Você está na página 1de 106

LEGISLAÇÃO

PREVIDENCIÁRIA

500 TESTES
LÍLIAN MARIA BESSA LEITE

RIO DE JANEIRO
ALCÂNTARA: Rua Manoel João Gonçalves, 414 / 2º andar * (21) 2603-8480
BONSUCESSO: Rua Dona Isabel, 126 * (21) 2560-5827
CAMPO GRANDE: Av. Cesário de Melo, 3311 * (21) 2413-1551
CENTRO: Rua da Alfândega, 80 / 2º andar * (21) 3970-1015
CINELÂNDIA: Av. Rio Branco, 277 / Sobreloja * (21) 2532-9734
COPACABANA: Av. N. Sra. Copacabana, 807 / 2º andar * (21) 3816-1142
DUQUE DE CAXIAS: Av. Presidente Kennedy, 1203 / 3º andar * (21) 3659-1523
MADUREIRA: Rua Américo Brasiliense, 230 * (21) 3355-2501
MÉIER: Rua Manuela Barbosa , 23 / 2º andar * (21) 3296-8857
NITERÓI: Rua São Pedro, 151 / Sobreloja * (21) 3604-6234
NOVA IGUAÇU: Rua Heraldo Salles de Abreu, 40* (21) 2767-0771
TAQUARA: Estrada do Tindiba, 1730 * (21) 2435-2611
SÃO PAULO
ARTUR ALVIM: Rua Boipeva, 11 * (11) 2045-8800
CAMPINAS :Rua Barão de Jaguara, 1172 * (19) 3737-8800
GUARULHOS: Av. Dr. Timóteo Penteado, 714 - SP * (11) 2447-8800
OSASCO: Av. dos Autonomistas, 896 - Vila Yara * (11) 2284-8800
SÃO PAULO: Rua Barão de Itapetininga, 163 / 6º andar * (11) 3017-8800
SANTO ANDRÉ: Av. José Cabalero, 257 * (11) 4437-8800
SANTO AMARO: Av. Santo Amaro, 5860 * (11) 5189-8800
LEGISLAÇÃO
PREVIDENCIÁRIA
500 TESTES
LÍLIAN MARIA BESSA LEITE

EDITORA EXECUTIVA
Andréa Martins

GERENTE DE EDITORAÇÃO
Rodrigo Nascimento

SUPERVISÃO DIDÁTICA E PEDAGÓGICA


Marceli Lopes
Rosangela Cardoso

DIAGRAMAÇÃO
Mariana Gomes
Sônia Ribeiro

AUTORA
Lilian Maria Bessa Leite

CAPA
Marcelo Fraga

E-MAIL
apostilas@degraucultural.com.br

Proibida a reprodução no todo ou em partes, por qualquer meio ou processo, sem


autorização expressa. A violação dos direitos autorais é punida como crime: Có-
digo Penal, Art nº 184 e seus parágrafos e Art nº 186 e seus incisos. (Ambos atualizados
pela Lei nº 10.695/2003) e Lei nº 9.610/98 - Lei dos Direitos Autorais.
Prezado(a) candidato(a),

A professora Lílian Bessa elaborou esses testes com o objetivo de


auxiliar àqueles que pretendem prestar concursos que exijam conhecimentos de
Legislação Previdenciária em seu conteúdo programático. Aqui, você encontrará
500 testes com o gabarito juridicamente justificado.

Esperamos que nosso material possa ser útil na sua preparação e,


desde já, desejamos-lhe sucesso nesta empreitada.

Aproveitamos o ensejo para solicitar-lhe a gentileza de, ao término de


seus estudos, preencher a carta-resposta que se encontra na última folha e entregar
em qualquer agência dos Correios, pois sua opinião é fundamental para que
possamos trabalhar de modo a atender, cada vez mais, às suas expectativas.

Atenciosamente,

Os Editores.

SUMÁRIO

Testes .......................................................................................................................... 07
Gabarito Justificado / Base Legal ............................................................................. 79
Agradecimentos:

Ao grande amigo,
estudioso das letras,
Miguel Sucini
“In Memoriam”
500 Testes - Legislação Previdenciária

DECRETO Nº 3.048, DE 6 DE MAIO DE 1999 I. o cônjuge, a companheira, o companheiro e o filho


não emancipado de qualquer condição, menor de
01. A previdência social compreende: vinte e um anos ou inválido;
I. o Regime Geral de Previdência Social; II. os pais; ou
II. o Regime Simplificado de Previdência; III. o irmão não emancipado, de qualquer condição,
III. os regimes próprios de previdência social dos ser- menor de dezoito anos ou inválido.
vidores públicos e dos militares. a) os itens I e II são os únicos corretos;
a) os itens I e II são os únicos corretos; b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; c) os itens II e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; d) todos os itens estão corretos;
d) todos os itens estão corretos; e) todos os itens estão incorretos.

02. Mantém a qualidade de segurado, independente- 06. Não é segurado especial o membro de grupo fa-
mente de contribuições, dentre outras hipóteses: miliar que possuir outra fonte de rendimento, ex-
I. sem limite de prazo, quem está em gozo de benefício; ceto se decorrente de exercício de atividade remu-
II. até doze meses após a cessação de benefício por nerada em período de entressafra ou do defeso,
incapacidade ou após a cessação das contribui- não superior a ______ dias, corridos ou intercala-
1
ções, o segurado que deixar de exercer atividade dos, no ano civil, observado o disposto no § 22 do
remunerada abrangida pela previdência social ou artigo 9º do Decreto nº 3.048/99.
estiver suspenso ou licenciado sem remuneração; a) 120;
III. até doze meses após cessar a segregação, o se- b) 240;
gurado acometido de doença de segregação com- c) 360;
pulsória. d) 365;
a) os itens I e II são os únicos corretos; e) 180.
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; 07. Não descaracteriza a condição de segurado espe-
d) todos os itens estão corretos; cial a exploração da atividade turística da proprie-
e) todos os itens estão incorretos. dade rural, inclusive com hospedagem, por não
mais de _____ dias ao ano.
03. Mantém a qualidade de segurado, independente- a) 200;
mente de contribuições, dentre outras hipóteses: b) 120;
I. até doze meses após o livramento, o segurado c) 180;
detido ou recluso; d) 240;
II. até três meses após o licenciamento, o segurado e) 360.
incorporado às Forças Armadas para prestar ser-
viço militar; 08. Respeitadas as definições vigentes sobre a pro-
III. até doze meses após a cessação das contribui- cedência e origem das informações, considera-
ções, o segurado facultativo. se extemporânea a inserção de dados relativos à
data de início de vínculo, sempre que decorrentes
a) os itens I e II são os únicos corretos;
de documento apresentado após o transcurso de
b) os itens I e III são os únicos corretos;
até _____ dias do prazo estabelecido pela legisla-
c) os itens II e III são os únicos corretos;
ção, cabendo ao INSS dispor sobre a redução des-
d) todos os itens estão corretos;
se prazo.
e) todos os itens estão incorretos.
a) 240;
b) 180;
04. O prazo do inciso II do art. 13 (item II da questão nº
c) 200;
02) do Decreto nº 3.048/99 será prorrogado para
d) 360;
até ___________, se o segurado já tiver pago mais
e) 120.
de _________ contribuições mensais sem inter-
rupção que acarrete a perda da qualidade de se-
09. O INSS terá até ____ dias, contados da data do pedi-
gurado.
do, para fornecer ao segurado as informações
a) 12 meses / 240;
constantes do CNIS sobre contribuições e remune-
b) 6 meses / 90;
rações utilizadas no cálculo do salário-de-benefício.
c) 24 meses / 120;
a) 180;
d) 20 meses / 100;
e) 36 meses / 90. 1
§ 22 do artigo 9º do Decreto nº 3.048/99:
O disposto nos incisos III e V do § 8 deste artigo não dispensa
05. São beneficiários do Regime Geral de Previdência o recolhimento da contribuição devida em relação ao
Social, na condição de dependentes do segurado: exercício das atividades de que tratam os referidos incisos.

Degrau Cultural 7
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) 60; 12. A seguridade social compreende um conjunto in-


c) 90; tegrado de ações de iniciativa dos poderes públi-
d) 120; cos e da sociedade, destinado a assegurar o di-
e) 100. reito relativo à saúde, à previdência e à assistên-
cia social.
10. De acordo com o Decreto nº 3.048/99, verificada a A seguridade social obedecerá aos seguintes prin-
recuperação da capacidade de trabalho do apo- cípios e diretrizes:
sentado por invalidez, excetuando-se os casos le- I. universalidade da cobertura e do atendimento;
gais, quando a recuperação for total e ocorrer den- II. uniformidade e equivalência dos benefícios e ser-
tro de ______ anos contados da data do início da viços às populações urbanas e rurais;
aposentadoria por invalidez ou do auxílio-doença III. seletividade e distributividade na prestação dos
que a antecedeu sem interrupção, o benefício ces- benefícios e serviços.
sará nas hipóteses do referido Decreto. a) os itens I e II são os únicos corretos;
a) 10; b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) 5; c) os itens II e III são os únicos corretos;
c) 8; d) todos os itens estão corretos;
d) 3; e) todos os itens estão incorretos.
e) 12.
13. A saúde é direito de todos e dever do Estado, ga-
11. A aposentadoria por idade, uma vez cumprida a rantido mediante políticas sociais e econômicas
carência exigida, será devida ao segurado que que visem à redução do risco de doença e de ou-
completar ________ anos de idade, se homem, tros agravos e ao acesso universal e igualitário às
ou _______, se mulher, reduzidos esses limites ações e serviços para sua promoção, proteção e
para ________ anos de idade para os trabalhado- recuperação.
res rurais, respectivamente homens e mulheres, As atividades de saúde são de relevância pública,
referidos na alínea “a” do inciso I, na alínea “j” do e sua organização obedecerá aos seguintes prin-
2
inciso V e nos incisos VI e VII do caput do art. 9º , cípios e diretrizes:
bem como para os segurados garimpeiros que I. acesso universal e igualitário;
trabalhem, comprovadamente, em regime de eco- II. provimento das ações e serviços mediante rede
nomia familiar, conforme definido no § 5º do art. 9º regionalizada e hierarquizada, integrados em sis-
3
do Decreto nº 3.048/99 . tema único;
a) 65 / 60/ 60 e 55; III. centralização, com direção única em cada esfera
b) 70 / 65/ 55 e 50; de governo.
c) 60 / 65/ 60 e 50; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) 65 / 60/ 50 e 55; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) 65 / 60/ 50 e 48. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.

14. A ___________________ é a política social que


2
alínea “a” do inciso I, na alínea “j” do inciso V e nos incisos VI provê o atendimento das necessidades básicas,
e VII do caput do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: traduzidas em proteção à família, à maternidade,
I - como empregado: à infância, à adolescência, à velhice e à pessoa
a) aquele que presta serviço de natureza urbana ou rural a portadora de deficiência, independentemente de
empresa, em caráter não eventual, sob sua subordinação e contribuição à seguridade social.
mediante remuneração, inclusive como diretor empregado; a) seguridade social;
(...) b) previdência social;
V - como contribuinte individual: (Redação dada pelo
c) assistência à saúde;
Decreto nº 3.265, de 1999).
j) quem presta serviço de natureza urbana ou rural, em d) assistência econômica;
caráter eventual, a uma ou mais empresas, sem relação de e) assistência social.
emprego; (Incluída pelo Decreto nº 3.265, de 1999)
(...) 15. A organização da assistência social obedecerá às
3
§ 5º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: seguintes diretrizes:
Entende-se como regime de economia familiar a atividade I. descentralização político-administrativa;
em que o trabalho dos membros da família é indispensável à II. participação da população na formulação e con-
própria subsistência e ao desenvolvimento socioeconômico trole das ações em todos os níveis.
do núcleo familiar e é exercido em condições de mútua de-
pendência e colaboração, sem a utilização de empregados
III. universalidade de participação nos planos previ-
permanentes. (Redação dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008). denciários.

8 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

a) os itens I e II são os únicos corretos; c) Ministério da Saúde;


b) os itens I e III são os únicos corretos; d) Ministério da Assistência Social;
c) os itens II e III são os únicos corretos; e) Ministério da Ação Social.
d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos. 20. São segurados obrigatórios da previdência social
as seguintes pessoas físicas, como empregado:
16. A previdência social rege-se pelos seguintes prin- I. aquele que presta serviço de natureza urbana ou
cípios e objetivos, dentre outros: rural a empresa, em caráter não eventual, sob sua
I. universalidade de participação nos planos previ- subordinação e mediante remuneração, inclusive
denciários; como diretor empregado;
II. uniformidade e equivalência dos benefícios e ser- II. aquele que, contratado por empresa de trabalho
viços às populações urbanas e rurais; temporário, por prazo não superior a três meses,
III. seletividade e distributividade na prestação dos prorrogável, presta serviço para atender a neces-
benefícios. sidade transitória de substituição de pessoal re-
a) os itens I e II são os únicos corretos; gular e permanente ou a acréscimo extraordinário
b) os itens I e III são os únicos corretos; de serviço de outras empresas, na forma da legis-
c) os itens II e III são os únicos corretos; lação própria;
d) todos os itens estão corretos; III. o brasileiro ou o estrangeiro domiciliado e contra-
e) todos os itens estão incorretos. tado no Brasil para trabalhar como empregado no
exterior, em sucursal ou agência de empresa cons-
17. A previdência social rege-se pelos seguintes tituída sob as leis brasileiras e que tenha sede e
princípios e objetivos, dentre outros: administração no País;
I. cálculo dos benefícios considerando-se os salári- a) os itens I e II são os únicos corretos;
os-de-contribuição corrigidos monetariamente; b) os itens I e III são os únicos corretos;
II. irredutibilidade do valor dos benefícios, de forma a c) os itens II e III são os únicos corretos;
preservar-lhe o poder aquisitivo; d) todos os itens estão corretos;
III. valor da renda mensal dos benefícios substitutos e) todos os itens estão incorretos.
do salário-de-contribuição ou do rendimento do
trabalho do segurado não inferior a dois salários 21. É segurado obrigatório da previdência social, como
mínimos. ________ aquele que presta serviço de natureza
a) os itens I e II são os únicos corretos; contínua, mediante remuneração, a pessoa ou fa-
b) os itens I e III são os únicos corretos; mília, no âmbito residencial desta, em atividade
c) os itens II e III são os únicos corretos; sem fins lucrativos.
d) todos os itens estão corretos; a) diarista;
e) todos os itens estão incorretos. b) empregado;
c) autônomo;
d) empregado doméstico;
18. A previdência social será organizada sob a forma
e) contribuinte individual.
de regime geral, de caráter contributivo e de filia-
ção obrigatória, observados critérios que preser-
22. João Rodolpho, como pessoa física, é proprietá-
vem o equilíbrio financeiro e atuarial, e atenderá a,
rio, que explora atividade de extração mineral -
dentre outras exigências:
garimpo -, em caráter temporário, por intermédio
I. cobertura de eventos de doença, invalidez, morte e
de prepostos, com o auxílio de empregados, de
idade avançada; forma não contínua.
II. proteção à maternidade, especialmente à gestante;
João Rodolpho é considerado pela previdência social:
III. proteção ao trabalhador em situação de desem-
prego involuntário. a) segurado facultativo, como contribuinte individual;
b) segurado obrigatório, como autônomo;
a) os itens I e II são os únicos corretos; c) segurado obrigatório, como contribuinte individual;
b) os itens I e III são os únicos corretos; d) segurado especial;
c) os itens II e III são os únicos corretos; e) segurado obrigatório, como trabalhador avulso.
d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos. 23. Carla Maria, sindicalizada, presta serviço de natu-
reza rural, a diversas empresas, sem vínculo em-
19. A administração do Regime Geral de Previdência pregatício, com a intermediação obrigatória do sin-
Social é atribuída ao ____________, sendo exer- dicato da categoria o qual pertence, de acordo com
cida pelos órgãos e entidades a ele vinculados. o Decreto nº 3.048/99.
a) Ministério da Seguridade Social; Carla Maria é considerada pela previdência social:
b) Ministério da Previdência Social; a) segurada facultativo, como contribuinte individual;

Degrau Cultural 9
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) segurada obrigatório, como autônoma; c) Considera-se diretor não empregado aquele que,
c) segurada obrigatório, como contribuinte individual; participando ou não do risco econômico do em-
d) segurada especial; preendimento, seja eleito, por assembleia geral
e) segurada obrigatória, como trabalhadora avulsa. dos acionistas, para cargo de direção das socie-
dades anônimas, não mantendo as característi-
24. São segurados obrigatórios da previdência social, cas inerentes à relação de emprego.
como trabalhador avulso: d) Entende-se por serviço prestado em caráter não
a) o trabalhador que exerce atividade portuária de ca- eventual aquele relacionado direta ou indiretamen-
patazia, estiva, conferência e conserto de carga, te com as atividades normais da empresa.
vigilância de embarcação e bloco; e) Entende-se como regime de economia familiar a
b) o trabalhador de estiva de mercadorias de qual- atividade em que o trabalho dos membros da fa-
quer natureza, inclusive carvão e minério; mília é indispensável à própria subsistência e ao
c) o trabalhador em alvarenga (embarcação para car- desenvolvimento socioeconômico do núcleo fami-
liar e é exercido em condições de mútua depen-
ga e descarga de navios);
dência e colaboração, sem a utilização de empre-
d) o amarrador de embarcação;
gados permanentes.
e) Todas as alternativas anteriores respondem a
questão.
28. Entende-se por trabalhador avulso, o trabalhador
que exerce as seguintes atividades portuárias,
25. São segurados obrigatórios da previdência social excetuando-se:
como trabalhador avulso, exceto: a) capatazia - a atividade de movimentação de mer-
a) o trabalhador na indústria de extração de sal; cadorias nas instalações de uso público, compre-
b) o carregador de bagagem em porto; endendo o recebimento, conferência, transporte in-
c) o prático de barra em porto; terno, abertura de volumes para conferência adu-
d) o guindasteiro em porto; aneira, manipulação, arrumação e entrega, bem
e) o classificador, o movimentador e o empacotador como o carregamento e descarga de embarcações,
de mercadorias. quando efetuados por aparelhamento portuário;
b) estiva - a atividade de movimentação de mercado-
26. São segurados obrigatórios da previdência social rias nos conveses ou nos porões das embarca-
como ______________, a pessoa física residen- ções principais ou auxiliares, incluindo transbor-
te no imóvel rural ou em aglomerado urbano ou do, arrumação, peação e despeação, bem como o
rural próximo que, individualmente ou em regime carregamento e a descarga das mesmas, quando
de economia familiar, ainda que com o auxílio even- realizados com equipamentos de bordo;
tual de terceiros, na condição de produtor, seja ele c) conferência de carga - a contagem de volumes,
proprietário, usufrutuário, possuidor, assentado, anotação de suas características, procedência ou
parceiro ou meeiro outorgados, comodatário ou destino, verificação do estado das mercadorias,
assistência à pesagem, conferência do manifesto
arrendatário rurais, que explore atividade agrope-
e demais serviços correlatos, nas operações de
cuária em área contínua ou não de até quatro mó-
carregamento e descarga de embarcações;
dulos fiscais; ou de seringueiro ou extrativista ve-
d) conserto de carga - o reparo e a restauração das
getal na coleta e extração, de modo sustentável,
embalagens de mercadoria, nas operações de car-
de recursos naturais renováveis, e faça dessas regamento e descarga de embarcações, reemba-
atividades o principal meio de vida. lagem, marcação, remarcação, carimbagem, eti-
a) empregado; quetagem, abertura de volumes para vistoria e
b) segurado especial; posterior recomposição;
c) contribuinte individual; e) bloco - a atividade de fiscalização da entrada e saída
d) segurado facultativo; de pessoas a bordo das embarcações atracadas ou
e) trabalhador avulso. fundeadas ao largo, bem como da movimentação de
mercadorias nos portalós, rampas, porões, conve-
27. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: ses, plataformas e em outros locais da embarcação.
a) O aposentado pelo Regime Geral de Previdência
Social que voltar a exercer atividade abrangida por 29. Não é segurado especial o membro de grupo fa-
este regime é segurado obrigatório em relação a miliar que possuir outra fonte de rendimento, ex-
essa atividade, ficando sujeito às contribuições de ceto se decorrente de:
que trata este Regulamento. I. benefício de pensão por morte, auxílio-acidente ou au-
b) Considera-se diretor empregado aquele que, não xílio-reclusão, cujo valor não supere o do menor bene-
participando do risco econômico do empreendi- fício de prestação continuada da previdência social;
mento, contratado para cargo de direção das soci- II. exercício de mandato eletivo de dirigente sindical de
edades anônimas, não mantendo as característi- organização da categoria de trabalhadores rurais;
cas inerentes à relação de emprego. III. atividade artesanal desenvolvida com matéria-pri-
ma produzida pelo respectivo grupo familiar, po-

10 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

dendo ser utilizada matéria-prima de outra origem, I. o condutor autônomo de veículo rodoviário, assim
desde que, nesse caso, a renda mensal obtida na considerado aquele que exerce atividade profissi-
atividade não exceda ao menor benefício de pres- onal sem vínculo empregatício, quando proprietá-
tação continuada da previdência social. rio, co-proprietário ou promitente comprador de um
a) os itens I e II são os únicos corretos; só veículo;
b) os itens I e III são os únicos corretos; II. aquele que exerce atividade de auxiliar de condu-
c) os itens II e III são os únicos corretos; tor autônomo de veículo rodoviário, em automóvel
d) todos os itens estão corretos; cedido em regime de colaboração, nos termos da
4
e) todos os itens estão incorretos. Lei nº 6.094, de 30 de agosto de 1974 ;
III. aquele que, pessoalmente, por conta própria e a
30. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: seu risco, exerce pequena atividade comercial em
a) O dirigente sindical mantém, durante o exercício do via pública ou de porta em porta, como comercian-
mandato, o mesmo enquadramento no Regime Geral te ambulante, nos termos da Lei nº 6.586, de 6 de
de Previdência Social de antes da investidura no cargo. novembro de 1978 .
5

b) O magistrado da Justiça Eleitoral, nomeado na for-


a) os itens I e II são os únicos corretos;
ma do inciso II do art. 119 ou III do § 1º do art. 120
b) os itens I e III são os únicos corretos;
da Constituição Federal, mantém o mesmo en-
c) os itens II e III são os únicos corretos;
quadramento no Regime Geral de Previdência
d) todos os itens estão corretos;
Social de antes da investidura no cargo.
c) O exercício de atividade remunerada, em alguns e) todos os itens estão incorretos.
casos, sujeita a filiação obrigatória ao Regime Ge-
ral de Previdência Social. 33. Enquadra-se também nas situações previstas na
d) Aquele que exerce, concomitantemente, mais de uma questão anterior (nº 32):
atividade remunerada sujeita ao Regime Geral de I. o trabalhador associado à cooperativa que, nessa
Previdência Social - RGPS é obrigatoriamente filiado qualidade, presta serviços a terceiros;
em relação a cada uma dessas atividades, observa- II. o membro de conselho fiscal de sociedade por
da, para os segurados inscritos até 29 de novembro ações;
de 1999 e sujeitos a salário-base, a tabela de transi- III. aquele que presta serviço de natureza contínua, a
toriedade de que trata o § 2º do art. 278-A e, para os pessoa ou família, no âmbito residencial desta,
segurados inscritos a partir daquela data, o dispos- com ou sem fins lucrativos.
to no inciso III do caput do art. 214. a) os itens I e II são os únicos corretos;
e) Considera-se pescador artesanal aquele que, indi- b) os itens I e III são os únicos corretos;
vidualmente ou em regime de economia familiar, c) os itens II e III são os únicos corretos;
faz da pesca sua profissão habitual ou meio princi- d) todos os itens estão corretos;
pal de vida, de acordo com os requisitos legais. e) todos os itens estão incorretos.

31. Considera-se pescador artesanal aquele que, in- 34. Enquadra-se também nas situações previstas na
dividualmente ou em regime de economia familiar, questão nº 32:
faz da pesca sua profissão habitual ou meio princi- I. a pessoa física que edifica obra de construção civil;
pal de vida, desde que: II. o médico residente de que trata a Lei nº 6.932, de
6
I. não utilize embarcação; 7 de julho de 1981 .
II. utilize embarcação de pequeno porte, nos termos III. o incorporador de que trata o art. 29 da Lei nº 4.591,
*
da Lei nº 11.959, de 29 de junho de 2009; de 16 de dezembro de 1964 .
7

III. utilize embarcação de até seis toneladas de ar-


queação bruta.
a) os itens I e II são os únicos corretos; 4
Lei nº 6.094, de 30 de agosto de 1974- Define, para fins de
b) os itens I e III são os únicos corretos; Previdência Social, a atividade de Auxiliar de Condutor
c) os itens II e III são os únicos corretos; Autônomo de Veículo Rodoviário, e dá outras providências.
d) todos os itens estão corretos;
5
Lei nº 6.586, de 6 de novembro de 1978 - Classifica o comer-
ciante ambulante para fins trabalhistas e previdenciários.
e) todos os itens estão incorretos. 6
Lei nº 6.932, de 7 de julho de 1981 - Dispõe sobre as
atividades do médico residente e dá outras providências.
32. Enquadram-se na situação de quem presta serviço 7
art. 29 da Lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964:
de natureza urbana ou rural, em caráter eventual, a Art. 29. Considera-se incorporador a pessoa física ou jurídi-
uma ou mais empresas, sem relação de emprego ca, comerciante ou não, que embora não efetuando a cons-
e na situação da pessoa física que exerce, por con- trução, compromisse ou efetive a venda de frações ideais
ta própria, atividade econômica de natureza urba- de terreno objetivando a vinculação de tais frações a unida-
na, com fins lucrativos ou não: des autônomas, (Vetado) em edificações a serem construí-
das ou em construção sob regime condominial, ou que mera-
*
Lei nº 11.959/2009, dispõe sobre a Política Nacional de mente aceite propostas para efetivação de tais transações,
Desenvolvimento Sustentável da Aquicultura e da Pesca coordenando e levando a termo a incorporação e respon-
Art.10, § 1º:
sabilizando-se, conforme o caso, pela entrega, a certo prazo,
I - de pequeno porte: quando possui arqueação bruta - AB
igual ou menor que 20 (vinte); (grifo nosso) preço e determinadas condições, das obras concluídas.

Degrau Cultural 11
500 Testes - Legislação Previdenciária

a) os itens I e II são os únicos corretos; c) Ainda sobre o segurado especial, seu grupo fami-
b) os itens I e III são os únicos corretos; liar poderá utilizar-se de empregado, inclusive da-
c) os itens II e III são os únicos corretos; quele referido na alínea “r” do inciso I do caput
d) todos os itens estão corretos; deste artigo, ou de trabalhador de que trata a alí-
e) todos os itens estão incorretos. nea “j” do inciso V, em épocas de safra, à razão de
no máximo cento e vinte pessoas/dia dentro do
35. Não descaracteriza a condição de segurado especial: ano civil, em períodos corridos ou intercalados ou,
I. a outorga, por meio de contrato escrito de parce- ainda, por tempo equivalente em horas de traba-
ria, meação ou comodato, de até cinquenta por lho, à razão de oito horas/dia e quarenta e quatro
cento de imóvel rural cuja área total, contínua ou horas/semana.
descontínua, não seja superior a quatro módulos d) O disposto nos incisos III e V do § 8º do artigo 9º do
fiscais, desde que outorgante e outorgado conti- Decreto nº 3.048/99, não dispensa o recolhimento
nuem a exercer a respectiva atividade, individual- da contribuição devida em relação ao exercício das
mente ou em regime de economia familiar; atividades de que tratam os referidos incisos.
II. a exploração da atividade turística da propriedade e) O servidor civil ocupante de cargo efetivo ou o mili-
rural, inclusive com hospedagem, por não mais tar da União, Estado, Distrito Federal ou Município,
de cento e oitenta dias ao ano; bem como o das respectivas autarquias e funda-
III. a participação em plano de previdência comple- ções, não são excluídos do Regime Geral de Pre-
mentar instituído por entidade classista a que seja vidência Social consubstanciado no Decreto nº
associado, em razão da condição de trabalhador 3.048/99, desde que amparados por regime pró-
rural ou de produtor rural em regime de economia prio de previdência social.
familiar.
a) os itens I e II são os únicos corretos; 37. O segurado especial fica excluído dessa catego-
b) os itens I e III são os únicos corretos; ria, a contar do primeiro dia do mês em que:
c) os itens II e III são os únicos corretos; I. deixar de satisfazer as condições estabelecidas
d) todos os itens estão corretos; no inciso VII do caput do art. 9º do Decreto nº 3.048/
e) todos os itens estão incorretos. 99, sem prejuízo do disposto no art. 13, ou exceder
qualquer dos limites estabelecidos no inciso I do
36. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: § 18 do mencionado artigo;
8
a) Os segurados de que trata o art. 199-A terão iden- II. se enquadrar em qualquer outra categoria de se-
tificação específica nos registros da Previdência gurado obrigatório do Regime Geral de Previdên-
Social. cia Social, ressalvado o disposto nos incisos III, V,
b) Para os fins do Decreto nº 3.048/99 considera-se VII e VIII do § 8º do artigo 9º do Decreto nº 3.048/99,
que o segurado especial reside em aglomerado sem prejuízo do disposto no art. 13 deste Decreto;
urbano ou rural próximo ao imóvel rural onde de- III. se tornar segurado obrigatório de outro regime
senvolve a atividade quando resida no mesmo mu- previdenciário.
nicípio de situação do imóvel onde desenvolve a a) os itens I e II são os únicos corretos;
atividade rural, ou em município contíguo ao em b) os itens I e III são os únicos corretos;
que desenvolve a atividade rural. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.

8
Art. 199-A. A partir da competência em que o segurado fizer
a opção pela exclusão do direito ao benefício de aposenta-
doria por tempo de contribuição, é de onze por cento, sobre 9
incisos III e V do § 8o do artigo 9º:
o valor correspondente ao limite mínimo mensal do salário-
§ 8o Não é segurado especial o membro de grupo familiar que
de-contribuição, a alíquota de contribuição: (Incluído pelo
possuir outra fonte de rendimento, exceto se decorrente de:
Decreto nº 6.042, de 2007).
(...)
I - do segurado contribuinte individual, que trabalhe por conta
III - exercício de atividade remunerada em período de entres-
própria, sem relação de trabalho com empresa ou equipa-
safra ou do defeso, não superior a cento e vinte dias, corri-
rado; (Incluído pelo Decreto nº 6.042, de 2007).
dos ou intercalados, no ano civil, observado o disposto no §
II - do segurado facultativo; e (Incluído pelo Decreto nº
22 deste artigo; (Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
6.042, de 2007).
(...)
III - do MEI de que trata a alínea “p” do inciso V do art. 9o,
V - exercício de mandato de vereador do município onde
cuja contribuição deverá ser recolhida na forma regula-
desenvolve a atividade rural, ou de dirigente de cooperativa
mentada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional. (Redação
rural constituída exclusivamente por segurados especiais,
dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
observado o disposto no § 22 deste artigo;

12 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

38. O trabalhador avulso fica excluído dessa catego- II. Caso o servidor ou o militar venham a exercer, con-
ria, a contar do primeiro dia do mês subsequente comitantemente, uma ou mais atividades abrangi-
ao da ocorrência, quando o grupo familiar a que das pelo Regime Geral de Previdência Social, tor-
pertence exceder o limite de: nar-se-ão segurados obrigatórios em relação a
I. utilização de trabalhadores nos termos do § 21 do essas atividades.
art. 9º do Decreto nº 3.048/99; III. Entende-se por regime próprio de previdência so-
II. dias em atividade remunerada estabelecidos no cial o que assegura pelo menos as aposentadori-
inciso III do § 8º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99; as e pensão por morte previstas no art. 40 da Cons-
III. dias de hospedagem a que se refere o inciso II do tituição Federal.
§ 18 do art. 9º do Decreto nº 3.048/99. a) os itens I e II são os únicos corretos;
a) os itens I e II são os únicos corretos; b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; c) os itens II e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; d) todos os itens estão corretos;
d) todos os itens estão corretos; e) todos os itens estão incorretos.
e) todos os itens estão incorretos.
42. É segurado facultativo o maior de ________ anos de
39. Considera-se processo de beneficiamento ou in- idade que se filiar ao Regime Geral de Previdência
dustrialização artesanal aquele realizado direta- Social, mediante contribuição, na forma do art.199
mente pelo próprio produtor rural pessoa física, do Decreto nº 3.048/99, desde que não esteja exer-
observado o disposto no § 5º do art. 200 do Decre- cendo atividade remunerada que o enquadre como
to nº 3.048/99, desde que não esteja sujeito à inci- segurado obrigatório da previdência social.
dência do: a) 18;
a) IPI; b) 21;
c) 20;
b) ICMS;
d) 14;
c) ISS;
e) 16.
d) IOF;
e) IR.
43. Podem filiar-se facultativamente ao RGPS, entre
outros:
40. É considerado MEI o empresário individual a que I. a dona-de-casa;
se refere o art. 966 da Lei nº 10.406, de 10 de ja- II. o síndico de condomínio, quando não remunerado;
neiro de 2002 - Código Civil, que tenha auferido III. o estudante.
receita bruta, no ano-calendário anterior, de até R$
a) os itens I e II são os únicos corretos;
________, optante pelo Simples Nacional e que
b) os itens I e III são os únicos corretos;
não esteja impedido de optar pela sistemática de c) os itens II e III são os únicos corretos;
recolhimento mencionada na alínea “p” do inciso d) todos os itens estão corretos;
V do art. 9º do Decreto nº 3.048/99. e) todos os itens estão incorretos.
a) 30.000,00;
b) 32.000,00; 44. Podem filiar-se facultativamente, entre outros:
c) 38.000,00; I. o brasileiro que acompanha cônjuge que presta
d) 60.000,00; serviço no exterior;
e) 40.000,00. II. aquele que deixou de ser segurado obrigatório da
previdência social;
41. O servidor civil ocupante de cargo efetivo ou o mili- III. o bolsista que se dedique em tempo integral ou
tar da União, Estado, Distrito Federal ou Município, parcial a pesquisa, curso de especialização, pós-
bem como o das respectivas autarquias e funda- graduação, mestrado ou doutorado, no Brasil ou
ções, são excluídos do Regime Geral de Previdên- no exterior, desde que esteja vinculado a qualquer
cia Social consubstanciado neste Regulamento, regime de previdência social.
desde que amparados por regime próprio de pre- a) os itens I e II são os únicos corretos;
vidência social. b) os itens I e III são os únicos corretos;
Deste modo, leia, analise e julgue os itens a seguir: c) os itens II e III são os únicos corretos;
I. Caso o servidor ou o militar, amparados por regi- d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.
me próprio de previdência social, sejam requisita-
dos para outro órgão ou entidade cujo regime pre-
45. Podem filiar-se facultativamente ao RGPS, entre
videnciário não permita a filiação nessa condição,
outros:
permanecerão vinculados ao regime de origem,
I. o presidiário que exerce atividade remunerada e
obedecidas às regras que cada ente estabeleça
esteja vinculado a qualquer regime de previdência
acerca de sua contribuição.
social;

