Você está na página 1de 2

7 Ervas que Baixam a Pressão Arterial

7 Ervas que Baixam a Pressão Arterial noticiasnaturais.com /2016/11/7-ervas-que-baixam-a-pressao-arterial/ 18/11/2016

18/11/2016

Baixar a pressão arterial ajuda a garantir que as pessoas não sofram qualquer um dos efeitos colaterais devastadores que podem ocorrer quando ela fica muito alta. A hipertensão, ou pressão alta como é muitas vezes chamada, é responsável por um aumento do risco de doença renal, ataque cardíaco, problemas de visão,

insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral e muitas outras condições de saúde que ameaçam a vida. Infelizmente, muitas pessoas ou não levam essas ameaças

a sério ou elas descobriram que os medicamentos que seu

médicos prescreveram, vieram com efeitos colaterais que os fazem sentir piores.

Medicação não é a única solução

fazem sentir piores. Medicação não é a única solução Como parte de um plano de tratamento

Como parte de um plano de tratamento para a hipertensão arterial, o médico muitas vezes enfatiza ao paciente

o quão importante as suas escolhas de estilo de vida são para a sua saúde. Coisas como exercício e comer uma dieta que se concentra em comer mais frutas e vegetais e menos carnes e produtos lácteos, pode

percorrer um longo caminho para reduzir a pressão alta. Além da dieta DASH (abordagens dietéticas para parar

a hipertensão), formulada pelo Conselho Nacional do Coração, Pulmão e Sangue (NHLB), uma parte dos

Institutos Nacionais de Saúde (NIH), as pessoas que sofrem de pressão alta podem adicionar outras medidas

em casa que são projetadas para ajudar a diminuir sua pressão arterial.

7 ervas que podem ajudar

As seguintes sete ervas, muitas deles populares e já em uso em cozinhas de todo o mundo, podem ajudar a reduzir a pressão arterial e a necessidade de medicamentos.

Alho: Um estudo do Centro de Pesquisa Clínica do New Orleans descobriu que a alicina, substância no alho, ajudou nove sujeitos da pesquisa com incidências graves de hipertensão a experimentar sua redução.

Cebolas: Um estudo Journal of Nutrition descobriu que o flavonoide antioxidante, a quercetina, levou os sujeitos a experimentarem uma redução tanto em sua pressão diastólica como sistólica em comparação com indivíduos que só tomaram um placebo.

Canela: Esta erva tem muitas propriedades de saúde, incluindo a redução da pressão arterial e o combate ao diabetes. Os sujeitos da pesquisa que ingeriram uma forma solúvel em água de canela, tiveram um aumento nos antioxidantes que reduzem os níveis de açúcar no sangue.

Orégano: Um estudo em animais descobriu que um composto encontrado no orégano, o carvacrol, reduziu a pressão arterial, pressões diastólica e sistólica e a frequência cardíaca.

Cardamomo: Depois de tomar esta erva por apenas três meses, 20 pessoas que foram recentemente diagnosticadas com hipertensão grave viram os seus níveis de pressão arterial significativamente reduzir.

Azeite: O azeite de oliva, um produto básico na dieta mediterrânea, demonstrou reduzir a pressão arterial, tornando as pessoas que vivem naquela área, algumas das mais saudáveis do mundo

Hawthorn (Espinheiro Branco): Quando 79 pessoas com diabetes tipo 2 tomaram 1200mg de extrato de hawthorn por dezesseis semanas, sua pressão diastólica média foi reduzida.

As ervas acima são a prova de que só porque uma mudança de dieta é necessária para uma boa saúde, isso não significa que a dieta deva ser sem graça. O uso generoso de algumas das ervas mais populares podem levar a uma saúde melhor.

Leia mais:

Fontes: