Você está na página 1de 52
Placas Placas – – Largura Largura Efetiva Efetiva Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV
Placas Placas – – Largura Largura Efetiva Efetiva Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV
Placas Placas – – Largura Largura Efetiva Efetiva Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV
Placas Placas – – Largura Largura Efetiva Efetiva Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV

PlacasPlacas LarguraLargura EfetivaEfetiva

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil PGECIV - Mestrado Acadêmico Faculdade de Engenharia – FEN/UERJ Disciplina: Fundamentos Estruturais I Professor: Luciano Rodrigues Ornelas de Lima

22
22

1.1. EurocodeEurocode 33

Influência dos cantos

22 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos Rounded corners Sharp edges
22 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos Rounded corners Sharp edges
Rounded corners
Rounded
corners
Sharp edges
Sharp
edges
33
33

1.1. EurocodeEurocode 33

Influência dos cantos

33 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos
33 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos
44
44

1.1. EurocodeEurocode 33

Influência dos cantos

44 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos
44 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos
55
55

1.1. EurocodeEurocode 33

Influência dos cantos

55 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Influência dos cantos  simplificação para cálculo das

simplificação para cálculo das propriedades da seção efetiva A eff ,

I y,eff , I z,eff e I w,eff

para cálculo das propriedades da seção efetiva A e f f , I y,eff , I
para cálculo das propriedades da seção efetiva A e f f , I y,eff , I
para cálculo das propriedades da seção efetiva A e f f , I y,eff , I
para cálculo das propriedades da seção efetiva A e f f , I y,eff , I
66
66

1.1. EurocodeEurocode 33

66 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3
66 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3
77
77

1.1. EurocodeEurocode 33

Limitações de esbeltezas

77 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Limitações de esbeltezas
77 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Limitações de esbeltezas
88
88

1.1. EurocodeEurocode 33

88 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Limitações de esbeltezas  Tamanho do enrijecedor –

Limitações de esbeltezas

88 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Limitações de esbeltezas  Tamanho do enrijecedor –

Tamanho do enrijecedor – garantia de funcionamento

88 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Limitações de esbeltezas  Tamanho do enrijecedor –
88 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Limitações de esbeltezas  Tamanho do enrijecedor –
99
99

1.1. EurocodeEurocode 33

Modelos estruturais para análise

99 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Modelos estruturais para análise
99 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Modelos estruturais para análise
1010
1010

1.1. EurocodeEurocode 33

1010 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Curvatura da mesa de um PFF – “

Curvatura da mesa de um PFF – “flange curling” desconsiderar se u < 5% altura do perfil

da mesa de um PFF – “ flange curling”  desconsiderar se u < 5% altura
da mesa de um PFF – “ flange curling”  desconsiderar se u < 5% altura

(para elementos em arco)

1111
1111

1.1. EurocodeEurocode 33

Flambagem Local e Distorcional

Eurocode Eurocode 3 3  Flambagem Local e Distorcional  Flambagem local  considerada através da

Flambagem local considerada através da utilização das propriedades efetivas da seção EC3 – 1.5

Flambagem distorcional para elementos com enrijecedores externos ou intermediários – seção 5.5.3 (EC3 – 1.3)

Flambagem distorcional  para elementos com enrijecedores externos ou intermediários – seção 5.5.3 (EC3 – 1.3)
1212
1212

1.1. EurocodeEurocode 33

Flambagem Local e Distorcional

Eurocode Eurocode 3 3  Flambagem Local e Distorcional  Os efeitos da flambagem distorcional devem

Os efeitos da flambagem distorcional devem ser considerados para os casos a), b) e c) através de análise linear ou não-linear usando métodos numéricos

Ao menos que o procedimento simplificado (EC3-1.3 - 5.5.3) seja usado e a tensão de flambagem elástica seja obtida em uma análise linear, o seguinte procedimento pode ser aplicado

1313
1313

1.1. EurocodeEurocode 33

Flambagem Local e Distorcional

Eurocode Eurocode 3 3  Flambagem Local e Distorcional 1. Calcular as tensões elásticas de flambagem

