga

 

E-5 Durante o funcionamento do motor, a luz de alerta do nível de carga da bateria pisca

 

E-6 Durante o funcionamento do motor, o item de advertência de emergência pisca

 

E-7 Enquanto o pré-aquecedor está em funcionamento, a luz piloto de pré-aquecimento não se acende

 

E-8 O indicador de temperatura do líquido de arrefecimento não indica corretamente

 

E-9 O indicador de temperatura do óleo do trem de força não indica corretamente

 

E-10 O indicador da temperatura do óleo hidráulico não indica corretamente

 

E-11 O indicador do nível de combustível não indica corretamente

 

E-12 A marcha e a rotação do motor não são indicadas corretamente E-13 O horímetro e o modo de pré-ajuste da máquina não indicam corretamente E-14 A luz de alerta não pisca ou não se apaga

 

E-15 O alarme sonoro não soa ou não pára de soar

 

E-16 A função de redução automática de marcha não funciona ou não é liberada

 

E-17 O interruptor de cancelamento do alarme sonoro não funciona

 

E-18 O acessador de informações não funciona

 

E-19 O modo de limpeza do ventilador não funciona ou não é cancelado

 

E-20 O modo de programação não funciona ou não é cancelado

 

E-21 O painel monitor não pode ser colocado no modo de serviço ou não pode ser ajustado fora do modo de serviço

 

E-22 O alarme de marcha à ré não soa

 

E-23 Os faróis dianteiros e lanternas traseiras não acendem

 

E-24 A buzina não soa ou não pára de soar

 

E-25 Mau funcionamento dos limpadores do vidro do pára-brisa

 

E-26 O lavador de janelas não ejeta água

 

E-27 O ar condicionado não funciona

 

E-28 O sistema KOMTRAX não funciona normalmente

Diagnóstico de falhas dos sistemas hidráulico e mecânico (modo H)

SEN02567-00

3

4

5

6

7

Índice da tabela de diagnóstico de falhas

H-1 Não há potência no deslocamento (não há força na barra de tração)

H-2 A máquina não se move (em 2ª ou 3ª)

H-3 A máquina não se move com nenhuma marcha engatada

H-4 A máquina se desloca somente em uma direção, avante ou à ré

10

D61EX,PX-15E0

SEN02396-02

00 Índice e prefácio

 

H-5 Nas mudanças de marcha ou quando se muda a direção de deslocamento, ocorre um grande retardo de tempo

8

9

9

10

11

12

12

13

13

14

14

15

15

16

16

17

 

H-6 Não é possível manobrar a máquina (a máquina não gira para o lado esquerdo ou lado direito) H-7 A potência ou velocidade da direção é baixa

 

H-8 O freio não funciona

 

H-9 Superaquecimento do óleo do trem de força

 

H-10 É gerado um som anormal em torno da bomba do equipamento de trabalho e do sistema HSS ou do motor HSS H-11 As velocidades de todo o equipamento de trabalho estão baixas

 

H-12 O equipamento de trabalho não se move H-13 A velocidade de elevação da lâmina é baixa ou apresenta falta de potência

 

H-14 A velocidade de inclinação da lâmina é baixa ou apresenta falta de potência H-15 A velocidade de angulação da lâmina é baixa ou apresenta falta de potência

 

H-16 A velocidade de elevação do escarificador é baixa ou apresenta falta de potência H-17 Caimento hidráulico excessivo na elevação da lâmina

 

H-18 Caimento hidráulico excessivo na inclinação da lâmina H-19 Caimento hidráulico excessivo na angulação da lâmina

 

H-20 Caimento hidráulico excessivo na elevação do escarificador

 

Diagnóstico de falhas do motor (modo S)

SEN02568-00

3

6

7

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

 

Método de utilização das tabelas do diagnóstico de falhas

 

S-1 O desempenho de partida é fraco

 

S-2 O motor não dá partida

 

S-3 O motor não pega suavemente

 

S-4 O motor morre durante as operações

 

S-5 O motor não gira suavemente

 

S-6 O motor não apresenta rendimento (ou falta potência)

 

S-7 A fumaça do escapamento é preta (combustão incompleta)

 

S-8 Consumo excessivo de óleo (ou a fumaça do escapamento está azul)

 

S-9 O óleo contamina-se rapidamente

 

S-10 Consumo excessivo de combustível

 

S-11 Presença de óleo no líquido de arrefecimento (o líquido de arrefecimento espirra de volta ou o nível está caindo)

 

S-12 Queda na pressão de óleo

 

S-13 O nível de óleo aumenta (entrada de líquido de arrefecimento ou combustível)

 

S-14 A temperatura do líquido de arrefecimento fica muito alta (superaquecimento)

 

S-15 Ocorrência de ruído anormal

 

S-16 A vibração é excessiva

50 Desmontagem e montagem

 

Informações gerais sobre desmontagem e montagem

SEN02569-00

2

4

7

12

 

Como ler este manual

 

Lista de materiais de revestimento

 

Lista de ferramentas especiais

 

Desenhos das ferramentas especiais

 

Motor e sistema de resfriamento (SAA6D107E-1)

SEN02570-00

2

6

11

14

17

18

21

23

24

29

31

 

Remoção e instalação do conjunto do protetor do radiador

 

Remoção e instalação do conjunto do motor

 

Remoção e instalação do conjunto do radiador

 

Remoção e instalação do conjunto do pós-resfriador

 

Remoção e instalação do conjunto do resfriador de óleo do trem de força

 

Remoção e instalação do conjunto do resfriador hidráulico

 

Remoção e instalação do conjunto do comando de acionamento do ventilador de arrefecimento

 

Remoção e instalação do conjunto do motor do ventilador de arrefecimento

 

Remoção e instalação do conjunto do amortecedor

 

Remoção e instalação do conjunto do reservatório de combustível

 