Degrau Cultural 13
500 Testes - Legislação Previdenciária

II. o brasileiro residente ou domiciliado no exterior, 48. Equiparam-se a empresa, para os efeitos do De-
salvo se filiado a regime previdenciário de país com creto nº 3.048/99:
o qual o Brasil mantenha acordo internacional; I. o contribuinte individual, em relação a segurado
III. o segurado recolhido à prisão sob regime fecha- que lhe presta serviço;
do ou semi-aberto, que, nesta condição, preste II. a cooperativa, a associação ou a entidade de qual-
serviço, dentro ou fora da unidade penal, a uma ou quer natureza ou finalidade, inclusive a missão
mais empresas, com ou sem intermediação da diplomática e a repartição consular de carreiras
organização carcerária ou entidade afim, ou que estrangeiras;
exerce atividade artesanal por conta própria. III. o proprietário ou dono de obra de construção civil,
a) os itens I e II são os únicos corretos; quando pessoa física, em relação a segurado que
lhe presta serviço.
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) todos os itens estão incorretos. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
46. Leia, analise os itens a seguir e responda: e) todos os itens estão incorretos.
I. É permitida a filiação ao Regime Geral de Previ-
dência Social, na qualidade de segurado facultati- 49. Mantém a qualidade de segurado, independente-
vo, de pessoa participante de regime próprio de mente de contribuições:
previdência social, sem exceções. I. sem limite de prazo, quem está em gozo de bene-
II. A filiação na qualidade de segurado facultativo re- fício;
presenta ato volitivo, gerando efeito somente a partir II. até doze meses após a cessação de benefício por
da inscrição e do primeiro recolhimento, não po- incapacidade ou após a cessação das contribui-
dendo retroagir e não permitindo o pagamento de ções, o segurado que deixar de exercer atividade
remunerada abrangida pela previdência social ou
contribuições relativas a competências anteriores
estiver suspenso ou licenciado sem remuneração;
à data da inscrição, ressalvado o § 3º do art. 28 do
III. até dez meses após cessar a segregação, o se-
Decreto nº 3.048/99.
gurado acometido de doença de segregação com-
III. Após a inscrição, o segurado facultativo somente
pulsória.
poderá recolher contribuições em atraso quando
não tiver ocorrido perda da qualidade de segura- a) os itens I e II são os únicos corretos;
do, conforme o disposto no inciso VI do art. 13 do b) os itens I e III são os únicos corretos;
Decreto nº 3.048/99. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
a) os itens I e II são os únicos corretos; e) todos os itens estão incorretos.
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; 50. Mantém a qualidade de segurado, independente-
d) todos os itens estão corretos; mente de contribuições:
e) todos os itens estão incorretos. I. até doze meses após o livramento, o segurado
detido ou recluso;
47. Para os fins do Decreto nº 3.048/99, considera-se: II. até três meses após o licenciamento, o segurado
I. empresa – a firma individual ou a sociedade que incorporado às Forças Armadas para prestar ser-
assume o risco de atividade econômica urbana ou viço militar;
rural, com fins lucrativos ou não, bem como os III. até doze meses após a cessação das contribui-
órgãos e as entidades da administração pública ções, o segurado facultativo.
direta, indireta e fundacional;
a) os itens I e II são os únicos corretos;
II. empregador doméstico – aquele que admite a seu
b) os itens I e III são os únicos corretos;
serviço, mediante remuneração, sem finalidade
c) os itens II e III são os únicos corretos;
lucrativa, empregado doméstico.
d) todos os itens estão corretos;
III. empregado doméstico – apenas aquele que pres-
e) todos os itens estão incorretos.
ta serviço no âmbito de uma única residência, ge-
rando ou não com o seu trabalho, lucro para seu
51. O prazo do inciso II do art. 13 do Decreto nº 3.048/
empregador.
99 (item II da questão nº 49) será prorrogado para
a) os itens I e II são os únicos corretos; até _______ meses, se o segurado já tiver pago
b) os itens I e III são os únicos corretos; mais de cento e vinte contribuições mensais sem
c) os itens II e III são os únicos corretos; interrupção que acarrete a perda da qualidade de
d) todos os itens estão corretos; segurado.
e) todos os itens estão incorretos. a) 24;

14 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) 36; b) A existência de dependente de qualquer das clas-


c) 48; ses deste artigo exclui do direito às prestações os
d) 120; das classes seguintes.
e) 96. c) Equiparam-se aos filhos, nas condições do inciso
I do art. 16 do Decreto nº 3.048/99 (item I da ques-
52. O prazo do inciso II ou do § 1º do art. 13 do Decreto tão nº 54), mediante declaração escrita do segura-
nº 3.048/99 será acrescido de ______ meses para do, comprovada a dependência econômica na for-
o segurado desempregado, desde que compro- ma estabelecida no § 3º do art. 22 do mencionado
vada essa situação por registro no órgão próprio Decreto, o enteado e o menor que esteja sob sua
do Ministério do Trabalho e Emprego. tutela e desde que não possua bens suficientes
a) 24; para o próprio sustento e educação.
b) 36; d) O menor sob tutela, em nenhuma hipótese poderá
c) 48; ser equiparado aos filhos do segurado.
d) 12; e) Considera-se companheira ou companheiro a
e) 96. pessoa que mantenha união estável com o segu-
rado ou segurada.
53. Leia, analise e marque a alternativa incorreta:
a) Durante os prazos do artigo 13 do Decreto nº 3.048/99, 56. De acordo com o texto do Decreto nº 3.048/99, con-
o segurado conserva todos os seus direitos peran- sidera-se união estável aquela configurada na
te a previdência social. convivência pública, ___________ entre o homem
b) Aplica-se o disposto no inciso II do caput e no § 1º e a mulher, estabelecida com intenção de consti-
do art. 13 do Decreto nº 3.048/99, ao segurado que tuição de família, observado o § 1º do art. 1.723 do
se desvincular de regime próprio de previdência Código Civil, instituído pela Lei nº 10.406, de 10 de
social. janeiro de 2002.
c) A perda da qualidade de segurado não será consi- a) por período superior a 10 anos;
b) contínua e duradoura;
derada para a concessão das aposentadorias por
c) por período superior a 15 anos;
tempo de contribuição e especial.
d) por período superior a 20 anos;
d) Aplica-se o disposto no § 5º do art. 13 do Decreto
e) por período superior a 8 anos.
nº 3.048/99 à aposentadoria por idade, desde que
o segurado conte com, no mínimo, o número de
57. A dependência econômica das pessoas de que
contribuições mensais exigido para efeito de ca-
trata o inciso I do art. 16 do Decreto nº 3.048/99
rência na data do requerimento do benefício.
(vide questão 54) é ________ e a das demais (in-
e) O reconhecimento da perda da qualidade de segu-
cisos II e III do art. 16 do Decreto nº 3.048/99) deve
rado no termo final dos prazos fixados no art. 13 do ser ________.
Decreto nº 3.048/99 ocorrerá até o décimo dia útil a) presumida / comprovada;
ao do dia seguinte ao do vencimento da contribui- b) presumida / especial;
ção do contribuinte individual relativa ao mês ime- c) facultativa / obrigatória;
diatamente posterior ao término daqueles prazos. d) formal / informal;
e) legal / ilegal.
54. São beneficiários do Regime Geral de Previdên-
cia Social, na condição de dependentes do segu- 58. A perda da qualidade de dependente ocorre:
rado: I. para o cônjuge, pela separação judicial ou divórcio,
I. o cônjuge, a companheira, o companheiro e o filho enquanto não lhe for assegurada a prestação de
não emancipado de qualquer condição, menor de alimentos, pela anulação do casamento, pelo óbito
vinte e um anos ou inválido; ou por sentença judicial transitada em julgado;
II. os pais; II. para a companheira ou companheiro, pela cessa-
III. o irmão não emancipado, de qualquer condição, ção da união estável com o segurado ou segura-
menor de vinte e um anos ou inválido. da, enquanto não lhe for garantida a prestação de
a) os itens I e II são os únicos corretos; alimentos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; III. para o companheiro se dentro do prazo de cinco
c) os itens II e III são os únicos corretos; anos não for oficializado a união por meio de ca-
d) todos os itens estão corretos; samento oficial.
e) todos os itens estão incorretos. a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
55. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: c) os itens II e III são os únicos corretos;
a) Os dependentes de uma mesma classe concor- d) todos os itens estão corretos;
rem em igualdade de condições. e) todos os itens estão incorretos.

Degrau Cultural 15
500 Testes - Legislação Previdenciária

59. Sobre a assertiva a seguir, marque a alternativa a) os itens I e II são os únicos corretos;
correta. b) os itens I e III são os únicos corretos;
A perda da qualidade de dependente ocorre, para c) os itens II e III são os únicos corretos;
o filho e o irmão, de qualquer condição, ao com- d) todos os itens estão corretos;
pletarem vinte e um anos de idade, salvo se invá- e) todos os itens estão incorretos.
lidos, desde que a invalidez tenha ocorrido antes:
a) de completarem vinte e um anos de idade; 63. A inscrição do segurado especial ocorrerá pela
b) do casamento; apresentação de documento que comprove o exer-
c) do início do exercício de emprego público efetivo; cício de atividade:
d) da constituição de estabelecimento civil ou comer- a) rural;
cial ou da existência de relação de emprego, des- b) urbana;
de que, em função deles, o menor com dezesseis c) formal;
anos completos tenha economia própria; d) informal;
e) Todas as alternativas estão corretas. e) na Carteira de Trabalho.

60. Sobre a assertiva a seguir, marque a alternativa 64. A inscrição do _________________ ocorrerá
correta. pela apresentação de documento de identidade
A perda da qualidade de dependente ocorre: e declaração expressa de que não exerce ativi-
I. pela cessação da invalidez; dade que o enquadre na categoria de segurado
II. pelo falecimento; obrigatório.
III. pelo nascimento. a) segurado especial;
a) os itens I e II são os únicos corretos; b) segurado facultativo;
b) os itens I e III são os únicos corretos; c) segurado obrigatório;
c) os itens II e III são os únicos corretos; d) servidor público;
d) todos os itens estão corretos; e) trabalhador avulso.
e) todos os itens estão incorretos.
65. Leia, analise e marque a alternativa incorreta:
61. Considera-se ___________ para os efeitos da pre- a) A inscrição do segurado de que trata o inciso I do
vidência social o ato pelo qual o segurado é ca- art. 18 do Decreto nº 3.048/99 será efetuada dire-
dastrado no Regime Geral de Previdência Social, tamente na empresa, sindicato ou órgão gestor de
mediante comprovação dos dados pessoais e de mão-de-obra e a dos demais no Instituto Nacional
outros elementos necessários e úteis a sua ca- do Seguro Social.
racterização, observado o disposto no art. 330 e b) A inscrição do segurado em qualquer categoria
seu parágrafo único do Decreto nº 3.048/99, na mencionada no artigo 18 do Decreto nº 3.048/99
forma disposta. exige a idade mínima de quatorze anos.
a) inscrição de segurado; c) Todo aquele que exercer, concomitantemente,
b) cadastramento de beneficiário; mais de uma atividade remunerada sujeita ao
c) habilitação do segurado; Regime Geral de Previdência Social será obri-
d) registro de beneficiário; gatoriamente inscrito em relação a cada uma
e) registro do administrado. delas.
d) Presentes os pressupostos da filiação, admi-
62. A inscrição do segurado ocorrerá, dentre outras, te-se a inscrição post mortem do segurado es-
da seguinte forma: pecial.
I. o empregado e trabalhador avulso - pelo preen- e) A comprovação dos dados pessoais e de outros
chimento dos documentos que os habilitem ao elementos necessários e úteis à caracterização
exercício da atividade, formalizado pelo contrato do segurado poderá ser exigida quando da con-
de trabalho, no caso de empregado, observado o cessão do benefício.
disposto no § 2º do art. 20, e pelo cadastramento e
registro no sindicato ou órgão gestor de mão-de- 66. O período de carência é contado, para o ________,
obra, no caso de trabalhador avulso; da data de filiação ao Regime Geral de Previdên-
II. empregado doméstico - pela apresentação de cia Social.
documento que comprove a existência de contrato a) segurado facultativo;
de trabalho; b) segurado empregado e trabalhador avulso;
III. contribuinte individual - pela apresentação de do- c) empregado doméstico;
cumento que caracterize a sua condição ou o exer- d) segurado especial;
cício de atividade profissional, liberal ou não. e) contribuinte individual.

16 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

67. A inscrição do ________________ será feita de 71. Informações inseridas _________, independen-
forma a vinculá-lo ao seu respectivo grupo familiar temente de serem inéditas ou retificadoras de da-
e conterá, além das informações pessoais, a iden- dos anteriormente informados, somente serão
tificação da forma do exercício da atividade, se in- aceitas se corroboradas por documentos que com-
dividual ou em regime de economia familiar; da provem a sua regularidade.
condição no grupo familiar, se titular ou compo- a) extemporaneamente no CNIS;
nente; do tipo de ocupação do titular de acordo b) no DATAPREV;
com tabela do Código Brasileiro de Ocupações; c) no DATAMEC;
da forma de ocupação do titular vinculando-o à pro- d) no SERPRO;
priedade ou embarcação em que trabalha, da pro- e) na inscrição do segurado.
priedade em que desenvolve a atividade, se nela
72. Respeitadas as definições vigentes sobre a pro-
reside ou o município onde reside e, quando for o
cedência e origem das informações, considera-
caso, a identificação e inscrição da pessoa res- se extemporânea a inserção de dados relativos à
ponsável pelo grupo familiar. data de início de vínculo, sempre que decorrentes
a) segurado facultativo; de documento apresentado após o transcurso de
b) trabalhador avulso; até ______ dias do prazo estabelecido pela legis-
c) trabalhador eventual; lação, cabendo ao INSS dispor sobre a redução
d) segurado especial; desse prazo.
e) empregado temporário. a) 120;
b) 180;
68. O segurado especial integrante de grupo familiar c) 365;
d) 150;
que não seja proprietário do imóvel rural ou da
e) 300.
embarcação em que desenvolve sua atividade deve
informar, no ato da inscrição, conforme o caso, o
73. Respeitadas as definições vigentes sobre a pro-
nome e o CPF do:
cedência e origem das informações, considera-
a) parceiro;
se extemporânea a inserção de dados relativos:
b) arrendador; I. a remunerações, sempre que decorrentes de do-
c) comodante ou assemelhado; cumento apresentado após o último dia do quinto
d) meeiro outorgante; mês subseqüente ao mês da data de prestação
e) todas as alternativas respondem à questão. de serviço pelo segurado, quando se tratar de da-
dos informados por meio da Guia de Recolhimen-
69. Os dados constantes do (a) _________ relativos to do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e
a vínculos, remunerações e contribuições valem Informações à Previdência Social - GFIP;
como prova de filiação à previdência social, tempo II. a remunerações, sempre que decorrentes de do-
de contribuição e salários-de-contribuição. cumento apresentado após o último dia do exercí-
a) Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS; cio seguinte ao a que se referem as informações,
b) Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS; quando se tratar de dados informados por meio
c) Ministério do Trabalho e Emprego; da Relação Anual de Informações Sociais - RAIS;
d) Serviço Federal de Processamento de Dados - III. relativos a contribuições, sempre que o recolhi-
SERPRO; mento tiver sido feito sem observância do estabe-
e) DATAMEC – Empresa de Processamento de da- lecido em lei.
dos da caixa Econômica Federal. a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
70. O (a) _______, a qualquer momento, a inclusão, c) os itens II e III são os únicos corretos;
exclusão ou retificação das informações constan- d) todos os itens estão corretos;
tes do CNIS, com a apresentação de documentos e) todos os itens estão incorretos.
comprobatórios dos dados divergentes, conforme
74. A extemporaneidade de que trata o inciso I do § 3º do
critérios definidos pelo INSS, independentemente
art. 19 do Decreto nº 3.048/99 será relevada após
de requerimento de benefício, exceto na hipótese
___________ da data do documento que tiver gera-
do art. 142 do Decreto nº 3.048/99. do a informação, desde que, cumulativamente, o atra-
a) segurado deverá solicitar mensalmente; so na apresentação do documento não tenha exce-
b) segurado poderá solicitar; dido o prazo de que trata a alínea “a” do inciso II do
c) administrado poderá exigir anualmente; § 3º do citado artigo; o segurado não tenha se vali-
d) autoridade deverá mensalmente exigir; do da alteração para obter benefício cuja carência
e) segurado facultativo deverá exigir. mínima seja de até doze contribuições mensais.
a) dois anos;

Degrau Cultural 17
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) um ano; e) de sua CTPS - Carteira de Trabalho e Previdência


c) três anos; Social.
d) quatro anos;
e) cinco anos. 79. A comprovação de vínculos e remunerações de que
trata o art. 62 do Decreto nº 3.048/99 poderá ser
75. Não constando do CNIS informações sobre contri- utilizada para suprir omissão do empregador, para
buições ou remunerações, ou havendo dúvida so- corroborar informação inserida ou retificada extem-
bre a regularidade do vínculo, motivada por diver- poraneamente ou para subsidiar a avaliação dos
gências ou insuficiências de dados relativos ao dados do (a):
empregador, ao segurado, à natureza do vínculo, a) SERPRO;
ou a procedência da informação, esse período res- b) DATAPREV;
pectivo somente será confirmado mediante a apre- c) DATAMEC;
sentação pelo segurado da documentação com- d) FGTS;
probatória solicitada pelo (a): e) CNIS.
a) Ministério do Trabalho e Emprego;
b) DATAMEC; 80. _________ é o vínculo que se estabelece entre
c) CNIS; pessoas que contribuem para a previdência so-
d) SERPRO; cial e esta, do qual decorrem direitos e obriga-
e) INSS. ções.
a) Filiação;
76. O (a) ______ poderá definir critérios para apura- b) Inscrição;
ção das informações constantes da GFIP que ain- c) Cadastramento;
da não tiver sido processada, bem como para acei- d) Registro;
tação de informações relativas a situações cuja e) Subordinação.
regularidade depende de atendimento de critério
81. A filiação à previdência social decorre automaticamen-
estabelecido em lei.
te do exercício de atividade remunerada para os
a) Ministério do Trabalho e Emprego - MTE;
________________, observado o disposto no §
b) DATAMEC;
2º do art. 20 do Decreto nº 3.048/99, e da inscri-
c) CNIS;
ção formalizada com o pagamento da primeira
d) SERPRO;
contribuição para o segurado facultativo.
e) INSS. a) segurados facultativos;
b) desempregados;
77. Para os fins de que trata os §§ 2º a 6º, do art. 19 do c) segurados obrigatórios;
Decreto nº 3.048/99, o __________ adotarão as d) dependentes;
providências necessárias para que as informa- e) estudantes.
ções constantes do CNIS sujeitas à comprova-
ção sejam identificadas e destacadas dos de- 82. A filiação do trabalhador rural contratado por pro-
mais registros. dutor rural pessoa física por prazo de até
a) INSS e a DATAPREV; _______ meses dentro do período de um ano,
b) SERPRO e o MTE; para o exercício de atividades de natureza tem-
c) CNIS e o MTE; porária, decorre automaticamente de sua inclu-
d) CNIS e a DATAPREV; são na GFIP- Guia de Recolhimento do FGTS e
e) SERPRO e a DATAPREV. de Informações à Previdência Social, mediante
identificação específica.
78. Para fins de benefícios de que trata o Decreto nº a) 4;
3.048/99, os períodos de vínculos que correspon- b) 6;
derem a serviços prestados na condição de servi- c) 2;
dor estatutário somente serão considerados me- d) 9
e) 12.
diante apresentação _____________, salvo se o
órgão de vinculação do servidor não tiver instituído
83. Para fins do disposto na Seção III (Das Inscrições)
regime próprio de previdência social.
do Decreto nº 3.048/99, a anotação de dado pes-
a) de Certidão de Tempo de Contribuição fornecida
soal deve ser feita no (a) ________________ à
pelo órgão público competente;
vista do documento comprobatório do fato.
b) do seu CPF; a) Carteira de Identidade;
c) de sua certidão de nascimento; b) Livro de Inspeção do Trabalho;
d) de sua carteira de identidade;

18 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

c) Carteira Profissional e/ou na Carteira de Trabalho III. prova de mesmo domicílio.


e Previdência Social; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) Livro de Registro de Empregados; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) GFIP. – Guia de Recolhimento do FGTS e Informa- c) os itens II e III são os únicos corretos;
ções à Previdência Social. d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.
84. A inscrição do dependente do segurado será promo-
vida quando do requerimento do benefício a que tiver 88. Para comprovação do vínculo e da dependência
direito, mediante a apresentação dos seguintes do- econômica, conforme o caso, devem ser apresen-
cumentos, para os dependentes preferenciais: tados no mínimo três dos seguintes documentos,
I. cônjuge e filhos - certidões de casamento e de
dentre outros:
nascimento;
I. prova de encargos domésticos evidentes e exis-
II. companheira ou companheiro - documento de
tência de sociedade ou comunhão nos atos da
identidade e certidão de casamento com averba-
vida civil;
ção da separação judicial ou divórcio, quando um
II. procuração ou fiança reciprocamente outorgada;
dos companheiros ou ambos já tiverem sido ca-
sados, ou de óbito, se for o caso; III. conta bancária conjunta.
III. equiparado a filho - certidão judicial de tutela e, em a) os itens I e II são os únicos corretos;
se tratando de enteado, certidão de casamento do b) os itens I e III são os únicos corretos;
segurado e de nascimento do dependente, obser- c) os itens II e III são os únicos corretos;
vado o disposto no § 3º do art. 16 do Decreto nº d) todos os itens estão corretos;
3.048/99. e) todos os itens estão incorretos.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; 89. Para comprovação do vínculo e da dependência
c) os itens II e III são os únicos corretos; econômica, conforme o caso, devem ser apresen-
d) todos os itens estão corretos; tados no mínimo três dos seguintes documentos,
e) todos os itens estão incorretos. dentre outros:
I. registro no sindicato da categoria a qual pertença
85. O (a) _________ será promovida quando do reque- o segurado, onde conste o interessado como de-
rimento do benefício a que tiver direito, mediante a
pendente do segurado;
apresentação dos seguintes documentos, no caso
II. anotação constante de ficha ou livro de registro de
de pais, da certidão de nascimento do segurado e
documentos de identidade dos mesmos, e no caso empregados;
de irmão, da certidão de nascimento. III. apólice de seguro da qual conste o segurado como
a) cadastramento do dependente do segurado; instituidor do seguro e a pessoa interessada como
b) registro do dependente; sua beneficiária.
c) filiação do segurado; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) averbação do dependente do segurado; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) inscrição do dependente do segurado. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
86. Para comprovação do vínculo e da dependência eco-
e) todos os itens estão incorretos.
nômica, conforme o caso, devem ser apresentados
no mínimo ______ dos seguintes documentos, den-
90. Para comprovação do vínculo e da dependência
tre outros: certidão de nascimento de filho havido em
econômica, conforme o caso, devem ser apresen-
comum;certidão de casamento religioso; declaração
tados no mínimo três dos seguintes documentos,
do imposto de renda do segurado, em que conste o
interessado como seu dependente. dentre outros:
a) 3; I. ficha de tratamento em instituição de assistência
b) 4, incluindo-se cópias dos mesmos; médica, da qual conste o segurado como respon-
c) 5, incluindo-se cópias dos mesmos; sável;
d) 1; II. escritura de compra e venda de imóvel pelo segu-
e) 2. rado em nome de dependente;
III. declaração de emancipação do dependente me-
87. Para comprovação do vínculo e da dependência nor de vinte e um anos.
econômica, conforme o caso, devem ser apresen- a) os itens I e II são os únicos corretos;
tados no mínimo três dos seguintes documentos, b) os itens I e III são os únicos corretos;
dentre outros: c) os itens II e III são os únicos corretos;
I. disposições testamentárias; d) todos os itens estão corretos;
II. declaração especial feita perante tabelião; e) todos os itens estão incorretos.

Degrau Cultural 19
500 Testes - Legislação Previdenciária

91. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: III. salário-família.


a) O fato superveniente que importe em exclusão ou a) os itens I e II são os únicos corretos;
inclusão de dependente deve ser comunicado à b) os itens I e III são os únicos corretos;
Polícia Federal, com as provas cabíveis. c) os itens II e III são os únicos corretos;
b) Somente será exigida a certidão judicial de ado- d) todos os itens estão corretos;
ção quando esta for anterior a 14 de outubro de e) todos os itens estão incorretos.
1990, data da vigência da Lei nº 8.069, de 1990.
c) No caso de dependente inválido, para fins de ins- 96. O Regime Geral de Previdência Social compre-
crição e concessão de benefício, a invalidez será ende as seguintes prestações, expressas em be-
comprovada mediante exame médico-pericial a nefícios e serviços, dentre outras, quanto ao se-
cargo do Instituto Nacional do Seguro Social. gurado:
d) No ato de inscrição, o dependente menor de vinte I. pensão por morte;
e um anos deverá apresentar declaração de não II. auxílio-reclusão;
emancipação. III. reabilitação educacional.
e) Os dependentes excluídos de tal condição em ra-
a) os itens I e II são os únicos corretos;
zão de lei têm suas inscrições tornadas nulas de
b) os itens I e III são os únicos corretos;
pleno direito.
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
92. No caso de _________, a inscrição será feita me-
e) todos os itens estão incorretos.
diante a comprovação da equiparação por docu-
mento escrito do segurado falecido manifestando
97. O Regime Geral de Previdência Social compreen-
essa intenção, da dependência econômica e da
de as seguintes prestações, expressas em bene-
declaração de que não tenha sido emancipado.
fícios e serviços, dentre outras, quanto ao segura-
a) mãe;
do e dependente:
b) cônjuge; a) pensão por morte;
c) companheiro; b) auxílio-reclusão;
d) concubina; c) aposentadoria especial;
e) equiparado a filho. d) auxílio-doença;
e) reabilitação profissional.
93. Os pais ou irmãos deverão, para fins de conces-
são de benefícios, comprovar a inexistência de 98. __________ é o tempo correspondente ao núme-
dependentes preferenciais, mediante declaração ro mínimo de contribuições mensais indispensá-
firmada perante o (a): veis para que o beneficiário faça jus ao benefício,
a) Banco do Brasil; consideradas a partir do transcurso do primeiro
b) Caixa Econômica Federal; dia dos meses de suas competências.
c) Ministério do Trabalho e Emprego; a) período de carência;
d) Ministério da Fazenda; b) prazo de decadência;
e) Instituto Nacional do Seguro Social - INSS. c) período de preclusão;
d) período peremptório;
94. O Regime Geral de Previdência Social compre- e) prazo de vigência.
ende as seguintes prestações, dentre outras, ex-
pressas em benefícios e serviços quanto ao se- 99. Leia, analise e marque a alternativa incorreta:
gurado: a) Para o segurado especial, considera-se período
I. aposentadoria por invalidez; de carência o tempo mínimo de efetivo exercício
II. aposentadoria por idade; de atividade rural, ainda que de forma descontí-
III. aposentadoria por tempo de contribuição. nua, igual ao número de meses necessário à con-
a) os itens I e II são os únicos corretos; cessão do benefício requerido.
b) os itens I e III são os únicos corretos; b) Será considerado, para efeito de carência, o tem-
c) os itens II e III são os únicos corretos; po de contribuição para o Plano de Seguridade
d) todos os itens estão corretos; Social do Servidor Público anterior à Lei nº 8.647,
e) todos os itens estão incorretos. de 13 de abril de 1993, efetuado pelo servidor
público ocupante de cargo em comissão sem
95. O Regime Geral de Previdência Social compre- vínculo efetivo com a União, autarquias, ainda
ende as seguintes prestações, expressas em be- que em regime especial, e fundações públicas
nefícios e serviços, dentre outras, quanto ao se- federais.
gurado: c) É computado para efeito de carência o tempo de
I. aposentadoria especial; atividade do trabalhador rural anterior à compe-
II. auxílio-doença; tência novembro de 1991.

20 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

d) Para efeito de carência, considera-se presumi- 103. A concessão das prestações pecuniárias do Re-
do o recolhimento das contribuições do segu- gime Geral de Previdência Social, com as ressal-
rado empregado, do trabalhador avulso e, rela- vas do Decreto nº 3.048/99, depende do período
tivamente ao contribuinte individual, a partir da de carência de _______ contribuições mensais,
competência abril de 2003, as contribuições nos casos de aposentadoria por idade, tempo de
dele descontadas pela empresa na forma do contribuição e especial.
art. 216. a) dez;
e) Observado o disposto no § 4º do art. 13 do Decre- b) seis;
to nº 3.048/99, as contribuições vertidas para re- c) vinte e quatro;
gime próprio de previdência social serão consi- d) doze;
deradas para todos os efeitos, inclusive para os e) cento e oitenta.
de carência.
104. A concessão das prestações pecuniárias do Regi-
100. Havendo perda da qualidade de segurado, as con- me Geral de Previdência Social, com as ressalvas
tribuições anteriores a essa perda somente serão do Decreto nº 3.048/99, depende do período de
computadas para efeito de carência depois que o carência de _______ contribuições mensais, no
segurado contar, a partir da nova filiação ao Regi- caso de salário-maternidade, para as seguradas
me Geral de Previdência Social, com, no mínimo, contribuinte individual, especial e facultativa, res-
_____ do número de contribuições exigidas para peitado o disposto no § 2º do art. 93 e no inciso II
o cumprimento da carência definida no art. 29 do do art. 101, do Decreto nº 3.048/99.
Decreto nº 3.048/99. a) dez;
a) 1/3; b) seis;
b) 2/3; c) vinte e quatro;
c) 1/2; d) doze;
d) 1/5; e) cento e oitenta.
e) 1/4.
105. Em caso de parto antecipado, o período de carên-
101. O período de carência é contado, para o ________, cia a que se refere a questão anterior (nº 104)
observado o disposto no § 4º do art. 26 do Decreto será reduzido em:
nº 3.048/99, e _________, inclusive o segurado a) dez;
especial que contribui na forma do § 2º do art. 200, b) seis;
no citado Decreto, da data do efetivo recolhimento c) vinte e quatro;
da primeira contribuição sem atraso, não sendo d) doze;
consideradas para esse fim as contribuições re- e) número de contribuições equivalente ao número
colhidas com atraso referentes a competências de meses em que o parto foi antecipado.
anteriores, observado, quanto ao segurado facul-
tativo, o disposto nos §§ 3º e 4º do art. 11 do Decre- 106. Independe de carência a concessão da (s) seguin-
to nº 3.048/99. te (s) prestação (ões):
a) segurado empregado doméstico, contribuinte in- a) pensão por morte causada por acidente de Traba-
dividual/ facultativo; lho;
b) segurado especial / empregado; b) auxílio-doença acidentário;
c) trabalhador avulso / empregado; c) salário-família;
d) segurado especial / trabalhador avulso; d) auxílio-acidente de qualquer natureza;
e) trabalhador rural / empregado temporário. e) todas as alternativas respondem à questão.

107. Independe de carência a concessão de _________


102. A concessão das prestações pecuniárias do Regi-
nos casos de acidente de qualquer natureza ou
me Geral de Previdência Social, ressalvado o dis-
causa, bem como nos casos de segurado que, após
posto no art. 30 do Decreto nº 3.048/99, depende
filiar-se ao Regime Geral de Previdência Social, for
do período de carência de _____ contribuições
acometido de alguma das doenças ou afecções
mensais, nos casos de auxílio-doença e aposen- especificadas em lista elaborada pelos Ministérios
tadoria por invalidez. da Saúde e da Previdência Social a cada _______
a) dez; anos, de acordo com os critérios de estigma, defor-
b) seis; mação, mutilação, deficiência ou outro fator que lhe
c) vinte e quatro; confira especificidade e gravidade que mereçam
d) doze; tratamento particularizado.
e) cento e oitenta. a) pensão por morte / 8.

Degrau Cultural 21
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) auxílio-doença e aposentadoria por invalidez / 3; b) seis;


c) auxílio-acidente de qualquer natureza / 5; c) vinte e quatro;
d) auxílio-reclusão / 6; d) doze;
e) salário-maternidade/ 10. e) cento e oitenta.

108. Independe de carência a concessão de _________ 113. O salário-de-benefício consiste:


aos segurados especiais, desde que comprovem I. para as aposentadorias por idade e por tempo de
o exercício de atividade rural no período imediata- contribuição, na média aritmética simples dos
mente anterior ao requerimento do benefício, ainda maiores salários-de-contribuição correspondentes
que de forma descontínua, igual ao número de a oitenta por cento de todo o período contributivo,
meses correspondente à carência do benefício re- multiplicada pelo fator previdenciário;
querido. II. para o auxílio-doença e o auxílio-acidente na mé-
a) aposentadoria por idade ou por invalidez, auxílio- dia aritmética simples dos maiores salários-de-
doença, auxílio-reclusão ou pensão por morte; contribuição correspondentes a oitenta por cento
b) salário-maternidade ou aposentadoria por idade de todo o período contributivo;
ou por invalidez; III. para as aposentadorias por invalidez e especial,
c) aposentadoria por idade, tempo de contribuição e auxílio-doença e auxílio-acidente na média aritmé-
especial;
tica simples dos maiores salários-de-contribuição
d) auxílio-doença e aposentadoria por tempo de con-
correspondentes a oitenta por cento de todo o pe-
tribuição;
ríodo contributivo, multiplicada pelo fator previden-
e) aposentadoria por idade e especial.
ciário.
109. Independe de carência a concessão de salário- a) o item I e II são os únicos corretos;
maternidade, para as seguradas: b) o item I e III são os únicos corretos;
a) empregada; c) o item II e III são os únicos corretos;
b) empregada doméstica; d) todos os itens estão corretos;
c) trabalhadora avulsa; e) todos os itens estão incorretos.
d) empregada temporária;
e) todas as alternativas respondem à questão. 114. O valor do salário-de-benefício não será inferior
________________, nem superior ao limite máxi-
110. Entende-se como __________ aquele(a) de ori- mo do salário-de-contribuição na data de início do
gem traumática e por exposição a agentes exóge- benefício.
nos (físicos, químicos e biológicos), que acarrete a) ao de um salário mínimo;
lesão corporal ou perturbação funcional que cau- b) dois salários de contribuição;
se a morte, a perda, ou a redução permanente ou c) dois salários-família;
temporária da capacidade laborativa. d) três salários contratuais;
a) acidente de qualquer natureza ou causa; e) quatro salários de contribuição.
b) moléstia profissional;
c) moléstia grave; 115. Serão considerados para cálculo do (a) __________
d) moléstia incurável; os ganhos habituais do segurado empregado, a
e) moléstia funcional.
qualquer título, sob forma de moeda corrente ou
de utilidades, sobre os quais tenha incidido contri-
111. ________ é o valor básico utilizado para cálculo
buição previdenciária.
da renda mensal dos benefícios de prestação con-
a) renda do benefício;
tinuada, inclusive os regidos por normas especi-
b) renda mensal vitalícia;
ais, exceto o salário-família, a pensão por morte, o
c) salário de contribuição;
salário-maternidade e os demais benefícios de
d) salário-de-benefício;
legislação especial.
e) abono mensal.
a) renda mensal;
b) renda do benefício;
116. Não será considerado, no cálculo do salário-de-
c) salário-de-benefício;
benefício, o aumento dos salários-de-contribuição
d) fator previdenciário;
que exceder o limite legal, inclusive o voluntaria-
e) salário contratual. mente concedido nos ______ meses imediata-
mente anteriores ao início do benefício, salvo se
112. O INSS terá até _________ dias, contados da data homologado pela Justiça do Trabalho, resultante
do pedido, para fornecer ao segurado as informa- de promoção regulada por normas gerais da em-
ções constantes do CNIS sobre contribuições e presa, admitida pela legislação do trabalho, de
remunerações utilizadas no cálculo do salário-de- sentença normativa ou de reajustamento salarial
benefício. obtido pela categoria respectiva.
a) dez; a) 48;

22 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) 72; 119. Para fins de apuração do salário-de-benefício de


c) 36; qualquer aposentadoria precedida de _________,
d) 60; o valor mensal deste será somado ao salário-de-
e) 50. contribuição antes da aplicação da correção a que
11
se refere o art. 33 do Decreto nº 3.048/99, não
117. Se, no período básico de cálculo do salário-de- podendo o total apurado ser superior ao limite
benefício, o segurado tiver recebido benefício por máximo do salário-de-contribuição.
incapacidade, considerar-se-á como salário-de- a) aposentadoria especial;
contribuição, no período, o salário-de-benefício que b) auxílio-acidente;
serviu de base para o cálculo da renda mensal, c) aposentadoria por idade;
reajustado nas mesmas épocas e nas mesmas d) auxílio-doença;
bases dos benefícios em geral, não podendo ser e) salário-família.
inferior ao(á) __________________ nem superi-
12
or ao limite máximo do salário-de-contribuição. 120. No caso dos §§ 3º e 4º do art. 56 do Decreto nº
a) salário mínimo; 3.048/99, o valor inicial do benefício será calcula-
b) renda mensal vitalícia; do considerando-se como período básico de cál-
c) salário de contribuição; culo os meses de contribuição imediatamente
d) salário-de-benefício; anteriores ao mês em que o segurado completou
e) abono mensal. o tempo de contribuição, ______ anos para a mu-
lher e ______ anos para o homem, observado o
13
118. Exceto para o (a) ______________, será pago o disposto no § 2º do art. 35 do Decreto nº 3.048/99
valor mínimo de benefício para as prestações re- e a legislação de regência.
10
feridas no art. 30 do Decreto nº 3.048/99, quando a) 30 / 35;
não houver salário-de-contribuição no período bá- b) 35 / 30;
sico de cálculo. c) 48 / 55;
a) aposentadoria especial; d) 25 / 35;
b) salário-família e o auxílio-acidente; e) 35 / 45.
c) aposentadoria por idade;
d) auxílio-doença; 11
Art. 33. Todos os salários-de-contribuição utilizados no
e) salário-paternidade. cálculo do salário-de-benefício serão corrigidos, mês a
mês, de acordo com a variação integral do Índice Nacional
de Preço ao Consumidor - INPC, referente ao período de-
corrido a partir da primeira competência do salário-de-con-
tribuição que compõe o período básico de cálculo até o
mês anterior ao do início do benefício, de modo a preservar
o seu valor real.
12
Art. 56. A aposentadoria por tempo de contribuição será devida
ao segurado após trinta e cinco anos de contribuição, se ho-
mem, ou trinta anos, se mulher, observado o disposto no art.
10
Art. 30. Independe de carência a concessão das seguintes 199-A. (Redação dada pelo Decreto nº 6.042, de 2007).
prestações: (...)
I - pensão por morte, auxílio-reclusão, salário-família e au- § 3º Se mais vantajoso, fica assegurado o direito à apo-
xílio-acidente de qualquer natureza; sentadoria, nas condições legalmente previstas na data
II - salário-maternidade, para as seguradas empregada, do cumprimento de todos os requisitos previstos no ca-
empregada doméstica e trabalhadora avulsa; (Redação put, ao segurado que optou por permanecer em atividade.
dada pelo Decreto nº 3.265, de 1999); § 4º Para efeito do disposto no parágrafo anterior, o valor
III - auxílio-doença e aposentadoria por invalidez nos casos inicial da aposentadoria, apurado conforme o § 9º do art.
de acidente de qualquer natureza ou causa, bem como nos 32, será comparado com o valor da aposentadoria calcula-
casos de segurado que, após filiar-se ao Regime Geral de da na forma da regra geral deste Regulamento, mantendo-
Previdência Social, for acometido de alguma das doenças ou se o mais vantajoso, considerando-se como data de inicio
afecções especificadas em lista elaborada pelos Ministérios do benefício a data da entrada do requerimento.
da Saúde e da Previdência e Assistência Social a cada três 13
Art. 35. A renda mensal do benefício de prestação continu-
anos, de acordo com os critérios de estigma, deformação, ada que substituir o salário-de-contribuição ou o rendi-
mutilação, deficiência ou outro fator que lhe confira especifi- mento do trabalho do segurado não terá valor inferior ao
cidade e gravidade que mereçam tratamento particularizado; do salário mínimo nem superior ao limite máximo do salário-
IV - aposentadoria por idade ou por invalidez, auxílio-doença, de-contribuição, exceto no caso previsto no art. 45.
auxílio-reclusão ou pensão por morte aos segurados especi- (...)
ais, desde que comprovem o exercício de atividade rural no § 2º A renda mensal inicial, apurada na forma do § 9º do
período imediatamente anterior ao requerimento do benefício, art. 32, será reajustada pelos índices de reajustamento
ainda que de forma descontínua, igual ao número de meses aplicados aos benefícios, até a data da entrada do reque-
correspondente à carência do benefício requerido; e rimento, não sendo devido qualquer pagamento relativa-
V - reabilitação profissional. mente a período anterior a esta data.

