Você está na página 1de 107

Instituto Superior de Plásticos Fabricação

WORKBOOK

para

tubo de extrusão

Curso prático

Preparado por

Tubo de departamento da extrusão

1 st edição de 2009

Página 1
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

RECONHECIMENTO

No seu programa para melhorar continuamente a qualidade das instruções ao

Instituto Superior de Plásticos Fabricação, Comité de Direcção do Curriculum

iniciou a criação das pastas de trabalho para todos os cursos práticos que estão sendo oferecidos

no Instituto. O Comité é dirigido pelo Dr. Khaled Al-Ghefaili, eo

membros são Dr. Ahmad Al-Ghamdi, o Sr. Hiroshi Takeshita, Engr. Issa Al-

Khormi, Mr. Sumio Iwase, Mr. Kazuhiko Sawada, o Sr. Sanjay Rawat, o Sr.

Zakaria Musa, eo Sr. Virgilio Calpe.

Este é o HIPF livro para Pipe Extrusão de Curso Prático. o

conteúdo deste livro foram compilados através dos esforços dos membros

do Departamento da extrusão da tubulação, ou seja, Noli Humpay, Jojie Siojo, Robert

Sistena, Donnel Joya, Subhash Thota, Raffy A. Malanyaon e Kazuhiko

Sawada (Consultor Especialista japonês). Edição, formatação e design by

Virgilio Calpe.

março 2009

Página 2
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

ÍNDICE

Introdução … … … … … … … … … … … … … … … … … … . 4

Objetivos do Curso ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .... 5

Normas gerais de segurança ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... 6

Notas Folha de Resumo ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... 7

Workshop de Actividades

Atividade 1-Segurança no Workshop ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 8

Atividade 2-Oficina de Meio Ambiente ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 18

Atividade Entendimento de 3 Bilateral em uma oficina ... ... ... ... .... 24

Atividade 4-matérias-primas ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 29

Atividade 5-extrusora máquina ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .... 39

Atividade 6-Vacuum Bath Tanque / resfriamento ... ... ... ... ... ... ... ... ... 45

Atividade 7-Haul-off Machine / Traction ... ... ... ... ... ... ... ... .... 51

Atividade 8 de serra de corte ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .... 62

Atividade 9-Tipping Tabela ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 71

Atividade 10-computador de controle ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... 77

Atividade 11-Mock Operação ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .. 87

Glossário ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... .... 102

Referências … … … … … … … … … … … … … … … … … … ... 107

página 3
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

INTRODUÇÃO

Para produzir os operadores competentes para a indústria, a formação teórica deve ser conjugada com
exercícios práticos suficientes. Este livro foi concebido para se certificar de que os futuros operadores de
máquinas desenvolver as habilidades e conhecimentos necessários para o processamento de tubo de
plástico através da prática e workshops. As atividades aqui são destinadas a familiarizar os formandos
nas peças da máquina e suas funções, os princípios de funcionamento e técnicas de processamento de
tubo de plástico.

page 4
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

OBJETIVOS DO CURSO

No final deste curso prático, os formandos será capaz de:

1. Compreender melhor a importância da segurança no processamento de extrusão de tubos;

2. Compreender a importância do bom ambiente de trabalho;

3. Conheça os materiais usados ​na fabricação de tubos de plástico e as diferenças desses


materiais entre si;

4. Identificar peças de máquinas de equipamentos no processamento de extrusão de tubos e descrever as

funções destes componentes de máquinas; e

5. Solucionar anormalidades encontradas no processamento de tubo de plástico.

page 5
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

ORIENTAÇÕES GERAIS DE SEGURANÇA

1. Acima de tudo, observar sempre boas maneiras e Direito Conduta (GMRC) em todos os
momentos.

2. Vêm sempre a tempo e observou prescrito pausa e demissão tempo.

3. Sempre use prescritos uniformes e segurança sapatos.

4. Respeito todos os instrutores e consultores em todos os momentos.

5. Não opere quaisquer máquinas ou equipamentos, tais como empilhadeira, porta-paletes


manuais, etc., a não ser com o consentimento do seu respectivo instrutor.

6. Comer não é permitido nas instalações da oficina. Comer só é permitido durante o


tempo de pausa no refeitório.

7. Sem dormir dentro da sala de aula. Não fumar em qualquer dado momento.

8. Sempre use prescrito Equipamentos de Proteção Individual (EPI) quando dentro do


workshop.

9. Sempre observado bom relacionamento com seus colegas de formandos.

10. Manter a limpeza e ordem, que seja nas salas de aula ou no chão de fábrica. Não
desarrume. Vandalismo é estritamente proibida.

11. Seja um indivíduo responsável. Nenhum cavalo de jogo.

12. Sem telefones móveis durante a aula.

13. Use salas de conforto da maneira correta.

14. Tudo que você faz, perguntar primeiro o consentimento do seu respectivo instrutor para evitar qualquer

incidente desagradável.

page 6
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

Notas FICHA

Trainee Nome: _________________________ Grupo: ________

Semestre ___ Ano Escolar ___________

ACTIVIDADES GRAU

Atividade 1-Segurança no Workshop

Atividade 2-Oficina de Meio Ambiente

Atividade Entendimento de 3 Bilateral num Workshop

Actividade 4-Raw Materials

Atividade da máquina 5-Extrusora

Atividade 6 a vácuo tanque de banho / resfriamento

Atividade 7-Haul-off Machine / Traction

Atividade 8-Cutting Saw

Atividade Tabela 9-Tipping

Atividade de controle de 10 Computador

Operação

Nota média Atividade 11-Mock

page 7
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 1

Segurança no Workshop

BASES TEÓRICAS

Antes de prosseguir com as nossas diversas atividades na oficina, é altamente recomendável que primeiro
prestar especial atenção ao bem-estar e segurança de cada atividades como oficina de desempenho
individuais. Como o slogan popular na maioria das instituições, diz, "SEGURANÇA EM PRIMEIRO
LUGAR!". Era verdade ontem. Ainda é verdade hoje e será verdade amanhã.

As perguntas a seguir será a nossa base no tratamento que a segurança significa para nós em nossas atividades da
oficina diárias.

1. Quais as áreas no piso da oficina que você precisa prestar muita atenção? E que tipo
de atenção que você tem que pagar?

2. Quais são os equipamentos de protecção individual necessário?

Vamos abordar essas questões uma a uma, para garantir um ambiente suave e segura dentro da
oficina de processamento tubo de plástico.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI)

Por que nós temos que usar equipamento de protecção


pessoal? Equipamentos de proteção pessoal não só ajuda a
proteger as pessoas do perigo, mas também melhora a sua
produtividade na linha de produção.

PPE pode reduzir o número de potenciais lesões e


doenças no trabalho.

Estes sinalização sempre pode ser visto em um local de


trabalho onde uso de Equipamentos de Proteção Individual é
uma obrigação.

page 8
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop

Base Teórica ... continuação

Roupa desgaste do trabalho A. ou Uniform

isto é muito importante para todos os


formandos a usar uniforme de trabalho antes
de entrar na oficina porque uniformes (roupas
de trabalho) proteger seu corpo de
queimaduras e outros objetos perigosos que
possam ferir qualquer parte do seu corpo.

B. Usar Calçado de segurança

Proteja seus pés com um par de


sapatos ou botas de segurança com
sola antiderrapante e saltos.

C. uso de luvas adequadas

DE ALTO TEMP
LUVAS DE MÃO

SUPERFÍCIE QUENTE

D. Usa óculos Goggles

Proteja seus olhos com óculos de


segurança adequado (óculos de segurança,
óculos de proteção, protetores faciais)
quando se trabalha em uma oficina em
condições de poeira pesada.

page 9
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop

Base Teórica ... continuação

Protecção contra o desgaste Ear E.

Proteger a sua audição com


abafadores acústicos ou
conecta enoperating
wh barulhento

equipamento tal como


moinhos.

F. Wear Cap protecção de cabeça (Capacete)

Proteja sua cabeça com um capacete de segurança ao executar obras


de construção, reparação de máquinas e outros trabalhos relacionados com
os riscos de lesão cabeça.

G. Máscara facial de uso

Proteja seus pulmões com a correta


equipamento respiratório (du
st sks ma, cartucho
respiradores, máscaras de gás, pacotes de ar) ao

trabalhar em um condições de poeira, aplicação de

produtos químicos, que trabalham em silos, tanques,

silos e de matérias-primas locais de armazenamento.

page 10
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para ser capaz de identificar as áreas perigosas na oficina

2. Para se familiarizar com sinais e símbolos usados ​para a segurança

3. Para se familiarizar com o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI)

PROCEDIMENTO

1. Avance para a máquina e tentar identificar todos os perigos potenciais na gestão da fábrica de
extrusão de tubos.

2. Parte I-Identificar os sinais de segurança e símbolos que são ilustradas em sua folha de dados.

3. Parte II-Identificar o Equipamento de Proteção Individual ilustrado na sua folha de dados,


e dar seus respectivos usos.

page 11
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop
NOME TRAINEE GRUPO NO.

