Você está na página 1de 2

INDICAÇÃO Nº 128/2015

Exmo. Sr. JORGE ANTONIO MACHADO Presidente da Câmara Municipal Três Corações - MG

A Vereadora abaixo assinado, na forma regimental, vem por intermédio da presente, solicitar ao Exmo. Prefeito Municipal Pauta de Reivindicações dos professores da Rede Municipal de Ensino: Reposição das perdas da inflação, ticket alimentação, piso salarial, transparência nas contas do FUNDEB, concurso público, vale transporte, revisão das cláusulas dos professores contratados e dos com extensão de carga horária, periculosidade e insalubridade e adicional noturno, e 5% ao AEE.

JUSTIFICATIVA Indico, observadas as formalidades regimentais, ao Exmo. Prefeito Municipal Pauta de Reivindicações dos professores da Rede Municipal de Ensino. Os mesmos se reuniram na data de 25/05/2015 para discutirem e levarem, posteriormente, até V. Excelência as reivindicações que se elencam, na íntegra, abaixo.

1. Reajuste/ reposição das perdas da inflação, conforme

manda a lei, ( 8,5% que é a inflação hoje mais 2% das perdas dos reajustes do

ano de 2014) cumprindo a data base estipulada no plano de carreira e integralmente.

2. Ou vale alimentação/ ticket que complemente a renda do

trabalhador da área, com base nas perdas salariais (no valor de R$ 200,00) a ser

incorporado ao salário base gradativamente até dezembro de 2015.

3. Mudanças no plano de carreira da educação municipal,

para que possamos equiparar pelo menos ao piso Estadual que hoje é de (R$

1.455,00 )e que tem como projeção chegar R$ 1.921,00 por 16 módulos/aula ou 24 horas/aulas semanais para Ensino Fundamental 1 e Educação infantil; até 2017.

4. Maior transparência e prestação de contas sobre as

verbas do FUNDEB e outras verbas destinadas á educação do município para que possam justificar a falta de verbas públicas e para que possamos reivindicar melhorias salarias de forma justa.

5. Disponibilizar vagas e abrir concurso público para

regularizar a situação dos contratados e levar em consideração, ao abrir concurso, o tempo de contrato na rede e a experiência profissional.

6. Não aceitamos projeções para reposição das perdas

pela inflação de 2016 uma vez que não sabemos quais serão.

7. Vale transporte para os profissionais que tem que se

deslocar de áreas distantes até seu local de trabalho, de acordo com a lei federal

2.278/92.

8. Fazer melhorias nas cláusulas dos contratos dos professores para que eles possam receber o ano integralmente, e não somente os duzentos dias letivos e férias. Assim como no estado que se paga dezembro e janeiro. (Lembrem-se que professor não tem fundo de garantia, seguro desemprego, e não se fala que contratado, algum dia, terá vínculo com o município).

9. Melhorias nos salários dos professores com extensão de carga horária do ensino fundamental 1 e Educação infantil, para que recebam não só os dias trabalhados, mas também sábados, domingos, feriados e recessos escolares em suas extensões; conforme manda as leis trabalhistas.

10. Melhorias no valor da extensão de carga horária

dos professores do 6º ao 9º para que recebam também as vantagens em suas horas extras e não somente o valor da hora/aula que hoje é de ( R$ ) em suas extensões.

11. Definir em tempo hábil, como serão os diários de

classe dos professores, para que pelo menos este ano, possamos fazer escolhas sobre o que é mais viável para cada escola, ou seja, (Diário impressos ou

eletrônico?), uma vez que os mesmos estão atrasados .

12. Definir uma porcentagem por

periculosidade/insalubridade por pressões psicológicas, oferecendo ao profissional

da educação, mais segurança, pois estamos vulneráveis. Devido aos problemas sociais que nos cercam estamos expostos á agressividade, tráficos, usos de drogas, ameaças, e nos sentimos desprotegidos.

13. Oferecer um adicional noturno aos professores

que trabalham neste período.

aos

14.

Pagar

os

5%

de

assiduidade

também

professores do AEE.

Nestes Termos, Pede Deferimento.

Câmara Municipal de Três Corações, 25 de maio de 2015.

EDNA MAFRA LEITE

Secretária

Interesses relacionados