Você está na página 1de 17

5 Passos

para Passar
na Prova da

LPI com
sucesso!

Por Prof. Uirá Ribeiro


Guia de Certificação Linux para prova LPIC-1 Autor do livro Certificação Linux

a) O mercado de Linux cresce 30% ao


Muita coisa melhorou ano segundo o IDG Now (portal de notícias Esta tendência tem se mostrado forte
desde que escrevi meu em Tecnologia) no mercado de trabalho: há vagas abertas,
o salário é alto, os cargos têm prestígio e
primeiro livro de Linux em b) Banco do Brasil converte 75% de sempre há a chance de aprimorar a carreira
2004 suas máquinas para Linux segundo a no exterior. Isto é o resultado de um
Computerworld mercado aquecido e da profissionalização
A presença do Linux Professional dos profissionais de TI.
Institute cresceu abundantemente no país e c) O Tribunal Eleitoral utilizou urnas
a procura pelas provas certificatórias com Linux nas eleições de 2008 Para ajudá-lo a conquistar esta
também cresceu. Isto é reflexo do certificação que irá sem dúvida alguma
crescimento do uso do sistema operacional d) O MEC vai implantar mais de 350
Linux, e da percepção das pessoas em mil máquinas virtuais com Linux para as
tornarem-se profissionais e serem bem
pagas por isto. Hoje o LPI conta com mais
escolas brasileiras NOTÍCIA QUENTE:
de 32000 pessoas certificadas no mundo. O Mercado de Linux cresce 30% ao ano
e) O IDGNow prevê mais de 210 mil
vagas de trabalho para Linux nos próximos
O LPI tem revolucionado o mercado de O Banco do Brasil converte 75% das suas
5 anos.
Linux, especialmente no Brasil. Nos últimos máquinas para Linux
dois anos várias notícias importantes sobre f) O Fórum Internacional de Software
Linux apareceram na mídia, tais como: O MEC vai implantar 350 mil máquinas
Livre (FISL) alertou a quantidade de
oportunidades que o mercado de Linux e com Linux nas escolas
software livre trazem para profissionais e
empresas. O TSE utilizou urnas com Linux em 2008

210 Mil
O instituto de pesquisas IDG prevê ainda que o segmento continue em
expansão a uma taxa média de 30% da base instalada ao ano, superior à
área de TI como um todo, que deve crescer de 13% a 14%. Serviços ligados
a Linux representam 49% do total de mercado. Até 2009 serão abertas 630
É o número de vagas de
mil novas vagas em TI na América Latina, 466 mil em softwares, sendo 210
emprego com Linux nos mil no Brasil. Atualmente são 892 mil empregos no país, sendo 657 mil em
próximos 5 anos programas de computador.
Porque certificar-se
é importante para
você?

Veja os benefícios
diretos da certificação
LPI

1. Um ótimo meio de comprovar sua


competência
Uma coisa é saber. A outra é
comprovar. É por isto que a prova da
LPI exige muito do candidato, de
forma que os aprovados são de fato
capazes de operar um sistema Linux
seja ele qual for.