Parte I-identificar os sinais e símbolos de segurança

1. Extrusora armário elétrico

Símbolo para:

2. Para trás da Máquina Extrusora

Símbolo para:

3. Aquecedores de tambor

Símbolos para:

4. Die conjunto da cabeça

Símbolo para:

page 12
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page
2 of 6 2Page
2ofde
62Page
6 of 6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop
NOME TRAINEE GRUPO NO.

Parte I-identificar os sinais e símbolos de segurança ... continuação

5. Vacuum Bath

Símbolo para:

Saw 6. Corte

Símbolos para:

Saw 7. Corte

Símbolo para:

Saw 8. Corte

Símbolo para:

page 13
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
3 Página
6 de 6 Página
3 de
3 de
6 Page
3 de
6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop
NOME TRAINEE GRUPO NO.

Parte I-identificar os sinais e símbolos de segurança ... continuação

9. Dentro de corte cerco Saw

Símbolos para:

10. Dentro de corte cerco Saw

Símbolo para:

11. Tabela Tipping

Símbolos para:

12. Material de sistema de transporte Auto

Símbolo para:

page 14
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page 4 4dede6 6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop
NOME TRAINEE GRUPO NO.

Parte II-Identificar o Equipamento de Proteção Individual

1. 2.

3. 4.

5. 6.

page 15
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
5 Página
6 de 6 Página
5 de
5 de
6 Page
5 de
6

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

EU. Lista para baixo 5 sinalização de segurança encontrados na máquina da extrusão da tubulação.

1. _________________________________________________

2. _________________________________________________

3. _________________________________________________

4. _________________________________________________

5. _________________________________________________

II. Lista para baixo 5 equipamentos de protecção individual que você precisa para trabalhar na extrusão
Oficina Pipe.

1. _________________________________________________

2. _________________________________________________

3. _________________________________________________

4. _________________________________________________

5. _________________________________________________

page 16
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 6 de 6

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 1-Segurança no Workshop

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

page 17
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 2

oficina de Meio Ambiente

BASES TEÓRICAS

UMA. Oficina limpa

As máquinas da extrusão da tubulação estão localizados na oficina # 4. O Workshop também abriga


a extrusão da folha e máquinas de termoformagem, eo Laboratório de Ensaios. Há duas salas de
aula, escritórios pessoal, duas salas de conforto e Ferramentas e arrecadação de materiais.

Aqui tudo está bem definido e limpo. Visitar nossa oficina é muito apreciada. A porta de entrada é
o tipo de balanço que podem ser abertos e fechados rapidamente. Ele é projetado para facilitar o
movimento de ir para dentro e fora. O piso de concreto é pintado e mantido limpo e brilhante. O ar
frio é fornecido a partir do exterior usando mais frio do deserto para manter a oficina confortável.

B. Arranjo máquina

A instalação de extrusão de tubos consiste de uma extrusora, o dado, um banho de pó, um de tração, uma serra de corte,

e uma mesa de tombamento.

As máquinas estão dispostos de tal modo que o espaço da oficina é otimizado e não há espaço suficiente
para Estagiários e Instrutores para se movimentar durante o treinamento.

page 18
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 2-Oficina de Meio Ambiente

Base Teórica ... continuação

Grandes máquinas são mantidos em perto das paredes. O piso tem marcações para áreas restritas e
caminhos para assegurar visitantes segurança.

C. Segurança Dentro do Workshop

A segurança é o fator mais importante durante o treinamento. As máquinas devem ser mantidos em boas
condições. No primeiro dia de treinamento, os estagiários são orientados sobre a sua segurança pessoal, as
regras da oficina, e segurança em máquinas.

Antes que os estagiários fazer treinamento prático, vemos a ele que eles estão preparados e
seguro, e bem orientada sobre os possíveis perigos de operar a máquina.

page 19
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 2-Oficina de Meio Ambiente

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Conhecer a Oficina # 4 Regras e Regulamentos.

2. Para se familiarizar com a configuração da máquina oficina # 4.

PROCEDIMENTO

O que é em Pipe Extrusão Oficina?

1. Faça um tour pela oficina com um instrutor sênior e observar todas as coisas que você pode encontrar no

interior.

2. Anote todas as coisas que você observou na sua folha de dados.

page 20
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 3

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
Actividade 2-Oficina de Meio Ambiente
NOME TRAINEE GRUPO NO.

O que é em Pipe Extrusão Oficina?

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________

page 21
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 3

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 2-Oficina de Meio Ambiente

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

Escrever T se a afirmação é verdadeira e F se for falsa.

________ 1. Na Oficina # 4, da extrusão da tubulação do processo é um dos cursos que está sendo ensinado.

________ 2. da extrusão da tubulação Workshop é limpo e organizado, e tem uma


ambiente confortável para a aprendizagem.

________ 3. As longas e muitas máquinas utilizadas na extrusão de tubos fazer a


oficina cheia e inseguro para ensinar os estagiários?

________ 4. Os visitantes não querer visitar oficina de extrusão de tubos, porque


é perigoso dentro.

________ 5. Os formandos devem ser orientados sobre segurança pessoal, oficina


regras e segurança da máquina, no primeiro dia da classe.

page 22
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 3 de 3

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 2-Oficina de Meio Ambiente

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

page 23
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 3

Entendimento Bilateral num Workshop

BASES TEÓRICAS

Um relatório

É necessário observar pontualidade na oficina.


Docentes e
Os estagiários devem siga esta regra.
Todos estão orientados e preocupados com as suas
responsabilidades. Instrutor
e os estagiários devem coordenar com os outros
durante a sua formação dentro da oficina.

Os estagiários devem respeitar seus colegas estagiários e,


acima de tudo, seus instrutores. Eles devem apresentar todos
os requisitos no tempo.

B. Comunique

Comunicação significa troca de informações entre as


pessoas por meio de falar ou escrever. É muito
importante para Trainees
para aprender adequada
comunicações.

A formação workshop irá preparar os formandos para


aplicar a comunicação adequada quando eles vão para
seus respectivos empregos na indústria de plásticos.

C. Discussão

Os formandos terão de enfrentar muitas tarefas em


seus trabalhos futuros que iria obrigá-los a falar e ser
compreendido. Dentro da oficina, todos os formandos
são obrigados conversa usando o idioma Inglês.

page 24
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Entendimento de 3 Bilateral num Workshop

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para conhecer as regras e regulamentos em oficina # 4

2. Para saber as práticas de chão de fábrica segura

PROCEDIMENTO

PARTE I-tubulação Regras Workshop de extrusão e Regulamentos

1. Ir ao redor da área da extrusão da tubulação na oficina # 4 e ler as regras e regulamentos


publicados.

2. Entenda as regras e tentar memorizá-las.

3. Em sua folha de dados escrever a razão cada uma das regras são necessárias.

PARTE II-Geral Orientação

1. Tour do workshop com um instrutor sênior enquanto usava o EPI prescrito.

2. Ouça o que o instrutor explica sobre a máquina, utilitários e todos os equipamentos


dentro.

3. Tome nota que o têm observado e aprendido.

4. Responder a todas as perguntas em sua folha de dados.

page 25
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 3

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Entendimento de 3 Bilateral num Workshop
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-tubulação Regras Workshop de extrusão e Regulamentos

Regras e regulamentos em extrusão de tubos

1.

2.

3.

4.

5.

6.

7.

page 26
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 3

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Entendimento de 3 Bilateral num Workshop
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE II-Geral Orientação

Explicar por que essas coisas são importantes dentro da oficina.

1. Segurança

2. Equipamentos de Proteção Individual

3. Reportando-se a classe

4. Comunicando com a colega estagiário

5. Estudo sobre a máquina

6. Respeitar o Instrutor

page 27
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 3 de 3

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Entendimento de 3 Bilateral num Workshop

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

page 28
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 4

Matéria prima

BASES TEÓRICAS

tubos plásticos são feitos de diferentes tipos de plásticos ou resina. Cada resina tem as suas propriedades adequadas

para utilização como tubos de plástico.

Estes plásticos matérias-primas diferem na sua capacidade de processamento, forma aparência, a cor, e as suas
propriedades físicas e químicas. Estas são informações muito importantes que devem ser conhecidos antes de
resinas de plásticos são processados ​em um tubo de plástico.

Principais diferenças entre PVC e PEAD

Descrição PVC HDPE

forma material Pó e peletes Pellets

Resistência ao calor Menos (até 80 o C a 110 o C) Bastante (até 110 o C)

resistancce frio Menos Boa (até - 80 o C)

rigidez Alto Flexível

T g; temperatura de transição vítrea 75 o Para C 85 o C - 125 o C

T m, derretendo temporário. n/D 135 o C

Encolhimento 1% - apenas 1,5% 2% - 4%

temperatura de processamento. para a tubulação 130 o C - 180 o C 180 o C - 230 o C

Adesiva, selagem a quente e selagem


Adesão nenhum, vedação de calor única
de radiofrequência

Congelamento / material de purga Necessário Não há necessidade

page 29
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

Materiais WORKSHOP DE ATIVIDADE # 4-primas

Bases teóricas … contínuo

Tubo de extrusão Condição

Plásticos diferentes têm condições de temperatura de processamento diferentes.

HDPE requer uma temperatura mais elevada do que o PVC, desde PVC contém cloro e pode decompor-se ou
queimar quando aquecido a mais de 200 ° C.