1. Calcular as tensões elásticas de flambagem para os diversos modos de flambagem

coluna longa coluna curta coluna intermediária
coluna longa
coluna curta
coluna
intermediária
1414
1414

1.1. EurocodeEurocode 33

Flambagem Local e Distorcional

Eurocode Eurocode 3 3  Flambagem Local e Distorcional 2. Calcular as larguras efetivas de acordo

2. Calcular as larguras efetivas de acordo com EC3-1.3-5.5.2 para flambagem local na seção baseada na tensão mínima de flambagem local

efetivas de acordo com EC3-1.3-5.5.2 para flambagem local na seção baseada na tensão mínima de flambagem
1515
1515

1.1. EurocodeEurocode 33

1515 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Flambagem Local e Distorcional 3. Calcular a espessura

Flambagem Local e Distorcional

3. Calcular a espessura reduzida – ver item EC3-1.3-5.5.3.1 para enrijecedores intermediários ou externos e outras partes da seção sujeitas a flambagem distorcional baseada na tensão mínima de flambagem distorcional

4. Calcular a resistência à flambagem global de acordo com EC3-1.3- 6.2 (flexão, torção e lateral por torção) dependendo do modo de flambagem para o comprimento total do membro considerando-se a seção transversal efetiva avaliada em 2) e 3)

1616
1616

1.1. EurocodeEurocode 33

1616 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Tensão crítica para flambagem elástica de placa ortotrópica

Tensão crítica para flambagem elástica de placa ortotrópica

1616 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Tensão crítica para flambagem elástica de placa ortotrópica
1616 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Tensão crítica para flambagem elástica de placa ortotrópica
1717
1717

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

1717 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

b p =

b onde b p é determinada conforme apresentado a seguir

 § 5.5.2 EC3-1-3  § 4.4 EC3-1-5  b p = b onde b p
 § 5.5.2 EC3-1-3  § 4.4 EC3-1-5  b p = b onde b p
 § 5.5.2 EC3-1-3  § 4.4 EC3-1-5  b p = b onde b p
1818
1818

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

1818 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

Ver anexo D EC3-1.3 para método de redução de espessura

Com base no valor de = 2 /1 (relação entre as tensões atuantes nas extremidades do elemento), calcula-se o valor do coeficiente de flambagem local da parede k

Para tal, as Tabelas 4.1 (elementos internos) e 4.2 (elementos externos) apresentam expressões do tipo k =k ()

Nota-se que o valor da tensão crítica de instabilidade local do elemento é obtida através da eq. do slide 21

Recorde-se ainda que os elementos (internos e externos) se consideram simplesmente apoiados e, por isso, k =4 quando o elemento é interno e está submetido à compressao uniforme

1919
1919

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

1919 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

Com base no valor de k , calcula-se o valor da esbelteza normalizada local do elemento (placa), a qual é dada por

normalizada local do elemento (placa), a qual é dada por  Com base no valor da

Com base no valor da esbelteza normalizada local do elemento

p , calcula-se

o

e normalizada local do elemento  p , calcula-se o valor do fator de redução de largura

valor do fator de redução de largura efectiva , o qual é dado pelas eq. abaixo

depois calcula-se a área efetiva:

de largura efectiva  , o qual é dado pelas eq. abaixo depois calcula-se a área
de largura efectiva  , o qual é dado pelas eq. abaixo depois calcula-se a área

Ver Anexo C EC3-1-3

2020
2020

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

2020 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

 Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr ijecedores longitudinais  § 5.5.2 EC3-1-3 
2121
2121

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

2121 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

 Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr ijecedores longitudinais  § 5.5.2 EC3-1-3 
2222
2222

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

2222 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

 Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr ijecedores longitudinais  § 5.5.2 EC3-1-3 
2323
2323

