Você está na página 1de 1

Home Serviços Sobre Nós Depoimentos Últimas Notícias Contato Blog

O que é o Documento de Origem Florestal?


Pesquisar …
Posted on 14 de julho de 2016 by admin

POSTS RECENTES

Passo a Passo do Licenciamento


Ambiental

Quem é responsável pelo meu


licenciamento ambiental?

Manual de Licenciamento
Ambiental

Licença de Publicidade e
Propaganda

CAR, todo imóvel rural deve tê-lo


DOF – Documento de Origem Florestal
COMENTÁRIOS

Mais conhecido como DOF, o Documento de Origem Florestal é uma licença obrigatória que controla o transporte de
produtos e subprodutos orestais de origem nativa, substituindo a Autorização de Transporte de Produtos Florestais Sr. WordPress em PGRS – Plano
(ATPF), extinta em 2006. Ele é eletrônico e ajuda a combater o desmatamento ilegal. de Gerenciamento de Resíduos
Sólidos

Mas quais são esses produtos orestais?


ARQUIVOS
Existe uma lista de produtos de origem orestal que faz parte do sistema DOF. Transcrevendo as informações do site
do Ibama, temos a seguinte descrição:
outubro 2016
“O Documento de Origem Florestal – DOF, instituído pela Portaria MMA n°.253, de 18 de agosto de 2006 constitui-se
licença obrigatória para o controle do transporte e armazenamento de produtos e subprodutos orestais de origem julho 2016
nativa, inclusive o carvão vegetal nativo, contendo as informações sobre a procedência desses produtos e subprodutos,
gerado pelo sistema eletrônico denominado Sistema DOF, na forma do Anexo I da Instrução Normativa nº 112, de 21 de junho 2016
agosto de 2006.
abril 2016
Para efeito da Instrução Normativa nº 112/06, no seu artigo segundo, entende-se por:
CATEGORIAS
I. Produto orestal: aquele que se encontra no seu estado bruto ou in natura, na forma abaixo:

1. madeira em toras; CAR


2. toretes;
3. postes não imunizados; CNES
4. escoramentos;
Curiosidades
5. palanques roliços;
6. dormentes nas fases de extração/fornecimento;
DOF
7. estacas e moirões;
8. achas e lascas;
Licenças
9. pranchões desdobrados com motosserra;
10. bloco ou lé, tora em formato poligonal, obtida a partir da retirada de costaneiras;
SEMAN
11. lenha;
12. palmito;
SEUMA
13. xaxim; e
14. óleos essenciais.
META
Parágrafo único: Considera-se, ainda, produto orestal, referido neste artigo, as plantas ornamentais, medicinais e aromáticas,
mudas, raízes, bulbos, cipós e folhas de origem nativa ou plantada das espécies constantes da lista o cial de ora brasileira
ameaçada de extinção e dos anexos da CITES, para efeito de transporte com DOF. Fazer login

Posts RSS
II. Subproduto orestal: aquele que passou por processo de bene ciamento na forma relacionada:
RSS dos comentários
1. madeira serrada sob qualquer forma, laminada e faqueada;
2. resíduos da indústria madeireira (aparas, costaneiras, cavacos e demais restos de bene ciamento e de industrialização WordPress.org
de madeira) quando destinados para fabricação de carvão;
3. dormentes e postes na fase de saída da indústria;
4. carvão de resíduos da indústria madeireira;
5. carvão vegetal nativo empacotado, na fase posterior à exploração e produção;
6. xaxim e seus artefatos na fase de saída da indústria”. (fonte:Ibama)

E para que serve o DOF?


Esse documento foi criado na intenção de ter o controle do uxo de produtos de origem orestal nativa. Ou seja, é um
instrumento de gestão que veri ca a ordem dos produtos e subprodutos. Dessa forma, tudo ca sob controle! A compra
de algum dos produtos listados, por exemplo, depende de uma proposta permitida pelo DOF. Caso aceita, você realiza a
compra e, desde a origem até a entrega, todo o processo será scalizado pelo órgão. O DOF ca responsável por
acompanhar esse produto, seja através de rodovias, por meios uviais e marítimos, transporte aéreo ou ferroviário.

Mas o DOF vai além! Ele não somente serve para controle, como também para auxiliar que o Ibama possibilite ao
público conferir relatórios sobre os dados recolhidos. Periodicamente, são disponibilizadas informações sobre o
transporte de produtos de origem nativa para o público. A intenção desses relatórios é conhecer o volume total da
origem e dos destinos dos produtos orestais.  

Quais informações podemos encontrar?