2. Substituir uma possível falta de


carreiras. Não estou falando de empregos,
1. Passo: ter força de mas de atividades diferentes que você irá
experiência
É muito comum nas entrevistas de
vontade exercer em ramos diferentes, com pouca ou emprego os candidatos serem
nenhuma ligação. Conheço várias pessoas preteridos por falta de experiência.
Ter força de vontade vai além do
que já estão vivenciando isto. Ainda mais para os recém-formados
simples querer. Envolve saber aquilo que se
quer, pensar nos benefícios daquilo que se na área da computação. Mas uma
Veja o meu exemplo: eu iniciei minha certificação supre esta deficiência
quer e avaliar os requisitos.
vida profissional com uma BBS (Bulletin curricular com louvor.
Board System) que era o período jurássico
No caso da Certificação do Linux
da pré-Internet. Quando percebi havia 32 3. Aprender o Linux de forma
Professional Institute, você precisa saber
computadores dentro do meu quarto de didática e objetiva
quais são os benefícios diretos que ela irá
forma que cada um tinha quatro modems, Se você já tentou aprender Linux mas
lhe proporcionar:
totalizando 128 linhas telefônicas. Hoje essa desistiu, é porque tentou com o
a) um ótimo meio de comprovar sua
imagem me dá calafrios na espinha. método errado. É preciso foco,
competência
b) substituir uma possível falta de disciplina e objetivos bem definidos.
Pois bem. Inventaram a Internet, e meu
experiência
ramo de negócios mudou drasticamente. 4. Conseguir uma Promoção
c) aprender de forma objetiva e
Ninguém queria mais as BBSs e as que A tão sonhada promoção só aparece
didática o Linux
existiam estavam se tornando provedores de para quem está bem preparado e
d) conseguir uma promoção
acesso à Internet. E isso precisava de muito para aquele que o chefe vê vontade
e) conseguir uma vaga de emprego
dinheiro. e capacidade de crescimento. As
f) agregar valor para seu cartão de
visitas se você for um consultor empresas apostam sempre no
Então vendi meu negócio e fui potencial das pessoas.
trabalhar para o comprador. Meu sistema
Este são alguns poucos benefícios que
virou provedor de acesso e a empresa 5. Agregar valor ao seu cartão de
listei. Mas existem muito mais, dependendo
cresceu. visitas
da sua experiência, do seu trabalho, da sua
cidade, do mercado em que você atua e Se você for um consultor de
Nesta época conheci a certificação Informática, você irá agregar grande
daquilo que você quer para sua carreira.
Microsoft Certified System Engineer MCSE. valor no seu cartão de visitas com
Busquei informações sobre a prova. Na uma certificação logo abaixo do seu
Mesmo depois de ler estes tópicos,
época eu tinha de estudar sete tecnologias nome. Pode apostar!
você pode estar se perguntando se vale a
da Microsoft. Comprei os livros na Amazon.
pena gastar tempo e dinheiro em um
Cada um com pelo menos 500 páginas.
certificado. Sua carreira pode parecer
Marquei a primeira prova dali a três meses,
estagnada, seu emprego congelado, seu
de Windows 95.
chefe insensível, sua cidade pequena e o
mercado de software livre é irrisório e sem Mercado de Linux
Estudei bastante pois havia um prazo a
futuro. Você pode estar pensando "ei, uma
cumprir. No dia da prova me alimentei bem, cresce 30% ao ano
destas coisas acontece comigo", ou mesmo
fui para o centro Pearson Vue que tinha
pensando que tudo isso acontece com você. Segundo o IDG, o mercado de Linux
escolhido e fui fazer o exame.
no Brasil está crescendo 30% ao ano
Mas eu digo com alegria que nada e as empresas estão com dificuldade
Quando terminei parecia que eu tinha
disso é verdade. Em primeiro lugar você para buscar profissionais capacitados
sido atropelado por um caminhão pelo
não tem uma carreira. Vai ter pelo menos na área.
esgotamento. Mas tinha valido a pena. E
cinco em sua vida. Isso mesmo, cinco
assim fiz para as outras tecnologias e em
um ano terminei todas as provas. Consegui um emprego em uma Fábrica
de Software de grande porte. Fui
O tempo passou e resolvi abrir com um contratado como Gerente de Projeto e 2) Passo: marcar a prova
amigo uma loja de uma famosa franquia desenvolvi com uma pequena equipe de Como eu disse antes, escolha um
venda de computadores. Depois de dois sete pessoas sob minha responsabilidade centro Pearson Vue próximo de você e
anos de trabalho árduo decidi sair do muitos softwares encomendados por marque a prova com uns três meses de
negócio e voltar para o ramo de provedores grandes corporações. Era um trabalho antecedência.
de Internet. extremamente estressante, mas aprendi
muito sobre processos de desenvolvimento Para marcar a prova do Linux
Foi nesta época que conheci o Linux e de software. Professional Institute você precisa primeiro
comecei a trabalhar todos os dias com este se cadastrar no http://www.lpi.org/ e obter
sistema operacional. Fui me especializando Pouco tempo depois fui convidado um LPI ID. Você deve passar este número
em servidores, segurança e redes IP com para trabalhar em um centro universitário para o centro Pearson Vue para que eles
equipamentos de médio e grande porte. no CPD em implantação. Aceitei e com possam marcar sua prova.
poucos meses de casa, também fui
Iniciei uma pós-graduação em convidado para ministrar aulas de Onde encontrar um centro Pearson
Telecomunicações no auge do mercado e computação. Vue? Escolha pelo site deles: http://
através de Networking pude me candidatar www.pearsonvue.com. Selecione Tecnologia
à um cargo em uma empresa que admiro Aproveitei o esforço e escrevi meu da Informação, Linux Professional Institute e
muito: a Lucent Tecnologies. segundo livro: Certificação Linux. depois Brasil. Daí você poderá escolher por
Trabalhava em média 70 horas por semana estado e cidade. As cidades com mais de
Na Lucent trabalhei com Voz sobre IP. entre o CPD e a sala de aula. 100 mil habitantes geralmente tem um
Embora eu entendesse bastante na época centro destes.
sobre o lado IP, pouco entendia da parte de Depois da terceira mudança de gestão
VOZ. Tive de trabalhar duro para entrar nesta escola, optei por sair e ir para outra Como é o ambiente da prova? Bem,
neste novo mundo. Fui bem sucedido. Viajei escola, só que no nordeste. Fui contratado geralmente a prova é feita pelo
muito. Conheci países diferentes, trabalhei para ser coordenador de curso de análise computador. Então este computador fica em
com equipamentos de ponta, e me tornei de sistemas. Seis meses depois voltei para uma pequena sala fechada e isolada do
referência na América Latina em Voz sobre minha cidade natal e fui promovido a som e distrações. Parece um biombo
IP. diretor acadêmico de um campos, onde sou pequeno. Você não pode levar nada. Deve
o responsável pela gestão de 12 cursos deixar celular, agenda, papel tudo. Eles vão
Pois bem, o tempo passou e a empresa universitários. Nesta época escrevi mais 3 lhe dar papel, lápis e um dicionário inglês-
decidiu fechar as instalações onde eu livros, terminei o mestrado em Sistemas português se a prova for em inglês.
residia. Eu estava noivo e pouco disposto a Distribuídos e tive um filho. Havendo qualquer movimentação estranha
mudar de estado. Pedi contas com muito eles anulam seu teste.
pesar. Espero que você perceba neste
pequeno e resumido memorial que mudei de As provas do nível I (101 e 102) têm
Novamente mudei de ramo. Fui carreira pelo menos 10 vezes em 15 anos. E 70 e 73 questões, respectivamente. O
trabalhar como Diretor de Tecnologia de tenho a certeza que não vou parar por ai. tempo de realização de cada uma das
uma escola de pós-graduação em meio provas é de 90 minutos.
ambiente. Meu principal trabalho lá foi Então, meu caro, a certificação é
aprender tudo sobre Ensino à Distância em extremamente importante para você, pois Outro detalhe importante da prova em
uma época onde ninguém no Brasil cogitava agrega valor para seu currículo. É como ter computador é que se você errar alguma
fazer isto de forma séria e sistemática. uma medalha por mérito. Você pode não questão de algum tópico, o computador
usá-la agora, mas acredite: você vai seleciona mais questões do mesmo tópico
Montei não só uma plataforma de agradecer algum dia por ter feito uma para testar ainda mais seus conhecimentos
ensino, como uma metodologia, inspirando- certificação. sobre o tema. Isto tem um lado bom e outro
me nas boas ferramentas e boas práticas ruim. O lado bom é que se você tiver errado
das melhores escolas americanas pioneiras Quer outro exemplo? Veja o Steve de “bobeira”, você terá outra chance de
no processo. Jobs, o criador da Apple. Ele fez um curso redimir seu erro. Mas se você de fato não
de caligrafia na faculdade, mesmo sem estiver devidamente preparado para o
Depois de algum tempo a empresa entender muito bem para que iria utilizar tema, você está lascado.
passou por reformulações e tive que assumir isto. Anos depois ele inventou o sistema de
a área acadêmica, passando também a fontes e tipos de letras para o computador. 3. Passo: comprar um bom
coordenador os cursos de meio-ambiente. Só então ele agradeceu por conhecer bem
os tipos de letras e como elas são feitas, de livro de cabeceira
Nesta época em conjunto com minha modo a transportar isso para a Escolha com carinho o livro. Se
então noiva, escrevemos o livro computação. possível pegue um exemplar na livraria e
Metodologia Científica: teoria e prática, leia algumas páginas. Veja se o estilo de
publicada pela Axcel Books. Este livro tem E principalmente na computação, onde escrita do autor lhe agrada você. Isso é
um software que formata os trabalhos nas tudo é muito dinâmico, as certificações são importante. Se você é prático, vai detestar
normas da ABNT. Utilizamos nos cursos da cruciais para a acreditação, ler um texto de alguém detalhista. Se é
empresa. desenvolvimento e sucesso. detalhista, vai odiar ler um texto de uma
pessoa concisa. Sim, o perfil importa.
Mais alguns giros na órbita terrestre e Porque estudar já não é fácil e qualquer
a empresa se reinventou, mas desta vez sem resistência ao meio vai dissipar sua força de
pagar os salários dos diretores. Mais uma vontade. Então você precisa gostar do
vez tinha que mudar. estilo do autor.
Outro detalhe importante nos livros de Linux é a didática. Muitas pessoas me perguntam qual distribuição de Linux é a
Alguns livros são tecnicamente ricos, mas o autor se perde ao mais adequada para a certificação, testar os comandos, etc. Eu
explicar os temas e divaga por uma coletânea de assuntos que ele sempre respondo: é aquela de que você gostar mais.
vai lembrando pelo caminho durante o ato de escrever. Romances Diferentemente das outras certificações de Linux, a LPI preza pela
são ótimos quando são assim, mas livros com o foco de passar em independência das distribuições. A prova é focada em LINUX, seja
uma prova precisam ser rigorosamente precisos. Eles podem até ele qual for.
não mencionar algo que o outro faz alusão, mas precisam se
restringir e aprofundar naquilo que se propõe. A LPI não utiliza na prova nenhum “wizard” ou configurador
automático que algumas distribuições tem. De forma que toda a
Pegue o guia de tópicos da prova e veja se o livro cobre pelo configuração e manejo do servidor é feita com comandos no Shell
menos 90% da grade da prova. Pelo sumário do livro já é fácil e diretamente nos arquivos de configuração. Isto é muito bom
comprovar isto. Algumas editoras colocam o sumário disponível na porque o profissional fica experiente em qualquer Linux e não fica
Internet. viciado em alguma ferramenta amigável.