Remoção e instalação do conjunto do capô do motor

D61EX,PX-15E0

11

00 Índice e prefácio

SEN02396-02

Motor (SAA6D170E-1)

SEN02571-00

2

4

13

26

29

Remoção e instalação do conjunto da bomba de alimentação de combustível

Remoção e instalação do conjunto do injetor de combustível

Remoção e instalação do conjunto dos cabeçotes dos cilindros

Remoção e instalação do retentor dianteiro do motor

Remoção e instalação do retentor traseiro do motor

Trem de força, Parte 1

SEN02572-00

2

6

8

13

17

34

35

Remoção e instalação do conjunto da transmissão, conversor de torque e PTO

Desconexão e conexão do conjunto da transmissão, conversor de torque e PTO

Desmontagem e montagem do conjunto da PTO

Desmontagem e montagem do conjunto do conversor de torque

Desmontagem e montagem do conjunto da transmissão TORQFLOW

Remoção e instalação do conjunto da válvula de alívio principal do conversor de torque

Desmontagem e montagem do conjunto da válvula de alívio principal do conversor de torque

Trem de força, Parte 2

SEN02573-00

2

4

5

5

6

24

25

Remoção e instalação do conjunto da bomba de óleo de lubrificação e do trem de força

Remoção e instalação do conjunto da bomba do equipamento de trabalho e do sistema HSS

Remoção e instalação do conjunto da bomba de recuperação Remoção e instalação do conjunto do motor HSS

Desmontagem e montagem do conjunto do sistema HSS

Remoção e instalação do conjunto do comando final

Desmontagem e montagem do conjunto do comando final

Material rodante e armação, parte 1

SEN02574-00

2

4

5

9

10

13

14

17

18

Remoção e instalação do conjunto da armação de esteira

Remoção e instalação do conjunto da roda-guia

Desmontagem e montagem do conjunto da roda-guia

Remoção e instalação do conjunto da mola tensora

Desmontagem e montagem do conjunto da mola tensora

Remoção e instalação do conjunto dos roletes inferiores

Desmontagem e montagem do conjunto dos roletes inferiores

Remoção e instalação do conjunto dos roletes superiores

Desmontagem e montagem do conjunto dos roletes superiores

Material rodante e armação, parte 2

SEN02575-00

 

Verificações antes de expandir o conjunto da sapata da esteira Expansão (normal), expansão (por anormalidade interna) e instalação do conjunto da sapata de esteira

2

2

4

20

23

30

32

33

34

 

Desmontagem e montagem completa do conjunto da sapata de esteira

 

Tabela de dimensões do gabarito de encaixe por pressão

 

Desmontagem e montagem no campo de um elo

 

Remoção e instalação do conjunto do eixo pivotado

 

Remoção e instalação do conjunto da barra equalizadora

 

Remoção e instalação da bucha lateral da barra equalizadora

 

Remoção e instalação do dente segmentado

Sistema hidráulico

SEN02576-00

2

4

7

8

Remoção e instalação do conjunto da válvula de controle principal

Montagem do conjunto da válvula de controle principal

Remoção e instalação do conjunto da bomba do ventilador de arrefecimento

Desmontagem e montagem do conjunto do cilindro hidráulico

Equipamento de trabalho

SEN02577-00

2

4

Remoção e instalação do conjunto do equipamento de trabalho

Desmontagem e montagem do conjunto do equipamento de trabalho

12

D61EX,PX-15E0

SEN02396-02

00 Índice e prefácio

 

Cabina e seus implementos

SEN02578-00

2

3

9

18

19

22

 

Remoção e instalação do conjunto da estrutura de proteção ROPS

 

Remoção e instalação do conjunto da cabina do operador

 

Remoção e instalação do vidro da cabina do operador (vidro fixo)

 

Remoção e instalação do conjunto do painel monitor

 

Remoção e instalação do conjunto do painel de instrumentos

 

Remoção e instalação do conjunto da armação do piso

Sistema elétrico

SEN02579-00

2

3

4

5

Remoção e instalação do conjunto da controladora do motor

Remoção e instalação do conjunto da controladora da transmissão e do sistema direcional

Remoção e instalação do conjunto do terminal KOMTRAX

Remoção e instalação do conjunto da unidade do ar condicionado

90 Diagramas e desenhos

 

Diagramas e desenhos hidráulicos

SEN02399-00

3

5

 

Diagrama do circuito hidráulico do trem de força

 

Diagrama do circuito hidráulico do equipamento de trabalho

 

Diagramas e desenhos elétricos

SEN02400-01

3

5

 

Diagrama do circuito elétrico

 

Diagrama da disposição dos conectores

D61EX,PX-15E0

13

SEN02396-02

Trator de esteiras D61EX, PX-15E0

Formulário Nº SEN02396-02

© KOMATSU 2008 Todos os direitos reservados Impresso no Brasil

MANUAL DE OFICINA

SEN02397-00

TRATOR DE ESTEIRAS

D61EX-15E0

D61PX-15E0

SEN02397-00 TRATOR DE ESTEIRAS D61EX-15E0 D61PX-15E0 Modelo da máquina Número de Série D61EX-15E0

Modelo da máquina

Número de Série

D61EX-15E0

B45001 e acima

D61PX-15E0

B45001 e acima

00 Índice e prefácio

Prefácio e informações gerais

00 Índice e prefácio Prefácio e informações gerais Notas sobre segurança 2 7 9 11 23

Notas sobre segurança

2

7

9

11

23

26

Como ler o manual de oficina

Explicações dos termos relacionados aos padrões de manutenção

Manuseio do equipamento elétrico e componentes hidráulicos

Como ler o código de fiação elétrica

Precauções ao realizar as operações

Método de desmontagem e conexão do acoplador tipo dinamômetro

29

Tabela de torques de aperto padrão

32

36

Tabela de conversões

D61EX,PX-15E0

tipo dinamômetro 29 Tabela de torques de aperto padrão 32 36 Tabela de conversões D61EX,PX-15E0 1

1

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

Nota de segurança

Observações importantes de segurança Os serviços adequados de manutenção e reparos são extremamente importantes para uma operação segura da máquina. As técnicas de manutenção e reparo recomendadas pela Komatsu e descritas neste manual são ao mesmo tempo eficientes e seguras. Algumas dessas técnicas exigem o emprego de ferramentas especialmente projetadas pela Komatsu para finalidades específicas. Para evitar ferimento de operários, o símbolo é utilizado para apontar precauções de segurança neste manual. As orientações de cuidados que acompanham estes símbolos devem ser seguidas sempre com muita atenção. Na ocorrência de qualquer situação de risco, considere em primeiro lugar as condições de segurança, para só então tomar as ações necessárias para lidar com a situação.

