Você está na página 1de 45

Aula 1

Serviços de Rede

- Introdução à Infra-Estrutura de Rede


- Conceito e Elementos Necessários à uma Rede
- Revisão do Modelo OSI
- Tipos de Serviços de Rede

Bruno Roberto V. Castro


bruno@breedcons.com.br
Internet
 A Coexistência das redes de longa distância
com as redes locais, abriu um novo
horizonte: a interconexão de redes.

 No início da década de 80, nos EUA, surge o


primeiro ambiente de redes interconectadas,
a ARPANET, dando origem mais tarde à
Internet
Conceituando Redes
 O que é uma Rede ?

 Quais são os principais tipos


(classificacoes) de redes ?

 O que precisamos para um


funcionamento de uma rede ?
Definição de Rede

 É compartilhar Informações e Serviços


Principais Tipos de Redes
 LAN – Local Area Network – Rede de comunicação de
computadores que cobre uma área geográfica
limitada

 WAN – Wide Area Network – Rede remota. Rede de


longa distância. Um tipo de rede que interliga
computadores em áreas potencialmente tão amplas
quanto todo o planeta Terra.

 MAN – Rede Metropolitana – Rede pública de alta


velocidade (100 Mps ou mais)
Funcionamento de uma Rede
 O que precisamos para um
funcionamento de uma rede ?

 Convergência Total dos Elementos


Básicos!
Elementos Básicos
 Meio-Físico

 Recursos (Hardware + Software)

 Serviços

 Regras
Recursos
 São coisas físicas que utilizamos nas
redes e que queremos compartilhar.

 Exemplo: Diretórios, Impressoras,


Discos, Drives, etc...
Serviços
 Possibilitam o compartilhamento dos
Recursos

 Desta forma, os usuários da rede podem


utilizar os Recursos

 Tipos de Serviços:
 Cliente
 Servidores
 Peers
Meios Físicos
 Sua principal função é transmitir os
serviços e protocolos de uma rede, sem
nenhum erro, independente da
distância
Protocolos
 São Regras que os computadores
utilizam para conversar e propagar seus
Serviços
HEELLOOO ???? ΑΒ∆ΥΛ ΑΒ∆ΥΛ!!
ΑΒ∆ΥΛ!!
Definições de Protocolos

 Protocolo é a "linguagem" usada pelos


dispositivos de uma rede de modo que
eles consigam se entender
Definições de Protocolos
 Regras de conversação

 Protocolos de Rede, têm o mesmo


objetivo final:
Transmissão de Dados
Definições de Protocolos

 São os padrões de “conversação” entre


hosts, em uma rede
Definições de Protocolos

 Não é o software

 A Diferença de um Protocolo e o
Software que o implementa, pode ser
comparada a diferença de uma
linguagem de programação e um
compilador
Logo no início....
Problemas de não Padronização
 2ª Parte
Década de 70 e Início de 80
 Heterogenidade de padrões, protocolos
e equipamentos de comunicação de
dados

 A grande diversidade de padrões e


protocolos (diversos fabricantes),
acabavam por inibir o crescimento da
comunicação entre computadores
Década de 70 e Início de 80
 Solução encontrada para resolver o
problema da heterogenidade de
protocolos e padrões, foi encontrada
em 1977

 Criado pela International Organization


Standardization – ISO, nasceu o
MODELO OSI
O MODELO
 Conhecido como MODELO OSI – Open
Systems Interconnection, foi e é responsável
pela consolidação dos princípios de
arquitetura de rede

 Serviu como diretriz para que os diversos


fabricantes pudessem resolver problemas de
interoperabilidade e padronização
MODELO OSI
 É dividido em 7 camadas sobrepostas, onde
cada uma tem a função ou responsabilidade
específica. Sobre o que vai realizar para
garantir a troca de informações

 O Modelo OSI, descreve um sistema ideal de


rede de computadores, onde a comunicação
na rede ocorre entre processos de camadas
distintas
MODELO OSI
 É “apenas” um modelo, não tendo,
portanto, qualquer tipo de
implementação real de suas camadas

 Na prática, os protocolos conseguem


definir e delimitar suas funções, se
orientando através do modelo
O Modelo OSI
Aplicação
Apresentação
Sessão
Transporte
Rede
Enlace
Física
O Modelo OSI

Camada 2
CAMADA DE ENLACE, é responsável por
Enlace definir os endereços físicos da rede, e
pela organização lógica dos bits que
serão enviados à Camada 1.

Camada 1
Física CAMADA FÍSICA, é responsável pelas
definições dos meios físicos, interfaces
e condificação dos sinais.
O Modelo OSI

Camada 4
CAMADA DE TRANSPORTE, responsável
Transporte pela comunicação entre 2 hosts, depois
que a Camada 3 já escolheu a rota.