Uma última questão na escolha certa dos livros: eles precisam Mas existe alguma que eu indico? Sim. Mas se trata de minha
ter exercícios. Diferentemente de livros informativos sobre um opinião pessoal. Eu gosto muito do OPEN-SUSE. É uma distribuição
determinado tema, um livro para ajudá-lo com um exame precisa muito estável, feita por alemães que prezam muito pela obediência
ter exercícios. Pesquisas na área da pedagogia indicam que é completa aos padrões do Linux Standard. Os comandos, arquivos e
durante o processo de resolver exercícios que a informação se estrutura são exatamente como manda o figurino. Só um detalhe
transforma em conhecimento útil. Quando deparado com perguntas importante: você precisará se familiarizar com os gerenciadores de
é que o cérebro faz as conexões cognitivas necessárias para “ligar pacote Debian e RedHat. E geralmente uma distribuição adota um
os pontos” e realmente aprender. OU o outro. E para preparar-se para a prova é bom você estar
afiado nos dois modelos. Portanto, escolha uma distribuição
Na época em que estudei para os exames da Microsoft e LPI baseada em Debian e outra em RedHat.
comprei meus livros na Amazon porque eram os únicos que tinham.
Você também precisa se conhecer um pouco para que o
Meu livro Certificação Linux foi feito especialmente para aprendizado seja efetivo. Nossa mente trabalha basicamente com
preparar você para este exame e foi eleito pelo site BR-LINUX.ORG 3 tipos de estilos de aprendizagem: físico, visual e lingüístico/
o terceiro melhor livro do Brasil para Linux. sonoro. Como você fixa melhor aquilo que aprendeu?