Degrau Cultural 23
500 Testes - Legislação Previdenciária

121. Para os segurados ________ optantes pelo reco- 125. Para efeito da aplicação do fator previdenciário ao
lhimento trimestral na forma prevista no § 15 do tempo de contribuição do segurado serão adiciona-
14
art. 216 do Decreto nº 3.048/99, que tenham soli- dos em ______ anos, quando se tratar de mulher.
citado qualquer benefício previdenciário, o salá- a) 10; d) 3;
rio-de-benefício consistirá na média aritmética b) 5; e) 2.
simples de todos os salários-de-contribuição in- c) 20;
tegrantes da contribuição trimestral, desde que
efetivamente recolhidos. 126. Para efeito da aplicação do fator previdenciário ao
a) empregados; tempo de contribuição do segurado serão adicio-
b) empregados domésticos; nados ______ anos, quando se tratar, respectiva-
c) trabalhadores avulsos; mente, de professor ou professora, que compro-
vem exclusivamente tempo de efetivo exercício das
d) empregados temporários;
funções de magistério na educação infantil e no
e) contribuinte individual e facultativo.
ensino fundamental e médio.
122. O (a) ________ será calculado (a) considerando- a) dez ou quinze;
se a idade, a expectativa de sobrevida e o tempo b) cinco ou dez;
de contribuição do segurado ao se aposentar. c) vinte ou trinta;
d) dois ou três;
a) fator previdenciário;
e) cinco ou quinze.
b) salário de benefício;
c) contribuição previdenciária;
d) salário-maternidade; 127. No cálculo do (a) ________ serão considerados
e) auxílio-reclusão. os salário-de-contribuição vertidos para regime
próprio de previdência social de segurado oriundo
desse regime, após a sua filiação ao Regime Ge-
123. Para efeito do disposto na questão anterior (nº
ral de Previdência Social, de acordo com o dispos-
122), a expectativa de sobrevida do segurado na 15
to no art. 214 do Decreto nº 3.048/99.
idade da aposentadoria será obtida a partir da tá-
a) salário-de-benefício;
bua completa de mortalidade construída pelo (a)
b) contribuição previdenciária;
_______________, para toda a população brasi-
c) renda mensal;
leira, considerando-se a média nacional única para
d) salário contratual;
ambos os sexos.
e) contribuição de benefício.
a) MTE;
b) Ministério da Previdência Social;
c) Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - 15
Art. 214. Entende-se por salário-de-contribuição:
IBGE; I - para o empregado e o trabalhador avulso: a remunera-
d) Ministério da Fazenda; ção auferida em uma ou mais empresas, assim entendida a
e) INSS. totalidade dos rendimentos pagos, devidos ou creditados a
qualquer título, durante o mês, destinados a retribuir o tra-
balho, qualquer que seja a sua forma, inclusive as gorjetas,
124. Publicada a tábua de mortalidade mencionada
os ganhos habituais sob a forma de utilidades e os adianta-
na questão anterior (nº 123), os benefícios previ-
mentos decorrentes de reajuste salarial, quer pelos servi-
denciários requeridos a partir dessa data consi- ços efetivamente prestados, quer pelo tempo à disposição
derarão: do empregador ou tomador de serviços, nos termos da lei
a) a idade do segurado; ou do contrato ou, ainda, de convenção ou acordo coletivo
b) o valor do benefício; de trabalho ou sentença normativa;
c) a contribuição previdenciária mensal; II - para o empregado doméstico: a remuneração registrada
d) a renda mensal do benefício; na Carteira Profissional e/ou na Carteira de Trabalho e Pre-
e) a nova expectativa de sobrevida. vidência Social, observados os limites mínimo e máximo
previstos nos §§ 3º e 5º;
III - para o contribuinte individual: a remuneração auferida
14
Art. 216. A arrecadação e o recolhimento das contribuições
em uma ou mais empresas ou pelo exercício de sua ativida-
e de outras importâncias devidas à seguridade social,
de por conta própria, durante o mês, observados os limites
observado o que a respeito dispuserem o Instituto Nacional
a que se referem os §§ 3º e 5º; (Redação dada pelo De-
do Seguro Social e a Secretaria da Receita Federal,
creto nº 3.265, de 1999).
obedecem às seguintes normas gerais:
IV - para o dirigente sindical na qualidade de empregado: a
(...)
remuneração paga, devida ou creditada pela entidade sin-
§ 15. É facultado aos segurados contribuinte individual e
dical, pela empresa ou por ambas; e
facultativo, cujos salários-de-contribuição sejam iguais ao
V - para o dirigente sindical na qualidade de trabalhador
valor de um salário mínimo, optarem pelo recolhimento tri-
avulso: a remuneração paga, devida ou creditada pela en-
mestral das contribuições previdenciárias, com vencimen-
tidade sindical.
to no dia quinze do mês seguinte ao de cada trimestre civil,
VI - para o segurado facultativo: o valor por ele declarado,
prorrogando-se o vencimento para o dia útil subseqüente
observados os limites a que se referem os §§ 3º e 5º;
quando não houver expediente bancário no dia quinze.
(Incluído pelo Decreto nº 3.265, de 1999).
(Redação dada pelo Decreto nº 3.265, de 1999).

24 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária
16
128.Na hipótese do § 23 do art. 216 do Decreto a) os itens I e II são os únicos corretos;
nº 3.048/99, enquanto as contribuições não fo- b) os itens I e III são os únicos corretos;
rem complementadas, o salário-de-contribuição c) os itens II e III são os únicos corretos;
será computado, para efeito de benefício: d) todos os itens estão corretos;
a) pela metade; e) todos os itens estão incorretos.
b) pela sua quinta parte;
c) pela sua terça parte; 131. Considera-se período contributivo:
d) em dobro; I. para o empregado e empregado doméstico: o con-
e) proporcionalmente à contribuição efetivamente junto de meses em que houve ou deveria ter havi-
recolhida. do contribuição em razão do exercício de atividade
remunerada sujeita a filiação obrigatória ao regi-
129. No caso da questão anterior (nº 128), não serão me de que trata o Decreto nº 3.048/99;
considerados como tempo de contribuição, para o II. trabalhador avulso: o conjunto de meses em que
fim de concessão de benefício previdenciário, en- houve ou deveria ter havido contribuição em razão
quanto as contribuições não forem complementa- do exercício de atividade remunerada sujeita a fili-
das, o período correspondente às competências em que ação obrigatória ao regime de que o Decreto nº
se verificar recolhimento de contribuição sobre salário- 3.048/99;
de-contribuição _____________ salário(s) mínimo (s). III. para os demais segurados, inclusive o facultativo:
a) maior que um; o conjunto de meses de efetiva contribuição ao
b) menor que um; regime de que trata o Decreto nº 3.048/99.
c) maior que dois;
a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) maior que cinco;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) maior que seis.
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
130. O salário-de-benefício, para fins de cálculo da pres-
e) todos os itens estão incorretos.
tação teórica dos benefícios por totalização, no
âmbito dos acordos internacionais, do segurado
132. Todos os salários-de-contribuição utilizados no
com contribuição para a previdência social brasi-
leira, será apurado: cálculo do salário-de-benefício serão corrigidos,
I. quando houver contribuído, no Brasil, em número mês a mês, de acordo com a variação integral do
igual ou superior a sessenta por cento do número _________, referente ao período decorrido a partir
de meses decorridos desde a competência julho da primeira competência do salário-de-contribui-
de 1994, mediante a aplicação do disposto no art. ção que compõe o período básico de cálculo até o
188-A e seus §§ 1º e 2º do Decreto nº 3.048/99; mês anterior ao do início do benefício, de modo a
II. quando houver contribuído, no Brasil, em número preservar o seu valor real.
inferior ao indicado no inciso I (anterior), com base a) Índice Geral de Preços do Mercado – IGP-M
no valor da média aritmética simples de todos os b) Índice Nacional de Custo da Construção do Mer-
salários-de-contribuição correspondentes a todo cado – INCC / DI
o período contributivo contado desde julho de 1994, c) Índice de Preços por Atacado – IPA-DI
multiplicado pelo fator previdenciário, observados d) Índice de Preços ao Consumidor – IPC
o § 2º do art. 188-A, o § 19 e, quando for o caso, o e) Índice Nacional de Preço ao Consumidor – INPC.
§ 14, ambos do artigo 32 do Decreto nº 3.048/99;
III. sem contribuição, no Brasil, a partir da competên- 133. O salário-de-benefício do segurado que contribui
cia julho de 1994, com base na média aritmética em razão de atividades concomitantes será calcu-
simples de todo o período contributivo, multiplica- lado com base _________ dos salários-de-contri-
do pelo fator previdenciário, observados o dispos- buição das atividades exercidas até a data do re-
to no § 2º do art. 188-A e, quando for o caso, no § 14
querimento ou do óbito ou no período básico de
do artigo 32, ambos do Decreto nº 3.048/99.
cálculo, observado o disposto no art. 32 e nas nor-
mas seguintes do Decreto nº 3.048/99, quando o
segurado satisfizer, em relação a cada atividade,
16
Art. 216. A arrecadação e o recolhimento das contribui-
ções e de outras importâncias devidas à seguridade social,
as condições para obtenção do benefício requeri-
observado o que a respeito dispuserem o Instituto Nacional do, o salário-de-benefício será calculado com base
do Seguro Social e a Secretaria da Receita Federal, na soma dos respectivos salários-de-contribuição.
obedecem às seguintes normas gerais: a) na soma;
(...) b) na multiplicação do fator previdenciário;
§ 23. O contribuinte individual que não comprovar a regu- c) no dobro;
laridade da dedução de que tratam os §§ 20 e 21 terá glosado
d) na quinta parte;
o valor indevidamente deduzido, devendo complementar
as contribuições com os acréscimos legais devidos. e) no triplo.

Degrau Cultural 25
500 Testes - Legislação Previdenciária

134. O salário-de-benefício do segurado que contribui b) Quando o exercício de uma das atividades conco-
em razão de atividades concomitantes será calcu- mitantes se desdobrar por atividades sucessivas,
lado com base na soma dos salários-de-contri- o tempo a ser considerado para os efeitos do arti-
go 34 do Decreto nº 3.048/99 será a soma dos
buição das atividades exercidas até a data do re-
períodos de contribuição correspondentes.
querimento ou do óbito ou no período básico de c) Se o segurado se afastar de uma das atividades
cálculo, observado o disposto no art. 32 e nas nor- antes da data do requerimento ou do óbito, porém
mas seguintes do Decreto nº 3.048/99, quando não em data abrangida pelo período básico de cálculo
se verificar a hipótese da questão anterior (nº 133), do salário-de-benefício, o respectivo salário-de-
o salário-de-benefício corresponderá à soma das contribuição será computado, observadas, confor-
seguintes parcelas: me o caso, as normas do mencionado art. 34.
I. o salário-de-benefício calculado com base nos
salários-de-contribuição das atividades em rela- 17
Art. 34. O salário-de-benefício do segurado que contribui
ção às quais são atendidas as condições do be- em razão de atividades concomitantes será calculado com
base na soma dos salários-de-contribuição das atividades
nefício requerido;
exercidas até a data do requerimento ou do óbito ou no
II. um percentual da média do salário-de-contribui- período básico de cálculo, observado o disposto no art. 32
ção de cada uma das demais atividades, equiva- e nas normas seguintes:
lente à relação entre o número de meses comple- I - quando o segurado satisfizer, em relação a cada atividade,
as condições para obtenção do benefício requerido, o
tos de contribuição e os do período da carência do salário-de-benefício será calculado com base na soma
benefício requerido; dos respectivos salários-de-contribuição;
III. o salário-de-benefício calculado com base no fa- II - quando não se verificar a hipótese do inciso anterior, o
salário-de-benefício corresponderá à soma das seguintes
tor previdenciário. parcelas:
a) os itens I e II são os únicos corretos; a) o salário-de-benefício calculado com base nos salários-
de-contribuição das atividades em relação às quais são
b) os itens I e III são os únicos corretos;
atendidas as condições do benefício requerido; e
c) os itens II e III são os únicos corretos; b) um percentual da média do salário-de-contribuição de
d) todos os itens estão corretos; cada uma das demais atividades, equivalente à relação
entre o número de meses completos de contribuição e os
e) todos os itens estão incorretos.
do período da carência do benefício requerido; e
III - quando se tratar de benefício por tempo de contribui-
135.O salário-de-benefício do segurado que con- ção, o percentual de que trata a alínea “b” do inciso anterior
tribui em razão de atividades concomitantes será o resultante da relação entre os anos completos de
atividade e o número de anos de contribuição considerado
será calculado com base ___________ dos para a concessão do benefício.
salários-de-contribuição das atividades exer- § 1º O disposto neste artigo não se aplica ao segurado que,
cidas até a data do requerimento ou do óbito em obediência ao limite máximo do salário-de-contribuição,
contribuiu apenas por uma das atividades concomitantes.
ou no período básico de cálculo, observado o § 2º Quando o exercício de uma das atividades concomi-
disposto no art. 32 e nas normas seguintes do tantes se desdobrar por atividades sucessivas, o tempo a
Decreto nº 3.048/99, quando se tratar de bene- ser considerado para os efeitos deste artigo será a soma
dos períodos de contribuição correspondentes.
fício por tempo de contribuição, o percentual
§ 3º Se o segurado se afastar de uma das atividades antes
de que trata o item III da questão anterior (nº da data do requerimento ou do óbito, porém em data abran-
134) será o resultante da relação entre os anos gida pelo período básico de cálculo do salário-de-benefício,
completos de atividade e o número de anos de o respectivo salário-de-contribuição será computado,
observadas, conforme o caso, as normas deste artigo.
contribuição considerado para a concessão do § 4º O percentual a que se referem a alínea “b” do inciso II
benefício. e o inciso III do caput não pode ser superior a cem por
a) na soma; cento do limite máximo do salário-de-contribuição.
§ 5º No caso do § 3º do art. 73, o salário-de-benefício da
b) no triplo; aposentadoria por invalidez deve corresponder à soma das
c) no dobro; parcelas seguintes:
d) na metade; I - o valor do salário-de-benefício do auxílio-doença a ser
transformado em aposentadoria por invalidez, reajustado
e) na quinta parte.
na forma do § 6º do art. 32; e
II - o valor correspondente ao percentual da média dos sa-
136. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: lários-de-contribuição de cada uma das demais atividades
17
a) O disposto no artigo 34 do Decreto nº 3.048/99 não consideradas no cálculo do auxílio-doença a ser trans-
formado, percentual este equivalente à relação entre os
não se aplica ao segurado que, em obediência meses completos de contribuição, até o máximo de doze, e
ao limite máximo do salário-de-contribuição, os estipulados como período de carência para a aposenta-
contribuiu apenas por uma das atividades con- doria por invalidez.
§ 6º Não se aplica o disposto neste artigo ao segurado que
comitantes. tenha sofrido redução dos salários-de-contribuição das ati-
vidades concomitantes em respeito ao limite desse salário.

26 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

d) O percentual a que se referem a alínea “b” do inci- b) terá valor superior a dois salários mínimos;
so II e o inciso III do caput do art. 34 do Decreto nº c) terá valor inferior a três salários mínimos;
3.048/99 pode ser superior a cem por cento do d) terá valor inferior ao último salário contratual do
limite máximo do salário-de-contribuição. segurado;
e) Não se aplica o disposto no citado artigo 34 ao e) terá valor inferior ao do piso da categoria do segu-
segurado que tenha sofrido redução dos salários- rado;
de-contribuição das atividades concomitantes em
respeito ao limite desse salário. 139. A renda mensal dos benefícios por totalização,
concedidos com base em acordos internacionais
18
137. No caso do § 3º do art. 73 do Decreto nº 3.048/99, de previdência social:
o salário-de-benefício da aposentadoria por inva- a) jamais poderá ter valor inferior ao do salário mínimo;
lidez deve corresponder à soma das parcelas se- b) não pode ter valor inferior a dois salários-mínimos;
guintes: c) não pode ter valor inferior a três salários-mínimos;
I. o valor do salário-de-benefício do auxílio-doença a d) não pode ter valor inferior a dez salários-mínimos;
ser transformado em aposentadoria por invalidez, e) pode ter valor inferior ao do salário mínimo.
19
reajustado na forma do § 6º do art. 32 do Decreto
nº 3.048/99; 140. A renda mensal inicial, apurada na forma do § 9º
21
II. o valor correspondente ao percentual da média dos do art. 32 do Decreto nº 3.048/99, será reajusta-
salários-de-contribuição de cada uma das demais da pelos índices de reajustamento aplicados aos
atividades não consideradas no cálculo do auxí- benefícios, até a data da entrada do requerimento:
lio-doença a ser transformado, percentual este a) sendo devido pagamento relativamente a período
equivalente à relação entre os meses completos anterior a esta data.
de contribuição, até o máximo de doze, e os esti- b) sendo devido pagamento relativamente a o perío-
pulados como período de carência para a aposen- do de apenas um mês anterior a esta data.
tadoria por invalidez; c) sendo devido pagamento apenas referente ao pe-
III. o valor correspondente ao percentual da média dos ríodo de um ano anterior a esta data.
salários-de-contribuição de cada uma das demais d) sendo devido pagamento relativamente a período
atividades multiplicadas pelo fator previdenciário. de seis meses anteriores a esta data.
a) os itens I e II são os únicos corretos; e) não sendo devido qualquer pagamento relativa-
b) os itens I e III são os únicos corretos; mente a período anterior a esta data.
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos; 141. Na hipótese de a média apurada na forma do art.
e) todos os itens estão incorretos. 32 do Decreto nº 3.048/99 resultar superior ao li-
mite máximo do salário-de-contribuição vigente no
138. A renda mensal do benefício de prestação conti- mês de início do benefício, a diferença percentual
nuada que substituir o salário-de-contribuição ou entre esta média e o referido limite será incorpora-
o rendimento do trabalho do segurado ________ da ao valor do benefício juntamente com o primei-
nem superior ao limite máximo do salário-de-con- ro reajuste do mesmo após a concessão, obser-
20
tribuição, exceto no caso previsto no art. 45 de vado ________ salário-de-contribuição vigente na
Decreto nº 3.048/99. competência em que ocorrer o reajuste.
a) não terá valor inferior ao do salário mínimo; a) que nenhum benefício assim reajustado poderá
superar o limite máximo do;
18
Art. 73. O auxílio-doença do segurado que exercer mais de
uma atividade abrangida pela previdência social será devido
mesmo no caso de incapacidade apenas para o exercício
20
Art. 45. O valor da aposentadoria por invalidez do segurado
de uma delas, devendo a perícia médica ser conhecedora que necessitar da assistência permanente de outra pessoa
de todas as atividades que o mesmo estiver exercendo. será acrescido de vinte e cinco por cento, observada a
(...) relação constante do Anexo I, e:
§ 3º Constatada, durante o recebimento do auxílio-doença I - devido ainda que o valor da aposentadoria atinja o limite
concedido nos termos deste artigo, a incapacidade do máximo legal; e
segurado para cada uma das demais atividades, o valor II - recalculado quando o benefício que lhe deu origem for
do benefício deverá ser revisto com base nos respectivos reajustado.
salários-de-contribuição, observado o disposto nos incisos Parágrafo único. O acréscimo de que trata o caput cessará
I a III do art. 72. com a morte do aposentado, não sendo incorporado ao
19
Art. 32. O salário-de-benefício consiste: valor da pensão por morte.
(...) 21
Art. 32. O salário-de-benefício consiste:
§ 6º Se, no período básico de cálculo, o segurado tiver (...)
recebido benefício por incapacidade, considerar-se-á como § 8º Para fins de apuração do salário-de-benefício de qual-
salário-de-contribuição, no período, o salário-de-benefício quer aposentadoria precedida de auxílio-acidente, o valor
que serviu de base para o cálculo da renda mensal, reajus- mensal deste será somado ao salário-de-contribuição antes
tado nas mesmas épocas e nas mesmas bases dos bene- da aplicação da correção a que se refere o art. 33, não
fícios em geral, não podendo ser inferior ao salário mínimo podendo o total apurado ser superior ao limite máximo do
nem superior ao limite máximo do salário-de-contribuição. salário-de-contribuição.

Degrau Cultural 27
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) que alguns benefícios assim reajustado poderão 145. Para o ________ que, mesmo tendo satisfeito as
superar o limite máximo do; condições exigidas para a concessão do benefí-
c) que alguns benefícios assim reajustado deverão cio requerido, não possa comprovar o efetivo reco-
superar o limite máximo do; lhimento das contribuições devidas, será conce-
d) que alguns benefícios assim reajustado deverão dido o benefício de valor mínimo, devendo sua ren-
superar o limite de três vezes do; da ser recalculada quando da apresentação da
e) que alguns benefícios assim reajustado poderão prova do recolhimento das contribuições.
superar em até cinco vezes o limite máximo do. a) segurado facultativo;
b) segurado empregado doméstico;
142. No cálculo do valor da renda mensal do benefício c) segurado especial;
serão computados: d) contribuinte individual;
I. para o segurado empregado e o trabalhador avul- e) empregado eventual.
so, os salários-de-contribuição referentes aos
meses de contribuições devidas, ainda que não 146. A renda mensal inicial da aposentadoria por inva-
recolhidas pela empresa, sem prejuízo da respec- lidez concedida por transformação de auxílio-do-
tiva cobrança e da aplicação das penalidades ca- ença será de ______ por cento do salário-de-be-
bíveis; e nefício que serviu de base para o cálculo da renda
II. para o segurado empregado, o valor do auxílio- mensal inicial do auxílio doença, reajustado pelos
acidente, considerado como salário-de-contribui- mesmos índices de correção dos benefícios em
ção para fins de concessão de qualquer aposen- geral.
tadoria, nos termos do § 8º do art. 32 do Decreto nº a) cinquenta;
3.048/99. b) oitenta;
III. para o trabalhador avulso e o segurado especial, c) cem;
o valor do auxílio-acidente, considerado como sa- d) quarenta;
lário-de-contribuição para fins de concessão de e) setenta.
qualquer aposentadoria, nos termos do § 8º do
art. 32 do Decreto nº 3.048/99. 147. A renda mensal inicial, recalculada de acordo com
a) os itens I e II são os únicos corretos; o disposto nos §§ 2º e 3º do art. 36 do Decreto nº
b) os itens I e III são os únicos corretos; 3.048/99, deve ser reajustada como a dos benefí-
c) os itens II e III são os únicos corretos; cios correspondentes com igual data de início e
d) todos os itens estão corretos; substituirá, _________, do requerimento de revi-
e) todos os itens estão incorretos. são do valor do benefício a renda mensal que pre-
valecia até então.
143. Para os demais segurados não mencionados na a) após trinta dias da entrada;
questão anterior (nº 142) somente serão compu- b) após sessenta dias do ingresso;
tados os salários-de-contribuição referentes: c) a partir da data;
a) aos últimos dez anos de contribuição; d) após um ano da propositura;
b) aos cinco últimos anos de contribuição; e) a partir do primeiro dia útil do deferimento.
c) ao dez últimos anos de contribuição;
d) aos meses de contribuição recolhidos ou não; 148. Para fins da substituição de que trata a questão
e) aos meses de contribuição efetivamente reco- anterior (nº 147), o requerimento de revisão deve
lhida. ser aceito pelo _________ a partir da concessão
do benefício em valor provisório e processado quan-
144. No caso de segurado empregado ou de trabalha- do da apresentação de prova dos salários-de-con-
dor avulso que tenham cumprido todas as condi- tribuição ou de recolhimento das contribuições.
ções para a concessão do benefício pleiteado, mas a) INSS;
não possam comprovar o valor dos seus salários- b) Ministério do Desenvolvimento Social e Combate
de-contribuição no período básico de cálculo, con- à Fome;
siderar-se-á para o cálculo do benefício, no perío- c) Ministério da Fazenda;
do sem comprovação do valor do salário-de-con- d) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão;
tribuição, o valor do salário mínimo, devendo esta e) MTE.
renda ser recalculada:
a) quando da apresentação de prova dos salários- 149. A renda mensal do benefício de prestação conti-
de-contribuição; nuada será calculada aplicando-se sobre o salá-
b) dentro do prazo de dez anos; rio-de-benefício os seguintes percentuais, dentre
c) dentro do prazo de dois anos; outras hipóteses:
d) dentro do prazo de três anos; I. auxílio-doença – noventa por cento do salário-de-
e) no prazo de quinze anos. benefício;

28 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

II. aposentadoria por invalidez – cem por cento do c) 20;


salário-de-benefício; d) 12;
III. aposentadoria por idade – setenta por cento do e) 24.
salário-de-benefício, mais um por cento deste por
grupo de doze contribuições mensais, até o máxi- 153. Para os __________________ inclusive os com
mo de trinta por cento. deficiência é garantida a concessão, alternativa-
mente, de aposentadoria por idade ou por invali-
a) os itens I e II são os únicos corretos;
dez, de auxílio-doença, de auxílio-reclusão ou de
b) os itens I e III são os únicos corretos;
pensão por morte, no valor de um salário mínimo,
c) os itens II e III são os únicos corretos;
observado o disposto no inciso III do art. 30 do
d) todos os itens estão corretos; Decreto nº 3.048/99, ou dos benefícios especifica-
e) todos os itens estão incorretos. dos neste Regulamento, observados os critérios
e a forma de cálculo estabelecidos, desde que
150. A renda mensal do benefício de prestação conti- contribuam, facultativamente, de acordo com o dis-
nuada será calculada aplicando-se sobre o salá- posto no § 2º do art. 200 do Decreto nº 3.048/99.
rio-de-benefício os seguintes percentuais: a) segurados especiais;
I. para a mulher – cem por cento do salário-de-be- b) empregados;
nefício aos trinta anos de contribuição; c) trabalhadores avulsos;
II. para o homem – cem por cento do salário-de-be- d) empregados temporários;
nefício aos trinta e cinco anos de contribuição; e) empregados domésticos.
III. cem por cento do salário-de-benefício, para o pro-
fessor aos trinta e cinco anos, e para a professo- 154. Leia, analise e responda:
ra aos vinte e cinco anos de contribuição e de I. O valor mensal da pensão por morte ou do auxílio-
efetivo exercício em função de magistério na edu- reclusão será de cem por cento do valor da apo-
cação infantil, no ensino fundamental ou no ensi- sentadoria que o segurado recebia ou daquela a
no médio. que teria direito se estivesse aposentado por inva-
lidez na data de seu falecimento, observado o dis-
a) os itens I e II são os únicos corretos;
posto no § 8º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
b) os itens I e III são os únicos corretos;
II. Se na data do óbito o segurado estiver recebendo
c) os itens II e III são os únicos corretos; aposentadoria e auxílio-acidente, o valor mensal
d) todos os itens estão corretos; da pensão por morte será calculado conforme o
e) todos os itens estão incorretos. disposto no item anterior (nº I), não incorporando o
valor do auxílio-acidente.
151. A renda mensal do benefício de prestação conti- III. Após a cessação do auxílio-doença decorrente de
nuada será calculada aplicando-se sobre o salá- acidente de qualquer natureza ou causa, tendo o
rio-de-benefício os seguintes percentuais, dentre segurado retornado ou não ao trabalho, se houver
outras hipóteses: agravamento ou sequela que resulte na reabertu-
I . aposentadoria especial – cem por cento do salá- ra do benefício, a renda mensal será igual a no-
rio-de-benefício; venta e um por cento do salário-de-benefício do
II. auxílio-acidente – cinquenta por cento do salário- auxílio-doença cessado, corrigido até o mês ante-
de-benefício; rior ao da reabertura do benefício, pelos mesmos
III. aposentadoria por invalidez – noventa e um por índices de correção dos benefícios em geral.
cento do salário-de-benefício. a) os itens I e II são os únicos corretos;
a) os itens I e II são os únicos corretos; b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; c) os itens II e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; d) todos os itens estão corretos;
d) todos os itens estão corretos; e) todos os itens estão incorretos.
e) todos os itens estão incorretos.
155. Leia, analise e responda:
I. É assegurado o reajustamento dos benefícios
152. Para efeito do percentual de acréscimo de que tra- para preservar-lhes, em caráter permanente, o
ta o item III da questão 149, assim considerado o valor real da data de sua concessão.
relativo a cada grupo de ______ contribuições II. Os valores dos benefícios em manutenção serão
mensais, presumir-se-á efetivado o recolhimento reajustados, anualmente, na mesma data do rea-
correspondente, quando se tratar de segurado juste do salário mínimo, pro rata, de acordo com suas
empregado ou trabalhador avulso. respectivas datas de início ou do último reajusta-
a) 10; mento, com base no Índice Nacional de Preços ao
b) 15; Consumidor – INPC, apurado pela Fundação Institu-
to Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

Degrau Cultural 29
500 Testes - Legislação Previdenciária

III. Os benefícios com renda mensal superior a um b) aposentadoria por tempo de serviço;
salário mínimo serão pagos no quinto dia útil do c) aposentadoria por idade;
mês subsequente ao de sua competência, obser- d) aposentadoria especial;
vada a distribuição proporcional do número de e) aposentadoria compulsória.
beneficiários por dia de pagamento.
a) os itens I e II são os únicos corretos; 160. A concessão de _______ dependerá da verifica-
b) os itens I e III são os únicos corretos; ção da condição de incapacidade, mediante exa-
c) os itens II e III são os únicos corretos; me médico-pericial a cargo da previdência social,
d) todos os itens estão corretos; podendo o segurado, às suas expensas, fazer-se
e) todos os itens estão incorretos. acompanhar de médico de sua confiança.
a) aposentadoria por invalidez;
156. O valor mensal do _______, do e do será reajusta- b) aposentadoria por tempo de serviço;
do na forma do disposto no art. 40 (item nº I da c) aposentadoria por idade;
questão nº 155) do Decreto nº 3.048/99 e não varia d) aposentadoria especial;
de acordo com o salário-de-contribuição do segu- e) aposentadoria compulsória.
rado.
I. abono de permanência em serviço; 161. A doença ou lesão de que o segurado já era porta-
II. auxílio-suplementar; dor ao filiar-se ao Regime Geral de Previdência
III. auxílio-acidente. Social ______________, salvo quando a incapa-
a) os itens I e II são os únicos corretos; cidade sobrevier por motivo de progressão ou agra-
b) os itens I e III são os únicos corretos; vamento dessa doença ou lesão.
c) os itens II e III são os únicos corretos; a) lhe conferirá direito à aposentadoria por invalidez;
d) todos os itens estão corretos; b) lhe conferirá direito à aposentadoria especial;
e) todos os itens estão incorretos. c) lhe conferirá direito à aposentadoria por idade;
d) não lhe conferirá direito à aposentadoria por inva-
157. Nenhum benefício reajustado poderá exceder lidez;
_________, respeitados os direitos adquiridos, e) lhe conferirá direito à aposentadoria compul-
nem inferior ao valor de um salário mínimo. sória.
a) o limite máximo do salário-de-benefício na data
do reajustamento; 162. A aposentadoria por invalidez consiste numa ren-
b) a três salários mínimos; da mensal calculada na forma do inciso II do caput
c) a dez salários mínimos; do art. 39 do Decreto nº. 3.048/99 e será devida a
d) a cinco salários mínimos; contar do dia imediato ao da cessação do
e) a seis salários mínimos. ____________, ressalvado o disposto no § 1º do
art. 44 do Decreto nº 3.048/99.
158. A aposentadoria por idade da pessoa com defici- a) auxílio-doença;
ência, cumprida a carência, é devida ao segurado b) salário-família;
c) auxílio-acidente;
aos _____ anos de idade, se homem, e ____ anos
d) salário-maternidade;
de idade se mulher.
e) abono de permanência.
a) 65 / 55;
b) 55 / 50;
163. Concluindo a perícia médica inicial pela existên-
c) 65 / 60;
cia de incapacidade total e definitiva para o traba-
d) 70 / 65; lho, a aposentadoria por invalidez será devida:
e) 60 / 55. I. ao segurado empregado a contar do décimo sex-
to dia do afastamento da atividade ou a partir da
159. O (a) _______________, uma vez cumprida a data da entrada do requerimento, se entre o afas-
carência exigida, quando for o caso, será devi- tamento e a entrada do requerimento decorrerem
da ao segurado que, estando ou não em gozo de mais de trinta dias;
auxílio-doença, for considerado incapaz para o tra- II. ao segurado empregado doméstico, trabalhador
balho e insuscetível de reabilitação para o exercício avulso, especial ou facultativo, a contar da data do
de atividade que lhe garanta a subsistência, e ser- início da incapacidade ou da data da entrada do
lhe-á paga enquanto permanecer nessa condição. requerimento, se entre essas datas decorrerem
a) aposentadoria por invalidez; mais de trinta dias;

30 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

III. contribuinte individual, a contar da data do início b) segurado especial;


da incapacidade ou da data da entrada do requeri- c) segurado facultativo;
mento, se entre essas datas decorrerem mais de d) aposentado compulsoriamente;
trinta dias. e) aposentado por idade.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; 168. Observado o disposto na questão anterior (nº
c) os itens II e III são os únicos corretos; 167), o aposentado por invalidez fica obrigado, sob
d) todos os itens estão corretos; pena de sustação do pagamento do benefício, a
e) todos os itens estão incorretos. submeter-se a exames médico-periciais, a reali-
zarem-se:
a) mensalmente;
164. Durante os primeiros _______ dias de afastamen-
b) anualmente;
to consecutivos da atividade por motivo de invali-
c) semestralmente;
dez, caberá à empresa pagar ao segurado empre-
d) trimestralmente;
gado o salário.
e) bienalmente.
a) 20;
b) 15; 169. O aposentado por invalidez que se julgar apto a
c) 10; retornar à atividade:
d) 8; a) poderá solicitar a realização de nova avaliação
e) 30. médico-pericial;
b) poderá, sem necessidade de avaliação médico-
165. A concessão de _________, inclusive mediante pericial, retornar ao mercado de trabalho;
transformação de auxílio-doença concedido na for- c) poderá retornar ao mercado de trabalho assim que
22
ma do art. 73 do Decreto nº 3.048/99, está condi- o desejar;
cionada ao afastamento de todas as atividades. d) deverá se dirigir ao MTE par se candidatar a uma
a) aposentadoria por invalidez; vaga de emprego;
b) aposentadoria por tempo de serviço; e) deverá solicitar a realização de nova avaliação
c) aposentadoria por idade; médico-pericial.
d) aposentadoria especial;
e) aposentadoria compulsória. 170. O aposentado por invalidez que retornar voluntari-
amente à atividade terá sua aposentadoria auto-
166. O valor da aposentadoria por invalidez do segura- maticamente cessada:
do que necessitar da assistência permanente de a) após trinta dias de seu retorno;
b) após quinze dias de seu retorno à atividade;
outra pessoa será acrescido de ________ por cen-
c) após sessenta dias de sua admissão;
to, observada a relação constante do Anexo I do
d) a partir da data do retorno;
Decreto nº 3.048/99.
e) após um ano de sua admissão.
a) 30;
b) 25;
171. Verificada a recuperação da capacidade de traba-
c) 20; lho do aposentado por invalidez, excetuando-se a
d) 40; situação prevista na questão anterior (nº 170),
e) 50. serão observadas, dentre outras, as normas se-
guintes, quando a recuperação for total e ocorrer
167. O _________ está obrigado, a qualquer tempo, dentro de ______ anos contados da data do início
sem prejuízo do disposto na questão nº 146 e in- da aposentadoria por invalidez ou do auxílio-doen-
dependentemente de sua idade e sob pena de ça que a antecedeu sem interrupção, o beneficio
suspensão do benefício, a submeter-se a exame cessará, de imediato, para o segurado emprega-
médico a cargo da previdência social, processo do que tiver direito a retornar à função que desem-
de reabilitação profissional por ela prescrito e cus- penhava na empresa ao se aposentar, na forma
teado e tratamento dispensado gratuitamente, ex- da legislação trabalhista, valendo como documen-
ceto o cirúrgico e a transfusão de sangue, que são to, para tal fim, o certificado de capacidade forneci-
facultativos. do pela previdência social; ou após tantos meses
a) segurado aposentado por invalidez; quantos forem os anos de duração do auxílio-do-
ença e da aposentadoria por invalidez, para os
demais segurados.
22
Art. 73. O auxílio-doença do segurado que exercer mais de
uma atividade abrangida pela previdência social será devido
a) 5; d) 8;
mesmo no caso de incapacidade apenas para o exercício de b) 10; e) 9;
uma delas, devendo a perícia médica ser conhecedora de c) 12;
todas as atividades que o mesmo estiver exercendo.