(Rev. 09/2005)

!
!

1. Precauções gerais

Os equívocos na operação são extremamente perigosos. Leia cuidadosamente o Manual de Operação e Manutenção antes de operar a máquina. Antes de fazer qualquer lubrificação ou trabalho de

1)

reparos, leia todas as placas de segurança fixadas à máquina. Para informações sobre os locais onde estão as placas de segurança e para obter uma explicação detalhada sobre as precauções a elas relacionadas, consulte o Manual de Operação e Manutenção. 2) Escolha um local na oficina de trabalho para guardar as ferramentas e as peças removidas. Mantenha sempre as ferramentas e as peças em seus locais corretos. Conserve a área de trabalho sempre limpa e certifique-se de que o chão esteja livre de sujeira, água ou óleo. Fume apenas na área reservada e jamais durante o trabalho. 3) Ao executar qualquer operação, use sempre óculos de segurança e capacete. Não use roupas de trabalho muito folgadas, ou que estejam faltando botões.

• Use sempre óculos de segurança ao bater em peças com um martelo.

• Use sempre óculos de segurança ao retificar peças com esmeril, etc. 4) Ao conduzir qualquer operação com dois ou mais trabalhadores, estabeleça sempre um acordo sobre o procedimento de operação antes do seu início. Informe os seus companheiros de trabalho antes de iniciar qualquer etapa da operação e pendure placas de advertência com a mensagem “EM CONSERTO” no compartimento do operador. 5) Somente trabalhadores especializados devem realizar o trabalho e as operações que necessitem de licença ou qualificação. 6) Mantenha todas as ferramentas em boas condições, aprenda a maneira correta de utilizá- las e empregue as ferramentas apropriadas para cada tipo de operação. Antes de iniciar o trabalho, faça uma verificação minuciosa das ferramentas, da máquina, empilhadeira, carro de serviço, etc.

!
!

7) Se forem necessários reparos com solda, tenha sempre um soldador treinado e experiente para realizar o serviço. Ao realizar trabalhos de solda, use sempre luvas de solda, avental, óculos de blindagem, capacete e outras roupas apropriadas para o trabalho de solda. 8) Antes de iniciar o trabalho, aqueça o seu corpo completamente para começar o trabalho em boas condições físicas.

Pontos relacionados à segurança

1

Boa disposição dos itens da oficina

2

Roupas de trabalho corretas

3

Observância ao padrão de trabalho

4

Reprodução e verificação de sinais

5

Proibição da operação e manuseio por trabalhadores não credenciados

6

Verificação das condições de segurança antes do início do trabalho

7

Uso de óculos de proteção (para os trabalhos de limpeza ou de retífica)

8

Uso de óculos de proteção (para os trabalhos de solda)

9

Boas condições físicas e preparo

10

Tomar precauções em relação ao trabalho com o qual não esteja muito habituado

2. Preparativos para o trabalho 1) Antes de adicionar óleo ou efetuar qualquer reparo, estacione a máquina sobre um terreno firme e plano, acione o freio de estacionamento e trave as rodas ou esteiras com calços a fim de evitar que a máquina se movimente. 2) Antes de iniciar o trabalho, baixe o equipamento de trabalho (lâmina, escarificador, caçamba, etc.) ao solo. Se isso não for possível, insira o pino de travamento ou utilize blocos para evitar que o equipamento de trabalho possa cair. Além disso, certifique-se de travar todas as alavancas de controle e pendure sinais de advertência.

2

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02397-00

3) Ao proceder às operações de desmontagem ou montagem, apóie a máquina sobre blocos, macacos ou cavaletes antes de iniciar o trabalho. 4) Remova toda a lama e óleo dos degraus ou de outros locais utilizados para entrar ou sair da máquina. Sempre utilize os corrimões, escadas ou degraus ao entrar ou sair da máquina. Jamais pule para dentro ou para fora da máquina. Se não for possível utilizar os corrimões, escadas ou degraus, utilize um cavalete que proporcione um apoio seguro.

