Você está na página 1de 17

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO E

CONFIGURAÇÃO BÁSICA DO TRIXBOX

Material traduzido do Tribox™ all descubierto


feito por Alfredo Certain Yance e modificado por
Eric Barbosa Jales de Carvalho

Coordenador: Nathan Franklin Saraiva de Sousa

Teresina
Agosto / 2007
Máquina Utilizada
• Pentium 4
• Memória RAM 256 MB
• HD 80 GB
• Placa de rede 100 Mbps
• Drive de CD

Versão do TrixBox Utilizada


• TrixBox 2.2 , disponível em http://sourceforge.net/projects/asteriskathome/

INSTALAÇÃO
Coloque o cd no drive e reinicie a máquina para que ela possa dar o boot pelo cd.
Ao aparecer à primeira tela, tecle enter para que ele possa carregar e detectar os
componentes da máquina. Feito isso ele pedirá para você escolher qual o idioma do teclado,
como na figura abaixo.

Figura 1: Seleção do Idioma

Selecione o idioma e tecle em OK. A próxima tela a seguir será a escolha da Zona de
Horário. Escolha a cidade na qual a sua faz parte do mesmo fuso horário.
Figura 2: Seleção da Zona de Horário
A tela a seguir diz respeito à senha do usuário root. Caso perca essa senha terá problema ao
utilizar o sistema, portanto copie e a guarde em um lugar seguro.

Figura 3: Escolha da senha do usuário root

Logo que confirmar a senha do root, irá dar início a formatação do HD e a instalação dos
pacotes. O tempo dependerá da capacidade da máquina que você venha usar. Durante a
instalação, será possível ver uma tela como a mostrada na figura abaixo.

Figura 4: Instalação dos Pacotes

Terminado a instalação dos pacotes, o sistema irá expulsar o cd, retire-o e o reinicie pela
primeira vez. Você verá uma tela parecida com a figura abaixo.
Figura 5: Inicio do Sistema com o GRUB

Ao entrar no sistema, continuará a instalação do Asterisk e alguns componentes próprios do


Trixbox, quando completar, o sistema irá reiniciar pela segunda vez e só então poderá usar o
sistema.

A primeira coisa que deve ser feito é entrar como usuário root. Caso queira mudar a senha
basta apenas digitar passwd e modificá-la.

Figura 6: Entrando no sistema como usuário root

Para conhecermos os comandos de ajuda digitamos help-trixbox.


Figura 7: Saída do comando help-trixbox

Modifique a senha mestra de acesso a interface gráfica via web com o comando ‘passwd-
maint’. Como as senhas estão modificadas, agora iremos configurar o IP da máquina
digitando o comando ‘netconfig’. Você verá uma tela similar a seguinte. Entre com o
endereço IP, no caso usamos 10.10.10.3, você pode usar qualquer outro endereço que esteja
na sua rede para identificar a máquina.

Figura 8: Configuração da rede 1

Ao pressionar ‘yes’ para continuar, o próximo passo será preencher os campos que diz
respeito a sua rede.
Figura 9: Configuração da rede 2

No campo IP address coloque um endereço válido, por exemplo, 10.10.10.3 se você estiver
conectado em uma rede existente, consulte o administrador da rede para que ele possa lhe
disponibilizar um endereço IP e demais informações sobre a rede.

A máscara utilizada, como de costume, foi 255.255.255.0.Em Default gateway (IP) será o
endereço IP que tem rota para a Internet, no caso usamos 10.10.10.254.

No servidor de DNS é o endereço disponibilizado pelo seu provedor de Internet.

Preenchido todos os campos, pressione OK e reinicie os serviços de rede para que as


alterações entrem em vigor, com o comando ‘service network restart ’. Você verá uma tela
como a figura abaixo.

Figura 10: Configuração da rede 3

Agora iremos para a configuração do Sistema.

CONFIURAÇÃO BÁSICA
Acesse o Browser por outro computador o endereço http://voip (nome tem que constar no
seu servidor de nomes) ou o endereço IP colocado anteriormente na configuração da rede,
como http://10.10.10.3 para entrar na configuração do seu servidor trixbox, você verá uma
tela semelhante como abaixo.

Figura 11: Acesso ao Trixbox via WEB

Alguns dos menus que se encontram na parte de cima podem se diferenciar de acordo com a
versão que esteja usando. Mais a frente será explicado o papel de cada menu. Entraremos
agora como modo administrador. Clique em switch como mostrado na figura.

Figura 12: Acesso ao administrador

Digite o usuário maint e a senha que foi definida no comando ‘passwd-maint’.


