Você está na página 1de 101

PODER EXECUTIVO

MINISTÉRIOPODER
DA EDUCAÇÃO
- MEC
EXECUTIVO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE
FEDERAL
DE- MEC
RONDÔNIA – UNIR
MINISTÉRIO
DA EDUCAÇÃO
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA
E DIRETRIZES PARA PLANO DE AÇÃO
ANO - 2015

Pró-Reitoria de Planejamento-PROPLAN

PORTO VELHO, NOVEMBRO/2014

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA
E DIRETRIZES PARA PLANO DE AÇÃO
ANO - 2015

Proposta Orçamentária e Diretrizes
para o Plano de Ação 2015 da UNIR,
elaborada
pela
PROPLAN
para
submissão ao Conselho Superior de
Administração (CONSAD).

PORTO VELHO, NOVEMBRO DE 2014

1

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR
Maria Berenice Alho da Costa Tourinho
Reitora
Maria Cristina Victorino de França
Vice-Reitora
Jorge Luiz Coimbra de Oliveira
Pró-Reitor de Graduação
Ari Miguel Teixeira Ott
Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa
Rubens Vaz Cavalcante
Pró-Reitor de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis
Osmar Siena
Pró-Reitor de Planejamento
Ivanda Soares da Silva
Pró-Reitora de Administração
Adilson Siqueira de Andrade
Chefe de Gabinete
Maíza Barbosa Maltez
Procuradora
Fábio Ferreira da Silva
Secretário de Controle Interno
Charles Dam Souza Silva
Diretor Administrativo do Câmpus de Porto Velho
Sirlaine Gualhardo
Diretora da Biblioteca Central
Sônia Maria Gomes Sampaio
Diretora da DIRCA

2

PROPLAN DIRETORIA DE UNIDADES Carlos Alberto Tenório de Carvalho Júnior Diretor do Núcleo de Tecnologia José Juliano Cedaro Diretor do Núcleo de Saúde Júlio César Barreto Rocha Diretor do Núcleo de Ciências Sociais Marcelo Vergotti Diretor do Núcleo de Ciências Exatas e da Terra Gleimiria Batista da Costa Diretor do Núcleo de Ciências Sociais Aplicadas Loidi Lorenzzi da Silva Diretora do Campus de Vilhena Ariveltom Cosme da Silva Diretor do Campus de Jí-Paraná Eleonice de Fátima Dal Magro Diretora do Campus de Cacoal George Queiroga Estrela Diretor do Campus de Guajará-Mirim Gerson Flores Nascimento Diretor do Campus de Ariquemes Marlos Oliveira Porto Diretor do Campus de Presidente Médici Orestes Zivieri Neto Diretor do Campus de Rolim de Moura 3 .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .

PROPLAN ELABORAÇÃO Osmar Siena Pró-Reitor de Planejamento Fabricio Donizeti Ribeiro Diretor de Planejamento.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . Desenvolvimento e Informação Jadiael Rodrigues da Silva Pesquisador Institucional Jaqueline Rodrigues de Vasconcelos Coordenadora de Planejamento Cláudia Waléria Carvalho Mendes Macena Administradora Edson Carlos Fróes de Araújo Administrador 4 .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .

.......Detalhamento do Orçamento em Ações de Pessoal e Auxílios .Detalhamento do Orçamento por Ação: Capital Fontes 250 e 28 ........... 26 Quadro 4 – Composição do Orçamento da Matriz na UNIR.......Resultado da Aplicação da Matriz de Rateio / SEM EQR......... ...... 95 Quadro 15 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Cacoal............Detalhamento do Orçamento por Ação: Custeio Fontes 250 e 281................................... 17 Gráfico 6 – Percentual de Aluno equivalente... 61 Quadro 10 ........ .......................................................... 58 Quadro 6 .................................................. 15 Gráfico 4 ...... ........ 57 Quadro 5 ........................................................ .................. 61 5 ....... 35 Tabela 9 ..................................................... 21 Tabela 7 .....Resumo da aplicação da Matriz para Rateio orçamentário para o ano de 2015..... ......Limites Orçamentários Totais: Pessoal e Encargos Sociais (despesa corrente)...... ...................... 22 Tabela 8 .................Distribuição dos Limites Orçamentários para 2015 por Programas/Ações........................... ........................................................... ............... 97 Quadro 17 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Presidente Médici..........................................Percentual de Aluno equivalente..................... 59 Quadro 8 ......................... 60 Quadro 9 ...........PROPLAN LISTA DE ILUSTRAÇÕES LISTA DE QUADROS Quadro 1 ........... 16 Gráfico 5 – Percentuais Orçamentários Previstos para Matriz SESU/ANDIFES e Programas e Ações Específicas........PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .........................Limites Orçamentários Definidos pela União para UNIR – 2015....................................................... ....................... 11 Tabela 2 ......................Estimativas das Despesas – Administração Superior...................Resultado da Aplicação da Matriz de Rateio / COM EQR.... 19 Tabela 3 ..... ...... .. ....................... ....................... Custeio Geral e Investimentos).......... 96 Quadro 16 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Rolim de Moura............................................... 91 Quadro 11 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Porto Velho.Resumo das Estimativas das Despesas Obrigatórias (Custeio) por Unidade..... .................. 21 Tabela 6 ............................. .........Detalhamento dos Limites Orçamentários.PLOA 2015...............................................................Rateio dos Custeio da Matriz SESu/Andifes para 2015........... ...... ............................ 25 Quadro 3 .................................................Detalhamento do Orçamento por Ações de Investimento – Todas as Ações Programas (inclusive os específicos).....................................MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . ...................................Rateio Final com Recursos de Custeio e Capital ....................Limites Orçamentários Totais – Custeio (Pessoal/ Encargos Sociais e Benefícios.................................... ..............Comparação entre recursos de custeio do rateio e previsão de despesas de custeio por Câmpus – COM EQR .......................................................... ............................ 20 Tabela 4 – Orçamento previsto em Ações para Outras Despesas Correntes............. ..... ........................................ 59 Quadro 7 ......................................................................... .................... 17 Quadro 2 – ESTIMATIVA Geral das Despesas (Custeio) por Unidade.. Eficiência Acadêmica e Participação no Rateio de OCC........ ................. .. 21 Tabela 5 ................................................................................ 47 LISTA DE TABELAS Tabela 1 ....................... ... 94 Quadro 14 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Ji-Paraná.................. 98 Quadro 18 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Vilhena................................. 35 Gráfico 7 ........................ ..................... 92 Quadro 12 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Guajará-Mirim....... . Eficiência Acadêmico-Científica e e Participação no Rateio de OCC da UNIR por Núcleo – Ano 2015.Comparação entre recursos de custeio do rateio e previsão de despesas de custeio por Câmpus – SEM EQR............................................. ................... ................... ... Outras despesas correntes (custeio) e Investimentos (Capital)............................................... 12 Gráfico 3 ........ . 99 LISTA DE GRÁFICOS Gráfico 1 – Evolução do Orçamento Geral da UNIR – 2011-2014.......................................... 93 Quadro 13 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Ariquemes...... 10 Gráfico 2 – Proposta Orçamentária para 2015 por Fonte dos Recursos........................

...............................7 1 EVOLUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DA UNIR – PERÍODO 2011/2014 ..........................2 Recursos Próprios (Fonte 250 e 281) .......................................PNAES – Matriz PNAES e Programa Incluir ..9 Apoio à Capacitação e Formação Inicial e Continuada de Professores.................... 17 3 PREVISÃO DE DESPESAS ESSENCIAIS E/OU OBRIGATÓRIAS POR CAMPI .............................11 Programa “Hospitais Universitários” ..... 13 2...................................... 48 5.............PDU .................................2 Indicadores dos Câmpus .. 51 5....................................10 Consolidação das IFES .4 Programa ...............................................................................................1 A Matriz SESu/ANDIFES e Aplicação para a UNIR ...........2 Limites Orçamentários ................................... 49 5........ 52 5....... Funcionários e Gestores para Educação Básica – Ação 20 RJ ............................................................... Profissionais......Categoria Econômica e Natureza da Despesa ......................... 48 5....................... 12 2....................................................................7 Programa PRONACAMPO ..............6 Programa Plano de Desenvolvimento das Universidades ..... 48 5...... 34 5 ALOCAÇÃO DOS RECURSOS DE PROGRAMAS ESPECÍFICOS ............8 Programa Viver sem Limite – Educação Bilíngue ................... auxílios e PASEP ...... 52 5.......................5 Programa .....................................................MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO ...............................................................12 Programa “Mais Médicos” .......................PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ..........................................UNIR ....................................1 Detalhamento dos Limites Orçamentários ............... 55 5.............1 Pessoal e Encargos Sociais.............................. 55 5............................ 27 4.................................. 11 2............... 50 5.......14 Programa Capacitação de Servidores (PRAD-DGP) ..................... 10 2 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA DA UNIR PREVISTA NO PLOA 2015 ........................................................................................................ 24 4 CRITÉRIOS PARA RATEIO DOS RECURSOS DA MATRIZ SESU/ANDIFES............... 53 5.................................3 PROEXT ...................... 55 5 ............................ 48 5...3 Limites Orçamentários – Matriz SESu/ANDIFES e Programas Específicos.......................... 55 5....Inglês sem Fronteiras ................13 PIBIC e Monitoria .. 28 4....PROPLAN APRESENTAÇÃO .. 51 5....

......................................................TABELA COM DURAÇÃO DE CURSO....1 Composição dos Recursos da Matriz na UNIR.....PORTARIA Nº 621/MEC DE 24. .......... 57 6.07.................................................... 69 ANEXO A ............................................... 84 MEMÓRIA DE CÁLCULO RATEIO 2015 .... 56 6........................................... RETENÇÃO E PESOS............................ 83 ANEXO B ...........................................PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ... 64 DADOS E INDICADORES DA MATRIZ ....2 Rateio dos Recursos da Matriz e Parte de Recursos da Reestruturação .................... 90 6 ............. 56 6.......... 62 7 OPERACIONALIZAÇÃO DA ELABORAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO 2015 ................. 86 DESPESAS ESTIMATIVAS EXERCÍCIO 2015 MENSAL E ANUAL ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR E CÂMPUS ....................3 Definição dos Tetos para Passagens e Diárias ........MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO ..............................PROPLAN 6 RATEIO DOS RECURSOS DA MATRIZ SESu/ANDIFES PARA ANO DE 2014 .....2013........ .......................................

diferentemente do que poderia ser (ou mesmo imaginado por aqueles menos familiarizados com o tema).PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . os orçamentos de manutenção e investimentos das 7 . Os tetos ou limites da proposta prevista no Projeto de Lei de Orçamento Anual (PLOA) para o ano de 2015 foram definidos pelo Governo Federal. devem ser considerados como valores prováveis. busca-se atender às normas vigentes e assegurar transparência na gestão dos recursos desta IFES de forma planejada e democrática. esta proposta segue no geral o que já foi proposto no ano anterior. por meio da Pró-Reitoria de Planejamento (PROPLAN) apresenta a Proposta Orçamentária e as Diretrizes para o Plano de Ação 2015 para apreciação do Conselho Superior de Administração (CONSAD). com alguns avanços na direção da descentralização. Os valores que constam de plano são aqueles apresentados pelo governo federal ao Congresso Nacional no Projeto de Lei Orçamentária para 2015 (PLOA 20105). enviada ao CONSAD no início do mês de novembro de 2013. Assim. Preliminarmente cumpre esclarecer que na proposta para o ano de 2014. Portanto. foi apresentada uma matriz para rateio dos recursos. resultados da aplicação da Matriz SESU/ANDIFES (regulamentada pelo Decreto nº 7.PROPLAN APRESENTAÇÃO A Administração Superior da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Portanto. Até o aprovação final esses valores podem ser alterados por proposta do próprio governo ou por iniciativa do Congresso. Como o Plenário não analisou e deliberou sobre a mesma até este momento. não foi possível realizar eventuais mudanças e ou aprimoramento decorrentes do posicionamento do Conselho. Assim. os tetos orçamentários e.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . consequentemente.233 de 19/07/2010 e Portaria nº 621 de 24/07/2013) e limites para Programas e/ou Ações Orçamentárias Específicas definidas pelas Secretarias ou Órgãos do Ministério da Educação (MEC). tendo como base: informações sobre estimativa de gasto com pagamento para servidores.

PROPLAN universidades não são definidos em função de suas demandas e necessidades. Siapenet e CAPES.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . mas isto deve ocorrer com a lotação recente de novos servidores 8 . de pessoal (docentes e técnicos) e área física destinada a laboratórios e salas de aula. Os resultados da Matriz SESU/ANDIFES são gerados a partir de dados coletados no Censo da Educação Superior. abrangência e intensidade de sua adoção para cada Câmpus dependerá do plano específico a ser discutido e elaborado em conjunto com cada Unidade. a execução ainda precisa ser aperfeiçoada.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . Os limites orçamentários decorrentes da aplicação da Matriz SESU/ANDIFES são aqueles destinados aos investimentos e manutenção das atividades de ensino. Na elaboração desta proposta trabalhou-se com o pressuposto de que a UNIR deve continuar avançando na direção da implantação da descentralização da execução orçamentária e financeira. Cada aluno que não está oficialmente matriculado (mesmo que realizando monografia) em determinado semestre ou que conclui todos os créditos e não é registrado no sistema como “formado” (mesmo que ainda não tenha colado grau) deixa de contar para o índice que define anualmente o volume de recursos para a IFES. com base na deliberação do CONSAD sobre o tema. Registre-se que neste ano de 2014 houve avanço significativo em relação a um dos aspectos importantes desta questão: a descentralização do poder de decisão das Unidades sobre o montante de recursos disponíveis com base no rateio. alunos concluintes. evitando impacto negativo no momento de definição dos tetos orçamentários. Portanto. mas a partir de critérios previamente estabelecidos. Dados da execução até o momento indicam que a maioria das Unidades solicitou a execução dos recursos de capital. Dos dados coletados podemos destacar os de vagas ofertadas na graduação e pós-graduação. apesar da consciência de que o ritmo. pesquisa e extensão da Instituição. Por isso é fundamental que a Universidade realize todos os registros acadêmicos no tempo oportuno. Quanto aos recursos de custeio. foi garantida a autonomia das Unidades para decisão sobre a execução de parcela dos recursos orçamentários.

Assim. Decidido estas questões pelo CONSAD. a operacionalização (detalhamento do Plano – elaboração do plano por Unidade) é uma atividade administrativa de responsabilidade de cada Unidade e da PROPLAN. reservados os recursos para despesas obrigatórias. Chamamos a atenção para o fato de que os recursos para manutenção das atividades é pequeno. Cada Unidade lançará esses valores e poderá. está previsto o valor para todas as despesas de custeio e capital para cada Câmpus. 9 . sob a coordenação da Diretoria Administrativa do Câmpus e assessoria da PROPLAN. propõe-se a discussão conjunta. As Unidades constatarão que. estabelecer diminuição ou aumento de gastos em um item para permitir o aumento ou diminuição em outros. Entendeu-se também que as decisões fundamentais para o Plano de Ação 2015 são relativas a Diretrizes para sua elaboração e os critérios de rateio. se isto for possível.PROPLAN que propiciará melhores condições para instrução dos pedidos de aquisição e ou contratação. Em relação à descentralização. na proposta para o presente exercício (2014).PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . Nesta perspectiva. a partir da matriz. Nesta proposta para 2015. o saldo foi rateado conforme a matriz. o Câmpus de Porto Velho é um caso especial. Boa parte das despesas de manutenção é comum a várias Unidades Acadêmicas e Administrativas e não há no momento um método seguro de mensurar o valor para cada uma. para alocação dos recursos (com base na Matriz). foram destacados do montante disponível os recursos previstos para despesas continuadas. pouco restará para outras atividades.

00 20.294.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .101.00 100. do total de recursos para investimentos do ano de 2014 R$ 16. Em relação ao ano de 2014.082.623.336.730.000. Gráfico 1 – Evolução do Orçamento Geral da UNIR – 2011-2014.00 60. Os dados contidos no gráfico 1 refletem os valores de limites de empenhos autorizados a cada ano. o valor para investimentos também não inclui os recursos para Hospital Universitário.134.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . 10 .947.767.000.440.085.514.000.000.00 Fonte: Sistema SIMEC.449.00 pessoal Orçamento 2011 106.600.000.000.434.00 Título do Eixo 120.75 35.024.91 29.000. Optou-se por esse critério porque nesse período a UNIR foi contemplada com Emendas Parlamentares. Além disso.90 capital 19.00 32.135.289.201. destinados a complementar os investimentos compromissados com o MEC em fevereiro de 2013 e iniciados e comprometidos naquele ano.000.000.PROPLAN 1 EVOLUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DA UNIR – PERÍODO 2011/2014 No gráfico 1 são apresentados os dados dos orçamentos da UNIR do período de 2011 a 2014.000.45 133.000.00 80.962. que não foram liberadas ou liberadas apenas em parte.000. individuais e/ou de Bancada Parlamentar.324.470.00 22.00 128.415.00 custeio 22.50 21.000.00 são referentes à liberação excepcional a título de superávit financeiro (valor de emenda de bancada não liberado em 2013). Evolução do Orçamento 140.000.0 Orçamento Orçamento Orçamento 2012 2013 2014 110.174. com destinação específica e autorização para execução dependerá da conclusão de entendimentos com o MEC sobre a elaboração do projeto.000.00 40.486.00 44.

