Você está na página 1de 3

A Dor da Perda

Na madrugada do último dia 24 de novembro fui despertada pelo toque do telefone, na


cabeceira de minha cama; ainda assustada o atendi, era minha mãe do outro lado da
linha a sua voz estava misturada com o choro. Me ligou pra dizer que o seu irmão, meu
tio Samuel, havia falecido por um ataque fulminante do coração.

Só essa semana estive em dois enterros de pessoas queridas, e agora recebo a notícia da
morte de um ente querido que mora bem longe, o que me lembrou a perda recente de
meu pai.

Meu coração disparou e uma sensação de impotência quis me paralisar, meu esposo me
abraçou, ficamos juntos em silêncio, e pensei: "Há... ele era tão novo e parece que viveu
tão pouco".

Como é triste perder um amigo, um irmão, o pai, a mãe, o esposo, a mulher amada...,
que dor é enfrentar a separação de pessoas que amamos e que são tão importantes pra
nós. Mas me lembrei do livro de Provérbios que diz: "O coração do sábio está onde há
luto, e não onde há festa".

Tenho buscado a sabedoria, e esta é uma verdade que precisamos viver e compreender.

No dia da festa tudo é tão bonito e deslumbrante, e o que mais queremos é aproveitar e
festejar, nada mais justo. Mas no dia do luto, já não é bem assim, pois nos deparamos
com a morte; é ai que a lição começa, não levaremos nada daqui mesmo.

Em se tratando da "matéria" a realidade nua e crua da vida é essa: "nus viemos e nus
voltaremos". Certamente levaremos para a eternidade as "sementes" plantadas nesta
vida. Cada um colherá o fruto de suas ações.

Vamos viver em amor, perdoando uns aos outros, estendendo a mão para o que está
caindo, sorrir mais e reclamar menos, parar de murmurar e aprender dar graças a Deus
por tudo, e também a relacionarmos melhor e com intensidade de amor.
Vamos aprender a dizer: "Eu te amo", vamos abraçar e tocar, pedir perdão, abençoar as
pessoas que estão a nossa volta, com a nossa vida e com o nosso cheiro.

Encarar a dureza do coração e perceber como o tempo e as dificuldades tentam nos ferir,
e nos deixar insensíveis diante de tanta tragédia, tanta dor e falta de amor.

Vamos jogar fora o orgulho, a prepotência, a brutalidade, o egoísmo; tudo aqui é


vaidade, isso quer dizer que tudo aqui é passageiro e finito.

Vamos plantar a boa semente do amor e nos entregar apaixonadamente nos braços de
Jesus Cristo, e viver a sua verdade e desfrutar do privilégio da vida abundante que Ele
conquistou, para cada um de nós, na cruz.

E no dia do luto podemos chorar e sofrer como hoje estou, mas no fundo do meu
coração tem o som de uma canção do Nani Azevedo: "Eu não morrerei enquanto o
Senhor não cumprir em mim, todos os sonhos que Ele mesmo sonhou pra mim. Então
viverei em santidade e adoração, pois é só Dele, somente Dele o meu coração".

Não sei como está o seu coração..... mas quero te dizer que há esperança.

Aqui nesta vida podemos viver o melhor de Deus, e desfrutar da Sua paz que excede
todo entendimento.

E o melhor de tudo é dizer como Davi: "E habitarei eternamente na casa de Deus".

Aqui nesta vida posso desfrutar o melhor de Deus ? Certamente ! Tenho desfrutado o
poder de viver abundantemente as promessas de Deus pra mim e a minha casa.

E o futuro...? Há, tenho certeza que... o Céu me espera, que bom ! Eu vou pra lá.

E você pra onde vai ? Pense nisso!

Abrass

Nele, que é a certeza da vida eterna.

Wânia Arantes

Fonte:
http://www.meularfeliz.com.br/detalhado.asp?cod=15

-------

Wânia Arantes
Meu Lar Feliz
http://meularfeliz.blogspot.com/
Contato: meularfeliz@hotmail.com

Novo site:
http://www.meularfeliz.com.br/index.asp

No Scribd:
http://www.scribd.com/MEU%20LAR%20FELIZ

---

Interesses relacionados