Figura 13: Autenticação com o usuário maint

Uma vez preenchido corretamente os campo você verá uma tela como abaixo.

Figura 14: Tela de administração do Trixbox

O menu de administração inclui as opções:

LAR: É o HOME da página de administração.

EMBRULHOS: Local aonde você pode instalar, atualizar ou remover alguns pacotes do
trixbox. É necessário ter cadastro no fórum do trixbox (feita de forma gratuita).

ASTERISK
FREEPBX: Acesso à ferramenta de configuração web FreePBX.
O CONFIG EDITA: Opção para editar diretamente os arquivos de configuração.
INFO DE ASTERISK: Página que oferece informações sobre o estado do Asterisk.
GERENTE DE ENDPOINT: Ferramenta de gerenciamento de telefones.

SISTEMA
INFO DE SISTEMA: Página que oferece informações sobre o estado do sistema.
MAINT DO SISTEMA: Página que verifica o estado dos serviços no sistema.
TERMINAL DE SSH: Terminal virtual de SSH através de applet do JAVA.

CENÁRIOS
REDE: Ajustar os parâmetros da sua rede
CENÁRIOS: Escolha os repositórios que você quer baixar. Em EMBRULHOS
visualiza.
REGISTRATION: Ferramenta de registro do trixbox.

A opção FreePBX nos oferece uma ferramenta que pode configurar diversas opções, dentre
elas:

EXTENSIONS: Administra as contas e as caixas de mensagens de voz das mesmas.


RING GROUPS: Agrupa contas para chamadas simultâneas
MUSIC ON HOLD: Carrega arquivos MP3 que se reproduzem para usuários em espera.
CONFERENCES: Opções para audiconferências.

CONFIGURAÇÃO DO FREEPBX

Figura 15: Tela de acesso ao FreePBX

Acesse o menu Tools e no menu à esquerda selecione a opção Module Admin. Esta página
é aonde mostra os módulos que você deseja utilizar.
Figura 16: Gerenciador de módulos do Trixbox

Selecionando o módulo e escolhendo na Action a opção install, será possível instalar o


módulo. O mesmo procedimento para remover ou atualizar.

Figura 17: Instalando módulo

Os módulos usados pela nossa configuração foram:


• Core
• Feature Code Admin
• Voicemail
• Blacklist
• Phoonebook
• Phoonebook Directory
• Announcments
• Fallow Me
• Queues
• Ring Groups
• Time Conditions
• Conferences
• Misc Applications
• Musico on Hold
• Recordings
• Call Forward
• Call Waiting
• Dictation
• Info Services
• Asterisk Logfiles
• Asterisk API
• Asterisk CLI
• Asterisk info
• Print Extensions

Não se preocupe em instalar os módulos que não irá utilizar, ele poderão ser desinstalados
normalmente. Após instalar, atualizar ou remover será necessário clicar na barra vermelha
para que as alterações sejam efetuadas no sistema. A figura abaixo mostra o procedimento.

Figura 18: Confirmação das alterações

Nesse ponto todos os módulos devem estar instalados e ativados para continuar a
configuração do Trixbox.
Figura 19: Bem vindo à tela de configuração do Trixbox

Clique no menu Setup e escolha, no lado esquerdo, a opção General Settings, ao qual
mostrará uma tela como a seguir.

Figura 20: Opções gerais no FreePBX

Ao passar o mouse sobre as palavras que estão sublinhadas, aparecerá uma ajuda explicativa
de cada campo configurável no Trixbox, como exemplo:
Figura 21: Exibição de um help da frase

Alguns Parâmetros

t: Permite a parte que foi chamada uma transferência de chamada teclando #


T: Permite a parte que chama uma transferência de chamada teclando #
r: Gera um tom de chamada ao que chama, mas não passa o áudio do canal chamado até que
a chamada se efetue.
R: Indica um tom de chamada ao que foi chamado quando a parte chamada não atende e não
passa o áudio do canal chamado até que a chamada se efetue.
w: Permite ao usuário que foi chamado iniciar uma gravação da chamada depois de
pressionar *1
W: Permite ao usuário que chama iniciar uma gravação da chamada depois de pressionar *1

CONFIGURAÇÕES DE EXTENSÕES

É recomendável que antes de começar a definir as extensões(ramais) se faça uma lista com
as extensões que usarão o sistema, assim como definir a numeração que colocará nelas.
As extensões poderão ser criadas tanto para telefones IP físicos como para telefones por
software.
Para configurar uma extensão em seu sistema siga os passos:

