Você está na página 1de 5

Sente-se de maneira que possa ficar bem acomodado.

Braços e pernas descruzados


confortavelmente se beneficiando do exercício. Você gostaria de simplesmente acomodar-se e
começar a relaxar agora?
E você sabe o quanto é importante acomodar-se bem para aproveitar ao máximo esse
momento. E enquanto você ouve a música, todos os sons do ambiente e a minha voz, não respire
profundamente a não ser, é claro, que queira relaxar mais e sentir mais conforto. Ótimo. E à
medida que vai respirando, vai relaxando cada vez mais confortável. Relaxando e desligando
de tudo, de quase tudo. Ficar ligado somente em você.
Eu estou na expectativa para saber se você irá se permitir ir em frente e perceber com
que rapidez e facilidade pode sentir-se completamente relaxado e desfrutar de todo esse prazer.
Ótimo. Excelente. Sempre é importante saber desfrutar daquilo que está fazendo, por um
tempo, você não concorda? É claro. E enquanto você está aí bem acomodado, bem confortável,
me ouvindo e aprendendo, me ouvindo e aprendendo, talvez ainda não tenha percebido como
seus pés agora já estão mais relaxados, suas pernas, o abdômen bem relaxado, bem
descontraído, as costas, os braços, os ombros, o pescoço, o rosto totalmente descontraído.
Enfim todo seu corpo se soltando descontraindo e relaxando mais e mais. Ótimo.
Relaxar é fácil, seu inconsciente sabe que você está relaxando mais a cada respiração e
a seguir você pode inspirar, ótimo! E ao exalar, isso, perceba como todo seu corpo está
completamente relaxado agora. Excelente. E perceba como isto aumenta a sensação gostosa de
conforto, paz e conexão. E à medida que continua respirando, você pode perceber ou não, que
está indo para um estado mais profundo de conexão. Conectando-se melhor com suas forças
interiores mais profundas e pode ir mais profundo, profundo... e realmente desfrutar estar
fazendo isso. Muitas vezes a gente nem percebe quando se permite ser invadido por uma
sensação de serenidade, lucidez, otimismo, confiança e muita paz interior, não é verdade?
Ótimo!
E essa experiência traz os aprendizados que podem ajudar você a mover-se na direção
de uma nova compreensão sobre como é fácil mudar o que se quer mudar. Então faça deste,
um momento de prazer e gratificação por permitir-se relaxar, ter novas percepções que geram
melhores atitudes e melhores resultados. Isso sempre acontece quando você dedica um tempo
só para você. Para entrar mais profundamente nesse universo fantástico que é você. Entrar e
descobrir as coisas boas que ele contém que podem enriquecer sua vida, as reservas de poder
que estão a sua disposição, sua chama interior. E num tempo ou noutro você irá perceber que
a cada visita que faz, mais coisas preciosas descobre. E você está indo profundo, profundo e
quanto mais profundo for, mais surpreendentes são as descobertas. E quanto mais vezes, mais
segurança tem para a próxima e nunca é a mesma coisa. E sentir-se cada vez mais livre, forte e
seguro. E sempre é maravilhoso e enriquecedor.
Você provavelmente tem consciência, ao menos a nível inconsciente, de que quando
terminar o exercício terá acumulado mais sabedoria. Isso é bom, está perfeito. É mais ou menos
como uma viagem maravilhosa de integração descoberta e crescimento. Dando-se a permissão
para libertar-se e tornar-se verdadeiramente quem quer ser.
E se fizer o exercício corretamente vai aprender o que quer aprender, e quando a alma
está assim serena a mente fica aberta e receptiva para aprender, descobrir e crescer. E você
deve estar curioso para saber o que irá aprender hoje. O relaxamento provavelmente aumenta
a sua curiosidade e vontade de novas compreensões e descobertas. Na verdade, você aprendeu
muitas coisas hoje, pois todos os dias aprende-se muito. Conscientemente talvez nem perceba
o quanto já aprendeu. Mas o seu inconsciente sabe, ele sabe tudo, na verdade ele tem todas as
respostas. E agora que está olhando para dentro de você está pronto para descobrir, perceber
e compreender muitas coisas novas algumas delas você tem consciência. Fazendo o exercício
significa que aprenderá o que quer aprender. E a cada vez que o fizer aumentará sua habilidade
e você está bem relaxado, então está aprendendo mais rapidamente. Porque você sabe que
qualquer pessoa num ambiente muito barulhento em princípio não consegue entender quase
nada. Você consegue lembrar de um momento em que esteve num ambiente muito barulhento?
