Você está na página 1de 4

1ª Parte – Saúde Vocal

Neste capítulo iremos apresentar hábitos e alimentações saudáveis ou não


para uma boa higiene vocal. Prestem bastante atenção e vamos, desde já,
procurar cuidar bastante do nosso instrumento de trabalho que é precioso e
único, nosso Aparelho Vocal.
Permitido, Evitar ,Proibido
Beba bastante água em temperatura natural! (no mínimo 2 litros por dia)
para manter as pregas vocais hidratadas e em boa condição de vibração.
Coma maçã! A maçã possui propriedades adstringentes que auxiliam na
limpeza da boca e da faringe, favorecendo uma voz com melhor
ressonância.
Beba suco de frutas! (Principalmente de frutas cítricas)
Evite usar roupas apertadas, principalmente nas regiões do abdômen,
cintura, peito e pescoço, pois isso poderá dificultar a respiração
Não use pastilhas, sprays, anestésicos sem orientação médica, pois para
cada caso existe uma medicação específica, portanto não se automedique
nunca!
Evitar :Evite alimentos gordurosos e "pesados" antes das apresentações, pois
dificultam a digestão.
Dê preferência aos alimentos leves e de fácil digestão (verduras, frutas,
peixe, frango)
Durma bem! Procure dormir, no mínimo, 8 horas por dia.
Não durma de estômago cheio pois pode provocar refluxo gastresofágico
que é altamente prejudicial às pregas vocais.
Não cante se estiver doente! Quando cantamos envolvemos todo o nosso
corpo e gastamos muita energia, então recupere-se antes de voltar a cantar.
Evite ficar exposto por muitas horas em ambiente que utiliza arcondicionado pois provoca o ressecamento
das pregas vocais. Em casos
onde isso não for possível, procure estar sempre lubrificando as pregas
vocais com água ou suco sem gelo.
Evite ambiente com mofo, poeira ou cheiros muito fortes,
principalmente se você for alérgico.
Evite a competição sonora, ou seja, falar ou cantar em lugares muito
barulhentos.
Evite choques bruscos de temperatura
Evite bebidas geladas
Evite cochichar pois, ao contrário do que pensamos, no ato de cochichar
submentemos nossas pregas vocais a um grande esforço provocando um
desgaste muitas vezes maior do que se conversarmos normalmente.
Proibido

É proibido gritar, pigarrear, falar durante muito tempo sem lubrificar as


pregas vocais, fumar, ingerir bebidas alcoólicas antes de cantar para
"melhorar" a voz.
Voz Fina
Em 99% dos casos, segundo pesquisas, a voz fina é de origem
emocional.
O mais comum é, ao entrar na puberdade, o rapaz assustar-se com a
mudança e procurar manter a voz da infância, apesar de sua laringe já
estar pronta para a transformação.
Um ponto perigoso é o excesso de mimo na infância em ambos os
sexos,podendo alterar o ritmo da fala, além de manter a voz infantil.
Isso é muito perigoso para os meninos, que podem ser taxados de
homossexuais logo
cedo, podendo gerar traumas muito profundos na criança.
Outro desencadeador da voz fina são os traumas, como os cirúrgicos.
A retirada das amídalas é um bom exemplo, pois a criança pode ficar
com medo de falar firme, mantendo a voz infantil.
Segundo estudos, o ato de cantar pode ajudar os seres humanos a
serem mais saudáveis e também mais amigáveis
A música é uma constante na vida dos seres humanos, acompanhando a história do tempo
e fazendo parte de diversas culturas e épocas, exercendo sempre funções diferentes e se
tornando a linguagem universal que ultrapassa barreiras e obstáculos. Já dizia o saudoso
personagem Dom Quixote de La Mancha que “quem canta, seus males espanta”, e ele
estava inteiramente correto segundo Camila Miranda Loiola, pesquisadora e doutora em
fonoaudióloga pela PUC-SP na linha de Voz Profissional, que apresenta estudos de que o
canto faz bem para o corpo e para a mente humana.

Quando canta, o corpo humano libera endorfina, o mesmo hormônio liberado na prática
de exercícios físicos, de ingestão de chocolate. Outras vantagens do canto são a
diminuição do stress, melhoria da capacidade pulmonar e trabalho do sistema
cardiovascular. Praticar o canto respeitando as limitações do corpo e buscando entender
os benefícios, os músculos abdominais e faciais se exercitam também. Ainda sob efeitos da
endorfina, o corpo que canta pode receber ações analgésicas e estimular inúmeras outras
sensações, como o bem estar, a autoconfiança, o otimismo, o conforto, entre outras.

cantar proporciona um rápido vínculo social), o canto também pode render


amigos. “Cantar talvez tenha evoluído para unir rapidamente grandes grupos humanos de
estranhos”, relata o estudo, através de uma ação chamada “afeto positivo”. O fato de
cantar é algo em comum de todas as sociedades e de todos os seres humanos, cada um
com seu limite, é um sinal de que essa é uma capacidade universal, reafirmando que
cantar é uma linguagem de todos e que se trata de uma adaptação revolucionária.