Você está na página 1de 3

O sector terciário e a terciarização

Definição: sector de actividade que inclui as actividades económicas que


comercializam os bens materiais e prestam diversos tipos de serviços.

O sector terciário caracteriza-se pela integração de uma grande quantidade de


actividades, entre as quais se destacam o comércio, o alojamento, a
restauração, os transportes, as actividades financeiras, as actividades
imobiliárias, a administração pública, a defesa, a segurança social, a educação, a
saúde e as comunicações.

Sabendo algumas classificações, as actividades como a microelectrónica, a


biogenética e a indústria espacial podem ser designadas como sector terciário
superior ou quaternário.

Nos países desenvolvidos, o sector terciário constitui o sector dominante da


economia, daí falar-se em terciarização da economia. A diversificação das
actividades do sector terciário resulta das mudanças que ocorrem na sociedade,
nomeadamente alterações dos hábitos de consumo, alterações demográficas e
entrada da mulher no mercado de trabalho.

Causas da terciarização:

. A democratização das sociedades que facilitou a massificação do acesso da


população a um conjunto de serviços: educação, saúde e transportes.

. A melhoria do nível de vida e o desenvolvimento de novas necessidades que


provocaram a multiplicação de empregos ligados ao turismo e às actividades
de lazer.

. A crescente importância das actividades comerciais e de transporte.

Turismo :

o turismo tem vindo a crescer ao longo dos anos.

Fatores que condicionam o crescimento do turismo a nível mundial:

- desenvolvimento dos transportes e das vias de comunicação;

- redução do horário de trabalho e generalização dos subsídios de férias;

- mudança de padrões de comportamento;

- aumento do rendimento das famílias;


- informação sobre novos lugares através dos operadores turísticos e dos meios de
comunicação.

Fatores condicionantes da escolha do destino turístico:

Naturais: Humanos:

- clima; - existência de alojamentos em quantidade e qualidade;

- relevo; - publicidade e intervenção dos operadores turísticos;

- vegetação; - existência de património arquitetónico, artístico e paisagístico

- água. - estabilidade política e social

Impactes da atividade turística:

Negativos:

- destruição de áreas agrícolas e florestais para a construção de infraestruturas;

- sazonalidade no turismo (emprego de baixa qualificação num só período do ano);

- dependência externa face a operadores turísticos,

- poluição das águas;

- destruição de ecossistemas;

- aumento da produção de lixo;

- sobre-exploração das águas subterrâneas;

- erros no planeamento e ordenamento dos espaços turísticos.

Positivos:

- criação de postos de trabalho;

- promoção dos produtos locais;

- valorização do património cultural e natural;

- aumento e melhoria das infraestruturas;

- produção

Prof Anabela