Camada 3
Rede
CAMADA DE REDE, é responsável pelo
endereçamento lógico, roteamento e
descoberta da melhor rota.
O Modelo OSI
Camada 7
CAMADA DE APLICAÇÃO, fornece os
Aplicação serviços necessários para o usuário

Camada 6

Apresentação CAMADA DE APRESENTAÇÃO,


possibilita independência das
diferenças nas diversas aplicações.

Camada 5
Sessão CAMADA DE SESSÃO, é responsável por
gerenciar, estabelecer e terminar
conexões (sessões)
O Modelo OSI
Definições em Camada

 Em cada camada do modelo, os dados


possuem nomes e designações
específicas que identificam, de uma
maneira geral, os serviços realizados
por cada camada
O Modelo OSI
Definições em Camada Nome dos Dados
em cada camada

Aplicação
Apresentação Mensagem

Sessão
Transporte Segmento

Rede Dataframe

Enlace Frame

Física Bit
O Modelo OSI
Definições em Camada
 Camada Física -> Bits (ex: 1010111010101)

 Camada de Enlace -> Frames (é a organização


lógico dos bits que serão colocados ou foram
retirados da camada física. Contém o endereço
de destino físico dos hosts em uma rede. Por
exemplo: Mac Address)
O Modelo OSI
Definições em Camada
 Camada de Rede -> Datagrama (contém os
endereços lógicos de origem e destino. Por
exemplo: IP)

 Camada de Transporte -> Segmentos


(contém as portas de serviços de origem de
destino em um host já definido pela camada
de rede. Por exemplo: Porta 80)
O Modelo OSI
Definições em Camada

 Camadas de Sessão, Apresentação e


Aplicação -> Mensagem (é qualquer
pacote que contém informações dessas
camadas. Informações do Usuário
O Modelo OSI
Funções e Serviços

Características Funcionais
Aplicação
Apresentação
Serviços
Sessão

Transporte Transporte
e Roteamento Rede
Acesso e Enlace
conexões físicas
Física
Modelo OSI – Camada Física
 Define:
 Interfaces
 Meios de comunicação
 Conversões Necessárias para a interconexão
(quando os meios originais são diferentes)

 Repetidores, Hubs, Modems e


Multiplexadores, são considerados
equipamentos de nível físico
Modelo OSI – Camada de
Enlace de Dados
 É responsável pela arbitragem do
acesso ao meio físico, e do controle de
erro do conteúdo da informação a ser
conectada

 Topologia Lógica
Modelo OSI – Camada de
Enlace de Dados
 Aqui, acontece o “Framing” (organização
lógica dos bits, para serem repassados ao
meio físico)

 Identifica os computadores da rede (Mac


Address)

 Controla o fluxo de dados e detecta e corrige


erros
Modelo OSI – Camada de
Enlace de Dados
 Os dispositivos de conectividade de
rede como bridges, switches e placas
de rede, são dispositivos associados à
camada de Enlace do Modelo OSI
Modelo OSI – Camada de
Rede
 Rensposável pela interconexão

 Realiza funções de conversão de


padrões (internetworking) e controle de
congestionamento

 Responsável pelo Roteamento


Modelo OSI – Camada de
Rede
 Definição de Roteamento: achar disposivito
que esteja fora da minha rede

 A Camda de Rede também é Responsável


pelo endereçamento lógico de um host.
Exemplo: Endereço IP.

 Roteadores são dispositivos que trabalham


nesta camada (na grande maioria do tempo)
Modelo OSI – Camada de
Transporte
 É a camada responsável pela transferência
dos dados fim a fim, otimizando os recursos
de interconexão

 É a camada responsável pela diferenciação de


um ou mais serviços em um único host

 Pode compensar a falta de serviços confiáveis


pelas camadas inferiores, através de
protocolos orientados à conexão. Ex: TCP
Modelo OSI – Camada de
Sessão
 Possui mecanismos para estabelecer,
manter, sincronizar e gerenciar o
diálogo entre as aplicações

 Usa as informações das camadas


inferiores para auxiliar nas
conversações
Modelo OSI – Camada de
Apresentação
 É a camada responsável pela conversão da
sintaxe dos dados, considerando que aplicações
idênticas não possuem sintaxe idênticas

 Por exemplo, pode converter sintaxe entre


sistemas que têm diferentes representações de
caracteres e texto. Ex: EBCDIC, ASCII, UNICODE,
etc...

 Também chamada de “Camada de Tradução”


Modelo OSI – Camada de
Aplicação
 É a camada que se relaciona com o
usuário

 É responsável pela interface com o


usuário e aonde são feitas conversões
de apresentações idênticas, mas com
interfaces de usuários distintas
Processo de encapsulamento
das camadas
Mensagem para o Usuário B
Mensagem do Usuário A
Aplicação Aplicação
CA Apresentação Apresentação CA

CA CA
Sessão Sessão
CA
Transporte Transporte CA

CA Rede Rede CA

CA
Enlace Enlace CA

Física Física

Meio Físico da Rede


Processo de encapsulamento
das camadas
Processo de Comunicação
Virtual das Camadas
 FIM