Exemplo da temperatura de processamento, ° C, utilizando o extrusor de parafuso único de HIPF:

E1 E2 E3 Adaptador E4 D1 D2 D3

PVC 170 175 180 180 170 185 190 n/D

HDPE 180 190 200 210 190 210 210 205

Grupos plásticos

Os plásticos são geralmente agrupados em dois tipos: os termoplásticos e os termoendureciveis.

• Thermoplastic- refere-se a um material plástico que amolece quando aquecido e endurece novamente
quando arrefecida. Isto pode ser feito várias vezes.

• Thermoset- refere-se a um material plástico que amolece quando aquecido mas fique apenas por um curto período de

tempo e, em seguida, endurece. A principal diferença é que com termoplásticos, termoendurecíveis não pode ser

aquecido e re-aquecida para amaciá-la novamente.

page 30
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

Materiais WORKSHOP DE ATIVIDADE # 4-primas

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para rever os dois principais subgrupos de plásticos

2. Para saber os materiais comuns utilizados para tubos de plástico

3. Para saber a diferença entre PVC e PEAD quando processados ​como tubos

4. Para conhecer os aditivos para PVC e o uso de materiais de congelamento

PROCEDIMENTO

1. Faça um tour pela oficina e olhar para os materiais apresentados pelo instrutor.

2. Observe os materiais apresentados em sala de aula (uso sentidos como toque).

3. Ouça o seu instrutor, ele nomeia os exemplos de cada registro de materiais sobre a sua folha
de dados.

4. Lembre-se o conteúdo de cada tanque de material, em seguida, escrever em sua folha de dados.

page 31
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
Materiais ATIVIDADE # 4-primas
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-plástico Grupos

EXEMPLOS DE TERMOPLÁSTICOS

1.

2.

3.

4.

5.

termoplásticos [ posso não pode] ser reciclados.

EXEMPLOS DE termofixos

1.

2.

3.

Thermosets [ posso não pode] ser reciclados.

PLÁSTICOS materiais comumente utilizados para tubos

1.

2.

3.

4.

page 32
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
Materiais ATIVIDADE # 4-primas
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE materiais II-Raw em HIPF de Processamento de tubulação

1. 2.

Nome: ______________________ Nome: ______________________

Formato: ______________________ Formato: ______________________

Cor: ______________________ Cor: ______________________

3. 4.

Nome: ______________________ Nome: ______________________

Formato: ______________________ Formato: ______________________

Cor: ______________________ Cor: ______________________

page 33
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
3 Página
7 de 7 Página
3 de
3 de
7 Page
3 de
7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
Materiais ATIVIDADE # 4-primas
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE III-prima utilizada para a limpeza Extrusora Depois de produção de PVC

1.

Nome: ______________________

Formato: ______________________

Cor: ______________________

PARTE IV-aditivos para PVC

de
aditivo
Tipo
aditivo
detipo
aditivo
tipo
de aditivo
de
tipo Função

S______________ Evitar a degradação térmica de PVC

Evitar a degradação causada pela luz (luz UV) para PVC


Ultra____________

P_______________ Proporcionar flexibilidade e suavidade de PVC

Melhorar a resistência mecânica, módulo de flexão e


F_______________
temperatura de distorção térmica

Tornar mais fácil para os plásticos a escorregar, para minimizar o calor de


Lu_____________
fricção

EU ESTOU______ Dá PVC maior resistência ao impacto

page 34
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page
4
7 de 74Página
4dede7 7Page
4 de

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
Materiais ATIVIDADE # 4-primas
NOME TRAINEE GRUPO NO.

Tanques PARTE IV-armazenamento Conteúdo

page 35
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 5 de 7

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


Materiais WORKSHOP DE ATIVIDADE # 4-primas

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

EU. A partir da lista abaixo, escreva o nome do material sob seus subgrupos corretos

resina epóxi, polipropileno (PP), Polybutylene (PB), resina de


melamina, de polimetilmetacrilato (PMMA), cloreto de polivinila (PVC),
polifenóis, Polietileno (PE)

termofixos THERMOPLASTICS

1. ______________________________ 1. ______________________________

2. ______________________________ 2. ______________________________

3. ______________________________ 3. ______________________________

4. ______________________________

5. ______________________________

II. Quais são estes materiais? Escrever as respostas nos espaços em branco.

UMA. B. C.

________________ ________________ ________________

III. HIPF usar esses materiais em extrusão de tubos:

1. Po_____________ __________ = PVC

2. Hi___ __________ ______________ = HDPE

page 36
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 6 de 7

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


Materiais WORKSHOP DE ATIVIDADE # 4-primas

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS ... continuação

IV. Que material é mais duro como um tubo?

1. PVC 2. HDPE

V. Que o material tem uma temperatura de processamento menor, usando o nosso Proton 45?

1. PVC 2. HDPE

VI. Ligue cada tanque para o conteúdo correto usando uma linha.

compostos de PVC, compostos de PVC, composto de PVC,

pelotas retíficas em pó

page 37
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 7 de 7

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


Materiais WORKSHOP DE ATIVIDADE # 4-primas

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

page 38
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 5

Máquina extrusora

BASES TEÓRICAS

• Uma extrusora é uma máquina destinada à extrusão de uma resina termoplástica.

• Extrusão para processamento de tubos é o processo de aquecimento de resina termoplástica, tornando-o


uniformemente macia dentro do barril, misturando e empurrando-o pela rosca através da matriz e, finalmente,
formando-os em um tubo como a forma do produto final.

• As partes básicas de uma extrusora são: motor, transmissão, funil, parafuso, barril, aquecedor, adaptador, e
morrer.

page 39
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 5-extrusora máquina

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para ser capaz de conhecer as diferentes partes básicas do extrusor.

2. Para ser capaz de conhecer as funções de cada uma das peças fundamentais da extrusora.

PROCEDIMENTO

Peças PARTE I-básicos da extrusora

1. Em sua folha de dados são retratos de uma extrusora, e algumas partes básicas.

2. identificar corretamente as partes básicas da extrusora, anotando os nomes dos componentes


básicos da extrusora no espaço fornecido.

PARTE II-funções de cada parte básica da extrusora

1. Em sua folha de dados, anote as funções de cada uma das partes básicas de
extrusora.

página 40
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 4

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 5-extrusora máquina
NOME TRAINEE GRUPO NO.

Peças PARTE I-básicos da extrusora

3.

6.

1. 7.

8.

2.

4. 5.

page 41
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 4

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 5-extrusora máquina
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE II-funções de cada parte básica da extrusora

1. Motor

2. engrenagem

3. Hopper

4. parafuso

5. Barrel

6. Aquecedor

7. Adaptador

8. Die

page 42
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 3 de 4

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 5-extrusora máquina

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

Escolha a resposta correta.


1. Que parte da extrusora dirige o parafuso? (um barril
(C) do motor principal

(B) Hopper (D) Parafuso

2. O que parte da extrusora transmite o binário do motor para o parafuso da


extrusora? (A) Motor
(C) Parafuso

(B) Engrenagem (D) Die


3. Que parte da extrusora mantém e alimenta as matérias-primas para o barril de
extrusão? (A) Hopper
(C) Barrel
(B) Parafuso (D) Engrenagem

4. É um tubo cilíndrico de metal forte, onde o material é alimentado, aquecida, fundidos, misturados e

empurrado por o parafuso para a frente? (um parafuso

(A) Hopper
(B) Adaptador (D) Barrel
5. Que parte de misturas de extrusão e movimentos / empurra o plástico derretido para a frente dentro

do barril? (um parafuso

(C) Die
(B) Hopper (D) Adaptador

6. O que é a parte da extrusora que é instalado em volta do tambor para dar calor e, em seguida,

derreter ou amolecer a resina no interior do cano? (A) Die

(C) Aquecedor

(B) Barrel (D) Adaptador

7. Que parte da extrusora liga o cano e a matriz? (A) Die


(C) Motor
(B) Adaptador (D) Barrel
8. Qual é a parte final da extrusora, onde o tubo está sendo formado? (A) Hopper

(C) Parafuso

(B) do tambor (D) Die

page 43
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 4 de 4

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 5-extrusora máquina

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

page 44
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 6

Banho de vácuo / tanque de resfriamento

BASES TEÓRICAS

• tanque de vácuo é o estágio seguinte do processo, após abandonar a fieira. É onde o tubo é
formado e arrefecido.

• Na entrada do tanque de vácuo, um calibrador é fixo para controlar o tamanho ou a


dimensão do tubo.
• Para atingir o padrão de dimensão do tubo, que é formada com base no tamanho do
calibrador, a bomba de vácuo deve ser activada durante a operação.

• O tanque de vácuo deve ser preenchido com o arrefecimento / água gelada até ao nível desejado (abaixo do

tubo de transportar para fora) para arrefecer o tubo.

• bomba de pulverização deve ser activada durante a operação de pulverização a água gelada em torno do
tubo.

tanque de

vácuo

page 45
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 6-Vacuum Banheira / tanque de resfriamento

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para ser capaz de configurar o tanque de vácuo para a operação.

2. Para ser capaz de conhecer as funções de cada sistema ou partes do tanque de vácuo.

PROCEDIMENTO

PARTE I-instalação do tanque de vácuo para Operações

1. Vá para o seu Proton 45 máquina atribuída e inspecionar visualmente o calibrador


antes de o instalar.