Degrau Cultural 31
500 Testes - Legislação Previdenciária

172. Verificada a recuperação da capacidade de traba- c) segurado facultativo;


lho do aposentado por invalidez, excetuando-se a d) contribuinte individual;
situação prevista na questão anterior (nº 171), e) trabalhador avulso.
serão observadas, dentre outras, as normas
seguintes:quando a recuperação for parcial ou 176. Os trabalhadores rurais de que trata a questão nº
ocorrer após o período previsto questão anterior 174, que não atendam ao disposto na questão
(nº 171), ou ainda quando o segurado for declara- anterior (nº 175), mas que satisfaçam essa con-
do apto para o exercício de trabalho diverso do qual dição, se forem considerados períodos de contri-
habitualmente exercia, a aposentadoria será man- buição sob outras categorias do segurado, farão
tida, sem prejuízo da volta à atividade: jus ao benefício ao completarem ________ anos
I. pelo seu valor integral, durante seis meses conta- de idade, se homem, e ________, se mulher.
dos da data em que for verificada a recuperação a) 60 / 55;
da capacidade; b) 55 / 50;
II. com redução de cinquenta por cento, no período c) 65 / 60;
seguinte de seis meses; d) 65 / 55;
III. com redução de setenta e cinco por cento, tam- e) 60 / 50.
bém por igual período de seis meses, ao término
do qual cessará definitivamente. 177. Para efeito da questão anterior (nº 176), o cálculo
a) os itens I e II são os únicos corretos; da renda mensal do benefício será apurado na
23
b) os itens I e III são os únicos corretos; forma do disposto no inciso II do caput do art. 32
c) os itens II e III são os únicos corretos; do Decreto nº 3.048/99, considerando-se como
d) todos os itens estão corretos; salário-de-contribuição mensal do período como
e) todos os itens estão incorretos. segurado especial:
a) o valor correspondente a dez salários de contribui-
173. O segurado que retornar à atividade poderá reque- ção do segurado;
rer, _________, novo benefício, tendo este proces- b) o valor correspondente a quinze salários de contri-
samento normal. buição do segurado;
a) a qualquer tempo; c) o valor correspondente a vinte salários de contri-
b) dentro de 30 dias; buição do segurado;
c) no prazo de 60 dias; d) o valor correspondente a vinte e cinco salários de
d) no prazo de 90 dias; contribuição do segurado;
e) somente após o decurso de 1 ano. e) o limite mínimo do salário-de-contribuição da pre-
vidência social.
174. A aposentadoria por idade, uma vez cumprida a
carência exigida, será devida ao segurado que 178. A aposentadoria por idade será devida, dentre
completar _______ anos de idade, se homem, ou outras hipótese, ao segurado empregado, inclu-
______, se mulher, reduzidos esses limites para sive o doméstico, a partir da data do desliga-
os trabalhadores rurais. mento do emprego, quando requerida até ______
a) 60 / 55; dias depois dela, ou quando for requerida após
b) 55 / 50; este prazo;
c) 65 / 60; a) 90;
d) 65 / 55; b) 60;
e) 60 / 50. c) 50;
d) 40;
175. Para os efeitos do disposto na questão anterior e) 30.
(nº 174), o _________ deve comprovar o efetivo
exercício de atividade rural, ainda que de forma
descontínua, no período imediatamente anterior
ao requerimento do benefício ou, conforme o caso,
ao mês em que cumpriu o requisito etário, por tem- 23
Art. 32. O salário-de-benefício consiste: (Redação dada
po igual ao número de meses de contribuição cor- pelo Decreto nº 3.265, de 1999).
respondente à carência do benefício pretendido, (...)
computado o período a que se referem os incisos II - para as aposentadorias por invalidez e especial, auxílio-
doença e auxílio-acidente na média aritmética simples dos
III a VIII do § 8º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99.
maiores salários-de-contribuição correspondentes a oitenta
a) trabalhador rural por cento de todo o período contributivo; (Redação dada
b) empregado; pelo Decreto nº 5.545, de 2005).

32 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

179. A aposentadoria por idade será devida, excetuan- b) 30 / 25;


do-se o segurado empregado e ao doméstico, para c) 65 / 60;
os demais segurados, a partir: d) 35 / 25;
a) da data do deferimento do requerimento; e) 60 / 50.
b) de dois meses da entrada do requerimento;
c) de noventa dias do deferimento do requerimento; 183. Para os fins do disposto na questão anterior (nº
d) de sessenta dias da entrada do requerimento; 182), considera-se função de magistério a exerci-
e) da data da entrada do requerimento. da por professor, quando exercida em estabeleci-
mento de educação básica em seus diversos ní-
180. A ________ consiste numa renda mensal calcula- veis e modalidades, incluídas, além do exercício
24
da na forma do inciso III do caput do art. 39 do da docência, as funções de:
Decreto nº 3.048/99. I. direção de unidade escolar;
a) aposentadoria por invalidez; II. coordenação pedagógica;
b) aposentadoria por tempo de serviço; III. assessoramento pedagógico.
c) aposentadoria por idade; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) aposentadoria especial; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) aposentadoria compulsória. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
181. A __________ será devida ao segurado após trin- e) todos os itens estão incorretos.
ta e cinco anos de contribuição, se homem, ou
trinta anos, se mulher, observado o disposto no 184. Considera-se __________ o tempo, contado de
25
art. 199-A do Decreto nº 3.048/99. data a data, desde o início até a data do requeri-
a) aposentadoria por invalidez; mento ou do desligamento de atividade abrangida
b) aposentadoria por tempo de serviço; pela previdência social, descontados os períodos
c) aposentadoria por idade; legalmente estabelecidos como de suspensão de
d) aposentadoria especial; contrato de trabalho, de interrupção de exercício e
e) aposentadoria por tempo de contribuição. de desligamento da atividade.
a) tempo de serviço;
182. A aposentadoria por tempo de contribuição do pro- b) tempo de contribuição;
fessor que comprove, exclusivamente, tempo de c) período de carência;
efetivo exercício em função de magistério na edu- d) exercício do cargo;
cação infantil, no ensino fundamental ou no ensi- e) período contributivo.
no médio, será devida ao professor aos
_________ anos de contribuição e à professora 185. Cabe ao _________ comprovar a interrupção ou o
aos _______ anos de contribuição. encerramento da atividade pela qual vinha contri-
a) 60 / 55; buindo, sob pena de ser considerado em débito
no período sem contribuição.
a) contribuinte individual;
24
Art. 39. A renda mensal do benefício de prestação continuada
b) empregador;
será calculada aplicando-se sobre o salário-de-benefício
os seguintes percentuais: c) empregador doméstico;
(...) d) INSS;
III - aposentadoria por idade - setenta por cento do salário- e) MTE.
de-benefício, mais um por cento deste por grupo de doze
contribuições mensais, até o máximo de trinta por cento;
186. Até que lei específica discipline a matéria, são con-
25
Art. 199-A. A partir da competência em que o segurado fizer
tados como tempo de contribuição, dentre outros
a opção pela exclusão do direito ao benefício de aposenta-
doria por tempo de contribuição, é de onze por cento, sobre casos:
o valor correspondente ao limite mínimo mensal do salário- I. o período de exercício de atividade remunerada
de-contribuição, a alíquota de contribuição: (Incluído pelo abrangida pela previdência social urbana e rural,
Decreto nº 6.042, de 2007). ainda que anterior à sua instituição, respeitado o
I - do segurado contribuinte individual, que trabalhe por conta 26
disposto no inciso XVII do art. 60 do Decreto nº
própria, sem relação de trabalho com empresa ou equipa-
rado; (Incluído pelo Decreto nº 6.042, de 2007). 3.048/99;
II - do segurado facultativo; e (Incluído pelo Decreto nº
6.042, de 2007). 26
XVII - o período de atividade na condição de empregador
III - do MEI de que trata a alínea “p” do inciso V do art. 9o, cuja rural, desde que comprovado o recolhimento de contribuições
contribuição deverá ser recolhida na forma regulamentada na forma da Lei nº 6.260, de 6 de novembro de 1975, com
pelo Comitê Gestor do Simples Nacional. (Redação dada pelo indenização do período anterior, conforme o disposto no
Decreto nº 6.722, de 2008). art. 122;

Degrau Cultural 33
500 Testes - Legislação Previdenciária

II. o período de contribuição efetuada por segurado d) todos os itens estão corretos;
depois de ter deixado de exercer atividade remu- e) todos os itens estão incorretos.
nerada que o enquadrava como segurado obriga-
tório da previdência social; 189. Até que lei específica discipline a matéria, são con-
III. o período em que o segurado esteve recebendo tados como tempo de contribuição, entre outros:
auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez, I. o tempo de serviço do segurado trabalhador rural
entre períodos de atividade. anterior à competência novembro de 1991;
a) os itens I e II são os únicos corretos; II. o tempo de exercício de mandato classista junto a
b) os itens I e III são os únicos corretos; órgão de deliberação coletiva em que, nessa qua-
c) os itens II e III são os únicos corretos; lidade, tenha havido contribuição para a previdên-
d) todos os itens estão corretos; cia social;
e) todos os itens estão incorretos. III. o tempo de serviço público prestado à administra-
ção federal direta e autarquias federais, bem como
187. Até que ________ discipline a matéria, são conta- às estaduais, do Distrito Federal e municipais,
dos como tempo de contribuição, entre outros, o quando aplicada a legislação que autorizou a con-
tempo de serviço militar, salvo se já contado para tagem recíproca de tempo de contribuição;
inatividade remunerada nas Forças Armadas ou a) os itens I e II são os únicos corretos;
auxiliares, ou para aposentadoria no serviço pú- b) os itens I e III são os únicos corretos;
blico federal, estadual, do Distrito Federal ou mu- c) os itens II e III são os únicos corretos;
nicipal, ainda que anterior à filiação ao Regime d) todos os itens estão corretos;
Geral de Previdência Social, nas condições pre- e) todos os itens estão incorretos.
vistas no Decreto nº 3.048/99.
a) lei delegada; 190. Até que lei específica discipline a matéria, são con-
b) lei complementar; tados como tempo de contribuição, entre outros:
c) resolução; I. o período de licença remunerada, desde que não
d) lei específica; tenha havido desconto de contribuições;
e) decreto do legislativo. II. o período em que o segurado tenha sido colocado
pela empresa em disponibilidade remunerada,
188. Até que lei específica discipline a matéria, são con- desde que tenha havido desconto de contribuições;
tados como tempo de contribuição, entre outros: III. o tempo de serviço prestado à Justiça dos Esta-
I. o período em que a segurada esteve recebendo dos, às serventias extrajudiciais e às escrivanias
salário-maternidade; judiciais, desde que não tenha havido remunera-
II. o período de contribuição efetuada como segura- ção pelos cofres públicos e que a atividade não
do facultativo; estivesse à época vinculada a regime próprio de
III. o período em que o segurado esteve recebendo previdência social.
benefício por incapacidade por acidente do traba- a) os itens I e II são os únicos corretos;
lho, não intercalado. b) os itens I e III são os únicos corretos;
a) os itens I e II são os únicos corretos; c) os itens II e III são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos; d) todos os itens estão corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; e) todos os itens estão incorretos.

34 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária
27
191. Observado o disposto no art. 19 do Decreto nº 27 (continuação)
3.048/99, são contados como tempo de contribui- § 5º Não constando do CNIS informações sobre contri-
ção, para efeito do disposto nos §§ 1º e 2º do art. buições ou remunerações, ou havendo dúvida sobre a
28
56 do mencionado Regulamento: regularidade do vínculo, motivada por divergências ou
insuficiências de dados relativos ao empregador, ao se-
I. o de serviço público federal, estadual, do Distrito gurado, à natureza do vínculo, ou a procedência da infor-
Federal ou municipal; mação, esse período respectivo somente será confirma-
II. o de recebimento de benefício por incapacidade, do mediante a apresentação pelo segurado da documen-
entre períodos de atividade; tação comprobatória solicitada pelo INSS. (Incluído pelo
Decreto nº 6.722, de 2008).
III. o de benefício por incapacidade decorrente de aci- § 6º O INSS poderá definir critérios para apuração das
dente do trabalho, intercalado ou não. informações constantes da GFIP que ainda não tiver sido
a) os itens I e II são os únicos corretos; processada, bem como para aceitação de informações
relativas a situações cuja regularidade depende de aten-
b) os itens I e III são os únicos corretos; dimento de critério estabelecido em lei. (Incluído pelo
c) os itens II e III são os únicos corretos; Decreto nº 6.722, de 2008).
d) todos os itens estão corretos; § 7º Para os fins de que trata os §§ 2º a 6º, o INSS e a
e) todos os itens estão incorretos. DATAPREV adotarão as providências necessárias para
que as informações constantes do CNIS sujeitas à com-
provação sejam identificadas e destacadas dos demais
27
Art.19. Os dados constantes do Cadastro Nacional de In- registros. (Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
formações Sociais - CNIS relativos a vínculos, remunera- § 8º Constarão no CNIS as informações do segurado
ções e contribuições valem como prova de filiação à previ- relativas aos períodos com deficiência leve, moderada e
dência social, tempo de contribuição e salários-de-contri- grave, fixadas em decorrência da avaliação médica e
buição. (Redação dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008). funcional. (Incluído pelo Decreto nº 8.145, de 2013).
§ 1º O segurado poderá solicitar, a qualquer momento, a Art.19-A. Para fins de benefícios de que trata este Regu-
inclusão, exclusão ou retificação das informações cons- lamento, os períodos de vínculos que corresponderem a
tantes do CNIS, com a apresentação de documentos com- serviços prestados na condição de servidor estatutário
probatórios dos dados divergentes, conforme critérios somente serão considerados mediante apresentação de
definidos pelo INSS, independentemente de requerimen- Certidão de Tempo de Contribuição fornecida pelo órgão
to de benefício, exceto na hipótese do art. 142. (Redação público competente, salvo se o órgão de vinculação do
dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008). servidor não tiver instituído regime próprio de previdên-
§ 2º Informações inseridas extemporaneamente no CNIS, cia social. (Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
independentemente de serem inéditas ou retificadoras de Art.19-B. A comprovação de vínculos e remunerações de
dados anteriormente informados, somente serão aceitas se que trata o art. 62 poderá ser utilizada para suprir omis-
corroboradas por documentos que comprovem a sua regula- são do empregador, para corroborar informação inseri-
ridade. (Redação dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008). da ou retificada extemporaneamente ou para subsidiar a
§ 3º Respeitadas as definições vigentes sobre a proce- avaliação dos dados do CNIS. (Incluído pelo Decreto nº
dência e origem das informações, considera-se extem- 6.722, de 2008).
porânea a inserção de dados: (Redação dada pelo De-
28
Art. 56. A aposentadoria por tempo de contribuição será
creto nº 6.722, de 2008). devida ao segurado após trinta e cinco anos de contribui-
I - relativos à data de início de vínculo, sempre que decor- ção, se homem, ou trinta anos, se mulher, observado o
rentes de documento apresentado após o transcurso de disposto no art. 199-A. (Redação dada pelo Decreto nº
até cento e vinte dias do prazo estabelecido pela legisla- 6.042, de 2007).
ção, cabendo ao INSS dispor sobre a redução desse pra- § 1º A aposentadoria por tempo de contribuição do pro-
zo; (Redação dada pelo Decreto nº 7.223, de 2010) fessor que comprove, exclusivamente, tempo de efetivo
II - relativos a remunerações, sempre que decorrentes exercício em função de magistério na educação infantil,
de documento apresentado: (Incluído pelo Decreto nº no ensino fundamental ou no ensino médio, será devida
6.722, de 2008). ao professor aos trinta anos de contribuição e à professo-
a) após o último dia do quinto mês subseqüente ao mês ra aos vinte e cinco anos de contribuição. (Redação dada
da data de prestação de serviço pelo segurado, quando pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
se tratar de dados informados por meio da Guia de Reco- § 2º Para os fins do disposto no § 1º, considera-se função
lhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e de magistério a exercida por professor, quando exercida
Informações à Previdência Social - GFIP; e (Incluído pelo em estabelecimento de educação básica em seus diver-
Decreto nº 6.722, de 2008). sos níveis e modalidades, incluídas, além do exercício da
b) após o último dia do exercício seguinte ao a que se docência, as funções de direção de unidade escolar e as
referem as informações, quando se tratar de dados infor- de coordenação e assessoramento pedagógico. (Reda-
mados por meio da Relação Anual de Informações Soci- ção dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
ais - RAIS; (Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008). § 3º Se mais vantajoso, fica assegurado o direito à apo-
III - relativos a contribuições, sempre que o recolhimento sentadoria, nas condições legalmente previstas na data
tiver sido feito sem observância do estabelecido em lei. do cumprimento de todos os requisitos previstos no ca-
(Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008). put, ao segurado que optou por permanecer em atividade.
§ 4º A extemporaneidade de que trata o inciso I do § 3º § 4º Para efeito do disposto no parágrafo anterior, o valor
será relevada após um ano da data do documento que inicial da aposentadoria, apurado conforme o § 9º do art.
tiver gerado a informação, desde que, cumulativamente: 32, será comparado com o valor da aposentadoria calcu-
(Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008). lada na forma da regra geral deste Regulamento, manten-
I - o atraso na apresentação do documento não tenha do-se o mais vantajoso, considerando-se como data de
excedido o prazo de que trata a alínea “a” do inciso II do inicio do benefício a data da entrada do requerimento.
§ 3º; (Incluído pelo Decreto nº 6.722, de 2008). § 5º O segurado oriundo de regime próprio de previdência
II - (Revogado pelo Decreto nº 7.223, de 2010) social que se filiar ao Regime Geral de Previdência Soci-
III - o segurado não tenha se valido da alteração para al a partir de 16 de dezembro de 1998 fará jus à aposen-
obter benefício cuja carência mínima seja de até doze tadoria por tempo de contribuição nos termos desta Sub-
contribuições mensais. (Incluído pelo Decreto nº 6.722, seção, não se lhe aplicando o disposto no art. 188.(Inclu-
de 2008). ído pelo Decreto nº 3.265, de 1999)

Degrau Cultural 35
500 Testes - Legislação Previdenciária

192. A comprovação da condição de professor far-se-á a) o contrato individual de trabalho, a Carteira Profis-
mediante a apresentação: sional, a Carteira de Trabalho e Previdência Soci-
I. do respectivo diploma registrado nos órgãos com- al, a carteira de férias, a carteira sanitária, a cader-
petentes federais e estaduais; neta de matrícula e a caderneta de contribuições
II. de qualquer outro documento que comprove a ha- dos extintos institutos de aposentadoria e pen-
bilitação para o exercício do magistério, na forma sões, a caderneta de inscrição pessoal visada pela
de lei específica; Capitania dos Portos, pela Superintendência do
III. dos registros em Carteira Profissional e/ou Car- Desenvolvimento da Pesca, pelo Departamento
teira de Trabalho e Previdência Social complemen- Nacional de Obras Contra as Secas e declarações
tados, quando for o caso, por declaração do es- da Secretaria da Receita Federal do Brasil;
tabelecimento de ensino onde foi exercida a ativi- b) certidão de inscrição em órgão de fiscalização pro-
dade, sempre que necessária essa informação, fissional, acompanhada do documento que prove
para efeito e caracterização do efetivo exercício da o exercício da atividade;
função de magistério, nos termos do § 2º do art. 56 c) contrato social e respectivo distrato, quando for o
do Decreto nº 3.048/99. caso, ata de assembleia geral e registro de em-
a) os itens I e II são os únicos corretos; presário;
b) os itens I e III são os únicos corretos; d) certificado de sindicato ou órgão gestor de mão-
c) os itens II e III são os únicos corretos; de-obra que agrupa trabalhadores avulsos;
d) todos os itens estão corretos; e) todas as alternativas anteriores respondem a questão.
e) todos os itens estão incorretos.
196. Subsidiariamente ao disposto no art. 19 do Decre-
193. De acordo com o Decreto nº 3.048/99 _________ to nº 3.048/99, servem para a prova do tempo de
a conversão de tempo de serviço de magistério,
contribuição que trata o art. 62 do mencionado
exercido em qualquer época, em tempo de serviço
Regulamento questão anterior (nº 195), de exercí-
comum.
cio de atividade rural, alternativamente:
a) é vedada;
a) contrato individual de trabalho ou Carteira de Tra-
b) é permitida;
balho e Previdência Social;
c) é facultativa;
b) contrato de arrendamento, parceria ou comodato
d) é autorizada;
rural;
e) não é proibida.
c) declaração fundamentada de sindicato que repre-
194. A prova de tempo de serviço, considerado tempo sente o trabalhador rural ou, quando for o caso, de
de contribuição na forma do art. 60 do Decreto nº sindicato ou colônia de pescadores, desde que
3.048/99, observado o disposto no art. 19 e, no homologada pelo INSS;
que couber, as peculiaridades do segurado de que d) comprovante de cadastro do Instituto Nacional de
tratam as alíneas “j” e “l” do inciso V do caput do Colonização e Reforma Agrária – INCRA ou o blo-
art. 9º e do art. 11, todos do mencionado Regula- co de notas do produtor rural;
mento, é feita mediante documentos que compro- e) todas as alternativas anteriores respondem a
vem o exercício de atividade nos períodos a serem questão.
contados, devendo esses documentos ser con-
temporâneos dos fatos a comprovar e mencionar 197. Subsidiariamente ao disposto no art. 19 do Decre-
as datas de início e término e, quando se tratar de to nº 3.048/99, servem para a prova do tempo de
trabalhador avulso, a duração do trabalho e a con- contribuição que trata o art. 62 do mencionado
dição em que foi prestado. Regulamento questão anterior (nº 196), de exercí-
As anotações em Carteira Profissional e/ou Car- cio de atividade rural, alternativamente:
teira de Trabalho e Previdência Social relativa(s) I. cópia da declaração de imposto de renda, com
_________ podem suprir possível falha de regis- indicação de renda proveniente da comercializa-
tro de admissão ou dispensa. ção de produção rural;
a) a férias, alterações de salários e outras que de- II. licença de ocupação ou permissão outorgada pelo
monstrem a sequência do exercício da atividade; INCRA;
b) ao nome e endereço do segurado; III. certidão fornecida pela Fundação Nacional do Ín-
c) ao(s) nome(s) do(s) empregador(es); dio - FUNAI, certificando a condição do índio como
d) à identidade do segurado; trabalhador rural, desde que homologada pelo
e) ao estado civil do segurado. INSS.
a) o item I e II são os únicos corretos;
195. Subsidiariamente ao disposto no art. 19 do Decre-
b) o item I e III são os únicos corretos;
to nº 3.048/99, servem para a prova do tempo de
c) o item II e III são os únicos corretos;
contribuição que trata o art. 62 do mencionado
d) todos os itens estão corretos;
Regulamento questão anterior (nº 194), para os
e) todos os itens estão incorretos.
trabalhadores em geral, os documentos seguintes:

36 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

198. Subsidiariamente ao disposto no art. 19 do De- 200. A declaração mencionada na alínea “c” do inciso II
29
creto nº 3.048/99, servem para a prova do tempo do § 2º do art. 62 do Decreto nº 3.048/99 , além da
de contribuição que trata o art. 62 do menciona- identificação da entidade e do emitente da decla-
do Regulamento questão anterior (nº 197), de ração, com indicação do respectivo mandato, den-
exercício de atividade rural, alternativamente: tre outros requisitos:
I. notas fiscais de entrada de mercadorias, de que I. deverá ser fornecida em duas vias, em papel tim-
trata o § 24 do art. 225 do Decreto nº 3.048/99, brado da entidade, com numeração sequencial
emitidas pela empresa adquirente da produção, controlada e ininterrupta;
com indicação do nome do segurado como ven- II. deverá conter a identificação, a qualificação pes-
dedor; soal do beneficiário e a categoria de produtor a
II. documentos fiscais relativos a entrega de produ- que pertença;
ção rural à cooperativa agrícola, entreposto de pes- III. deverá consignar os documentos e informações
cado ou outros, com indicação do segurado como que serviram de base para a sua emissão, bem
vendedor ou consignante; como, se for o caso, a origem dos dados extraídos
de registros existentes na própria entidade decla-
III. comprovantes de recolhimento de contribuição à
rante ou em outro órgão, entidade ou empresa,
Previdência Social decorrentes da comercialização
desde que idôneos e acessíveis à previdência
da produção.
social.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos; d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos. e) todos os itens estão incorretos.

199. Leia, analise e marque a alternativa incorreta: 201. Não será admitida prova __________ para efeito
a) Na falta de documento contemporâneo podem ser de comprovação de tempo de serviço ou de contri-
aceitos declaração do empregador ou seu prepos- buição, salvo na ocorrência de motivo de força
to, atestado de empresa ainda existente, certifica- maior ou caso fortuito, observado o disposto no § 2º
30
do ou certidão de entidade oficial dos quais cons- do art. 143 do Decreto nº 3.048/99.
tem os dados previstos no art. 62 do Decreto nº a) exclusivamente testemunhal;
3.048/99 (questões nºs. 194 a 198), desde que b) documental e judicial;
extraídos de registros efetivamente existentes e c) judicial;
acessíveis à fiscalização do Instituto Nacional do d) administrativa e testemunhal;
Seguro Social. e) testemunhal e documental.
b) Se o documento apresentado pelo segurado não
atender ao estabelecido no mencionado artigo 62,
a prova exigida pode ser complementada por ou-
tros documentos que levem à convicção do fato a 29
§ 2o Subsidiariamente ao disposto no art. 19, servem para
comprovar, inclusive mediante justificação admi- a prova do tempo de contribuição que trata o caput:
nistrativa, na forma do Capítulo VI do Título II - DO (...)
II - de exercício de atividade rural, alternativamente:
REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL,do
(...)
Decreto nº 3.048/99. c) declaração fundamentada de sindicato que represente
c) A comprovação realizada mediante justificação o trabalhador rural ou, quando for o caso, de sindicato ou
administrativa ou judicial só produz efeito perante colônia de pescadores, desde que homologada pelo INSS;
a previdência social quando baseada em início de
30
Art. 143. A justificação administrativa ou judicial, no caso
de prova exigida pelo art. 62, dependência econômica, identi-
prova material.
dade e de relação de parentesco, somente produzirá efeito
d) A prova material somente terá validade para a pes- quando baseada em início de prova material, não sendo
soa referida no documento, não sendo permitida admitida prova exclusivamente testemunhal.
sua utilização por outras pessoas. (...)
e) A empresa colocará à disposição de servidor de- § 2º Caracteriza motivo de força maior ou caso fortuito a
verificação de ocorrência notória, tais como incêndio, inun-
signado por dirigente do MTE as informações ou
dação ou desmoronamento, que tenha atingido a empresa
registros de que dispuser, relativamente a segu- na qual o segurado alegue ter trabalhado, devendo ser
rado a seu serviço e previamente identificado, para comprovada mediante registro da ocorrência policial feito
fins de instrução ou revisão de processo de reco- em época própria ou apresentação de documentos con-
nhecimento de direitos e outorga de benefícios do temporâneos dos fatos, e verificada a correlação entre a
Regime Geral de Previdência Social. atividade da empresa e a profissão do segurado.

Degrau Cultural 37
500 Testes - Legislação Previdenciária

202. A aposentadoria especial, uma vez cumprida a ca- b) As dúvidas sobre o enquadramento dos agentes
rência exigida, será devida ao segurado emprega- de que trata a alternativa “a”, para efeito do dispos-
do, trabalhador avulso e contribuinte individual, este to na Subseção do Decreto nº 3.048/99, que trata
somente quando cooperado filiado a cooperativa serão resolvidas pelo Ministério do Trabalho e
de trabalho ou de produção, que tenha trabalhado Emprego e pelo Ministério da Previdência Social.
durante ____________ anos, conforme o caso, c) A comprovação da efetiva exposição do segurado
sujeito a condições especiais que prejudiquem a aos agentes nocivos será feita mediante formulá-
saúde ou a integridade física. rio emitido pela empresa ou seu preposto, com
a) 15, 25 e 35; base em laudo técnico de condições ambientais
b) 20, 25 ou 30; do trabalho expedido por médico do trabalho ou
c) 15, 30 ou 35; engenheiro de segurança do trabalho.
d) 15, 20 ou 25; d) No Laudo Técnico de Condições Ambientais do
e) 10, 15 ou 20. Trabalho (LTCAT) deverão constar informações
sobre a existência de tecnologia de proteção co-
203. Sobre aposentadoria especial, leia, analise e mar- letiva individual, e de sua eficácia e deverá ser
que a alternativa incorreta: elaborado com observância das normas edita-
a) A concessão da aposentadoria especial depende- das pelo INSS e dos procedimentos estabeleci-
rá de comprovação pelo segurado, perante o MTE, dos pelo MTE.
do tempo de trabalho permanente, não ocasional e) A empresa deverá elaborar e manter atualizado
nem intermitente, exercido em condições especi- perfil profissiográfico previdenciário, abrangendo
ais que prejudiquem a saúde ou a integridade físi- as atividades desenvolvidas pelo trabalhador e
ca, durante o período mínimo fixado no caput do art. fornecer a este, quando da rescisão do contrato
64 do Decreto nº 3.048/99, questão anterior (nº 202). de trabalho ou do desligamento do cooperado,
b) O segurado deverá comprovar a efetiva exposição cópia autêntica deste documento, sob pena da
aos agentes nocivos químicos, físicos, biológicos multa prevista no art. 283 do Decreto nº 3.048/99.
ou associação de agentes prejudiciais à saúde
ou à integridade física, pelo período equivalente 205. Considera-se _______________, para os efeitos
ao exigido para a concessão do benefício. do § 8º do Decreto nº 3.048/99, o documento com
c) Considera-se trabalho permanente, para efeito o histórico-laboral do trabalhador, segundo mo-
destas alternativas, aquele que é exercido de for- delo instituído pelo INSS, que, entre outras infor-
ma não ocasional nem intermitente, no qual a ex- mações, deve conter o resultado das avaliações
posição do empregado, do trabalhador avulso ou ambientais, o nome dos responsáveis pela moni-
do cooperado ao agente nocivo seja indissociável toração biológica e das avaliações ambientais, os
da produção do bem ou da prestação do serviço. resultados de monitoração biológica e os dados
d) Aplica-se o disposto na alternativa “c” aos períodos administrativos correspondentes.
de descanso determinados pela legislação traba- a) modelo profissiográfico;
lhista, inclusive férias, aos de afastamento decor- b) perfil ambiental;
rentes de gozo de benefícios de auxílio-doença ou c) modelo ambiental;
aposentadoria por invalidez acidentários, bem como d) perfil do trabalhador;
aos de percepção de salário-maternidade, desde e) perfil profissiográfico.
que, à data do afastamento, o segurado estivesse
exercendo atividade considerada especial. 206. A conversão de tempo de atividade sob condições
e) Para o segurado que houver exercido sucessiva- especiais em tempo de atividade comum dar-se-á
mente duas ou mais atividades sujeitas a condi- de acordo com a seguinte tabela:
ções especiais prejudiciais à saúde ou à integri-
dade física, sem completar em qualquer delas o
prazo mínimo exigido para a aposentadoria espe-
cial, os respectivos períodos serão somados após
conversão, conforme tabela abaixo, disposta no
Decreto nº 3.048/99.

204. Sobre aposentadoria especial, leia, analise e mar-


que a alternativa incorreta:
a) A relação dos agentes nocivos químicos, físicos, a) 20/25/30;
biológicos ou associação de agentes prejudiciais b) 25/30/35;
c) 10/15/20;
à saúde ou à integridade física, considerados para
d) 35/30/25;
fins de concessão de aposentadoria especial, cons-
e) 15/20/25.
ta do Anexo IV do Decreto nº 3.048/99.

