Você está na página 1de 34

“Aromaterapia,

complementando
técnicas de Massagem”
O termo "Aromaterapia" é
aplicado a um ramo
especial da Fitoterapia,
o ramo que estuda as
plantas aromáticas.

(plantas que possuem


como Princípio Ativo (PA)
os óleos essenciais).
É formado pelas palavras:

"Aroma", significa "cheiro agradável",

“Terapia”, significa tratamento que


possibilita promover a saúde, através
do bem estar do corpo, da mente e
das emoções.
Plantas Aromáticas:

• Possuem em sua constituição substâncias


voláteis,

• Liberam essas substâncias na atmosfera, em


condições ambientais favoráveis com temperatura
em torno de 20ºC,

• Essas substancias tornam-se perceptivas, para


quem está próximo, através do sentido do olfato.
Essas substâncias são os Óleos Essenciais.
Óleos Essenciais:

• Podem ser extraídos de


diversas partes da planta
como raízes, caules, folhas,
flores, frutos, sementes e
resinas.

• Possuem propriedades químicas


específicas, que promovem algum tipo
de ação no organismo.
• Contém mais de cem substâncias
químicas diferentes, com ação
farmacológica
• Não podem ser substituídos por uma
única substância sintética (Essência)
produzida em laboratório.
• Essências podem ter efeitos alergênicos
encontradas em formulações cosméticas, assim
como corantes e conservantes.
Veículo ou Base Carreadora:

• Todo PRINCIPIO ATIVO (Óleo Essencial)


necessita de um veículo, para ser aplicado, pois é
utilizado em baixíssima quantidade no organismo.

• São substâncias inertes, que não interferem no


processo terapêutico.

• São utilizadas em quantidades suficientes para


levar os P. A. ao local desejado e devem respeitar
as leis de solubilidade, afinidade química, física, e
com os objetivos desejados no tratamento.
Veículos mais utilizados em Aromaterapia:

• Óleos vegetais, muito utilizados em


tratamentos corporais de massagem.

• Gel de Carbopol (Ultrassom).

• Emulsão sem Óleo Mineral.

• Argilas e Algas

• Mel
FORMAS DE ABSORÇÃO NO CORPO HUMANO
- Inalação:

Uma pequena
quantidade da
sustância é absorvida
pelas narinas.

Os sinais aromáticos
são enviados ao
sistema límbico, no
cérebro, e exercem um
efeito direto na
memória, sexualidade
e emoção.
A parte restante
inalada chega aos
pulmões através
das vias áreas
respiratórias e cai
na corrente
sanguínea.
Difusores Ambientais para inalação:

• Sistema a quente:
Usar 6 gotas de óleo ou sinergia
dissolvidos em água. Em média os
difusores utilizam 30 ml de água (base
carreadora).
• Sistema a frio:
Realizado por difusores elétricos onde a
difusão dos óleo é feita através de
ventilação. É o melhor sistema, pois não
altera a composição química dos óleos,
e o consumo dos óleos é menor.
- Absorção cutânea:
A permeabilidade cutânea
aumenta em função do
aumento:
• da temperatura,
• da área de contato
• do tempo.
Ao serem absorvidos pela pele, os
componentes químicos dos óleos
são levados pela corrente
sangüínea, para todas as regiões
do corpo,onde reagem com as
substâncias produzidas pelo
metabolismo orgânico.
CUIDADOS:

• Procedência dos óleos essenciais.

• Não confundir com essência sintética.

• Armazenar em frasco de vidro âmbar, em local


seguro, longe do alcance das crianças, ao abrigo
do calor e da luz.

• Diluir sempre em algum veículo apropriado, salvo


algumas indicações específicas.
• Respeitar a dosagem indicada.

• Respeitar as contra-indicações.

• Gravidez, Epilepsia e Hipertensão, evitar os óleos


com restrição para este caso.

