Você está na página 1de 4

Mera (DC Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa

Mera

Espécie Atlante

Ocupação Rainha de Atlântida

Afiliações Liga da Justiça


Os Outros
Tropa dos Lanternas
Vermelhos (anteriormente)

Família Ryus (pai, falecido)


Hila (irmã)
Aquaman, Arthur Curry (esposo)
Arthur Curry Jr / Aquababy (filho)
Mareena / Aquagirl (filha no universo
animado)

Terra Natal Xebel

Criado por Jack Miller (escrito)


Nick Cardy (artista)
Primeira aparição Aquaman# 11 (Outubro, 1963)

Editora(s) DC Comics

Base de operações Atlântida


Baia da Anistia

Situação presente Ativa

Codinomes Rainha Mera


conhecidos Rainha dos Sete Mares

ver

Mera é uma super-heroína do universo DC Comics, conhecida por reinar Atlântida ao lado
do seu marido, Aquaman. A personagem surgiu pela primeira vez em 1963, na HQ
#Aquaman #11 e foi criada por Jack Miller e Nick Cardy. Mera ficou em 81º lugar na lista
das 100 mulheres mais sexy dos quadrinhos da revista Comics Buyer's Guide..[1] No
cinema, a heroína será interpretada por Amber Heard.

Índice

 1História da publicação
 2Biografia fictícia do personagem
o 2.1Novas origens
o 2.2Retorno da Rainha
o 2.3A Noite Mais Densa
o 2.4O Dia Mais Claro
o 2.5Novos 52
o 2.6DC Renascimento
 3Poderes e Habilidades
 4Em outras mídias
o 4.1Televisão
o 4.2Filme
 4.2.1Universo Estendido da DC
 4.2.2Animação
o 4.3Jogos eletrônicos
 5Notas e referências
o 5.1Notas
o 5.2Referências
 6Ver também

História da publicação[editar | editar código-fonte]


A primeira aparição de Mera foi durante a Era de Prata em Aquaman #11, definindo o seu
lugar de origem como a misteriosa "Dimensão Água"[nota 1].[2] No entanto, durante o
crossover Brightest Day[nota 2], foi revelado que a misteriosa Dimensão Água era na
verdade uma colônia penal extra-dimensional conhecida como Xebel, um lugar de exílio
para uma antiga facção da população do povo atlante, banido juntamente com seus
descendentes depois de uma das muitas guerras civis na submersa Atlântida.[3]

Biografia fictícia do personagem[editar | editar código-fonte]


Mera é a antiga Rainha da Dimensão Aqua (Xebel), Rainha da Atlântida e esposa do
super-herói da DC Comics Aquaman . Mera também tem uma irmã gêmea chamada Hila .
Em sua primeira aparição cronológica, Mera está a fugir do criminoso Leron, que tomou o
controle de seu reino, quando ela chega na Terra e encontra Aquaman e Aqualad , que
prometem ajudá-la. Leron captura-os, aprisionando Aquaman e Mera em Dimension Aqua.
Ajudado pelo espírito de água conhecido como Quisp , Aquaman consegue libertar Mera e
derrota Leron. Mera abdica o trono de Xebel para a rainha Vlana e volta para a Atlântida
para se casar com Aquaman. Logo depois, eles tiveram um filho chamado Arthur Curry,
Jr., também conhecido como Aquababy.
Poucos anos depois, Manta Negra raptou Aquababy e o prendeu dentro de um tanque
translúcido projetado para sufocá-lo. Desesperado para salvar seu filho, Vulko manda
Mera em uma cruzada ambiciosa para seu mundo natal para encontrar o cientista Xebel,
que tem os componentes para um dispositivo de cura especial que poderia salvar seu filho.
Quando ela chega, ela descobre que seu reino foi assumido pelo traidor Leron, que tomou
Sebel como refém, lançando-o e os artefatos no Grande Poço. Mera brava o poço e
derrota Leron e seus monstros elementares para recuperar o dispositivo. Infelizmente, ela
volta a Atlântida muito tarde, encontrando seu filho morto.
Embora a morte de seu filho tenha criado uma fenda entre Aquaman e Mera, eles tentaram
se mudar para uma cidade inundada na costa leste para começar uma nova vida juntos.
Foi durante esse tempo que Aquaman deixou de reformar a Liga da Justiça em Detroit.
Tornando-se mais instável com o sofrimento, ela estava comprometida com um asilo na
Atlântida. Pouco depois, uma força alienígena de medusa gigante consciente tomou o
controle da cidade. Durante a batalha de Aquaman para libertá-los, Mera escapa e ataca-o
salvajemente, culpando seus "genes fracos" pela morte de seus filhos.
Ao se defender, ele acidentalmente a empurra para um pedaço de metal virado para cima.
Crendo sua morte, ele a colocou dentro de um caixão e foi levada ao palácio real. No
entanto, ela sobreviveu, devido à sua fisiologia alienígena. Subindo de seu caixão, ela
lembra amargamente a Aquaman o quão pouco ele realmente sabia dela. Já não vendo
nenhum motivo para permanecer na Terra, Mera deixa o Atlantis e retorna ao Dimension
Aqua.
Novas origens[editar | editar código-fonte]
Em O Dia Mais Claro a origem de Mera é revisada com novas revelações, expandindo
alguns elementos e anulando outros como enganos e mentiras alimentados a Aquaman
pela própria Mera. Em vez de ser a Rainha da Dimensão Aqua, Mera é agora a princesa
mais velha de Xebel, uma colônia penal extradimensional esquecida para um antigo grupo
de Atlantes separatista , banidos por trás de um portal selado no Triângulo das Bermudas.
Treinada desde o nascimento ao lado de Siren, sua irmã caçula, Mera foi enviada pelo Rei
de Xebel, que não conseguiu enviar mais de um soldado de cada vez através de uma
pequena fissura no espaço-tempo para o universo principal. Eles deveriam enfrentar o
atual rei da Atlântida e matá-lo em retaliação pelo exílio de seus povos comuns. No
entanto, o plano falhou quando Mera realmente se apaixonou por Arthur, deliberadamente
escolhendo continuar reivindicando sua história de capa como seu passado real para
evitar fricções com ele.
No entanto, em várias ocasiões, como a morte de Aquababy, o ódio profundo de Mera
para a Atlântida e sua família real foi reiniciado, provocando os ataques de aparente
insanidade e ataque de raiva em seu marido por sua "fraqueza". Também é sugerido que
Black Manta teve uma disputa duradoura com o povo de Xebel; apesar de Aquaman
acreditar que durante anos foi a causa da morte de Aquababy, Mera ainda pensa que seu
filho foi morto para voltar a sua família biológica.
Durante uma das várias tentativas de escapar em massa do portal do Triângulo das
Bermudas, as pessoas de Xebel são convidadas a capturar e experimentar em vários
moradores da terra, incluindo o futuro Black Manta. Durante esses experimentos
extenuantes, nasceu um jovem híbrido, filho de Black Manta e uma mulher sem nome.
Enquanto o pai de Mera queria experimentar com a criança, usando sua natureza híbrida
para escapar da barreira, Mera teve piedade do pequeno Kaldur'ahm e, acrescentando
uma nova razão de fricção entre ela e sua família biológica, seqüestrou Kaldur'ahm para
lhe dar para uma família atenciosa na superfície. Mera não encontrou Kaldur'ahm
novamente por muitos anos, até um agora adolescente Kaldur'ahm foi descoberto pelo
exército Xebel, obrigando Mera a retornar em sua ajuda.

Interesses relacionados