4. Passo: fazer exercícios Confira na tabela abaixo qual é o seu perfil de aprendizado.

Já falei no tópico anterior da importância do exercício. O Uma vez que você tenha se identificado em pelo menos um
cérebro é um “músculo”. Quanto mais exercitado, mais forte e destes estilos, faça uso das potencialidades do seu cérebro. Isso
resistente ele fica. facilita seu aprendizado.

Perfil Físico Sonoro Visual


Veja aqui qual é o seu estilo
de aprendizagem. Se você As Pessoas com estas São aquelas pessoas que Estas pessoas são indivíduos
souber aproveitar bem o seu características são os vivem cantando ou entoando que tem um talento natural
estilo, você poderá aprender inquietos, são os fuçadores, algum som mesmo com a para as cores e para
com mais facilidade e reter os desmontadores de boca fechada, os cantores e harmonizar ambientes. Os
melhor o conteúdo. equipamentos e brinquedos, aqueles descritos com tendo indivíduos Visuais parecem
os que querem saber como um ouvido musical. ter um senso artístico que faz
funciona e ver por dentro, os com que tudo o que criam
que não conseguem ficar Quando estão aprendendo pareça agradável aos olhos.
sossegados em seu lugar. ou adquirindo capacitação
acadêmica, essas pessoas se Quando estão aprendendo
Quando estão aprendendo beneficiarão mais escrevendo ou adquirindo capacitação
ou adquirindo capacitação letras e canções para acadêmica, essas pessoas se
acadêmica, essas pessoas se músicas, tocando beneficiarão mais com
beneficiarão mais com instrumentos para desenho e criação de
atividades de expressão acompanhar seus trabalhos diagramas inclusive gráficos,
corporal, manipulando e ou de outros, ou leitura cartográfica, criação
tocando objetos, realizando desenvolvendo projetos de de mapas, ou realizando
exercícios, etc. multimídia. demonstrações.

•Realize seus estudos com •Tente transformar aquilo •Crie apresentações


montagens e construções de que aprendeu em música multimídia
objetos e simulações •Grave aquilo que está •Utilize interpretação de
•Inclua aulas virtuais em aprendendo para escutar mapas, diagramas e gráficos
computadores depois •Use e abuse de ilustrações,
•Alterne seções teóricas e •Utilize música agradável gráficos, slides, filmes, etc.
práticas durante o estudo. durante os estudos
1) Em primeiro lugar você de um LPI-ID que pode ser
5 Passos para precisa ter muita força de obtido no http://www.lpi.org 4) O quarto passo é fazer
vontade e arrumar um tempo e escolher um centro Pearson exercícios, muitos exercícios.

passar na prova livre. E não tem outro jeito:


você precisa dizer não para
Vue no endereço http://
www.pearsonvue.com.
Testar todos os comandos
envolvidos, seus arquivos de
algumas coisas durante certo configuração, etc.
do Linux tempo. 3) O terceiro passo é
comprar um bom livro. O 5) O quinto passo é fazer

Professional 2) O segundo passo é marcar


a prova com uns 3 meses
ideal é que seja focado para
os estudos da certificação e
simulados, simulados e mais
simulados. Você precisa estar
para frente. Marcar a prova que tenha uma didática boa. preparado para as perguntas
Institute LPIC-1 força a gente a estudar e a Muitos livros são bons da prova, seu vocabulário e
perseguir o objetivo. Para tecnicamente, mas não sabem peculiaridades.
marcar a prova você precisa ensinar.

