Você está na página 1de 2

Chromium Picolinate - Cromo 120 Cáps.

Atlhetica Evolution

O aumento da gordura corporal prejudica a sensibilidade à insulina, por isso os


obesos tem dificuldade em perder peso. Estudos mostram que uma atuação mais
otimizada do hormônio insulina acelera a perda de peso em adultos, independente
de atividade física. Entretanto, o efeito anabólico/muscular será sentido pelos que
praticam exercícios.

Segundo o Dr. Antony J. Haynes em seu livro "The Insulin Factor" a função
primária da insulina é regular o metabolismo de açúcar do sangue, lipídios
(gordura, colesterol, etc) e proteínas. O Cromo é um co-fator da insulina. A
insulina tem um papel fundamental na capacidade de reduzir gordura e formar
massa muscular no organismo

As altas variações nos índices de insulina no sangue, geralmente decorrentes do


alto consumo de açúcar refinado e carboidratos levam ao acúmulo de gordura e ao
desejo de ingerir mais carboidratos. É o que muitos chamam de "fissura por
dôces". Então para evitar isso é importante procurar manter os níveis de insulina
estabilizados.

O Cromo é um co-fator da insulina. A fórmula biologicamente ativa do cromo


participa do metabolismo da glicose no organismo. Através desse mecanismo de
ação, o cromo contribui para o metabolismo de gorduras e proteínas, favorecendo
a composição corporal, sendo um suplemento muito recomendado para aqueles
que desejam perder peso e aumentar a massa muscular.

Dica:
Procure praticar atividades físicas regularmente. Segundo especialistas, para a
perda de peso as atividades mais recomendadas são as aeróbicas enquanto que
para o ganho de massa muscular os exercícios com sobrecarga (musculação) são
os mais recomendados. Procure fazer refeições regulares ao longo do dia para
manter o seu metabolismo otimizado e evitar acúmulos de gordura.

O cromo é um elemento mineral que atua de forma direta sobre as


funções do metabolismo da célula. E como conseqüência ele é
absolutamente necessário para que a insulina realize sua função, sendo
considerado um co-fator essencial. A insulina é um hormônio
incrivelmente importante que regula o metabolismo dos carboidratos -
açúcares, dos ácidos graxos e das proteínas.

A Academia Nacional de Ciência recomenda de 50 a 200 µg diários de


cromo para a alimentação adequada. Fez-se um estudo de que o exercício
físico e o alto consumo de açúcar aumentam a necessidade de cromo do
corpo.

A escassez de cromo em muitas dietas cria muitos problemas


relacionados com a manutenção do peso, a energia, o vigor e o
desenvolvimento muscular, já que a insulina necessita do cromo para
sua boa atuação e para fazer com que o açúcar seja aproveitado
eficientemente dentro da célula e que desta maneira não se acumule no
sangue como no caso do diabetes.
Descobriu-se que a insulina e o cromo têm um papel importante para que
as proteínas dispersas no sangue se introduzam de forma eficiente nas
células. Nestas células se integrarão como novos tecidos musculares,
assim como em tecidos de diferentes órgãos, como o coração, o fígado e
os rins. Esta é uma razão de se consumir cromo, pois ele nos dará mais
musculatura, além de ajudar-nos a aproveitar melhor os carboidratos
como uma fonte de energia, ao invés destes se acumularem em forma de
gordura no corpo.

O Dr. Jeffrey Fischer, MD, comenta em seu livro O Programa do Cromo:


"Se o cromo for usado apropriadamente poderá ajudar bastante a criar
músculos e a queimar a gordura, além de contribuir significativamente
para reduzir o colesterol e controlar o metabolismo do açúcar no
sangue".

O Dr. Ficher recomenda o consumo do picolinato de cromo como sendo a


forma mais adequada deste elemento para incrementar a atividade da
insulina no corpo.

Descobriu-se que o picolinato de cromo ajuda a eliminar a gordura sem


afetar o tecido muscular devido ao fato de acelerar a queima de um
tipo especial de gordura chamado "gordura marrom".

Uma característica importante no cromo é que ele aumenta a energia e


suprime a vontade de ingerir açúcar, farinhas etc., já que faz com que
a insulina existente trabalhe com eficiência, sendo assim de grande
ajuda para os diabéticos.

Mais Energia, Vigor e Resistência.

Quase toda a energia do corpo se deriva do açúcar do sangue


proveniente dos carboidratos, o resto se obtém queimando gorduras e
proteínas. Estas últimas são formas de combustível menos eficientes. A
insulina e o cromo não somente asseguram uma rápida absorção do açúcar
no sangue como também sua rápida conversão ao glicogênio, que é uma
forma especial de glicose que fica armazenada para ser utilizada no
futuro, isto é, quando for necessário.

O carboidrato é convertido primeiro em glicose, depois em glicogênio,


e logo após é armazenado no fígado e nos músculos. Um atleta pode,
então, usar esse armazenamento do glicogênio para obter energia quando
for necessário. A eficiente absorção do açúcar no sangue por meio da
ingestão de cromo contribui para melhorar a energia, o vigor e a
resistência da pessoa.

in
ício