Aposto como no início não entendia quase nada, mas ao poucos é possível aguçar a percepção
e mesmo sem se dar conta começa-se a entender uma mensagem e outra, e outra, e outra, é
incrível a capacidade que o ser humano tem para adaptar e criar novas percepções e novas
referências para a compreensão das coisas e às vezes nem se da conta de que tem mais recursos
do que tinha antes. Você sabe inconscientemente que tem essas capacidades. Isso lembra às
vezes quando nos deparamos como um amontoado de tábuas esparramadas. Na forma como
elas estão o seu valor é bem reduzido. Mas se você pegar uma tábua e juntar com outra, mais
outra, mais outra, começa a ganhar forma, você consegue fazer uma imagem do que estou
falando? E consegue imaginar o quanto seu valor aumenta, não consegue? E veja que tudo já
estava lá! É só uma questão de juntar as partes, aliás, normalmente a questão está em
simplesmente encontrar um meio de juntar as partes.
Você sabe que o tempo do relógio difere do nosso tempo interno ... Quando você assiste
a um filme que gosta, duas horas passam como se fossem apenas meia hora ... Em
compensação, quando você ouve um discurso de um político repetitivo, 10 minutos parecem
durar uma hora. Assim, nós podemos modificar nosso tempo interno a nosso favor ... Você pode
vivenciar algumas coisas em câmera lenta. Você pode modificar este tempo interno. Vamos
fazer uma pequena experiência que vai te ajudar muito em algumas coisas.
Imagine, então, um campo de flores ... As flores que você preferir ... Podem ser flores
do campo, jasmins, papoulas, margaridas, tulipas, o que você desejar ... Imagine este campo ...
quando você conseguir visualizá-lo, faça um pequeno sinal, balanço ou aceno com sua cabeça.
Ótimo! Então, agora, quando eu disser já ... Você começará a colher flores neste campo,
o máximo que puder ... Eu contarei um minuto no relógio e lhe direi quando deve parar ... Então,
já ... Comece! ... (Contar um minuto e continuar falando o que se segue) ... Comece a colher o
máximo de flores que você puder ... Você pode sentir o perfume delas ... O caule ... Você pode
ir formando um buquê ... Isso, vá juntando ... O máximo que você conseguir colher ... Aproveite
deste tempo ... Ótimo! ... (Quando der um minuto, fale) ... Pare, agora ... E, devagarinho, dentro
do seu transe, abra seus olhos e me conte que quantidade e qualidade de flores você colheu,
mantendo-se em transe.
....
Muito bem, feche seus olhos novamente e aprofunde seu transe. Para colher estas flores
no tempo do relógio, você levaria muito mais que um minuto ... Mas, lá dentro de você ... Sua
mente sábia soube distorcer o tempo a seu favor ... Para que você pudesse, em apenas um
minuto, colher muitas flores.
Você também pode modificar seu tempo interno em outras situações. Se estiver uma
dor aparecer, pode senti-la por um ou dois minutos apenas, mesmo que no tempo do relógio se
passem muitos minutos ... E, logo em seguida, deixar que a dor se vá. Ou ainda, quando estiver
em uma situação em que esteja sentindo muito prazer, pode viver seu tempo interno em câmera
lenta. Com o tempo desacelerado, as coisas acontecendo ao seu redor bem devagar e você
curtindo o momento, desfrutando com calma.
Agora aprofunde ainda mais o seu transe. Imagine uma escada. Essa escada pode estar
subindo ou estar descendo. Tanto faz. O importante é que a cada passo que você der nessa
escada, o seu transe aprofunda ainda mais. Você pode se permitir chegar a um nível muito
profundo do seu inconsciente, para desfrutar do exercício de forma plena. Com sua mente
consciente fazendo alguma outra coisa, em algum outro lugar, enquanto eu trabalho com sua
mente inconsciente. Agora eu vou contar número e cada número que eu contar, você andar um
degrau. E a cada degrau seu transe vai aprofundando ainda mais, inconsciente. Ótimo. 1,
andando. 2, aprofundando o seu transe. 3, 4, no seu próprio tempo, no seu próprio ritmo, da
sua própria maneira. 5, 6, ainda mais profundo. 7, cada vez mais inconsciente. 8, caminhando
para um transe quase sonambúlico, onde seu inconsciente é capaz de ouvir e atender a cada
palavra que eu disser, mesmo que sua mente consciente não saiba o que está sendo feito. 9,
quase lá. 10, isso, em um transe 10 vezes mais profundo agora! Ótimo. Assim, podemos
continuar o exercício, para poder trabalhar sua relação com sua esposa. Mais especificamente
o momento mais íntimo de vocês. Eu vou pedir para você imaginar uma série de coisas, e sua
mente consciente pode ficar um pouco tímida talvez, mas sua mente inconsciente sabe da
importância desse exercício, te deixando confortável para imaginar tudo o que for solicitado.
Agora imagine uma tela de cinema. Você pode imaginar uma tela de cinema? Quando você
conseguir visualizar, faça um pequeno sinal, balanço ou aceno com sua cabeça. Nessa tela, veja
passar um filme, um filme com o seu dia. Um dia ideal, tranquilo, prazeroso. Suas filhas foram
para um passeio que elas queriam. E você e sua esposa tem uma tarde uma noite inteira só para
vocês dois. Se veja encontrando-se com sua esposa e vocês desfrutando de um momento
agradável. E conforme estão juntos, vão namorando, desfrutando da companhia um do outro.
Trocam beijos e caricias. Totalmente tranquilos e despreocupados. Você tem a capacidade de
perceber o que é agradável e prazeroso para ela, e vai utilizando isso para dar prazer para ela.
Continue vendo esse momento de preparação e de troca de carícias. Enquanto vocês dois
sentem muito prazer com isso. Esse estágio inicial vai durar em torno de 30 minutos de muito
bem-estar e prazer. Imagine isso enquanto eu permaneço alguns instantes em silêncio ....
Ótimo! Agora continue vendo e imaginando isso e veja chegando o momento da
penetração, com sua mulher já estimulada e veja vocês dois em uma dança sensual, os dois no
mesmo tempo, no mesmo ritmo em harmonia. Ótimo. Agora volte esse filme de vocês, para
antes do momento da penetração. Um minuto antes. Se veja na cena e permita o tempo
desacelerar para você. Sua esposa está no tempo normal. Porém para você o tempo está em
câmera lenta. Permita, veja, você curtindo o momento e sentindo o prazer do ato da penetração.
Nessa dança sensual. Se de conta de que o orgasmo já era para ter acontecido. Porém como o
tempo está desacelerado, ele ainda não aconteceu. E o tempo vai desacelerando mais para você
e sua esposa vai tendo todo o tempo para que ela chegue ao orgasmo. Ela tem o tempo que ela
considerar satisfatório para curtir a relação. Depois que sua mulher chegou ao orgasmo, você
percebe ela satisfeita. Então o tempo desacelera e você percebe que você está chegando ao
orgasmo.
Ótimo! Agora quero que você assista tudo isso novamente. Porém isso vai ocorrer sem
a desaceleração. E você vê vocês dois nessa relação com o tempo suficiente para curtir o prazer
da sua sexualidade. Vou permanecer alguns instantes em silêncio enquanto você visualiza isso.
...
Agora eu gostaria que sua mente inconsciente imagine uma linha do tempo. E marque
nessa linha do tempo todas as vezes em que você e sua esposa tiveram uma relação sexual,
tanto no passado, no presente e inclusive no futuro. Sua mente inconsciente vai levar você a
cada uma dessas cenas e repetir tudo isso que fizemos em cada uma delas. Assim em todas as
cenas você e sua esposa terão o tempo o suficiente para curtir sua sexualidade. Repita esse
processo 10 vezes, ou mais, até que esse tipo de experiência se torne algo natural no seu
inconsciente. Enquanto eu permaneço em silêncio. Quando você terminar faça um pequeno
sinal, balanço ou aceno com sua cabeça.
