Você está na página 1de 11

UFCD1

PROBABILIDADE
E ESTATÍSTICA

Maria João nº11


Índice
Títulos pagina

Recolha de dados
3

Organização dos dados


3

Classificação de dados
4

Tabela de frequências 4

Pictograma
4

Tabela para achar o ângulo 5

Gráfico circular 5

Gráfico de barras 6

Media 6

Moda 7

Mediana 7

Quartil 7

Amplitude 7

Inter-quartil 7

Variância 7

Maria João nº11


Recolha de dados

Recolhi a amostra (conjunto de dados ou observações, recolhidos a partir de


um subconjunto do tirar conclusões para população de onde foi recolhidos) de
dados de corte de cabelo num salão de cabeleireiro escolhido aleatoriamente
referente ao mês de Novembro.

Tabela dos dados recolhidos Organização de dados

Dias Cortes Cortes Dias


1 8 4 4
2 9 5 2
3 10 6 3
4 11 7 4
8 5
5 4
9 1
6 5
10 2
7 6 11 3
8 8
9 4
10 4
11 4
12 5
13 10
14 11
15 11
16 6
17 6
18 7
19 7
20 7
21 7
22 8
23 8
24 8

Maria João nº11


Classificação dos dados
Pelo estudo feito verificamos que é uma variável quantitativa discreta (só
podem tomar um numero pequeno de valores diferentes apresentado vários
valore repetidos).

Tabela de frequência (indicam cada valor distinto de uma variável,


juntamente com uma contagem do número de vezes que esse valor ocorre,
esta contagem é conhecida por frequência. As tabelas de frequências podem
ainda incluir percentagens relativas às contagens).

Cortes ni Fri NI Fri


4 4 17% 4 17%
5 2 8% 6 25%
6 3 12,5% 9 37,5%
7 4 17% 13 54,5%
8 5 21% 18 75,5%
9 1 4% 19 79,5%
10 2 8% 21 87,5%
11 3 12,5% 24 100%
TOTAL 100%

Para verificar quantos cortes eram feitos por dia fiz este pictograma (gráficos
onde se utilizam figuras ou símbolos para mostrar a contagem efectuada):

Nº de cortes feitos por dia


4

10

11

=1 Dia

Maria João nº11


Cada ângulo é determinado da seguinte forma: a percentagem ÷ 100×360

Cortes Fri Ângulo


4 17% 61º
5 8% 29º
6 12,5% 45º
7 17% 61º
8 21% 76º
9 4% 14º
10 8% 29º
11 12,5% 45º
TOTAL 100% 360º

Gráfico circular (é constituído por um círculo, em que se apresentam vários


sectores circulares, tantos quanto as classes consideradas na tabela de
frequências da amostra em estudo).

Maria João nº11


Gráfico de barras (os dados são introduzidos por meio de barras todas
com a mesma largura e comprimento variável conforme o numero
apresentado).

Media (um conjunto de dados obtêm-se somando os valores de todos os


dados e dividindo a soma pelo numero de dados).

Maria João nº11


Moda (é o valor mais frequente de um conjunto de dados).
Moda é o 8

Mediana (é o valor que ocupa a posição central, se a quantidade desses


valores for impar ou os dois valores centrais, se a quantidade desses valores
for par).

4 4 4 4 5 5 6 6 6 7 7 7 7 8 8 8 8 8 9 10 10 11 11 11

Mediana =

Quartil (é a mediana dividida a distribuição em quatro partes)

4 4 4 4 5 5 6 6 6 7 7 7 7 8 8 8 8 8 9 10 10 11 11 11
Q1 Q2 Q3

=5,5

Amplitude (é a diferença entre o maior e o menor valor da amostra)


11-4=7

Inter-quartil (é a diferença entre o maior e o menor quartil da amostra)


8,5-5,5=3

Variância (indica quão longe em geral os seus valores se encontram).

X=57,58

Desvio padrão

Maria João nº11


Estatística Descritiva: descrever e estudar uma amostra

Estatística Indutiva: A partir de uma amostra deduzir sobre características de


uma população

Amostragem: Aleatória simples: cada elemento da amostra é retirado


aleatoriamente de toda

NIVEL DE CONFIANÇA

Nível de 90% 95% 99%


confiança
Z 1,645 1,960 2,576

Intervalo de confiança para o valor médio

[ ; ]

X- valor médio

S- desvio padrão

N- dimensão da amostra

Maria João nº11


INTERVALOS DE CONFIANÇA

90%
7,25-1,645x0,45 =6.49

7,25+1,645x0,45 =8

[7,10; 7,39] x =7,25

N =24

Z =1,645

2,24
95%  0,46
24

7,25-1,960X045 =-82,91

7,25+1,960X0,45 =8,15

[7,07;7,42]

99%

7,25-2,576x0,45 =6,06

7,25+2,576x0,45 =8.43

[7,01 ;7,48]

Maria João nº11


Correlação

Anos 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006
Salários 900 918 942 953 955 978 1000 1015 1043

Diagrama de Dispersão

Médias

X= 2002

Y = 967,1

Tipo de Correlação

O tipo de correlação é positiva Porque quando os anos passam os ordenados


sobem

Maria João nº11


Estimação

Estima-se que o trabalhador ganhou em 2007 =1048€

Maria João nº11