38 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

207. O auxílio-doença será devido ao segurado que, b) Ministério da Assistência Social;


após cumprida, quando for o caso, a carência exi- c) a perícia médica;
gida, ficar incapacitado para o seu trabalho ou para d) os empregadores;
a sua atividade habitual por mais de ____ dias e) o médico que prestar socorro ao segurado.
consecutivos.
a) 10; 212. Quando o segurado que exercer mais de uma ati-
b) 30; vidade se incapacitar definitivamente para uma
c) 08; delas, deverá o auxílio-doença _________, não
d) 03; cabendo sua transformação em aposentadoria por
e) 15. invalidez, enquanto essa incapacidade não se es-
tender às demais atividades.
208. Não será devido _______ ao segurado que se fili- a) ser mantido indefinidamente;
ar ao Regime Geral de Previdência Social já porta- b) ser suspenso;
dor de doença ou lesão invocada como causa para c) ser extinto;
a concessão do benefício, salvo quando a incapa- d) ser anulado;
cidade sobrevier por motivo de progressão ou agra- e) ser indeferido.
vamento dessa doença ou lesão.
a) auxílio-acidente; 213. Durante os primeiros ____ dias consecutivos de
b) salário-família; afastamento da atividade por motivo de doença,
c) salário-doença; incumbe à empresa pagar ao segurado emprega-
d) auxílio-doença; do o seu salário.
e) abono doença. a) 18;
b) 30;
209. O auxílio-doença consiste numa renda mensal e c) 13;
será devido: d) 15;
I. a contar do trigésimo primeiro dia do afastamento e) 20.
da atividade para o segurado empregado, exceto
o doméstico; 214. Cabe à empresa que dispuser de serviço médico
II. a contar da data do início da incapacidade, para os próprio ou em convênio o exame médico e o abo-
demais segurados; no das faltas correspondentes aos primeiros ____
III. a contar da data de entrada do requerimento, quan- dias de afastamento.
do requerido após o trigésimo dia do afastamento a) 18;
da atividade, para todos os segurados. b) 15;
a) os itens I e II são os únicos corretos; c) 13;
b) os itens I e III são os únicos corretos; d) 25;
c) os itens II e III são os únicos corretos; e) 20.
d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos. 215. Quando a incapacidade ultrapassar ____ dias
consecutivos, o segurado será encaminhado à
210. Quando o acidentado não se afastar do trabalho perícia médica do Instituto Nacional do Seguro
no dia do acidente, os _____ dias de responsabi- Social.
lidade da empresa pela sua remuneração integral a) 08;
são contados a partir da data do afastamento. b) 30;
a) 30; c) 03;
b) 10; d) 15;
c) 08; e) 10.
d) 05;
e) 03. 216. Se concedido novo benefício decorrente da mes-
ma doença dentro de ______ dias contados da
211. O auxílio-doença do segurado que exercer mais cessação do benefício anterior, a empresa fica
de uma atividade abrangida pela previdência soci- desobrigada do pagamento relativo aos _____ pri-
al será devido mesmo no caso de incapacidade meiros dias de afastamento, prorrogando-se o
apenas para o exercício de uma delas, devendo benefício anterior e descontando-se os dias tra-
_______ ser conhecedor (a) de todas as ativida- balhados, se for o caso.
des que o mesmo estiver exercendo. a) 90 / 18;
a) MTE; b) 60 / 30;

Degrau Cultural 39
500 Testes - Legislação Previdenciária

c) 80 / 13; II. pela transformação em aposentadoria por invali-


d) 50 / 25; dez;
e) 60 / 15. III. pela transformação auxílio-acidente de qualquer
natureza.
217. Se o segurado empregado, por motivo de doença, a) os itens I e II são os únicos corretos;
afastar-se do trabalho durante quinze dias, retor- b) os itens I e III são os únicos corretos;
nando à atividade no trigésimo primeiro dia, e se c) os itens II e III são os únicos corretos;
dela voltar a se afastar dentro de _____ dias des- d) todos os itens estão corretos;
se retorno, em decorrência da mesma doença, fará e) todos os itens estão incorretos.
jus ao auxílio doença a partir da data do novo afas-
tamento. 222. O segurado em gozo de auxílio-doença, insuscetí-
a) 60; vel de recuperação para sua atividade habitual,
b) 90; deverá submeter-se a processo de __________
c) 120; para exercício de outra atividade, não cessando o
d) 150; benefício até que seja dado como habilitado para
e) 100. o desempenho de nova atividade que lhe garanta
a subsistência ou, quando considerado não recu-
218. A ________________ deve processar de ofício o perável, seja aposentado por invalidez.
benefício, quando tiver ciência da incapacidade do a) readaptação;
segurado sem que este tenha requerido auxílio- b) reversão funcional;
doença. c) reabilitação profissional;
a) assistência social; d) reintegração funcional;
b) saúde; e) recondução profissional.
c) seguridade social;
d) previdência social; 223. O segurado empregado em gozo de auxílio-doen-
e) ação social. ça é considerado pela empresa como:
a) inabilitado;
219. É facultado à empresa protocolar requerimento de b) deficiente;
auxílio-doença ou documento dele originário de c) inapto;
seu empregado ou de contribuinte individual a ela d) ineficiente;
vinculado ou a seu serviço, na forma estabelecida e) licenciado.
pelo:
a) MTE; 224. O salário-família será devido, ______, aos segu-
b) MPS; rados que fazem jus de acordo com o Decreto nº
c) Ministério da Fazenda; 3.048/99.
d) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - a) bimestralmente;
MPOG;
b) mensalmente;
e) INSS.
c) trimestralmente;
d) semestralmente;
220. O segurado em gozo de auxílio-doença ________
e) bienalmente.
submeter-se a exame médico a cargo da previ-
dência social, processo de reabilitação profissio-
nal por ela prescrito e custeado e tratamento dis- 225. Sobre o pagamento do salário-família é correto
pensado gratuitamente, exceto o cirúrgico e a trans- afirmar:
fusão de sangue, que são facultativos. a) ao empregado, pela empresa, com o respectivo
a) está desobrigado a; salário, e ao trabalhador avulso, pelo sindicato ou
b) fica impedido; órgão gestor de mão-de-obra, mediante convênio;
c) fica dispensado de; b) ao empregado e trabalhador avulso aposentados
d) está obrigado, independentemente de sua idade por invalidez ou em gozo de auxílio-doença, pelo
e sob pena de suspensão do benefício, a; Instituto Nacional do Seguro Social, juntamente
e) está exonerado de. com o benefício;
c) ao trabalhador rural aposentado por idade aos
221. O auxílio-doença cessa _________, neste caso sessenta anos, se do sexo masculino, ou cinquenta
se resultar sequela que implique redução da e cinco anos, se do sexo feminino, pelo Instituto Na-
capacidade para o trabalho que habitualmente cional do Seguro Social, juntamente com a aposen-
exercia. tadoria;
I. pela recuperação da capacidade para o trabalho;

40 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

d) aos demais empregados e trabalhadores avulsos b) os itens I e III são os únicos corretos;
aposentados aos sessenta e cinco anos de ida- c) os itens II e III são os únicos corretos;
de, se do sexo masculino, ou sessenta anos, se d) todos os itens estão corretos;
do sexo feminino, pelo Instituto Nacional do Segu- e) todos os itens estão incorretos.
ro Social, juntamente com a aposentadoria;
e) todas as alternativas estão corretas. 229. A invalidez do filho ou equiparado maior de ______
anos de idade deve ser verificada em exame mé-
226. Leia, analise e julgue os itens a seguir: dico-pericial a cargo da previdência social.
I. O salário-família do trabalhador avulso independe a) 14;
do número de dias trabalhados no mês, devendo
b) 12;
o seu pagamento corresponder ao valor integral
c) 10;
da cota.
d) 11;
II. Quando o pai e a mãe são segurados emprega-
e) 8.
dos ou trabalhadores avulsos, apenas um terá di-
reito ao salário-família.
III. As cotas do salário-família, pagas pela empresa, 230. O salário-família correspondente ao mês de afas-
deverão ser deduzidas quando do recolhimento tamento do trabalho será pago integralmente pela
das contribuições sobre a folha de salário. empresa, pelo sindicato ou órgão gestor de mão-
a) os itens I e II são os únicos corretos; de-obra, conforme o caso, e o do mês da cessa-
b) os itens I e III são os únicos corretos; ção de benefício pelo:
c) os itens II e III são os únicos corretos; a) MTE;
d) todos os itens estão corretos; b) MPOG;
e) todos os itens estão incorretos. c) Ministério da Fazenda;
d) Ministério da Ação Social;
227. O pagamento do salário-família será devido a par- e) Instituto Nacional do Seguro Social.
tir da data da apresentação da certidão de nasci-
mento do filho ou da documentação relativa ao 231. Tendo havido _______________, o salário-famí-
equiparado, estando condicionado à apresenta- lia passará a ser pago diretamente àquele a
ção anual de atestado de vacinação obrigatória, cujo cargo ficar o sustento do menor, ou a outra
até ______ anos de idade, e de comprovação se-
pessoa, se houver determinação judicial nes-
mestral de frequência à escola do filho ou equipa-
se sentido.
rado, a partir dos sete anos de idade.
a) 6; a) divórcio, separação judicial ou de fato dos pais, ou
b) 4; em caso de abandono legalmente caracterizado
c) 3; ou perda do pátrio-poder;
d) 5; b) apenas divórcio dos pais;
e) 2. c) apenas separação dos pais;
d) apenas abandono legalmente caracterizado;
228. Quanto à concessão de “salário-família”, leia, ana- e) apenas perda do pátrio-poder.
lise e julgue os itens a seguir:
I. Se o segurado não apresentar o atestado de vaci- 232. O direito ao salário-família cessa, dentre outras
nação obrigatória e a comprovação de frequência
hipóteses, automaticamente:
escolar do filho ou equiparado, nas datas defini-
I. por morte do filho, a contar do mês seguinte ao do
das pelo Instituto Nacional do Seguro Social, o
benefício do salário-família será suspenso, até óbito;
que a documentação seja apresentada. II. quando o filho ou equiparado completar dezoito
II. Não é devido salário-família no período entre a anos de idade, salvo se inválido, a contar do mês
suspensão do benefício motivada pela falta de seguinte ao da data do aniversário;
comprovação da frequência escolar e o seu reati- III. pela recuperação da capacidade do filho ou equi-
vamento, salvo se provada a frequência escolar parado inválido, a contar do mês seguinte ao da
regular no período. cessação da incapacidade;
III. A comprovação de frequência escolar será feita IV. por morte do equiparado à filho, a contar dos seis
mediante apresentação de documento emitido pela meses seguintes ao do óbito.
escola, na forma de legislação própria, em nome
a) nenhum dos itens está correto;
do aluno, onde consta o registro de frequência re-
b) apenas 3 (três) itens estão corretos;
gular ou de atestado do estabelecimento de ensi-
c) apenas 2 (dois) itens estão corretos;
no, comprovando a regularidade da matrícula e fre-
quência escolar do aluno. d) apenas 1 (um) item está correto.
e) todos os itens estão corretos.
a) os itens I e II são os únicos corretos;

Degrau Cultural 41
500 Testes - Legislação Previdenciária

233. Para efeito de concessão e manutenção do salá- c) mais duas semanas;


rio-família, o segurado deve firmar termo de res- d) mais 15 dias;
ponsabilidade, no qual se comprometa a comuni- e) mais 60 dias.
car ______________ qualquer fato ou circunstân-
cia que determine a perda do direito ao benefício, 238. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
ficando sujeito, em caso do não cumprimento, às I. Em caso de parto antecipado ou não, a segurada
sanções penais e trabalhistas. tem direito aos cento e vinte dias previstos no De-
a) ao sindicato; creto nº. 3.048/99.
b) à empresa ou ao Instituto Nacional do Seguro So- II. Em caso de aborto não criminoso, comprovado
cial; mediante atestado médico, a segurada terá direi-
c) ao MTE; to ao salário-maternidade correspondente a duas
d) ao MPOG; semanas.
e) à Receita Federal do Brasil – RFB. III. Em caso de aborto criminoso, comprovado medi-
ante atestado médico, a segurada terá direito ao
234. O (a) _______ deve dar quitação à empresa, sin- salário-maternidade correspondente a duas se-
dicato ou órgão gestor de mão-de-obra de cada manas.
recebimento mensal do salário-família, na própria a) os itens I e II são os únicos corretos;
folha de pagamento ou por outra forma admitida, b) os itens I e III são os únicos corretos;
de modo que a quitação fique plena e claramente c) os itens II e III são os únicos corretos;
caracterizada. d) todos os itens estão corretos;
a) empregado; e) todos os itens estão incorretos.
b) INSS;
c) MPOG; 239. Ao segurado ou segurada da Previdência Social
d) RFB; que adotar ou obtiver guarda judicial para fins de
e) MPS. adoção de criança é devido salário-maternidade
pelo período de _____ dias.
235. As cotas do salário-família: para qualquer efeito, a) 90;
ao salário ou ao benefício: b) 120;
a) serão incorporadas para qualquer efeito, ao salá- c) 60;
rio ou ao benefício; d) 30;
b) não serão incorporadas para qualquer efeito, ao e) 180.
salário ou ao benefício;
c) serão computadas, em alguns casos, ao salário 240. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
ou ao benefício; I. O salário-maternidade é devido à segurada inde-
d) serão consideradas apenas para o cálculo das pendentemente de a mãe biológica ter recebido
férias do segurado; o mesmo benefício quando do nascimento da cri-
e) serão consideradas apenas para o cálculo da Gra- ança.
tificação Natalina do segurado. II. O salário-maternidade não é devido quando o ter-
mo de guarda não contiver a observação de que é
236. O salário-maternidade é devido à segurada da pre- para fins de adoção ou só contiver o nome do côn-
vidência social, durante ________ dias, com iní- juge ou companheiro.
cio vinte e oito dias antes e término noventa e um III. Para a concessão do salário-maternidade é in-
dias depois do parto, podendo ser prorrogado na dispensável que conste da nova certidão de nas-
forma prevista na questão nº 237. cimento da criança, ou do termo de guarda, o
a) 120; nome da segurada adotante ou guardiã, bem
b) 180; como, deste último, tratar-se de guarda para fins
c) 90; de adoção.
d) 100;
a) os itens I e II são os únicos corretos;
e) 60.
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
237. Em casos excepcionais, os períodos de repouso
d) todos os itens estão corretos;
anterior e posterior ao parto podem ser aumenta-
e) todos os itens estão incorretos.
dos de ________, mediante atestado médico es-
pecífico.
241. O salário-maternidade para a segurada emprega-
a) mais 30 dias;
da consiste numa renda mensal _________ sua
b) mais 90 dias;

42 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

remuneração integral e será pago pela empresa, 246. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
efetivando-se a compensação, observado o dis- I. No caso de empregos concomitantes, a segurada
posto no art. 248 da Constituição Federal31, quan- fará jus ao salário-maternidade relativo a cada
do do recolhimento das contribuições incidentes emprego.
sobre a folha de salários e demais rendimentos II. Nos meses de início e término do salário-materni-
pagos ou creditados, a qualquer título, à pessoa dade da segurada empregada, o salário-materni-
física que lhe preste serviço, devendo aplicar-se à dade será proporcional aos dias de afastamento
renda mensal do benefício o disposto no art. 198 do trabalho.
do Decreto nº 3.048/99. III. O salário-maternidade da segurada trabalhadora
a) no valor de 1/3 de; avulsa, pago diretamente pela previdência social,
b) igual à; consiste numa renda mensal igual à sua remune-
c) no valor de metade de;
ração integral equivalente a um mês de trabalho,
d) no valor de 1/4 de;
devendo aplicar-se à renda mensal do benefício o
e) no valor do dobro de.
disposto no art. 198 do Decreto nº 3.048/99.

242. O (a) _______ deve dar quitação à empresa dos a) os itens I e II são os únicos corretos;
recolhimentos mensais do salário-maternidade na b) os itens I e III são os únicos corretos;
própria folha de pagamento ou por outra forma c) os itens II e III são os únicos corretos;
admitida, de modo que a quitação fique plena e d) todos os itens estão corretos;
claramente caracterizada. e) todos os itens estão incorretos.
a) sindicato;
b) INSS; 247. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
c) empregada; I. O salário-maternidade pode ser acumulado com
d) banco receptor; benefício por incapacidade.
e) o cônjuge ou companheiro. II. Quando ocorrer incapacidade em concomitância
com o período de pagamento do salário-materni-
243. Compete ao (à) __________ instruir o requerimen- dade, o benefício por incapacidade, conforme o
to do salário-maternidade com os atestados mé- caso, deverá ser suspenso enquanto perdurar o
dicos necessários. referido pagamento, ou terá sua data de início adi-
a) interessada; ada para o primeiro dia seguinte ao término do
b) INSS; período de cento e vinte dias.
c) empregador; III. A segurada aposentada que retornar à atividade
d) sindicato; fará jus ao pagamento do salário-maternidade, de
e) MPS. acordo com o disposto no art. 93 do Decreto nº
3.048/99.
244. Quando o benefício do salário maternidade for re- a) os itens I e II são os únicos corretos;
querido após o parto, o documento comprobatório b) os itens I e III são os únicos corretos;
é a Certidão de Nascimento, podendo, no caso de c) os itens II e III são os únicos corretos;
dúvida, a segurada ser submetida à avaliação pe- d) todos os itens estão corretos;
ricial junto ao: e) todos os itens estão incorretos.
a) INSS;
b) médico da empresa; 248. O _________ será concedido, como indenização,
c) médico do MTE; ao segurado quando, após a consolidação das
d) MPOG; lesões decorrentes de acidente de qualquer natu-
e) RFB. reza, resultar sequela definitiva, conforme as situ-
ações dispostas no Decreto nº 3.048/99.
245. O início do afastamento do trabalho da segurada a) auxílio-acidente;
empregada gestante será determinado com base: b) auxílio-doença;
a) na avaliação de seu empregador; c) salário-doença;
b) em autorização do sindicato; d) salário-acidente;
c) em atestado médico ou certidão de nascimento e) abono acidente.
do filho.
d) em seu requerimento; 249. O auxílio-acidente será concedido, como indeni-
e) em seu estado mental. zação, ao segurado empregado, exceto o domés-
tico, ao trabalhador avulso e ao segurado especial

Degrau Cultural 43
500 Testes - Legislação Previdenciária

quando, após a consolidação das lesões decor- II. No caso de reabertura de auxílio-doença por aci-
rentes de acidente de qualquer natureza, resultar dente de qualquer natureza que tenha dado ori-
sequela definitiva, conforme as situações discri- gem a auxílio-acidente, este será suspenso até a
minadas no anexo III do Decreto nº. 3.048/99, que cessação do auxílio-doença reaberto, quando será
implique: reativado.
I. redução da capacidade para o trabalho que habi- III. Cabe a concessão de auxílio-acidente oriundo de
tualmente exerciam; acidente de qualquer natureza ocorrido durante o
período de manutenção da qualidade de segura-
II. redução da capacidade para o trabalho que habi-
do, desde que atendidas às condições inerentes
tualmente exerciam e exija maior esforço para o
à espécie.
desempenho da mesma atividade que exerciam à
a) os itens I e II são os únicos corretos;
época do acidente;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
III. impossibilidade de desempenho da atividade que
c) os itens II e III são os únicos corretos;
exerciam à época do acidente, porém permita o
d) todos os itens estão corretos;
desempenho de outra, após processo de reabili- e) todos os itens estão incorretos.
tação profissional, nos casos indicados pela perí-
cia médica do Instituto Nacional do Seguro Social. 252. A pensão por morte será devida ao conjunto dos
a) os itens I e II são os únicos corretos; dependentes do segurado que falecer, aposenta-
b) os itens I e III são os únicos corretos; do ou não, a contar da data:
c) os itens II e III são os únicos corretos; I. do óbito, quando requerido até sessenta dias de-
pois deste;
d) todos os itens estão corretos;
II. do requerimento, quando requerida após o prazo
e) todos os itens estão incorretos.
previsto no inciso I;
III. da decisão judicial, no caso de morte presumida.
250. Sobre auxílio-acidente, leia, analise e julgue os
a) os itens I e II são os únicos corretos;
itens a seguir:
b) os itens I e III são os únicos corretos;
I. O auxílio-acidente mensal corresponderá a seten- c) os itens II e III são os únicos corretos;
ta por cento do salário-de-benefício que deu ori- d) todos os itens estão corretos;
gem ao auxílio-doença do segurado, corrigido até e) todos os itens estão incorretos.
o mês anterior ao do início do auxílio-acidente e
será devido até a véspera de início de qualquer 253. Sobre pensão por morte, leia, analise e julgue os
aposentadoria ou até a data do óbito do segurado. itens a seguir:
II. O auxílio-acidente será devido a contar do dia se- I. A concessão da pensão por morte não será prote-
guinte ao da cessação do auxílio-doença, indepen- lada pela falta de habilitação de outro possível
dentemente de qualquer remuneração ou rendi- dependente, e qualquer habilitação posterior que
importe em exclusão ou inclusão de dependente
mento auferido pelo acidentado, vedada sua acu-
somente produzirá efeito a contar da data da habi-
mulação com qualquer aposentadoria.
litação.
III. O recebimento de salário ou concessão de outro
II. A pensão por morte somente será devida ao filho e
benefício, exceto de aposentadoria, não prejudi- ao irmão cuja invalidez tenha ocorrido antes da
cará a continuidade do recebimento do auxílio-aci- emancipação ou de completar a idade de dezoito
dente. anos, desde que reconhecida ou comprovada, pela
a) os itens I e II são os únicos corretos; perícia médica do INSS, a continuidade da invali-
b) os itens I e III são os únicos corretos; dez até a data do óbito do segurado.
c) os itens II e III são os únicos corretos; III. O pensionista inválido está obrigado, indepen-
dentemente de sua idade e sob pena de suspen-
d) todos os itens estão corretos;
são do benefício, a submeter-se a exame médico
e) todos os itens estão incorretos.
a cargo da previdência social, processo de reabi-
litação profissional por ela prescrito e custeado e
251. Sobre auxílio-acidente, leia, analise e julgue os tratamento dispensado gratuitamente, exceto o
itens a seguir: cirúrgico e a transfusão de sangue, que são fa-
I. A perda da audição, em qualquer grau, somente cultativos.
proporcionará a concessão do auxílio-acidente a) os itens I e II são os únicos corretos;
quando, além do reconhecimento do nexo entre o b) os itens I e III são os únicos corretos;
trabalho e o agravo, resultar, comprovadamente, c) os itens II e III são os únicos corretos;
na redução ou perda da capacidade para o traba- d) todos os itens estão corretos;
lho que o segurado habitualmente exercia. e) todos os itens estão incorretos.

44 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

254. A pensão por morte poderá ser concedida, em b) salário-família;


caráter provisório, por morte presumida: c) salário-maternidade;
I. mediante sentença declaratória de ausência, ex- d) auxílio-acidente;
pedida por autoridade judiciária, a contar da data e) auxílio-maternidade.
de sua emissão;
II. em caso de desaparecimento do segurado por 258. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
motivo de catástrofe, acidente ou desastre, a con- I. É devido auxílio-reclusão aos dependentes do se-
tar da data da ocorrência, mediante prova hábil; gurado quando não houver salário-de-contribuição
III. mediante declaração dos dependentes. na data do seu efetivo recolhimento à prisão, des-
a) os itens I e II são os únicos corretos; de que mantida a qualidade de segurado.
b) os itens I e III são os únicos corretos; II. O pedido de auxílio-reclusão deve ser instruído com
c) os itens II e III são os únicos corretos; certidão do efetivo recolhimento do segurado à
d) todos os itens estão corretos; prisão, firmada pela autoridade competente.
e) todos os itens estão incorretos. III. Aplicam-se ao auxílio-reclusão as normas referen-
tes à pensão por morte, sendo necessária, no
255. Sobre pensão por morte, leia, analise e julgue os caso de qualificação de dependentes após a re-
itens a seguir: clusão ou detenção do segurado, a preexistência
I. Verificado o reaparecimento do segurado, o paga- da dependência econômica.
mento da pensão cessa imediatamente, ficando a) os itens I e II são os únicos corretos;
os dependentes desobrigados da reposição dos b) os itens I e III são os únicos corretos;
valores recebidos, salvo má-fé. c) os itens II e III são os únicos corretos;
II. A pensão por morte, havendo mais de um pensio- d) todos os itens estão corretos;
nista, será rateada entre todos, em partes iguais. e) todos os itens estão incorretos.
III. Reverterá em favor dos demais dependentes a
parte daquele cujo direito à pensão cessar. 259. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
a) os itens I e II são os únicos corretos; I. O auxílio-reclusão será mantido enquanto o segu-
b) os itens I e III são os únicos corretos; rado permanecer detento ou recluso.
c) os itens II e III são os únicos corretos; II. O beneficiário deverá apresentar semestralmente
d) todos os itens estão corretos; atestado de que o segurado continua detido ou
e) todos os itens estão incorretos. recluso, firmado pela autoridade competente.
III. No caso de fuga, o benefício será suspenso e, se
256. O pagamento da cota individual da pensão por houver recaptura do segurado, será restabelecido
morte cessa: a contar da data em que esta ocorrer, desde que
I. pela morte do pensionista; esteja ainda mantida a qualidade de segurado.
II. para o pensionista menor de idade, ao completar a) os itens I e II são os únicos corretos;
vinte e um anos, salvo se for inválido, ou pela eman- b) os itens I e III são os únicos corretos;
cipação, ainda que inválido, exceto, neste caso, se c) os itens II e III são os únicos corretos;
a emancipação for decorrente de colação de grau d) todos os itens estão corretos;
científico em curso de ensino superior; e) todos os itens estão incorretos.
III. para o pensionista inválido, pela cessação da in-
validez, verificada em exame médico-pericial a car- 260. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
go da previdência social. I. Falecendo o segurado detido ou recluso, o auxílio-
IV. pela adoção, para o filho adotado que receba pen- reclusão que estiver sendo pago será automatica-
são por morte dos pais biológicos. mente convertido em pensão por morte.
a) nenhum dos itens está correto; II. Não havendo concessão de auxílio-reclusão, em
b) apenas 3 (três) itens estão corretos; razão de salário-de-contribuição superior a esti-
c) apenas 2 (dois) itens estão corretos; pulado, será devida pensão por morte aos depen-
d) apenas 1 (um) item está correto. dentes se o óbito do segurado tiver ocorrido den-
32
e) todos os itens estão corretos. tro do prazo previsto no inciso IV do art. 13 do
Decreto nº 3.048/99.
257. O auxílio-reclusão será devido, nas mesmas con- III. É vedada a concessão do auxílio-reclusão após a
dições do (a) ________, aos dependentes do se- soltura do segurado.
gurado recolhido à prisão que não receber remu-
neração da empresa nem estiver em gozo de auxí-
32
Art. 13. Mantém a qualidade de segurado, independente-
lio-doença, aposentadoria desde que o seu últi-
mente de contribuições:
mo salário-de-contribuição seja inferior ou igual (...)
ao valor determinado no Decreto nº 3.048/99. IV - até doze meses após o livramento, o segurado detido
a) pensão por morte; ou recluso;

Degrau Cultural 45
500 Testes - Legislação Previdenciária

a) os itens I e II são os únicos corretos; 266. Admite-se a aplicação da contagem recíproca de


b) os itens I e III são os únicos corretos; tempo de contribuição no âmbito dos:
c) os itens II e III são os únicos corretos; I. tratados internacionais de previdência social;
d) todos os itens estão corretos; II. convenções internacionais de previdência social;
e) todos os itens estão incorretos. III. acordos internacionais de previdência social.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
261. Será devido abono anual ao segurado e ao depen- b) os itens I e III são os únicos corretos;
dente que, durante o ano, recebeu: c) os itens II e III são os únicos corretos;
a) auxílio-doença; d) todos os itens estão corretos;
b) auxílio-acidente; e) todos os itens estão incorretos.
c) aposentadoria ou salário-maternidade;
d) pensão por morte ou auxílio-reclusão; 267. O segurado terá direito de computar, para fins de
e) todas as alternativas respondem a questão. concessão dos benefícios do Regime Geral de
Previdência Social, o tempo de contribuição:
262. O abono anual será calculado, no que couber, da a) na administração pública federal direta, autárqui-
mesma forma que o/a (os/as) _______ dos traba- ca e fundacional;
lhadores, tendo por base o valor da renda mensal b) apenas na administração pública federal direta;
do benefício do mês de dezembro de cada ano. c) apenas na administração pública federal indireta;
a) férias; d) apenas na administração pública autárquica;
b) horas-extras; e) apenas na administração pública fundacional.
c) gratificação natalina;
d) adicional noturno; 268. Poderá ser contado o tempo de contribuição
e) adicional de periculosidade. _____________, desde que estes assegurem
aos seus servidores, mediante legislação pró-
263. O valor do abono anual correspondente ao perío- pria, a contagem de tempo de contribuição em
do de duração do salário-maternidade será pago, atividade vinculada ao Regime Geral de Previdên-
em cada exercício: cia Social.
a) até o dia 30 de novembro; a) na administração pública direta, autárquica e fun-
b) até o dia 20 de dezembro; dacional dos Estados, do Distrito Federal e dos
c) até o último dia útil do ano; Municípios;
d) até o primeiro dia útil de dezembro; b) apenas na administração pública direta autár-
e) juntamente com a última parcela do benefício nele quica;
devida. c) apenas na administração pública direta funda-
cional;
264. De acordo com o Decreto nº 3.048/99, d) apenas na administração pública direta, autárqui-
_________ é o direito do segurado de ter reco- ca e fundacional dos Estados;
nhecido, em qualquer época, o tempo de exercí- e) apenas na administração pública direta, autárqui-
cio de atividade anteriormente abrangida pela ca e fundacional dos Municípios.
previdência social.
a) reconhecimento de filiação; 269. O tempo de contribuição de que trata o Capítulo IV
b) justificativa administrativa; DA CONTAGEM RECÍPROCA DE TEMPO DE CON-
c) reconhecimento de inscrição; TRIBUIÇÃO, será contado de acordo com a legis-
d) declaração de contribuição; lação pertinente, observadas as seguintes normas:
e) atestado de quitação. I. será admitida a contagem em dobro ou em outras
condições especiais;
265. De acordo com o Decreto nº 3.048/99, para fins II. é vedada a contagem de tempo de contribuição no
serviço público com o de contribuição na atividade
de concessão dos benefícios mencionados em
privada, quando concomitantes;
seu texto o tempo de serviço prestado pelo traba-
III. não será contado por um regime o Tempo de con-
lhador rural anteriormente à competência
tribuição utilizado para concessão de aposenta-
________ será reconhecido, desde que devida-
doria por outro regime;
mente comprovado.
a) novembro de 1995; a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) dezembro de 1991;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
c) janeiro de 1992;
d) todos os itens estão corretos;
d) novembro de 1991;
e) todos os itens estão incorretos.
e) junho de 1999.

46 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

270. A certidão de Tempo de contribuição, para fins de a) os itens I e II são os únicos corretos;
averbação do tempo em outros regimes de previ- b) os itens I e III são os únicos corretos;
dência, somente será expedida pelo (a)__________ c) os itens II e III são os únicos corretos;
após a comprovação da quitação de todos os valo- d) todos os itens estão corretos;
res devidos, inclusive de eventuais parcelamentos e) todos os itens estão incorretos.
de débito.
a) MTE; 274. O setor competente do (a) ____________ deverá
b) MPOG; promover o levantamento do tempo de filiação ao
c) INSS; Regime Geral de Previdência Social à vista dos
d) MPS; assentamentos internos ou das anotações na
e) RFB. Carteira do Trabalho ou na Carteira de Trabalho e
Previdência Social, ou de outros meios de prova
271. O segurado em gozo de ____________ terá o be-
admitidos em direito.
nefício encerrado na data da emissão da certidão
a) MTE;
de tempo de contribuição.
b) MPOG;
a) auxílio-doença;
b) auxílio-acidente; c) INSS;
c) abono-anual; d) MPS;
d) salário-família; e) RFB.
e) salário-maternidade.
275. O setor competente do (a) _________ deverá pro-
272. O tempo de contribuição para ___________ ser mover o levantamento do tempo de contribuição
provado, dentre outras hipóteses, com certidão para o respectivo regime próprio de previdência
fornecida pela unidade gestora do regime próprio social à vista dos assentamentos funcionais.
de previdência social ou pelo setor competente da a) MTE;
administração federal, estadual, do Distrito Fede- b) MPOG;
ral e municipal, suas autarquias e fundações, des- c) INSS;
de que devidamente homologada pela unidade d) MPS;
gestora do regime próprio, relativamente ao tem- e) órgão federal, estadual, do Distrito Federal ou
po de contribuição para o respectivo regime pró- municipal.
prio de previdência social.
a) o regime próprio de previdência social (RPPS) ou 276. Quando solicitado pelo segurado que exerce car-
para Regime Geral de Previdência Social (RGPS) gos constitucionalmente acumuláveis, é permiti-
deve; da a emissão de certidão única com destinação
b) apenas o RPPS pode;
do tempo de contribuição para, no máximo, _____
c) apenas o RPPS deve;
órgãos distintos.
d) apenas o RGPS deve;
a) 2;
e) apenas o RGPS pode.
b) 3;
273. O tempo de contribuição para regime próprio de c) 4;
previdência social ou para Regime Geral de Previ- d) 5;
dência Social deve ser provado, dentre outras hi- e) 6.
pótese, com certidão fornecida pelo setor compe-
tente do Instituto Nacional do Seguro Social, relati- 277. Na situação da questão anterior (nº 276), a certi-
vamente ao tempo de contribuição para o Regime dão de tempo de contribuição deverá ser expedida
Geral de Previdência Social: em _____ vias.
I. a certidão deverá abranger o período integral de a) 2;
filiação à previdência social, não se admitindo o b) 3;
seu fornecimento para períodos fracionados; c) 4;
II. em hipótese alguma será expedida certidão de d) 5;
tempo de contribuição se o mesmo já tiver sido e) 6.
utilizado para efeito de concessão de qualquer
aposentadoria, em qualquer regime de previdên- 278. Concedido o benefício da contagem recíproca de
cia social; tempo de contribuição, caberá ao ________ co-
III. o tempo de contribuição para o Regime Geral de municar o fato ao órgão público emitente da certi-
Previdência Social relativo a período concomitante dão, para as anotações nos registros funcionais
com o de contribuição para regime próprio de pre- e/ou na segunda via da certidão de tempo de con-
vidência social, mesmo após a expedição da certi-
tribuição, e ao órgão público comunicar o fato ao
dão de tempo de contribuição, não será conside-
(à) ________, para efetuar os registros cabíveis.
rado para qualquer efeito perante o Regime Geral
a) MTE / RFB;
de Previdência Social.

Degrau Cultural 47
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) MPOG / MPS; ro ou substituição, instrumentos de auxílio para


c) INSS / INSS; locomoção, bem como equipamentos necessá-
d) MPS / MTE; rios à habilitação e à reabilitação profissional,
e) RFB / MPOG. transporte urbano e alimentação e, na medida
das possibilidades do Instituto, aos seus depen-
279. A assistência _________, instituída sob a deno- dentes.
minação genérica de habilitação e reabilitação II. No caso das pessoas portadoras de deficiên-
profissional, visa proporcionar aos beneficiários, cia, a concessão dos recursos materiais referi-
incapacitados parcial ou totalmente para o traba- dos no item anterior (nº I) ficará condicionada à
lho, em caráter obrigatório, independentemente celebração de convênio de cooperação técnico-
de carência, e às pessoas portadoras de defici- financeira.
ência, os meios indicados para proporcionar o III. O Instituto Nacional do Seguro Social não reem-
reingresso no mercado de trabalho e no contexto bolsará as despesas realizadas com a aquisição
em que vivem. de órtese ou prótese e outros recursos materiais
a) (re) educativa e de (re) adaptação profissional; não prescritos ou não autorizados por suas unida-
b) médica; des de reabilitação profissional.
c) psicológica; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) mental; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) social. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
280. Cabe ao (à) __________ promover a prestação de e) todos os itens estão incorretos.
que trata questão anterior (nº 279), aos segura-
dos, inclusive aposentados, e, de acordo com as 283. Leia e analise os itens a seguir:
possibilidades administrativas, técnicas, financei- I. A programação profissional será desenvolvida
ras e as condições locais do órgão, aos seus de-
mediante cursos e/ou treinamentos, na comu-
pendentes, preferencialmente mediante a contra-
nidade, por meio de contratos, acordos e con-
tação de serviços especializados.
vênios com instituições e empresas públicas
a) MTE; 33
ou privadas, na forma do art. 317 do Decreto
b) MPOG;
nº 3.048/99.
c) INSS;
II. O treinamento do reabilitando, quando realizado
d) MPS;
em empresa, estabelece vínculo empregatício ou
e) RFB.
funcional entre o reabilitando e a empresa, bem
como entre estes e o Instituto Nacional do Seguro
281. O processo de habilitação e de reabilitação profis-
Social.
sional do beneficiário será desenvolvido por meio
das funções básicas de: III. Compete ao reabilitando, além de acatar e cum-
I. avaliação do potencial laborativo; prir as normas estabelecidas nos contratos, acor-
II . orientação e acompanhamento da programação dos ou convênios, pautar-se no regulamento da-
profissional; quelas organizações.
III. articulação com a comunidade, inclusive median- a) os itens I e II são os únicos corretos;
te a celebração de convênio para reabilitação físi- b) os itens I e III são os únicos corretos;
ca restrita a segurados que cumpriram os pressu- c) os itens II e III são os únicos corretos;
postos de elegibilidade ao programa de reabilita- d) todos os itens estão corretos;
ção profissional, com vistas ao reingresso no e) todos os itens estão incorretos.
mercado de trabalho e acompanhamento e pes-
quisa da fixação no mercado de trabalho.
a) os itens I e II são os únicos corretos; 33
Art. 317. Nos casos de impossibilidade de instalação de
b) os itens I e III são os únicos corretos; órgão ou setor próprio competente do Instituto Nacional do
c) os itens II e III são os únicos corretos; Seguro Social, assim como de efetiva incapacidade física
d) todos os itens estão corretos; ou técnica de implementação das atividades e atendimento
e) todos os itens estão incorretos. adequado à clientela da previdência social, as unidades
executivas de reabilitação profissional poderão solicitar a
celebração de convênios, contratos ou acordos com enti-
282. Leia e analise os itens a seguir:
dades públicas ou privadas de comprovada idoneidade
I. Quando dispensáveis ao desenvolvimento do pro- financeira e técnica, ou seu credenciamento, para prestação
cesso de reabilitação profissional, o MTE fornece- de serviço, por delegação ou simples cooperação técnica,
rá aos segurados, excetuando-se os aposentados, sob coordenação e supervisão dos órgãos competentes
em caráter facultativo, prótese e órtese, seu repa- do Instituto Nacional do Seguro Social.