PO PROEXT UNIVERSIDADES FEDERAIS INCLUIR (Ação 4002 .Graduação) PDU (Ação 8282 – Capital) PDU (Ação 8282 – Custeio) Programa de Consolidação das IFES .415 0 0 0 251.244 7.198.(Ação 20GK ou 6380) . como ainda é uma proposta. Etc.293 9.custeio ou capital) Inglês sem Fronteiras (Ação 20 GK – Custeio) Inglês sem Fronteiras (Ação 20 GK – Investimento) “Matriz ANDIFES” Matriz PNAES .093 34.200 24.000.363.000.113 114. e Form.202 0 987.233 47.050 16. Tabela 1 .132 251. DISCRIMINAÇÃO PESSOAL.149.924 2.200 24.409 2.842.244 7.086.885.924 705.Inicial e Continuada de Prof.293 9.198.313 LIMITES PRÓPRIOS (b) 0 0 0 0 0 0 987.038 31. ENCARGOS SOCIAIS E BENEFÍCIOS Inativos e Pensionistas (Ação 0181) Obrigação Patronal (Ação 09HB) Pessoal Ativo (Ação 20TP) Auxílios (Transporte.Ação 8282 (custeio e capital) Ação 20RJ .149.126 Fonte: Sistema SIMEC .150.233 47. 5 (Ação 8282) PRONACAMPO Reestruturação Custeio GND 3 .692.086.150.074 230.441 7.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .056 1.195 51..PROJETOS E OBRAS (Novos HUs) (capital) Programa Mais Médicos . Alimentação. 11 .889 101.Apoio à Cap. Estudante .037 21.PROPLAN 2 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA DA UNIR PREVISTA NO PLOA 2015 Na tabela 1 são apresentados os limites orçamentários previstos do Projeto de Lei do Orçamento Anual para o ano de 2015 (PLOA 2015).000 2.PO PROEXT PROEXT . Obviamente.095.(Ação 20GK ou 6380) .313 3.415 987.125.GND 4.941. Profissionais.792 282.889 101.ND 339147 .074 230.961 226.PLOA 2015.323 24.Limites Orçamentários Definidos pela União para UNIR – 2015.104.409 0 0 3.Fonte 50 (Esfera 10 Fiscal) PROEXT PROEXT .Capital .792 282.306.842.Custeio .441 7.037 21.961 227.313 3.Fundações (1% folha ativos) RECURSOS PRÓPRIOS – DESP.Pactuado (Ação 8282) Viver sem limite Custeio–Educação Bilíngue (Ação 20 GK – PO) Viver sem limite Investimento–Educação Bilíngue (Ação 20 GK) LIMITE ADICIONAL MAIS MÉDICOS .000 2.125.000 5.050 16. Saúde.505. Funcionários e Gestores para Educação Básica Complementação SEB -Custeio ( Plano Estratégico Formação) Complementação SECADI-Custeio (Plano Estratégico de Formação) TOTAL TESOURO (a) 169.104.453.226 240.000 4.DA ESFERA 10 .313 3.298 22.922.453.000 2.038 31.499.132 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 TOTAL (c=a+b) 169.363.Ação 4002 (Assist.692. poderá ser alterada pelo Congresso Nacional e/ou Executivo Federal.499.370 1.922.550 75.113 114.FISCAL Receita de Convênio .) PASEP .283.195 51.306.323 24.095.000 4.941.283.370 1.873.Fonte 81 (Esfera 10 Fiscal) Receita Própria .056 1.000 5.093 34.924 705.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .298 22.550 75.000 2.505.226 240.

00 226.000.00 0.1 é apresentado o detalhamento desses limites. A previsão de receitas diretamente arrecadadas (receitas próprias) para o exercício de 2015 foi elaborada pela Subsecretaria de Planejamento e Orçamento (SPO) do Ministério da Educação (SPO/MEC).PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .1 Detalhamento dos Limites Orçamentários No gráfico 2 são apresentados os valores orçamentários previstos por fonte de receita.202.000. os tetos ou limites da proposta prevista no Projeto de Lei de Orçamento Anual (PLOA) para o exercício de 2015 foram definidos pelo Governo Federal.000.00 50.00 987.00 150. 250.000. tendo como base: informações sobre estimativa de gasto com pagamento para servidores (inclusive considerando os novos servidores empossados em 2014). Gráfico 2 – Proposta Orçamentária para 2015 por Fonte dos Recursos.924.000.00 200.000.000.00 RECURSOS DO TESOURO RECURSOS PRÓPRIOS Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA – 2015.000.000.885.PROPLAN Como anunciado na introdução.000. resultados da aplicação da Matriz SESU/ANDIFES e limites para Programas e/ou Ações Orçamentárias Especiais definidas pelas Secretarias ou Órgãos do Ministério da Educação (MEC).00 100. ficando a cargo da UNIR 12 . 2. No item 2.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

demonstrar a estimativa para Fonte 250, proveniente de taxas administrativas,
entre outras, e também a comprovação das receitas da Fonte 281 – Convênios
com Órgãos Federais, Estaduais e Privados – para a composição do orçamento.
Não é computada como receita própria àquela de projetos que é descentralizada
pelos Órgãos Federais.
A previsão inicial de receita própria é realizada com base no histórico dos
exercícios anteriores registros de convênios para o exercício seguinte.
A seguir, o histórico dos anos de 2013 e 2014, bem como a previsão para o
ano de 2015:
FONTE
0250
0281

DESCRIÇÃO
Recursos Diretamente
Arrecadados
Recursos de Convênios

PREVISÃO
2015

2013

2014

R$ 777.935,00

R$ 231.563,00

R$ 282.132,00

R$ 231.563,00

R$ 225.479,00

R$ 705.792,00

Fonte: SIMEC – Sistema Integrado de Monitoramento do MEC / PLOA 2012-2013; 2014-2015; Proposta
Orçamentária UNIR 2014.

É importante ressaltar que devido à decisão prolatada nos autos da Ação
Civil Pública n. 2000.41.002015 – 1/RO, a Universidade Federal de Rondônia
isenta de cobrança todas as taxas, inclusive Concursos Públicos, e por esta razão
sua receita própria é diminuta.
Vale lembrar ainda as receitas oriundas de convênios e, nesta esteira,
recomenda-se que todas as unidades devem informar com antecedência de 3 (três)
meses à PROPLAN a previsão de ingresso de recursos por essa via e outros
instrumentos congêneres – resultado de cooperação com Municípios, Estados,
outros Órgãos da Administração Pública e outras instituições – pois a Instituição
deve solicitar o orçamento para recursos não previstos em determinados períodos
do ano.
2.2 Limites Orçamentários - Categoria Econômica e Natureza da Despesa
O orçamento da União é organizado por categoria econômica.

13

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

Categoria econômica, em sentido macro, significa o impacto que o gasto
público gera na economia do país. Ela é classificada em duas:
Despesas Orçamentárias Correntes: classificam-se nessa categoria todas as
despesas que não contribuem, diretamente, para a formação ou aquisição de um
bem de capital, ou seja, não agrega valor ao patrimônio da instituição. São
exemplos os materiais de consumo, a folha de pagamento, diárias, passagens,
serviços terceirizados, bolsas e todas as despesas que se enquadram como
consumo ou serviços.
Despesas Orçamentárias de Capital: classificam-se nessa categoria aquelas
despesas que contribuem, diretamente, para a formação ou aquisição de um bem
de capital, em outras palavras, estas despesas agregam valor ao patrimônio da
instituição. Dão elas: máquinas, equipamentos, obras e instalações e outras.
No Grupo de Natureza de Despesa – Despesa Corrente (DC) estão as
despesas com:
Pessoal e Encargos Sociais
São despesas de natureza remuneratória decorrente do efetivo exercício do
cargo, emprego ou função de confiança no setor publico; pagamento dos proventos
de

aposentadoria,

reformas

e

pensões;

obrigações

trabalhistas

de

responsabilidade do empregador, incidentes sobre folha de pagamentos,
contribuição a entidades fechadas de previdência; outros benefícios assistenciais
classificáveis neste grupo de despesa, gratificações, adicionais e outras direitos
remuneratórios; despesas com o ressarcimento de pessoal requisitado, despesas
com a contratação de temporários para atender a necessidades de excepcional
interesse publico e contratos de terceirização de mão de obra conforme legislação.
Outras Despesas Correntes (Custeio)
São despesas com a manutenção de Contratos continuados (energia,
vigilância, água e esgoto, limpeza e conservação, manutenção de imóveis e
reformas, outros), aquisição de material de consumo, pagamento de diárias e
passagens, bolsas, contribuições, subvenções, auxílio-alimentação, auxílio14

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

transporte, além de outras despesas da categoria econômica “despesas correntes”
não classificáveis nos demais grupos de natureza de despesa.
No Grupo Natureza de Despesa – Despesa de Capital (DK) estão:
Investimentos
Despesas orçamentárias com o planejamento e a execução de obras,
instalações e aquisição de equipamentos e demais materiais permanentes.
No gráfico 3 constam os valores e percentuais previstos para as despesas
com pessoal e encargos, outras despesas correntes (custeio) e investimentos,
considerando as categorias econômicas.
Gráfico 3 - Limites Orçamentários Totais: Pessoal e Encargos Sociais (despesa
corrente), Outras despesas correntes (custeio) e Investimentos (Capital).

PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

21.592.116,00;
9,48%

OUTRAS DESPESAS CORRENTES
INVESTIMENTOS

44.961.158,00;
19,73%

161.319.852,00;
70,79%

Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.

No valor dos recursos classificados como Outras Despesas Correntes estão
incluídos àqueles destinados ao pagamento de benefícios a servidores e para
custear as despesas previstas em ações específicas, como é o caso da 20 RJ.

15

PROPOSTA PLOA 2015 TOTAL : R$ 187. 15.57% PESSOAL. diárias. Gráfico 4 .96% 169. 16 .116.57% do orçamento previsto para 2015 é para pagamento de pessoal.592. Já o orçamento de capital equivale a 9.323. obras e instalações.00 21. pagamento de bolsas. 9.922.Limites Orçamentários Totais – Custeio (Pessoal/ Encargos Sociais e Benefícios. encargos sociais e benefícios.00. incluindo as ações específicas (para execução de contratos de serviços continuados.PROPLAN No gráfico 4 constam os valores e percentuais previstos para as despesas com pessoal. passagens. ENCARGOS E BENEFÍCIOS CUSTEIO CAPITAL Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015. custeio geral e investimentos.980. auxílios. conforme detalhamento que será apresentado.48% do montante é a utilizado para investir em equipamentos.933.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA UNIR 2015 .96% para manutenção de todas as atividades da Instituição (despesas correntes). Custeio Geral e Investimentos). A principal característica deste último é agregar valor ao patrimônio.00. 74. Assim. encargos e benefícios (despesas correntes). 15.00. material de consumo.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .687.48% 36.358. No entanto. 74.). a maior parte desta receita é destinada a programas e/ou ações específicas. etc.

00 R$23.Distribuição dos Limites Orçamentários para 2015 por Programas/Ações.00 MAIS MÉDICOS R$ 2.852.244.00 TOTAL R$ 227.244.PROPLAN No quadro 1 é apresentada a distribuição dos limites orçamentários previstos para 2015 por ação específica.319. ORÇAMENTO MATRIZ SESU/ANDIFES E PROGRAMAS ESPECÍFICOS: R$ 66.792.453.086. 2.00 36% R$42. LIMITES ORÇAMENTÁRIOS .00 RECEITA DE CONVÊNIO (FONTE 281) R$ 705.00 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.202.307.00 Subtotal R$ 226.00 COMPLEMENTAÇÃO SEB e SECADI (AÇÃO 20RJ) R$ 3.000.00 UNIVERSIDADES FEDERAIS – “Matriz SESU / Andifes” R$ 24.3 Limites Orçamentários – Matriz SESu/ANDIFES e Programas Específicos Com base no quadro 1 foi elaborado o gráfico 5 com percentuais dos valores previstos para as despesas com recursos da Matriz SESU/ANDIFES e programas e/ou ações específicas. Gráfico 5 – Percentuais Orçamentários Previstos para Matriz SESU/ANDIFES e Programas e Ações Específicas.553.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .149.150.274.00 BENEFÍCIOS A SERVIDORES R$ 7.00 PROEXT R$ 251.876.00 UNIVERSIDADES FEDERAIS (Ações Específicas) R$ 23.126.885.00 RECURSOS PRÓPRIOS RECEITA PRÓPRIA (FONTE 250) R$ 282.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .132.00 COMPLEMENTAÇÃO PASEP R$ 1.370.030.277.056.415.677.ORÇAMENTO TESOURO FONTE 112 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS R$ 161.645. 17 .313.692.00 HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS R$ 3.505. Quadro 1 .873.00 64% Programa Específicos Matriz SESU Andifes Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.

Na tabela 2 há o detalhamento da Proposta Orçamentária 2015. os resultados da Matriz SESu/ANDIFES são gerados a partir de dados coletados no Censo da Educação Superior.PROPLAN Conforme já mencionado. a maior parte está concentrada em Programas Específicos. alunos concluintes. Siapenet e CAPES. pesquisa e extensão da Instituição. mas apenas a alocação nas unidades afins. de pessoal (docentes e técnicos) e área física destinada a laboratórios e salas de aula. Os limites orçamentários decorrentes da aplicação da Matriz SESU/ANDIFES são aqueles destinados aos investimentos e manutenção das atividades de ensino. não permitindo rateio dos mesmos. Excluindo recursos para pagamento de folha de pessoal.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . inclusive os valores previstos necessários para pagamentos de benefícios/auxílios a servidores. inclusive para Ações e Programas Específicos. verifica-se que dos valores remanescentes da proposta do Orçamento para 2015. tendo em vista os valores previstos na mesma serem executados de acordo com o Plano de Capacitação previsto na IFES para o exercício. Dos dados coletados podemos destacar os de vagas ofertadas na graduação e pós-graduação. exceto a Ação de Capacitação (4572) que embora esteja alocada na Matriz Andifes não está disponível para rateio. recursos com destinação própria. bem como as despesas com PASEP. sendo estes os disponíveis para discussão e rateio entre as unidades da UNIR. 18 .

060.234.00 100% 282.Investimentos 3.1 4 2. (2) OUTRAS DESPESAS CORRENTE (CUSTEIO).126.TOTAL Grupo de Despesa Valor % Valor % Valor % Valor % (1) PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS.o investimento e manutenção! RATEIO UGE’s.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .664.00 70.00 23.792.070.792.070. 2. sem Destinação Específica e Com Destinação Específica.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .242.34% 23.025.00 100% 227.47% 10.00 21.070.046.00 2.592.578.898. do Tesouro para Custeio e Capital Programas Específicos/Custeio Programas Específicos .158.060.298.00 23.PROPLAN Tabela 2 .57% 0 0 282.306.000.00 0 0 350.689.174.852.1 3.00 18.1) + (3.394.116.852. respectivamente.00 18.00 44.00 18.1 Outros Custeios Líquido 2.2 Programas Específicos/Custeio (3) CAPITAL 3.48% 13.106.106.132.580.689.Investimentos Recursos Líq.116.244.00 44.873.Capital (4) OUTROS CUSTEIOS e CAPITAL de “Programas Manutenção” (4) = (2.00 21. 2015 – Tesouro 2015 – Próprios 2015 – Convênios 2015 .00 00 2.578.00 71.Detalhamento dos Limites Orçamentários.80% 0 0% 0 0% 0 0% (5) OUTROS CUSTEIOS e CAPITAL de “Programas Específicos” (5) = (2.046.48% 1.1 Capital Líquido .00 % % % 100% % % 100% 161.79% 19.PLOA 2015.00 21.664.00 14.00 18. 2.046.73% 9.2) 41.13% 8. IMPORTANTE! São os recursos do Tesouro disponíveis para sustentar as atividades permanentes da UNIR .2 5 Outros Custeios Líquido Capital Líquido .1) 161.876. .00 2.26% 9.174.00 21.00 41.323.132.60% 11.885.Capital Total de Programas Específicos 21.025.319.00 100% 705.00 Importante! Os recursos do tesouro para custeio e investimento dos itens 4 e 5 são.202.60% (6) TOTAL DO ORÇAMENTO (6) = (1) + (2) +(3) 226.27% 13.2 Programas Específicos .37% 0 0% 0 0% 42.00 19.380.961.876.00 100% Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.2 3.17% 1.578.10% 27.2) + (3.014.00 0 0 0 0 % % 100% % % % % 0 0 0 355.20% 14.00 23.298.319.00 23.852.244.

415. No caso da UNIR. Encargos e Benefícios.00 148. tendo em vista que as demais ações são pertencentes a Programas Específicos (Ação 20RJ) ou são aquelas cujas decisões de alocação utilizam outros critérios.04% 0. ENCARGOS e AUXÍLIOS (1 ) AÇÕES / PROGRAMAS 20TP . estarão disponíveis para Rateio entre as Unidades aqueles referentes à Ação 20RK.149.00 67.Contribuição da União / PSS dos Servidores 2004 – Auxílio Saúde 2010 – Auxílio Pré Escolar 2011 – Auxílio Transporte 2012 .087. Destes recursos. Não cabe à União.Pagamento de Pessoal Ativo da União 0181 .99% 0.Pagamentos de Aposentadorias e Pensões 09HB .00 272.Auxílio Alimentação 00MI – Auxilio Funeral Complementação Pasep TOTAL RECURSOS DO TESOURO Valor % 114. bloqueá-los ou contingenciá-los. Assim podemos destacar que 59.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .68% 100% Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.00 5. esses recursos são disponibilizados pela SOF/MPOG/MEC para pagamento de Salários. 8282 e 4572.323.298. como é o caso da Ação 20GK e 4002.433.00% 1. Tabela 3 .11% 0.00 22.62% do Orçamento de Custeio Geral serão aqueles que poderão ser detalhados e devidamente rateados entre as Unidades Gestoras Executoras da UNIR.441. PESSOAL.16% 2. suas Ações Orçamentárias e respectivos valores. incluindo para ações específicas.922. Na tabela 4 são apresentados os limites para Outras Despesas Correntes.113.283.Detalhamento do Orçamento em Ações de Pessoal e Auxílios .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .984.64% 14.09% 0.29% 13.PROPLAN Na tabela 3 é apresentado o detalhamento dos recursos para Pessoal.095.900.00 169. .884.00 1.00 24.015.724. desde que aprovados na LOA. Importante! Estes recursos são obrigatórios e não discricionários.00 1.941. Encargos e Benefícios.00 59.