1.1. EurocodeEurocode 33

Larguras efetivas

2323 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr

Elementos de placa sem enrijecedores longitudinais

§ 5.5.2 EC3-1-3 § 4.4 EC3-1-5

 Larguras efetivas  Elementos de placa sem enr ijecedores longitudinais  § 5.5.2 EC3-1-3 
2424
2424

1.1. EurocodeEurocode 33

2424 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores intermediários ou de borda

O enrijecedor comporta-se como um membro em compressão com restrição parcial, ou seja, apoiado sobre uma mola cuja rigidez depende das condições de contorno dos elementos planos adjacentes

A rigidez da mola é determinada aplicando-se uma carga unitária por comprimento unitário u conforme ilustrado abaixo

A rigidez da mola é determinada aplicando-se uma carga unitária por comprimento unitário u conforme ilustrado
A rigidez da mola é determinada aplicando-se uma carga unitária por comprimento unitário u conforme ilustrado
2525
2525

1.1. EurocodeEurocode 33

2525 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores intermediários ou de borda

de placa com enrijec edores intermediários ou de borda  A determinação da rigidez rotacional de

A determinação da rigidez rotacional de mola C , C e C , deve-se considerar

a possibilidade de existirem outros enrijecedores no elemento

2626
2626

1.1. EurocodeEurocode 33

2626 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores intermediários ou de borda

Para um enrijecedor de face, o deslocamento é obtido através da equação

de face, o deslocamento é obtido através da equação com  No caso de enrijecedores de

com

de face, o deslocamento é obtido através da equação com  No caso de enrijecedores de

No caso de enrijecedores de face de seções C ou Z (slide anterior), C deve ser calculada conforme apresentado. Isso fornece a rigidez K 1 para a mesa 1

C ou Z (slide anterior), C  deve ser calculada conforme apresentado. Isso fornece a rigidez
C ou Z (slide anterior), C  deve ser calculada conforme apresentado. Isso fornece a rigidez
2727
2727

1.1. EurocodeEurocode 33

2727 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores intermediários ou de borda

Para um enrijecedor intermediário, C e C são tomadas iguais a zero e o deslocamento é obtido por

são tomadas iguais a zero e o deslocamento é obtido por  finalmente, o fator de

finalmente, o fator de redução da espessura do enrijecedor para a resistência

E

a

flambagem distorcional (flambagem por flexão do enrijecedor) é obtido em

onde
onde
2828
2828

1.1. EurocodeEurocode 33

2828 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

ângulo entre 45º e 135º

§ 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3
2929
2929

1.1. EurocodeEurocode 33

2929 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3030
3030

1.1. EurocodeEurocode 33

3030 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3131
3131

1.1. EurocodeEurocode 33

3131 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3232
3232

1.1. EurocodeEurocode 33

3232 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3333
3333

1.1. EurocodeEurocode 33

3333 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3434
3434

1.1. EurocodeEurocode 33

3434 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3535
3535

1.1. EurocodeEurocode 33

3535 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3636
3636

1.1. EurocodeEurocode 33

3636 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa com enrijecedores de borda - § 5.5.3 EC3-1-3

3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa com enrijec edores
3737
3737

1.1. EurocodeEurocode 33

3737 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa c/ enrijecedores intermediários - § 5.5.3.3 EC3-1-3

Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
3838
3838

1.1. EurocodeEurocode 33

3838 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa c/ enrijecedores intermediários - § 5.5.3.3 EC3-1-3

Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
3939
3939

1.1. EurocodeEurocode 33

3939 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa c/ enrijecedores intermediários - § 5.5.3.3 EC3-1-3

Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
4040
4040

1.1. EurocodeEurocode 33

4040 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa c/ enrijecedores intermediários - § 5.5.3.3 EC3-1-3

Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
4141
4141

1.1. EurocodeEurocode 33

4141 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa c/ enrijecedores intermediários - § 5.5.3.3 EC3-1-3

Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
4242
4242

1.1. EurocodeEurocode 33

4242 1. 1. Eurocode Eurocode 3 3  Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos

Larguras efetivas § 5.5.3 EC3-1-3

Elementos de placa c/ enrijecedores intermediários - § 5.5.3.3 EC3-1-3

Larguras efetivas  § 5.5.3 EC3-1-3  Elementos de placa c/ enrijecedores i ntermediários - §
4343
4343

2.2. ExemploExemplo 11

4343 2. 2. Exemplo Exemplo 1 1  Avaliação de Propriedades Geométricas Efetivas de PFF f

Avaliação de Propriedades Geométricas Efetivas de PFF

Avaliação de Propriedades Geométricas Efetivas de PFF f y 350 MPa b 50 mm h 150

f

y

350

MPa

b

50

mm

h

150

mm

t

1

mm

A

392

mm

2

I

y

1070900

mm

4

I

z

195900

mm

4

150 mm t 1 mm A 392 mm 2 I y 1070900 mm 4 I z
4444
4444

2.2. ExemploExemplo 11

Seção Idealizada

4444 2. 2. Exemplo Exemplo 1 1  Seção Idealizada b p  2 sen45º 
b p  2 sen45º  r  t /2   1  0,5sen45º
b
p
2
sen45º 
r
t /2
 
1
0,5sen45º
1,06066mm
2
1,06066
2
tan45º 
 
 1,06066mm
3
tan45º
3
2
45º
   
2r
2
1,06066
0,93934mm
1
3
45º
b
b
  
2
50
2.0,93934
48,12mm
p
1
1
3
t/2
t/2
r
h
   
h
2
150
2.0,93934
148,12mm
w
1
4545 2.2. ExemploExemplo 11  Seção Idealizada z 2   3 (148,12)  48,12
4545
2.2. ExemploExemplo 11
 Seção Idealizada
z
2
3
(148,12)
 48,12   148,12 
4
I
 2
y
12
2
 1069479,17mm
 
 
4
 190059,06 mm
y
12
2
148,12mm
4
A  2.148,12  2.48,12  392,48mm
48,12mm

I

z

2

(48,12)

3

148,12   48,12

2

 

4646
4646

2.2. ExemploExemplo 11

Compressão

z y 148,12mm 48,12mm
z
y
148,12mm
48,12mm
4646 2. 2. Exemplo Exemplo 1 1  Compressão z y 148,12mm 48,12mm
4646 2. 2. Exemplo Exemplo 1 1  Compressão z y 148,12mm 48,12mm
4646 2. 2. Exemplo Exemplo 1 1  Compressão z y 148,12mm 48,12mm
4646 2. 2. Exemplo Exemplo 1 1  Compressão z y 148,12mm 48,12mm
4747
4747

2.2. ExemploExemplo 11

Compressão

z 18,335 18,335 21,675 y 148,12mm 21,675 48,12mm
z
18,335
18,335
21,675
y
148,12mm
21,675
48,12mm
z 18,335 18,335 21,675 y 148,12mm 21,675 48,12mm Almas Almas f b/ t 148,12 /1 y

AlmasAlmas

f b/ t 148,12 /1 y     p   k 235
f
b/ t
148,12 /1
y
 
p
k
235
cr
28,4.
.
4
f
y

0,055.(3

)
p

 0,293
2
p
h
 
.h
0,293.148,12
43,35mm
eff
w

MesasMesas

3,18

f b/ t 48,12 /1 y      1,033 p  
f
b/ t
48,12 /1
y
 
 1,033
p
k
235
cr
28,4.
.
4
f
y

0,055.(3

)
p

 0,762
2
p
 
.b
0,762.48,12
36,67mm
b eff
p
2
ÁÁrearea EfetivaEfetiva
 2.43,35  2.36,67  160mm
A eff
4848
4848

2.2. ExemploExemplo 11

Flexão em torno de y

z 18,335 18,335 A ret dist y' y y y’ 48,12mm 148,12mm
z
18,335
18,335
A
ret
dist
y'
y
y
y’
48,12mm
148,12mm
18,335 A ret dist y' y y y’ 48,12mm 148,12mm Mesas Mesas f b/ t 48,12