48 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

284. Concluído o processo de reabilitação profissio- a) os itens I e II são os únicos corretos;


nal, o (a) ___________ emitirá certificado indivi- b) os itens I e III são os únicos corretos;
dual indicando a função para a qual o reabilitan- c) os itens II e III são os únicos corretos;
do foi capacitado profissionalmente, sem prejuí- d) todos os itens estão corretos;
zo do exercício de outra para a qual se julgue ca- e) todos os itens estão incorretos.
pacitado.
a) MTE; 288. Para o processamento de justificação administrati-
b) MPOG; va, o interessado deverá apresentar requerimento
c) INSS; expondo, clara e minuciosamente, os pontos que
d) MPS; pretende justificar, indicando testemunhas idône-
e) RFB. as, em número não inferior a _____ nem superior a
_____, cujos depoimentos possam levar à convic-
285. A empresa com ______ empregados está obriga- ção da veracidade do que se pretende comprovar.
da a preencher de dois por cento a cinco por cento a) 2 / 8;
de seus cargos com beneficiários reabilitados ou b) 5 / 9;
pessoas portadoras de deficiência, habilitadas, na c) 3 / 6;
proporção determinada pelo Decreto nº 3.048/99. d) 4 / 8;
a) cem ou mais; e) 5 / 9.
b) oitenta ou mais;
c) cem ou menos; 289. No processo de justificação administrativa não
d) cinquenta ou menos; podem ser testemunhas:
e) sessenta ou menos. I. os loucos de todo o gênero;
II. os cegos e surdos, quando a ciência do fato, que
286. O (a) ________ constitui recurso utilizado para se quer provar, dependa dos sentidos, que lhes
suprir a falta ou insuficiência de documento ou pro- faltam;
duzir prova de fato ou circunstância de interesse III. os menores de dezesseis anos;
dos beneficiários, perante a previdência social. IV. o ascendente, descendente ou colateral, até o ter-
ceiro grau, por consanguinidade ou afinidade.
a) processo administrativo;
b) procedimento investigativo; a) os itens I e II são os únicos corretos;
c) justificação administrativa; b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) contagem recíproca;
d) todos os itens estão corretos;
e) certidão recursal.
e) todos os itens estão incorretos.

287. Leia e analise os itens a seguir: 290. Leia, analise e marque a alternativa incorreta:
I. Será admitida a justificação administrativa quan- a) Caberá recurso da decisão da autoridade competen-
do o fato a comprovar exigir registro público de ca- te do Instituto Nacional do Seguro Social que conside-
samento, de idade ou de óbito, ou de qualquer ato rar eficaz ou ineficaz a justificação administrativa.
jurídico para o qual a lei prescreva forma especial. b) A justificação administrativa será avaliada global-
II. O processo de justificação administrativa é parte mente quanto à forma e ao mérito, valendo perante
de processo antecedente, vedada sua tramitação o Instituto Nacional do Seguro Social para os fins
na condição de processo autônomo. especificamente visados, caso considerada eficaz.
c) A justificação administrativa será processada sem
III. A justificação administrativa ou judicial, no caso de
34 ônus para o interessado e nos termos das instru-
prova exigida pelo art. 62 do Decreto nº 3.048/99,
ções do Instituto Nacional do Seguro Social.
dependência econômica, identidade e de relação d) Aos autores de declarações falsas, prestadas em
de parentesco, somente produzirá efeito quando justificações processadas perante a previdência
baseada em início de prova material, não sendo social, serão aplicadas as penas previstas no art.
35
admitida prova exclusivamente testemunhal. 299 do Código Penal.

35
Art. 299 - Omitir, em documento público ou particular,
34
Art. 62. A prova de tempo de serviço, considerado tempo declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer
de contribuição na forma do art. 60, observado o disposto inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita,
no art. 19 e, no que couber, as peculiaridades do segurado com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a
de que tratam as alíneas “j” e “l” do inciso V do caput do art. verdade sobre fato juridicamente relevante:
9º e do art. 11, é feita mediante documentos que comprovem Pena - reclusão, de um a cinco anos, e multa, se o docu-
o exercício de atividade nos períodos a serem contados, mento é público, e reclusão de um a três anos, e multa, se
devendo esses documentos ser contemporâneos dos o documento é particular.
fatos a comprovar e mencionar as datas de início e término Parágrafo único - Se o agente é funcionário público, e
e, quando se tratar de trabalhador avulso, a duração do comete o crime prevalecendo-se do cargo, ou se a falsifi-
trabalho e a condição em que foi prestado. (Redação cação ou alteração é de assentamento de registro civil,
dada pelo Decreto nº 4.079, de 2002). aumenta-se a pena de sexta parte.

Degrau Cultural 49
500 Testes - Legislação Previdenciária

e) Somente será admitido o processamento de justi- 294. Leia e analise os itens a seguir:
ficação administrativa na hipótese de ficar eviden- I. O Instituto Nacional do Seguro Social apenas po-
ciada a inexistência de outro meio capaz de confi- derá negar-se a aceitar procuração quando se
gurar a verdade do fato alegado, e o início de prova manifestar indício de inidoneidade do documento
material apresentado levar à convicção do que se ou do mandatário, sem prejuízo, no entanto, das
pretende comprovar. providências que se fizerem necessárias.
II. Na constituição de procuradores, observar-se-á
291. O Instituto Nacional do Seguro Social pode des- subsidiariamente o disposto no Código Civil.
contar da renda mensal do benefício, dentre ou- III. Somente será aceita a constituição de procurador
tros, os seguintes descontos: com mais de uma procuração, ou procurações
I. contribuições devidas pelo segurado à previdên- coletivas, nos casos de representantes credenci-
cia social; ados de leprosários, sanatórios, asilos e outros
II. alimentos decorrentes de sentença judicial; estabelecimentos congêneres, nos casos de pa-
III. imposto de renda na fonte. rentes de primeiro grau, ou, em outros casos, a
a) os itens I e II são os únicos corretos; critério do Instituto Nacional do Seguro Social.
b) os itens I e III são os únicos corretos; a) os itens I e II são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos; b) os itens I e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos; c) os itens II e III são os únicos corretos;
e) todos os itens estão incorretos. d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.
292. O (a) _______ poderá arredondar, para a unidade
de real imediatamente superior, os valores em 295. O (a) ___________ constitui atividade auxiliar do
centavos dos benefícios de prestação continuada seguro social e visa prestar ao beneficiário orien-
pagos mensalmente a seus beneficiários. tação e apoio no que concerne à solução dos pro-
a) MTE; blemas pessoais e familiares e à melhoria da sua
b) MPOG; inter-relação com a previdência social, para a so-
c) INSS; lução de questões referentes a benefícios, bem
d) MPS; como, quando necessário, à obtenção de outros
e) RFB. recursos sociais da comunidade.
a) assistência social;
293. Leia e analise os itens a seguir: b) previdência social;
I. Será fornecido ao beneficiário demonstrativo mi- c) serviço social;
nucioso das importâncias pagas, discriminando- d) amparo social;
se o valor da mensalidade, as diferenças eventu- e) responsabilidade social.
almente pagas, com o período a que se referem, e
os descontos efetuados. 296. O benefício devido ao segurado ou dependente
II. O benefício será pago diretamente ao beneficiá- civilmente incapaz será pago ao cônjuge, pai, mãe,
rio, salvo em caso de ausência, moléstia conta- tutor ou curador, admitindo-se, na sua falta e por
giosa ou impossibilidade de locomoção, quan- período não superior a _______ meses, o paga-
do será pago a procurador, cujo mandato não mento a herdeiro necessário, mediante termo de
terá prazo superior a vinte e quatro meses, po- compromisso firmado no ato do recebimento.
dendo ser renovado ou revalidado pelos setores a) 6;
de benefícios do Instituto Nacional do Seguro b) 8;
Social. c) 12;
III. O procurador do beneficiário deverá firmar, peran- d) 24;
te o Instituto Nacional do Seguro Social, termo de e) 36.
responsabilidade mediante o qual se comprome-
ta a comunicar ao Instituto qualquer evento que 297. O segurado e o dependente, após ________
possa anular a procuração, principalmente o óbito anos de idade, poderão firmar recibo de benefí-
do outorgante, sob pena de incorrer nas sanções cio, independentemente da presença dos pais
criminais cabíveis. ou do tutor.
a) os itens I e II são os únicos corretos; a) 16;
b) os itens I e III são os únicos corretos; b) 15;
c) os itens II e III são os únicos corretos; c) 14;
d) todos os itens estão corretos; d) 13;
e) todos os itens estão incorretos. e) 12.

50 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

298. A impressão digital do beneficiário incapaz de assi- 304. O primeiro pagamento do benefício será efetuado
nar, aposta na presença _________, vale como as- até ___________ dias após a data da apresenta-
sinatura para quitação de pagamento de benefício. ção, pelo segurado, da documentação necessária
a) de seu acompanhante;
à sua concessão.
b) de uma testemunha;
c) de servidor da previdência social ou representan- a) 45;
te desta; b) 60;
d) de seu cônjuge; c) 80;
e) de seus dependentes. d) 90;
e) 120.
299. O valor não recebido em vida pelo segurado so-
mente será pago aos seus dependentes habilita-
dos à pensão por morte ou, na falta deles, aos 305. O pagamento de parcelas relativas a benefícios
seus sucessores na forma da_______, indepen- efetuado com atraso, independentemente de ocor-
dentemente de inventário ou arrolamento. rência de mora e de quem lhe deu causa, deve ser
a) lei civil; corrigido monetariamente desde o momento em
b) lei penal; que restou devido, pelo _______, apurado no perí-
c) lei empresarial;
odo compreendido entre o mês que deveria ter sido
d) Constituição Federal;
e) lei processual. pago e o mês do efetivo pagamento.
a) mesmo índice utilizado para os reajustamentos
300. De acordo com o texto do Decreto nº 3.048/99 os dos benefícios do RGPS;
benefícios poderão ser pagos mediante depósito b) IGP-I;
em conta corrente bancária: c) INCC;
a) dos filhos do segurado;
d) INPC da Fundação Getúlio Vargas;
b) do cônjuge do segurado;
c) do irmão do segurado; e) ICV.
d) sempre em nome dos pais do segurado;
e) em nome do beneficiário. 306. O pagamento mensal de benefícios de valor supe-
rior a ______ vezes o limite máximo de salário-
301. Os pagamentos dos benefícios de prestação con- de-contribuição deverá ser autorizado expressa-
tinuada:
mente pelo Gerente-Executivo do Instituto Nacio-
a) poderão ser antecipados;
b) deverão ser antecipados; nal do Seguro Social, observada a análise da Divi-
c) deverão ser pagos com cinco dias de antecedência; são ou Serviço de Benefícios.
d) deverão ser pagos com dez dias de antecipação a) 15;
de seu vencimento; b) 10;
e) não poderão ser antecipados. c) 20;
d) 18;
302. Quando o segurado ou dependente deslocar-se
por determinação do (a) _____________ para e) 12.
submeter-se a exame médico-pericial ou a pro-
cesso de reabilitação profissional em localidade 307. O (a) ____________ manterão programa perma-
diversa da de sua residência, deverá a instituição nente de revisão da concessão e da manutenção
custear o seu transporte e pagar-lhe diária, ou pro- dos benefícios da previdência social, a fim de apu-
mover sua hospedagem mediante contratação de rar irregularidades e falhas existentes.
serviços de hotéis, pensões ou similares.
a) Ministério da Previdência Social e o Instituto Naci-
a) MTE;
b) MPOG; onal do Seguro Social;
c) INSS; b) RFB e o INSS;
d) MPS; c) MTE e o MPS;
e) RFB. d) Ministério da Fazenda e o MPOG;
e) MPOG e a RFB.
303. Fica o (a) __________ obrigado a emitir e a enviar
aos beneficiários aviso de concessão de benefí-
308. Fica garantido ao segurado com direito à aposen-
cio, além da memória de cálculo do valor dos be-
tadoria por idade a opção pela não aplicação do
nefícios concedidos.
a) MTE; fator previdenciário, devendo o (a) ____________,
b) MPOG; quando da concessão do benefício, proceder ao
c) INSS; cálculo da renda mensal inicial com e sem o fator
d) MPS; previdenciário.
e) RFB. a) MPOG;

Degrau Cultural 51
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) RFB; III. as dos trabalhadores, incidentes sobre seu salá-


c) MTE; rio-de-contribuição.
d) Ministério da Fazenda; a) os itens I e II são os únicos corretos;
e) INSS. b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
309. O segurado que recebe ___________ do Regime d) todos os itens estão corretos;
Geral de Previdência Social que permaneceu ou e) todos os itens estão incorretos.
retornou à atividade e que vinha contribuindo até
14 de abril de 1994, véspera da vigência da Lei nº 313. A contribuição do segurado empregado, inclusive
36
8.870, de 15 de abril de 1994 , receberá o pecúlio, o doméstico, e do trabalhador avulso é calculada
em pagamento único, quando do desligamento da mediante a aplicação da correspondente alíquota,
atividade que vinha exercendo. de forma não cumulativa, sobre o seu salário-de-
a) auxílio-doença e salário família; contribuição mensal, observado o disposto no art.
b) aposentadoria por idade, tempo de contribuição 214 do Decreto nº 3.048/99, de acordo com a se-
ou especial; guinte tabela:
c) aposentadoria especial e abono anual;
d) auxílio-acidente e salário-família;
e) abono anual e aposentadoria por invalidez.

310. A seguridade social é financiada por toda a socie-


dade, de forma direta e indireta, mediante recur-
a) 9,0 / 10,0 / 11,0;
sos provenientes:
b) 7,0 / 9,0 / 11,0;
a) exclusivamente das empresas;
c) 10,0 / 11,0 / 12,0;
b) exclusivamente dos empregados;
d) 8,0 / 9,0 / 11,0
c) exclusivamente da União;
e) 9,0 / 12,0 /13,0.
d) exclusivamente da população;
e) dos orçamentos da União, dos Estados, do Distri-
314. A partir da competência em que o segurado fizer a
to Federal, dos Municípios e de contribuições so-
opção pela exclusão do direito ao benefício de
ciais.
aposentadoria por tempo de contribuição, é de
_______ por cento, sobre o valor correspondente
311. No âmbito federal, o orçamento da seguridade
ao limite mínimo mensal do salário-de-contribui-
social é composto de receitas provenientes:
ção, a alíquota de contribuição:do segurado con-
I. da União;
tribuinte individual, que trabalhe por conta própria,
II. das contribuições sociais;
sem relação de trabalho com empresa ou
III. de outras fontes.
equiparado;do segurado facultativo; e do MEI de
a) os itens I e II são os únicos corretos; que trata a alínea “p” do inciso V do art. 9º do
37

b) os itens I e III são os únicos corretos; Decreto nº 3.048/99, cuja contribuição deverá ser
c) os itens II e III são os únicos corretos; recolhida na forma regulamentada pelo Comitê
d) todos os itens estão corretos; Gestor do Simples Nacional.
e) todos os itens estão incorretos. a) 11;
b) 10;
312. Constituem contribuições sociais, dentre outras: c) 9;
I. as das empresas, incidentes exclusivamente so- d) 8;
bre a remuneração, devida ou creditada aos segu- e) 12.
rados e demais pessoas físicas a seu serviço, com
vínculo empregatício;
II. as dos empregadores domésticos, incidentes so- 37
(...)
bre o salário-de-contribuição dos empregados V - como contribuinte individual:
domésticos a seu serviço; (...)
p) o Micro Empreendedor Individual - MEI de que tratam os
arts. 18-A e 18-C da Lei Complementar nº 123, de 14 de
dezembro de 2006, que opte pelo recolhimento dos impos-
tos e contribuições abrangidos pelo Simples Nacional em
valores fixos mensais; (Incluído pelo Decreto nº 6.722, de
36
Altera dispositivos das Leis nºs 8.212 e 8.213, de 24 de
2008).
julho de 1991, e dá outras providências.

52 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

315. Equipara-se ao ________ o consórcio simplifica- 317. No caso de banco comercial, banco de investimen-
do de produtores rurais, formado pela união de to, banco de desenvolvimento, caixa econômica,
produtores rurais pessoas físicas, que outorgar a sociedade de crédito, financiamento e investimen-
um deles poderes para contratar, gerir e demitir to, sociedade de crédito imobiliário, inclusive as-
trabalhadores rurais, na condição de empregados, sociação de poupança e empréstimo, sociedade
para prestação de serviços, exclusivamente, aos corretora, distribuidora de títulos e valores mobili-
seus integrantes, mediante documento registrado ários, inclusive bolsa de mercadorias e de valo-
em cartório de títulos e documentos. res, empresa de arrendamento mercantil, coope-
a) empregador rural pessoa jurídica; rativa de crédito, empresa de seguros privados e
b) empregador rural pessoa física; de capitalização, agente autônomo de seguros pri-
c) empregado rural pessoa física; vados e de crédito e entidade de previdência priva-
d) empregado; da, aberta e fechada, além das contribuições refe-
e) trabalhador rural. ridas nos incisos I e II do caput e nos arts. 202 e
204 do Decreto nº 3.048/99 , é devida a contribui-
316. A contribuição a cargo da empresa, destinada à ção adicional de _______ por cento sobre a base
seguridade social, é de, dentre outras: de cálculo definida nos itens I e II da questão ante-
I. vinte por cento sobre o total das remunerações rior (nº 316).
pagas, devidas ou creditadas, a qualquer título, no a) 2,5;
decorrer do mês, aos segurados empregado e tra- b) 3,5;
balhador avulso, além das contribuições previs- c) 2,0;
tas nos arts. 202 e 204 do Decreto nº 3.048/99; d) 3,0;
II. vinte por cento sobre o total das remunerações ou e) 4,0.
retribuições pagas ou creditadas no decorrer do
mês ao segurado contribuinte individual; 318. A remuneração paga ou creditada a condutor autô-
III. quinze por cento sobre o valor bruto da nota fiscal nomo de veículo rodoviário, ou ao auxiliar de con-
ou fatura de prestação de serviços, relativamente dutor autônomo de veículo rodoviário, em automó-
a serviços que lhes são prestados por coopera- vel cedido em regime de colaboração, nos termos
39
dos por intermédio de cooperativas de trabalho, da Lei nº 6.094, de 30 de agosto de 1974 , pelo
observado, no que couber, as disposições dos §§ frete, carreto ou transporte de passageiros, reali-
38
7º e 8º do art. 219 do Decreto nº 3.048/99; zado por conta própria, corresponde a _____ por
a) os itens I e II são os únicos corretos; cento do rendimento bruto.
b) os itens I e III são os únicos corretos; a) 30;
c) os itens II e III são os únicos corretos; b) 20;
d) todos os itens estão corretos; c) 40;
e) todos os itens estão incorretos. d) 35;
e) 50.

319. A contribuição da empresa, relativamente aos ser-


viços que lhe são prestados por cooperados por
38
Art. 219. A empresa contratante de serviços executados intermédio de cooperativas de trabalho na ativida-
mediante cessão ou empreitada de mão-de-obra, inclusive de de transporte rodoviário de carga ou passagei-
em regime de trabalho temporário, deverá reter onze por ro, é de _______ por cento sobre a parcela corres-
cento do valor bruto da nota fiscal, fatura ou recibo de pres-
tação de serviços e recolher a importância retida em nome pondente ao valor dos serviços prestados pelos
da empresa contratada, observado o disposto no § 5º do art. cooperados, que não será inferior a vinte por cento
216. (Redação dada pelo Decreto nº 4.729, de 2003). do valor da nota fiscal ou fatura.
(...) a) 30;
§ 7º Na contratação de serviços em que a contratada se
obriga a fornecer material ou dispor de equipamentos, fica b) 20;
facultada ao contratado a discriminação, na nota fiscal, c) 40;
fatura ou recibo, do valor correspondente ao material ou d) 15;
equipamentos, que será excluído da retenção, desde que e) 50.
contratualmente previsto e devidamente comprovado.
§ 8º Cabe ao Instituto Nacional do Seguro Social normatizar a
forma de apuração e o limite mínimo do valor do serviço conti-
do no total da nota fiscal, fatura ou recibo, quando, na hipóte- 39
Define, para fins de Previdência Social, a atividade de Auxiliar
se do parágrafo anterior, não houver previsão contratual dos de Condutor Autônomo de Veículo Rodoviário, e dá outras
valores correspondentes a material ou a equipamentos. providências.

Degrau Cultural 53
500 Testes - Legislação Previdenciária

320. A contribuição da empresa, destinada ao financia- 323. Será devida contribuição adicional de ________
mento da aposentadoria especial, nos termos dos pontos percentuais, a cargo da cooperativa de pro-
arts. 64 a 70 do Decreto nº 3.048/99, e dos benefí- dução, incidente sobre a remuneração paga, devida
cios concedidos em razão do grau de incidência ou creditada ao cooperado filiado, na hipótese de
de incapacidade laborativa decorrente dos riscos exercício de atividade que autorize a concessão de
ambientais do trabalho corresponde à aplicação aposentadoria especial após quinze, vinte ou vinte e
dos seguintes percentuais, incidentes sobre o to- cinco anos de contribuição, respectivamente.
tal da remuneração paga, devida ou creditada a a) 15, 12 ou 5;
qualquer título, no decorrer do mês, ao segurado b) 20, 15 ou 5;
empregado e trabalhador avulso: c) 12, 9 ou 6;
I. um por cento para a empresa em cuja atividade d) 15, 10 ou 3;
preponderante o risco de acidente do trabalho seja
e) 25, 20 ou 15.
considerado leve;
II. dois por cento para a empresa em cuja atividade
324. Será devida contribuição adicional de ________
preponderante o risco de acidente do trabalho seja
pontos percentuais, a cargo da empresa tomado-
considerado médio;
ra de serviços de cooperado filiado a cooperativa
III. três por cento para a empresa em cuja atividade
de trabalho, incidente sobre o valor bruto da nota
preponderante o risco de acidente do trabalho seja
considerado grave. fiscal ou fatura de prestação de serviços, confor-
me a atividade exercida pelo cooperado permita a
a) os itens I e II são os únicos corretos;
concessão de aposentadoria especial após quin-
b) os itens I e III são os únicos corretos;
ze, vinte ou vinte e cinco anos de contribuição, res-
c) os itens II e III são os únicos corretos;
pectivamente.
d) todos os itens estão corretos;
a) 15, 12 ou 5;
e) todos os itens estão incorretos.
b) 09, 07 ou 5;
c) 12, 9 ou 6;
321. As alíquotas constantes da questão anterior (nº
d) 15, 10 ou 3;
320), serão acrescidas de ________ pontos per-
e) 25, 20 ou 15.
centuais, respectivamente, se a atividade exer-
cida pelo segurado a serviço da empresa en-
325. A empresa informará _________, por meio da
sejar a concessão de aposentadoria especial
Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do
após quinze, vinte ou vinte e cinco anos de con-
Tempo de Serviço e Informações à Previdência
tribuição.
Social - GFIP, a alíquota correspondente ao seu
a) 15, 12 ou 5;
grau de risco, a respectiva atividade preponde-
b) 20, 15 ou 5;
rante e a atividade do estabelecimento, apuradas
c) 12, 9 ou 6;
de acordo com o disposto nos §§ 3º e 5 º do De-
d) 15, 10 ou 3;
creto nº 3.048/99.
e) 25, 20 ou 15.
a) mensalmente;
b) bimestralmente;
322. A atividade econômica preponderante da empresa
c) semestralmente;
e os respectivos riscos de acidentes do trabalho
d) anualmente;
compõem a Relação de Atividades Preponderan-
e) trimestralmente.
tes e correspondentes Graus de Risco, prevista
no Anexo V do Decreto nº 3.048/99.
326. O (a) ______ consiste num multiplicador variável
É de responsabilidade da empresa realizar o num intervalo contínuo de cinco décimos (0,5000)
enquadramento na atividade preponderante, ca- a dois inteiros (2,0000), aplicado com quatro ca-
bendo ao (à) _______________ revê-lo a qual- sas decimais, considerado o critério de arredon-
quer tempo. damento na quarta casa decimal, a ser aplicado à
a) INSS; respectiva alíquota.
b) Diretoria do Departamento de Fiscalização da Re- a) Fator Acidentário de Prevenção – FAP;
ceita Previdenciária; b) GFIP;
c) Secretaria da Receita Previdenciária do Ministério c) Classificação Nacional de Atividades Econômicas
da Previdência Social; – CNAE;
d) Delegacia da Receita Previdenciária; d) Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP;
e) Coordenadoria-Geral em Auditoria Especial.
e) Fator Previdenciário.

54 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

327. Os índices de frequência, gravidade e custo, rela- 332. Quanto à contestação do FAP, da decisão profe-
cionados ao FAP serão calculados segundo meto- rida pelo Departamento de Políticas de Saúde e
dologia aprovada pelo(a): Segurança Ocupacional, caberá recurso, no pra-
a) IBGE; zo de _______ dias da intimação da decisão,
b) INSS; para a Secretaria de Políticas de Previdência
c) RFB; Social, que examinará a matéria em caráter ter-
d) MTE; minativo.
e) Conselho Nacional de Previdência Social. a) 30;
b) 20;
328. O Ministério da Previdência Social publicará c) 40;
_____________, sempre no mesmo mês, no Diá- d) 15;
rio Oficial da União, os róis dos percentis de frequ- e) 50.
ência, gravidade e custo por Subclasse da Classi-
ficação Nacional de Atividades Econômicas - CNAE 333. A fim de estimular investimentos destinados a di-
e divulgará na rede mundial de computadores o minuir os riscos ambientais no trabalho, o _______
FAP de cada empresa, com as respectivas ordens poderá alterar o enquadramento de empresa que
de frequência, gravidade, custo e demais elemen- demonstre a melhoria das condições do trabalho,
tos que possibilitem a esta verificar o respectivo com redução dos agravos à saúde do trabalhador,
desempenho dentro da sua CNAE-Subclasse. obtida através de investimentos em prevenção e
a) mensalmente;
em sistemas gerenciais de risco.
b) bimestralmente;
a) MPS;
c) semestralmente;
b) MTE;
d) anualmente;
c) INSS;
e) trimestralmente.
d) RFB;
329. O FAP produzirá efeitos tributários a partir do pri- e) Secretaria da Receita Previdenciária do Ministério
meiro dia do ______ mês subsequente ao de sua da Previdência Social.
divulgação.
a) quarto; 334. As contribuições a cargo da empresa, provenien-
b) segundo; tes do faturamento e do lucro, destinadas à segu-
c) primeiro; ridade social, são arrecadadas, normatizadas, fis-
d) terceiro; calizadas e cobradas pela:
e) sexto. a) INSS;
b) MPS;
330. Para o cálculo anual do FAP, serão utilizados os c) MTE;
dados de janeiro a dezembro de cada ano, até com- d) MPOG;
pletar o período de _____ anos, a partir do qual os e) Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB.
dados do ano inicial serão substituídos pelos no-
vos dados anuais incorporados. 335. A contribuição empresarial da associação des-
a) 2; portiva que mantém equipe de futebol profissio-
b) 4; nal, destinada à seguridade social, em substitui-
c) 3; ção às previstas no inciso I do caput do art. 201 e
d) 5;
no art. 202 do Decreto nº 3.048/99, corresponde a
e) 6.
_______ por cento da receita bruta decorrente dos
espetáculos desportivos de que participe em todo
331. O FAP atribuído às empresas pelo Ministério da
Previdência Social poderá ser contestado perante território nacional, em qualquer modalidade des-
o Departamento de Políticas de Saúde e Seguran- portiva, inclusive jogos internacionais, e de qual-
ça Ocupacional da Secretaria Políticas de Previ- quer forma de patrocínio, licenciamento de uso de
dência Social do Ministério da Previdência Social, marcas e símbolos, publicidade, propaganda e
no prazo de ___________ trinta dias da sua divul- transmissão de espetáculos desportivos.
gação oficial. a) 30;
a) 30; b) 20;
b) 20; c) 40;
c) 40; d) 15;
d) 15;
e) 5.
e) 50.

Degrau Cultural 55
500 Testes - Legislação Previdenciária

336. Cabe ao (à) __________ informar à entidade pro- II. a remuneração recebida pela prestação de servi-
motora do espetáculo desportivo todas as recei- ços de arrecadação, fiscalização e cobrança pres-
tas auferidas no evento, discriminando-as deta- tados a terceiros;
lhadamente. III. as receitas provenientes de prestação de outros
serviços e de fornecimento ou arrendamento de
a) associação desportiva que mantém equipe de fu- bens.
tebol profissional; a) o item I e II são os únicos corretos;
b) associação desportiva que mantém equipe de fu- b) o item I e III são os únicos corretos;
tebol amador ou profissional; c) o item II e III são os únicos corretos;
c) INSS; d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.
d) MTE;
e) RFB. 341. As companhias seguradoras que mantém seguro
obrigatório de danos pessoais causados por veí-
337. Constitui receita da seguridade social a renda lí- culos automotores de vias terrestres, de que trata
a Lei nº 6.194, de 19 de dezembro de 1974, deve-
quida dos concursos de prognósticos: rão repassar à seguridade social ______ por cen-
a) sem exceções; to do valor total do prêmio recolhido, destinados
b) excetuando-se os valores destinados ao Progra- ao Sistema Único de Saúde, para custeio da as-
ma Fome Zero; sistência médico-hospitalar dos segurados vitima-
dos em acidentes de trânsito.
c) excetuando-se os valores destinados ao Progra- a) 30; d) 15;
ma Minha Casa Minha Vida; b) 20; e) 50.
d) excetuando-se os valores destinados ao Progra- c) 40;
ma Bolsa Família;
e) excetuando-se os valores destinados ao Progra- 342. Quanto ao “salário-de-contribuição”, leia e analise
ma de Crédito Educativo. e marque a alternativa incorreta:
a) Quando a admissão, a dispensa, o afastamento ou
338. Consideram-se __________ todo e qualquer con- a falta do empregado, inclusive o doméstico, ocor-
curso de sorteio de números ou quaisquer outros rer no curso do mês, o salário-de-contribuição será
símbolos, loterias e apostas de qualquer natureza proporcional ao número de dias efetivamente tra-
no âmbito federal, estadual, do Distrito Federal ou balhados, observadas as normas estabelecidas
municipal, promovidos por órgãos do Poder Públi- pelo Instituto Nacional do Seguro Social.
co ou por sociedades comerciais ou civis. b) O salário-maternidade não é considerado salário-
a) concurso de prognósticos; de-contribuição.
b) concurso; c) A remuneração adicional de férias de que trata o
c) gincana; inciso XVII do art. 7º da Constituição Federal inte-
d) bingo; gra o salário-de-contribuição.
e) campeonato. d) O valor do limite máximo do salário-de-contribui-
ção será publicado mediante portaria do Ministé-
339. A contribuição de que trata questão anterior (nº rio da Previdência Social, sempre que ocorrer alte-
338), constitui-se de: ração do valor dos benefícios.
I. renda líquida dos concursos de prognósticos rea- e) A gratificação natalina - décimo terceiro salário -
lizados pelos órgãos do Poder Público destinada integra o salário-de-contribuição, exceto para o
à seguridade social de sua esfera de governo; cálculo do salário-de-benefício, sendo devida a
II. cinco por cento sobre o movimento global de apos- contribuição quando do pagamento ou crédito da
tas em prado de corridas; última parcela ou na rescisão do contrato de tra-
III. cinco por cento sobre o movimento global de sor- balho.
teio de números ou de quaisquer modalidades de
símbolos. 343. A cooperativa de trabalho é obrigada a descontar
a) os itens I e II são os únicos corretos; _____ por cento do valor da quota distribuída ao
b) os itens I e III são os únicos corretos; cooperado por serviços por ele prestados, por seu
c) os itens II e III são os únicos corretos; intermédio, a empresas e ______ por cento em
d) todos os itens estão corretos; relação aos serviços prestados a pessoas físicas
e) todos os itens estão incorretos. e recolher o produto dessa arrecadação no dia vin-
te do mês seguinte ao da competência a que se
340. Constituem, dentre outras receitas da seguridade referir, antecipando-se o vencimento para o dia útil
social: imediatamente anterior quando não houver expe-
I. as multas, a atualização monetária e os juros diente bancário no dia ______.
moratórios; a) 11/20/20;

56 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) 10/20/25; 347. A comprovação dos pagamentos de benefícios re-


c) 11/25/20; embolsados à empresa deve ser mantida à dis-
d) 12/20/20; posição da fiscalização durante ______ anos.
e) 11/20/30. a) 5;
b) 15;
344. Cabe ao ____________ normatizar a forma de
c) 10;
apuração e o limite mínimo do valor do serviço
d) 30;
contido no total da nota fiscal, fatura ou recibo, quan-
do, na hipótese de contratação de serviços em que e) 20.
a contratada se obriga a fornecer material, ou dis-
por de equipamentos, não houver previsão contra- 348. São desobrigadas de apresentação de escritura-
tual dos valores correspondentes a material ou a ção contábil:
equipamentos. I. o pequeno comerciante, nas condições estabele-
a) INSS; cidas pelo Decreto-lei nº 486, de 3 de março de
b) MPS; 1969, e seu Regulamento;
c) MTE; II. a pessoa jurídica tributada com base no lucro pre-
d) MPOG; sumido, de acordo com a legislação tributária fe-
e) Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB.
deral, desde que mantenha a escrituração do Li-
vro Caixa e Livro de Registro de Inventário;
345. ________ pelo pagamento das contribuições pre-
videnciárias e demais obrigações, inclusive aces- III. a pessoa jurídica que optar pela inscrição no
sórias, devidas à seguridade social, arrecadadas Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e
pelo Instituto Nacional do Seguro Social, relativa- Contribuições das Microempresas e Empresas
mente à requisição de mão-de-obra de trabalha- de Pequeno Porte, desde que mantenha escri-
dor avulso, vedada a invocação do benefício de turação do Livro Caixa e Livro de Registro de In-
ordem. ventário.
a) o operador portuário e o órgão gestor de mão-de-
a) os itens I e II são os únicos corretos;
obra são solidariamente responsáveis;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
b) o operador portuário e o órgão gestor de mão-de-
c) os itens II e III são os únicos corretos;
obra não são solidariamente responsáveis;
c) apenas o operador portuário é responsável; d) todos os itens estão corretos;
d) apenas órgão gestor de mão-de-obra é responsável; e) todos os itens estão incorretos.
e) o operador portuário e o órgão gestor de mão-de-
obra são subsidiariamente responsáveis. 349. O órgão gestor de mão-de-obra deverá, quando
exigido pela fiscalização do _________, exibir
346. A empresa é também obrigada, dentre outras obri- as listas de escalação diária dos trabalhadores
gações acessórias, a: portuários avulsos, por operador portuário e por
I. preparar folha de pagamento da remuneração navio.
paga, devida ou creditada a todos os segurados a a) INSS;
seu serviço, devendo manter, em cada estabeleci-
b) MPS;
mento, uma via da respectiva folha e recibos de
c) MTE;
pagamentos;
II. lançar mensalmente em títulos próprios de sua d) MPOG;
contabilidade, de forma discriminada, os fatos e) Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB.
geradores de todas as contribuições, o montante
das quantias descontadas, as contribuições da 350. O (s) (a) (s) _______, por intermédio do órgão
empresa e os totais recolhidos; competente, fornecerá ao Instituto Nacional do
III. prestar ao Instituto Nacional do Seguro Social e à Seguro Social, para fins de fiscalização, mensal-
Secretaria da Receita Federal todas as informa- mente, relação de todos os alvarás para constru-
ções cadastrais, financeiras e contábeis de inte- ção civil e documentos de “habite-se” concedi-
resse dos mesmos, na forma por eles estabeleci- dos, de acordo com critérios estabelecidos pelo
da, bem como os esclarecimentos necessários à
referido Instituto.
fiscalização.
a) União;
a) os itens I e II são os únicos corretos; b) Estados;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) Município
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) construtoras;
d) todos os itens estão corretos;
e) sindicato da construção civil.
e) todos os itens estão incorretos.

Degrau Cultural 57
500 Testes - Legislação Previdenciária

DISPOSITIVOS CONSTITUCIONAIS SOBRE d) todos os itens estão corretos;


LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA e) todos os itens estão incorretos.