3. Precauções durante o trabalho

Antes de desconectar ou remover componentes dos

circuitos de óleo, água ou ar, libere completamente a pressão do circuito. Ao remover a tampa do bocal de abastecimento de óleo, dos bujões de dreno ou dos bujões de captação da pressão de óleo, solte- os devagar para evitar que o óleo jorre para fora com força. 2) O líquido de arrefecimento e o óleo presentes nos circuitos se encontram em alta temperatura logo após o motor ser desligado, por isso tenha cuidado para não se queimar. Aguarde até que o óleo e o líquido de arrefecimento resfriem antes de realizar qualquer trabalho nos circuitos de água e de óleo. 3) Antes de iniciar o trabalho, desligue o motor. Principalmente se estiver trabalhando sobre ou ao redor de uma peça giratória, mantenha o motor desligado. Ao verificar a máquina sem antes ter desligado o motor (medição da pressão do óleo, velocidade de rotação, temperatura, etc.), tenha muito cuidado para não ficar preso nas peças giratórias ou peças móveis. 4) Antes de iniciar o trabalho, remova os cabos da bateria. Inicie sempre a remoção pelo cabo do terminal negativo (-). 5) Para levantar componentes pesados (acima de 25 kg), utilize um guindaste ou uma ponte rolante. Antes de dar início ao trabalho, verifique se as amarrações (cabos de aço, ganchos e correntes) não estão danificadas. Utilize sempre equipamento de ampla capacidade e instale-os nos locais adequados. Opere o guindaste ou a ponte rolante lentamente para evitar que o componente venha a bater em qualquer outra peça. Não trabalhe com nenhuma peça que ainda esteja suspensa pela ponte rolante ou pelo guindaste. 6) Ao remover tampas pressurizadas ou comprimidas por mola, deixe dois parafusos em posições diagonais. Solte esses parafusos gradativa e alternadamente para soltar a pressão, e só então remova a tampa. 7) Ao remover componentes, tenha cuidado para não partir ou danificar a fiação elétrica. Fiações danificadas podem provocar incêndios.

1)

D61EX,PX-15E0

8)

ou óleo seja derramado. Caso óleo ou combustível respinguem no solo, limpe imediatamente. A presença de combustível ou óleo no chão poderá torná-lo escorregadio ou até mesmo provocar um início de incêndio. 9) Como regra geral, não use gasolina para lavar as peças, nem para limpar as partes elétricas. 10)Certifique-se de montar todas as peças de volta às suas posições originais. Substitua qualquer peça danificada, ou peças que não devem ser reutlizadas por peças novas. Ao instalar as mangueiras e condutores, certifique-se de que não serão danificados pelo contato com outras peças quando a máquina estiver em operação. 11) Ao instalar mangueiras de alta pressão, verifique se não estão torcidas. É perigoso utilizar tubos danificados, por isso seja muito cuidadoso ao instalar tubos nos circuitos de alta pressão. Além disso, verifique se as peças de conexão estão instaladas da maneira correta. 12)Ao montar ou instalar as peças, sempre utilize os torques de aperto especificados. Ao instalar peças de proteção como protetores, ou peças que vibrem com violência ou girem em alta rotação, seja bastante cuidadoso ao verificar se estão instaladas corretamente. 13)Ao alinhar dois orifícios, jamais insira seus dedos ou mesmo a sua mão. Tome cuidado para não ficar com os dedos presos em um orifício. 14)Ao medir a pressão hidráulica, verifique se as peças de medição estão montadas corretamente. 15)Tome cuidado ao remover ou instalar as esteiras ou máquinas do tipo esteira. Ao ser removida, a esteira se separa da armação repentinamente, por isso não deixe que ninguém permaneça em qualquer uma de suas extremidades. 16)Se o motor for mantido em operação por um longo período em um local que não seja bem ventilado, há o risco de envenenamento provocado pela fumaça. Por isso abra as portas e janelas para auxiliar na ventilação.

Ao remover a tubulação, não deixe que combustível

3

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

4. Precauções para o trabalho de amarração e reprodução de sinais 1) Somente um trabalhador designado deverá fazer os sinais, e os trabalhadores da equipe devem se comunicar entre si freqüentemente. O

sinalizador designado deverá reproduzir os sinais especificados claramente e estar posicionado em um local onde possa ser visto do assento do operador, além de poder observar com facilidade as condições do trabalho. O sinalizador deverá permanecer sempre em frente à carga e orientar

o operador com segurança.

• Não se posicione embaixo da carga.

• Não pise sobre a carga.

2) Verifique as amarrações antes de iniciar o

4

trabalho de içamento.

3) Use luvas durante o trabalho de amarração (dê preferência a luvas de couro, se disponíveis). 4) Meça visualmente o peso da carga e verifique qual o seu centro de gravidade. 5) Use uma amarração apropriada de acordo com

o peso da carga e com o método de amarração

empregado. Se forem utilizados cabos de aço muito grossos para amarrar uma carga muito leve, ela poderá deslizar e cair. 6) Não amarre a carga com apenas um cabo. Se

for amarrada dessa forma, a carga poderá girar

e deslizar para fora do cabo. Instale 2 ou mais cabos de aço em posições simétricas.

A amarração com apenas um cabo de aço

poderá fazer com que a carga vire durante

o seu içamento, o cabo de aço poderá

enrolar ou mesmo a carga poderá deslizar do cabo, saindo de sua posição original e vindo a causar um sério acidente.

7) Limite o ângulo de içamento em 60°, como regra. Não amarre uma carga pesada com cabos formando um ângulo amplo de içamento a partir do gancho. Ao suspender uma carga com dois cabos ou mais, a força sujeita a cada cabo aumentará com o ângulo de içamento. A tabela abaixo mostra a variação da carga permissível em kN {kg}, quando o içamento é feito com dois cabos, cada um dos quais é capaz de erguer até 9,8 kN {1.000 kg} verticalmente, sob vários ângulos de içamento. Quando os dois cabos suspendem uma carga verticalmente, até 19,6 kN {2.000 kg} da carga total podem ser suspensos. Este peso

é reduzido para 9,8 kN {1,000 kg} quando os dois

cabos formam um ângulo de içamento de 120º. Se os dois cabos suspenderem uma carga de 19,6 kN {2.000 kg} em um ângulo de elevação de 150º, cada um deles estará sujeito a uma força tão grande quanto 39,2 kN {4.000 kg}.

!
!
Ângulo de içamento (graus) Capacidade da carga (kN (kg))
Ângulo de içamento (graus)
Capacidade da carga (kN (kg))

8) Ao instalar cabos de aço em uma carga angular, aplique calços para proteger os cabos. Se a carga for propensa ao deslizamento, aplique material apropriado para evitar que isto ocorra.

9) Utilize os olhais específicos e prenda a eles os cabos, correntes, etc. utilizando adaptadores, etc. 10)Instale os cabos de aço na parte média do gancho.