Como hábito, execute cada comando


de cada tópico pelo menos mais de uma
vez, exercitando as possíveis situações. Faça Mapas Mentais
as seguintes perguntas para cada comando 5. Passo: fazer simulados
Os mapas mentais são esquemas ou
estudado: Este item é um complemento do diagramas utilizados para organizar
anterior, mas é tão importante que resolvi as idéias com um determinado foco.
•Para que serve este comando? separá-lo para que você dê mais atenção a
•Como ele é usado? ele. Uma idéia é colocada no centro do
•Quando ele é usado?
diagrama onde outros conceitos
•Quais arquivos ele afeta? Um simulado vai lhe dar uma idéia
exata do tipo de questões das provas nas
Eu sugiro que você faça um esquema quais você vai deparar pelo caminho. Há
de espinha de peixe para os comandos questões que são maldosamente formuladas
como no desenho ao lado. para que você caia na vala do senso
comum.
Este tipo de esquema atende a pelo
menos dois tipos de estilo de aprendizagem: Há questões que vão requerer simples
o físico pois você está fazendo movimentos memorização, algumas vão exercitar sua
ao escrever, visual pois você está fazendo capacidade de análise em entender um relacionados são tecidos em torno da
um diagrama. Também ajuda na lógica e problema do “mundo real” e sua idéia central.
memorização pois você está categorizando capacidade de transpor para o “mundo
a informação em COMO, O QUE, computacional”, outras vão exercitar seu Estudiosos apontam que os mapas
QUANDO e ARQUIVOS. Se possível julgamento diante de um problema em mentais funcionam exatamente como
compre fichas pautadas 10x15cm que os questão e outras tantas vão lhe apresentar o cérebro. Quando um mapa mental
médicos costumam utilizar nos arquivos. Elas um problema e a solução e você deverá é elaborado, cada parte do mapa é
podem ajudá-lo na memorização. avaliar se a solução é a correta ou não e associada com o restante, criando
porque. conexões entre cada conceito.
Tente imaginar as situações em que os
comandos são usados e teste os diversos A prova é feita para não ser fácil. E
tipos de opções que eles tem. Isto é isto é de suma importância para manter o
importante porque uma opção de um atestado da qualidade das pessoas que são
comando pode inverter o resultado. certificadas. Se qualquer um com pouco
preparo pode ser certificado, de que
Por exemplo, o comando “grep uira adianta exibir este título no currículo? Mas
texto.txt” vai filtrar todas as ocorrências da se é para os poucos que realmente se
palavra “uira” no arquivo texto.txt. Já o dedicaram e estudaram a fundo, ora, é uma
grep com a opção “-v” inverte, de forma certificação de peso.
que o comando irá mostrar todas as linhas
Aprender a Aprender
que não têm a palavra “uira” no texto.txt. Existem simulados em livros e em sites
na Internet. A maioria é na língua de Existem inúmeros softwares gratuitos
Outro detalhe importante. Leia os Shakespeare. Faça todos que encontrar na Internet que auxiliam na
“MAN” dos comandos de cada tópico. Eles pela frente. E principalmente quando você confecção dos mapas mentais. Você
tem informações importantes que o errar uma questão, anote para saber qual pode fazer uso deles ou até com
programador que desenvolveu o software foi seu erro e qual seria a resposta correta e papel e caneta.
deixou ali de forma especial para você. porque. O aprendizado se constrói desta
maneira. Este tipo de técnica de estudo tem
demonstrado sua eficácia em
diversos trabalhos sobre o
aprendizado.
Tópicos das provas 101 e 102:

PROVA 101 PROVA 102

Tópico 101 – Arquitetura do Sistema Tópico 105 – Shell, Scripts e Gerenciamento de 
Dados

Tópico 102 – Instalação e Gerenciamento de  Tópico 106 – Interface do Usuário
Pacotes

Tópico 103 – Comandos GNU e UNIX Tópico 107 – Tarefas AdministraKvas

Tópico 104 – DisposiKvos e Sistema de Arquivos Tópico 108 – Serviços Essenciais do Sistema

Tópico 109 – Fundamentos de Rede

Tópico 110 ‐ Segurança

Veja que de tempos em tempos os tópicos são re-ordenados


A Prova 101
entre as provas 101 e 102. No meu livro Certificação Linux
alterei a ordem dos tópicos para facilitar a compreensão didática
O exame 101 é a primeira prova requerida para a certificação
dos temas abordados de forma que partimos do conhecimento
LPIC Nível 1. No certificado nível 1 são abordados 14 tópicos e
básicos para os avançados.
5 deles são requeridos no exame 101.

Em abril de 2009 houve mudanças na distribuição dos tópicos


O exame 101 tem 90 minutos de duração e aproximadamente
entre o exame 101 e 102, alguns conteúdos foram retirados dos
60 questões. Cerca de 75% das questões são de múltipla
exames e alguns poucos acrescentados. Hoje também não é mais
escolha onde existe somente uma opção correta. Algumas irão
possível escolher entre o exame para distribuições baseadas em
apresentar um cenário onde alguma medida administrativa
RPM ou Debian, devendo o candidato ser fluente em ambos
precisa ser tomada e em outras se pergunta qual o comando
sistemas de distribuição de pacotes de software. Os novos temas
apropriado para uma determinada tarefa.
que antes não eram abordados, são:

Outros 10% das questões são de múltipla escolha com mais de


• Gerenciamento de dados SQL
uma opção correta. Este tipo é questão é sem dúvida mais difícil
• Acessibilidade
porque apenas uma opção incorreta invalida toda a questão.
• Internacionalização e regionalização
• Criptografia de dados
Este exame irá testar seu conhecimento teórico, comandos e suas
• Mais tratamento de erros e segurança
opções comuns, localização de arquivos importantes, sintaxe de
• Gerenciamento de dispositivos udev
configurações e procedimentos mais usados. Uma vez que você
• Gerenciamento de volumes lógicos de disco
tenha conseguido solidificar os conceitos básicos do sistema
• IMAP/POP
operacional, esta não será uma prova difícil e geralmente não
existem questões com respostas ambíguas ou maldosas
Detalhei cada tópico em forma de esquema para facilitar seu
estudo. Coloquei em VERMELHO os itens que são novidade para
a versão 3.0 da prova que foi renovada em abril de 2009.
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

