Você está na página 1de 5

Treinamento Intervalo Vida 2016

-1 Timóteo 4.12
"Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para
os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza."

Vidas quem impactam vidas.


- Nos reunimos com uma intenção de nos capacitarmos mutuamente para
cuidar de pessoas com quem interagimos em nosso cotidiano. Nosso objetivo como
Projeto Intervalo Vida é fazer das nossas relações o nosso ministério, e de nosso
colégio o nosso campo missionário.
- Para que tudo isso aconteça é necessário tomarmos alguns cuidados com a
forma que fazemos para realizar esse ministério, para que não difamemos a
mensagem de Cristo. Portanto se faz necessário que como cristãos tenhamos uma
conduta irrepreensível.
- 1 Tess. 1.10 "Tanto vocês como Deus são testemunhas de como nos
portamos de maneira santa, justa e irrepreensível entre vocês, os que crêem."

- Qual é o nosso objetivo?


Provocar uma interação ente jovens que se reúnem um objetivo comum, a
vida acadêmica no ensino médio, fomentando uma busca por uma conduta Cristã.
Instigar assim um ambiente diferenciado no âmbito escolar, com o objetivo de
ajudar uns aos outros, impactar e influenciar comportamentos no ambiente escolar,
tendo como base a palavra de Deus.
Ao longo da história homens entregaram a vida nas mãos de Deus, e
dedicaram-se a anunciar a palavra de Deus em tudo quanto faziam. Homens como
eu e você, mas que se fizeram disponíveis nas mãos de Deus. Dentre esses
podemos citar alguns nomes:
- Pr. Russell Shedd, foi chamado por Deus a ser missionário durante
um culto em sua universidade.
- Dr. Charles Finnei, advogado que abriu mão de sua profissão para
pregar a palavra de Deus. Teve o privilégio de levar milhares de pessoas a Cristo.
- Loren Cunningham, um jovem que um dia sonhou com uma onda de
jovens invadindo o mundo com a palavra de Deus. Foi o fundador da missão YWAM
(Jocum - Jovens Com uma Missão), hoje com mais de 20 mil missionários
espalhados por todo o mundo, Loren já viajou todos os países do mundo levando a
Palavra de Deus.
- Jim Elliot, missionário norte Americano que abriu mão de sua vida para
levar a mensagem de Cristo a tribos canibais no Equador, Elliot morreu assasinado
pelo cacique desta tribo, mas seu filho teve o privilégio de voltar a essa mesma tribo
e batizar o mesmo cacique que assassinou seu pai.
“Não é tolo aquele que abre mão do que não pode reter para ganhar
o que não pode perder”

O que arde em seu coração? O que mais provoca inquietação em você? Aí


também nascem as chamas do seu chamado.
Essas e muitas outras histórias aconteceram rque pessoas compreenderam
a essência da
mensagem de Marcos 16.15 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho
a toda criatura.”
Mantendo sua conduta convicta que o investimento eterno vale a pena.
Mantendo-se como Daniel, que não se contaminou pela comida do Rei, mas ainda
sim Deus o fortaleceu mais do que aqueles que comeram das ervas finas do rei. Que
mesmo mediante o decreto do Rei, não se curvou aos falsos deuses, e ainda que
lançado na cova de leões, cria que o propósito da revelação da glória de Deus era
muito maior.
Até que ponto estamos dispostos a renunciar para contemplar a glória de
Deus?
Conceituando o que é o Projeto:
- Para começar, o que não é um Intervalo Vida?

-Intervalo Vida não é um grupo de discussão sobre religião, muito pelo


contrário deve-se pregar a tolerância entre todas as formas de pensamento.
-Intervalo Vida não é um grupo que impõe as suas verdades, mas sim
ouve todos que desejam se expressar sem reprimir ninguém.
-Intervalo Vida não é um grupo político.
-Intervalo Vida não é uma “panelinha” (Grupo fechado de pessoas), mas
um grupo livre aberto para quem quiser participar.

- Onde está o nosso foco?