• A amarração próxima à ponta do gancho poderá fazer com que o cabo de aço escape para fora do gancho durante o içamento. O gancho possui a sua máxima resistência na parte média.

O gancho possui a sua máxima resistência na parte média. 11) Não utilize cabos de aço

11) Não utilize cabos de aço torcidos ou dobrados. 12) Ao elevar uma carga, observe os seguintes itens:

• Suspenda o guindaste até que os cabos de aço estejam esticados. Ao ajustar os cabos com as mãos, não os enrole e sim pressione-os a partir de cima. Se você segurá-los, poderá prender seus dedos nos cabos.

• Após os cabos estarem tensionados, pare o guindaste e verifique as condições da carga suspensa, dos cabos e dos calços.

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02397-00

• Se a carga estiver instável ou os cabos de aço

13)Se o guindaste parar em função de uma falha de

e

as correntes estiverem torcidas, baixe a carga

energia, desligue o interruptor de força. Ao ligar

e

repita a operação de içamento novamente.

o

interruptor que foi desligado pelo disjuntor de

• Não suspenda a carga se estiver balançando.

prevenção de choques elétricos, verifique se os

13) Ao baixar uma carga, observe os seguintes itens:

• Ao baixar uma carga que estiver sendo erguida, pare-a temporariamente a 30 cm do solo, e então prossiga baixando-a lentamente.

• Verifique se a carga está estável, e então remova a amarração.

dispositivos relacionados a esse interruptor não se encontram em estado de operação. 14)Caso encontre algum obstáculo ao redor do guindaste, interrompa a operação. 15)Após completar o trabalho, pare o guindaste na posição especificada e suspenda o gancho

• Remova as dobras e a sujeira dos cabos de aço

a

menos de 2m acima do solo. Não deixe a

e

correntes utilizados no trabalho de amarração,

amarração presa no gancho.

e

guarde-os no local especificado.

5. Precauções na utilização do guindaste móvel « Leia cuidadosamente o Manual de Operação e Manutenção do guindaste com antecedência e opere o opere o guindaste com segurança.

6. Precauções no uso do guindaste aéreo

!
!

Ao suspender uma carga pesada (superior a 25 kg) utilize um guindaste, etc. Durante a desmontagem ou a montagem, o peso de uma peça que seja superior a 25 kg é indicado ao lado da marca . 1) Antes de iniciar o trabalho, inspecione os cabos de aço, freios, embreagem, controlador, trilhos, dispositivo de parada de enrolamento superior,

disjuntor de prevenção de choques elétricos, dispositivo de prevenção contra colisão do guindaste, e farol de alerta de aplicação de força,

do guindaste, e farol de alerta de aplicação de força, e verifique as condições de segurança.

e verifique as condições de segurança.

2) Observe os sinais para trabalho de içamento.

3) Opere o guindaste em um local seguro.

4)

oeste, norte, sul), e as direções dos botões de controle sem erro. 5) Não eleve uma carga que estiver balançando. Não movimente o guindaste se a carga suspensa estiver girando. 6) Não eleve e nem baixe uma carga enquanto o guindaste estiver se movimentando longitudinal- mente ou lateralmente. 7) Não arraste uma amarração. 8) Ao suspender uma carga, pare-a logo após ter sido erguida do solo e verifique as condições de

Verifique as placas indicadoras de direção (leste,

segurança, para só então voltar a erguê-la. Considere a rota de deslocamento com antecedência

e suspenda a carga até uma altura segura.

10)Posicione o interruptor de controle em uma posição que não seja um obstáculo ao trabalho e à equipe. 11) Após operar o guindaste, não gire o interruptor de controle. 12)Lembre-se da posição do interruptor principal para que seja possível desligar a força imediatamente em uma emergência.

9)

D61EX,PX-15E0

7. Seleção dos cabos de aço

1) Selecione os cabos adequados, dependendo do peso das peças a serem erguidas, consultando

a tabela abaixo.

Cabos de aço (Cabos entrelaçados padrão “Z” sem galvanização) (JIS G3525, nº 6, tipo 6X37-A)

Diâmetro nominal

 

do cabo

Carga permissível

mm

kN

ton

10

8,8

0,9

12

12,7

1,3

14

17,3

1,7

16

22,6

2,3

18

28,6

2,9

20

35,3

3,6

25

55,3

5,6

30

79,6

8,1

40

141,6

14,4

50

221,6

22,6

60

318,3

32,4

« A carga permissível corresponde a 1/6 da tensão de ruptura do cabo utilizado (coefi- ciente de segurança: 6).

5

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

8. Precauções para desconectar e conectar as mangueiras e tubos do circuito de ar condicionado 1) Desconexão

Recolha o gás refrigerante (R134a) do are tubos do circuito de ar condicionado 1) Desconexão condicionado. Se o gás refrigerante (R134a) atingir

condicionado. Se o gás refrigerante (R134a) atingir seus olhos, poderá causar-lhe cegueira. Por essa razão, ao recolher ou adicionar o gás, você deverá estar qualificado para manusear o refrigerante e não deixar de usar os óculos de deverá estar qualificado para manusear o refrigerante e não deixar de usar os óculos de proteção.

2) Conexão 1] Ao instalar as mangueiras e tubos do circuito de ar condicionado, tome cuidado para que não entre sujeira, pó, água, etc. nos mesmos. 2] Ao conectar as mangueiras e tubos de ar condicionado, verifique se os anéis “O” (1) estão encaixados em suas juntas. 3] Verifique se os anéis “O” não apresentam avarias ou deteriorações. 4] Ao conectar a tubulação do refrigerante, aplique o óleo do compressor para refrigerante (R134a) (DENSO: ND-OIL8, ZEXEL:

ZXL100PG (equivalente ao PAG46)) em seus anéis “O”.

