Você está na página 1de 16

Programação I

Fundamentos da Linguagem C++

Arrays (Vetores)

Prof. Ícaro Prado

icaroprado@gmail.com
Arrays

São agrupamentos de variáveis do mesmo tipo.

Possuem um nome comum diferenciando-se seus elementos pelo


índice entre colchetes.

Diz-se que é um vetor quando seus elementos possuem uma


única dimensão, ou um único índice; que é uma matriz quando os
seus elementos possuem duas dimensões.

• Unidimensionais: Vetor;
• Bidimensionais: Matriz.
1. Vetores

Até aqui trabalhamos com variáveis simples, que só recebem um


dado por vez. A partir deste momento, trataremos sobre variáveis
compostas, que são capazes de armazenar mais de um dado ao
mesmo tempo.

Podemos definir um vetor como uma variável dividida em vários


“pedaços”, onde cada pedaço é identificado através de um
número, referente à posição de uma determinada informação no
vetor em questão. O número de cada posição do vetor é chamado
de índice.

É, na verdade, um grupo de posições de memória consecutivas,


todas de mesmo nome e mesmo tipo.
1.1. Declaração de Vetores

Os vetores ocupam espaço na memória. Por isso precisamos


declará-lo.

Declaramos vetor onde se declaram as variáveis.

A forma de declarar um vetor é:


tipo nome [quantidade];

Para declarar um vetor, escrevemos um tipo (int, float, double ou


char), seguido pelo nome do vetor (definido como variáveis) e
pelo subscrito (ou índice). O índice indica o número de elementos
do vetor (contido entre colchetes [ ]).
Por exemplo:

int c [12];

A figura mostra um vetor de valores


inteiros chamado c, que contém 12
elementos.

Observe que o vetor foi declarado com 12


componentes (ou elementos) e que estes
componentes são numerados a partir do 0
(zero) e, assim, o último componente é o
índice 11.
Outros exemplos de declarações:

double nota[9];

float peso[5];

int idade[4];

char nome[30];
1.2. Inicialização de Elementos em Vetores

Há ocasiões em que se deseja que o vetor, ao ser criado, já tenha


valores atribuídos a seus itens, ou seja, um vetor pode ser
inicializado na sua declaração.

int vet [5] = {16, 8, -7, 33, -12};

Como o vetor só dispõe de 5 posições, se um sexto valor fosse


dado, isso acarretaria em um erro, pois foi declarado que o vetor
teria no máximo 5 elementos.
Saída de Dados

cout << nomes [3];

Esta instrução escreve na tela, o conteúdo da Posição 3 do vetor


chamado nomes.

Entrada de Dados

cin >> nomes [3];

Esta instrução entra com o conteúdo da Posição 3 do vetor


chamado nomes.
1.3. Inicialização feita pelo Usuário

Utiliza-se uma das seguintes instruções de repetição: for ou while.


Exemplo: armazenar 4 idades.

#include <iostream>

using namespace std;

int main ( ) {

int idade [ 4 ];

for (int i = 1; i <= 4; i++) {

cout << “Digite o valor de uma idade: “;

cin >> idade[i];

}
Exemplo 2: armazenar e mostrar 4 idades.

int idade [ 4 ];
for (int i = 1; i <= 4; i++) {
cout << "Digite o valor de uma idade: ";
cin >> idade[i];
}
for ( i = 1; i <= 4; i++) {
cout << "Idade " << i << ":" << idade[i] << "\n";
}
Outros Exemplos:

Dado um array a definido como:


int a[100];

a) preenchê-lo com o valor 30;


for (int i = 0; i < 100; i++) {
a[ i ] = 30; }

b) preenchê-lo com os números inteiros 1,2,3,...,100.


for (int i = 0; i < 100; i++) {
a[ i ] = i; }

c) preenchê-lo com o valor -1.


for (int i = 0; i < 100; i++) {
a[i] = -1; }
1.4. Vetor de caracteres

Outro exemplo de vetor : um vetor com componentes do tipo char,


também conhecido como string (sequencia de caracteres).

a) Inicialização:
char str[] = “Hi”;
char v[18] = {“isto é uma string”};
char str2[] = {‘a’,’b’,’c’,’d’,’e’};

b) Leitura:
cin >> str;

c) Escrita:
cout << str;
Exemplo:

char str1[20];

char str2 [] = "string";

cout << "Entre com uma palavra: ";

cin >> str1;

cout << str1 << "\t" << str2;


1.5. Exemplos:

1. Dado um array:

int a[10];

a) Preencha-o com o valor 74 e mostrar o resultado na tela.


b) Preencha-o com os números de 10 a 19 e mostrar o resultado
na tela.

2. Faça um programa que atribua ao quinto elemento de um array


de tamanho 8 o valor (b*b - 4 * a * c). Mostre o resultado na tela.
Exercícios

1. Dado um vetor a definido como a[100], preenche-lo com o valor


200;
2. Dado o vetor definido no exercício anterior, faça um programa
que mostre o resultado obtido na tela.
3. Dado o vetor definido nos exercícios anteriores, preenche-lo
com os números inteiros 1, 2, 3, ..., 100 e mostrar na tela o
resultado.
4. Criar um programa para realizar a leitura de 5 letras que irão
preencher as posições de um vetor v[5]. E para finalizar, exibi-las
na tela.
5. Faça programa para receber 5 inteiros, digitados pelo usuário,
para serem armazenados no vetor vet. Mostre os inteiros
digitados.