1. Faça um clique em Setup e escolha no canto esquerdo à opção Extensions.


2. Selecione o tipo de dispositivo que irá usar tipicamente um SIP e clique em Submit

Figura 21: Escolher o tipo de tecnologia para a criação de ma extensão


3. Entre com o número da extensão e o nome do usuário da mesma, opcionalmente
coloque a chave do dispositivo SIP se desejar

Figura 22: Campos de número e nome da extensão

4. Ative a opção de Caixa de Voz(Voicemail) e entre com a chave da Caixa de voz,


tendo em conta que este é o número que você deverá entrar com o teclado do seu
telefone. Coloque o endereço do email do usuário e a opção que deseja enviar uma
cópia da mensagem de voz para o email do usuário que está sendo cadastrado.

Figura 23: Campos de chave e ativação do Correio de voz

5. Clique em Submit e depois no botão vermelho para que efetue as alterações


6. Configure o Telefone IP físico ou softphone para usar a extensão que foi criada. No
nosso caso utilizamos softphone X-Lite (softphone gratuito) desenvolvido pela
CouterPath.
No X-Lite clique em Show menu escolha a opção SIP Account Settins.

Figura 24: Adicionar conta no X-Lite 1


Clique em Add preencha os campos da seguinte forma (Conforme configurado no
Trixbox) e depois clique em OK.

Figura 25: Adicionar conta no X-Lite 2

7. Faça uma chamada interna do seu telefone, por exemplo *98, disca para o sistema de
correio de voz, teste esse número para provar que o sistema funciona.

CONFIGURAÇÃO DO GRUPO DE CHAMADAS

Um Grupo de chamadas ou grupo de extensões é um agrupamento de duas ou mais


extensões que chamarão quando for discado para o número do grupo.
Para criar um grupo de chamadas coloque o nome e a descrição do mesmo. Logo depois
coloque na lista as extensões(ramais) que desejam para aquele grupo de chamadas.
Entre as estratégias de chamadas encontram-se:
• Ringall – Chama todos simultaneamente
• Hunt – Chama em seqüência
• Memoryhunt – chama em seqüência com memória
Recomenda-se ajustar o tempo da chamada em segundos, opcionalmente pode-se selecionar
um destino da chamada caso esta não venha a ser efetuada, como mostra a figura a seguir.
Figura 26: Criação de um grupo de extensão

SALAS DE CONFERÊNCIA MEETME

O administrador de conferência MeetMe permite controlar os usuários em uma conferência


múltipla em seu sistema.
Para criar uma conferência MeetMe clique no menu Setup e escolha no canto esquerdo a
opção Conferences e preencha os seguintes campos:
• Número da sala
• Nome da sala
• Chave de acesso
• Chave do administrador
Existem opções adicionais para mensagens e músicas em espera. Utilize os helps das
palavras para melhor escolha.

Figura 27: Criação de uma sala de conferência MeetMe

Para entrar na conferência digite no seu telefone (IP ou softphone) o número da sala, espere
a mensagem e então digite a chave de acesso ou a chave do administrador (caso seja o
administrador da conferência). Ao entrar na sala e ser o primeiro participante, ouvirá uma
mensagem indicando que é o único desta conferência e a partir do segundo participante
poderão conversar entre si.
O Trixbox possui uma ferramenta web para monitorar as salas MeetME ativas.
Para usar essa ferramenta você deverá entrar como usuário normal no Trixbox (como em
http://voip/user/ ou http://10.10.10.3/user/ ). Selecione o menu MeetMe.
Figura 28: Administração das salas MeetMe

O administrador web solicitará o número da sala e se ela existir (contendo participante)


mostrará uma lista dos participantes como na figura acima.
A opção MUTE permite silenciar um participante para que escute os demais e a opção
KICK permite expulsar o participante da conferência.

MÚSICAS EM ESPERA

O Asterisk oferece a possibilidade de que administremos facilmente nossas músicas em


espera e o Tribox, através do FreePBX, facilita ainda mais.

Para isto basta que clique no menu Setup e escolha a opção no canto esquerdo chamada
Music on Hold. Na página teremos as seguintes opções:
• Adicionar novas músicas em espera
• Ativar o modo randômico de seleção das músicas em espera

Em ambos os casos a interface é muito intuitiva e basta seguir os exemplos que o FreePBX
mostra para que possa entender o funcionamento.

Para adicionar um novo arquivo, basta clicar sobre o botão Arquivo e escolha o arquivo de
áudio em MP3 ou WAV.

Figura 29: Música em espera com FreePBX