A mente inconsciente guarda muitos tesouros como um guarda de um museu de arte
que se posta em uma sala cheia de esculturas e pinturas de belas mulheres. Eles ficam a observar
as reações das pessoas, quando caminham pela sala e ouvem as súbitas exclamações, os "ahs"
e "ohs" de admiração que simplesmente brotam dos lábios quando veem aquelas coisas tão
bonitas que prendem a respiração. É fácil mostrar nossa admiração com essa resposta
inesperada, descontrolada, o mesmo tipo de reação que se vê em crianças quando ganham um
presente especial um brinquedo talvez um presente de aniversário ou de Natal. Pode ser
divertido observar sua animação [descontrolada enquanto rasgam o papel de embrulho e o
jogam de lado em qualquer lugar e gritam e sacodem o brinquedo e começam de imediato a
brincar com ele e com certeza o quebram antes mesmo de terem a chance de dizer "Obrigado!"
Mas pode ser mais gratificante ver um adulto ganhando um presente olhando com cuidado o
pacote, apreciando a beleza da embalagem e devagarinho, abrindo-o saboreando cada
momento de antecipação, apreciando o prazer de cada passo descontraindo-se com o tempo,
cedendo às tentações mas aproveitando o tempo para apreciar de cada passo, parando vez ou
outra pra dizer alguma coisa, para expressar sua satisfação, se perguntando em voz alta o que
poderia ser e então, afinal, abrindo a caixa, retirando o presente devagar, delicadamente
suavemente expressando o prazer de uma forma profunda e genuína. Deixando quem o deu
receber atenção por um tempo. E então, somente então, quando tudo o mais foi feito,
explorando afinal o presente completamente, gostando bastante um do outro como
verdadeiros amantes da arte que também aproveitam o tempo, permitem que a beleza se
infiltre, sentam-se e refletem e gostam um do outro por horas e horas sem fim. Com uma quieta
reverência e respeito, eles pagam tributo de modo tranquilo, e isso os leva para longe das
multidões de crianças ruidosas escapando dos gritos "Olhe isto e aquilo!" E no meio disso tudo:
o guarda em pé, lá atrás, guardando e protegendo sabendo que às vezes entra um professor,
acalma as crianças, prede a atenção delas e devagar, com cuidado lhes explica como olhar
calmamente a beleza então elas se sentam e olham e sentem o prazer aumentar conforme, aos
poucos, começam a saber como controlar seu próprio saber.
E eu fico me perguntando, se você ainda se lembra daquelas tábuas? Como tudo já
estava lá! Era só uma questão de juntar as partes, e que aliás, normalmente a questão está em
simplesmente encontrar um meio de juntar as partes. Isso lembra às vezes quando se está
viajando num dia de muita serração, muito nevoeiro ou num lugar sem luz, numa noite muito
escura. Você já teve essa experiência, não teve? No início não se enxerga nada, é incrível como
aguça a curiosidade para encontrar algum indicador que possa orientar o caminho certo. E à
medida em que aguçamos nossa percepção vamos descobrindo novos indicadores que podemos
usar como referência, depois outros e mais outros e mais outros. Incrível nossa capacidade de
descobrir novos sinais que pode nos manter no caminho certo, não é mesmo? E o mais incrível
é que os sinais sempre estão lá. O que muitas vezes, num primeiro momento parecia um
obstáculo é apenas um sinal de que estamos no caminho certo até porque se olhar um pouco
mais para a frente logo ali após a serração e a escuridão está a claridade, não é verdade? É como
a água que vai seguindo seu curso, fluindo e fluindo, às vezes um pouco rápida e outras vezes
mais lenta, mansamente fluindo e fluindo. O rio sempre encontra seu curso, ele é muito flexível,
e como a flexibilidade é importante. E eu fico me perguntando agora que você está melhor
preparado para aprender, se vai se permitir abrir sua mente fluir e fluir mansamente para dentro
deste universo de riqueza infinitas, onde se encontram todas as respostas, aguçar sua
curiosidade e enxergar talvez através da serração e da escuridão com os olhos da mente e com
as novas referências que você descobriu para conseguir perceber o que não percebia antes.