«

Exemplo de anel “O” (encaixado em cada junção de mangueiras e tubos)

“O” (encaixado em cada junção de mangueiras e tubos) « 6 Para saber o torque de

«

6

Para saber o torque de aperto aplicável, consulte as precauções para instalação na seção “Desmontagem e montagem”.

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02397-00

Como ler o manual de oficina

É possível que alguns dos implementos e peças opcionais apresentados neste manual não sejam entregues em determinadas áreas. Caso necessite de algum deles, consulte o seu distribuidor KOMATSU.

Os materiais e as especificações estão sujeitos a alteração sem notificação prévia.

Os manuais de oficina são divididos em “Volume do chassi” e “Volume do motor”. Para obter a unidade do motor, consulte o volume do motor de acordo com o modelo do motor montado na máquina.

1.

Composição do manual de oficina Este manual contém as informações técnicas necessárias para os serviços executados em uma oficina. Para facilitar seu entendimento, o manual é dividido nas seguintes seções:

00.

Índice e prefácio Esta seção apresenta a lista de manuais de oficina, índice, algumas informações básicas e informações sobre segurança.

01. Especificações Esta seção explica as especificações da máquina.

10.

Estrutura, funcionamento e padrões de manutenção Esta seção traz explicações sobre os valores de estrutura, funcionamento, e padrões de manutenção para cada componente. A subseção de estrutura e funcionamento explica a estrutura e o funcionamento de cada componente. Serve não só para obter entendimento da estrutura, mas também como material de referência para

 

o

diagnóstico de falhas. A subseção padrões de manutenção explica os critérios e soluções para a desmontagem

e

a execução do serviço.

 

20.

Tabela de valores-padrão Esta seção apresenta os valores-padrão da nova máquina e os critérios de avaliação para os testes, ajustes e diagnósticos de falha. Esta tabela de valores-padrão é utilizada na verificação destes mesmos valores durante as operações de testes e ajustes, e também para fazer a avaliação das peças durante o diagnóstico de falhas.

30.

Testes e ajustes

 

Esta seção apresenta os instrumentos de medição e explica quais os métodos de medição para fazer os testes

ajustes, bem como o método de ajuste de cada peça. Os valores-padrão e os critérios de avaliação para os testes e ajustes são explicados na seção Testes e ajustes.

e

 

40.

Diagnósticos de falhas Esta seção explica como localizar a peças que apresentam falhas e como corrigi-las. O diagnóstico de falhas é dividido pelos modos de falhas. O “modo S” do diagnóstico de falhas relacionado ao motor poderá também ser explicado no Volume o chassi e no Volume do motor. Neste caso, consulte o Volume do chassi.

50.

Desmontagem e montagem Esta seção traz explicações sobre as ferramentas especiais e os procedimentos para a remoção, instalação, desmontagem e montagem de cada componente, bem como as precauções a serem tomadas em cada uma dessas operações. Além disso, apresenta também o torque de aperto, a quantidade e o peso dos materiais de revestimento, óleo, graxa e líquido de arrefecimento necessários para a execução do trabalho.

90.

Diagramas e desenhos (volume do chassi) / Reparo e substituição das peças (volume do motor)

 

• Volume do chassi Esta seção apresenta os diagramas do circuito hidráulico e do circuito elétrico.

• Volume do motor Esta seção explica os métodos de reprodução, reparo e substituição das peças.

2.

Revisão e distribuição Quaisquer adições, revisões ou outras alterações das notificações serão enviadas aos distribuidores Komatsu. Procure sempre obter as informações mais atualizadas antes de iniciar qualquer trabalho.

D61EX,PX-15E0

7

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

3. Método de arquivamento Faça o arquivamento pelas brochuras na ordem correta de acordo com o número do formulário impresso na tabela de composição do manual de oficina.

Marca de edição revisada Quando um manual é revisado, os dígitos um e dez do número do formulário de cada brochura são aumentados em 1 (exemplo: 00, 01, 02, etc).

Revisões Os volumes revisados são mostrados na tabela de composição do manual de oficina.

4. Símbolos As partes importantes relacionadas à qualidade e segurança estão marcadas pelos símbolos apresentados a seguir, para que o manual de oficina possa ser utilizado de maneira prática.

Simbolo

Item

Observações

!
!

Segurança

Precauções especiais de segurança, necessárias na execução do trabalho.

«

Atenção

Precauções técnicas especiais ou outras precauções para os padrões de preservação, necessárias na execução do trabalho.

Peso Peso das partes dos componentes das peças. Cuidados necessários na seleção dos cabos de

Peso

Peso das partes dos componentes das peças. Cuidados necessários na seleção dos cabos de aço, ou quando houver necessidade de aplicar determinada postura de trabalho

Torque de aperto Locais que podem requerer atenção especial ao torque de aperto durante a

Torque de aperto

Locais que podem requerer atenção especial ao torque de aperto durante a montagem.

Adesivo Locais a serem cobertos com adesivos, etc, durante a montagem.

Adesivo

Locais a serem cobertos com adesivos, etc, durante a montagem.

Óleo, líquido refrigerante Locais onde óleo, etc, devem ser adicionados, e a sua capacidade.

Óleo, líquido refrigerante

Locais onde óleo, etc, devem ser adicionados, e a sua capacidade.

Drenagem Locais onde óleo, etc, devem ser drenados, e a quantidade a ser drenada.

Drenagem

Locais onde óleo, etc, devem ser drenados, e a quantidade a ser drenada.

5. Unidades Neste manual de oficina, as unidades são indicadas segundo o Sistema Internacional de unidades (SI). Para referência, o Sistema Gravitacional de unidades utilizado convencionalmente é indicado entre parênteses { }.

8

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02397-00

Explicação dos termos relacionados aos padrões de manutenção

Os valores dos padrões de manutenção necessários para a avaliação dos produtos e das peças estão descritos pelos termos a seguir:

1. Tamanho e tolerância padrões

• Por motivos de precisão, o tamanho do acabamento das peças pode variar de uma peça para a outra.

