Você está na página 1de 2

INTRODUÇÃO A BIOQUÍMICA

ORIGENS E TENDÊNCIAS DA BIOQUÍMICA

• Bioquímica constitui-se numa tentativa de descrever vida em


termos químicos.

• Não se limita apenas as análises da matéria viva e das reações


pelas quais os componentes da vida são sintetizados e degradados
mais também como as reações biológicas são controladas de modo
a existir crescimento na infância, manutenção na idade madura e
degeneração na idade avançada.

• As origens da bioquímica podem ser pesquisadas a partir dos


escritos de Paracelsus no século XVI onde adquiriu os
conhecimentos de Química do seu tempo.

• A união da Química e da Medicina animou o trabalho de muitos


seguidores de Paracelsus, nascendo a Iatroquímica (Química
Médica)

• O século XVII caracterizou-se pelo lançamento das rotas para o


desenvolvimento da Química do século XVIII, quando emergiram
as bases científicas da Bioquímica, a partir de Scheele e Lavoisier.

• O farmacêutico Scheele conseguiu isolar grande número de


substâncias novas, dentre elas o ácido úrico, o glicerol, vários
ésteres entre outros.

1oetapa – Conceito de oxidação de Lavoisier


2oetapa – Aparecimento da teoria atômica de John Dalton

• Os estudos sobre o calor, no início do século XIX, levaram Mayer


a formular a lei da conservação da energia.

1
• A perpetuação dos conhecimentos adquiridos através dos tempos
só foi possível graças à existência das academias ou sociedades
científicas.

• Em 1603 foi fundada a Academia Romana de Lyncei. Na


Alemanha, por volta de 1652, surgiu a famosa Academia
Leopoldina, desenvolvida por uma associação de médicos

• No início do século XX foram fundados o Biochemical Journal na


Inglaterra entre outros. Hoje existem dezenas de periódicos, cada
qual dando enfoque maior a determinada área da Bioquímica.

• As pesquisas em Bioquímica têm sido dirigidas no sentido de


responder a uma série de perguntas, tais como:
1. Quais os compostos químicos que formam os seres vivos?
2. Quais as estruturas das macromoléculas características dos
organismos vivos?
3. Como as enzimas realizam sua tarefa catalítica?
4. Quais as substâncias necessárias para o homem, bem como suas
funções?
5. Considerando que a vida da célula depende de milhares de reações
químicas diferentes, cada uma catalisada por enzimas específicas,
como elas funcionam?
6. As doenças podem ser descritas em termos moleculares?

Os grandes sucessos nesta área foram demonstrações da etiologia e


da patogenia, em termos moleculares, daquelas doenças que
resultam de deficiência de vitaminas ou alterações
endocrinológicas ou de erros metabólicos.

A medida que os conhecimentos básicos de Bioquímica se tornem


maiores, será possível desvendar questões como a origem da
aterosclerose ou da natureza da transformação de células normais
em cancerosas de muitas moléstias mentais.