2. Encha o tanque de vácuo com refrigeração / refrigerados à água até o nível desejado abaixo do tubo de

transportar para fora.

3. Verifique o sistema de aspersão de água se trabalhar premindo o botão de jacto de água.

4. Verifique o sistema de vácuo, se trabalhar premindo o botão da bomba de vácuo.

PARTE II-Funções de Peças tanque de vácuo

1. Em sua folha de dados, anote as funções do calibrador, sistema de pulverização de água,


sistema de vácuo e água gelada.

page 46
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 4

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 6-Vacuum Banheira / tanque de resfriamento

NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-instalação do tanque de vácuo para Operações

Verifique após a conclusão de set-up.

No. Parts Sim / Não Observações

1 calibrador

Água de arrefecimento /
2
água gelada

3 sistema de pulverização de água

4 sistema de vácuo

Nível de água

bomba
pulverização
de
Bomba
sprayde
debomba
spray
Bomba
de pulverização

bomba de vácuo Calibrador

page 47
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 4

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 6-Vacuum Banheira / tanque de resfriamento

NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE II-Funções de Peças tanque de vácuo

No. Parts Funções

1 calibrador

Água de arrefecimento /
2
água gelada

sistema de
3
pulverização de água

sistema de
4
vácuo

sistema de pulverização de água

calibrador

nível de água gelada

e entrada de
sistema de vácuo

page 48
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 3 de 4

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 6-Vacuum Banheira / tanque de resfriamento

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

Escolha a resposta correta.

1. O sistema é utilizado para atingir a medição do tamanho correcto do tubo com base
na norma? (A) Sistema de vácuo
(C) de água gelada
(B) sistema de pulverização de água (D) Calibrador

2. O que é um sistema do tipo pitada de que o spray de água ao redor do tubo no interior do tanque
de vácuo? (A) de água gelada
(C) Sistema de vácuo
(B) sistema de pulverização de água (D) Calibrador

3. Qual é o sistema de tanque de vácuo para fazer a tubulação vêm em estreito contacto com a
manga do calibrador para atingir o tamanho padrão do tubo?

(A) Sistema de vácuo (C) Calibrador


(B) de água gelada (D) O sistema de aspersão de água

4. O que é o líquido que resfria o tubo no interior do tanque de vácuo? (A) Calibrador
(C) de água gelada
(B) sistema de pulverização de água (D) Sistema de vácuo

5. O que é o equipamento corrente para baixo junto ao morrer? (A) do tanque de


vácuo (C) Sistema de vácuo
(B) Calibrador (D) O sistema de aspersão de água

page 49
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 4 de 4

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 6-Vacuum Banheira / tanque de resfriamento

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

página 50
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 7

Haul-off Machine / Traction

BASES TEÓRICAS

extrusão de plásticos tubulação consiste em vários processos e máquinas. Cada um é muito importante para
produzir um tubo de boa qualidade.

Um destes equipamentos é chamado o tração (haul-off) máquina e é geralmente chamado de extrator.

Este assim chamado puxador, puxa o tubo extrudido a partir da matriz a uma taxa constante. A velocidade de puxar deve

ser constante de modo que a espessura da parede mantém-se a mesma através de ai fora do tubo.

O tipo de extrator em HIPF é

chamado CORREIA extrator

Descrição das máquinas de transportar para fora HIPF no Workshop 4

• 2 cinto de transporte fora com 2 servomotores

• Tamanho do tubo = até 63 mm de diâmetro externo

• Velocidade = 0,1-60 m / min

• largura da correia = 80 milímetro

• = comprimento da correia 850 milímetros

• pressão de ar operando, Alimentação = 5 bares

page 51
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction

fatores importantes

PRESSÃO DO AR

Air pressão das forças pneumáticas fazer o cinto de entrar em contacto com o tubo.

CORREIA DE MOVIMENTO

A correia gira em direcção um ao outro e em sentido oposto de modo a que o tubo é puxado.

PUXANDO VELOCIDADE

A velocidade de estiramento é a velocidade à qual o transportar para fora puxa o tubo. Ela é medida em "m /
min".

Se a velocidade é muito rápido ele pode fazer com que o tubo seja cortar ou rasgado na parte morrer.

Se for muito devagar, ele pode fazer com que o tubo de sag e bloco o calibrador.

pressão de aperto

Apertando-pressão a força com que a correia ou rolo entra em contacto com o tubo. Isto é
possível devido à pressão do ar.

Se o força for demasiado elevada ele pode causar uma ou deformado tubulação não circular . Se for muito baixo, que

podem ter contato solto com o tubo que podem fazer com que o tubo para escorregar. Isto irá, então, levar a um

calibrador bloqueado.

page 52
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para aprender o uso ea importância do extrator no processamento de tubulação

2. Para saber funções de grandes partes da máquina haul-off

PROCEDIMENTO

1. Ir para uma unidade de tracção energizado e ligado conforme atribuído pelo seu instrutor.

2. Identificar o nome e as funções de partes importantes como o seu instrutor explica.


Grave o nome na folha de dados.

3. Registre suas observações e respostas na folha de dados

4. Faça como a instrução diz sobre este livro sobre o seguinte:

PARTE I-Peças e funções da máquina

PARTE II-Ar Pressão

PARTE II-Belt Movimento

PARTE IV-Puxando velocidade

PARTE Pressão V-aperto

page 53
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 8

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-Peças e funções da máquina

• Outros nomes para a tracção (puxar off) máquinas são:

1. P__ __ __ __ __

2. TOMAR - __ __ __ SYSTEMS

• Os tipos mais comuns destes são

1. R __ __ __ puxadores

2. CORREIA puxadores

3. CATERPILLAR P __ __ __ __ __

• Nome das principais peças da máquina

1.
2.

3. 4.

page 54
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page 2 2dede8 8

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE II-Ar Pressão

1. Ir para o regulador de ar de entrada no lado esquerdo.

2. Olhe para a posição inicial da correia superior.

3. Gire o botão de ajuste para a direita. Ver foto

Que sentido é que a correia superior ir?

acima

baixa

4. Agora colocá-lo para 0 valor bar girando o botão para a esquerda.

Que sentido é que a correia superior ir?

acima

baixa

5. Ajuste o botão novamente para colocar


pressão de ar. Desta vez, configurá-lo
para o meio. Qual é o valor no meio?

_____ Bares ou ____ psi

6. Escreve todas as leituras de pressão


em bares no desenho à direita.
bares

página 55
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
3 de 8 Página
8 3 de 8 3
Page
de

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction
NOME TRAINEE GRUPO NO.

6. Agora verificar ou ajustar a pressão para a correia superior.

traseira contrapressão = 1 bar pressão principal = 2 bares frente contrapressão = 1 bar

PARTE III-Belt Movimento

1. Coloque o " valor de referência a partir de " para transportar OFF

2. Pressione o botão Inicia Motor.

O que acontece com o cinto?

roda de correia paradas de cinto

3. Pressione o botão Motor Parar.

O que acontece com o cinto?

roda de correia paradas de cinto

4. Pressione o botão Iniciar Motor novamente

5. Olhe para a direção da correia superior e inferior gira correia.


6. Qual cintos gira a direção traçada abaixo?
7. Mantenha a rotação do motor para a nossa próxima atividade.

______________ cinto ______________ cinto

página 56
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page 4 4dede8 8

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE IV-Puxando velocidade

1. Olhe para a velocidade inicial no indicador.

Transporte fora FASTER

Transporte fora SLOWER

2. pressione Transporte fora mais rápido botão por 5 segundos. O que acontece com a velocidade?

Início Velocidade = m / min

FIM DE VELOCIDADE = m / min

3. pressione Transporte fora mais lento botão por 10 segundos. O que acontece com a velocidade?

Início Velocidade = m / min

FIM DE VELOCIDADE = m / min

4. Mudar o valor de referência para extrusora.

É a velocidade mesmo que o fim de "m / min" no passo 3?

SIM NÃO

page 57
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
5 de 8 Página
8 5 de 8 5
Page
de

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction
NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE Pressão V-aperto

Controle de lançamento

Squeeze trilha

1. Pressione o botão Track Squeeze. O que acontece com o cinto superior?

2. Pressione o botão Controle de lançamento. O que acontece com o cinto superior?

3. Coloque o "Valor de Referência de" mudar para extrusora, em seguida, pressione Pista Squeeze.

Será que a correia superior movido para baixo?


SIM NÃO

4. Coloque o "Valor de Referência de" mudar para transporte fora, em seguida, pressione Controle de lançamento.

Será que a correia superior subiu?


SIM NÃO

page 58
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page 6 6dede8 8

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

EU. Dê dois outros nomes para a tração?


1. ________________________
2. ________________________

II. Múltipla escolha

1. A correia superior em nossa tração vai ______________ quando pressione o botão Track
Squeeze.
uma. certo c. esquerda

b. acima d. baixa

2. A pressão do ar de entrada no lado da tracção é definido como


uma. 6 bares. b. 2 bares.
c. 10 bares. d. 5 bares.