00 Extensão / PRONACAMPO 20RK – Funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior / 21.Detalhamento do Orçamento por Ação: Capital Fontes 250 e 28 CUSTEIO / OUTRAS DESPESAS CORRENTES (1) AÇÕES / PROGRAMAS 20RK – Funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior / Ação Maior / Fonte 250 20RK – Funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior / Ação Maior / Fonte 281 TOTAL Fonte: Elaborado pela DPI com base no PLOA 2015.132.00 Extensão / Viver sem limites 20GK – Fomento Ações de Graduação. FONTE 250 e 281 Valor % 282. CUSTEIO / OUTRAS DESPESAS CORRENTES RECURSOS DO TESOURO Valor % (1 ) AÇÕES / PROGRAMAS 20RJ – Apoio a Capacitação e Formação Inicial e Continuada p/ a 3. FONTE 250 e 281 Valor % 0 0% 350.69% 0..00 100.23% 355.000.Reestruturação e Expansão das IFES 4.62% 16.21% 0.09% 0.000. Pesq.00 100.000.00 4572 – Capacitação de Servidores Federais em Processo de Qualificação e 210.e 50.e 240.00% Nas tabelas 5 e 6 são explicitados os recursos de fonte própria e de convênios.00 Ação Maior 4002 – Assistência ao Estudante do Ensino Superior / PNAES 5.792.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . 9.00 44.233. Tabela 5 .924.53% 11. Ens.370.00 Extensão / PROEXT 20GK – Fomento Ações de Graduação. Pesq. Pesq.720.093.e 230.Detalhamento do Orçamento por Ação: Custeio Fontes 250 e 281.050. Ens.00% Tabela 6 .00 8282 – Consolidação .00 Requalificação TOTAL 35..64% 0..00 Educação Básica 20GK – Fomento Ações de Graduação. Pós-Graduação.298.PROPLAN Tabela 4 – Orçamento previsto em Ações para Outras Despesas Correntes. Pós-Graduação. Pós-Graduação.00 Extensão / Mais Médicos 20GK – Fomento Ações de Graduação..904. Pós-Graduação.81% 0. Ens. Pesq.00% 21 .843.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .176. Ens.e 75.00% 350.505.e 31.77% 637. Pesq.14% 0. Pós-Graduação.000.00 Extensão / Inglês sem fronteiras 20GK – Fomento Ações de Graduação.00 Fonte: Elaborado pela DPI com base no PLOA 2015.763. Ens.000.174.59% 100.000..00 55.00 100. CUSTEIO / OUTRAS DESPESAS CORRENTES (1) AÇÕES / PROGRAMAS 20RK – Funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior / Ação Maior / Fonte 250 20RK – Funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior / Ação Maior / Fonte 281 TOTAL Fonte: Elaborado pela DPI com base no PLOA 2015.67% 59.

150.116..000.00 5.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .074.578.61% 2.00 0.200. Pesq.070.241.PROPLAN Importante: Para estes Recursos existe apenas expectativa para a sua utilização.00 2.00 150. 2.577.421.00 7.000. Assim só serão utilizados com a concretização das arrecadações pretendidas.038.85 1. Tabela 7 .e Extensão / Mais Médicos 20GK – Fomento Ações de Graduação.00% 14.83% 3.14% 0 2.103.074.00 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015. A tabela 7 contém as informações das Ações de Capital/Investimento e os respectivos valores destinados a cada Ação.00 16.00 2.492.013.313 TOTAL 21.430. CAPITAL / DESPESAS INVESTIMENTO (1 ) AÇÕES / PROGRAMAS 156Z – Implantação do Hospital Universitário da Universidade Federal de Rondônia 20GK – Fomento Ações de Graduação.242.000. tais como taxas administrativas e Educacionais no caso de Fonte 250 e valores repassados mediante convênio na Fonte 281... ao Estudante do Ensino Superior / PNAES 4002 – Assist.000.00 1. Pós-Graduação.000.00 0.492. Ens.00 22 .000.000. Ens. Ens.578.00 0 21.000.313 100.150.200.250. Pesq. Pós-Graduação.15 9.e Extensão / Viver sem limites – Educação Bilíngue 20GK – Fomento Ações de Graduação.10% 0 21.000. Pesq.00 0.533.539.00 8.00 1. Pós-Graduação.e Extensão / PROEXT 20GK – Fomento Ações de Graduação.000.71% 0 150.Detalhamento do Orçamento por Ações de Investimento – Todas as Ações Programas (inclusive os específicos). ao Estudante do Ensino Superior / INCLUIR 8282 – Reestruturação das IFES / Consolidação Mais Médicos RECURSOS DO TESOURO DEFINIÇÃO DO ORÇAMENTO Valor % Obras Equipamentos 3.00 9.407.070. Pesq. pois os mesmos estão condicionados a arrecadação em Conta Tesouro (UNIR).00 12.24% 0 51..00 0.e Extensão / Inglês sem fronteiras 20RK – Funcionamento das Instituições Federais de Ensino Superior / Ação Maior 4002 – Assist. Pós-Graduação.000.000.00 14. Ens.42% 1.00 51.038.250.88% 0 1.00 56.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .000.08% 0 16.

PROPLAN Dos Recursos de Capital. As demais ações constantes no quadro são aquelas específicas com critérios específicos para alocação. assim. os recursos ali previstos podem rateados entre as unidades. 23 .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . na Ação 20GK não há Programas Específicos e.

PROPLAN 3 PREVISÃO DE DESPESAS ESSENCIAIS E/OU OBRIGATÓRIAS POR CAMPI Para a obtenção da previsão dos custos das despesas por Câmpus. 24 . como é o caso por exemplo de professor substituto. considerando que parte das Unidades da Administração funcionam integradas a Unidades do Câmpus. executados até o presente momento do exercício (para demais meses do ano foi realizado uma média de execução). bem como a previsão de gastos com despesas não executadas por falta de contratos. Neste caso foi deixado espaço na planilha sem indicação de valor.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . existem despesas que não estão sendo executadas. Destaca-se ainda que algumas das despesas que foram listadas.unir. pois não há como indicar exatamente a despesa. consta o detalhamento em planilha única para visualização completa. acrescido ainda de uma correção. foram estimados os valores de acordo com a média de execução por cada Câmpus prevista em Termos de Referências. foram computados os valores reais e detalhados nas faturas de cada despesa existente (Contratos Existentes). como uma estimativa.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . Foi alocado 10 % da despesa do Câmpus de Porto Velho para a Administração Superior.br/> na aba Plano de Ação. no endereço <http://www.proplan. na página da PROPLAN. Além disso. seguindo os padrões adotados de correção do orçamento aplicado pelo Governo. No Apêndice A constam quadros dos detalhamentos dessas despesas por Unidade. Além disso. por mais que ainda não tenham contrato efetivo. mas que podem vir a ser. sejam elas de manutenção de contratos continuados ou específicas visando manutenção das atividades acadêmicas. tendo em vista as mesmas estarem em procedimento de licitação. No quadro 2 é apresentado um resumo das estimativas das despesas essenciais e/ou obrigatórias por Câmpus e Administração Superior.

42 6.64 1.00 29.600.679.260.00 17.500.770.00 750.04 4.00 720.168.064.20 51.00 8.000.48 30.866.24 3.36 51.662.04 538.00 33.512.20 51.58 699.JORNAL .687.400.09 4.00 17.595.60 51.00 213.60 5.80 312.44 1.56 440.00 378.68 13. (IMP.00 5.886.00 ANUAL 461.608.48 1.00 13.00 23.600.000.00 2.00 184.92 13.00 2.271.P.69 5.200.16 356.500.088.800.779.329.76 1.37 3.316.089.948.52 58.838.89 17.34 16.647.98 3.797.00 16.88 255.740.00 140.009.698.400.715.00 6.179.52 674.400.00 1.500.582.000.60 3.659.00 1.90.689.00 21.41 229.600.060.36 597.347.000.00 1.000.600.200.961.00 145.97 TOTAL GERAL 776.160.00 66.770.000.000.00 50.810.52 1.00 4.72 356.00 2.760.160.00 ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS PROFESSOR SUBSTITUTO ESTAGIÁRIOS 15.92 178.00 34.000.800.00 974.00 65.60 2.00 1.00 231.600.97 593.00 122.00 87.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 13.96 178.64 4.PROPLAN Quadro 2 – ESTIMATIVA Geral das Despesas (Custeio) por Unidade.84 828.36 (S.00 5.000.08 3.325.04 9.36 1.000.520.00 32.802.019.20 32.00 384. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL 30.00 55. ERC.00 24.589.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.600.000.00 14.600.800.80 168.68 72.360.04 18.600.000.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.161.17 30.P.00 52.501.693.101.95 25.468.00 2.00 80.400.00 60.00 1.00 2.00 300.500.000.000.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.00 18.946.66 804.60 11.00 LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.16 15.425.00 25.600.438.96 470.908.00 34.000.000.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.00 1.750.338.499.047.630.48 1.175.700.126.00 15.206.887.236.997.000.10 160.96 144.60 138.75 122.500.T.580.850.00 21.72 15.00 720.104.990.00 64.00 1.879.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.92 102.66 280.00 720.00 720.20 2.960.00 45.00 360.700.06 14.950.90.210.316.494.000.458.90.542. DESPESAS DE CONTRATOS 33.00 114.32 102.00 28.302.196.800.000.484.41 3.000.500.48 4. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.500.88 1.837.000.286.00 2.00 74.232.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .500.050.00 20.012.00 57.00 5.100.00 50.00 40.560.200.480.000.466.92 75.800.00 59.33 29.) MANUT.00 210.00 266.809.862.400.70 17.113.000.79 15.314.160.00 594.00 54.700.22 41.00 18.50 2.93 454.00 29.00 115.560.00 720.600.00 20.438.00 3.560.00 1.375.10 19.000..771.00 24.000.00 1.60 4.500.000.000.178.841.000.000.200.000.00 500.00 7.00 67.90 3.024.52 786.54 76.588.811.07 151.000.800.000.00 12.20 51.66 7.90.467.50 2.78 30.000.00 41.64 81.EBC CORREIOS SERV.463.089.359.000.85 22.600.00 720.280.00 3.900.974.00 35.532.000.000.841.00 41.090.825.160.173.34 27.044.080.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) ADM SUPERIOR 10 % PVH ANUAL PORTO VELHO ANUAL GUAJARÁMIRIM ANUAL ARIQUEMES JI-PARANÁ CACOAL ROLIM DE MOURA ANUAL PRESIDENTE MÉDICI ANUAL VILHENA ANUAL ANUAL ANUAL 334.069.000.00 2.000.500.40 329.00 15.000.508.00 415.000.T.000.00 1.600.578.44 32.50 6.659.000.300.784.450.04 5.20 51.44 71.630.485.00 2.39 1.400.09 Fonte: Gabinete PROPLAN 25 .00 21.80 1.500.00 3.60 51.00 48.00 19.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00 30.60 4.900.27 16.630.40 100. POSTAIS (Malotes.440.00 45.00 16.800.429.64 12.073.000.00 8.98 11.500.158.40 22.15 15.00 13.51 1.361.415.000. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.00 310.00 7.329.F) 45.000.00 22.451.100.400.00 50.00 16.00 28.091.00 7.00 8.00 58.23 920.00 1.00 18.00 20.00 16.000.27 1.00 221.13 2.00 24.00 5.82 25.731.00 166.725.00 720.200.600.106.400.00 189.92 622.842.40 273.200.661.76 356.39 (S.00 3.599.412.600.462. DE MÁQ.00 61.000.40 573.00 15. IMPRENSA NACIONAL.39 107.000.000.68 64.659.915.534.88 1.

51 Fonte: Gabinete PROPLAN.00 TOTAL GERAL 21.09 Campus de Ji-Paraná 1.760.66 Campus de Porto Velho 7.84 Campus de Vilhena 828.589.00 Bolsas e Auxílios PNAES 4. Bolsa PIBIC 480.97 Campus de Ariquemes 776.00) São despesas que serão alocadas aos Campi de acordo com a real distribuição.375.287.069. 26 .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .784.466.825.841.76 Campus de Cacoal 1. ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR E CAMPI DESPPESA PREVISTA (R$ 1.451.Resumo das Estimativas das Despesas Obrigatórias (Custeio) por Unidade.51 DESPESA COMUM AOS CAMPI (R$ 1.72 Campus de Rolim de Moura 1.751.00) Administração Superior 699.280.58 SUBTOTAL 15.908.088.000.PROPLAN Quadro 3 .445.679.00 SUBTOTAL 5.751.582.00 Bolsa Monitoria 480.576.599.000.485.23 Campus de Guajará-Mirim 920.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . considerando a política Institucional.66 Campus de Presidente Médici 804.

CAPES - Conceito do Programa de Mestrado na CAPES FCG - Fator Qualidade Acadêmico-Científica dos Cursos de Graduação do Câmpus FQM - Fator Qualidade Acadêmico-Científica dos Cursos de Mestrado do Câmpus Total de Aluno Equivalente de Graduação da UNIR Total de Aluno Equivalente de Mestrado da UNIR Total de Aluno Equivalente da UNIR Conceito SINAES Médio do Conjunto dos Cursos de Graduação da UNIR Conceito CAPES Médio do Conjunto dos Cursos de Mestrado da UNIR Relação Aluno Equivalente por Professor Equivalente Média da UNIR Soma da Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica dos Câmpus TAEG TAEM TAE DQG DQM RAP DEAE DEQ PTAE EQR - TAEG .MÉDIO RAP .PROPLAN 4 CRITÉRIOS PARA RATEIO DOS RECURSOS SESU/ANDIFES DA MATRIZ Para rateio da maioria (exceções serão discutidas no capítulo seguinte) dos recursos originários da Matriz SESU/ANDIFES propõe-se replicar no que couber a referida Matriz internamente.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .MÉDIO CCM . Para melhor compreensão considere a seguinte legenda: PART CPC - LEGENDA Total de Aluno Equivalente de Graduação do Câmpus Total de Aluno Equivalente de Mestrado do Câmpus Total de Aluno Equivalente do Câmpus Dimensão Qualidade dos Cursos de Graduação do Câmpus Dimensão Qualidade dos Cursos de Mestrado do Câmpus Relação Aluno Equivalente por Professor Equivalente do Câmpus Dimensão Eficiência das Atividades de Ensino do Câmpus Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica do Câmpus Participação do Câmpus no Total de Aluno Equivalente do Conjunto dos Câmpus Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica do Câmpus Relativa ao Conjunto dos Câmpus Parcela Decimal de Participação do Câmpus no Total dos Recursos de OCC-UNIR Conceito Preliminar de Curso (SINAES) C.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .TOTAL TAEM .TOTAL 27 .MÉDIO DEQ .TOTAL TAE .TOTAL CSG .

V. bem como respectivos resultados da avaliação pela CAPES. VIII.2013.2 28 . A parcela decimal de participação do Câmpusc no total dos recursos de OCCUNIR (PARTC) a ser rateado na UNIR é calculada de acordo com a seguinte expressão: PARTC = h1 (PTAEC) + h2 (EQRC) ∴ h1 > 0 h2 > 0 h1 + h2 = 1 h1 = 0. IV. VI. Relação entre o número de alunos e o número de docentes na graduação e na pós-graduação.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . que em seu Artigo 4º estabelece a existência um novo modelo de alocação de recursos de OCC do MEC às IFES a ser elaborado por comissão paritária MEC/ANDIFES. Matrículas.07. com indicadores de monitoramento. Número de registros e comercialização de patentes. propõe-se para a UNIR um modelo tendo a seguinte composição:  Uma equação geral das atividades acadêmico-científicas dos Câmpus composta dos seguintes vetores: o Um vetor (PTAEC) da participação de cada um dos Câmpus no total de alunos equivalentes do conjunto dos Câmpus.PROPLAN 4. O modelo em vigor segue também o disposto no Anexo I portaria Nº 621/MEC de 24. Como base no modelo SESu/ANDIFES.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . VII. o Um vetor (EQRC) Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica Relativa de cada um dos Câmpus em relação ao conjunto total dos Câmpus. Resultados da avaliação pelo SINAES.1 A Matriz SESu/ANDIFES e Aplicação para a UNIR A matriz acordada pela SESu/ANDIFES tem por legal o Decreto 7.233 de 19 de julho de 2010. II. ingressantes e concluintes na graduação e na pósgraduação em cada período. consta do Anexo A este documento. Produção institucionalizada de conhecimento. Existência de programas institucionalizados de extensão. Oferta de cursos de graduação e pós-graduação em diferentes áreas do conhecimento.8 e h2 = 0. III. com base nos seguintes Parâmetros: I. Programas de mestrado e doutorado.

TAED = TOTAL DE ALUNOS EQUIVALENTES DOS CURSOS DE DOUTORADO DA UNIR. 29 .PROPLAN E a fórmula de cálculo da participação do Câmpusc no total de alunos equivalentes do conjunto dos Câmpus e: ( ) PTAE C = TAE C m ∑ TAE C Onde: C=1 TAEC = TOTAL DE ALUNOS EQUIVALENTES DO CÂMPUSC. foi retirado da fórmula o cálculo do aluno equivalente de residência médica – TAERM (os recursos de residência médica para Universidades sem hospital Universitário são provenientes de programas específicos). 1 Considerando que a UNIR não possui Hospital Universitário.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . O total de alunos equivalentes da UNIR (TAE) será definido a partir de alunos por nível de ensino: 1 TAE=TAEG+TAEM +TAED Onde: TAEG = TOTAL DE ALUNOS EQUIVALENTES DE GRADUAÇÃO DA UNIR. m ∑ DEQC = DIMENSÃO EFICIÊNCIA E QUALIDADE ACADÊMICOC=1 CIENTÍFICA DO CONJUNTO DOS CÂMPUSC. m ( ∑ TAE C )= TOTAL DE ALUNOS EQUIVALENTES DO CONJUNTO DOS CÂMPUS. C=1 A fórmula de cálculo da participação do Câmpusc na eficiência e qualidade acadêmico-científica do conjunto dos Câmpus é: Onde: DEQ C = DIMENSÃO EFICIÊNCIA E QUALIDADE ACADÊMICO-CIENTÍFICA DO CÂMPUSC. TAEM = TOTAL DE ALUNOS EQUIVALENTES DOS CURSOS DE MESTRADO DA UNIR.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .

BFS4 = BÔNUS POR CURSOi DE GRADUAÇÃO FORA DE SEDE. O total de alunos equivalentes dos cursos de graduação presencial que não apresentarem ingressantes no exercício (Ni = 0) e cursos de graduação que apresentarem número de ingressantes menor que o número de concluintes (Ni < 2 Cursos de graduação presencial novos são aqueles criados a menos de 10 anos.0 se o curso for ministrado no período diurno e 1. As tabelas com duração de curso.PROPLAN O total de alunos equivalentes dos cursos de graduação presencial consolidados da UNIR (TAEGU) é obtido através da seguinte expressão: n {[ TAEG U =∑ ( NACGi ) x (1+ Ri )+ i=1 ] ( N i− NACGi ) PG i xDG i xBT i xBFS i 4 } Onde: NACGi = NÚMERO DE ALUNOS CONCLUINTES NO CURSO DE GRADUAÇÃO i. PGi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi (TABELA CNPQ????). O bônus por turno (BT) será igual a 1.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . BT3i = BÔNUS POR TURNO NOTURNO DO CURSO DE GRADUAÇÃO i. PGi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi (TABELA CNPQ) . BTi = BÔNUS POR TURNO NOTURNO DO CURSO DE GRADUAÇÃO i. DGi = DURAÇÃO-PADRÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi . 3 30 . BFS = BÔNUS POR CURSOi DE GRADUAÇÃO FORA DE SEDE. O total de alunos equivalentes dos cursos de graduação presencial novos2 da UNIR (TAEGU) será obtido através da seguinte expressão: n TAEG =∑ [ NMG i ] xPG i xBT i xBFS i U Onde: i=1 NMGi = NÚMERO DE ALUNOS MATRICULADOS NO CURSO DE GRADUAÇÃO i.10 se for ministrado em Câmpi fora de sede. Ni = NÚMERO DE ALUNOS INGRESSANTES NO CURSO DE GRADUAÇÃO i. Ri = RETENÇÃO-PADRÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi (TABELA CNPQ???) .15 se o curso for ministrado no período noturno.0 se o curso for ministrado na sede da UNIR (Porto Velho) e 1. retenção e pesos estão no Anexo B. 4 O bônus fora de sede (BFS) será igual a 1.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .

O total de alunos equivalentes dos cursos de mestrado consolidados da UNIR (TAEMU) é calculado conforme segue: n TAEM =∑ ( NAMM i ) x ( PM i ) U i=1 Onde: NAMMi = NÚMERO DE ALUNOS MATRICULADOS NO CURSO DE MESTRADO i.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . através da seguinte expressão: n TAEG U =∑ {[ ( NACGi ) x (1+ Ri )] PG i xDG i xBT i xBFS i } i=1 Onde: NACGi = NÚMERO DE ALUNOS CONCLUINTES NO CURSO DE GRADUAÇÃO i. PGi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi (TABELA CNPQ) . PMi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE MESTRADOi. DGi = DURAÇÃO-PADRÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi . BFS = BÔNUS POR CURSOi DE GRADUAÇÃO FORA CÂMPUS SEDE. contados a partir da data da coleta dos dados. 31 .PROPLAN NACGi) será obtido excluindo-se a segunda parcela da fórmula. Ri = RETENÇÃO-PADRÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃOi (TABELA CNPQ) . PMi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE MESTRADOi.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . O total de alunos equivalentes dos cursos novos5 de mestrado da UNIR (TAEMU) é calculado conforme segue: n TAEM =∑ ( NACM i )x ( DM i ) x ( PM i ) U i=1 Onde: NACMi = NÚMERO DE ALUNOS CONCLUINTES NO CURSO DE MESTRADOi. DMi = DURAÇÃO-PADRÃO DO CURSO DE MESTRADOi. 5 Cursos novos de mestrado são aqueles criados a menos de quatro anos. BTi = BÔNUS POR TURNO NOTURNO DO CURSO DE GRADUAÇÃO i.

PDi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE MESTRADOi. PDi = PESO DO GRUPO DO CURSO DE DOUTORADOi. A dimensão da eficiência e qualidade do Câmpus (DEQC) é dada pela expressão: DEQC = (DEAEC) + (DQGC) + (DQMC) + (DQDC) A dimensão eficiência das atividades de ensino do Câmpus (DEAEC) é obtida dada pela expressão: DEAEC = FRAPC Onde: C AlunoEquivalente C C C RAP Pr ofessorEquivalente FRAP = MC = RAPmédiadosCampi RAP 6 Cursos novos de doutorado são aqueles criados a menos de oito anos. DMi = DURAÇÃO-PADRÃO DO CURSO DE MESTRADOi.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PROPLAN O total de alunos equivalentes dos cursos de doutorado consolidados da UNIR (TAEDU) é calculado conforme segue: n TAED =∑ ( NAMDi ) x ( PDi ) U i=1 Onde: NAMDi = NÚMERO DE ALUNOS MATRICULADOS NO CURSO DE DOUTORADO i.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . O total de alunos equivalentes dos cursos novos6 de doutorado da UNIR (TAEDU) é calculado conforme segue: n TAED =∑ ( NACDi ) x ( DM i ) x( PDi ) U i=1 Onde: NACDi = NÚMERO DE ALUNOS CONCLUINTES NO CURSO DE MESTRADO i. contados a partir da data da coleta dos dados. 32 .

33 . ( FCGCi = CSG Ci ) CSG ¿i CSGiC = CONCEITO SINAES DO CURSO DE GRADUAÇÃOi DO CÂMPUSC. Dimensão qualidade dos cursos de mestrado de um Câmpus (DQMC) é dada pela expressão: DQM C n C ∑ i=1 ( FQM i ) = NCM C Onde: NCMiC = NÚMERO DE CURSOS DE MESTRADO DO CÂMPUSC. CSGi* = CONCEITO SINAES MÉDIO DO CURSO DE GRADUAÇÃO i NO CONJUNTO DOS CÂMPUSC.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PROPLAN A Dimensão qualidade dos cursos de graduação de um Câmpus (DQGC) é dada pela expressão: DQG C n C ∑ i=1 ( FCG i ) = NCG C Onde: NCGC = NÚMERO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL DO CÂMPUSC. CCMi* = CONCEITO CAPES MÉDIO NO CONJUNTO DOS CÂMPUS DOS CURSOS DA ÁREA DE CONHECIMENTO NA QUAL SE ENQUADRA O CURSO DE MESTRADOi .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . ( FQMCi = CCM Ci CCM ¿i ) CCMiC = CONCEITO CAPES DO CURSO DE MESTRADOi DO CÂMPUSC. FQMiC = FATOR QUALIDADE ACADÊMICO-CIENTÍFICA DO CURSO DE MESTRADOi DO CÂMPUSC. FCGiC = FATOR QUALIDADE ACADÊMICO-CIENTÍFICA DO CURSO DE GRADUAÇÃO i DO CÂMPUSC.

4.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .UNIR A tabela 8 apresenta o resumo dos resultados obtidos para o Relatório de Indicadores Agregado – ano base 2013 para o rateio de 2015. CCDi* = CONCEITO CAPES MÉDIO NO CONJUNTO DOS CÂMPUS DOS CURSOS DA ÁREA DE CONHECIMENTO NA QUAL SE ENQUADRA O CURSO DE DOUTORADOi . ( FQDCi = CCDCi CCD¿i ) CCDiC = CONCEITO CAPES DO CURSO DE DOUTORADOi DO CÂMPUSC.2 Indicadores dos Câmpus . Na página da PROPLAN constam as planilhas de cálculo em Excel para simulação. No Apêndice B consta planilha com a base de dados do ano de 2013. 34 . FQDiC = FATOR QUALIDADE ACADÊMICO-CIENTÍFICA DO CURSO DE DOUTORADOi DO CÂMPUSC.PROPLAN Dimensão qualidade dos cursos de doutorado de um Câmpus (DQDC) é dada pela expressão: DQD C n C ∑ i=1 ( FQDi ) = C NCD Onde: NCDC = NÚMERO DE CURSOS DE DOUTORADO DO CÂMPUSC.

Na sequência são apresentados os detalhamentos dos dados para cada um dos Câmpus.00% 20.00% 40.34% 11.06% ARIQUEMES 2.00% 0.62% JI-PARANÁ 8.02% % PART 9.34% ROLIM DE MOURA 14. CÂMPUS CACOAL % TAEU 8.895.00% 30.72% 8.85% 16.74% 4.62% 3. Eficiência Acadêmica e Participação no Rateio de OCC. Gráfico 6 – Percentual de Aluno equivalente.71% 9.00% 5.57% PRESIDENTE MÉDICI PORTO VELHO 2.00% 15.97% 15.594.00 TAEM TOTAL 301.00% 45.40% VILHENA 7.PROPLAN Tabela 8 .64% 47. No gráfico 5 são apresentadas ilustrações desses resultados.44% 14.00 TAEU TOTAL 10.37% GUAJARÁ-MIRIM 7.93% 10.Resumo da aplicação da Matriz para Rateio orçamentário para o ano de 2015. 50.00% %TAEu %EQR %PART 35 .00% 10.00% 25.96% %EQR 11.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00% 35.40% 10.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00 Fonte: Elaboração da DPI com base nos dados da UNIR de 2013.50% 41.97% 9.31% 8.02% TAEG TOTAL 10.25% 14.

00 T-20 0.CACOAL TAE .96% DE 64.88% 21.5 1 50 44 127 1 50 48 202.04 205.CACOAL TAEG % TAE 262.84 975.09 CPC *Sem CPC FCG 3 0.19 272.84 0.PROPLAN  Curso 16008 16008 16000 16000 16012 16012 1106843 Câmpus de Cacoal .08% 100.CACOAL DEQ . atribuiu-se o Conceito 3.94% 235.5 24 50 45 178.10% 27.96 3 0.CACOAL DEAE .88 12.11 0.CACOAL PTAE .58 SUBST 10.Graduação Nome Turno Ingres.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .CACOAL N CIÊNCIAS CONTABEIS N CACOAL CIÊNCIAS CONTÁBEIS V (VESPERTINO) CACOAL DIREITO (VESPERTINO) V CACOAL DIREITO .5 22 50 33 93. EQUIVALENTE T-40 1. 36 .CACOAL N ENGENHARIA DE PRODUÇÃO I AGROINDUSTRIAL TAEG .CACOAL ADMINISTRAÇÃO .60 PROF.96 2 0.81 1.92 26.00 Índice = 0.09 * Cursos sem CPC.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .70 975.CACOAL DQG .98 0.09 0.5 28 50 40 92.CACOAL PART . Média Conc.CACOAL EQR .64 3 0.10 1.CACOAL RAP .96 24. Matric. 50 38 89 0 50 46 192.00% 8.5 0 Ofertas ADMINISTRAÇÃO V (VESPERTINO) .

96 0.22 855. 48 48 49 49 Matric.50 202.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 Índice = 0.93 346.10 8.10 Câmpus de Guajará-Mirim . atribuiu-se o Conceito 3.10 3.96 12.33 218.79% 41.GUAJARÁ-MIRIM EQR .GUAJARÁ-MIRIM PTAE .GUAJARÁ-MIRIM DEQ .GUAJARÁ-MIRIM TAE .G_MIRIM V 50 PEDAGOGIA .00 T-20 0. EQUIVALENTE T-40 0.5 157.GUAJARÁ-MIRIM DQG . TAEG % TAE CPC 3 0 39 44 73.96 x x PROF.G_MIRIM N 50 GESTÃO AMBIENTAL M 50 LETRAS .08 0.Pós-Graduação Nome CIÊNCIAS DA LINGUAGEM Turno Ofertas Ingres.GUAJARÁ-MIRIM RAP .GUAJARÁ-MIRIM DQM .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .46 841.94 37 .GUAJARÁ-MIRIM * Cursos sem CPC.PROPLAN  Curso Câmpus de Guajará-Mirim – Graduação Nome Turno Ofertas 16020 122760 16003 16007 ADMINISTRAÇÃO .GUAJARÁ-MIRIM DEAE .5 Conc.5 235. TAEG % TAE C. Média 192 157.00 0.CAPES FQM I x 3 14 9 14 2% 3 0.22 0.94 14 2% TAEM .17 0.98% DE 62. Matric.G_MIRIM V 50 TAEG .90 3 3 3 3 *Sem CPC FCG 0.  Curso 1000101 8008P0 Ingres.00% 7.96 0.97% 100.GUAJARÁ-MIRIM 0.GUAJARÁ-MIRIM PART .00 SUBST 4.78 1. Média Conc.96 0.19% 24.05% 25.

09 17.96 4 cc 1.93% 11.86 973.JI-PARANÁ DEQ .28 3 3 3 4 4 0 0.00 T-20 0.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .96 1.10 12.25 973.JI-PARANÁ Ingres.JI-PARANÁ EQR .28 1.80 100.34% 100.JIPA M 50 FÍSICA .PROPLAN  Curso 116738 100719 116746 16011 16011 16010 16002 Câmpus de Ji-Paraná – Graduação Nome Turno Ofertas EDUCAÇÃO BÁSICA I 0 INTERCULTURAL ENGENHARIA AMBIENTAL I 50 JIPA ESTATISTICA .55% 267.JIPA V 50 TAEG .10 107. Média Conc. Matric.JI-PARANÁ RAP . EQUIVALENTE T-40 0.JI-PARANÁ DQG .87 1.JI-PARANÁ DEAE .JIPA N 50 FÍSICA .JI-PARANÁ PTAE .48% 168.11 0.00% 8.34% 9.09 38 .68 90.93% DE 91.00 SUBST 4.00 Índice = 0.41 27.5 0 13 2 2 24 TAEG % TAE 122.JI-PARANÁ TAE .00 CPC *Sem CPC FCG 3 0 0. 0 111 0 47 176 8 49 0 45 46 1 102 92 49 129 199.JIPA BACHARELADO I 40 MATEMÁTICA .96 0.30 116.JIPA N 50 PEDAGOGIA .97 0.08% 10.28 0 PROF.29% 11.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .JI-PARANÁ PART .25 1.96 0.16 0.09 0.10 10.

EQUIVALENTE T-40 0.54 2.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .96 PROF.94 0.94 39 .ROLIM DE MOURA Ofertas Ingres.00 Índice = 0. CIÊNCIAS AMBIENTAIS I x TAEM – ROLIM DE MOURA DQM .18 27.5 0 0 148.ROLIM DE MOURA PART .45 29. TAEG % TAE *Sem CPC CPC FCG 39 0 461.00 SUBST 3.45% 428.00% 1573. Conc.30 100.ROLIM DE MOURA EQR .ROLIM DE MOURA RAP .64 9.15 Câmpus de Rolim de Moura – Pós-Graduação Curso 10001018017M9 Nome Turno Ofertas Ingres. Média 184.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .ROLIM DE MOURA 16 16 0 TAEM % TAE C.57 0.05% 4 3 cc 1.64 3 9.PROPLAN  Câmpus de Rolim de Moura – Graduação Nome Turno 58075 116734 ENGENHARIA AGRONÔMICA .59% 1.ROLIM DE MOURA DEAE .14 0.96 166.5 31 156.ROLIM DE MOURA DQG .02 DE 17.40 24.ROLIM DE MOURA PTAE .22% 3 3 0 0 0.ROLIM DE MOURA DEQ .R_MOURA 40 37 Curso  M TAEG .CAPES FQM 16 16 1% 1% 3 0. Conc.96 117.5 86.96% 1573.00 1.ROLIM DE MOURA TAE .00 T-20 0.96 0.15 0. Matric.30 14.33% 378.5 172 122758 150273 HISTÓRIA MEDICINA VETERINÁRIA N I 50 50 43 44 16006 PEDAGOGIA .28 0.15 0.88 85.R_MOURA ENGENHARIA FLORESTAL I I 50 50 43 53 Matric.

28 805.VILHENA RAP .VILHENA DEQ .75 7.96 166.31% 3 0.07 0.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .75 81.56% 4 1. ADMINISTRAÇÃO N CIÊNCIAS CONTABEIS .PROPLAN  Curso 122752 16016 58084 58084 16004 16004 44076 44076 Câmpus de Vilhena – Graduação Nome Turno Ofertas Ingres.VILHENA TAE .VILHENA EQR .72% 137.08 PROF.VILHENA M LETRAS (NOTURNO) .84 1.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 SUBST 1.VILHENA PART .00% 805.VILHENA DQG . Média Conc.75 100.00 T-20 0.00 Índice = 0.VILHENA Matric.83 6.5 132.88 35.VILHENA PTAE .64 20.06% 3 3 52.92 0. 50 50 44 46 132 184 0 18 0 0 9 4 0 0 69 8 50 50 34 40 52.43 17.28 163.96 0.09 DE 9.11 0.VILHENA N JORNALISMO (MATUTINO)M VILHENA JORNALISMO (NOTURNO) N VILHENA LETRAS (MATUTINO) .36% 4 1.5 5 11 50 45 126 15 0 0 67 38 TAEG % TAE CPC *Sem CPC FCG 0 0.40% 1. EQUIVALENTE T-40 0.60 0.VILHENA DEAE .98 20.96 284.08 40 .VILHENA N PEDAGOGIA (MATUTINO) M VILHENA PEDAGOGIA (NOTURNO) N VILHENA TAEG .

79% 63.16 100.ARIQUEMES RAP .16 0.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .96 TAEG .PROPLAN  Câmpus de Ariquemes – Graduação Nome Turno Ofertas Ingres.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .ARIQUEMES DEQ .40 158. EQUIVALENTE T-40 0.ARIQUEMES PART .70 Curso PROF.04 41 .55 0.ARIQUEMES 251.ARIQUEMES EQR .00% TAE . TAEG % TAE CPC *Sem CPC FCG 116776 ENGENHARIA DE ALIMENTOS I 0 0 42 0 0 0.59 1.31% DE 35.21% 3 116782 92.04 2.84 0. Matric.96 PEDAGOGIA N 45 37 125.ARIQUEMES DQG .ARIQUEMES DEAE .00 Índice = 0.ARIQUEMES 251.96 6.76 3 0 0.00 T-20 0.5 16 36.ARIQUEMES PTAE .09 0.02 0.00 SUBST 1. Média Conc.

MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00% TAE . Matric.PRESIDENTE MÉDICI 0.PRESIDENTE MÉDICI 0. Conc.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .PROPLAN  Câmpus de Presidente Médici – Graduação Curso 116748 Nome Turno Ofertas Ingres.19 DEQ .PRESIDENTE MÉDICI 0.03 EQR .64% DQG .00 DEAE .10 100.PRESIDENTE MÉDICI 1.00 0.15 PTAE .10 2.PRESIDENTE MÉDICI 2.05 PROF. EQUIVALENTE Índice = 0.PRESIDENTE MÉDICI 0.12 PART .PRESIDENTE MÉDICI 13.70 1.10 100.96 DE T-40 T-20 SUBST RAP .05 42 .00 1.PRESIDENTE MÉDICI 287. TAEG % TAE CPC *Sem CPC FCG ENGENHARIA DE PESCA E AQUICULTURA I 50 44 130.PRESIDENTE MÉDICI 287.5 0 287.96 TAEG .00% 3 0 0.87 18.

TAEG NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS 47 167.5 6 76.28 43 .28 1.11% 1.60% 2.57 37 115 13 165.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00 41 139.91 192 471 50 526.39 NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA 42 154 15 189.28 0.5 7 101.5 8 64.99% 1.5 9 90.89% 5.84% 3.96 0.07 38 159 33 175.39% 4 4 3 3 4 *Sem CPC FCG 0 0.20 43 124.77% 3 3 3 2 3 5.96 0.96 0.87% 3.Porto Velho – Graduação Curso Nome Turno Ofertas Ingres.96 1.31% 2.5 3 77.5 18 269.78 % TAE CPC 1.00 40 134.96 0 cc 0.64 0.00 37 145.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .96 0.13 NÚCLEO DE TECNOLOGIA 2 144 0 288. Conc.57% 10.51% 1.58% 3 3 3 3.96 1. 15988 15989 116718 15987 15995 ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS CONTABEIS CIÊNCIAS DA INFORMAÇÃO CIÊNCIAS ECONÔMICAS DIREITO N N N N N 50 40 50 50 200** 116727 100292 318882 ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA ELÉTRICA INFORMÁTICA I I M 0 45 45 318363 100289 15994 16009 58082 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FÍSICA GEOGRAFIA MATEMÁTICA QUIMICA I M V M M 45 40 50 45 50 Matric.00 35 76 2 152.08% 3.05 46 152.96 0.96 0.PROPLAN  Câmpus Engenheiro José Ribeiro Filho .77 49 127 14 146.