• Fotossensibilidade, evitar óleos (cítricos) com


esta restrição antes de exposição solar, pois
provocam queimaduras e manchas na pele.
• Homeopatia, evitar óleos que contenham cânfora:
pimenta preta, alecrim, eucalipto, hortelã pimenta e
salvia.

• Pessoas alérgicas, realizar testes de sensibilização


e utilizar dosagem pela metade.

• Não ingira óleos essenciais


Completando Técnicas de Massagem

As propriedades terapêuticas dos óleos


essenciais e o poder do toque se combinam
para formar um potente tratamento.

A massagem pode ser relaxante ou


estimulante, pode acalmar o sistema nervoso ou
ativar os sistemas circulatório e linfático.

Entre os benefícios desta combinação, destacam-se


o alívio da dor e da tensão dos músculos e a
elevação do ânimo.
Dosagens

• Nas massagens corporais: a quantidade pode


variar de 10 a 40 gotas de óleo essencial, diluídos
em 100 ml de base carreadora (óleo, loção neutra
ou gel)

• Para massagem facial esta dosagem é reduzida de


04 a 10 gotas. Deve-se respeitar o tipo de pele.

OBS: dosagens sugeridas para pessoas adultas e


sem restrições.
Compressas de Argila:

• Corporal: Utiliza-se até 02


gotas de óleo essencial para 3
colheres de sopa de argila
hidratada.

• Facial: Utiliza-se 01 gota de


óleo essencial para 01 colher
de sobremesa de argila
hidratada.
Drenagem Linfática + Argila +
Óleo essencial:
Esta associação pode ser
utilizada após a drenagem
linfática, aplicada nas regiões
dos gânglios linfáticos.
Tipos de Argilas:
Verde, Negra ou
Amarela

Óleos Essenciais indicados:


gerânio, limão, junípero, lavanda,
grapefruit
Termoterapia:
Pedras Quentes
O contato com as pedras ajuda a
conexão com as raízes, com a
energia da Terra, trazendo
equilíbrio.
Ela ultrapassa a experiência física
de massagem típica e entra em
dimensões mais profundas de
relaxamento, saúde e bem-
estar, quando associada aos
benefícios da Aromaterapia
amplia
sua atuação.
Pindas

Saquinhos de tecido natural, utilizados


em massagem. Em seu interior podem
conter:

• ervas medicinais, aromáticas e


especiarias

• óleos essenciais

• cereais (aveia, linhaça)

• açúcar

• sal marinho
Assessórios para Pindas

•Aquecedores de Pindas

• Aquecedores de Óleo Vegetal


Utilizando Pindas

• podem ser montadas no


momento da massagem

• a escolha das ervas, óleo de


massagem e dos óleos
essenciais depende do tipo de
necessidade.
Utilizando Pindas

• pode se utilizar o óleo de


massagem escolhido, aquecido
de forma indireta na faixa de
temperatura de36 à 40ºC

• o óleo é despejado na pele e a


seguir se inicia a massagem com
as Pindas.
Utilizando Pindas

• aquecer e manter as Pindas aquecidas no vapor

• diferenciar as Pindas por cor de acordo com o tipo


de tratamento
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Alecrim: Estimulante geral, aquecedor, tônico para o
sistema nervoso, p/ pele, fígado e vesícula.
Antidepressivo, alivia a dor, e a exaustão mental.
Indicado para tratar acne, celulite, gordura
localizada, dermatite, eczemas, crostas e crescimento
capilar, edemas, gota, dor muscular, nevralgia, má
circulação, reumatismo, varizes, colite, asma, icterícia,
resfriados, gripes, infecções respiratórias, dor de
cabeça, exaustão nervosa.
Precauções: Hipertensão, epilepsia e gravidez
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem

Bergamota: Estimulante geral, aquecedor, tônico para


o sistema nervoso, p/ pele, fígado e vesícula.
Antidepressivo, indicado para tratar falta de
humor, acne, celulite, furúnculo, psoríase, feridas, pica
das de
insetos, dermatite, eczemas, varizes, cistite, ansiedade
, estresse, infecções orais, desordem de apetite.