Segundo o Portal Nacional de Gestão Florestal, com o DOF as informações que podem ser encontradas são
relacionadas à visão geral do mercado, deixando claro quais produtos de origem orestal são explorados no Brasil, os
principais consumidores e os principais produtores, o uxo dos produtos em âmbito interestadual e o uxo dos
produtos em âmbito intermunicipal. Além de discriminar quais são os transportes usados.

Quem tem acesso?


O serviço libera o acesso para pessoa física ou jurídica, desde que esteja cadastrada em algumas das atividades
indicadas pelo órgão e, claro, em situação regular. As atividades indicadas são:

Ação Cód Categoria Descrição Pp/gu Taxa

Fabricante 7 Indústria de Fabricação de chapas, placas de madeira aglomerada,prensada e Médio TCFA

Madeira compensada

Fabricante 7 Indústria de Fabricação de estruturas de madeiras e de móveis Médio TCFA

Madeira

Usuário 7 Indústria de Preservação de madeira Médio TCFA

Madeira

Produtor 7 Indústria de Serraria e desdobramento de madeira Médio TCFA

Madeira

Usina Piloto 7 Indústria de Usina de preservação de madeira piloto (pesquisa) Médio TCFA

Madeira

Usina 7 Indústria de Usina de preservação de madeira sem pressão Médio TCFA

Madeira

Usina 7 Indústria de Usina de preservação de madeira sob pressão Médio TCFA

Madeira

Fabricante 15 Indústria Fabricação de produtos derivados do processamento de petróleo, de Alto TCFA

Química rochas betumisosas e da madeira

Produtor 15 Indústria Produção de óleos, gorduras, ceras, vegetais e animais, óleos essenciais, Alto TCFA

Química vegetais e produtos similares, da destilação da madeira

Consumidor Final 20 Uso de Consumidor de madeira, lenha ou carvão vegetal Médio Nenhuma

Recursos

Naturais

Comerciante 20 Uso de Exploração econômica da madeira ou lenha e subprodutos orestais Médio TCFA

Recursos

Naturais

Comerciante 20 Uso de Comércio de materiais de construção que comercializa subprodutos Pequeno Nenhuma

Recursos orestais, até cem metros cúbicos ano

Naturais

Extrator 20 Uso de Exploração econômica da madeira ou lenha e subprodutos orestais – Médio TCFA

Comerciante Recursos extração e comercio atacadista

(atacado) Naturais

Comerciante 20 Uso de Exploração econômica da madeira ou lenha e subprodutos orestais – Médio TCFA

(varejista) Recursos comércio varejista

Naturais

Obras civis 20 Uso de Consumidor de madeira, lenha ou carvão vegetal – construção de edifícios Médio Nenhuma

Recursos

Naturais

Importador ou 20 Uso de Importação ou Exportação de ora nativa brasileira Médio TCFA

Exportador Recursos

Naturais

Extrator 20 Uso de Silvicultura Médio TCFA

Recursos

Naturais

Consumo 20 Uso de Exploração ecônomica da madeira, lenha e subprodutos orestais – Médio TCFA

Recursos instalação e manutenção de empreendimentos

Naturais

Fonte: IBAMA

Em resumo…
Esse Documento é de muita serventia como uma ferramenta que auxilia no combate ao desmatamento ilegal de nossas
orestas, visto que todo o transporte de material de origem orestal só permite aqueles que têm procedência legal.
Isso ajuda muito ao Ibama e aos empresários que se preocupam com a preservação da natureza.

Compartilhe isso:

  

Relacionado

Passo a Passo do Licenciamento CAR, todo imóvel rural deve tê-lo CNES, saiba o que é e porque você
Ambiental 27 de julho de 2016 precisa dele!
31 de outubro de 2016 Em "CAR" 10 de junho de 2016
Em "Licenças" Em "CNES"

This entry was posted in DOF and tagged Documento de Origem Florestal, DOF, IBAMA, Licença Ambiental, Produto
Florestal. Bookmark the permalink.

← Tintas térmicas: clima mais fresco e bolso mais leve CAR, todo imóvel rural deve tê-lo →

Comentários no Facebook
0 Comments Sort by Oldest

Add a comment...

Facebook Comments Plugin

Esses comentários são de responsabilidade de seus autores, não representando um posicionamento da HL Soluções
Ambientais.

Av. Aguanambi, 790A, sala 13 Bairro contato@hlsolucoesambientais.com.br (85) 3393-8392


de Fátima Fortaleza, Ceará, Brasil
CEP: 60.055-401

  

Copyright © 2016 HL Soluções


Ambientais