101.1 – Determinar e configurar  • Habilitar e desabilitar  /sys


o hardware periféricos /proc
• Diferenciar disposiKvos de  /dev
storage IDE, SCSI, USB; modprobe
• Lidar com ferramentas de  lsmod
diagnósKco  lspci
• Entender o conceito de  lsusb
sysfs, udev, hald e dbus

101.2 – Sistema de boot • Demonstrar  /var/log/messages


conhecimentos da  dmesg
sequencia de boot BIOS
• Checar logs de eventos do  bootloader
boot kernel
• Ver os comandos básicos  init
de carga do kernel

101.3 – Mudando os níveis de  • Alterar o runlevel /etc/inifab


execução, shutdown e reboot • Configurar o runlevel  shutdown
padrão init
• Alertar usuários da  /etc/init.d
alteração do runlevel telinit
• Terminar processos em 
execução

102.1 – Layout de disco • Alocar espaço de disco em  / (root) filesystem


diferentes parKções /var filesystem
• Alocar parKção de swap /home filesystem
• Alocar a parKção de /boot  swap space
as necessidades do  mount points
hardware parKKons

102.2 – Instalando gerenciador  • Prover diferentes locais de  /boot/grub/menu.lst


de boot boot grub‐install
• Instalar e configurar um  MBR
gerenciador de boot como  superblock
GRUB ou LILO /etc/lilo.conf
Lilo

102.3 – Bibliotecas  • IdenKficar as bibliotecas  ldd


comparKlhadas comparKlhadas ldconfig
• Carregar bibliotecas  /etc/ld.so.conf
comparKlhadas LD_LIBRARY_PATH
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

102.4 – Gerenciador de Pacotes  • Instalar, atualizar e  /etc/apt/sources.list


Debian desinstalar pacotes debian dpkg
• Procurar por arquivos ou  dpkg‐reconfigure
bibliotecas em pacotes apt‐get
• Obter informações do  apt‐cache
pacote como versão,  apKtude
dependências, integridade 
e estado.

102.5 – Gerenciador de Pacotes  • Instalar, atualizar e  rpm


RPM e YUM desinstalar pacotes RPM e  rpm2cpio
YUM /etc/yum.conf
• Procurar por arquivos ou  /etc/yum.repos.d/
bibliotecas em pacotes yum
• Obter informações do  yumdownloader
pacote como versão, 
dependências, integridade 
e estado.

103.1 – Trabalhando com o Shell • Trabalhar com comandos  .
no Shell bash
• Alterar variáveis  echo
ambientais env
• Usar e editar o histórico de  exec
comandos export
• Trabalhar com a variável  pwd
PATH set
unset
man
uname
history

103.2 – Processando e filtrando  • Trabalhar com comandos  cat


textos de processamento de  cut
textos  expand
fmt
head
od
join
nl
paste
pr
sed
sort
split
tail
tr
unexpand
uniq
wc
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

103.3 – Gerenciamento de  • Copiar, mover e remover  cp
arquivos arquivos e diretórios find
• Copiar arquivos  mkdir
recursivamente mv
• Usar coringas para seleção  ls
de vários arquivos rm
• Usar o find, tar, cpio e dd rmdir
touch
tar
cpio
dd
file
gzip
gunzip
bzip2

103.4 – Usando entradas e  • Redirecionar entradas e  tee


saídas, pipes (condutores) e  saídas de comandos e  xargs
redirecionamento saída de erros
• Conduzir a saída de um 
comando para a entrada 
de dados de outro 
comando
• Usar a saída de um 
comando como argumento 
de comando de outro 
programa
• Enviar a saída para um 
arquivo e para a saída 
padrão

103.5 – Criar, monitorar e  • Executar programas em  &


terminar processos primeiro e segundo plano bg
• UKlizar os sinalizadores do  fg
sistema para os comandos jobs
• Manter um processo em  kill
execução após logout nohup
• Monitorar os processos  ps
em execução top
free
upKme
killall
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

103.6 – Modificar a prioridade  • IdenKficar a prioridade de  nice


de execução dos processos um processo em execução ps
• Executar um programa  renice
com diferentes prioridades top
• Alterar a prioridade de um 
programa em execução

103.7 – Usar expressões  • Criar expressões regulares  grep


regulares para procurar textos para procurar diversos  egrep
Kpos de dados fgrep
• Usar as ferramentas de  sed
expressões regulares para  regex(7)
fazer buscas no sistema de 
arquivos

103.8 – Usar o editor de textos  • Navegar em documentos  vi
vi usando o vi /, ?
• Usar o modo de comandos  h,j,k,l
e de edição do vi i, o, a
• Inserir, editar, apagar,  c, d, p, y, dd, yy
copiar e procurar textos no  ZZ, :w!, :q!, :e!
vi

104.1 – Criar parKções e  • UKlizar os comandos mkfs  fdisk


sistemas de arquivos para criar parKções e  mkfs
sistemas de arquivos ext2,  mkswap
ext3, xfs, reiserfs v3, e vfat

104.2 – Manter a integridade do  • Verificar a integridade do  du
sistema de arquivos sistema de arquivos df
• Monitorar espaço livre e  fsck
inodes e2fsck
• Reparar problemas simples  mke2fs
no sistema de arquivos debugfs
dumpe2fs
tune2fs
xfs_metadump
xfs_info