MesasMesas

f b/ t 48,12 /1 y      1,033 p  
f
b/ t
48,12 /1
y
 
 1,033
p
 k
235
cr
28,4.
.
4
f
y

0,055.(3

)
p

 0,762
2
p
 .b 
0,762.48,12
36,67mm
b eff
p
A
A
392,48
(48,12
36,67)
381,03mm
A eff '
ret

RebaixamentoRebaixamento dodo centrcentróóideide

A eff '

dist

y

2,225mm

381,03

74,06

y'74,06 2,225 76,285mm

A ret

y

(48,12

36,67)

y

4949 2.2. ExemploExemplo 11  Flexão em torno de y z 18,335 18,335 1 =
4949
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de y
z
18,335
18,335
1 = f y
A
ret
y' 76,285
y’
350
1
2
2
y'
148,12
y'
76,285
71,835
 329,6MPa
2
2
329,6
48,12mm
2
 
 0,942
 1  350
5050
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de y
2
k
 7,81 6,29  9,78
z
18,335
18,335
2
k
 7,81 6,29(0,942)  9,78(0,942)
b
=15,71
k
 22,41
eff,1
148,12
f
b/ t
y' 76,285
y
1
 
 1,344
p
k
235
cr
28,4.
.
22,41
f
y
b
=23,57

0,055.(3

)
p
eff,2

 0,612
2
y’
p
 .b
0,612.148,12
 46,68mm
b eff
1

1

(
0,942)
b
 0,4.b
18,67mm
eff ,1
eff
b
 0,6.b
28,00mm
eff ,2
eff
48,12mm
148,12mm
148,12mm
5151
5151

2.2. ExemploExemplo 11

Flexão em torno de y

z 18,335 18,335 1 1 2 b =18,67 2 eff,1 y'' 84,16 b =28,00 eff,2
z
18,335
18,335
1
1
2
b
=18,67
2
eff,1
y'' 84,16
b
=28,00
eff,2
3
3
y’
y’’
4
4
5
48,12mm
148,12mm
eff,2 3 3 y’ y’’ 4 4 5 48,12mm 148,12mm Novo Novo centr centr ó ó

NovoNovo centrcentróóideide

IDID

ÁÁrearea

yy

Qtde.Qtde.

AA

yy

11

18,3418,34

148,12148,12

22

5433,05433,0

22

18,6718,67

138,79138,79

22

5182,45182,4

33

28,0028,00

85,8485,84

22

4807,04807,0

44

71,8471,84

35,9235,92

22

5161,05161,0

55

48,1248,12

00

11

00

321,8321,8

--

--

20583,4920583,49

y''148,12

20583,49

321,8

84,16mm

5252 2.2. ExemploExemplo 11  Flexão em torno de y z 18,335 18,335 1 =
5252
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de y
z
18,335
18,335
1 = f y
b
=15,71
eff,1
y'' 84,16
b
=23,57
eff,2
y’
350
1
2
2
y''
148,12
y''
84,16
63,96
y’’
 266,0MPa
63,96
2
266
2
2
 
 0,76
48,12mm
 1  350
148,12mm
148,12mm
5353 2.2. ExemploExemplo 11  Flexão em torno de y 2 k  7,81 6,29
5353
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de y
2
k
 7,81 6,29  9,78
z
18,335
18,335
2
k
 7,81 6,29(0,76)  9,78(0,76)
b
=18,85
k
 18,23
eff,1
148,12
f
b/ t
y'' 84,16
y
1
 