30 LETRAS/INGLÊS V 25 22 63 15 73.27% 0.03% 1.10% 0.96 PROF.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .32% 2.33% 2.96 1.PORTO VELHO 0.5 0 61.PORTO VELHO 5157.28 0.64 0. EQUIVALENTE T-40 T-20 SUBST 22.PORTO VELHO 4886.32% 3 3 2 4 2 3 3 4 3 5 3 0 0 0.82 PTAE .96 1.04% 2.60 0.25 PSICOLOGIA I 30 26 140.37 DQG .5 5 40.5 0 15.28 0.37 TAE .79 DEQ .PORTO VELHO 2.96 0.PORTO VELHO 9.66% 2. Conc.50 cc 0 0 0 0 0. TAEG NÚCLEO DE CIÊNCIAS HUMANAS ARQUEOLOGIA M 0 0 61.50 ARTES VISUAIS M 20 7 10.13 MEDICINA I 40 36 218 49 1321. Matric.90% 0.82% DE 501.75 CIÊNCIAS SOCIAIS N 45 41 113 3 129.5 0 15.02 RAP .96 0.5 16 102.90 LETRAS/PORTUGUÊS V 50 45 133 19 110.96 4. 44 .60 TEATRO M 20 4 10.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .47 EQR .68% 3.00% 3 4 3 3 49.5 44 190.51% 2.06% 100.19% 27.50 TAEG .26 DEAE .82% 1.85 HISTÓRIA V 50 48 124.41 **100 vagas da turma de Porto Velho e 100 vagas da turma Especial de Guajará-Mirim.00 20.PORTO VELHO 0.75 NÚCLEO DE SAÚDE EDUCAÇÃO FISICA M 45 43 159 19 196.PORTO VELHO 1.00 PEDAGOGIA M 45 41 160.PROPLAN Curso 116712 123567 85458 416732 15992 20940 20941 15993 123553 15991 123584 15990 15998 51699 15999 Nome Turno Ofertas Ingres.41 % TAE CPC *Sem CPC FCG 1.5 16 100.30 13.00 Índice = 0.PORTO VELHO 0.28 0.40 LETRAS/ESPANHOL V 25 23 58.26% 0.96 0.74 MÚSICA M 20 10 22 0 33.PORTO VELHO 0.96 0.64 1.16 PART .95 FILOSOFIA N 50 45 99 9 113.91 ENFERMAGEM I 30 31 84 0 58.96 1.

50 11.TOTAL 10895.5 9 X I 22 23 20 MEIO X I 24 44 18 I MESTRADO ACADÊMICO EM ESTUDOS LITERÁRIOS MESTRADO ACADÊMICO EM HISTÓRIA E ESTUDOS CULTURAIS MESTRADO ACADÊMICO EM LETRAS MESTRADO ACADÊMICO EM PSICOLOGIA I I I X X X X I X I X TAEM .94 1.CAPES FQM 3 4 0.MÉDIO 11.98% 12.50 4.67 DEQ .52% 13. Matric.00 40.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .5 30 29.01 Componentes gerais para o cálculo dos indicadores .00 45 .26 4 3 1.43% 10 31.94 3 0.00 % TAE 6.00 CSG .MÉDIO 3.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .Porto Velho – Pós-Graduação Curso 10001018006P7 10001018002P1 10001018005P0 Nome ADMINISTRAÇÃO BIOLOGIA EXPERIMENTAL DESENVOLVIMENTO REGIONAL AMBIENTE GEOGRAFIA 10001018011P0 MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO 10001018004P4 10001018012P7 10001018015P6 10001018010P4 10001018009P6 E Turno Ofertas Ingres.PORTO VELHO 22 34. Conc.69% 14.5 5 20 40 9 11 13.94 3 0.18 RAP .MÉDIO 3.UNIR: TAEG TOTAL TAEM TOTAL 10594.PROPLAN  Câmpus Engenheiro José Ribeiro Filho .76% 13.PORTO VELHO C.94 1.5 TAEM 18.64% 80.26 0.00 11.00 4.00 3.96 301.07% 271.TOTAL 17.28% 10. I X 20 32.00 36.94 3 0.00 TAE .13 CCM .49% DQM .5 2 13 12 0 16 31.00 2.94 3 0.94 3 0.62% 15 30.00 29.

78 33.30% 22.28% 672.38% 1676.92 20.03% 31.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .27% 887.55 15.03% 19.PROPLAN Percentual de Aluno Equivalente. Eficiência na Qualidade Acadêmico-Científica e Participação no rateio de OCC da UNIR por Núcleo .22% 14.74 19.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .83% 19.39% 17.09% 10.08% 46 .09% 23.99% 634.52% 17.39 12.ANO 2015 NÚCLEOS NÚCLEO DE CIÊNCIAS APLICADAS NÚCLEO DE TECNOLOGIA SOCIAIS NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA NÚCLEO DE CIÊNCIAS HUMANAS NÚCLEO DE SAÚDE TAE % TAEU %EQR %PART 1014.48% 24.

00% 0.00% 25.00% 10.00% 30.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00% NUCSA NT NCET %TAEu %EQR NCH NUSAU %PART 47 .00% 20.PROPLAN Gráfico 7 . Eficiência Acadêmico-Científica e e Participação no Rateio de OCC da UNIR por Núcleo – Ano 2015 35.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00% 15.00% 5.Percentual de Aluno equivalente.

MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . encargos sociais. 5. Especificamente os valores previstos na Fonte 250 após o lançamento da arrecadação serão utilizados para sanar quaisquer desiquilíbrio ou distorções (reconhecimento de dívidas. Nesta parte consta o detalhamento da proposta alocação desses recursos.2 Recursos Próprios (Fonte 250 e 281) São aqueles que dependem de arrecadação prévia para serem executados. destinam a custear as despesas de custeio e de investimento das atividades previstas nos projetos previamente 48 . auxílios a servidores e PASEP será alocado PRAD-DRH considerando que a folha é centralizada no sistema federal e haverá rateio por Unidade com base no número de docentes e técnicos. auxílios e PASEP O Orçamento referente ao pagamento de pessoal. Já os recursos da fonte 281 são aqueles para atender a execução de convênios firmados com o Estado com previsão de repasses de recursos em 2015. 5.1 Pessoal e Encargos Sociais. parte significativa dos recursos disponíveis na proposta orçamentária para o ano de 2015 é destinada ao desenvolvimento de Programas ou Ações específicas.3 PROEXT Os recursos do PROEXT. entre outros) nas despesas de custeio da UNIR. 5.PROPLAN 5 ALOCAÇÃO DOS RECURSOS DE PROGRAMAS ESPECÍFICOS Como já destacado.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . destacados a seguir. apenas para efeito de verificação do custo total anual.

Cabe mencionar que no conjunto dos projetos para 2015 há previsão no valor total de R$ 19. o IsF propiciará a capacitação de estudantes de graduação e de pós-graduação das instituições ensino superior públicas e privadas para que eles possam alcançar o nível de proficiência exigido nos exames. bem como propiciar uma mudança abrangente e estruturante no ensino de idiomas estrangeiros nas universidades do País como um todo.PO PROEXT PROEXT .PO PROEXT 251.00 5. O IsF visa também a oferecer aos candidatos a bolsa de estudo do Programa Ciência sem Fronteiras a possibilidade de aperfeiçoamento na língua inglesa de maneira mais rápida e eficiente.307.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . PROEXT PROEXT .PROPLAN apresentados ao MEC e cadastrados na PROCEA.00 (dezenove mil quatrocentos e vinte e dois reais) para despesas com passagens e diárias.074. de modo que esses candidatos tenham melhores condições de participar dos intercâmbios oferecidos Assim. os recursos seriam alocados no Câmpus ou Núcleo correspondente.00 21. Neste caso. mas dependendo da Unidade de vinculação do projeto e da capacidade de execução.233.4 Programa .(Ação 20GK ou 6380) .Capital .(Ação 20GK ou 6380) . A Coordenação geral desta Ação é da PROCEA. eles também são considerados nos limites da UNIR para este tipo de despesa (limite que normalmente é estabelecido pelo Governo Federal após a LOA ser sancionada). o valor do mesmo poderá ser alocado para Execução descentralizada.00 230. Embora esses valores estejam previstos nos recursos da Ação PROEXT.Inglês sem Fronteiras O Programa Inglês sem Fronteiras (IsF) é uma iniciativa do Ministério da Educação que tem como objetivo principal incentivar o aprendizado do idioma inglês.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .422. 49 .Custeio .

131. Está previsto também neste montante o valor de R$ 101. os valores correspondentes às bolsas e auxílios (a partir de processos seletivos com base em edital institucional) a estudantes de uma determinada Unidade poderão ser alocados nessa Unidade.00 5.00 5.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .050.200.PROPLAN Assim esta ação é específica e visa atender as atividades relacionadas as políticas do Programa não estando assim este orçamento disponível ao rateio entre as unidades.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00 16.038. Havendo capacidade de execução.00 31.5 Programa .038. A Coordenação geral desta Ação é da PROCEA com base na política institucional. totalizando assim junto ao PNAES os valores a seguir especificados: Matriz PNAES .Ação 4002 (Assist.PNAES – Matriz PNAES e Programa Incluir São recursos que visam assegurar a permanência de estudantes de graduação.301.205.250.904. Estudante Ens.00 50 . Programa Inglês sem Fronteiras Orçamento de Capital Orçamento de Custeio 47. principalmente por meio da concessão de bolsas e auxílios.093. que visa estabelecer a acessibilidade aos estudantes com necessidades especiais.00 1.00 (cento e trinta em um mil e trinta e oito reais) que atendem o Programa INCLUIR. Orçamento de Capital Orçamento de Custeio 7. Graduação) e Incluir.

PROPLAN 5. Orçamento inicialmente alocado na Ação visa oferecer suporte às atividades da Ação Reestruturação. a formação inicial e continuada de professores. De forma geral a meta é injetar novos recursos nas instituições para consolidar o crescimento dos últimos seis anos e garantir que o número de matrículas dobre até 2024. Programa PDU Orçamento de Capital Orçamento de Custeio 85. Assim. Programa PRONACAMPO 240. já nomeado Plano de Desenvolvimento das Universidades (PDU).MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .000.7 Programa PRONACAMPO O objetivo geral do PRONACAMPO é implantar políticas de educação no campo visando à ampliação do acesso e a qualificação da Educação Básica e Superior.00 51 .00 Orçamento de Custeio 240.00 51.PDU Diante da expansão das Universidades Federais dadas pelo REUNI.195. o Ministério da Educação (MEC) está preparando.00 34. esse valor será considerado em conjunto com os recursos da Ação Reestruturação. em todas as etapas e modalidades de ensino. um NOVO PROGRAMA.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .000.6 Programa Plano de Desenvolvimento das Universidades . sendo específico o orçamento de acordo com as prioridades estabelecidas no Plano.00 5.293.488. por meio de ações para a melhoria da infraestrutura das redes públicas de ensino. em conjunto com as universidades federais. a produção e a disponibilização de material específico aos estudantes do campo e quilombolas.

Ação 20RJ .8 Programa Viver sem Limite – Educação Bilíngue O programa visa garantir o direito à educação por meio da formação inicial de profissionais para a tradução e a interpretação da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) pela organização e a oferta da educação bilíngue LIBRAS/Língua Portuguesa.961.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .Custeio (Plano Estratégico Formação) Complementação SECADI .00 2. são destinados a custear a continuidade das atividades dos projetos já iniciados ou já autorizados pela SEB/MEC e SECADI/MEC.00 Complementação SEB .409. em articulação com DIRED e COMFOR. os valores poderão ser alocados nessa Unidade. havendo capacidade de execução.000. Funcionários e Gestores para Educação Básica 3. com execução assegurada.306. Profissionais. Cabe mencionar que no conjunto dos projetos há previsão de valores consideráveis para despesas com passagens e diárias. destacados a seguir.00 5.9 Apoio à Capacitação e Formação Inicial e Continuada de Professores. A Coordenação geral desta Ação é da DIRED por intermédio do Comitê Gestor Local (COMFOR). Caso o governo federal estabeleça limite para passagens e diárias.PROPLAN 5.000.Custeio (Plano Estratégico de Formação) 1.370.00 75.00 52 .505.075.Apoio à Cap. Programa Viver sem Limite – Educação Bilíngue Orçamento de Capital Orçamento de Custeio 2. assim. Profissionais.000.00 2. Funcionários e Gestores para Educação Básica – Ação 20 RJ Os recursos da Ação 20 RJ. e Formação Inicial e Continuada de Prof.198. Embora esses valores estejam previstos no orçamento da ação.000. esses limites também serão repassados à esta Ação. eles impactam significativamente o limite da UNIR para este tipo de despesa. A totalidade dos projetos são coordenados por Unidades do Câmpus de Porto Velho e.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO ..

000. A proposta para discussão e definição do CONSAD é a seguinte: Valor R$ 1.Pactuado / Custeio 13. Móveis e Livros – R$ 1430013.550.00 R$ 1.00 R$ 730.10 Consolidação das IFES Os recursos alocados nessa ação estão explicitados a seguir: Ação 8282 – Consolidação das Ifes Programa de consolidação das IFES .533. A UNIR de buscar recurso extra orçamentário visando suprir outras as demanda mais urgentes.85 Em relação aos recursos para obras. 53 . considerando o que foi previsto pelo PDI da UNIR.421.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 R$ 3. e os recursos são diminutos.500. as prioridades são muitas.GND 4.000. a) Equipamentos.15 A proposta para divisão desses recursos é a seguinte: Valor R$ 400.85 Alocação Instalações para Acessibilidade (rampas e plataformas) Conclusão do Bloco de Engenharia Elétrica Conclusão do teatro Iniciar construção de espaços para salas de professores Os critérios para escolhas desses investimentos foram: exigências legais e conclusão de obras iniciadas.971.00 Quanto aos recursos de capital propõe-se a seguinte divisão: 15% por cento para equipamentos.PROPLAN 5.00 R$ 300.00 R$ 2.00 9.658. móveis e livros e 85% para construção.15 Alocação Equipamentos de Tecnologia da Informação para atender a atualização da Rede da UNIR Material bibliográfico para Cursos que ainda não possuem acervo mínimo (Biblioteca central) Equipamentos (móveis) a partir de critérios a ser definido por que considere as exigências dos Processos de Reconhecimento de Cursos b) Obras – R$ 8103407.00 4. 5 / Capital REUNI Custeio GND 3 .103407.013. bem como para os demais investimentos previstos no PDI.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .000.000.500.125.000.000.

387. o que não permitiu tempo hábil para elaboração projeto e licitação. Quanto aos recursos de custeio desta Ação propõe-se a seguinte divisão: 25% para rateio entre os Câmpus para manutenção da infraestrutura (reparos predial. rede.50 R$ 1. Os recursos previstos para essas obras foram destinados para licitação da construção do prédio de laboratórios do Curso de Engenharia de Produção. Ou seja.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .031. licitação para ampliação do prédio dos departamentos. etc. obras também consideradas prioritárias pelo PDI. Aquela obra foi iniciada (primeira etapa pela Fundação Rio Madeira) sem projetos específicos (sonorização.775.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . Considerando que a instituição não possui profissionais dessas áreas. 25% para atender emergências de manutenção (PRAD) e 50% para continuidade das ações de acessibilidade.00 Unidades CÂMPUS PROPLAN PROPLAN Destinação Manutenção infraestrutura Manutenção infraestrutura . Valor R$ 1. licitação da construção da biblioteca e espaço administrativo dos Câmpus de Guajará-Mirim e Presidente Médici. Infelizmente não houve tempo suficiente para elaboração de projeto e nova licitação em função da conclusão da etapa anterior. etc). Suspeita-se que o motivo principal da não apresentação de propostas pelas empresas é também a falta desses profissionais em seus quadros.062. No momento há nova licitação em andamento. licitação do início da construção de espaços de convivência.emergências Continuidade ações Acessibilidade 54 . Em relação ao Teatro Universitário. No entanto. iluminação. climatização.387.031. cuja licitação estava prevista para 2014. não foi concluída a tempo a etapa anterior. a contratação da última etapa não foi efetivada por problemas técnicos.50 R$ 2.PROPLAN Aqui cabe uma explicação em relação ao Prédio do Curso de Engenharia Elétrica. já foram publicados 02 editais as licitações foram desertas. desde final de 2013 a instituição busca contratar a elaboração dos projetos para realizar o certame em bases reais.).

A alocação desses recursos por Unidade será realizada de acordo com o processo de seleção com base nas normas de cada Programa.00 5. O recurso de capital será alocado para aumento do espaço físico para atender nova turma a partir de 2017. 5.00 Orçamento de Capital 2.150.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .11 Programa “Hospitais Universitários” Orçamento este para atender exclusivamente despesas referentes à implantação do Hospital Universitário no Campus de Porto Velho.EBSERH Orçamento de Capital 3.00 (novecentos e sessenta mil reais) conforme planejamento da Propesq e Prograd.000.000. 55 . ou partes dele.00 5.313.150.12 Programa “Mais Médicos” O Orçamento previsto nesta Ação é destinado especificamente para ampliação da infraestrutura visando a ampliação de vagas do Curso de Medicina em 2017.PROPLAN 5.000.313. após a definição das prioridades. AÇÃO 156Z – REHUF .000. Programa Mais Médicos 2. poderão ser alocados nas Unidades. esses recursos.14 Programa Capacitação de Servidores (PRAD-DGP) Seguindo a mesma lógica dos itens anteriores.13 PIBIC e Monitoria Os recursos para pagamentos de bolsas desses programas são parte integrantes dos recursos da Matriz SESU/ANDIFES destinadas ao rateio.00 3.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . Valor Total a ser reservado para estas despesas será o de R$ 960.00 Orçamento de Custeio 50.692.642.

propões destacar 15 % para a Administração Superior.1 Composição dos Recursos da Matriz na UNIR Do total desses recursos.. Avaliação Interna. gestão de programas. programas específicos. Outras Comissões. monitoria. Portanto. Dirca. funcionamento dos Conselhos Superiores. etc. Biblioteca. etc). existem atividades que envolvem todas as Unidades. No quadro 4 é apresentada a composição dos recursos da Matriz no Orçamento da UNIR. PIBIC. tanto para investir e custear as atividades rotineiras e gestão de programas e atividades envolvendo todas as Unidades (DIRCA. quanto atenuar eventuais distorções pela aplicação da matriz.00 para equipar laboratórios e grupos de pesquisa.000. Propõe-se também destacar R$ 400.PROPLAN 6 RATEIO DOS RECURSOS DA MATRIZ SESu/ANDIFES PARA ANO DE 2014 Definidos os critérios gerais para rateio. Propomos destacar 15% do valor da Matriz para atender essas atividades.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . Fiscalização de Obras. Biblioteca Central. também devem ser excluídos do rateio. Os recursos destinados a Bolsas PIBIC e Monitoria (R$ 960.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00) serão alocados nas Unidades com base na seleção efetuada. Por fim. 6. Comissões Permanentes.000. 56 . antes de efetivar o rateio é necessário alguns destaques. responsabilidade da Administração Superior.