Pode até se quiser escolher algo que não estava bem compreendido por você, que estava muito
nebuloso parecendo mais como um amontoado de tabuas esparramadas.
Use seus novos sinais indicadores para enxergar através da serração e transformar estas
tábuas numa linda casa. Você pode fazer isto não pode? E se você pode, você deve. Porque você
pode ouvir seu inconsciente agora e pode confiar no seu inconsciente. Todas as pessoas que
fazem o exercício aprendem muitas coisas e todos sabem que você pode aprender qualquer
coisa precisa apenas fazer as perguntas e prestar atenção para entender as respostas. Suas
perguntas significam que você conhece as respostas a nível inconsciente. Aposto como agora
você consegue juntar as tábuas e construir sua casa, não consegue? Uma e outra e outra. Ótimo!
Nem sei se você já observou como aquilo que antes parecia um ruído ensurdecedor era na
verdade seu inconsciente tentando passar para você as respostas das suas perguntas de vez que
ele tem todas as respostas apenas você não sabia como escutá-lo. E uma resposta e mais uma,
e mais uma. Excelente! Não sei também exatamente com que rapidez sua mente consciente vai
perceber agora o que seu inconsciente já sabe, que cada vez que fluir mansamente para dentro
de você fará novas e enriquecedoras descobertas trazendo junto à sensação de intenso bem
estar e grande disposição para viver. Cada exercício ajudando crescer e se expandir mental,
material e espiritualmente. Você pode ainda não ter percebido que agora tem mais recursos do
que tinha antes e o mais importante é o senso de certeza e de segurança de que agora sabe
como encontrar suas respostas e a cada resposta obtida, obviamente fica mais fácil de obter
outras respostas. E esta compreensão é o caminho para a mudança, para o crescimento, para o
autodesenvolvimento, que desperta o poderoso desejo de aplicar tudo isso no sentido positivo.
E eu fico curioso em sabe se você vai começar aplicar agora todos esses aprendizados e você
sabe o quanto isso é importante para você. Confie na sua intuição para ajuda-lo a perceber
novos e bons sentimentos e esses sentimentos provocam outros bons sentimentos que
melhoram seus comportamentos.
É claro que você está vendo as coisas de forma diferente agora. Aprendeu mais coisas e
aprenderá muito mais amanhã com muito mais facilidade e prazer. É possível aprender qualquer
coisa rápida e facilmente e pode mudar rápido ou lentamente, como quiser. Você
provavelmente tem consciência, ao menos no nível inconsciente, que quando terminar o
exercício terá acumulado mais sabedoria. Eu sei que você está feliz. Talvez você perceba o
quanto está feliz com esses aprendizados e certamente sabe muito mais do que acredita saber.
Cedo ou tarde você entenderá como esse exercício realmente coloca a pessoa no caminho da
mudança, do crescimento, da transformação. Você agora é uma pessoa melhor do que era antes
e apreciará isso mais a cada vez que o fizer e se, por acaso algum dia acontecer uma
eventualidade de você se encontrar dentro de uma serração fechada ou numa noite escura,
simplesmente pare. Pare e ouça, certamente conseguirá ouvir sua voz interior dizendo: “eu
estarei sempre contigo, eu estarei sempre contigo”. Então ouça que ela possui a luz necessária
para iluminar seu caminho e tornar sua jornada esplendorosa, radiante e bela. Para viver uma
vida iluminada, apaixonada e feliz. E no seu próprio tempo, no seu próprio ritmo, venha voltando
aos poucos. Devagar, na minha contagem. Eu vou contar de um até 10 e quando eu chegar no
10, você vai abrir os seus olhos, trazendo com você o conforto e o bem estar do seu transe. 1,
venha voltando devagar, 2 trazendo pro consciente, somente aquilo que o inconsciente julgar
necessário, 3, 4, 5, sentindo suas mãos e seus pés, 6, 7, mexendo suas mãos e seus pés, 8, 9
quase lá. 10 abrindo os seus olhos, trazendo com você o conforto e o bem estar do seu transe,
totalmente desperto.

Interesses relacionados