Precauções: Contra indicada sua utilização antes


da exposição solar, é fotossensibilizante
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Eucalipto: Limpador, clareador da
mente, refrescante, purificante, balsâmico, regulador.
Indicado para herpes, picadas de
insetos, piolho, infecções
cutâneas, feridas, queimaduras, bolhas, dor
muscular, má
circulação, artrite, reumática, torções, asma, bronquite,

catarro, congestão, tosse, sinusite, catapora, resfriado,


epidemias, gripes, sarampos, debilidade nervosa, dor
de cabeça, repelente de insetos.

Precauções: crianças com menos de 3 anos.


Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Gerânio: Anti-
hemorrágico, antiinflamatório, antisséptico, adstringen
te, cicatrizante, desodorante, diurético, fungicida, regu
lador do córtex adrenal e sistema
linfático, vasoprotetor. Indicado para tratar
hematomas, vasos
danificados, queimaduras, edemas, pele
congestionada, cortes, dermatite, eczemas, hemorróid
as, micose, feridas, má circulação, problemas de
menopausa, TPM, tensão
nervosa, estresse, depressão, desânimo, calor, desor
dem hormonal e discromias.
Precauções:
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Laranja doce: Trata edemas, sensação de
frio, palpitação, excesso de
preocupação, insônia, constipação, obesidade, é
tônico do sistema nervoso, sedativo, confortante.
Antidrepessivo, antiinflamatório, antisséptico, bacterici
da, digestivo, fungicida, hipotensivo, sedativo dos
nervos, estomacal.

Precauções: Contra indicada sua utilização antes


da exposição solar, é fotossensibilizante
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Lavanda: Considerado o “coringa” da aromaterapia, é
equilibrador. Indicado para tratar acne, alergias, pé de
atleta, furúnculo, feridas, queimaduras, dermatite, ecz
emas, inflamações, picadas de
insetos, psoríase, micose, pústulas, crostas do couro
cabeludo, queimadura de
sol, hematomas, reumatismo, torções, asma, bronquit
e, catarro, gripe, cólica, cistite, depressão, dor de
cabeça, hipertensão, insônia, enxaqueca, tensão
nervosa, estresse.
Precauções:
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Salvia Esclareia: Indicado para tratar TPM, fogachos
de menopausa, furúnculos, perda de
cabelo, rugas, hipertensão, asma, cólica, depressão,
amenorréia, dores do parto, frigidez, desordens de
estresse, dores musculares. Ajuda a relaxar o corpo
sem dar sono, melhora a
concentração, inspirador, relaxante.

Precauções: Evitar durante a gravidez, não


misturar com bebidas alcoólicas
Propriedades dos principais Óleos Essenciais
utilizados em técnicas de Massagem
Tea Tree: Indicado para tratar acne, pé-de-
atleta, bolhas, queimadura, catapora, caspa, herpes, p
icada de insetos, assaduras, pústulas
(espinhas), verrugas, feridas
infeccionadas, asma, bronquite, catarro, tosse, sinusit
e, tuberculose, candidíase
vaginal, resfriados, febre, gripe, doenças
infecciosas, cistites, pruridos.
Antiinfeccioso, antiinflamatório, antisséptico, antiviral,
bactericida, balsâmico, cicatrizante, expectorante, fun
gicida, imunoestimulante, parasiticida.
Precauções: Pode causar irritação em peles muito
sensíveis
Agradecimentos

Aos organizadores do evento do SENAC Santana


e a todos os participantes.

Eliane Dornellas
eliane@pharmacosmetica.com.br

Química, Aromaterapeuta (Membro do GEA – Grupo de Estudo de Aromaterapia)


Docente da Faculdade Oswaldo Cruz no curso de pós graduação de
Cosmetologia
Diretora Técnica da Pharmacosmética S. A.