Você está na página 1de 30

Gestão de Testes

Juliana Nóbrega e Karlla Priscylla


Agenda
 Organização do Teste
 Planejamento e Estimativa do Teste
 Controle e Monitoração do Progresso do Teste
 Gerenciamento de Configuração
 Riscos e Testes
 Gerenciamento de Incidente

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


2 - maio/2010
Organização do Teste

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


3 - maio/2010
Equipe de Teste
 Definição da equipe:
 Testadores independentes
 Ex: Os próprios desenvolvedores (testes de baixo nível), especialistas,
equipe terceirizada, etc.
 Tem autoridade para requisitar e definir os processos de teste e suas
regras, mas somente sob o gerenciamento.
 Benefícios:
 Conseguem enxergar outros defeitos.
 São capazes de verificar concepções pessoais criadas.
 Desvantagem:
 O isolamento da equipe de desenvolvimento pode causar a perda de
responsabilidade na qualidade.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


4 - maio/2010
Equipe de Teste
 Tarefas da equipe de testadores:
 Líder de teste:
 Coordenar a estratégia de teste e planejar os testes.
 Iniciar a especificação, preparação, implementação e execução dos testes e
monitorar o controle de execução.
 Adaptar planejamento baseado nos resultados e progresso do teste e
resolver problemas que venham a ocorrer.
 Medir o progresso de teste e avaliar a qualidade do teste e do produto.
 Elaborar relatório com base nas informações obtidas durante o teste.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


5 - maio/2010
Equipe de Teste
 Tarefas da equipe de testadores:
 Testador:
 Revisar e contribuir no planejamento dos testes.
 Analisar, revisar e avaliar os requisitos de usuários, especificações e
modelos para testabilidade.
 Criar especificação de teste.
 Implementar os testes em todos os níveis.
 Automatizar testes.
 Medir a performance dos componentes e sistemas.
 Rever os testes desenvolvidos por outras pessoas.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


6 - maio/2010
Planejamento de Teste

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


7 - maio/2010
Planejamento de Teste
 Pode ser documentado em um plano de teste mestre ou de
projeto separado em vários planos de testes para diferentes
níveis.
 É influenciado pela política de teste da organização.
 É uma atividade contínua realizada durante todo o processo
do ciclo de vida do software.
 Os ajustes no planejamento serão baseados no feedback da
atividade do teste ao identificar riscos de mudanças.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


8 - maio/2010
Planejamento de Teste
 Atividades:
 Determinação do escopo e risco.
 Definição completa da abordagem do teste.
 Decisão sobre o que testar.
 Programar as atividades de análise, planejamento,
implementação, execução e validade dos testes.
 Escolher métricas para monitorar, controlar a preparação e
execução do teste, resolver defeitos e apontar riscos.
 Configurar o nível de detalhe para os procedimentos de teste.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


9 - maio/2010
Planejamento de Teste
 Critério de Saída
 Define quando parar de testar.
 Critérios de encerramento:
 Métricas
 Estimativa da densidade de defeitos não solucionados ou segurança nas
medições.
 Custos.
 Riscos residuais.
 Cronograma.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


10 - maio/2010
Planejamento de Teste
 Estimativa do Teste:
 Baseada em estimativas de esforço do teste.
 Métricas de projetos anteriores ou similares, ou valores típicos.
 Tarefas do próprio executor ou de especialistas.
 Fatores que influem o esforço do teste:
 Características do produto.
 Características do processo de desenvolvimento.
 As saídas do teste.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


11 - maio/2010
Planejamento de Teste
 Estratégia do Teste:
 Classificação:
 Estratégia preventiva.
 Estratégia reativa.
 Estratégias:
 Analítica.
 Baseada em modelos.
 Abordagem metódica.
 Compatível com processos ou padrões.
 Dinâmica e heurística.
 Baseada em conselhos.
 Regressão.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


12 - maio/2010
Planejamento de Teste
 Estratégia do Teste
 A escolha da estratégia do teste é de acordo com:
 Risco de falha do projeto.
 Experiência das pessoas.
 Objetivos do teste, esforço e missão da equipe de teste.
 Aspectos regulamentares.
 A natureza do produto e do negócio.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


13 - maio/2010
Monitoração e Controle do
Progresso do Teste

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


14 - maio/2010
Monitoração e Controle do Progresso
do Teste
 Monitoração do Progresso do Teste
 Permite uma visibilidade sobre as atividades do teste.
 As informações podem ser coletadas manualmente ou
automaticamente.
 Métricas podem ser usadas para avaliar o progresso em relação
ao orçamento e cronogramas planejados.
 Execução dos testes.
 Informações dos defeitos.
 Cobertura de requisitos, riscos ou código.
 Custo do teste.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