351. O (a) ________ compreende um conjunto integra- 355. As receitas dos Estados, do Distrito Federal e dos
do de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e Municípios destinadas à seguridade social cons-
da sociedade, destinadas a assegurar os direitos tarão dos respectivos orçamentos:
relativos à saúde, à previdência e à assistência a) integrando o orçamento da União;
social. b) integrando o orçamento da Administração Pública
a) seguridade social; Federal;
b) responsabilidade social; c) federais;
c) providência social; d) nacionais;
d) prevenção de riscos ambientais;
e) não integrando o orçamento da União.
e) programa assistencial nacional.
356. De acordo com o texto constitucional, a proposta
352. O (a) ________ será financiado (a) por toda a so-
de orçamento da seguridade social será elabora-
ciedade, de forma direta e indireta, nos termos da
da de forma integrada pelos órgãos responsáveis
lei, mediante recursos provenientes dos orçamen-
tos da União, dos Estados, do Distrito Federal e pelo (a) _________, tendo em vista as metas e
dos Municípios, e das contribuições sociais men- prioridades estabelecidas na lei de diretrizes or-
cionadas na Constituição Federal/88. çamentárias, assegurada a cada área a gestão de
a) Programa Fome Zero; seus recursos.
b) Programa Bolsa-Escola; a) saúde, previdência social e assistência social;
c) Seguridade Social; b) INSS;
d) Programa Bolsa Família; c) RFB;
e) prevenção ambiental. d) MTE;
e) MPS,
353. A seguridade social será financiada por toda a
sociedade, de forma direta e indireta, nos termos 357. A pessoa jurídica em débito com o sistema da se-
da lei, mediante recursos provenientes dos orça- guridade social, como estabelecido em lei:
mentos da União, dos Estados, do Distrito Fede- a) não poderá contratar com o Poder Público
ral e dos Municípios, e das contribuições sociais: b) não poderá receber benefícios do Poder Público;
do empregador, da empresa e da entidade a ela c) não poderá receber incentivos fiscais do Poder
equiparada na forma da lei, incidentes sobre: Público;
I. a folha de salários e demais rendimentos do tra- d) não poderá receber incentivos creditícios do Po-
balho pagos ou creditados, a qualquer título, à der Público;
pessoa física que lhe preste serviço, mesmo sem
e) todas as alternativas respondem a questão.
vínculo empregatício;
II. a receita ou o faturamento;
358. O (a) ________ poderá instituir outras fontes des-
III. o lucro.
tinadas a garantir a manutenção ou expansão da
a) os itens I e II são os únicos corretos; seguridade social, obedecido o disposto no art.
b) os itens I e III são os únicos corretos; 154, I da CF/88.
c) os itens II e III são os únicos corretos;
a) decreto;
d) todos os itens estão corretos;
b) lei;
e) todos os itens estão incorretos.
c) resolução;
d) medida provisória com força de lei;
354. A seguridade social será financiada também pe-
e) emenda constitucional.
las seguintes contribuições sociais:
I. do trabalhador e dos demais segurados da previ-
dência social, não incidindo contribuição sobre
aposentadoria e pensão concedidas pelo regime 359. De acordo com o texto constitucional, nenhum be-
geral de previdência social de que trata o art. 201 nefício ou serviço da seguridade social poderá
da CF/88; ser____________ sem a correspondente fonte de
II. sobre a receita de concursos de prognósticos. custeio total.
III. do exportador de bens ou serviços do exterior, ou a) criado, majorado ou estendido;
de quem a lei a ele equiparar. b) extinto ou interrompido;
a) os itens I e II são os únicos corretos; c) anulado ou revogado;
b) os itens I e III são os únicos corretos; d) invalidado ou cassado;
c) os itens II e III são os únicos corretos; e) suspenso ou prescrito.

58 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

360. As contribuições sociais de que trata as questões d) decreto;


nºs 353 e 354, só poderão ser exigidas após de- e) portaria.
corridos ______ dias da data da publicação da lei
que as houver instituído ou modificado, não se lhes 365. É vedada a concessão de remissão ou anistia
aplicando o disposto no art. 150, III, “b” da CF/88. das contribuições sociais de que tratam os inci-
a) 90; sos I, a, e II do artigo 195 da CF/88 (questões nºs.
b) 60; 353 e 354), para débitos em montante superior
c) 30; ao fixado em:
d) 15; a) lei;
e) 45. b) resolução;
c) lei complementar;
361. São isentas de contribuição para a seguridade d) decreto;
social os (as) ________ que atendam às exigên- e) portaria.
cias estabelecidas em lei.
a) universidades; 366. De acordo com o texto constitucional, o (a)
b) entidades beneficentes de assistência social; ____________ é direito de todos e dever do Esta-
c) cultos de qualquer natureza;
do, garantido mediante políticas sociais e econô-
d) escolas técnicas;
micas que visem à redução do risco de doença e
e) empresas estatais.
de outros agravos e ao acesso universal e iguali-
tário às ações e serviços para sua promoção, pro-
362. O produtor, o parceiro, o meeiro e o arrendatário
teção e recuperação.
rurais e o pescador artesanal, bem como os res-
a) seguridade;
pectivos cônjuges, que exerçam suas atividades
b) previdência;
em regime de economia familiar, sem emprega-
c) saúde;
dos permanentes, contribuirão para a seguridade
d) assistência;
social mediante a aplicação de uma alíquota so-
e) bem-estar.
bre o resultado da comercialização da produção e
farão jus aos benefícios nos termos da lei. Tais
trabalhadores são denominados: 367. São de relevância pública as ações e serviços de
a) segurados facultativos; saúde, cabendo ao Poder Público dispor, nos ter-
b) contribuintes individuais; mos do (a) ________, sobre sua regulamenta-
c) segurados especiais; ção, fiscalização e controle, devendo sua execu-
d) trabalhadores avulsos; ção ser feita diretamente ou através de terceiros
e) empregados temporários. e, também, por pessoa física ou jurídica de direi-
to privado.
363. As contribuições sociais incidentes sobre a folha a) lei;
de salários e demais rendimentos do trabalho b) resolução;
pagos ou creditados, a qualquer título, à pessoa c) lei complementar;
física que lhe preste serviço, mesmo sem vínculo d) decreto;
empregatício, poderão ter alíquotas ou bases de e) portaria.
cálculo diferenciadas, em razão:
a) da atividade econômica; 368. As ações e serviços públicos de saúde integram
b) da utilização intensiva de mão-de-obra; uma rede regionalizada e hierarquizada e consti-
c) do porte da empresa; tuem um sistema único, organizado de acordo com
d) da condição estrutural do mercado de trabalho; as seguintes diretrizes:
e) todas as alternativas respondem a questão. I. descentralização, com direção única em cada es-
fera de governo;
364. O (a) _______ definirá os critérios de transferên- II. atendimento integral, com prioridade para as ativi-
cia de recursos para o sistema único de saúde e dades preventivas, sem prejuízo dos serviços as-
ações de assistência social da União para os Es- sistenciais;
tados, o Distrito Federal e os Municípios, e dos III. participação da comunidade.
Estados para os Municípios, observada a respec- a) os itens I e II são os únicos corretos;
tiva contrapartida de recursos. b) os itens I e III são os únicos corretos;
a) lei; c) os itens II e III são os únicos corretos;
b) resolução; d) todos os itens estão corretos;
c) decreto do legislativo; e) todos os itens estão incorretos.

Degrau Cultural 59
500 Testes - Legislação Previdenciária

369. __________, que será reavaliada pelo menos a 373. Ao sistema único de saúde compete, além de ou-
cada cinco anos, estabelecerá: os percentuais de tras atribuições, nos termos da lei:
que tratam os incisos II e III do § 2º do art. 198 da I. controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e
CF/88;os critérios de rateio dos recursos da União substâncias de interesse para a saúde e partici-
vinculados à saúde destinados aos Estados, ao par da produção de medicamentos, equipamen-
Distrito Federal e aos Municípios, e dos Estados tos, imunobiológicos, hemoderivados e outros in-
destinados a seus respectivos Municípios, objeti- sumos;
vando a progressiva redução das disparidades II . executar as ações de vigilância sanitária e epide-
regionais; as normas de fiscalização, avaliação e miológica, bem como as de saúde do trabalhador;
controle das despesas com saúde nas esferas III. ordenar a formação de recursos humanos na área
de gestão.
federal, estadual, distrital e municipal.
a) lei; a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) resolução; b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) lei complementar; c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) decreto; d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.
e) portaria.

374. A previdência social será organizada sob a forma


370. ___________ admitir agentes comunitários de
de regime geral, de caráter contributivo e de filia-
saúde e agentes de combate às endemias por
ção obrigatória, observados critérios que preser-
meio de processo seletivo público, de acordo com
vem o equilíbrio financeiro e atuarial, e atenderá,
a natureza e complexidade de suas atribuições e nos termos da lei, a:
requisitos específicos para sua atuação. I. cobertura dos eventos de doença, invalidez, morte
a) os gestores locais do sistemas único de saúde e idade avançada;
poderão; II. proteção à maternidade, especialmente à ges-
b) os gestores locais do sistemas único de saúde tante;
deverão; III. proteção ao trabalhador em situação de desem-
c) os gestores federais deverão; prego voluntário.
d) apenas os gestores estaduais deverão;
a) os itens I e II são os únicos corretos;
e) apenas os gestores municipais deverão.
b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
371. ____________ disporá sobre o regime jurídico, o
d) todos os itens estão corretos;
piso salarial profissional nacional, as diretrizes
para os Planos de Carreira e a regulamentação e) todos os itens estão incorretos.
das atividades de agente comunitário de saúde e
agente de combate às endemias, competindo à 375. Leia, analise e marque a alternativa incorreta:
União, nos termos da lei, prestar assistência fi- a) É vedada a adoção de requisitos e critérios dife-
nanceira complementar aos Estados, ao Distrito renciados para a concessão de aposentadoria
Federal e aos Municípios, para o cumprimento do aos beneficiários do regime geral de previdência
referido piso salarial. social, ressalvados os casos de atividades exerci-
a) lei federal; das sob condições especiais que prejudiquem a
b) resolução estadual; saúde ou a integridade física e quando se tratar de
c) lei complementar municipal; segurados portadores de deficiência, nos termos
d) decreto; definidos em lei complementar.
e) portaria.
b) Nenhum benefício que substitua o salário de con-
tribuição ou o rendimento do trabalho do segura-
372. Além das hipóteses previstas no § 1º do art. 41 e
do terá valor mensal inferior ao salário mínimo.
no § 4º do art. 169 da Constituição Federal, o ser-
vidor que exerça funções equivalentes às de agen- c) Todos os salários de contribuição considerados
te comunitário de saúde ou de agente de combate para o cálculo de benefício serão devidamente atu-
às endemias poderá perder o cargo em caso de alizados, na forma da lei.
descumprimento dos requisitos específicos, fixa- d) É assegurado o reajustamento dos benefícios
dos em ______, para o seu exercício. para preservar-lhes, em caráter permanente, o
a) lei; valor real, conforme critérios definidos em lei.
b) resolução; e) É permitido a filiação ao regime geral de previdên-
c) lei complementar; cia social, na qualidade de segurado facultativo,
d) decreto; de pessoa participante de regime próprio de previ-
e) portaria. dência.

60 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

376. É assegurada aposentadoria no regime geral de d) decreto;


previdência social, nos termos da lei, obedecidas e) portaria.
as seguintes condições: _________ anos de con-
tribuição, se homem, e ________ anos de contri- 381. Os (as) _________ do empregado, a qualquer
buição, se mulher ou _________ anos de idade, título, serão incorporados ao salário para efeito
se homem, e _________ de idade, se mulher, re- de contribuição previdenciária e consequente re-
duzido em ________ anos o limite para os traba- percussão em benefícios, nos casos e na forma
lhadores rurais de ambos os sexos e para os que da lei.
exerçam suas atividades em regime de economia a) ganhos eventuais e habituais;
familiar, nestes incluídos o produtor rural, o garim- b) prêmios esporádicos;
peiro e o pescador artesanal. c) ganhos habituais;
a) 35/ 30 /60 /55/ 5; d) gratificações eventuais;
b) 35/ 30 /65 /60/ 5; e) adicionais eventuais.
c) 30/ 25 /65 /60/ 5;
d) 35/ 30 /60 /60/ 5; 382. Lei disporá sobre sistema especial de inclusão
e) 35/ 30 /70 /60/ 10. previdenciária para atender a trabalhadores de
baixa renda e àqueles sem renda própria que se
377. A gratificação natalina dos aposentados e pensio- dediquem exclusivamente ao ____________, des-
nistas terá por base o valor dos proventos do mês de que pertencentes a famílias de baixa renda,
de __________ de cada ano. garantindo-lhes acesso a benefícios de valor igual
a) novembro; a um salário-mínimo.
b) dezembro; a) trabalho doméstico no âmbito ou fora de sua resi-
c) janeiro; dência;
d) março; b) trabalho doméstico no âmbito de sua residência;
e) julho. c) trabalho avulso no âmbito de sua residência;
d) trabalho eventual no âmbito de sua residência;
378. Os requisitos constantes na questão (nº 376), se- e) trabalho temporário no âmbito de sua residência.
rão reduzidos em ______ anos, para o professor
que comprove exclusivamente tempo de efetivo 383. O regime de previdência privada, de caráter com-
exercício das funções de magistério na educação plementar e organizado de forma autônoma em
infantil e no ensino fundamental e médio. relação ao regime geral de previdência social, será
a) 3; ______, baseado na constituição de reservas que
b) 4; garantam o benefício contratado, e regulado por
c) 5; lei complementar.
d) 6 a) complementar;
e) 10. b) facultativo;
c) obrigatório;
379. Para efeito de aposentadoria, é assegurada a con- d) compulsório;
tagem recíproca do tempo de contribuição na ad- e) especial.
ministração pública e na atividade privada, rural e
urbana, hipótese em que os diversos regimes de 384. Dispositivos legais disciplinarão a relação entre a
previdência social se compensarão financeiramen- União, Estados, Distrito Federal ou Municípios, in-
te, segundo critérios estabelecidos em: clusive suas autarquias, fundações, sociedades de
economia mista e empresas controladas direta ou
a) lei;
indiretamente, enquanto patrocinadoras de entida-
b) resolução;
des fechadas de previdência privada, e suas res-
c) lei complementar;
pectivas entidades fechadas de previdência privada.
d) decreto;
Tais dispositivos constarão em ___________ es-
e) portaria.
tabelecendo os requisitos para a designação dos
membros das diretorias das entidades fechadas
380. ________ disciplinará a cobertura do risco de aci- de previdência privada e disciplinará a inserção
dente do trabalho, a ser atendida concorrentemente dos participantes nos colegiados e instâncias de
pelo regime geral de previdência social e pelo se- decisão em que seus interesses sejam objeto de
tor privado. discussão e deliberação.
a) lei; a) lei;
b) resolução; b) resolução;
c) lei complementar; c) lei complementar;

Degrau Cultural 61
500 Testes - Legislação Previdenciária

d) decreto; b) resolução;
e) portaria. c) lei complementar;
d) decreto;
385. A lei complementar de que trata questão (nº 386), e) portaria.
aplicar-se-á, no que couber, __________, quando
patrocinadoras de entidades fechadas de previ- 390. De acordo com o texto constitucional, as ações
dência privada. governamentais na área da assistência social se-
a) apenas às empresas estatais; rão realizadas com recursos do orçamento da se-
b) apenas às empresas públicas; guridade social, previstos no art. 195 da CF/88,
c) apenas às sociedades de economia mista; além de outras fontes, e organizadas com base
d) apenas às autarquias; nas seguintes diretrizes:
e) às empresas privadas permissionárias ou con- I. descentralização político-administrativa, cabendo
cessionárias de prestação de serviços públicos. a coordenação e as normas gerais à esfera fede-
ral e a coordenação e a execução dos respectivos
386. Lei complementar disciplinará a relação entre a programas às esferas estadual e municipal, bem
União, Estados, Distrito Federal ou Municípios, in- como a entidades beneficentes e de assistência
clusive suas ________, enquanto patrocinadoras social;
de entidades fechadas de previdência privada, e II. participação da população, por meio de organiza-
suas respectivas entidades fechadas de previdên- ções representativas, na formulação das políticas
cia privada. e no controle das ações em todos os níveis.
a) autarquias; III. observância das disposições que regulam as re-
b) fundações; lações de trabalho.
c) sociedades de economia mista; a) os itens I e II são os únicos corretos;
d) empresas controladas direta ou indiretamente; b) os itens I e III são os únicos corretos;
e) todas as alternativas respondem à questão. c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
387. É vedado o aporte de recursos a entidade de pre- e) todos os itens estão incorretos.
vidência privada pela União, Estados, Distrito Fe-
deral e Municípios, suas autarquias, fundações, 391. É facultado aos Estados e ao Distrito Federal vin-
empresas públicas, sociedades de economia mis- cular a programa de apoio à inclusão e promoção
ta e outras entidades públicas, salvo na qualidade social até cinco décimos por cento de sua receita
de patrocinador, situação na qual, em hipótese al- tributária líquida, vedada a aplicação desses re-
guma, sua contribuição normal poderá: cursos no pagamento de:
a) ser inferior ao salário-mínimo; I. despesas com pessoal e encargos sociais;
b) exceder a do segurado; II. serviço da dívida;
c) ser inferior ao piso da categoria do segurado; III. qualquer outra despesa corrente não vinculada di-
d) ser inferior ao salário contratual do segurado; retamente aos investimentos ou ações apoiados.
e) ser inferior ao salário mínimo regional.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
b) os itens I e III são os únicos corretos;
388. As contribuições do empregador, os benefícios e
c) os itens II e III são os únicos corretos;
as condições contratuais previstas nos estatutos, d) todos os itens estão corretos;
regulamentos e planos de benefícios das entida- e) todos os itens estão incorretos.
des de previdência privada não integram o contrato
de trabalho dos participantes, assim como, à exce- LEI Nº 8.212 DE 24 DE JULHO DE 1991
ção dos benefícios concedidos, não integram a re-
muneração dos participantes, nos termos do (a): 392. São segurados obrigatórios da Previdência Soci-
a) lei; al, como empregado:
b) resolução; I. o servidor público ocupante de cargo em comis-
c) lei complementar; são, sem vínculo efetivo com a União, Autarquias,
d) decreto; inclusive em regime especial, e Fundações Públi-
e) portaria. cas Federais;
II. o empregado de organismo oficial internacional
389. O (a) ____________ de que trata questão nº 383 ou estrangeiro em funcionamento no Brasil, salvo
assegurará ao participante de planos de benefíci- quando coberto por regime próprio de previdência
os de entidades de previdência privada o pleno social;
acesso às informações relativas à gestão de seus III. o exercente de mandato eletivo federal, estadual
respectivos planos. ou municipal, desde que vinculado a regime pró-
a) lei; prio de previdência social.

62 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

a) os itens I e II são os únicos corretos; 396. De acordo com o texto da Lei nº 8.212/91, todo
b) os itens I e III são os únicos corretos; aquele que exercer, ______________ atividade(s)
c) os itens II e III são os únicos corretos; remunerada(s) sujeita(s) ao Regime Geral de Pre-
d) todos os itens estão corretos; vidência Social é obrigatoriamente filiado em rela-
e) todos os itens estão incorretos. ção a cada uma delas.
a) concomitantemente ou não, mais de uma;
393. É segurado obrigatório da Previdência Social, como b) concomitantemente, mais de uma;
contribuinte individual, a pessoa física, proprietá- c) não concomitantemente;
ria ou não, que explora atividade agropecuária, a d) concomitantemente, apenas, se exceder a mais
qualquer título, em caráter permanente ou tempo- de quatro;
rário, em área superior a _____ módulos fiscais, e) concomitantemente, apenas, se exceder a mais
ou, quando em área igual ou inferior a _____ mó- de cinco.
dulos fiscais ou atividade pesqueira, com auxílio
de empregados ou por intermédio de prepostos. 397. Para serem considerados segurados especiais,
a) 4 / 4; o cônjuge ou companheiro e os filhos maiores de
b) 5 / 5; _______ anos ou os a estes equiparados deverão
c) 10 / 6; ter participação ativa nas atividades rurais do gru-
d) 8 / 5; po familiar.
e) 6 / 4. a) 12;
b) 14;
394. É segurado obrigatório da Previdência Social, como c) 16;
segurado especial, a pessoa física residente no d) 10;
imóvel rural ou em aglomerado urbano ou rural e) 15.
próximo a ele que, individualmente ou em regime
de economia familiar, ainda que com o auxílio even- 398. O grupo familiar poderá utilizar-se de emprega-
tual de terceiros a título de mútua colaboração, na dos contratados por prazo determinado ou traba-
condição de produtor, seja proprietário, usufrutuá- lhador de que trata a alínea g do inciso V do caput
40
rio, possuidor, assentado, parceiro ou meeiro ou- do artigo 12 da Lei nº 8.212/91, em épocas de
torgados, comodatário ou arrendatário rurais, que safra, à razão de no máximo ________ pessoas/
explore atividade agropecuária em área de até dia no ano civil, em períodos corridos ou intercala-
_______ módulos fiscais. dos ou, ainda, por tempo equivalente em horas de
a) 5; trabalho.
b) 4; a) 120;
c) 8; b) 150;
d) 7; c) 180;
d) 100;
e) 6.
e) 90.
395. Não descaracteriza a condição de segurado espe-
399. ______, bem como o das respectivas autarqui-
cial, exceto:
as e fundações, são excluídos do Regime Geral
a) a outorga, por meio de contrato escrito de parce- de Previdência Social consubstanciado na Lei
ria, meação ou comodato, de até 50% (cinquenta nº 8.212/91, desde que amparados por regime
por cento) de imóvel rural cuja área total não seja próprio de previdência social.
superior a 4 (quatro) módulos fiscais, desde que a) o servidor civil ocupante de cargo efetivo ou o mili-
outorgante e outorgado continuem a exercer a res- tar da União, dos Estados, do Distrito Federal ou
pectiva atividade, individualmente ou em regime dos Municípios;
de economia familiar; b) apenas o servidor civil ocupante de cargo efetivo;
b) a exploração da atividade turística da propriedade c) apenas o militar da União;
rural, inclusive com hospedagem, por mais de 120 d) apenas o militar da União e dos Estados;
(cento e vinte) dias ao ano; e) apenas o servidor civil ocupante de cargo efetivo
c) a participação em plano de previdência comple- dos Município.
mentar instituído por entidade classista a que seja
associado, em razão da condição de trabalhador
rural ou de produtor rural em regime de economia
40
Art. 12. São segurados obrigatórios da Previdência Social
as seguintes pessoas físicas:
familiar;
(...)
d) ser beneficiário ou fazer parte de grupo familiar V - como contribuinte individual:
que MTE algum componente que seja beneficiário (...)
de programa assistencial oficial de governo; g) quem presta serviço de natureza urbana ou rural, em
e) a associação em cooperativa agropecuária. caráter eventual, a uma ou mais empresas, sem relação de
emprego; (Incluído pela Lei nº 9.876, de 1999).

Degrau Cultural 63
500 Testes - Legislação Previdenciária

400. Para os fins da Lei nº 8.212/91, considera-se em- b) 5 / 2;


presa - a firma individual ou sociedade que assu- c) 10 / 15;
me o risco de _________, bem como os órgãos e d) 20 / 30;
entidades da administração pública direta, indire- e) 15 / 60.
ta e fundacional.
a) apenas quanto à atividade econômica urbana, com 405. Os administradores de autarquias e fundações
ou sem fins lucrativos; públicas, criadas e mantidas pelo Poder Público,
b) atividade econômica urbana ou rural, com fins lu- de empresas públicas e de sociedades de econo-
crativos ou não; mia mista sujeitas ao controle da União, dos Esta-
c) apenas quanto à atividade econômica rural; dos, do Distrito Federal ou dos Municípios, que se
d) apenas quanto à atividade econômica urbana, sem encontrarem em mora, por mais de ______ dias,
fins lucrativos; no recolhimento das contribuições previstas na Lei
e) apenas quanto à atividade econômica rural, sem- nº 8.212/91, tornam-se solidariamente responsá-
pre com fins lucrativos. veis pelo respectivo pagamento, ficando ainda
sujeitos às proibições do art. 1º e às sanções dos
401. Equipara-se à empresa, para os efeitos da Lei nº
arts. 4º e 7º do Decreto-lei nº 368, de 19 de dezem-
8.212/91, _______ em relação ao segurado que
lhe presta serviço. bro de 1968.
a) o contribuinte individual; a) 30;
b) a cooperativa; b) 60;
c) a associação ou entidade de qualquer natureza c) 90;
ou finalidade; d) 120;
d) a missão diplomática e a repartição consular de e) 45.
carreira estrangeiras;
e) todas as alternativas respondem à questão. 406. O prazo de validade da Certidão Negativa de Débi-
to - CND é de _____ dias, contados da sua emis-
402. A contribuição da União é constituída de recursos
são, podendo ser ampliado por regulamento para
adicionais do Orçamento Fiscal, fixados obrigato-
até cento e oitenta dias.
riamente na lei orçamentária anual.
O (a) ________ é responsável pela cobertura de a) 30; d) 120;
eventuais insuficiências financeiras da Segurida- b) 60; e) 45.
de Social, quando decorrentes do pagamento de c) 90;
benefícios de prestação continuada da Previdên-
cia Social, na forma da Lei Orçamentária Anual. 407. No caso de obra de construção civil, a matrícula
a) segurado; deverá ser efetuada mediante comunicação obri-
b) União; gatória do responsável por sua execução, no pra-
c) setor privado; zo de _____ dias, contado do início de suas ativi-
d) setor público, em geral; dades, quando obterá número cadastral básico,
e) beneficiário. de caráter permanente.
a) 30;
403. Não descaracteriza a condição de segurado espe- b) 60;
cial, a outorga, por meio de contrato escrito de par- c) 90;
ceria, meação ou comodato, de ______ de imóvel d) 120;
rural cuja área total não seja superior a _____ mó- e) 45.
dulos fiscais, desde que outorgante e outorgado
continuem a exercer a respectiva atividade, indivi- 408. Na execução judicial (empresas em débito) da dí-
dualmente ou em regime de economia familiar.
vida ativa da União, suas autarquias e fundações
a) até 60% / 5;
públicas, será facultado ao exequente indicar bens
b) até 50% / 4;
à penhora, a qual será efetivada concomitantemen-
c) até 30% / 7;
te com a citação inicial do devedor.
d) até 80% / 10;
Efetuado o pagamento integral da dívida executa-
e) até 90% / 6.
da, com seus acréscimos legais, no prazo de
404. Caberá à entidade promotora do espetáculo a res- _____ dias úteis contados da citação, indepen-
ponsabilidade de efetuar o desconto de ______ dentemente da juntada aos autos do respectivo
por cento da receita bruta decorrente dos espetá- mandado, poderá ser liberada a penhora, desde
culos desportivos e o respectivo recolhimento ao que não haja outra execução pendente.
Instituto Nacional do Seguro Social, no prazo de a) 5;
até _____ dias úteis após a realização do evento.
41
Dispõe sobre Efeitos de Débitos Salariais e dá outras
a) 15 / 8;
providências.

64 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) 8; b) a empresa;
c) 2; c) a RFB;
d) 10; d) o MTE;
e) 4. e) o MPOG.

409. Havendo indício de irregularidade na concessão 413. Os tratados, convenções e outros acordos inter-
ou na manutenção de benefício, a Previdência So- nacionais de que Estado estrangeiro ou organis-
mo internacional e o Brasil sejam partes, e que
cial notificará o beneficiário para apresentar defe-
versem sobre matéria previdenciária, serão inter-
sa, provas ou documentos de que dispuser, no
pretados como:
prazo de ____ dias.
a) resolução;
a) 30; b) emenda à CF/88;
b) 60; c) lei delegada;
c) 90; d) lei complementar;
d) 120; e) lei especial.
e) 45.
414. O (a) ______________ implantar um programa de
410. Nas execuções fiscais da dívida ativa do INSS, o qualificação e treinamento sistemático de pesso-
leilão judicial dos bens penhorados realizar-se-á al, bem como promover a reciclagem e redistribui-
por leiloeiro oficial, indicado pelo credor, que pro- ção de funcionários conforme as demandas dos
cederá à hasta pública órgãos regionais e locais, visando a melhoria da
qualidade do atendimento e o controle e a eficiên-
O Instituto Nacional do Seguro Social-INSS pode-
cia dos sistemas de arrecadação e fiscalização
rá contratar leiloeiros oficiais para promover a ven-
de contribuições, bem como de pagamento de
da administrativa dos bens, adjudicados judicial-
benefícios.
mente ou que receber em dação de pagamento. a) INSS deverá;
O INSS, no prazo de _______ dias, providencia- b) INSS poderá;
rá alienação do bem por intermédio do leiloeiro c) RFB deverá;
oficial. d) RFB poderá;
a) 30; e) Ministério da Fazenda deverá.
b) 60;
c) 90; 415. A Auditoria e a Procuradoria do Instituto Nacional
d) 120; do Seguro Social-INSS deverão, a cada trimestre,
e) 45. elaborar relação das auditorias realizadas e dos
trabalhos executados, bem como dos resultados
obtidos, enviando-a a apreciação do:
411. O Poder Executivo enviará ao Congresso Nacio-
a) Presidente da República;
nal, anualmente, acompanhando a Proposta Or-
b) Ministro da Fazenda;
çamentária da Seguridade Social, projeções atua-
c) Ministro da Previdência Social;
riais relativas à Seguridade Social, abrangendo um
d) Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão;
horizonte temporal de, no mínimo, _______ anos,
e) Conselho Nacional da Seguridade Social.
considerando hipóteses alternativas quanto às
variáveis demográficas, econômicas e institucio-
416. O (a) ________, na forma da legislação específi-
nais relevantes.
ca, fica autorizado a contratar auditorias externas,
a) 20;
periodicamente, para analisar e emitir parecer
b) 30;
sobre demonstrativos econômico-financeiros e
c) 50;
contábeis, arrecadação, cobrança e fiscalização
d) 60;
das contribuições, bem como pagamento dos be-
e) 45.
nefícios, submetendo os resultados obtidos à
apreciação do Conselho Nacional da Segurida-
412. Mediante requisição da Seguridade Social,
de Social.
________ é obrigada a descontar, da remunera-
a) INSS;
ção paga aos segurados a seu serviço, a impor-
b) MTE;
tância proveniente de dívida ou responsabilidade
c) MPOG;
por eles contraída junto à Seguridade Social, rela-
d) RFB;
tiva a benefícios pagos indevidamente.
e) Tribunal de Contas da União - TCU.
a) o INSS;

Degrau Cultural 65
500 Testes - Legislação Previdenciária

417. O (a) ___________ deverá proceder ao recadas- 422. Os débitos dos Estados, do Distrito Federal e dos
tramento de todos aqueles que, por intermédio de Municípios para com o Instituto Nacional do Segu-
procuração, recebem benefícios da Previdência ro Social-INSS, existentes até 1º de setembro de
Social. 1991, poderão ser liquidados em até _______
a) INSS; parcelas mensais.
b) MTE; a) 120;
c) MPOG; b) 100;
d) RFB; c) 200;
e) Tribunal de Contas da União - TCU. d) 90;
e) 240.
418. O __________ manterão programa permanente
de revisão da concessão e da manutenção dos 423. A matrícula da empresa será efetuada nos termos
benefícios da Previdência Social, a fim de apurar e condições estabelecidos pelo (a):
irregularidades e falhas existentes. a) INSS;
a) INSS e o MTE; b) MTE;
b) MPS e o MPOG; c) MPOG;
c) Ministério da Saúde e o Ministério da Ação Social; d) Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB;
d) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e) MPS.
e o MTE;
e) MPS e o INSS. 424. É exigida Certidão Negativa de Débito-CND, forne-
cida pelo órgão competente, dentre outros, nos
419. O Titular do Cartório de Registro Civil de Pessoas seguintes casos, da empresa:
Naturais fica obrigado a comunicar, ao INSS, até o I. na contratação com o Poder Público e no recebi-
dia _____ de cada mês, o registro dos óbitos ocor- mento de benefícios ou incentivo fiscal ou credití-
ridos no mês imediatamente anterior, devendo da cio concedido por ele;
relação constar a filiação, a data e o local de nas- II. na alienação ou oneração, a qualquer título, de bem
cimento da pessoa falecida. imóvel ou direito a ele relativo;
a) 20; III. no registro ou arquivamento, no órgão próprio, de
b) 5; ato relativo a baixa ou redução de capital de firma
c) 8; individual, redução de capital social, cisão total ou
d) 15; parcial, transformação ou extinção de entidade ou
e) 10. sociedade comercial ou civil e transferência de
controle de cotas de sociedades de responsabili-
420. A contribuição estabelecida na Lei nº 5.161, de 21
42 dade limitada.
de outubro de 1966 , em favor da Fundação Jor-
ge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina a) os itens I e II são os únicos corretos;
do Trabalho-FUNDACENTRO, será de ______ % b) os itens I e III são os únicos corretos;
da receita proveniente da contribuição a cargo da c) os itens II e III são os únicos corretos;
empresa, a título de financiamento da comple- d) todos os itens estão corretos;
mentação das prestações por acidente do tra- e) todos os itens estão incorretos.
balho, estabelecida no inciso II do art. 22 da Lei
nº 8.212/91. 425. O __________ que pretenda contar como tempo
a) 2; de contribuição, para fins de obtenção de benefí-
b) 5; cio no Regime Geral de Previdência Social ou de
c) 8; contagem recíproca do tempo de contribuição, pe-
d) 15; ríodo de atividade remunerada alcançada pela
e) 10. decadência deverá indenizar o INSS.
a) trabalhador avulso;
421. O pagamento dos benefícios da Seguridade Soci- b) empregado doméstico;
al será realizado por intermédio da rede bancária c) empregado;
ou por outras formas definidas pelo (a):
d) contribuinte individual;
a) INSS;
e) empregado temporário.
b) MTE;
c) MPOG;
426. Nas ações trabalhistas de que resultar o paga-
d) RFB;
mento de direitos sujeitos à incidência de contri-
e) MPS.
buição previdenciária, o juiz, sob pena de respon-
sabilidade, determinará o imediato recolhimento
42
Autoriza a instituição da Fundação Centro Nacional de das importâncias devidas ao (à):
Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho e dá outras a) TCU;
providências.

66 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) trabalhador; b) os itens I e III são os únicos corretos;


c) sindicato de classe; c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) RFB; d) todos os itens estão corretos;
e) Seguridade Social. e) todos os itens estão incorretos.

427. O crédito da seguridade social é constituído por 431. A empresa contratante de serviços executados me-
meio de: diante cessão de mão de obra, inclusive em regi-
a) multa aplicada à empresa; me de trabalho temporário, deverá reter _____ %
b) embargo à empresa; do valor bruto da nota fiscal ou fatura de prestação
c) interdição à empresa; de serviços e recolher, em nome da empresa ce-
d) cassações à empresa; dente da mão de obra, a importância retida até o
e) notificação de lançamento, de auto de infração e dia _____ do mês subsequente ao da emissão da
de confissão de valores devidos e não recolhidos
respectiva nota fiscal ou fatura, ou até o dia útil
pelo contribuinte.
imediatamente anterior se não houver expedien-
te bancário naquele dia, observado o disposto
428. É prerrogativa do (a) ______________, por inter-
no § 5º do art. 33 da Lei nº 8.212/91.
médio de seus Auditores-Fiscais, o exame da con-
a) 12 / 5;
tabilidade das empresas, ficando obrigados a pres-
tar todos os esclarecimentos e informações soli- b) 11 / 20;
citados o segurado e os terceiros responsáveis c) 9 / 15;
pelo recolhimento das contribuições previdenciá- d) 10 / 5;
rias e das contribuições devidas a outras entida- e) 20 / 10.
des e fundos.
a) INSS; 432. O empregador doméstico poderá recolher a con-
b) MTE; tribuição do segurado empregado a seu serviço e
c) MPOG; a parcela a seu cargo relativas à competência no-
d) Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB; vembro até o dia ______, juntamente com a contri-
e) MPS. buição referente ao (às) _________, utilizando-se
de um único documento de arrecadação.
429. Ocorrendo recusa ou sonegação de qualquer do- a) 30 de dezembro / 13º (décimo terceiro) salário;
cumento ou informação, ou sua apresentação de- b) 31 de dezembro / 13º (décimo terceiro) salário;
ficiente, o (a) _______ pode, sem prejuízo da pe- c) 30 de dezembro / férias;
nalidade cabível, lançar de ofício a importância d) 20 de dezembro / 13º (décimo terceiro) salário;
devida. e) 31 de dezembro / férias.
a) INSS;
b) MTE; 433. Entende-se por salário-de-contribuição para o
c) MPOG;
______ contribuinte individual: a remuneração
d) Secretaria da Receita Federal do Brasil - RFB;
auferida em uma ou mais empresas ou pelo exer-
e) MPS.
cício de sua atividade por conta própria, durante o
mês, observado o limite máximo a que se refere o
430. A empresa é também obrigada, dentre outras obri-
§5º do art. 28 da Lei nº 8.212/91.
gações, a:
I. preparar folhas-de-pagamento das remunerações a) trabalhador avulso;
pagas ou creditadas a todos os segurados a seu b) empregado doméstico;
serviço, de acordo com os padrões e normas es- c) empregado;
tabelecidos pelo órgão competente da Segurida- d) contribuinte individual;
de Social; e) empregado temporário.
II. lançar mensalmente em títulos próprios de sua
contabilidade, de forma discriminada, os fatos 434. Quando a admissão, a dispensa, o afastamento
geradores de todas as contribuições, o montante ou a falta do empregado ocorrer no curso do mês,
das quantias descontadas, as contribuições da o salário-de-contribuição será proporcional ao
empresa e os totais recolhidos; número de dias de trabalho efetivo, na forma esta-
III. prestar à Secretaria da Receita Federal do Brasil belecida em:
todas as informações cadastrais, financeiras e a) portaria;
contábeis de seu interesse, na forma por ela esta- b) resolução;
belecida, bem como os esclarecimentos neces- c) instrução normativa;
sários à fiscalização. d) lei complementar;
a) os itens I e II são os únicos corretos; e) regulamento.