 1,49
p
k
235
cr
28,4.
.
18,23
f
y
b
=28,29

0,055.(3

)
p
eff,2

 0,56
2
p
 .b
0,56.148,12
y’’
 47,13mm
b eff
1

1

(
0,76)
b
 0,4.b
18,85mm
eff ,1
eff
b
 0,6.b
28,29mm
eff ,2
eff
48,12mm
b
b
18,85
28,29
eff ,1
eff ,2
atual
1,01
1%
b
b
18,67
28
eff ,1
eff ,2
anterior
148,12mm
148,12mm
5454 2.2. ExemploExemplo 11  Flexão em torno de y IDID Qtde.Qtde. ÁÁrearea dd Qtde(IQtde(I
5454
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de y
IDID
Qtde.Qtde.
ÁÁrearea
dd
Qtde(IQtde(I 00 ++ AA
dd 22 ))
II 00
z
18,335
18,335
1
11
22
--
18,3418,34
84,1684,16
259800.98259800.98
b
=18,85
22
22
(18,85)(18,85) 33 /12/12
18,8518,85
74,7374,73
211654.70211654.70
2
eff,1
33
22
(28,29)(28,29) 33 /12/12
28,2928,29
14,514,5
15669.4715669.47
44
22
(63,96)(63,96) 33 /12/12
63,9663,96
31,9831,98
174435.19174435.19
b
=28,29
3
55
11
--
48,1248,12
62,4162,41
187427.79187427.79
eff,2
y’’’

--
307307
--
848988.13848988.13
4
I
 848988,13mm
4
eff ,y
848988,13
comp
3
W
 10087,8mm
eff ,y
84,16
5
48,12mm
848988,13
tração
3
W
 13273,7mm
eff ,y
148,12
84,16
63,96mm
84,16mm
148,12mm
148,12mm
5555
5555

2.2. ExemploExemplo 11

Flexão em torno de z

z A ret dist z y z' 48,12mm 148,12mm 21,7 104,72 21,7
z
A
ret
dist
z
y
z'
48,12mm
148,12mm
21,7
104,72
21,7
dist z y z' 48,12mm 148,12mm 21,7 104,72 21,7 Mesas Mesas f b/ t 148,12 /1

MesasMesas

f b/ t 148,12 /1 y      3,182 p  
f
b/ t
148,12 /1
y
 
 3,182
p
k
235
cr
28,4.
.
4
f
y

0,055.(3

)
p

 0,293
2
p
 .b 
0,293.148,12
43,40mm
b eff
p
A
A
392,48
(104,72)
287,76mm
A eff '
ret

RebaixamentoRebaixamento dodo centrcentróóideide

A

ret

z

104,72

z

A

eff '

dist

287,76

24,06

z

8,76mm

z'24,06 8,76 32,82mm

5656 2.2. ExemploExemplo 11  Flexão em torno de z  2 1 = f
5656
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de z
2
1 = f y
350
1
2
2
z
z'
48,12
z'
32,82
15,3
 163,16MPa
2
163,16
2
 
 0,466
dist
z
 1  350
2
k   7,81 6,29  9,78
y
2
k   7,81 6,29(0,466)  9,78(0,466)
A
ret
k   12,86
z'
48,12
f
b/ t
32.82mm
y
1
 
 0,577
p
k
235
cr
28,4.
.
12,86
48,12mm
f
y
148,12mm
21,7104,7221,7
5757 2.2. ExemploExemplo 11  0,055.(3  ) p  Flexão em torno de z
5757
2.2.
ExemploExemplo 11

0,055.(3

)
p
Flexão em torno de z

1,142
 
1
1
2
p
2
 .b
1.48,12
 32,82mm
1 = f y
b eff
1  
1
(
0,466)
2
3
z’
(toda a alma é efetiva)
32,82
4
IDID
Qtde.Qtde.
ÁÁrearea
dd
Qtde(IQtde(I 00 ++ AA
dd 22 ))
II 00
1
11
22
--
21,721,7
32,8232,82
46748,4146748,41
22
22
(32,82)(32,82) 33 /12/12
16,4116,41
29,5229,52
23568,0923568,09
y
33
22
(15,3)(15,3) 33 /12/12
15,315,3
7,657,65
2387,722387,72
44
11
--
148,12148,12
15,315,3
34673,4134673,41
z'