104.3 – Montar e desmontar o  • Montar e desmontar  /etc/fstab


sistema de arquivos manualmente sistemas de  /media
arquivos mount
• Configurar os pontos de  umount
montagem de sistemas de 
arquivos no boot
• Configurar sistemas de 
arquivos móveis
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

104.4 – Gerenciar cotas de disco • Configurar cota de disco  quota


para um sistema de  edquota
arquivos repquota
• Editar, checar e criar  quotaon
relatórios de cota de disco

104.5 – Gerenciar permissões  • Gerenciar as permissões  chmod


de arquivos de arquivos e diretórios umask
• Gerenciar acessos  chown
especiais do usuário como  chgrp
suid, sgid, e bit de 
descolamento sKcky
• IdenKficar e alterar a 
máscara de permissão de 
novos arquivos
• Gerenciar os grupos de 
usuários

104.6 – Criar links tsicos e  • Criar links ln
simbólicos • IdenKficar links tsicos e 
simbólicos
• Saber a diferença entre 
copiar e linkar arquivos

104.7 – Procurar arquivos e a  • Entender a hierarquia do  find


localização padrão de arquivos  sistema de arquivos  locate
do sistema padrão do Linux updatedb
• Procurar arquivos e  whereis
comandos no sistema de  which
arquivos type
• Saber a localização de  /etc/updatedb.conf
arquivos e comandos 
importantes para o 
sistema

intenção de fazer perguntas de dupla interpretação e nem maldosas,


A Prova 102
mas os tópicos abordados são mais complexos e exigem maior
O exame de certificação Linux LPI 102 é o segundo requerido para
experiência do candidato.
obter o certificado LPIC Nível 1.

Uma atenção especial deve ser dado nos tópicos relativos a


Este exame costuma ser 20% maior que o exame 101 e cobre uma
segurança.
boa parte da administração de sistemas Linux. Ele não tem a
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

105.1 – Customizar o ambiente  • Configurar variáveis  /etc/profile


do Shell ambientais do Shell  env
durante o login ou na  export
execução de um novo Shell set
• Escrever pequenas funções  unset
BASH para comandos  ~/.bash_profile
usados com freqüência ~/.bash_login
• Manter o squeleto do  ~/.profile
diretório HOME dos  ~/.bashrc
usuários ~/.bash_logout
funcKon
alias
lists

105.2 – Escrever scripts de Shell • Usar função de loop e  for


testes lógicos while
• Usar subsKtuição de  test
comandos if
• Testar valores de retorno  read
de comandos para aferir o  seq
sucesso ou falha de 
execução
• Enviar e‐mail para o super‐
usuário em caso de falhas
• Selecionar o interpretador 
de comandos correto #!
• Gerenciar a localização e 
permissões dos scripts

105.3 – Gerenciamento de  • Usar comandos básicos de  insert


dados SQL SQL update
• Manipular dados select
delete
from
where
group by
order by
join

106.1 – Instalar e configurar o  • Verificar se a placa de  /etc/X11/xorg.conf


X11 vídeo suporta o X11 xhost
• Instalar o Servidor X DISPLAY
• Compreender o  xwininfo
funcionamento do  xdpyinfo
Servidor X X
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

106.2 – Configurar um  • Ligar e desligar o  /etc/inifab


gerenciador de Janelas gerenciador de janelas xdm configuraKon files
• Configurar o gerenciador  kdm configuraKon files
de janelas gdm configuraKon files

106.3 – Acessibilidade • Configurar a acessibilidade  SKcky/Repeat Keys


do teclado Slow/Bounce/Toggle Keys
• Configurar o vídeo para  Mouse Keys
acessibilidade High Contrast/Large Print Desktop 
• Tecnologias AssisKdas Themes
Screen Reader
Braille Display
Screen Magnifier
On‐Screen Keyboard
Gestures (used at login, for 
example gdm)
Orca
GOK
Emacspeak

107.1 – Tarefas AdministraKvas • Adicionar, modificar e  /etc/passwd


remover usuários e grupos /etc/shadow
• Gerenciar informações de  /etc/group
usuários e grupos  /etc/skel
• Criar e gerenciar contas  chage
especiais e de acessos  groupadd
limitados ao sistema groupdel
groupmod
passwd
useradd
userdel
usermod

107.2 – AutomaKzar tarefas  • Gerenciar cron e Jobs /etc/cron.


administraKvas • Configurar permissões de  {d,daily,hourly,monthly,weekly}
acesso ao cron e at /etc/at.deny
/etc/at.allow
/etc/crontab
/etc/cron.allow
/etc/cron.deny
/var/spool/cron/*
crontab
at
atq
atrm
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

107.3 – Internacionalização • Configurar linguagem,  /etc/Kmezone


mapa de caracteres e  /etc/localKme
Kmezone /usr/share/zoneinfo
LC_*
LC_ALL
LANG
/usr/bin/locale
tzselect
tzconfig
date
iconv
UTF‐8
SO‐8859
ASCII
Unicode

108.1 – Gerenciar a hora e data • Configurar data e hora /usr/share/zoneinfo


• Configurar o relógio de  /etc/Kmezone
máquina /etc/localKme
• Configurar sincronização  /etc/ntp.conf
de relógio de rede date
hwclock
ntpd
ntpdate
pool.ntp.org