3. A rotação da correia ___________ quando nós pressionamos transporte fora botão mais rápido.

uma. torna-se mais lento b. torna-se mais rápido


c. parada s d. não mude

4. Se o lanço fora a velocidade é muito rápido,

uma. o tubo que está sendo puxado se torna plana.

b. o tubo que está sendo puxado pode rasgar ao lado da matriz.

c. haveria nenhuma alteração na qualidade.

5. Se a pressão de aperto ou de contacto no tubo sendo puxado é demasiado elevada,

uma. o tubo que está sendo puxado se torna plana.

b. o tubo que está sendo puxado pode rasgar ao lado da matriz.

c. haveria nenhuma alteração na qualidade.

III. Verdadeiro ou Falso.

Escrever T, se você acha que a frase é verdadeira e F se falso. _____ 1. A tracção é


normalmente posicionado após o banho de vácuo. _____ 2. A tração não é importante para a
produção ea qualidade do tubo. _____ 3. Extrator é um outro nome para a tração.

_____ 4. A velocidade da rotação da correia é definido utilizando o botão "Motor Stop". _____ 5. O tubo pode
deformar-se a pressão de aperto é demasiado elevada.

página 59
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 7 de 8

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS … contínuo

IV. Nome das peças e desenhar.

1. Coloque os nomes das partes no espaço fornecido.

UMA. __________________________ B. __________________________

C. __________________________ D. __________________________

2. Desenhar o símbolo da tracção encontrados no painel de funcionamento do nosso extrusora de parafuso


único.

página 60
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 8 de 8

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Máquina 7-Haul-off / Traction

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

página 61
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 8

Saw Cutting

BASES TEÓRICAS

Cortando serra corta a tubulação processado para um comprimentos específicos (3 m a 6 m).

Quando a extremidade do tubo atinge uma posição especificada, um interruptor de limite activa. Isto faz com
que a máquina de aperto do tubo, então a serra de corte corta o tubo. Depois o tubo é cortado, a unidade se
move para trás para a posição original.

serras circulares são muitas vezes utilizados para cortar os tubos rígidos. serras de corte precisa ser rápido
para evitar bur e fornecer superfície de corte limpo, bem como uma boa precisão dimensional.

A unidade de serra de corte consiste em

1. Painel de operação,
2. Corte viu com escudo,
3. motor elétrico,
4. Ajuste Velocidade do carro,
ajuste de velocidade 5. Corte, e
6. Medidor de pressão.

Partes principais da Corte Saw

• Corte de serra, é uma serra circular que corta o tubo processado com superfície de corte limpo.

• unit-presente Carriage sistema aperta o tubo e avança de acordo com a velocidade de corte.
Quando o tubo é cortado em seguida, move-se de volta para a sua posição original.

Velocidade de corte

É muito importante que a velocidade da serra de corte deve ser rápido, caso contrário, a superfície de corte do
tubo terá brocas. Você começa uma superfície de corte limpo quando a velocidade de corte é muito rápido.

página 62
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 8 de serra de corte

BASES TEÓRICAS … contínuo

com protetor
serra com protetor de corte de serra
Saw Cutting com protetor de corte de
de Operação Painel com protetor
Operação Painel de Operação Painel
Motor elétrico Operando Cutting Saw Painel de

de
transporte
equipamento
Unidade
equipamento
dedetransporte
de transporte
de de equipamento de transporte

de
​S
velocidade
Apeed
velocidade
corte​Cutting
Speedde corte

calibre
pressão
Calibre
Medidormedidor
de
depressão
pressão
de

transporte
carro
Velocidade
velocidade
velocidade
do Carro do

página 63
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 8 de serra de corte

OBJECTIVO DA ACTIVIDADE

1. Para saber os nomes e partes da unidade de corte.

PROCEDIMENTO

PARTE I-Peças da Unidade de Corte

1. Vá para o andar Oficina e observar a máquina de corte Saw atribuído a você pelo seu
instrutor.

2. Usando a folha de dados na página seguinte, corretamente listar os nomes e partes da


serra de corte.

3. Olhe para o painel frontal do corte viu tentar lembrar as partes da serra de corte. Em
sua folha de dados, anote os nomes das partes.

PARTE II-3 (três) partes principais do Saw Cutting

1. Em sua folha de dados, identifique as três partes principais da serra estacas e dar suas
respectivas funções.

página 64
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 8 de serra de corte

NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-Peças da Unidade de Corte

Unidade
equipamento
AO
A UNIDADE
TRANSPORTE
de transporte
DE
o carro
TRANSPORTE
dadeunidade

1.

2.

página 65
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page
2 of 6 2Page
2ofde
62Page
6 of 6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 8 de serra de corte

NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-Peças da Unidade de corte ... continuação

unidade
A unidade
dede
pressão
pressão
AA
1.

2.

3.

4.

5.

6.

página 66
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
3 Página
6 de 6 Página
3 de
3 de
6 Page
3 de
6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 8 de serra de corte

NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE I-Peças da Unidade de corte ... continuação

de
operação
O painel
operação
de
O operação
painel
O painel
de de
O painel

1.

2.

3.

4.

5.

6.

7.

página 67
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page 4 4dede6 6

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 8 de serra de corte

NOME TRAINEE GRUPO NO.

PARTE II-3 (três) partes principais do Saw Cutting

3 Identificar e nome e as partes de serra de corte

1.

2.

3.

Funções das 3 partes principais

1.

2.

3.

página 68
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
5 Página
6 de 6 Página
5 de
5 de
6 Page
5 de
6

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 8 de serra de corte

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

EU. Escolha a resposta correta.

1. Papel do corte da serra no processamento de tubo. (A.) Para cortar o


tubo processado (c.) Puxar o tubo (b.) O tamanho do tubo
(D.) Nenhuma das anteriores

2. Como é o corte de serra funcionando? (A.)


Por motor elétrico (C.) Manualmente

(B.) Tanto (D.) Nenhuma das anteriores

3. Que é uma parte da serra de corte? (A.)


Calibrador (C.) Morrem

(B.) Serra circular (D.) Nenhuma das anteriores

4. você pode identificar o comprimento do tubo em HIPF? (A.) 4M


(C.) 3M
(B.) 5M (D.) 1M

5. Qual é o papel da unidade de transporte no sistema de corte? (A.) Mantenha


o tubo (C.) Cortar o cano
(B.) Empurrar o tubo (D.) Nenhuma das anteriores

II. Verdadeiro ou falso

1. Corte viu necessidades de lubrificação do óleo para a lubrificação de peças. ( )

2. Não podemos ajustar a velocidade de serra de corte. ( )

3. A nossa serra de corte cortes 6 metros tubo de comprimento. ( )

página 69
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 6 de 6

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 8 de serra de corte

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

página 70
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 9

Tabela Tipping

BASES TEÓRICAS

Tipping tabela é um mecanismo que transferir os tubos de 3 metros que foram cortados pela serra de corte para o
carrinho de empurrar através da activação do mecanismo basculante com a ajuda de sensores.

Esta tabela de inflexão tem dois sensores.

1. Um sensor envia sinais para o corte de serra para cortar o tubo.

2. Um sensor dá o sinal para transferir o tubo de depósito mesa para empurrar carrinho.

Tabela Tipping

página 71
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Tabela 9-Tipping

Bases teóricas … contínuo

2 Sensor Mesa Sensor 1

Painel de operação Motor

Sensor Motor

página 72
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Tabela 9-Tipping

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para saber mais sobre tombamento mesa.

2. Para identificar os 5 (cinco) partes principais da tabela de tombamento.

PROCEDIMENTO

1. Vá para o andar Oficina e observar a tabela de inflexão que lhe foi atribuído pelo seu
instrutor.

2. Usando a folha de dados na página a seguir, liste corretamente para baixo as partes da tabela de
tombamento.

página 73
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 3

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Tabela 9-Tipping
NOME TRAINEE GRUPO NO.

5 (cinco) partes principais da Tabela Tipping

2.
5.

1.

4.

3.

Funções das peças principais da Tabela Tipping

1.

2.

3.

4.

5.

página 74
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 3

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Tabela 9-Tipping

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

EU. Quantos sensores estão lá na tabela de inflexão?


uma. 3
b. 2
c. 1
d. 4

II. Dê as 5 partes da tabela de inflexão

1. ___________________________________

2. ___________________________________

3. ___________________________________

4. ___________________________________

5. ___________________________________

III. Verdadeiro ou falso

1. Tipping Tabela funciona por sensores. ( )

2. Sensores corta o tubo processado. ( )

3. mesa Tipping ter 2 sensores. ( )

página 75
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 3 de 3

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Tabela 9-Tipping

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

página 76
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

ATIVIDADE WORKSHOP # 10

Controle de computador

BASES TEÓRICAS

A extrusora computador pessoal (PC) é o "coração e alma" do processo de extrusão de tubos de plástico.
É onde os comandos para as operações da máquina
veio, e em que os parâmetros operacionais são armazenados para execução. Ela substitui o método
convencional de operações durante as fases iniciais de desenvolvimento da tecnologia. O rápido
crescimento da informatização fez as operações de uma máquina de plástico tubo de extrusão muito
mais fácil. Conhecimentos básicos de computador é necessário para realizar esta atividade.

