Você está na página 1de 14

PROCESSOS QUÍMICOS

INDUSTRIAIS I

Prof. Patricia Fregolente

• Ementa • Indústria Química brasileira. • 1.1. Histórico. • 1.2. Situação atual.

Ementa

Indústria Química brasileira.

1.1. Histórico.

1.2. Situação atual.

2- Operações unitárias.

2.1. Processos descontínuos.

2.2. Processos contínuos.

2.3. Processos semi-contínuos.

2.4. Tipos de Fluxogramas

3- Síntese de processos químicos.

3.1. Orgânicos.

3.2. Inorgânicos.

3.3. Bioquímicos.

4- Análise dos processos mais relevantes da atualidade.

• Seminários e Discussões • Visitas técnicas à indústrias • Trabalho em grupo • Avaliação
• Seminários e Discussões • Visitas técnicas à indústrias • Trabalho em grupo • Avaliação

Seminários e Discussões

Visitas técnicas à indústrias

Trabalho em grupo

Avaliação Escrita

• Exposição oral e Trabalho escrito sobre um processo químico, dando ênfase à situação desta

Exposição oral e Trabalho escrito sobre um processo químico, dando ênfase à situação desta área industrial no Brasil.

Itens a serem desenvolvidos (exposição e trabalho

escrito):

1. Resumo;

2. Sumário;

3. Introdução;

4. Propriedades e aplicação dos produtos;

5. Descrição do processo:  Análise das principais rotas reacionais;  Diagrama de blocos simplificado;

5. Descrição do processo:

Análise das principais rotas reacionais; Diagrama de blocos simplificado;

Fluxograma

operações unitárias envolvidas; Controle e garantia da qualidade.

com

explicação

das

reações

6. Situação do processo no Brasil:

químicas

e

Matéria-prima; Produto final (preços, produção, consumo, exportação e importação nos últimos anos)

7. Conclusões;

• REGRAS A SEREM OBSERVADAS:  Tempo de apresentação: 60 min;  Número máximo de

REGRAS A SEREM OBSERVADAS:

Tempo de apresentação: 60 min;

Número máximo de integrantes do grupo: 5;

Item a ser priorizado: Descrição do processo;

Discussão

com

o

professor:

mínimo

de

uma

semana de antecedência;

 

Entrega

do

trabalho

escrito:

máximo

de

uma

semana após a exposição oral;

recursos disponíveis: retroprojetor e datashow.

• CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: • EXPOSIÇÃO ORAL:  Organização;  Objetividade e programação; 

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:

EXPOSIÇÃO ORAL:

Organização;

Objetividade e programação;

Iniciativa na obtenção dos dados e sua interpretação;

Conhecimento do assunto ;

Atendimento aos itens solicitados;

Bibliografia utilizada.

TRABALHO ESCRITO:

Todos os da exposição oral;

Bibliografia utilizada;

Prazo de entrega.

• Relatórios somente serão obrigatórios se todos os alunos puderem participar das visitas. • Número

Relatórios somente serão obrigatórios se todos os alunos puderem participar das visitas.

Número máximo de integrantes do grupo: 2;

Prazo de entrega: máximo de 1 semanas após a visita.

fluxograma do processo de produção;

terceirização de serviços: Ocorre? Quais são os serviços terceirizados?;

dados do processo: Classificação (contínuo ou descontínuo?),

considerações sobre paradas para manutenção, rendimento

do processo, produções mensal e anual, fontes de matérias- primas, controle de qualidade, gastos com energia e suas fontes e outros relevantes ao processo específico;

certificações de qualidade: existem? Quais? Quem audita?

• Visitas regulares : visitas realizadas em dia e horário normal de aula com transporte

Visitas regulares: visitas realizadas em dia e horário normal de aula com transporte cedido pela Unifesp. Neste caso, relatórios serão obrigatórios.

Visitas extras: visitas agendadas fora dos dias e horários da

disciplina, com ou sem transporte cedido pela Unifesp. Neste

caso, os relatórios não serão obrigatórios.

• Será aplicada ao final do semestre (data prevista: 25/03), versando sobre o conteúdo das

Será aplicada ao final do semestre (data

prevista: 25/03), versando sobre o conteúdo

das exposições orais.

 T E   NF     0,3 P 0, 4 V
T E
NF
0,3 P 0, 4 V 0, 2 PA 0,1
2

T: nota do trabalho escrito (seminário) E: nota da exposição oral (seminário) P: nota da prova V: média das notas dos relatórios de visita e/ou trabalho em grupo. PA: nota de participação

A bibliografia fornecida tem o objetivo de constituir base para a elaboração dos seminários, tendo-se

A bibliografia fornecida tem o objetivo de constituir base para a elaboração dos seminários, tendo-se incluído literatura especializada para alguns assuntos, cuja ampliação deve ficar a cargo dos responsáveis pelos respectivos seminários.

- SHREVE, R.N; BRINK JR., J.A. Indústria de Processos Químicos. 4ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008. 717 p.

- HIMMELBLAU, D. M.; RIGGS, J. B. Engenharia Química Princípios e Cálculos. 7ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2006.

- FOUST, A. S.; WENZEL, L. A.; CLUMP, C. W.; MAUS, L.; ANDERSEN, L. B. Princípios das Operações Unitárias. 2ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 1982. TURTON, R.; BAILIE, R. C.; WHITING, W. B.; SHAEIWITZ, J. A. Analysis, Synthesis, and Design of Chemical Processes. 3ª ed. Prentice-Hall, 2009.

- FELDER, R. M.; ROUSSEAU, R. W. Princípios Elementares de Processos Químicos. 3ª ed. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

- NELSON, W. L. Petroleum Refinery Engineering. 4ª ed. McGraw-Hill, 1985.

- SWERN, D. Bailey's Industrial Oil and Fat Products. 5ª ed. Wiley-Interscience,

1995.

• Anuário da ABIQUIM • Anuário das Indústrias • Revista de Química Industrial • Química

Anuário da ABIQUIM

Anuário das Indústrias

Revista de Química Industrial

Química e Derivados

Comércio Exterior

Indústria e Desenvolvimento

Chemical Engineering

Temas para os seminários

1.

Ácido fosfórico e fertilizantes fosfatados;

2.

Biodiesel;

3.

Álcool e Açúcar;

4.

Alumínio e alumina;

5.

Processamento de Petróleo;

6.

Petroquímicos básicos;

7.

Cerveja;

8.

Papel e Celulose;

9.

Enxofre e ácido sulfúrico;

10.

Amônia e ácido nítrico;

11. Cloro soda cloreto de sódio.

Calendário da UC

Dia

Conteúdo*

26/nov

Apresentação do curso - Introdução / Divisão seminários

03/dez

PROFESSORA

10/dez

PROFESSORA

17/dez

PROFESSORA

07/jan

Seminário Professora

14/jan

Seminários Grupos G e H

21/jan

Seminários Grupos D e F

28/jan

Seminários Grupos C e E

04/fev

Seminários Grupos B e A

11/fev

Seminários Grupos I e J

18/fev

PROFESSORA

25/fev

visita

4/mar

visita

11/mar

PROFESSORA

18/mar

Trabalho em grupo

25/mar

PROVA

1/abr

AVALIAÇÃO SUBSTITUTIVA

08/abr

EXAME

* A programação pode sofrer alteração de data, de acordo com as atividades sugeridas para o semestre. As alterações serão avisadas com antecedência.