00 2.244.00 1.000.00 386.90 TOTAL 23. 6. especialmente nos extremos de número de alunos equivalentes.578.129. excluindo as despesas obrigatórias.726.40 960.2 Rateio dos Recursos da Matriz e Parte de Recursos da Reestruturação A aplicação da Matriz considerando os dois modelos (ver simulação no Apêndice C).298.174.PROPLAN Quadro 4 – Composição do Orçamento da Matriz na UNIR.807. Matriz Andifes 15 % Administração PIBIC e Monitoria Equipamentos Pesquisa Saldo para Rateio Custeio 21. equipamentos e livros. ficaria com um saldo de recursos (para outros custeios) desproporcional ao seu “tamanho”.143.070. ficaria com menos recursos que Câmpus com 10% de alunos equivalentes.22) destinado a custear as atividades da Administração Superior será alocado para o Câmpus de Porto Velho. considerando que a maioria das Unidades da Administração funcionam no Câmpus e não é possível separar as despesas de manutenção. No primeiro caso.945.791. Considerando que os dados são de 2013 e naquele momento as contratações de docentes do último edital 57 .935.00 400. São Unidades com baixo percentual de alunos equivalentes.00 Capital 2.194.00 3.50 17.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . No segundo caso.000.359.00 18. Com aproximadamente 45% do total de alunos equivalente.000.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .876.50 * 20% desse valor de custeio (R$ 638. apresentam distorções em função de diferenças significativas de realidades dos Câmpus.50 400. mas com despesas fixas próximas de Câmpus com percentual de aluno equivalente bem superior. considerando e não considerando a Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica (EQR). se agrava a situação já esperada dos Câmpus de Ariquemes e de Presidente Médici.000.447. Os recursos para investimentos rateados são destinados à aquisição de móveis. O fator EQR é influenciado pela relação aluno/docente.10* 960.817.710. o Câmpus de Porto Velho.

74 R$ 167. O quadro 6 apresenta o resultado da aplicação da Matriz de rateio “sem o Fator EQR”.80 R$ 167.526.372.718.312.65 R$ 675. propomos abater um percentual de 4 % dos recursos de custeio de cada Unidade (incluindo a Administração Superior).791. adotar a ideia da Matriz para rateio.447. Assim.359.660. propõe relativizar a influência desse fator. Mesmo adotando esse critério.855.149. Entende-se que a UNIR deve.60 R$ 63.278.751. EQR - Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica do Câmpus Relativa ao Conjunto dos Câmpus O quadro 05 apresenta o resultado da aplicação da Matriz de rateio “com o Fator EQR”.40 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.03 R$ 1.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .033.649.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .399. A realidade para 2015 será outra. mas apenas de forma parcial o exercício de 2015.037.52 R$ 1.083.69 R$ 852.632.Resultado da Aplicação da Matriz de Rateio / COM EQR. resta solucionar a questão da insuficiência de recursos para custeio dos Câmpus de Ariquemes e Presidente Médici.807. Foi aplicada a Matriz de Rateio considerando o fator de qualidade EQR e sem considerar esse fator.710. após aplicação do critério mencionado.891.031.934.654.55 R$ 1.81 R$ 1. propõe-se: adotar o resultado do rateio sem EQR com peso 4 (quatro) e com EQR com peso 1 (um).768.766.143.821.01 R$ 144.54 R$ 1.491. Por isso.99 R$ 1.22 R$ 734.PROPLAN não tinham sido efetivadas.870.50 R$ 18.286.65 R$ 260. Unidade Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL Custeio Capital Total R$ 7.17 R$ 17.25 R$ 80. para cobrir déficit dos Câmpus de Ariquemes e Presidente Médici.330.031.448.381.51 R$ 172.600.90 R$ 1. no geral. Para tanto.316. Quadro 5 .79 R$ 1.95 R$ 7. 58 .818.606.98 R$ 2.773.33 R$ 2.380.340.44 R$ 771.55 R$ 1.05 R$ 611.

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .61 R$ 706.05 O quadro 8 apresenta a comparação entre recursos de custeio do rateio e previsão de despesas de custeio por Câmpus “sem o Fator EQR”.599. 59 .09 R$ 1.26 R$ 1.142.90 R$ 1.695.76 R$ 1.691.313.67 R$ 41.451.81 R$ 1.544.44 R$ 771.345.43 R$ 436.908.40 R$ 160.05 R$ 611.615.30) R$ 553.589.963.63 R$ 1.649.955.76 R$ 395.105.495.66 R$ 804.448.934.451.616.760. Quadro 7 .08 R$ 132.380.069.58 R$ 1.40 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.34 R$ 1.535. Despesas R$ 7.585.022.600.64 R$ 2.486.35 R$ 17.PROPLAN Quadro 6 .267.791.903.33 R$ 2. Câmpus Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena Rateio / Custeio R$ 7.27 R$ 2.349.295.42 R$ 8.72 R$ 1.466.28) R$ 225.654.72 R$ 261.71) R$ 728.381.97 R$ 776.961.000.037.52 R$ 1.59 R$ 1.870.Resultado da Aplicação da Matriz de Rateio / SEM EQR.78 (R$ 32.19 R$ 1.54 R$ 1.866.088.205.271.375.23 R$ 920.606.784.61 R$ 160.428.22 R$ 17.531.312.447.807.660.506.99 R$ 1.679.447.935.318.762.67 R$ 47.08 (R$ 165.84 R$ 828.756.92 R$ 140. Unidade Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL Custeio Capital Total R$ 8.170.58 R$ 498.143.90 Total Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.791.459.24 R$ 1.031.582.447.50 R$ 18.58 15.200.400.571.083.359.500.23 R$ 536.85 Saldo (R$ 551.91 R$ 451.482. O quadro 7 apresenta a comparação entre recursos de custeio do rateio e previsão de despesas de custeio por Câmpus “com o Fator EQR”.66 R$ 1.55 R$ 2.702.Comparação entre recursos de custeio do rateio e previsão de despesas de custeio por Câmpus – COM EQR .93 R$ 847.700.448.143.975.194.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .115.491.

60 .589.466.903.000.143.200.91 R$ 451.58 15.93 R$ 17.088. para equalização dos valores dos mesmos.833.76 1.702.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .43 R$ 425.506.054.142.375.115.535.267.26 R$ 1.582.707.90) R$ 155.599.235.791.87 R$ 466.784. Despesas 7.828.531.25 (R$ 352.19 R$ 1.76 R$ 395.63 R$ 1.434.428.79 (R$ 381.97 776.069.760.908.544.84 828.58) R$ 439.35 R$ 2.05 Assim conforme já exposto anteriormente.85 Saldo R$ 532.72 1.09 1.PROPLAN Quadro 8 .194.679. a tabela 10 abaixo apresenta o rateio para cada Campus.112.66 R$ 1.778.83 R$ 716.Comparação entre recursos de custeio do rateio e previsão de despesas de custeio por Câmpus – SEM EQR. Câmpus Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena Rateio / Custeio R$ 8.756.55 R$ 2.447. utilizando estes critérios onde propõe-se adotar o resultado do rateio sem EQR com peso 4 (quatro) e com EQR com peso 1 (um).345. aplicando ainda aos Campus de Ariquemes e Presidente Médici os valores de 4% retirados de cada Campus e da Administração Superior.90 Total Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .23 920.866.500.451.66 804.

956.544.945.955.43 R$ 1.273.66 R$ 614.123.538.487.909.85 R$ R$ 2.96 R$ 17.490.451.176.705.922.350.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .221.50 R$ 19.498.74 referente aos 2% subtraídos de cada campus.861.088.42 R$ 1.23 R$ 638.57 R$ 828.02 *Foi 6.628. R$ 813. considerando que a maioria das Unidades da Administração funcionam no Câmpus e não é 6possível separar as despesas de manutenção.39 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.57 R$ 825.Rateio Final com Recursos de Custeio e Capital .953.666.143.900.898.504.72 R$ 418.290.040. Por fim.447.660.460.398.813.381.297.042.07 R$ 1.820.10 R$ 17. Câmpus Rateio /Custeio (S/ EQR*4+c/ EQR*1) / 5 4% Rateio /Custeio (S/ EQR*4+c/ EQR*1) / 5 Rateio Corrigido Previsão Despesas Obrigatória Saldo Administração R$ 127.869.90 R$ 2.070.549.936.255.599.53 R$ 9.584.20 R$ 1.473.789.491.57 1.042.656.12 2.221.378.910.52 R$ 873.589.04 Superior R$ 7.679.890. Unidade Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL Custeio Capital Total R$ 8.831.8 Câmpus R$ 56.029.504.904.47 R$ 134.701.99 9 1.908.317. o quadro 9 apresenta os valores finais do rateio de Custeio e de Capital para cada os Campi.000.984.38 R$ 2.5 Câmpus de R$ 51.45 Câmpus de Porto R$ 315.123.96 R$ 1.44 R$ 901.398.148.0 de Porto Velho.04 Fonte: Elaborado pela DPDI com90 base no PLOA 2015.860. Quadro 9 .375. Assim sendo.59 1 R$ 2.526. neste caso 2R$ 638.Rateio dos Custeio da Matriz SESu/Andifes para 2015.350.497.711.079.97 R$ 429.840.20 R$ 2. ** Foi acrescido respectivamente aos Câmpus de Ariquemes e Presidente Médici os valores de R$ 203.625.89 R$ 15.767.910.89 R$ 1.96 ** R$ 804.288.000.582.PROPLAN Tabela 9 .0 2 Guajará-Mirim Câmpus de R$ 438.66 1.51 R$ 1.911.58 R$ 410.84 R$ 97.6 Câmpus de Rolim R$ 99.359.767.33 R$ 1.094.934.116.872.40 0 Paraná R$ 1.23 R$ 1.02 R$ 1.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .39 Vilhena R$ 17.23 R$ 901.675.812.628.814.00 R$ 827.953.91 R$ 17.649.31 4 Ariquemes R$ 1.22 R$ 955.545.280.550.40 R$ 1.466.239.69 7.44 R$ 146.934.70 R$ 261.66 R$ 920.069. 211. visando a manutenção e reformas dos Câmpus ficou destinado parte do orçamento previsto na Ação 8282 – Reestruturação.487.22 destinado a custear as atividades da Administração Superior que terá suas despesas alocadas no Câmpus6.27 R$ 1.625.31 Total 7.239. conforme mencionado 61 .449.373.04 Câmpus de R$ 515.7 R$ 61.45 R$ 1.17 Presidente Médici 572.73 R$ 7.483.324.92 R$ 20.86 R$ 45.50 4 * Velho de R$ 1.1 Câmpus de JiR$ 61.40 ** R$ 776.646.85 R$ 161.68 R$ 1.99 R$ 53.047.869.2 R$ 8.76 R$ 107.612.89 R$ 1.483.66 R$ 827.613.460.760.705.42 R$ 1.784.09 R$ 50.675.406.760.418.629.978.735.142.48 Câmpus de Cacoal 622.15 R$ 1.67 R$ 161.059.0 acrescido ao Campus de Porto Velho o valor de 20% do valor destinado à Administração Superior.513.644.791.47 2 de Moura 1.637.

para as Unidades. As exceções aqui são as atividades e 62 . Portanto.378. tanto para as Unidades quanto para os projetos e programas de Ações específicas.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .610.228.031.11 R$ 92.PROPLAN anteriormente. conforme quadro 10. recursos para passagens e diárias serão sempre insuficientes. Historicamente.387.20 R$ 84.Rateio Final com Recursos de Custeio Ação 8282 Reestruturação Unidade Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL Custeio Ação 8282 R$ 475. em vários anos o governo federal estabelece limite de gasto com passagens e diárias por instituição. qualquer decisão sobre o volume de recursos destinados a essas despesas será provisória. Para agravar. utilizando-se do modelo de rateio indicado para 2015. com aplicação interna também de limites.186.027. Ocorrendo o estabelecimento de limite para 2015 a revisão será obrigatória.339. Por outro lado.50 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015. é este o teto proposto para as Unidades: 5% dos recursos da matriz rateados. nas universidades.90 R$ 31.87 R$ 1. a Instituição não ultrapassa 5% do valor da matriz com essas despesas. Assim. 6.84 R$ 26. Ainda não há definição para 2015.11 R$ 150. mas expectativa é que venha a ocorrer.969.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .81 R$ 77.3 Definição dos Tetos para Passagens e Diárias Como é sabido.67 R$ 93. os recursos para passagens e diárias pertencem à matriz Sesu/Andifes.646. Quadro 10 . considerando a já anunciada contenção de gastos para os próximos anos como principal estratégia para controle da infração.

como por exemplo: seminário PIBIC.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PROPLAN programas/ações específicas (demandas que devem obrigatoriamente ser atendidas). 63 . fiscalização de obras e projetos com recursos específicos. Conselhos Superiores.

PROPLAN 7 OPERACIONALIZAÇÃO DA ELABORAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO 2015 Definidos os critérios de rateio pelo CONSAD propomos que as Unidades apresentem seus Planos até o final de dezembro de acordo com os modelos de formulários que constam neste documento. encargos sociais e benefícios.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . A consolidação será realizada até 15 de janeiro de 2015. No Formulário 2 deverão ser registradas não contempladas no Formulário 1. exceto passagens e diárias que devem constar no Formulário 3. ficando desde já consignado que a execução dos recursos depende da apresentação do respectivo plano. eventualmente. excetuando-se pagamento de pessoal. inclusive aquelas não realizadas em 2014 mas previstas para 2015. TODAS as despesas fixas e/ou obrigatórias do Câmpus (Contratos Continuados e outras).PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . reduzir o valor (em relação ao atual) para uma determinada despesa e aumentar em outra. 64 . O Formulário 4 deve ser adotado pelas Unidades que possuem recursos de Programas ou Ações específicas. O Câmpus poderá. Despesas fixas e/ou obrigatórias são todas as despesas previstas. No Formulário 1 deverão ser lançadas . como por exemplo os recursos previstos para contratação de professor substituto.

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . ERC.P.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS . (IMP.36 (S.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.JORNAL .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC. DE MÁQ.PROPLAN Formulário 1 DESPESAS OBRIGATÓRIAS E CONTRATOS CONTINUADOS DESPESAS OBRIGATÓRIAS E COM CONTRATOS CONTINUADOS CAMPUS DE ORIGEM: DESPESA MENSAL DESPESA ANUAL 33.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO Outras 33.T.39 (S.EBC CORREIOS SERV.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS PROFESSOR SUBSTITUTO ESTAGIÁRIOS Outras 33. IMPRENSA NACIONAL.T.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.90. POSTAIS (Malotes.) MANUT.90.P. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES Outras TOTAL 65 . SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.90.90..) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS Outras 33.

etc.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . Mobiliários e Equipamentos) METAS VALOR TOTAL: VALOR R$ AÇÕES PREVISTAS AÇÕES COM ORÇAMENTO DE CUSTEIO RATEADO NA EXTENSÃO PERÍODO VALOR TOTAL: AÇÕES PREVISTAS AÇÕES COM ORÇAMENTO DE CUSTEIO RATEADO NA PESQUISA METAS VALOR TOTAL: VALOR R$ AÇÕES PREVISTAS AÇÕES COM ORÇAMENTO DE CUSTEIO RATEADO .GRADUAÇÃO ORDEM TIPO DE DESPESA VALOR R$ ORDEM TIPO DE DESPESA ORDEM TIPO DE DESPESA ORDEM TIPO DE DESPESA PERÍODO METAS PERÍODO METAS PERÍODO METAS PERÍODO METAS PERÍODO VALOR TOTAL: VALOR R$ AÇÕES PREVISTAS AÇÕES COM ORÇAMENTO DE CAPITAL RATEADO (Despesas com Livros.) ALOR TOTAL: ORDEM TIPO DE DESPESA VALOR R$ AÇÕES PREVISTAS 66 .Reestruturação (Manutenção imóvel.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . prediais.PROPLAN Formulário 2 DESPESAS DE CUSTEIO E DE CAPITAL AÇÕES COM ORÇAMENTO DE CUSTEIO RATEADO NA GRADUAÇÃO ORDEM TIPO DE DESPESA VALOR R$ VALOR TOTAL: AÇÕES PREVISTAS AÇÕES COM ORÇAMENTO DE CUSTEIO RATEADO NA PÓS. reparos.

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PROPLAN Formulário 3 DESPESAS COM DIÁRIAS E PASSAGENS DESPESAS COM DIÁRIAS E PASSAGENS ORDEM AÇÕES PREVISTAS VALOR TOTAL: METAS QUANTIDADE PERÍODO OBS 67 .

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PROPLAN Formulário 4 AÇÕES ESPECÍFICAS PRESENTES NO ORÇAMENTO DE RESPONSABILIDADE DA UNIDADE (PODE SER ADAPTADO PARA ATENDER AS NECESSIDADES DA AÇÃO OU PROGRAMA) ATIVIDADES COM ORÇAMENTO DE AÇÕES OU PROGRAMS ESPECÍFICOS ORDEM TIPO DE DESPESA VALOR R$ AÇÕES PREVISTAS VALOR TOTAL: METAS PERÍODO 68 .

PROPLAN DADOS E INDICADORES DA MATRIZ 69 .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .

MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00% 3 0.1 .CACOAL 0.CACOAL Ingres. Sem_01 72 206 193 79 108 212 84 Matric.09 EQR .64 205. sem cpc TAEG ADMINISTRAÇÃO (VESPERTINO) .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .92 26.96% DQG .94% 3 0.5 93.CACOAL 0.RO) 1.98 PTAE . 0 24 28 1 1 22 0 DEQ .96 975.CACOAL 975.1.19 24.CACOAL V DIREITO .CACOAL 1. Sem_02 106 179 164 106 146 193 103 Matric.08% 100.10 50 50 50 50 50 50 50 38 46 45 40 44 48 33 Conc.1 .CAMPUS DE CACOAL (Cacoal .70 21.5 % TAE CPC 262.00 T-20 0.84 8. Média 89 192.11 PART – CACOAL 0.10% 3 0.88 DE RAP .60 DEAE .Graduação Curso 16008 16008 16000 16000 16012 16012 1106843 Nome Turno Ofertas Matric.04 27.96 235.5 178.CACOAL V ADMINISTRAÇÃO .88% 2 0.CACOAL 12.96 272.CACOAL N ENGENHARIA DE PRODUÇÃO AGROINDUSTRIAL I TAEG .81 1.5 92.5 127 202.09 T-40 1.PROPLAN 1.58 FCG SUBST 10.CACOAL 64.CACOAL 0.CACOAL N CIÊNCIAS CONTÁBEIS (VESPERTINO) CACOAL V DIREITO (VESPERTINO) .00 70 .84 TAE .CACOAL N CIÊNCIAS CONTABEIS .

96 71 .00 SUBST 4.GUAJARÁ-MIRIM RAP .97% 841.MIRIM (Guajará-Mirim .50 41.10 3.90 sem cpc FCG 0.00 0.RO) 1.93 8.05% 3 16007 PEDAGOGIA .1 .G_MIRIM V 50 49 167 148 157.CAMPUS DE GUAJARÁ .5 0 346.GUAJARÁ-MIRIM TAE . Sem_02 173 Matric.PROPLAN 1.00 Curso Nome Turno Ofertas Ingres.G_MIRIM N 50 48 Matric. Sem_01 211 122760 GESTÃO AMBIENTAL M 50 48 164 151 157.17 0.GUAJARÁ-MIRIM EQR .00% 855.Graduação 16020 ADMINISTRAÇÃO . 2 .GUAJARÁ-MIRIM PART . TAEG % TAE CPC 3 73.G_MIRIM 49 239 232 235.GUAJARÁ-MIRIM DEQ .GUAJARÁ-MIRIM DEAE .96 0 0. V 50 TAEG .22 100.96 12.33 24.GUAJARÁ-MIRIM Matric.GUAJARÁ-MIRIM PTAE . Média 192 Conc.GUAJARÁ-MIRIM DQG .19% 3 16003 LETRAS .10 DE 62.5 44 218.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .22 7.2.79% 3 0.98% 3 0 0.5 39 202.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 T-20 0.08 0.96 T-40 0.46 25.96 0.78 1.

94 14 2% TAEM .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . TAEM % TAE C/cape s FQM I x 3 18 10 14 9 14 2% 3 0.GUAJARÁ-MIRIM 0.94 72 . Matric. Média Conc.Pós-Graduação Curso 10001018008 P0 Nome CIÊNCIAS DA LINGUAGEM Turno Ofertas Ingres. Sem_02 Matric.2.2 .PROPLAN 1. Sem_01 Matric.GUAJARÁ-MIRIM DQM .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .

16 0.10 10.11 0.Graduação Curso 116738 100719 116746 16011 1114212 16010 16002 Nome EDUCAÇÃO BÁSICA INTERCULTURAL ENGENHARIA AMBIENTAL .10 267.48% 17.34% 100.86 973.29% 11.25 12.34% 9.1 .RO) 1.87 1.41 168.93% 3 4 3 3 3 4 4 DE 91. 0 47 49 0 45 46 1 Matric.09 0.CAMPUS DE JI-PARANÁ (Ji-Paraná . Média 111 176 102 92 49 129 199. Sem_02 108 160 91 88 40 149 207 Matric.00 973.00 73 .JIPA Turno Ofertas I 0 I 50 M 50 N 50 I 40 N 50 V 50 TAEG .JIPA PEDAGOGIA .25 1.JIPA FÍSICA .JI-PARANÁ Ingres.68 90.00 FCG 0.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .93% 11.00% 8.3 .80 100.JI-PARANÁ EQR .3.96 0.JI-PARANÁ PTAE .30 116.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .97 0. Sem_01 114 192 113 96 58 109 192 Matric.JIPA BACHARELADO MATEMÁTICA .96 1.28 0.28 SUBST 4.08% 10.JIPA ESTATISTICA .80 T-40 0. TAEG % TAE CPC 0 8 0 13 2 2 24 122.96 1.JI-PARANÁ DEQ .5 Conc.10 107.28 1.JI-PARANÁ RAP .09 sem cpc 0 cc 0 0 T-20 0.JI-PARANÁ TAE .PROPLAN 1.96 0.JIPA FÍSICA .55% 27.JI-PARANÁ DQG .JI-PARANÁ DEAE .JI-PARANÁ PART .

96 0.30 29.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .57 PTAE .15 ENGENHARIA AGRONÔMICA .4.5 31 TAEG % TAE CPC sem cpc FCG 461.00 T-40 0.ROLIM DE MOURA 2.RO) 1. Sem_0 Sem_0 Conc. Matric.96 0.00 T-20 0.05% 9.64 1573.28 0.00 DEAE . Médi 1 2 a 43 164 205 184.ROLIM DE MOURA 85.ROLIM DE MOURA 0.96 0.18 156.R_MOURA N 40 TAEG . Ingre c.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .1 .45 378.CAMPUS DE ROLIM DE MOURA (Rolim de Moura .96% 100.PROPLAN 1.54 DEQ .14 PART .88 1.ROLIM DE MOURA 1.5 0 37 173 160 166. s.ROLIM DE MOURA 0.4 .64 428.96 DQG .00% 14.15 EQR .30 1589.00 SUBST 3.45% 27.02 DE RAP .R_MOURA I 50 ENGENHARIA FLORESTAL I 50 HISTÓRIA N 50 MEDICINA VETERINÁRIA I 50 PEDAGOGIA .Graduação Curso 58075 116734 122758 150273 43743 Nome Turn o Ofert as Matri Matric.33% 24.5 39 53 152 192 172 0 43 99 136 117.59% 4 3 3 3 3 cc 0 0 1.ROLIM DE MOURA 74 .5 0 44 67 106 86.ROLIM DE MOURA 0.40 148.ROLIM DE MOURA TAE .22% 9.ROLIM DE MOURA 17.

ROLIM DE MOURA Matric.PROPLAN 1. Média Conc. TAEM % TAE C/capes 0 16 16 0 16 16 1% 1% 3 sem cpc FQM 0.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . Sem_02 Matric. Sem_01 Matric.Pós-Graduação Curso 10001018017M9 Nome CIÊNCIAS AMBIENTAIS Turno Ofertas Ingres.4.94 75 . I x 16 TAEM .94 0.2 .ROLIM DE MOURA DQM .

43 20.60 T-40 0.28 805.96 0. Médi 1 2 a 44 113 151 132 0 46 172 196 184 18 0 9 9 9 4 0 81 57 69 8 34 58 47 52.40% DE 81.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . Ingre c.84 1.VILHENA PTAE .VILHENA N PEDAGOGIA (MATUTINO) .09 9.VILHENA N LETRAS (MATUTINO) .75 1.VILHENA EQR .Graduação Curso 122752 16016 58084 58084 16004 16004 44076 44076 Nome Turn o ADMINISTRAÇÃO N CIÊNCIAS CONTABEIS .64 20.36% 4 1.00 SUBST 1.5 5 40 118 147 132.92 0.VILHENA N JORNALISMO (MATUTINO).00 76 .00% 7.VILHENA M JORNALISMO (NOTURNO) .75 805.28 163. Matric.08 100.VILHENA N TAEG .5.31% 3 0.56% 4 1.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .RO) 1.VILHENA M PEDAGOGIA (NOTURNO) .1 .88 35.96 284.CAMPUS DE VILHENA (Vilhena .83 6.00 sem cpc FCG 0 0.VILHENA DQG .PROPLAN 1. s.VILHENA PART .VILHENA Ofert as 50 50 0 0 50 50 50 0 Matri Matric.98 137.72% 17.VILHENA TAE .VILHENA DEAE .96 T-20 0.5 .5 11 45 115 137 126 15 0 89 45 67 38 TAEG % TAE CPC 166.VILHENA M LETRAS (NOTURNO) .06% 3 3 52.75 0.07 0.11 0. Sem_0 Sem_0 Conc.VILHENA RAP .VILHENA DEQ .

ARIQUEMES EQR .00 DE 35. Sem_02 Matric.84 0.ARIQUEMES 251.79% 3 0 0.ARIQUEMES DQG .21% 3 0 0.31% T-40 0.02 0.1 .6.70 77 .ARIQUEMES PART . Matric. Sem_01 Matric.40 36.ARIQUEMES RAP .16 100.00 SUBST 1.00% TAE . Média Conc.ARIQUEMES 251.RO) 1.ARIQUEMES DEAE .96 6.ARIQUEMES PTAE .ARIQUEMES DEQ .00 T-20 0.55 0.Graduação Curso Nome Turno Ofertas Ingres.PROPLAN 1.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .6 .96 116782 PEDAGOGIA N 45 37 113 138 125.09 0.96 TAEG .16 0.59 1.76 63.04 2.5 16 158.Campus de Ariquemes (Ariquemes .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO . TAEG % TAE CPC sem cpc FCG 116776 ENGENHARIA DE ALIMENTOS I 0 0 43 41 42 0 92.

10 2.Graduação Curso Nome Turno Ofertas Ingres. Sem_01 Matric.PRESIDENTE MÉDICE 0.00 1.RO) 1.10 100. Média Conc.00% TAE .PRESIDENTE MÉDICE 2.PRESIDENTE MÉDICE 13.PRESIDENTE MÉDICE 0.00 0.00 DEAE .PRESIDENTE MÉDICE 1. TAEG % TAE CPC sem cpc FCG 116748 ENGENHARIA DE PESCA E AQUICULTURA I 50 44 110 151 130.7.15 PTAE .5 0 287.05 78 . Matric.PRESIDENTE MÉDICE 0.Campus de Presidente Médice (Presidente Médice .PRESIDENTE MÉDICE 287.64% DQG .70 1.7 .PRESIDENTE MÉDICE 0.00% 3 0 0.1 .96 TAEG .PRESIDENTE MÉDICE 287.96 DE T-40 T-20 SUBST RAP .19 DEQ .87 18.PROPLAN 1.03 EQR . Sem_02 Matric.10 100.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .12 PART .

78 3.1 .96 0.Graduação Curso Nome Turno Ofertas Ingres.RO) 1.57 165.95 113.05 76.96 0. TAEG % TAE CPC sem cpc FCG NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS 15988 15989 116718 15987 ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS CONTABEIS BIBLIOTECONOMIA CIÊNCIAS ECONÔMICAS N N N N 50 40 50 50 47 38 49 46 182 162 113 166 153 156 141 139 167.96 NÚCLEO DE TECNOLOGIA 116727 ENGENHARIA CIVIL 100292 ENGENHARIA ELÉTRICA 318882 INFORMÁTICA NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA 318363 CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 100289 FÍSICA 15994 GEOGRAFIA 16009 MATEMÁTICA 58082 QUIMICA NÚCLEO DE CIÊNCIAS HUMANAS 116712 ARQUEOLOGIA 123567 ARTES VISUAIS 85458 CIÊNCIAS SOCIAIS 416732 FILOSOFIA 0 cc 0.28 1.77% 3 I I M 0 45 45 2 40 41 146 123 156 142 146 123 144 134. Sem_01 Matric.96 1.64 1.58% 3 3 3 I M V M M 45 40 50 45 50 42 35 37 43 37 164 83 157 131 107 144 69 134 118 123 154 76 145.89% 5.8.96 0.39 5.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .50 15.PORTO VELHO (Porto Velho .64 0 0.00 152.60% 2.5 113 99 0 0 3 9 61.96 0.5 9 33 14 6 90.8 .07 175.75 129.5 159 127 152.5 0 18 3 288.28 0 0 0.96 0.08% 3.5 115 15 2 8 7 13 189. Média Conc.57% 3 3 3 2 15995 DIREITO N 100 192 477 465 471 50 526.PROPLAN 1.39% 4 4 3 3 4 M M N N 0 20 45 50 0 7 41 45 61 7 124 83 62 14 102 115 61.91 1.5 124.31% 2.84% 3.13 10.96 0.00 64. Matric. Sem_02 Matric.26% 0.87% 3.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 77.96 0.33% 3 3 2 4 0.00 269.51% 1.96 1.5 10.77 146.96 0.32% 2.5 139.20 101.11% 1.99% 1.28 0.66% 2.28 cc 79 .CAMPUS ENGENHEIRO JOSÉ RIBEIRO FILHO .85 1.

00% TAE .PORTO VELHO 0.41 V V V V M M M 50 25 25 50 20 45 20 M 45 I 30 I 40 I 30 TAEG .02 9.82% 1.5 10.PORTO VELHO 5157.16 PART .PORTO VELHO 0.04% 2.5 16 5 15 19 0 44 0 102.06% 3 4 3 3 4886.28 0.96 1.64 0.75 2.47 DE 501.PORTO VELHO T-40 22.32% 2 3 3 4 3 5 3 43 31 36 26 181 83 229 141 137 85 207 140 159 84 218 140.50 EQR .5 63 133 22 160.25 100.37 49.03% 1.74 33.40 40.82% DQG .68% 3.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .30 73.51% 2.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PORTO VELHO 1.27% 0.82 0.90% 0.96 1.19% 27.96 0.PROPLAN 15992 HISTÓRIA 20940 LETRAS/ESPANHOL 20941 LETRAS/INGLÊS 15993 LETRAS/PORTUGUÊS 123553 MÚSICA 15991 PEDAGOGIA 123584 TEATRO NÚCLEO DE SAÚDE 15990 EDUCAÇÃO FISICA 15998 ENFERMAGEM 51699 MEDICINA 15999 PSICOLOGIA 48 23 22 45 10 41 4 139 52 61 139 18 172 8 110 65 65 127 26 149 13 124.PORTO VELHO PTAE .96 T-20 20.96 0 0 0 0 0.91 58.90 110.PORTO VELHO RAP .10% 0.00 190.PORTO VELHO DEAE .00 80 .37 100.26 0.79 2.13 1321.30 SUBST 13.00 0.96 0.60 0.28 0.96 1.5 58.50 4.60 15.5 19 0 49 16 196.PORTO VELHO DEQ .

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 4.00 TAE .5 10 I x 30 28 31 29.28% 3 4 0.07% 3 3 0.26 I x 24 37 51 44 18 I x 22 48 21 34.67 DEQ . Média 32.13 CCM .PORTO VELHO 2.00 301.26 0.00 3.MÉDIO 3.94 1.98% 3 0.CAPES FQM 10001018006P7 ADMINISTRAÇÃO 10001018002P1 BIOLOGIA EXPERIMENTAL DESENVOLVIMENTO REGIONAL E MEIO 10001018004P4 AMBIENTE 10001018005P0 GEOGRAFIA I I x x 20 22 9 20 18.01 TAEG TOTAL TAEM TOTAL 10594. TAEM % TAE C.94 I x 11 12 15 13.76% 4 3 1.MÉDIO 11. Sem_01 Sem_02 37 28 18 28 Matric.52% 13.00 11.64% 29.18 RAP .50 4.00 80.2 .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .69% 14.94 0. Matric.Pós-Graduação Curso Nome Matric.TOTAL 17.5 2 13.5 15 TAEM .43% 31.94 10001018009P6 MESTRADO ACADÊMICO EM PSICOLOGIA 3 0.8.50 30.96 81 .MÉDIO 3. Conc.5 23 Turno Ofertas Ingres.00 DQM .94 10001018011P0 MESTRADO ACADÊMICO EM EDUCAÇÃO MESTRADO ACADÊMICO EM ESTUDOS 10001018012P7 LITERÁRIOS MESTRADO ACADÊMICO EM HISTÓRIA E 10001018015P6 ESTUDOS CULTURAIS 10001018010P4 MESTRADO ACADÊMICO EM LETRAS I x 20 38 42 40 9 3 0.5 5 10.00 6.94 I x 13 11 13 12 0 I x 16 30 33 31.00 40.PROPLAN 1.62% 11.49% 1.PORTO VELHO 271.94 12.00 36.00 CSG .TOTAL 10895.

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .TOTAL TAEM .MÉDIO DEQ .MÉDIO RAP . CAPES - Conceito do Programa de Mestrado na CAPES FCG - Fator Qualidade Acadêmico-Científica dos Cursos de Graduação do Câmpus FQM - Fator Qualidade Acadêmico-Científica dos Cursos de Mestrado do Câmpus Total de Aluno Equivalente de Graduação da UNIR Total de Aluno Equivalente de Mestrado da UNIR Total de Aluno Equivalente da UNIR Conceito Sinaes Médio do Conjunto dos Cursos de Graduação da UNIR Conceito CAPES Médio do Conjunto dos Cursos de Mestrado da UNIR Relação Aluno Equivalente por Professor Equivalente Média da UNIR Soma da Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica dos Campi TAEG .MÉDIO CCM .TOTAL CSG .TOTAL TAE .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .TOTAL 82 .PROPLAN TAEG TAEM TAE DQG DQM RAP DEAE DEQ PTAE EQR PART CPC - LEGENDA Total de Aluno Equivalente de Graduação do Câmpus Total de Aluno Equivalente de Mestrado do Câmpus Total de Aluno Equivalente do Câmpus Dimensão Qualidade dos Cursos de Graduação do Câmpus Dimensão Qualidade dos Cursos de Mestrado do Câmpus Relação Aluno Equivalente por Professor Equivalente do Câmpus Dimensão Eficiência das Atividades de Ensino do Câmpus Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica do Câmpus Participação do Câmpus no Total de Aluno Equivalente do Conjunto dos Campi Dimensão da Eficiência e Qualidade Acadêmico-Científica do Câmpus Relativa ao Conjunto dos Campi Parcela Decimal de Participação do Câmpus no Total dos Recursos de OCC-UNIR Conceito Preliminar de Curso (SINAES) C.

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

ANEXO A - PORTARIA Nº 621/MEC DE 24.07.2013.

83

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

ANEXO B - TABELA COM DURAÇÃO DE CURSO, RETENÇÃO E PESOS.