O PC controla o seguinte:

1. temperaturas da zona Die

2. temperaturas da zona barril de extrusão

3. A velocidade do parafuso

4. Traction

5. motor principal

página 77
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

Base Teórica ... continuação

A Assembleia Estação de Controle e o Painel de Controle

10.4 "display colorido


Luz piscante TFT (tela de toque
opcional)

filtro de saída (sistema


de arrefecimento selado 68 teclado de
dentro) membrana chave
(16 com LED)

Botão de parada de

emergência

emergência 24 V ventilador DC e

para o circuito de viagens de

Chave de comando operado

exibir a tensão de controle 24 V)

paragem de emergência e para

botão luminoso (aviso de relé de

O Painel de Interface consiste em:

• 2x prova robusta e tampas contra poeira,

que pode ser bloqueado ou desbloqueado

pressionando o botão de pressão


Painel de
Interface

• interface da impressora paralela 1x

• interfaces USB 2x

• 1x PS2 interface do teclado (5 V


fusível)

• Interface 1x Ethernet RJ45

• 1x 3,5 "unidade de disquete (1,44


MB)

vista traseira

página 78
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

Base Teórica ... continuação

O teclado do Painel de Controle

1 2
4
3

5
6

8
7

10

11
12

14
13
9

1. IMPRESSORA key-imprimir uma cópia de uma tela

2. NEXT PAGE-chave alternar entre a tela atual ea tela exibida pela última vez

-chave atualmente 3. MENU tela disponível será exibido

4. trás e para frente chaves-"alargar" e / ou "retirar" uma sequência de tubo corrugado

5. ABERTO e FECHADO chaves-para abrir e fechar as mandíbulas de aperto do extrator

6. chaves-para a unidade iniciar uma unidade e para a pré-selecção de um ajuste de velocidade

7. Na chave (verde) e tecla OFF (vermelho)

8. SYNCHRONOUS-chave tanto para iniciar a linha inteira ou para realizar uma modificação de
velocidade para toda a linha

9. teclas NUMÉRICAS

página 79
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

Base Teórica ... continuação

10. APAGAR-chave tanto exclui a entrada numérica que foi acabado de entrar, mas ainda não foi
confirmada pressionando "ENTER", ou cancela uma sequência que não é para ser levada a
cabo por uma razão ou outra.

11. chaves-de rolagem de página frente e para trás através do indivíduo "Principais Screens", e
rolando para cima e para baixo dentro de um único "Tela Principal" quando sub-páginas estão
presentes

12. teclas do cursor-mover o cursor na tela

13. tecla ENTER-de imprensa após uma entrada para passar o valor para o controle EXC PRO-XP; Também
usado para alternar a chave de tela de ON para OFF ou vice-versa

14. tecla SHIFT-ativa funções adicionais

página 80
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para se familiarizar com os nomes e as funções de cada parte do PC extrusora

2. Para aprender a operar um PC extrusora, a fim de controlar os parâmetros na realização


do processo de fabricação de plástico da extrusão da tubulação

PROCEDIMENTO

1. Vá para a sua máquina atribuída e ligue a fonte de alimentação principal.

2. Familiarize-se com partes e funções do painel de controle.

3. Na sua folha de dados, identificar corretamente as partes do

Parte I-Control Assembly Station

Parte II-Control Panel

página 81
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 5

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

NOME TRAINEE GRUPO NO.

Parte I-Identificar as partes da Assembleia Estação de Controle

Na parte de trás da Estação de Controle


34

1. 5.

2. 6.

3. 7.

4. 8.

página 82
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page
2 of 5 2Page
2ofde
52Page
5 of 5

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

NOME TRAINEE GRUPO NO.

Parte II-Identificar as teclas no painel de controle

5 6
7
4

10

1
2

1. 6.

2. 7.

3. 8.

4. 9.

5. 10.

página 83
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 3 de 5

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS

Escolha a resposta correta.

1. chave que é usado para alternar entre a tela atual ea tela exibida pela última vez?

uma. Tecla de próxima página

b. chave de impressora

c. tecla de menu
d. chave de impressora

2. chave que é usado tanto para iniciar a linha inteira ou para realizar uma modificação de velocidade para toda
a linha e ele funciona da mesma maneira que as teclas de acionamento?

uma. chave Synchronous


b. ON-chave
c. chave aberta
d. tecla de avanço

3. Qual chave quando pressionado irá exibir ao longo da parte superior da tela uma barra de menu que mostra
todas as telas disponíveis atualmente?
uma. chave aberta

b. chave de impressora

c. ON-chave
d. tecla de menu

4. chave que pode ser usado para imprimir uma cópia de uma tela?
uma. tecla de menu

b. chave de impressora

c. chave Synchronous
d. tecla F3

5. chaves que são usados ​para estender e / ou recolher uma sequência de tubo corrugado?

uma. chaves frente e para trás


b. teclas ON e OFF
c. teclas de abrir e fechar
d. Conduzir e Chaves síncronos

página 84
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 4 de 5

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

PERGUNTAS E EXERCÍCIOS ... continuação

6. Quais as teclas são usadas para abrir e fechar as garras de fixação do puxador?

uma. chaves frente e para trás


b. teclas ON e OFF
c. teclas de abrir e fechar
d. teclas de acionamento e síncronos

7. chaves que são utilizados em conjunto com as teclas síncronos unidade e?

uma. chaves frente e para trás


b. teclas ON e OFF
c. teclas de abrir e fechar
d. teclas de acionamento e síncronos

8. chaves que são usados ​se o cursor estiver localizado em um campo de parâmetros azul claro onde uma
entrada numérica pode ser feito?
uma. teclas numéricas
b. teclas do cursor
c. teclas de página

d. teclas ON e OFF

9. Que chave é usada tanto para excluir a entrada numérica que foi acabado de entrar, mas não foi
confirmado pressionando a tecla Enter, ou para cancelar uma sequência que não é para ser
levada a cabo por uma razão ou outra?
uma. excluir chave
b. chave para trás
c. tecla OFF
d. Fechar chave

10. Qual chaves mover o cursor na tela?


uma. teclas do cursor

b. excluir chave
c. tecla de retrocesso
d. chave Synchronous

página 85
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
5 de 5 Página
5 de 5 5
Page
de

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # Controle de 10 Computador

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

página 86
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

ATIVIDADE WORKSHOP # 11

Operação Mock

BASES TEÓRICAS

Durante a operação da fábrica de tubos de extrusão, os seguintes formulários são usados:

1. Ordem de Trabalhos (Formulário # J01) -O horário ou tamanho para ser executado na máquina.

2. Matéria-prima requisição e deslizamento de Emissão (Formulário # M01) -Para a preparação dos


materiais.

3. Relatório de Produção diária (Formulário # PR01) -A quantidade total da produção (bom


e rejeitado) eo desempenho dos formandos e da máquina.

4. Inspeção Pipes (Formulário # QC01) -Para verificar a qualidade dos tubos produzidos.

5. Tabela de parâmetros (Formulário # MP01) -Para monitorar todas as temperaturas de parâmetros e de zona.

6. Configuração da Carta de parâmetros (Formulário # SP01) -Para guiar ou definir o parâmetro na máquina.

Procedimento de Operação Standard da extrusão da tubulação

1. preparação de utilidade:
uma. Ligar a principal fonte de energia elétrica (por manutenção).
b. Ligue o chiller sistema fechado (por manutenção).
c. Ligue o compressor de ar.
d. Ligar as bombas de água e chiller sistema aberto.

página 87
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

SOP para Pipe Extrusão ... continuação

2. Preparação do material:
uma. Retirar materiais usando deslizamento retirada do armazenamento assinado pela pessoa
responsável.

* pelotas compostos PEAD / PVC -Faça Funil certeza é limpo e em posição próxima. Em
seguida, coloque o material na caçamba.
* Purga ou material de congelação -Coloque O material de purga perto do reservatório e esperar
que a máquina para estar pronto para a purga.

3. Preparação da máquina, o aquecimento do barril & die:


uma. Ligar o interruptor principal no painel de extrusora. Notas:

* Não toque em qualquer tecla no painel do operador quando o computador está definindo-up.

A. * Verifique todas as conexões elétricas no tambor e morrer, como: termopares,


sensor de pressão, derreta a pressão, fiações elétricas, etc.

b. Ajustar a temperatura de purga, a 140 ° C e a temperatura normal em todas as zonas de aquecimento.


Em seguida, ative a 1 st ou temperatura de purga.

* temperatura normal: PVC sobre 170-195 ° C. HDPE


cerca de 190-230 ° C.
c. Ligar os respectivos aquecedores zona necessários e, em seguida, o aquecedor Mestre.

d. Abra o arrefecimento da máquina de abastecimento de água (para proteger a junta de zona de alimentação e

para se refrescar dentro do painel de controle).

e. Ligue a alimentação de equipamentos para baixo fluxo (banho de vácuo, de tração, serra e
mesa de depósito).
f. Pressione a tecla iluminada "S / H0"
* Luz é o rubor no painel de operadores.
- Switch-off a lavagem de luz, pressionando a tecla "cancelar" no painel de operadores.

- Retire o "alarme" na lista de alarmes no painel operadores.

página 88
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

SOP para Pipe Extrusão ... continuação

g. Confirmar a condição de operação do equipamento a jusante.


* Tração -test A operação de velocidade e de aperto.
* Serra -test A operação de corte e transporte.
* mesa Tipping -test A operação ponta-off e depois mudar-off.
* banho de vácuo -INSERT Lanço-off e encheu o tanque de vácuo com água até o nível
desejado abaixo do lanço-off. Em seguida, teste o spray de água e o funcionamento da
bomba de vácuo. Tudo ok, parar a bomba e feche o abastecimento de água.

4. Mudar a temperatura PURGE à temperatura normal.


uma. Quando a temperatura Purge é estável (não inferior a 1 hora do início do
aquecimento), mude para a temperatura normal. (Siga a forma de gráfico Parameter.)
Nota:
* Assim que a temperatura atingiu o normal Conjunto
Point, começar a purgar o barril de extrusão e morrem imediatamente.

5. Comece-se precauções de segurança:

uma. Operar a máquina somente se todos os dispositivos de protecção e segurança, tais como dispositivos de

segurança amovíveis, equipamentos de paragem de emergência e outros estão no lugar e totalmente

funcional.

b. Antes de iniciar-se ou definir a máquina em movimento, certifique-se de que nenhum corpo pode ser
posta em risco.

Comece-se condições

1.) o equipamento a jusante deve estar pronto para a operação.


2.) aquecedores devem alcançou as temperaturas normais.
3.) A placa de flange tambor e bandas de aquecimento deve ser firmemente fixada.

4.) Parafuso envolvidos

5.) alarme (tela 44) Não (mensagens significativa) de alarme.


6.) FALHAS (tela 43) Não (significativas) mensagens de falha.

6. Purga / limpar o barril e morrer por PVC Nota: * Sem purga com
material de zero por HDPE.
uma. Defina a caixa de rolagem sob a morrer.

b. Ligar o motor principal na Zero rpm.


c. Execute o parafuso da extrusora cerca de 3-5 rpm para o arranque inicial.

d. De entrada de purga de material na zona de alimentação manualmente.

página 89
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

SOP para Pipe Extrusão ... continuação

e. Aumentar a rpm parafuso gradualmente por 2rpm até cerca de 15-20 rpm.

f. Confirmar que o material de congelação saindo da matriz é limpa / puro.

g. Pare de encher de material de congelamento e, em seguida, fechar a porta de material de congelamento.

h. Defina o funil na abertura da zona de alimentação para alimentar material PVC / PEAD em
seguida, bloquear o pino.
Eu. Confirmar que o material de PVC que sai da matriz é puro.
j. Retire a caixa de rolagem sob a morrer.
k. Pré-definida para a sincronização (Exemplo: Parafuso = 20 rpm e tração = 0,5 rpm).
Em seguida, posicione o cursor na sincronização no aumento da velocidade.

7. Verifique a uniformidade da espessura

uma. Verificar o tubo fundido que sai da fieira, se a espessura é uniforme.

* Cortar o tubo fundido que sai da matriz com uma espátula.


* Centragem correcta quando o tubo emerge para um curto período de tempo em paralelo com o
eixo de extrusão antes da dobragem para baixo pela força da gravidade.

8. equipamento a jusante executar


uma. Mova o tanque de vácuo mais perto do die com o lanço-off para a posição
operacional.
b. Prender o transportar para fora na tração.
c. Funcionar a bomba de pulverização de água de banho de arrefecimento. Nota: * Quando a bomba de

pulverização não está sendo executado o abastecimento de água deve ser fechada e quando ele está sendo

executado o abastecimento de água deve estar aberta.

9. Ligar o tubo fundido no tubo de transportar para fora


uma. Para PVC: Ligar o tubo fundido no tubo de transportar para fora e gravata -
-se a corda para dentro do tubo fundido que está ligado ao tubo de hauloff.

b. Para HDPE: Ligar o tubo fundido diretamente no lanço-off


tubo com a corda.

página 90
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

SOP para Pipe Extrusão ... continuação

10. Execute o lanço-off:


uma. Execute o transportar para fora. Aumentar a velocidade de sincronização.

b. Mover o tanque de vácuo mais perto da fieira. Nota:


* Espere até que o tubo de transportar para fora atravessar o vácuo
tanque com o novo tubo formado, em seguida, executar a bomba de vácuo.

11. Executar o vácuo:


uma. Fazer funcionar a bomba de vácuo e ajustar a pressão a cerca de pelo menos
- 2 bares de PVC e não inferior a -4 bares para HDPE.

12. Executar a serra:


uma. Aguarde até que o lanço-off ir além da serra e remover o tubo hauloff.

b. Cortar o mau tubulação manualmente.

c. Executar a serra e certifique-se de que o interruptor de limite está ativo para cortar a boa tubulação
automaticamente.
d. Switch-on tabela de tombamento.

13. Aumentar a velocidade:


uma. Aumentar a velocidade gradualmente por 1 ou 2 rpm até atingir a configuração
desejada. (Exemplo: 60 rpm)

14. Verifique a qualidade do tubo produzido / QC:


uma. Verifique a qualidade do tubo como: OD, ID, espessura uniforme, a lisura,
etc.
b. Identificar o defeito e ajustar para obter um tubo de boa qualidade.
c. Obter amostras de tubos de QC para verificar a qualidade da tubulação com base na norma.
(Exemplo: tubulação = 30 cm de comprimento)

15. Produção continuar até que completou:


uma. A máquina agora está produzindo o tubo.
b. Monitorar os parâmetros da máquina, alimentação material e todas as partes da máquina
periodicamente para manter o bom estado funcionando. (Exemplo: a cada 3 ou 5 min.)

página 91
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

SOP para Pipe Extrusão ... continuação

16. Pare a produção:


uma. Mova o funil em uma posição perto.
b. Confirmar que a pressão no interior do cano está a diminuir. (Veja o painel do
operador).
c. Retardar o parafuso da extrusora por 5 rpm até cerca de 20 - 30rpm.
d. Para PVC: Verifique a zona de alimentação se vazio e, em seguida, entrada

material de congelação.

e. Para HDPE: Não há necessidade de material de congelamento.

17. Recolha o banho de vácuo:


uma. Mover o depósito de vácuo de distância da fieira.
b. Cortar o tubo fundido usando uma espátula.

18. Pare de baixo equipamentos stream:


uma. Pare a tração.
b. Pare a bomba de vácuo e bomba de pulverização.
c. Fechar a entrada e a abrir a saída de água de arrefecimento.
d. Pare a serra.

19. Limpeza / purga de barril e morrer:


uma. material de purga de entrada na zona de alimentação manualmente.

b. Aguarde até que o material de purga para começar a sair da matriz, em seguida, mudar a
temperatura normal para purgar temperatura.
c. Confirmar que o material de purga que sai da matriz é puro.

d. Parar de enchimento de material de purga na zona de alimentação e esperar até que o cano
está vazia. (Barrel está vazia quando não há mais material está saindo da matriz).

página 92
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

SOP para Pipe Extrusão ... continuação

20. Desligar a máquina:


uma. Retardar o rpm parafuso para cerca de 5-10 rpm.
b. Desligue o motor principal.
c. Desligue o respectivas zonas de aquecimento.
d. Desligue o aquecedor mestre.
e. Desligue todos os equipamentos a jusante (banho de vácuo, de tração, serra e mesa de
inflexão).
f. Desligue o painel de computador / do operador - esperar até que a massagem ", o computador
está pronto para mudar-off".
g. Desligar a alimentação principal no painel de extrusora.
h. Fechar o fornecimento de água de arrefecimento da máquina.

2. Desligue o ar, água e electricidade:


uma. Desligue o compressor de ar.
b. Desligar chiller sistema aberto.
c. Desligar todas as bombas de água.
d. Desligar extrusora principal fonte de alimentação (de manutenção).
e. Desligue próximo chiller sistema (manutenção).

página 93
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

OBJECTIVOS DA ACTIVIDADE

1. Para ser capaz de experimentar uma operação de fábrica de extrusão verdadeira tubulação

2. Para ser capaz de adquirir conhecimento e confiança na operação real

PROCEDIMENTO

1. Vá para o seu atribuído Proton 45 da máquina.

2. Verifique a Ordem de Trabalhos.

3. Siga os procedimentos operacionais padrão (SOP) para operar a máquina.

4. Monitore sua produção dirigida por preencher os formulários necessários durante a operação.

página 94
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 1 de 7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 11-Mock Operação
NOME TRAINEE GRUPO NO.

página 95
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 2 de 7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 11-Mock Operação
NOME TRAINEE GRUPO NO.

página 96
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página
3 Página
7 de 7 Página
3 de
3 de
7 Page
3 de
7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 11-Mock Operação
NOME TRAINEE GRUPO NO.

página 97
Form
relatório
Formulário de -Form - Página
relatório
relatório
Form Page
4
7 de 74Página
4dede7 7Page
4 de

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 11-Mock Operação
NOME TRAINEE GRUPO NO.

página 98
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 5 de 7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 11-Mock Operação
NOME TRAINEE GRUPO NO.

página 99
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 6 de 7

Corte Formulário de relatório

FICHA DE DADOS
e enviar para Instrutor
ATIVIDADE # 11-Mock Operação
NOME TRAINEE GRUPO NO.