15 - maio/2010
Monitoração e Controle do Progresso
do Teste
 Relatório do Teste
 É constituído de informações resumidas sobre o esforço do
teste.
 Métricas:
 Adequação dos objetivos do teste com o nível do teste.
 Adequação da abordagem/estratégia do teste.
 Eficiência dos testes em respeito a seus objetivos.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


16 - maio/2010
Monitoração e Controle do Progresso
do Teste
 Controle do Teste
 Descreve uma orientação/ação corretiva tomada como
resultado de informações e métricas obtidas e relatadas.
 Ações podem cobrir qualquer atividade do teste e qualquer
atividade em um ciclo de vida de um software.
 Exemplo:
 Tomar decisões baseadas em informações adquiridas na monitoração dos
testes.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


17 - maio/2010
Gerenciamento de
Configuração

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


18 - maio/2010
Gerenciamento de Configuração
 Estabelece e mantém a integridade dos produtos do software
durante todo o ciclo de vida do software.
 Garantias:
 Todos os itens do software são identificados facilitando a
manutenção e a rastreabilidade durante o processo de teste.
 Todos os documentos e itens do software são referenciados sem
ambiguidade na documentação do teste.
 Ajuda o testador na identificação única do item testado,
documentação de testes e dos scripts de execução de testes.
 Durante o planejamento a ferramenta e processos de
gerenciamento devem ser escolhidos, documentados e
implementados.
Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI
19 - maio/2010
Riscos e Teste

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


20 - maio/2010
Riscos e Teste
 O risco é definido como uma chance de um evento
indesejável acontecer, causando um problema em potencial.
 O nível pode ser determinado pela possibilidade do evento
acontecer e os danos que podem acontecer caso aconteça.
 Risco é usado para se decidir quando começar e onde deverá
se testar com mais frequência.
 Teste é utilizado para reduzir o risco da ocorrência de um
efeito indesejado, ou para reduzir o seu impacto.
 Um teste baseado nos riscos pode fornecer oportunidades
pró-ativas para reduzir os níveis do risco do produto, quando
abordado no estágio inicial do projeto.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


21 - maio/2010
Riscos e Teste
 A identificação de um risco orienta o planejamento,
especificação, preparação e execução do teste.
 Teste baseado no risco auxilia a determinar os riscos e níveis
de testes, com base no conhecimento coletivo e na visão do
projeto.
 O controle de riscos fornece informações sobre riscos
residuais.
 Um teste pode demonstrar a identificação de novos riscos.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


22 - maio/2010
Riscos e Teste
 Riscos no Projeto
 São aqueles que comprometem a capacidade do projeto não
atender seus objetivos.
 Possíveis agentes causadores:
 Fatores Organizacionais.
 Fatores Técnicos.
 Fatores do Fornecedor.
 Os riscos e as contingências devem ser declaradas.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


23 - maio/2010
Riscos e Teste
 Riscos do Produto
 Áreas propícias de falhas no software.
 Estas áreas são consideradas riscos para a qualidade do produto
final. Ex.: Software instável.
 Atividades do gerenciamento de riscos do produto:
 Estimar o que poderá dar errado.
 Determinar quais os riscos são importantes para negociá-los.
 Implementar ações para negociar aqueles riscos.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


24 - maio/2010
Gerenciamento de Incidente

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


25 - maio/2010
Gerenciamento de Incidente
 Incidente
 São as discrepâncias entre o resultado atual e o esperado.
 Deve ser rastreável.
 Para gerenciá-los a empresa deve estabelecer processos e regras
para classificá-los.
 Podem ser descobertos durante o desenvolvimento, o teste e a
utilização do software.
 Exemplo de problemas:
 Código;
 Funções do sistema;
 Documentação de desenvolvimento;
 Entre outros.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


26 - maio/2010
Gerenciamento de Incidente
 Relatório de Incidentes
 Prover um retorno sobre o problemas, permitindo a
identificação, isolamento e correção se necessário.
 Prover um meio para rastrear a qualidade do sistema sob teste e
o progresso do teste.
 Prover idéias para aprimorar o processo de testes.
 Dentre os detalhes do relatório podemos citar:
 Resultados esperados e resultados finais;
 Identificação ou item de configuração do software;
 Processo do ciclo de vida do software em que o incidente foi descoberto;
 Grau de impacto (stakeholders);
 Entre outros.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


27 - maio/2010
Dúvidas???

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


28 - maio/2010
Obrigada!

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


29 - maio/2010
Referência Bibliográfica
 Comissão Internacional para Qualificação de Teste de
Software. (2007) Certificação em Teste Foundation Level
Syllabus. MÜLLER, Thomas; GRAHAM, Dorothy;
FRIEDENBERG, Debra; VEENDENDAL, Erik van.

Gestão de Testes - Seminário de Teste de Software - FIP-SI


30 - maio/2010