• Para especificar o tamanho de acabamento de uma peça, é definido um tamanho-padrão temporário, indicando-se uma possível diferença

a partir daquele tamanho.

• O tamanho definido temporariamente descrito

acima é denominado “tamanho-padrão”, e a margem de diferença a partir do tamanho-padrão

é

denominada “tolerância”.

• tolerância com os símbolos + ou – é indicada à

A

direita do tamanho-padrão.

Exemplo

Tamanho-padrão

Tolerância

120

-0,022

-0,126

« A tolerância poderá estar indicada no texto e na tabela como [tamanho-padrão (limite superior de tolerância / limite inferior de tolerância)] Exemplo:

120 (– 0,022 / – 0,126).

• Normalmente, o tamanho de um orifício e o tamanho de um eixo a ser encaixado naquele orifício são indicados pelo mesmo tamanho- padrão e pelas diferentes tolerâncias do eixo e do orifício. A precisão do encaixe é decidida pela tolerância.

• Indicação do tamanho do eixo de rotação e do orifício, e o desenho da relação entre eles.

Exemplo

Tolerância

Tamanho-padrão

Eixo

Orifício

60

-0,030

-0,076

+0,046

0

D61EX,PX-15E0

Tamanho padrão 60 Tolerância do orifício (superior): +0,046 Folga-padrão (máxima): 0,122 Folga-padrão
Tamanho padrão 60
Tolerância do orifício
(superior): +0,046
Folga-padrão
(máxima): 0,122
Folga-padrão
(mínima): 0,030
Tolerância do eixo
(inferior): -0,076
Tolerância do eixo
(superior): -0,030

9

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

2. Folga-padrão e valor-padrão

5. Limite de folga

• folga criada quando novas peças são montadas

A

• As peças podem ser utilizadas até que a folga

• Se a folga entre as peças ultrapassar o limite de

6. Limite de interferência

é

denominada “folga-padrão”, que é indicada pela

padrão entre elas aumente até um determinado

faixa entre a folga mínima e a folga máxima.

limite. O limite ao qual essas peças não devem

• Quando algumas peças são reparadas, a folga é geralmente ajustada para a folga-padrão.

• Um valor da performance e do funcionamento de novos produtos, ou equivalente, é denominado “valor-padrão”, que é indicado por uma faixa ou

• Quando algumas peças são reparadas, o valor

mais ser utilizadas é denominado “limite de folga”.

folga, estas deverão ser substituídas ou reparadas.

valor a ser atingido.

da performance / funcionamento é ajustado de acordo com o valor-padrão.

• A interferência máxima permissível entre o orifício de uma peça e o eixo de uma outra peça a serem montadas é denominada “limite de interferência”.

• O limite de interferência mostra o limite de reparo da peça de menor tolerância.

3. Interferência-padrão

• Se a interferência entre as peças ultrapassar o

Quando o diâmetro de um orifício é menor que o tamanho de um eixo em função de um tamanho-

limite de interferência, estas deverão ser substi- tuídas ou reparadas.

padrão e da tolerância, a diferença entre esses tamanhos é denominada “interferência”.

A

faixa (A – B) que vai da diferença (A) entre o

tamanho mínimo do eixo e o tamanho máximo do orifício até a diferença (B) entre o tamanho máximo do eixo e o tamanho mínimo do furo é a “interferência padrão”.

 

Após reparar ou substituir algumas peças, meça

o tamanho de seus orifícios e eixos e verifique se

a interferência encontra-se na faixa padrão.

4. Limite de reparo e valor permissível

• O tamanho de uma peça é modificado em função de desgaste e deformação enquanto está sendo usada. O limite do tamanho modificado é denominado “limite de reparo”.

• Quando uma peça é desgastada até o seu limite de reparo, deve ser substituída ou reparada.

• O desempenho e o funcionamento de um produto são reduzidos durante o seu uso. Um valor abaixo da capacidade do produto em ser utilizado sem causar problemas é denominado “valor permissível”.

• Se um produto sofrer desgaste até atingir o valor permissível, deverá ser verificado ou reparado. Uma vez que o valor permissível é estimado a partir de vários testes ou experiências, na maioria dos casos, contudo, deverá ser avaliado após considerar as condições de operação e as necessidades do cliente.

10

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02397-00

Manuseio do equipamento elétrico e dos componentes hidráulicos

A fim de manter o bom desempenho da máquina por um longo período, e prevenir as falhas e outros problemas antes que venham a ocorrer, é necessário realizar corretamente as “operações”, os procedimentos de “manutenção e inspeção”, o “diagnóstico de falhas” e os “consertos”. Essa seção trata particularmente dos procedimentos corretos para reparos mecatrônicos, visando aumentar a qualidade de tais reparos. Para esse propósito, foram elaboradas as seções sobre “Manuseio do equipamento elétrico” e “Manuseio do equipamento hidráulico” (principalmente para o óleo do câmbio e o óleo hidráulico).

Pontos a serem lembrados durante o manuseio do equipamento elétrico

1. Manuseio dos chicotes de fiação e conectores Os chicotes de fiação consistem de fios que conectam um componente a outro, conectores utilizados para conectar e desconectar um fio a outro, e protetores ou tubos utilizados para proteger a fiação. Comparados a outros componentes elétricos encaixa- dos em caixas ou estojos, os chicotes de fiação são mais vulneráveis aos efeitos diretos da chuva, água, calor ou vibração. Além disso, durante as operações de inspeção e reparo, costumam ser removidos e reinstalados com freqüência, por isso estão mais sujeitos a sofrer avarias ou deformações. Por essa razão, é necessária extrema cautela ao manusear os chicotes de fiação.