página 100
Form
relatório
Formulário
relatório
relatório
Form
de -Form - Página 7 de 7

Corte Formulário de relatório

Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

e enviar para Instrutor


WORKSHOP DE ATIVIDADE # 11-Mock Operação

CONCLUSÃO & RECOMENDAÇÕES

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

___________________________________________________________

________________________
ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO ESTAGIÁRIO

COMENTÁRIOS DO INSTRUTOR

DA GRADE TRAINEE

Para esta atividade

________________________

ENCONTRO: __________________ ASSINATURA DO INSTRUTOR

página 101
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

Glossário de termos técnicos para a extrusão da tubulação

Barril Parte de uma máquina extrusora que abriga o parafuso e onde o


aquecimento ocorre
ventilador de refrigeração barril Um ventilador do motor elétrico que resfria o barril quando a temperatura
excedeu a sua configuração desejada
calibrador Um pedaço de metal oco ligado na entrada do banho de vácuo
onde o extrudido proveniente da matriz passa através de formar
e estabilizar a forma desejada do tubo

parafuso de aperto Um pedaço de metal que fazem o aperto do tubo durante o


processo de corte
serra de corte O equipamento que corta o tubo extrudado no comprimento
desejado
Morrer Um dispositivo em uma máquina de extrusão em que o fundido de
plástico passa através de formá-lo na forma desejada

separador de poeira Um pano em forma de balão que é usado para coletar a poeira
durante o processo de moagem
interruptor de paragem de emergência Um botão interruptor para desativar um movimento
equipamento; Usado para trazer a máquina ou equipamento a um
impasse quando uma condição perigosa surge

extrudado material plástico macio que sai da fieira


extrusora Um equipamento que forças amolecer plásticos através de uma
abertura que iria dar a forma desejada
motor principal extrusora O motor principal da máquina extrusora que acciona o parafuso de extrusão
com a ajuda de um conjunto de caixa de engrenagens de redução

sistema de refrigeração a água extrusora Um sistema de arrefecimento de água que regula a


temperatura da máquina de extrusão
Em primeiro lugar (1 st) ajuste de temperatura Refere-se ao 1 st ajuste de temperatura estágio
@ 140 ° C, para estabilizar a quantidade de calor em todas as
zonas sem queimar a purga ou material de limpeza.

composto congelamento Um material de limpeza para o parafuso e do tambor, mais comumente


vem em forma de pó e adequado para um ambiente de baixa
temperatura, como 140 ° C
Engrenagem visor de óleo Parte da caixa de engrenagens de redução, onde podemos ver
(Continua na página 103)

página 102
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

(Continuação da página 102)

o nível de óleo lubrificante para o conjunto do trem de engrenagem

Granulador ou triturador de máquina Um equipamento utilizado para trituração ou moagem


tubos plásticos para reciclagem
refrigerador granule Um tanque hopper-like, onde as pelotas produzidas são posteriormente
arrefecida usando camisa de arrefecimento de água antes das pelotas de ir
para a tela de vibração
tubulação transporta-fora Um tubo comprido usado durante o arranque, que se estende a partir da
ponta do banho de vácuo até o ponto de saída da serra de corte perto da
mesa de inflexão
banda aquecedor Um acessório que é enrolado em torno de um molde ou de um tambor e
actua como um elemento de aquecimento fornecer o aquecimento inicial do
polímero
zonas de aquecimento Peças da matriz e do tambor, onde processo de aquecimento tem lugar

Polietileno de Alta Densidade (HDPE) Um cristalino tipo


material termoplástico adequado para a produção de tubos por processo de
extrusão
Jumbo Station Bag A fase final do processo de peletização, em que os peletes produzidos
são recolhidas antes do armazenamento
tremonha parte integrante da máquina extrusora que mantém a matéria-prima

bomba de transporte a vácuo de materiais Um equipamento impulsionado por um elétrico


motor para chupar matéria-prima a partir da sua escaninho original para a

tremonha do material por vácuo

ventilação de vácuo de materiais Peça da máquina extrusora ao longo da linha do tambor, onde poderá
encontrar uma abertura para limpeza do material por meio de vácuo

parafuso de centragem mecânica Um parafuso de rosca de metal localizado dentro montagem


de matriz utilizado para centrar o extrudido para produzir uma espessura
de parede regular e uniforme para o tubo

sensor de pressão de fusão Um pedaço de um detector que determina a pressão de plástico fundido no
interior do tambor da extrusora
separador de metais Um acessório para máquina britadeira que recolhe metais
indesejados que podem danificar a máquina
Placa de painel do operador placa do painel de controle do operador, onde a
parâmetro de configuração, monitoramento e ajustes são
(Continua na página 104)

página 103
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

(Continuação da página 103)

feito
Configuração de parâmetro Lista de dados que são utilizadas como base na definição-up da máquina
para controlar condições apropriadas.
lâmina Pelletizer Uma série de peças de metal instalados no motor granulador usado para
cortar o extrudido em forma de peletes uma desejada

cabeça de pelotização Parte da máquina de paletização que corta as pelotas em seus tamanhos
requeridos
Policloreto de Vinila (PVC) Um material termoplástico amorfo adequado para a
produção de tubos por processo de extrusão
definição de pré-aquecimento A aquecer opção na extrusora PC (computador pessoal) que
permite aquecer o conjunto extrusora nos futuros dias à frente
na opção autônoma settting.

caixa de engrenagens de redução Peça da máquina extrusora que abriga o conjunto de


engrenagens que regula a velocidade do parafuso da extrusora

Vi controle velocidade do carro Um botão de ajuste para definir a velocidade do movimento do


carro de serra
Saw Corte Controle de velocidade Um botão de ajuste localizado na serra de corte equipamento
para definir a velocidade de corte
controle de velocidade de avanço da serra Um botão de ajuste localizado na serra de corte equipamento
para definir o movimento para a frente da serra apropriada.

Parafuso Parte da máquina de extrusão que gira para homogeneizar


matérias-primas para a extrusão
carga percentual Screw O grau de carga de material expresso em
Percentual (%) que é exibido no painel de controle

Screw rpm ou velocidade do parafuso A velocidade de rotação constante do parafuso da


extrusora expressa em rotações por minuto ou rpm

Segunda (2 nd) ajuste de temperatura Refere-se a dois nd temperatura estágio


ajuste para um determinado plástico para operar a máquina de extrusão.

Botão velocidade síncrona O botão no painel de operador para controlar a velocidade


do parafuso da extrusora, com a velocidade de transportar para fora da
sincronização automática com
(Continua na página 105)

página 104
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

(Continuação da página 104)

velocidade do parafuso da extrusora.

ajuste de temperatura A configuração da máquina para entregar a quantidade necessária de calor


para o bom processamento de tubo, normalmente expressa em ° C

Par termoelétrico Um dispositivo utilizado para medir a temperatura


titular termopar Um acessório para prender o termopar no lugar
mesa Tipping Um equipamento que pontas dos tubos cortada para o carrinho de tubulação

sensor de corte de mesa Tipping Um sensor electrónico, localizado apenas para a direita depois da serra

de corte, que emite o sinal para a serra para cortar o tubo com o comprimento

desejado

Tipping sensor de mesa de inflexão Um sensor eletrônico localizado na outra extremidade da mesa
de inflexão que dá sinal para o controle de tabela de inflexão a ponta do
tubo de fora para o carrinho de tubulação

valor de binário O valor de aperto necessária para apertar um parafuso in die e


extrusora conjunto expresso em Newton-metro
Tracção ou de transportar para fora Equipamento que puxa o tubo a uma velocidade constante
botão de liberação de tração O botão no controle de tração para
hidraulicamente retire a correia de lagarta superior longe de acasalamento
inferior cinto de lagarta.
velocidade de tração A velocidade puxando constante do aparelho de tração para
puxar o tubo expressa em metros por minuto

Traction botão de aperto O botão botão no controle de tração para


hidraulicamente acasalar a correia de lagarta superior à correia
lagarta inferior, a fim de puxar o tubo
motor de Traverse O motor que acciona o vácuo ou arrefecimento em banho de mais perto e
para longe do molde durante a operação.
banho de vácuo ou banho de arrefecimento Equipamento onde o plástico extrudido
(Extrudido) o material é arrefecido e estabilizado na sua forma
desejada logo após ele sai da matriz
vacuómetro Um instrumento para determinar o grau de vácuo
pressão
Bomba de vácuo Um equipamento acionado por um motor elétrico para criar pressão de
vácuo
Tela vibratória Um equipamento de transporte com uma tela que proporciona as pelotas
produzidas com um movimento de vibração para o
(Continua na página 106)

página 105
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

(Continuação da página 105)

estação de saco enorme

spray de água bomba de circulação Um equipamento acionado por um motor elétrico


para pulverizar água de refrigeração dentro do vácuo ou arrefecimento banho

página 106
Pasta de trabalho para Pipe Extrus ion Pract i ca l Course

REFERÊNCIAS

1. manual do CD Cincinnati

2. CT-2-2 Plásticos Materiais I: Tipos e Propriedades dos principais materiais plásticos,


versão 3, SPDC Ltd.

3. CT-1-6 Introdução à tecnologia de fabricação de plásticos, versão 3, SPDC Ltd.

página 107

Interesses relacionados