84

PODER EXECUTIVO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN

Grupos de Cursos, Peso por Grupos, Áreas de Conhecimento e Fator de
Retenção
Grupo

A1

Peso do
Grupo

4,5

Àrea

2,0

0,0650

6

CS2

Veterinária,Odontologia , Zootecnia

0,0650

5

CET

Ciências Exatas e da Terra

0,1325

4

Ciências Biológicas

0,1250

4

ENG

Engenharias

0,0820

5

TEC

Tecnológos

0,0820

3

CS3

Nutrição e Farmácia

0,0660

5

CA

Ciências Agrárias

0,0500

5

CE2

Ciências Exatas-Computação
0,1325
Ciências Exatas – Matemática e
Estatística
0,1325

4

Arquitetura e Urbanismo

0,1200

4

A

Artes

0,1150

4

M

Música

0,1150

4

0,0660

5

CSC

1,5

CS4

A4

1,0

Duração
Padrão

Medicina

CE1

A3

Fator de
Retenção

CS1

CB

A2

Descrição da Área

Enfermagem,
Fisioterapia ,Fonoaudiologia e
Educação Física

4

CSA

Ciências Sociais Aplicadas

0,1200

4

CSB

Direito

0,1200

5

LL

Linguísticas e Letras

0,1150

4

CH

Ciências Humanas

0,1000

4

CH1

Psicologia

0,1000

5

CH2

Formação de Professor

0,1000

4

85

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PROPLAN MEMÓRIA DE CÁLCULO RATEIO 2015 86 .

544.90 D 4% de cada Campi R$ 315.791.51 R$ 99.66 R$ 827.350.84 828.91 R$ 451.91 R$ 1.57 R$ 16.81 R$ 1.000.92 Adm.42 R$ 1.48 R$ 614.98 B "SEM EQR" R$ 8.487.57 R$ 17.33 R$ 2.20 R$ 2.280.48 813.812.506.68 R$ 61.312.675.628.911.20 R$ 2.956.760.267.142.869.679.449.692.491.71 R$ 2.00 R$ 61.549.143.756.457.600.69 R$ 50.487.62 R$ 515.500.535.38 R$ 20.911.898.504.350.23 920.66 R$ 418. e Pres.26 R$ 1.23 R$ 901.90 G Rateio Corrigido R$ 7.628.599.239.654.911.483.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .48 R$ 1.96 I Valor Rateio FINAL R$ 7.737.083.48 406.239.448.73 R$ 56.660.582.200.317.271.428.418.143.457.96 R$ 1.398.069.273.99 R$ 2.128.483.55 R$ 2.504.398.466.789.194.612.953.406.236.526.123.649.378.42 R$ 1.628.106.44 R$ 771.02 R$ 685.93 R$ 17.909.76 1.85 E Rateio Corrigido R$ 7.582.92 R$ 1.66 R$ 420.99 R$ 1.481.82 R$ 438.09 87 .54 R$ 1.037.904.763.123.57 R$ 97.90 H Acrescimo Ariq.10 R$ 1.531.481.582.908.545.24 R$ 1.447.51 R$ 1.94 J DESPESAS 7.96 C (A * 1 + B * 4) /5 R$ 7.290.40 R$ 1.PROPLAN MEMÓRIA DE CÁLCULO DE "CUSTEIO MATRIZ ANDIFES" RATEIO 2015 CAMPUS Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL CAMPUS Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL A "COM EQR" R$ 7.625.51 R$ 1.09 1. 406.447.92 R$ 1.66 R$ 420.23 R$ 495.04 TOTAL R$ 813.538.784.936.375.44 R$ 51.106.76 R$ 395.23 R$ 495.115.381.709.451.57 R$ 16.66 804.709.866.31 R$ 107.031.629.953.52 R$ 1.42 R$ 1.59 R$ 17.606.15 R$ 17.63 R$ 1.12 R$ 410.98 L SALDO -R$ 278.05 R$ 611.66 R$ 1.176.582.123.447. Superior R$ 127.487.088.702.498.19 R$ 1.870.143.625.767.000.504.953.481.72 R$ 429.239.735.526.984.58 15.51 R$ 1.398.589.656.380.92 R$ 1.345.000.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .22 R$ 17.72 1.763.255.97 776.48 R$ 1.20 R$ 2.350.483.

339.67 Câmpus de Cacoal 96.50 Ação 8282 Reestruturação para “Manutenção e Reforma dos CÂMPUS” CAMPUS Câmpus de Porto Velho A "COM EQR" B "SEM EQR" RATEIO FINAL REEST.84 Câmpus de Ariquemes 36.10 23.031.123.378.50 1.228.031.311.277.81 Câmpus de Vilhena 83.031.44 84.45 93.11 Câmpus de Ji-Paraná 96.94 475.646.22 488.92 150.960.969.031.387.92 92.886.20 Câmpus de Guajará-Mirim 99.66 77.46 80.212.027.387.453.387.387.43 27.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .227.379.11 92.786.186.776.019.65 31.87 1.622.11 26.72 76.178.14 150.11 149.90 Câmpus de Presidente Médici 46.134.50 Câmpus de Rolim de Moura TOTAL 88 .424.50 1.610.73 92.PROPLAN CALCULO VALOR DE R$ 1. (A * 1 + B *4) /5 423.

734.647.20 R$ 2.67 93.145.624.76 1.11 92.856.582.969.869.23 920.77 R$ 1.088.84 828.613.66 R$ 827.85 SALDO FINAL CUSTEIO R$ 474.33 R$ 511.679.483.271.908.375.186.316.44 D DESPESAS 7.582.86 R$ 3.PROPLAN Somatório "Matriz Andifes" mais “Complementação para Manutenção e Reforma dos CAMPI com Ação Reestruturação” CAMPUS Câmpus de Porto Velho Câmpus de Guajará-Mirim Câmpus de Ariquemes Câmpus de Ji-Paraná Câmpus de Cacoal Câmpus de Rolim de Moura Câmpus de Presidente Médici Câmpus de Vilhena TOTAL A Valor Rateio FINAL R$ 7.481.23 R$ 901.646.228.451.59 Fonte: Elaborado pela DPDI com base no PLOA 2015.09 1.87 1.784.487.44 R$ 18.239.11 150.51 R$ 854.47 R$ 514.84 26.70 R$ 1.31 R$ 2.90 31.504.50 R$ 1.874.599.58 15.42 R$ 1.079.589.51 R$ 1.50 C TOTAL (A+B) R$ 8.09 R$ 1.953.897.302.142.41 R$ 200.57 R$ 17.66 804.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .72 1.350.031.59 R$ 764.93 R$ 488.907.434. 475.97 776.558.544.667.160.54 R$ 77.628.96 R$ 1.307.94 B Complementação Restrut.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .549.057.576.580.378.267.13 R$ 932.40 R$ 1.675.293.610.81 77.398.466.027.404.20 84.47 R$ 128.474.760. 89 .123.236.000.339.387.069.053.

PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .PROPLAN DESPESAS ESTIMATIVAS EXERCÍCIO 2015 MENSAL E ANUAL ADMINISTRAÇÃO SUPERIOR E CÂMPUS OBS: COM BASE EM 2014 DEVE SER UTILIZADA COMO REFERÊNCIA 90 .MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .

347.39 (S.00 360.362.00 699.66 11.T.779.600.90 138.00 6.88 541.300.85 10.544.850.00 1.974.500. IMPRENSA NACIONAL.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.0012.273.00 174. (IMP.000.90.54 76.T.00 81. DESPESAS DE CONTRATOS 33.36 51.00 66.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .333.P.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .0018.67 5.P.00 1.64 12.00 600.80 933. ERC.041.JORNAL EBC CORREIOS SERV.PROPLAN Quadro 10 .000.467.200.000.00 15.24 122.325.500.00 16.500.280.090.200.073.33 1.250.200.00 7. POSTAIS (Malotes.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.34 16. DE MÁQ.247.019.000.60 11.52 1.67 30.00 2.) MANUT.500.21 125.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.000.52 6.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .39 58.38 6.90.00 58.66 91 .28 4.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.534.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.00 172.193.543.22 1.33 278.79 312. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.00 45.68 2.838.17 22.90.500.33 1.00 3. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.00 30.98 3.00 2.520.398.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.53 1.338.205.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.00 266.36 (S.000.90.750.500. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN ADM SUPERIOR 10 % PVH MENSAL ANUAL 26.00 974.236.00 2.069.52 4.Estimativas das Despesas – Administração Superior.00 74.17 30.

106.T.480.500.69 ANUAL 3.89 1.582.896. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.000.064.68 58.662.00 13.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.68 64.500.608.20 47.80 1.74 134.196.98 2.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.23 92 .80 168.00 115.JORNAL EBC CORREIOS SERV.770.66 8.40 100.06 120.P.88 1.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig. DESPESAS DE CONTRATOS 33.000.000.98 14.90.047.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .20 8.36 (S.125.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.00 8.40 573.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 56.40 122. DE MÁQ.000.468. IMPRENSA NACIONAL.00 24.33 1.00 166.00 631.800.584.00 674.90.00 7.00 1.00 49.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.583.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.78 30.PROPLAN Quadro 11 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Porto Velho.750.76 12.00 594.000.800.555.400.809.00 18.00 34.75 1.499.89 4.68 13.842.500.333. (IMP.760.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .209.66 12.770.00 10.583.019.39 (S.33 9.503.875.450.00 300. POSTAIS (Malotes.00 122.) MANUT.873.50 264.361.000. GAS DE COZIHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN PORTO VELHO MENSAL 276.14 5.034.841.314. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Trasmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.92 102.96 144.33 25.T.90.567.041.81 23.338.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Arauna Limp.500.90.508.900.000.400.810.P.ERC.178.820.50 2.230.000.00 730.062.66 280.00 3.415.07 151.00 18.00 415.000.

00 4.08 3.600.T. GAS DE COZINHA.00 583.00 7.00 1.300.000.28 11.366. IMPRENSA NACIONAL.96 178.39 (S.) MANUT.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .17 258.P.00 28.90 1.00 61. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.63 19.450.50 38.00 20.700.298.680.00 1.41 140.36 (S.887.00 72.630.429.70 17.80 1.161.166.705. DE MÁQ.00 720.67 1.00 350.00 4.225.647.200.700.329.206.80 4.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.90.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .500.578.00 1.560.285.000.58 ANUAL 334.359.39 1.000.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.67 2.000.00 50.375.000.666.JORNAL EBC CORREIOS SERV.79 15.885.T.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.56 231.67 1.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.33 125.00 4.400.00 17.00 14.67 416.00 76.90. ERC.00 162.33 5. POSTAIS (Malotes. DESPESAS DE CONTRATOS 33.860.00 32.433.90.400.060.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.500.083.33 213. (IMP.100.00 60.00 461.00 2.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.83 2.00 34.90.005.400.466.15 125.04 5. AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN GUAJARÁ-MIRIM MENSAL 27.60 51.500.444. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.00 2.PROPLAN Quadro 12 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Guajará-Mirim.00 52.83 14.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.00 6.950.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .97 93 .P.00 920.

30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.000.800.500.797.558. DE MÁQ.466.60 4.00 34.90.719.960.00 13.600.946.00 3.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .00 41.163.00 2. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.29 245.64 3.908.234.66 6.00 720.750.16 15.00 249.375.588.837.00 1.600.39 (S.T.850. (IMP.879.126.00 16.677.36 (S.250.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.00 21.34 1.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Arauna Limp.360.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.00 5.00 4.60 51.319.00 64.67 1.00 20.700.06 14.00 60.000. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC. POSTAIS (Malotes.93 80.90.) MANUT.17 36. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN ARIQUEMES MENSAL 19.666.52 1.329.630.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .P.67 1.00 1.JORNAL EBC CORREIOS SERV.399.T.997.92 178.00 91.90. DESPESAS DE CONTRATOS 33.00 776.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.27 16.000.36 2.300.09 94 .200.00 440.00 154.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .860.P.33 2.21 17.742.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.363.50 2.882.18 1.00 64.80 300.00 57.80 340.67 1.156.PROPLAN Quadro 13 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Ariquemes.80 4. IMPRENSA NACIONAL.90. ERC.00 1.600.52 210.100.34 27.80 100.34 ANUAL 229.080.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.600.811.64 1.14 14.

AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC. DE MÁQ.03 288.721.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.00 1.P.00 29.90.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.T.66 31.00 16. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.271. IMPRENSA NACIONAL.72 356.300.763.00 81.92 75.10 19. (IMP.90.00 5. DESPESAS DE CONTRATOS 33.89 17.T.000.00 25.67 5.40 221.168.513.501.44 1.33 2.67 180.375.04 2.90.430. ERC.310.JORNAL EBC CORREIOS SERV. POSTAIS (Malotes.00 6.666.00 458.31 ANUAL 454.91 6.67 2.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.39 (S.00 1.33 288.67 65.00 3.463.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .663.90.00 114.00 4.00 67.000.600.20 741.00 54.580.160.625.74 1.232.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .20 150.522.160.64 4.44 8.451.33 1.00 35.458.76 95 .834.412.20 51.900.47 370.000.P.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.PROPLAN Quadro 14 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Ji-Paraná.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.06 29.659.36 (S.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.59 1.800.866.009.500.440. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN JI-PARANÁ MENSAL 37.500.00 2.) MANUT.725.158.00 720.366.00 786.12 18.41 3.60 4.583.012.00 60.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .00 19.599.92 378.602.488.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.400.44 32.083.965.33 2.

37 3.67 89.260. ERC.83 51.00 5.90.000.90.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.700.374.04 355.120.630.98 ANUAL 329.101. DESPESAS DE CONTRATOS 33. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.90.18 1.988.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .687.00 720.900.000.00 22.494.JORNAL EBC CORREIOS SERV.60 5.00 1.416.36 213.P.990.862.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .560.841.59 1.300.00 1.00 5.474.39 1.196.380.67 165.250.39 (S.00 2.842.00 45.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .659. DE MÁQ.39 3.16 356.000.330.600. (IMP.00 622.069.20 116.72 96 .18 29.416.00 3.500.000.00 475.00 1.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.67 205.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.55 433.000.33 29.00 15.67 1.00 60.00 28.15 15.60 4.000. POSTAIS (Malotes.48 4.00 2.53 250.T.20 51.00 23.816.175.T.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.00 15.916.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.97 184.00 5.36 (S.78 17.P.) MANUT.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.961.400. IMPRENSA NACIONAL.820.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.800.00 17.67 1.03 2.00 1.469.451. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN CACOAL MENSAL 27.11 264.721.00 65.462.00 71.800.04 18.90.PROPLAN Quadro 15 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Cacoal.

542. POSTAIS (Malotes.00 2.471.80 400.00 720.800.160.000.008.00 50.00 1.000.784.723.775.20 2.500.JORNAL EBC CORREIOS SERV.316.90.02 1.53 32.000.76 25.48 30.00 276.90.438. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.PROPLAN Quadro 16 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Rolim de Moura.85 22.104.00 4.00 59.557.09 4.00 1. (IMP.00 60.60 4.04 9.32 102.484. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN ROLIM DE MOURA MENSAL 49.800.) MANUT.31 ANUAL 593.69 3.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.500.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.416.00 2.00 30.T.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.693.P.430.20 15.00 21.99 1. ERC.67 233.P.200.00 7.753.90.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.82 25.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .869.100.877.00 3.00 8.679.0045.698.10 310.378.00 3.316.67 148.250.66 97 .00 4.54 2.39 (S.160.00 24.67 373.500.36 (S.000.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .36 384.532.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.891.661.33 85.930. IMPRENSA NACIONAL.00 107.943.044.90.67 2.000.04 538. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.887.00 87.00 29.073.67 791.22 41.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33. DE MÁQ.250.T.300. DESPESAS DE CONTRATOS 33.74 2.000.00 1.35 166.67 44.000.166.86 8.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO .024.00 2.

30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.00 8.560.60 4.886.33 1.00 16.76 356.00 597.88 48. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.50 583.P.20 51.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.00 60.T.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.90.) MANUT.00 5.42 6.JORNAL EBC CORREIOS SERV.000.98 11.412.948.58 15.00 6.786.00 13.764.166.340.67 666.00 804.00 750.PROPLAN Quadro 17 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Presidente Médici.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . IMPRENSA NACIONAL.79 550.67 62.000.802.000.733.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .400.00 463.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.00 4.15 ANUAL 160.80 200.116.99 123.90.84 98 . ERC.00 720.438. DESPESAS DE CONTRATOS 33.485.83 916.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .67 450.00 5. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.00 500.600.721.089.T.88 1.50 541.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.52 97.00 7.90.36 (S.000.600.96 189.589.41 4.81 490.00 2.300.33 2.00 1.000.00 50.00 32.67 337.302.731.50 49.00 24. POSTAIS (Malotes.173.050.P.98 29.501.90.179.400.39 (S.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.04 4.049.000.00 1.060.27 1. DE MÁQ.67 67.00 108. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN PRESIDENTE MÉDICI MENSAL 13.400.50 41.69 5. (IMP.659.60 2.

190.368.00 1.286.58 99 .90.T.48 114.000.33 4.00 41.666.92 39.147.37 1.F) ENCARGOS DE CURSOS e CONCURSOS ESTAGIÁRIOS 33.92 13.600.00 470.T.00 5.00 3.55 12.95 22.00 40.000.37 (LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA) LIMPEZA / CONSERVAÇÃO (Araúna Limp.33 3.595.771.60 145.P. (IMP.000.90.00 13.091.00 828.P.000.46 133.292.40 273.000.00 15. AR-CONDICIONADOS ASSINATURA JORNAL MANUTENÇÃO DE PISCINA LOC.600.583.007.60 4.33 174.59 228.267. DE MÁQ.83 2.13 2.00 2.) VIGILÂNCIA OSTENSIVA (Roma Vig.600.FOTOCOPIADORAS) HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO MANUTENÇÃO BENS IMÓVEIS (PREDIAL) SEGURO ESTAGIÁRIO 33.090. SAEE) TELEFONIA FIXA (OI) INTERNET MÓVEL (Vivo) INTERNET / Transmissão de Dados Oi MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS OFICIAIS PUBL.90.089.800.00 60.00 720.J) ENERGIA ELÉTRICA (Ceron) ÁGUA E ESGOTO (Caerd.38 ANUAL 255.30 AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL MATERIAL DE EXPEDIENTE ÁGUA MINERAL.057.) CONTRATAÇÃO DE MOTORISTAS 33.790.00 60.36 (S.833.00 21.60 3. GAS DE COZINHA AQUISIÇÃO DE CARIMBOS E CHAVES TOTAL Fonte: Gabinete PROPLAN VILHENA MENSAL 21.DOU PUBLICAÇÕES OFICIAIS .48 1.900.PODER EXECUTIVO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO .425. ERC.50 1.083.00 20.466. IMPRENSA NACIONAL.512.40 22.33 1.000.210. DESPESAS DE CONTRATOS 33.58 1.600.80 325.39 (S.13 166.576.33 142.PROPLAN Quadro 18 – Estimativas das Despesas – Câmpus de Vilhena.) MANUT.000.715.67 1.67 1.915.689.113.088.300.00 1.67 69.33 1.740.71 9.95 25.00 83.20 51.083.90.00 55.50 2.JORNAL EBC CORREIOS SERV.29 92.MEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO . POSTAIS (Malotes.