2. Ocorrência das principais falhas no chicote de fiação 1) Falha no contato dos conectores (falha no contato entre macho e fêmea) Problemas de falha de contato são muito prováveis de acontecer em função de o conector macho não estar devidamente inserido no conector fêmea, ou no caso de um ou ambos conectores estarem deformados, ou por suas posições não estarem alinhadas corretamente, ou ainda devido à existência de corrosão ou oxidação das superfícies de contato.

2) Defeito na compressão ou na soldagem dos conectores Os pinos dos conectores macho e fêmea estão em contato com o terminal achatado ou com a porção de solda, mas há força excessiva na fiação, e o revestimento galvanizado causa conexão imprópria ou ruptura.

D61EX,PX-15E0

revestimento galvanizado causa conexão imprópria ou ruptura. D61EX,PX-15E0 Inserção imprópria Porção achatada 1 1

Inserção imprópria

Inserção imprópria

Porção achatada

Porção achatada

11

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

3. Desconexões na fiação Se os conectores forem separados puxando-os pelos fios, ou se os componentes forem suspensos

por um guindaste com a fiação ainda conectada, ou ainda se um objeto pesado bater na fiação, o encaixe

da fiação poderá se soltar, a soldagem poderá ficar

danificada, ou ainda a fiação poderá se romper.

4. Entrada de água à alta pressão em um conector

O conector é projetado de forma a dificultar ao

máximo a entrada de água (estrutura à prova de umidade), mas se houver um jato de água de alta pressão atingindo-o diretamente, a água poderá

entrar pelo conector, dependendo da direção do jato. Desta forma, evite ao máximo que haja contato de água nos conectores. O conector é projetado para evitar a entrada de água, mas quando isso ocorre, é difícil fazer a sua drenagem. Assim, se a água penetrar no conector, os pinos entrarão em curto- circuito pela ação da água, e por isso, sempre que perceber a entrada de água, seque imediatamente

os conectores ou tome outra ação apropriada antes

que volte a circular eletricidade por eles.

5. Óleo, graxa ou sujeira presos ao conector

Se

houver óleo ou graxa no conector e uma camada

de

óleo tiver se formado sobre a superfície de contato

entre os pinos macho e fêmea, o óleo impedirá a

passagem da eletricidade, causando defeito no contato. Na ocorrência de óleo, graxa ou sujeira presos ao conector, limpe utilizando um pano seco

ou

jato de ar, e pulverize o local com um restaurador

de

contato.

«

Ao limpar a porção de contato do conector, tome cuidado para não empregar força excessiva ou deformar os pinos.

«

Se for observada a presença de água ou óleo, isto poderá aumentar a contaminação dos pontos, portanto limpe-os com ar comprimido até que toda a água ou óleo tenham sido removidos.

12

dos pontos, portanto limpe-os com ar comprimido até que toda a água ou óleo tenham sido
dos pontos, portanto limpe-os com ar comprimido até que toda a água ou óleo tenham sido
dos pontos, portanto limpe-os com ar comprimido até que toda a água ou óleo tenham sido

D61EX,PX-15E0

00 Índice e prefácio

SEN02397-00

3. Remoção, instalação e secagem dos conectores e do chicote de fiação 1) Desconexão dos conectores

Segure os conectores ao desconectá-los. No momento da desconexão, segure os

conectores e não a fiação. Para os conectores presos por parafusos, solte os parafusos completamente e segure os conectores macho

e fêmea, um em cada mão, e puxe-os até se

soltarem. Para os conectores que possuem um

batente de travamento, pressione o batente com o polegar e puxe os conectores.

« Nunca tente puxá-los usando apenas uma das mãos.

1]

2] Ao remover os conectores das presilhas

• Tanto o conector como a presilha possuem batentes que se engatam um ou outro quando

o conector é instalado.

• Ao remover o conector de uma presilha, puxe-o em direção paralela à presilha para remover os batentes.

« Caso se force o conector para a esquerda ou direita ou para cima ou para baixo, o alojamento poderá se romper.

3] Ação a ser tomada após a remoção dos conectores. Após remover qualquer conector, cubra-o com uma sacola plástica para evitar que poeira,

sujeira, óleo ou água entrem em contato com

a área de acoplamento do conector.

« Se a máquina permanecer desmontada por um longo período, serão maiores as chances de um contato impróprio ocorrer, por isso cubra sempre o conector.

D61EX,PX-15E0

Pressione levemente ao remover Batente de travamento

Pressione levemente ao remover Batente de travamento

Batente
Batente
por isso cubra sempre o conector. D61EX,PX-15E0 Pressione levemente ao remover Batente de travamento Batente 1
por isso cubra sempre o conector. D61EX,PX-15E0 Pressione levemente ao remover Batente de travamento Batente 1

13

SEN02397-00

00 Índice e prefácio

2) Conexão dos conectores 1] Verifique o conector visualmente Verifique se não há óleo, sujeira ou água nos

pinos do conector (área de contato) Verifique se não há deformidades, falha de contato, corrosão ou avarias nos pinos do conector. Verifique se não há avarias ou rupturas na parte externa do conector.

« Se for verificada a presença de óleo, água ou sujeira presa ao conector, faça a limpeza utilizando um pano seco. Caso tenha entrado água dentro do conector, aqueça a parte interna da fiação com um secador, tomando cuidado para não aquecê-la em demasia, evitando assim um curto-circuito.

« Se for detectada alguma avaria ou ruptura, substitua o conector.

2]

Alinhe a posição do conector corretamente, e então insira-o com segurança. Para conectores que possuem um batente de travamento, empurre o conector para dentro até que o batente encaixe na posição 3] Corrija qualquer saliência do vedador de pó e qualquer falha de alinhamento do chicote de fiação. Nos conectores protegidos com vedadores de pó,

corrija qualquer saliência. Além disso, se o chicote de fiação estiver desalinhado, ou o grampo estiver fora da posição, ajuste-o para a posição correta.