Edifícios NZEB

e a Proposta da
UnB
Prof. João Pimenta

UnB, FT, ENM/LaAR

Desafios do Nosso Tempo

“No sensible decision can be
made any longer without
taking into account not only
the world as it is but the
world as it will be.”
Isaac Asimov
2/1/1920, Petrovichi, Rússia
6/4/1992, Nova Iorque, Estados Unidos
http://www.biography.com/imported/images/Biography/Images/Profiles/A/Isaac-Asimov-9190737-1-402.jpg

Desafios do Nosso Tempo

População mundial de 6B, aumentando para 10B
por volta de 2050;
Crescimento das economias emergentes;
Crescimento contínuo da demanda sobre recursos
finitos;
Instabilidade política e econômica
Preservação do meio ambiente

Jim Schultz

apud The Global Future of the HVAC&R Industry, Dick Hayter – Kansas State University

Desafios do Nosso Tempo 2015 Photovoltaic Solar Energy Futures. Dick Saunders and David Keenan. . 16 May 2009. presented to the Minnesota Futurists.

Coad Coad Engineering Enterprises – president ASHRAE Past President .Desafios do Nosso Tempo “The greatest challenge to the human race in the 21st century will be to maintain and advance our quality of life as we face a dwindling reserve of energy resources.” William J.

Emerging Approaches & Technologies For Net-Positive Design Deborah A. Byrne.Evolução da Climatização de Edifícios. June 3rd 2014 .

em edifícios comerciais e públicos a energia consumida se distribui da seguinte forma (Procel. 1988):  Ar Condicionado  Iluminação  Elevadores e bombas  Equipamentos = 48% = 24 % = 13 % = 15 % .Participação dos Edifícios no Consumo de Energia No Brasil.

48 kW/TR. as emissões anuais equivalentes seriam reduzidas em:  Aprox. 8.Participação dos Edifícios no Consumo de Energia Se a eficiência dos chillers centrífugos em uso nos EUA aumentasse de 0.56 p/ 0.000 toneladas de Nox Isso equivale a…  Tirar das ruas 2 milhões de carros!  Plantar aprox.000 toneladas de SO2  Over 27.000 toneladas de CO2  Mais de 64.500. 500 milhões de árvores/ano. James Wolf ASHRAE Past President .

Gás Para aquecimento. resfriamento. Geotérmica. etc. equipamentos. iluminação. O edifício deve também produzir emissões equivalentes de CO2 reduzidas (< 3 kg CO2/m2-ano) . Energia Produzida Eletricidade. Solar Térmica. etc.O Conceito NZEB . Térmica Solar Fotovoltaica.Definição NZEB  Net Zero Energy Building  (Energia Consumida-Energia Produzida) = 0 Energia Consumida Eletricidade.

VTT .Alguns edifícios NZEB existentes Finnish Solutions for Zero Energy Building Jyri Nieminen.

2011 .Alguns edifícios NZEB existentes Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Helder Gonçalves.

2011 .Como conseguir um NZEB? Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Helder Gonçalves.

2011 .Como conseguir um NZEB? Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Helder Gonçalves.

2011 .Como conseguir um NZEB? Em direcção aos Edifícios de Balanço Energetico Zero Helder Gonçalves.

Stark. National Renewable Energy Laboratory .Um Edifício NZEB é possível? Nearly Zero Energy Building Pathway to Net-Zero Energy Commercial Buildings Gregory B.

 Envoltória. National Renewable Energy Laboratory .  Soluções passivas. • Controle de capacidade (match equipment to loads). Pathway to Net-Zero Energy Commercial Buildings Gregory B. • Escolha da solução de geração. • Simplicidade.  Qualidade do projeto e Comissionamento. • Avaliação constante.Estratégias a considerar em busca de um NZEB • Redução da carga térmica. • Operação eficiente (make sure the building works). Stark.

• • • • • • • • Controle aprimorado. etc. Comissionamento. Created 15-Sep-13. e motores eficientes. Iluminação. Solar. Motores eficientes. Isolamento térmico. Vedação.4c Issued by REHVA.. Last update 10-Dec-13 .Estratégias a considerar em busca de um NZEB • • • • • • • • • Janelas. Assessment of the state of the art of existing technologies to support nZEB renovations WP2 Experience and viability of nZE refurbishment projects. Aquecedores eficientes. Free colling Recuperação térmica. Balanceamento. eólica. Sombreamento. Etc. Vazão de ar exterior ajustada. Equips. etc. geotérmica. Cogeração.. D2.

Estratégias a considerar em busca de um NZEB Painéis MPU Redução de até 60 % nos ganhos em dutos. . Balanceamento Hidrônico Redução de energia via controle do ponto operacional ótimo. Classe 4 (NBR 16401) Capture Jet Redução de até 40 % na vazão de ar em coifas. Automação Integrada Redução de até 35 % no consumo de energia.

Área total = 2700 m2 (1200 m2 de oficinas e laboratórios) Espaço para empresas do setor. entre . 200 pesquisadores permanentes Interação multidisciplinar engenharias e arquitetura.Proposta de Edifício NZEB para a UnB Proposta da UnB para criação de um centro de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para edificações de alto desempenho.

Edifício NZEB-UnB  Evolução do projeto .

Visão Externa do Edifício NZEB-UnB .

Visão Externa do Edifício NZEB-UnB .

Visão Externa do Edifício NZEB-UnB .

Visão Externa do Edifício NZEB-UnB .

Edifício NZEB-UnB  Plantas dos 3 Pavimentos .

Edifício NZEB-UnB  Plantas dos 3 Pavimentos .

Edifício NZEB-UnB  Plantas dos 3 Pavimentos .

Edifício NZEB-UnB  Estratégias Energéticas .

Edifício NZEB-UnB  Contribuição da Engenharia Mecânica Prêmio ANPRAC de “Melhor Trabalho” apresentado durante o Mercofrio 2014 .

Solução de cogeração. 2. e.Edifício NZEB-UnB  Contribuição da Engenharia Mecânica No presente semestre o trabalho tem sequência com dois focos: 1. Soluções de climatização de alto desempenho. .

• Intensificação da parceria com as engenharia elétrica e civil. • Viabilização do projeto junto aos órgãos de fomento. • Consolidação do projeto .Conclusões e Perspectivas Futuras • Tema é relevante para o setor de AVAC-R nacional. • Busca de parcerias com as empresas do setor. .

facebook.com www.pimenta@unb.joao@gmail.LaAR Obrigado! .br pimenta.com/UnB.