--
287,8287,8
--
107377,6107377,6
32.82mm
15,3
48,12mm
148,12mm
104,72 21,721,7
5858 2.2. ExemploExemplo 11  Flexão em torno de z 4 I  107377,63mm eff
5858
2.2.
ExemploExemplo 11
Flexão em torno de z
4
I
 107377,63mm
eff ,z
2
107377,63
comp
3
W
 3271,71mm
1 = f y
eff ,z
2
3
32,82
z’
107377,63
comp
3
32,82
W
 7018,15mm
eff ,z
15,3
4
1
y
z'
32.82mm
15,3
48,12mm
148,12mm
104,72 21,721,7
5959
5959

3.3. ExemploExemplo 22

5959 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Avaliação de Propriedades Geométricas Efetivas de PFF f

Avaliação de Propriedades Geométricas Efetivas de PFF

Avaliação de Propriedades Geométricas Efetivas de PFF f y 350 MPa b 75 mm h 200

f

y

350

MPa

b

75

mm

h

200

mm

t

2

mm

c

20

mm

A

262

mm

2

f y 350 MPa b 75 mm h 200 mm t 2 mm c 20 mm

f y 350 MPa b 75 mm h 200 mm t 2 mm c 20 mm
f y 350 MPa b 75 mm h 200 mm t 2 mm c 20 mm
6060
6060

3.3. ExemploExemplo 22

Seção Real

6060 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real
6060 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real
6060 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real
6060 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real
6060 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real
6161 3.3. ExemploExemplo 22  Seção Real b p  2 sen45º  r 
6161
3.3. ExemploExemplo 22
 Seção Real
b
p
2
sen45º 
r
 t /2
 
4
1sen45º
3,536mm
2
3,536
2
45º
g
    
(r
t)
6
3,536
2,464mm
r
1
3
45º
g

t / 2
2,464
 
1
1,464mm
r
1
1
3
b
 b
2g
73,04
2.1,464
70,112mm
t/2
t/2
r = 4
p
c
r
h
 h
2g
198,04
2.1,464
195,112mm
p
c
r
c
 
c
g
19,02
1,464
17,556mm
p
c
r

tan45º

2  

3

3,536mm

3

tan45º

6262
6262

3.3. ExemploExemplo 22

6262 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z 17,556 y 70,112mm 17,556

Seção Real

195,112

z

6262 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z 17,556 y 70,112mm 17,556
6262 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z 17,556 y 70,112mm 17,556

17,556

y

6262 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z 17,556 y 70,112mm 17,556
70,112mm
70,112mm

17,556

6363
6363

3.3. ExemploExemplo 22

Seção Real

6363 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real r i r i < 5

r i

r i

< 5 . 2 4 < 10 OK

< 0,1. 17,556 4 < 1,7556 não OK!

 OK < 0,1. 17,556  4 < 1,7556  não OK! Rounded corners página 19

Rounded

corners

página 19 – EC3 – 1.3
página 19 – EC3 – 1.3
Sharp edges
Sharp
edges
6464
6464

3.3. ExemploExemplo 22

Seção Real

6464 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real página 22 – EC3 – 1.3

página 22 – EC3 – 1.3

6464 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real página 22 – EC3 – 1.3
6565
6565

3.3. ExemploExemplo 22

6565 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z u y 17,556 17,556

Seção Real

195,112

z

u
u

y

6565 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z u y 17,556 17,556

17,556

17,556 70,112mm
17,556
70,112mm
6565 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z u y 17,556 17,556
6565 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Seção Real 195,112 z u y 17,556 17,556
6666
6666

3.3. ExemploExemplo 22

Funções Gerais

6666 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Funções Gerais
6666 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Funções Gerais
6666 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Funções Gerais
6666 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Funções Gerais
6767
6767

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

6767 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
6767 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
6767 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
6767 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
6767 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
6868
6868