- O nosso desejo é que com a convivência em nosso cotidiano, aliada com as
reuniões semanais do I.V. possamos produzir vínculos com pessoas, de forma que
elas percebam a diferença que Deus faz na nossa vida a medida que entregamos
nossa vida a ele. Como essa busca cotidiana da vontade de Deus influencia em
nossas atitudes, maneiras de falar e de pensar.
- Cremos que nossas atitudes falam mais alto que nossas palavras. Nós
podemos sim mudar o mundo, começando pelo nosso.
- Queremos impactar vidas com a simples mensagem de salvação, não
precisamos de sermões formalmente elaborados, mas sim de uma vida cotidiana de
relacionamento com Deus, de forma que com base nos ensinamentos bíblicos,
compartilhamos aquilo que Deus tem feito em nós e através de nós.
- O evangelho que pregamos é um evangelho de graça e pela graça, não
gastando tempo com coisas vãs.

"Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades, sejam


obedientes, estejam sempre prontos a fazer tudo o que é bom,não caluniem a
ninguém, sejam pacíficos e amáveis e mostrem sempre verdadeira mansidão para
com todos os homens.Houve tempo em que nós também éramos insensatos e
desobedientes, vivíamos enganados e escravizados por toda espécie de paixões e
prazeres. Vivíamos na maldade e na inveja, sendo detestáveis e odiando-nos uns
aos outros.Mas quando se manifestaram a bondade e o amor pelos homens da parte
de Deus, nosso Salvador,não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas
devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do
Espírito Santo, que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus
Cristo, nosso Salvador.Ele o fez a fim de que, justificados por sua graça, nos
tornemos seus herdeiros, tendo a esperança da vida eterna.Fiel é esta palavra, e
quero que você afirme categoricamente essas coisas, para que os que crêem em
Deus se empenhem na prática de boas obras. Tais coisas são excelentes e úteis
aos homens.Evite, porém, controvérsias tolas, genealogias, discussões e contendas
a respeito da lei, porque essas coisas são inúteis e sem valor." Tito 3:1-9

- Conhecendo onde pisa:


- É muito importante que ao iniciar um projeto em sua escola você saiba onde
está pisando , conheça os pontos fracos e quais são as armas necessária para
utilizar contra isso.
- Queremos ser um apoio seu nessa hora, cada lugar tem suas necessidades
específicas, queremos estudar junto com você quais são as melhores estratégias
para alcançar o seu colégio.

- Aconselhamento:
- Ao longo do desenvolvimento do projeto surgirão situações em que seus
colegas virão até você pedir conselhos, orações e até ajudas práticas. Para isso é
necessário prudência com os lugares onde você irá aconselhar, o momento correto,
com quem você fará isso e quem estará junto com você para aconselhar.
- É importante, sempre termos um líder mais velho que possa ajudar em
situações mais delicadas.
- Porém o mais importante de tudo é deixar que Deus fale através da sua vida,
pois aí sim o que você disser irá de encontro às necessidades da pessoa.
- Com a mão na massa:
- O projeto do I.V foi pensado para ser uma reunião curta, um momento de
sair da dinâmica corrida da escola, para um momento de reflexão e refrigério,
portanto as escolhas dos temas a serem falados nas reuniões devem promover:
- soluções para conflitos de nosso cotidiano;
-retomada de valores éticos para que os jovens tenham uma conduta
diferenciada do que o mundo prega;
- uma mensagem de amor, que demonstre sempre o diferencial da
salvação de Cristo;
- acessível e de fácil entendimento tanto para cristãos, tanto para não
cristãos;
- um mensagem que não julga o outro por ser diferente, mas que
demonstra que Deus ama o pecador e esta sempre de braços abertos para receber,
independente das circunstâncias;
- Deus é o Deus que tem poder para consertar vidas quebradas.
Não quebrará o caniço rachado, e não apagará o pavio fumegante. Com
fidelidade fará justiça; Isaías 42:3
- O I.V deve ser fiel ao horário destinado ao intervalo, para que assim
possamos dar um bom testemunho.
- Conforme decidido com a direção do colégio a reunião pode ser iniciada com
um momento de louvor, com violão ou som portátil.
- A união deve prosseguir com o momento de mensagem e uma oração de
encerramento.
-Supervisão – encontros

Interesses relacionados