108.2 – Log do Sistema • Configuração do SysLog syslog.conf


• Facilidades, prioridades e  syslogd
ações do SysLog klogd
logger

108.3 – Mail Transfer Agent  • Configurar Aliases ~/.forward


MTA • Configurar Forwarding sendmail (comandos)
• Conhecimento sobre os  newaliases
MTAs mais comuns  mail
(pos~ix, sendmail, qmail e  mailq
exim) – não é necessário  pos~ix
saber configurar sendmail
exim
qmail

108.4 – Impressão • Configuração do CUPS para  CUPS (arquivos e ferramentas)


impressão local e remota /etc/cups
• Gerenciar filas de  lpd (lpr, lprm, lpq)
impressão
• Resolver problemas 
básicos de impressão
• Adicionar e remover 
documentos da fila de 
impressão
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

109.1 – Fundamentos dos  • Demonstrar conhecimento  /etc/services


protocolos da Internet de máscaras de rede •p
• Conhecer a diferença entre  telnet
endereços de rede IP  host
válidos e privados ping
• Configurar rota padrão dig
• Conhecer portas mais  traceroute
comuns do TCP/IP (20, 21,  tracepath
22, 23, 25, 53, 80, 110, 
119, 139, 143, 161, 443, 
465, 993, 995)
• Conhecer a diferença e 
caracterísKcas do TCP, UDP 
e ICMP
• Conhecer a diferença e 
caracterísKcas do IPv4 e 
IPv6

109.2 – Configuração básica de  • Configurar manualmente  /etc/hostname


rede ou automaKcamente as  /etc/hosts
interfaces de rede /etc/resolv.conf
/etc/nsswitch.conf
ifconfig
ifup
ifdown
route
ping

109.3 – Resolver problemas de  • Configurar manualmente  ifconfig


rede ou automaKcamente as  ifup
interfaces de rede e tabela   ifdown
de roteamento route
• Depurar problemas  host
associados a rede hostname
dig
netstat
ping
traceroute

109.4 – Configuração de DNS • Demonstrar o uso de  /etc/hosts


cliente de DNS /etc/resolv.conf
• Modificar a ordem de  /etc/nsswitch.conf
busca de resolução de 
nomes
Tópico Descrição Comandos e
Arquivos

110.1 – Tarefas de segurança • Auditar o sistema para  find


encontrar arquivos com o  passwd
bit SUID e SGID lsof
• Alterar senhas e validade  nmap
das senhas chage
• UKlizar o nmap e netstat  netstat
para encontrar portas  sudo
abertas no sistema /etc/sudoers
• Configurar limites de login,  su
processos e uso de 
memória
• Configurar e usar o SUDO

110.2 – Configurar a segurança  • Conhecer como funciona a  /etc/nologin


do host segurança de senhas do  /etc/passwd
shadow /etc/shadow
• Desligar serviços não  /etc/xinetd.d/*
necessários /etc/xinetd.conf
• Conhecer o uso dos TCP  /etc/inet.d/*
wrappers /etc/inetd.conf
/etc/inifab
/etc/init.d/*
/etc/hosts.allow
/etc/hosts.deny

110.3 – Criptografia de dados • Configurar o cliente  ssh


OpenSSH2 ssh‐keygen
• Configurar chaves de  ssh‐agent
segurança de servidor do  ssh‐add
OpenSSH2 ~/.ssh/id_rsa and id_rsa.pub
• Configurar o GnuPG ~/.ssh/id_dsa and id_dsa.pub
• Compreender os túneis  ssh_host_rsa_key  
SSH (incluindo X11) ssh_host_rsa_key.pub
ssh_host_dsa_key 
ssh_host_dsa_key.pub
~/.ssh/authorized_keys
/etc/ssh_known_hosts
gpg
~/.gnupg/*
Quer se preparar muito de qualquer lugar. As aula multimídia
são pré-gravadas, você conta com suporte
bem para as provas da via MSN e exercícios de laboratório únicos.
LPI?
Assista uma aula demonstrativa em
Espero que este guia possa ajudá-lo http://www.certificacaolinux.com.br/
firmemente no seu propósito de passar no treinamento.htm.
exame 101 e 102. Mas eu posso ajudá-lo
ainda mais... Você pode pagar em até 12x com
cartão de crédito ou aproveitar outras
Prepare-se para as provas com uma formas de pagamento.
metodologia de sucesso. Mais de 400
alunos certificados e atuantes no mercado.
Considere seriamente tomar nosso curso Recorte o encarte abaixo e
preparatório para LPI. mande para nós pelos correios.
Você receberá um desconto
O curso é ONLINE, você pode fazê-
lo em qualquer horário, em qualquer dia,
especial.

SELO
SIM,
Certificação

EU QUERO MEU DESCONTO POSTAL

NOME: ___________________________________________________________________
ENDEREÇO: _______________________________________________________________
CIDADE: ____________________________________________ ESTADO: _____________
CEP: ___________________
E-MAIL: ___________________________________________________________________
Linux

Prof. Uirá Ribeiro - Certificação Linux


Rua Pedro Natalício de Moraes, 346
Sl 301 - Belo Horizonte - MG
CEP 30575-275