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

6868 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão z 34,02 34,02 42,384 y 195,112 42,384
6868 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão z 34,02 34,02 42,384 y 195,112 42,384
6868 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão z 34,02 34,02 42,384 y 195,112 42,384
z 34,02 34,02 42,384 y 195,112 42,384 34,02 34,02 70,112mm
z
34,02
34,02
42,384
y
195,112
42,384
34,02
34,02
70,112mm
6969
6969

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

6969 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 30 – EC3 – 1.3 z

página 30 – EC3 – 1.3

Exemplo 2 2  Compressão página 30 – EC3 – 1.3 z 34,02 34,02 19,02 42,384
Exemplo 2 2  Compressão página 30 – EC3 – 1.3 z 34,02 34,02 19,02 42,384
z 34,02 34,02 19,02 42,384 y 195,112 42,384 19,02 34,02 34,02 70,112mm
z
34,02
34,02
19,02
42,384
y
195,112
42,384
19,02
34,02
34,02
70,112mm
7070 3.3. ExemploExemplo 22 página 30 – EC3 – 1.3  Compressão z 34,02 34,02
7070
3.3. ExemploExemplo 22
página 30 – EC3 – 1.3
 Compressão
z
34,02
34,02
19,02
42,384
y
195,112
42,384
19,02
34,02
34,02
70,112mm
7171
7171

3.3. ExemploExemplo 22

7171 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão z 34,02 34,02 19,02 42,384 y 195,112
 Compressão z 34,02 34,02 19,02 42,384 y 195,112 42,384 19,02 34,02 34,02 70,112mm
Compressão
z
34,02
34,02
19,02
42,384
y
195,112
42,384
19,02
34,02
34,02
70,112mm
7272
7272

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7272 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 28 – EC3 – 1.3

página 28 – EC3 – 1.3

7272 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 28 – EC3 – 1.3
7272 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 28 – EC3 – 1.3
7373
7373

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7373 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 28 – EC3 – 1.3

página 28 – EC3 – 1.3

7373 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 28 – EC3 – 1.3
7474
7474

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7474 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 32 – EC3 – 1.3

página 32 – EC3 – 1.3

7474 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão página 32 – EC3 – 1.3
7575
7575

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7575 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7575 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7575 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7676
7676

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7676 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7676 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7777
7777

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7777 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7777 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7777 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7878
7878

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

7878 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7878 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7979
7979

3.3. ExemploExemplo 22

7979 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão

Compressão

7979 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
7979 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8080
8080

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

8080 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8080 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8181
8181

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

8181 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8181 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8282
8282

3.3. ExemploExemplo 22

Compressão

8282 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8282 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8383
8383

3.3. ExemploExemplo 22

8383 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão

Compressão

8383 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Compressão
8484
8484

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

8484 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8484 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8585
8585

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

8585 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8585 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8686
8686

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

8686 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8686 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8686 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8787 3.3. ExemploExemplo 22  Flexão em torno de y
8787
3.3. ExemploExemplo 22
 Flexão em torno de y
8888
8888

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

8888 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8888 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8989
8989

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

8989 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
8989 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9090
9090

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9090 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9090 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9191
9191

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9191 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9191 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9292
9292

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9292 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9292 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9393
9393

7.7. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9393 7. 7. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9393 7. 7. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9494
9494

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9494 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9494 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9595
9595

3.3. ExemploExemplo 22

9595 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
 Flexão em torno de y
Flexão em torno de y
9696
9696

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9696 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9696 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9797
9797

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9797 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y Anterior 4,84 /
Anterior 4,84 / 4,523  7%
Anterior
4,84 / 4,523  7%
9898
9898

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9898 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9898 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9999
9999

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

9999 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
9999 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
100100
100100

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

100100 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
100100 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
101101
101101

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

101101 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
101101 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
102102
102102

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

102102 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
102102 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y
103103
103103

3.3. ExemploExemplo 22

Flexão em torno de y

103103 3. 3. Exemplo Exemplo 2 2  Flexão em torno de y Anterior 4,849 /
Anterior 4,849 / 4,84  1% 
Anterior
4,849 / 4,84  1%