Degrau Cultural 67
500 Testes - Legislação Previdenciária

435. O limite mínimo do salário-de-contribuição corres- 439. Não integram o salário-de-contribuição para os
ponde ____________ ou, inexistindo este, ao fins da Lei nº 8.212/91, exclusivamente, as impor-
______, tomado no seu valor mensal, diário ou tâncias:
I. relativas à indenização por tempo de serviço, ante-
horário, conforme o ajustado e o Tempo de traba-
rior a 5 de outubro de 1988, do empregado não
lho efetivo durante o mês. optante pelo Fundo de Garantia do Tempo de Ser-
a) salário-mínimo / piso salarial; viço-FGTS;
b) piso salarial, legal ou normativo, da categoria / II. recebidas a título de incentivo à demissão;
salário mínimo; III. recebidas a título de ganhos eventuais e os abo-
c) salário-mínimo regional / piso normativo; nos expressamente desvinculados do salário.
d) piso da categoria / piso normativo; a) os itens I e II são os únicos corretos;
e) salário contratual / piso legal. b) os itens I e III são os únicos corretos;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) todos os itens estão corretos;
436. O limite mínimo do salário-de-contribuição do
e) todos os itens estão incorretos.
menor aprendiz corresponde à sua remuneração
mínima definida em: 440. Não integram o salário-de-contribuição para os
a) resolução; fins da Lei nº 8.212/91, excetuando-se:
b) emenda à CF/88; a) a parcela recebida a título de vale-transporte, na
c) lei delegada; forma da legislação própria;
d) lei complementar; b) as diárias para viagens, desde que excedam a 50%
e) lei. (cinquenta por cento) da remuneração mensal;
c) o abono do Programa de Integração Social-PIS e
437. Integram o salário-de-contribuição pelo seu valor do Programa de Assistência ao Servidor Público-
total, o total das diárias pagas, quando _______ PASEP;
d) os valores correspondentes a transporte, alimen-
por cento da remuneração mensal.
tação e habitação fornecidos pela empresa ao
a) não excedente a cinquenta;
empregado contratado para trabalhar em locali-
b) excedente a cinquenta; dade distante da de sua residência, em canteiro
c) inferior a quarenta; de obras ou local que, por força da atividade, exija
d) inferior a trinta; deslocamento e estada, observadas as normas
e) não excedente a dez. de proteção estabelecidas pelo Ministério do Tra-
balho.
438. Não integram o salário-de-contribuição para os e) a importância paga ao empregado a título de com-
fins da Lei nº 8.212/91, exclusivamente: plementação ao valor do auxílio-doença, desde
a) os benefícios da previdência social, nos termos e que este direito seja extensivo à totalidade dos
limites legais, salvo o salário-maternidade; empregados da empresa.
b) as ajudas de custo e o adicional mensal recebi-
441. Não integram o salário-de-contribuição para os
dos pelo aeronauta nos termos da Lei nº 5.929, de fins da Lei nº 8.212/91, exclusivamente
43
30 de outubro de 1973 ; I. o valor relativo à assistência prestada por serviço
c) a parcela “in natura” recebida de acordo com os médico ou odontológico, próprio da empresa ou por
programas de alimentação aprovados pelo Minis- ela conveniado, inclusive o reembolso de despe-
tério do Trabalho e da Previdência Social, nos ter- sas com medicamentos, óculos, aparelhos ortopé-
mos da Lei nº 6.321, de 14 de abril de 1976 ; dicos, despesas médico-hospitalares e outras si-
milares, desde que a cobertura abranja a totalida-
d) as importâncias recebidas a título de férias inde-
de dos empregados e dirigentes da empresa;
nizadas e respectivo adicional constitucional, in-
II. o valor correspondente a vestuários, equipamen-
clusive o valor correspondente à dobra da remu- tos e outros acessórios fornecidos ao empregado
neração de férias de que trata o art. 137 da Conso- e utilizados no local do trabalho para prestação
lidação das Leis do Trabalho - CLT; dos respectivos serviços;
e) todas as alternativas estão corretas. III. o ressarcimento de despesas pelo uso de veículo
do empregado e o reembolso creche pago em
conformidade com a legislação trabalhista, obser-
vado o limite máximo de sete anos de idade, quan-
43
Dá nova redação ao artigo 27 do Decreto-lei nº 16, de 24 de do devidamente comprovadas as despesas reali-
agosto de 1966, que dispõe sobre o exercício da profissão zadas.
de Aeronauta.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
44
Dispõe sobre a dedução, do lucro tributável para fins de im-
posto sobre a renda das pessoas jurídicas, do dobro das des-
b) os itens I e III são os únicos corretos;
pesas realizadas em programas de alimentação do trabalhador. c) os itens II e III são os únicos corretos;

68 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

d) todos os itens estão corretos; c) aos créditos da União, aos quais são equipara-
e) todos os itens estão incorretos. dos;
d) aos devedores civis;
442. O contribuinte individual que pretenda contar como e) às dívidas solidárias.
tempo de contribuição, para fins de obtenção de
benefício no Regime Geral de Previdência Social 446. A inexistência de débitos em relação às contribui-
ou de contagem recíproca do tempo de contribui- ções devidas ao Instituto Nacional do Seguro Social-
ção, período de atividade remunerada alcançada INSS, a partir da publicação da Lei nº 8.212/91, é
pela decadência deverá indenizar o (a): condição necessária para que os Estados, o Distri-
a) Governo Federal; to Federal e os Municípios possam receber as trans-
b) Fazenda Nacional; ferências dos recursos do __________, celebrar
c) TCU; acordos, contratos, convênios ou ajustes, bem
d) MPOG; como receber empréstimos, financiamentos, avais
e) INSS. e subvenções em geral de órgãos ou entidades
da administração direta e indireta da União.
443. O ___________, por intermédio das Juntas Co- a) Fundo de Participação dos Estados e do Distrito
merciais bem como os Cartórios de Registro Civil Federal-FPE e do Fundo de Participação dos Mu-
de Pessoas Jurídicas prestarão, obrigatoriamen- nicípios-FPM;
te, à Secretaria da Receita Federal do Brasil todas b) Programa de Participação dos Estados e do Dis-
as informações referentes aos atos constitutivos trito Federal-PPE e do Programa de Participação
e alterações posteriores relativos a empresas e dos Municípios-PPM;
entidades neles registradas. c) Fundo dos Estados e do Distrito Federal-FPE e do
a) Departamento Nacional de Registro do Comércio Fundo dos Municípios-FPM;
– DNRC; d) Fundo de Participação Federais;
b) INSS; e) Fundo de Participação Nacional-FPN.
c) MPOG;
d) Ministério da Fazenda; 447. As receitas provenientes da cobrança de débitos
e) MPS. dos Estados e Municípios e da alienação, arren-
damento ou locação de bens móveis ou imóveis
444. A matrícula atribuída pelo (a) ___________ ao pertencentes ao patrimônio do (a) (s) ___ ______,
produtor rural pessoa física ou segurado especi- deverão constituir reserva técnica, de longo prazo,
al é o documento de inscrição do contribuinte, em que garantirá o seguro social estabelecido no Pla-
substituição à inscrição no Cadastro Nacional de no de Benefícios da Previdência Social.
Pessoa Jurídica – CNPJ, a ser apresentado em a) União;
suas relações com o Poder Público, inclusive para b) empregador;
licenciamento sanitário de produtos de origem c) INSS;
animal ou vegetal submetidos a processos de d) empresas;
beneficiamento ou industrialização artesanal, com e) privado.
as instituições financeiras, para fins de contrata-
ção de operações de crédito, e com os adquiren- 448. A Auditoria e a Procuradoria do Instituto Nacional
tes de sua produção ou fornecedores de semen- do Seguro Social-INSS deverão, a cada _______,
tes, insumos, ferramentas e demais implemen- elaborar relação das auditorias realizadas e dos
tos agrícolas. trabalhos executados, bem como dos resultados
a) Secretaria da Receita Federal do Brasil; obtidos, enviando-a a apreciação do Conselho
b) MTE; Nacional da Seguridade Social.
c) INSS; a) trimestre;
d) MPS; b) bimestre;
e) TCU. c) semestre;
d) ano;
445. O crédito relativo a contribuições, cotas e respecti- e) biênio.
vos adicionais ou acréscimos de qualquer nature-
za arrecadados pelos órgãos competentes, bem 449. Os ______, de que Estado estrangeiro ou orga-
como a atualização monetária e os juros de mora, nismo internacional e o Brasil sejam partes, que
estão sujeitos, nos processos de falência, con- versem sobre matéria previdenciária, serão inter-
cordata ou concurso de credores, às disposições pretados como lei especial.
atinentes: a) apenas tratados;
a) aos créditos em geral; b) apenas convenções;
b) aos créditos comerciais;

Degrau Cultural 69
500 Testes - Legislação Previdenciária

c) apenas acordos internacionais; 454. Leia, analise e marque a alternativa incorreta:


d) tratados, convenções e acordos internacionais; a) Entende-se como regime de economia familiar a
e) n.r.a atividade em que o trabalho dos membros da fa-
mília é indispensável à própria subsistência e ao
450. Mediante requisição do (a) _________, a empre- desenvolvimento socioeconômico do núcleo fami-
sa é obrigada a descontar, da remuneração paga liar e é exercido em condições de mútua depen-
aos segurados a seu serviço, a importância pro- dência e colaboração, sem a utilização de empre-
veniente de dívida ou responsabilidade por eles gados permanentes.
contraída junto à Seguridade Social, relativa a be- b) Todo aquele que exercer, concomitantemente, mais
nefícios pagos indevidamente. de uma atividade remunerada sujeita ao Regime
Geral de Previdência Social é obrigatoriamente fi-
a) Ministério Público da União;
liado em relação a cada uma delas.
b) Seguridade Social;
c) O aposentado pelo Regime Geral de Previdência
c) Ministério Público Federal;
Social-RGPS que estiver exercendo ou que voltar
d) Justiça Federal;
a exercer atividade abrangida por este Regime é
e) TCU.
segurado obrigatório em relação a essa atividade,
ficando sujeito às contribuições de que trata a Lei
LEI Nº 8.213 DE 24 DE JULHO DE 1991 nº 8.212, de 24 de julho de 1991, para fins de cus-
teio da Seguridade Social.
451. Compete ao Conselho Nacional de Previdência d) O dirigente sindical mantém, durante o exercício
Social-CNPS, dentre outras atribuições: do mandato eletivo, o mesmo enquadramento no
I. estabelecer diretrizes gerais e apreciar as de- Regime Geral de Previdência Social - RGPS de
cisões de políticas aplicáveis à Previdência So- antes da investidura.
cial; e) Para serem considerados segurados especiais,
II. participar, acompanhar e avaliar sistematicamen- o cônjuge ou companheiro e os filhos maiores de
te a gestão previdenciária; 14 (quatorze) anos ou os a estes equiparados de-
III. apreciar e aprovar os planos e programas da Pre- verão ter participação ativa nas atividades rurais
vidência Social. do grupo familiar.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
455. Leia, analise e julgue os itens a seguir:
b) os itens I e III são os únicos corretos;
I. O servidor civil ocupante de cargo efetivo ou o mili-
c) os itens II e III são os únicos corretos;
tar da União, dos Estados, do Distrito Federal ou
d) todos os itens estão corretos;
dos Municípios, bem como o das respectivas au-
e) todos os itens estão incorretos.
tarquias e fundações, são excluídos do Regime
Geral de Previdência Social consubstanciado nesta
452. A Previdência Social compreende:
Lei, desde que amparados por regime próprio de
I. o Regime Geral de Previdência Social;
previdência social.
II. o Regime Facultativo Complementar de Previdên-
II. Caso o servidor ou o militar venham a exercer, con-
cia Social. comitantemente, uma ou mais atividades abrangi-
III. o Regime Próprio de Previdência Social. das pelo Regime Geral de Previdência Social, tor-
a) os itens I e II são os únicos corretos; nar-se-ão segurados obrigatórios em relação a
b) os itens I e III são os únicos corretos; essas atividades.
c) os itens II e III são os únicos corretos; III. Caso o servidor ou o militar, amparados por regi-
d) todos os itens estão corretos; me próprio de previdência social, sejam requisita-
e) todos os itens estão incorretos. dos para outro órgão ou entidade cujo regime pre-
videnciário permita a filiação, nessa condição, per-
453. Carlos Egidio, o ministro de confissão religiosa, manecerão vinculados ao regime de origem, obe-
exercendo suas funções, também como mem- decidas as regras que cada ente estabeleça acer-
bro de instituto de vida consagrada, de uma con- ca de sua contribuição.
gregação religiosa, para o RGPS se enquadra a) os itens I e II são os únicos corretos;
como: b) os itens I e III são os únicos corretos;
a) empregado; c) os itens II e III são os únicos corretos;
b) contribuinte individual; d) todos os itens estão corretos;
c) empregado temporário; e) todos os itens estão incorretos.
d) trabalhador avulso;
e) segurado especial. 456. Consideram-se acidente do trabalho, nos termos da
Lei nº 8.213/91, as seguintes entidades mórbidas:

70 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

I. doença profissional, assim entendida a produzida b) segurado especial;


ou desencadeada pelo exercício do trabalho pe- c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em-
culiar a determinada atividade e constante da res- pregador;
pectiva relação elaborada pelo Ministério do Tra- d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
balho e Emprego e da Previdência Social; gado;
II. doença do trabalho, assim entendida a adquirida e) segurado facultativo.
ou desencadeada em função de condições espe-
ciais em que o trabalho é realizado e com ele se 460. João Rodolpho, pessoa física, proprietária de uma
relacione diretamente, constante da relação men- área rural superior a 10 (dez) módulos fiscais, ex-
cionada no item anterior nº I;
plora atividade agropecuária, em caráter perma-
III. a doença endêmica adquirida por segurado habi-
nente, é considerado pela Previdência Social como:
tante de região em que ela se desenvolva, salvo com-
a) segurado especial;
provação de que é resultante de exposição ou conta-
b) segurado obrigatório, pessoa física, como contri-
to direto determinado pela natureza do trabalho.
buinte individual;
a) os itens I e II são os únicos corretos;
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em-
b) os itens I e III são os únicos corretos;
pregador;
c) os itens II e III são os únicos corretos;
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
d) todos os itens estão corretos;
gado;
e) todos os itens estão incorretos.
e) segurado facultativo.
QUESTÕES HIPOTÉTICAS SOBRE:
AS LEIS Nº 8.212/91, Nº 8.213/91 E 461. Márcia, servidora de uma autarquia federal, ocupa
DECRETO Nº 3.048/99 um emprego público, como tal é considerada para
a Previdência Social:
457. Marilene, empregada doméstica em uma residên- a) segurada especial;
cia, contribui mensalmente para o financiamento b) segurada obrigatória, pessoa física, como contri-
da Seguridade Social. buinte individual;
Quanto ao seu recolhimento é correto afirmar que c) segurada obrigatória, pessoa jurídica, como em-
é considerado receita: pregadora;
a) da União; d) segurada obrigatória, pessoa física, como empre-
b) de contribuição social; gada;
c) proveniente dos trabalhadores, incidentes sobre e) segurada facultativa.
o seu salário-de-contribuição;
d) do Estado no qual mora; 462. Carlos presta serviço a uma empresa, como esta-
e) do Município no qual trabalha. giário, em desacordo com a Lei nº 11.788, de 25
de setembro de 2008.
458. Jimmy, de nacionalidade inglesa, domiciliado e Deste modo, Carlos é considerado para a Previ-
contratado no Brasil para trabalhar como empre- dência Social:
gado em agência de empresa nacional de petró- a) segurado especial;
leo no Japão, é considerado pela Previdência So- b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri-
cial como: buinte individual;
a) segurado obrigatório, pessoa física, como contri- c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em-
buinte individual; pregador;
b) segurado facultativo; d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- gado;
gado; e) segurado facultativo.
d) segurado especial;
e) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em- 463. Lílian, escrevente de um Cartório, contratada no
pregador. ano de 2010 pela respectiva titular dos serviços
notarias, é considerada para a Previdência Social:
459. Michel, de nacionalidade americana, domiciliado a) segurada especial;
e contratado no Brasil para trabalhar como empre- b) segurada obrigatória, pessoa física, como contri-
gado em uma empresa domiciliada na China, cuja buinte individual;
maioria do capital votante pertença a empresa bra- c) segurada obrigatória, pessoa jurídica, como em-
sileira de capital nacional, é considerado pela Pre- pregadora;
vidência Social como: d) segurada obrigatória, pessoa física, como empre-
a) segurado obrigatório, pessoa física, como contri- gada;
buinte individual; e) segurada facultativa.

Degrau Cultural 71
500 Testes - Legislação Previdenciária

464. Joseph, membro de conselho de administração 468. O salário-maternidade é devido à segurada da pre-
de uma sociedade anônima no Brasil, é conside- vidência social, durante cento e vinte dias, com
rado para a Previdência Social: início _______ dias antes e término ______ dias
a) segurado especial; depois do parto, admitida prorrogação aos mol-
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri- des do Decreto nº 3.048/91.
buinte individual; a) 20 / 100;
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em- b) 25 / 95;
pregador; c) 28 / 91;
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- d) 30 / 90;
gado; e) 35 / 85.
e) segurado facultativo.
469. João exerce atividade de trabalhador em uma in-
465. Jorge, sócio em uma sociedade em nome coleti- dústria de extração de sal, sendo sindicalizado à
vo, é considerado para a Previdência Social: sua categoria.
a) segurado especial; Presta serviço a diversas empresas de extração
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri- de sal, sem vínculo empregatício com nenhuma
buinte individual; delas, sendo intermediada tal prestação pelo sin-
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em- dicato de sua categoria.
pregador;
Sendo assim, João é considerado para a Previ-
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
dência Social:
gado;
a) segurado facultativo;
e) segurado facultativo.
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri-
buinte individual;
466. Guilherme, Micro Empreendedor Individual - MEI
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em-
aos moldes dos arts. 18-A e 18-C da Lei Comple-
pregador;
mentar no 123, de 14 de dezembro de 2006, op-
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
tou pelo recolhimento dos impostos e contribui-
gado;
ções abrangidos pelo Simples Nacional em valo-
e) segurado obrigatório, pessoa física, como traba-
res fixos mensais.
lhador avulso.
Guilherme é considerado para a Previdência Social:
a) segurado especial; 470. Egidio, aposentado há mais de três anos pelo
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri- Regime Geral de Previdência Social RGPS, voltou
buinte individual; a exercer atividade abrangida por este regime.
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em- Neste caso, podemos afirmar que Egidio:
pregador; a) deverá solicitar a sua demissão de seu novo em-
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- prego, vez que é vedado a um aposentado exercer
gado;
outra atividade abrangida pelo RGPS;
e) segurado facultativo.
b) é segurado obrigatório em relação a essa ativida-
de ficando sujeito às contribuições para o RGPS;
467. Eduardo exerce atividade portuária de bloco no
c) não ficará sujeito ao recolhimento de novas contri-
Porto de Santos, não sendo sindicalizado, pres-
buições para o RGPS;
ta serviço de natureza urbana, a diversas empre-
d) deverá solicitar ao INSS devolução das contribui-
sas, sem vínculo empregatício, com a interme-
ções que recolher após a sua aposentadoria, ao
diação obrigatória do Órgão Gestor de Mão de
completar 70 (setenta) anos de idade;
Obra - OGMO.
e) deverá requerer, quando desejar, o pecúlio a que
Sendo assim, Eduardo é considerado para a Pre- fará jus, quando decidir suspender, definitivamen-
vidência Social: te, suas atividades laborais.
a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba-
lhador avulso; 471. Rodrigo é diretor empregado, participando do ris-
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri- co econômico do empreendimento que trabalha.
buinte individual; Rodrigo foi contratado para cargo de direção das
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em- sociedades anônimas, mantendo as característi-
pregador; cas inerentes à relação de emprego.
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- Sendo assim, perante o RGPS é considerado:
gado; a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba-
e) segurado facultativo.
lhador avulso;

72 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri- 475. Ayani é registrada em uma residência como em-
buinte individual; pregada doméstica.
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como em- Sua empregadora doméstica exerce a atividade
pregador; de costureira, exigindo que Ayani a ajude nesta ati-
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- vidade.
gado; Ayani é, na verdade:
e) segurado facultativo. a) segurada especial;
b) segurada, obrigatória, pessoa física, como contri-
472. Pedro, segurado especial, trabalha com sua es- buinte individual;
posa Maria, que faz parte de seu grupo familiar. c) segurada obrigatória, pessoa jurídica, como em-
Maria possui outra fonte de rendimento, vez que pregadora;
recebe do INSS auxílio-acidente no valor de um d) segurada obrigatória, pessoa física, como empre-
salário-mínimo. gada;
Nesta hipótese podemos afirmar que Maria: e) segurada facultativa.
a) não é segurada especial;
476. Robert trabalha em uma residência situada no li-
b) é segurada empregada;
toral de uma localidade.
c) é segurada especial, pois o recebimento de auxí-
lio-acidente no valor mencionado não descaracte- Exerce a função de comandante de um iate de pro-
priedade da família.
riza tal condição;
O iate só é utilizado para passeios com os mem-
d) não é considerada segurada do RGPS, vez que já
bros da família.
é beneficiária deste Regime;
Portanto Robert é considerado pelo RGPS:
e) é considerada segurada facultativa, vez que já é a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba-
beneficiária do RGPS. lhador avulso;
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri-
473. Rafael, segurado especial do RGPS, vez que é buinte individual;
membro de um grupo familiar assim considerado c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
pelo RGPS, ganhou a eleição para exercer man- gado doméstico;
dato de dirigente sindical de organização da cate- d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
goria de trabalhadores rurais. gado;
e) segurado, obrigatório, pessoa física, como segu-
Nesta hipótese podemos afirmar que Rafael: rado especial.
a) não poderia ser considerado segurado especial;
b) é segurado empregado; 477. Ricardo exerce a atividade de médico em uma
c) é segurado especial, pois o exercício do citado mansão.
mandato não descaracteriza tal condição; Comparece habitualmente nesta residência, rece-
d) não é considerado segurado do RGPS, vez que já bendo salário e sendo subordinado à proprietária
exerce um cargo eletivo; desta residência. Ricardo atende os pais da pro-
e) é considerado segurado facultativo, vez que exer- prietária que são pessoas idosas e moram com a
ce um cargo eletivo. sua filha, Sra. Margarete.
Neste sentido, Ricardo é considerado pelo RGPS:
474. Cosme exerce habitualmente a atividade de a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba-
pescador, individualmente, não utilizando em- lhador avulso;
barcação. b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri-
Nesta hipótese podemos afirmar que Cosme é: buinte individual;
c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba- gado doméstico;
lhador avulso; d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
b) segurado, obrigatório, pessoa física, como contri- gado;
buinte individual; e) segurado, obrigatório, pessoa física, como segu-
c) segurado obrigatório, pessoa jurídica, como se- rado especial.
gurado facultativo;
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- 478. Joaquim trabalha no cais do Porto do Rio de Janei-
gado; ro como amarrador de várias embarcações de
e) segurado, obrigatório, pessoa física, como segu- múltiplas empresas, tendo funcionado como inter-
rado especial. mediário para sua colocação, o OGMO deste Porto.

Degrau Cultural 73
500 Testes - Legislação Previdenciária

Sendo assim, Joaquim é considerado pelo RGPS: 482. Maria Elisa exercer mais de uma atividade labora-
a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba- tiva, sendo contribuinte para o RGPS em ambas.
lhador avulso; Mara Elisa se incapacitou definitivamente para uma
b) segurado obrigatório, pessoa física, como contri- das atividades exercidas. Neste caso podemos
afirmar que:
buinte individual;
a) deverá se aposentar por invalidez nas duas ativi-
c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
dades;
gado doméstico;
b) poderá se quiser, se aposentar por invalidez nas
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
duas atividades;
gado;
c) poderá se aposentar por invalidez na atividade que
e) segurado, obrigatório, pessoa física, como segu- desejar;
rado especial. d) deverá de aposentar por invalidez na atividade que
escolher;
479. Cláudio, presidiário, não exerce nenhuma ativida- e) deverá o auxílio-doença ser mantido indefinida-
de remunerada, no estabelecimento prisional no mente, não cabendo sua transformação em apo-
qual cumpre sua pena, não estando filiado em sentadoria por invalidez, enquanto essa incapaci-
nenhum outro regime de previdência social. dade não se estender às demais atividades.
Neste caso Cláudio pode se inscrever no RGPS
como: 483. Gabriel segurado especial do RGPS efetuou sua
a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba- inscrição de forma a vinculá-lo ao seu respectivo
lhador avulso; grupo familiar. A referida inscrição conteve, além
b) segurado obrigatório, pessoa física, como contri- das informações pessoais:
I. a identificação da forma do exercício da atividade,
buinte individual;
se individual ou em regime de economia familiar;
c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
II. da condição no grupo familiar, se titular ou compo-
gado doméstico;
nente e o tipo de ocupação do titular de acordo
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre-
com tabela do Código Brasileiro de Ocupações;
gado;
III. da forma de ocupação do titular vinculando-o à pro-
e) segurado facultativo.
priedade ou embarcação em que trabalha, da pro-
priedade em que desenvolve a atividade, se nela
480. Luiz Felipe, segurado recolhido à prisão sob semi- reside ou o município onde reside e, quando for o
aberto, presta serviço, fora da unidade penal, a caso, a identificação e inscrição da pessoa res-
algumas empresas, com intermediação da orga- ponsável pelo grupo familiar.
nização carcerária.
a) os itens I e II são os únicos corretos;
Luiz Felipe é considerado para o RGPS: b) os itens I e III são os únicos corretos;
a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba- c) os itens II e III são os únicos corretos;
lhador avulso; d) todos os itens estão corretos;
e) todos os itens estão incorretos.
b) segurado obrigatório, pessoa física, como contri-
buinte individual;
484. Walter está há quinze meses, sem contribuir para
c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- o RGPS, pois, após a sua demissão da empresa
gado doméstico; onde trabalhava, deixou de exercer atividade re-
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- munerada abrangida pela previdência social.
gado; Não contando com mais de 120 contribuições ao
e) segurado, facultativo. RGPS e nem tendo registrado sua dispensa no MTE.
Neste caso podemos afirmar que Walter:
481. Conceição admitiu a seu serviço, mediante remu- a) mantém a qualidade de segurado, independente-
neração, sem finalidade lucrativa, um empregado mente de contribuições;
doméstico. b) não mantém a qualidade de segurado do RGPS;
c) manterá a qualidade de segurado por mais doze
Conceição é considerada para o RGPS:
meses;
a) segurado obrigatório, pessoa física, como traba- d) mantém a qualidade de segurado por mais nove
lhador avulso; meses;
b) empregadora doméstica; e) mantém a qualidade de segurado por mais três
c) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- meses.
gado doméstico;
d) segurado obrigatório, pessoa física, como empre- 485. Luana está em gozo de benefício previdenciário
gado; por mais de quinze meses consecutivos (auxílio
e) segurado, facultativo. doença).

74 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

Neste caso podemos afirmar que Luana: 489. Rafael irmão inválido de Raquel, dependente desta
a) mantém a qualidade de segurada, independente- pelo RGPS, completou vinte e um anos de idade.
mente de contribuições; Sua invalidez ocorreu quando ainda contava com
b) não mantém a qualidade de segurada do RGPS; dez anos de idade. Tendo sido reconhecida pelo
c) manterá a qualidade de segurada por mais doze RGPS nesta ocasião.
meses; Neste sentido, podemos afirmar que:
d) manterá a qualidade de segurada por mais nove
a) Rafael perdeu a qualidade de dependente de Ra-
meses;
quel ao completar 21 anos de idade;
e) manterá a qualidade de segurada por mais três
b) Rafael não perdeu a qualidade de dependente de
meses.
Raquel, pois é inválido;
c) Rafael manterá a qualidade de dependente de
486. Ruy gozou benefício previdenciário por dois anos
Raquel por mais três meses;
consecutivos, em razão de ter adquirido doença
d) Rafael manterá a qualidade de dependente de
de segregação compulsória, tendo recebido alta
Raquel por mais seis meses;
no última perícia médica que compareceu.
e) Rafael manterá a qualidade de dependente de
Quanto à manutenção do Ruy na qualidade de Raquel por mais doze meses.
segurado do RGPS pode-se afirmar:
a) mantém a qualidade de segurado, independente- 490. Filipe, homoafetivo, é dependente de seu compa-
mente de contribuições, até doze meses após ces- nheiro Paulo, no RGPS.
sar a segregação; Filipe e Paulo resolvem cessar a união estável
b) não mantém a qualidade de segurado do RGPS; existente entre ambos.
c) manterá a qualidade de segurado por mais dez
De acordo com as regras de perda da qualidade
meses;
de dependente do RGPS, podemos afirmar que:
d) manterá a qualidade de segurado por mais nove
meses; a) a perda da qualidade inexiste;
e) manterá a qualidade de segurado por mais três b) para o companheiro Filipe, ela ocorre pela cessa-
meses. ção da união estável com o segurado Paulo, en-
quanto não lhe for garantida a prestação de ali-
487. Juvenal, funcionário público federal, participante mentos;
de regime próprio de previdência social, deseja c) a perda ocorrerá se uma das partes requerer ao
filiar-se ao Regime Geral de Previdência Social, INSS;
na qualidade de segurado facultativo. d) a perda ocorrerá a critério do segurado e do de-
Quanto a esta pretensão de Juvenal é correto afirmar: pendente;
e) a manutenção da qualidade de dependente de Fi-
a) é possível, sem ressalvas;
lipe é eterna.
b) é lícita, sem exceções regulamentares;
c) é vedada, salvo na hipótese de Juvenal se afastar
491. José Luiz, após 10 anos como empregado em uma
sem vencimento e desde que não permitida, nes-
empresa, inscrito no RGPS, veio a falecer deixan-
ta condição, contribuição ao respectivo regime pró-
prio; do cônjuge com quem era casado por 15 anos e
d) é permitida, desde que autorizada pelo INSS, não um filho de dois anos de idade, qualificados como
havendo exceções legais a sua pretensão; seus dependentes neste Regime.
e) é permitida, sem ressalvas legais. Quanto à concessão de pensão por morte aos
seus dependentes é correto afirmar:
488. Marcos cônjuge de Miriam, segurada do RGPS, a) depende do período de carência mínimo de doze
divorcia-se desta, sem manutenção de prestação contribuições mensais recolhidas em nome do
alimentícia . segurado empregado;
Sendo assim pode-se afirmar que Marcos: b) depende do período de carência mínimo de dez
a) manterá a qualidade de dependente de Miriam por contribuições mensais recolhidas em nome do
até doze meses; segurado empregado;
b) manterá a qualidade de dependente de Miriam por c) que tal concessão encontra amparo na Lei nº 8.213/
mais três meses; 91 e suas alterações;
c) perdeu a qualidade de dependente de Miriam no d) depende do período de carência mínimo de seis
RGPS; contribuições mensais recolhidas em nome do
d) manterá a qualidade de dependente de Miriam por segurado empregado;
mais um mês meses; e) depende do período de carência mínimo de quatro
e) manterá a qualidade de dependente de Miriam por contribuições mensais recolhidas em nome do
mais dez meses. segurado empregado.

Degrau Cultural 75
500 Testes - Legislação Previdenciária

492. Cláudio, após trabalhar uma semana como em- 495. Tício, empregado de uma empresa acerca de dez
pregado em um estabelecimento bancário, inscri- anos, ficou doente precisando se afastar de suas
to no RGPS, recebeu o seu salário mensal. Cláu- atividades laborais por quinze dias consecutivos,
dio possui cônjuge e três filhos menores de dez conforme laudo médico.
anos de idade. Quanto ao afastamento de Tício de suas ativida-
Cláudio se enquadra em todas as demais exigên- des laborais é correto afirmar:
cias legais para o recebimento de salário-família, a) ele não terá direito a se afastar de suas ativida-
mais a empresa não lhe pagou tal prestação, ale- des;
gando que o RGPS exige um período mínimo de b) ele terá direito a se afastar de suas atividades, por
doze recolhimento mensais para a concessão de no máximo uma semana;
tal benefício. c) ele terá direito a se afastar de suas atividades, por
Quanto à este relato é correto afirmar que: no máximo cinco dias;
a) Cláudio não tem direito a tal prestação; d) durante os primeiros quinze dias consecutivos de
b) independe de carência a concessão de salário- afastamento da atividade por motivo de doença,
família aos dependentes do segurado, estando o incumbe à empresa pagar ao Tício o seu salário.
empresa enganada em sua informação; e) ele terá direito a se afastar de suas atividades, por
c) depende para a concessão de salário-família do no máximo dez dias, devendo após retornar às
recolhimento de seis contribuições mensais para suas atividades.
o RGPS em nome de Cláudio;
d) depende para a concessão de salário-família do 496. Miguel, empregado, acerca de vinte anos de um
recolhimento de seis contribuições mensais para banco, encontra-se incapacitado para o exercício
o RGPS em nome de Cláudio. de suas atividades laborais por quinze dias, de
acordo com parecer do médico do trabalho de sua
493. Joelma, empregada doméstica, com Carteira de empresa.
Trabalho assinada por dois meses, inscrita no Neste caso pode-se afirmar que:
RGPS, conta com apenas um mês de recolhimen- a) Miguel não terá direito a se afastar de suas ativida-
to previdenciário.
des por mais de dez dias;
Joelma deu à luz a seu bebê nesta semana. b) Miguel terá direito a se afastar de suas atividades,
Quanto à concessão de salário-maternidade à por no máximo uma semana;
Joelma pode-se afirmar: c) Miguel terá direito a se afastar de suas atividades,
a) ela não terá direito; por no máximo cinco dias;
b) ela só terá direito após o seu bebê completar cin- d) Miguel se afastará de suas atividades laborais por,
co meses de vida; no máximo, dez dias;
c) ela só terá direito após contribuir com, no mínimo, e) quando a incapacidade de Miguel ultrapassar quin-
doze recolhimentos para o RGPS; ze dias consecutivos, este será encaminhado à
d) independe de carência a concessão de salário- perícia médica do Instituto Nacional do Seguro
maternidade à Joelma; Social.
e) ela só terá direito após contribuir com, no mínimo,
dez recolhimentos para o RGPS.
497. Júlio, empregado, acerca de cinco anos de uma
padaria, encontra-se incapacitado para o exercí-
494. Luiz Egidio trabalha como ambulante em uma pra-
cio de suas atividades laborais por quinze dias, de
ça de sua cidade e contribui para o RGPS como
acordo com parecer do médico do trabalho de sua
segurado, contribuinte individual acerca de dez
empresa, mantendo-se afastado da padaria nes-
meses.
te período.
Luiz Egidio sofreu uma lesão muscular e precisa-
Júlio retornou à atividade na padaria, no décimo
rá de reabilitação profissional a cargo do INSS.
sexto dia, mas, tendo em vista não ter se sentido
Quanto à concessão a Luiz Egidio de reabilitação bem necessitou se afastar novamente de suas
profissional pode-se afirmar: atividades.
a) ele não terá direito; O novo afastamento ocorreu dentro de sessenta
b) ele só terá direito após contribuir por, no mínimo,
dias desse retorno, em decorrência da mesma
seis meses para o RGPS;
doença.
c) ele só terá direito após contribuir com, no mínimo,
Neste caso pode-se afirmar que Júlio:
doze recolhimentos para o RGPS;
a) não terá direito a se afastar de suas atividades por
d) independe de carência a concessão de reabilita-
conta do INSS;
ção profissional;
e) ele só terá direito após contribuir com, no mínimo, b) fará jus ao auxílio doença a partir da data do novo
dez recolhimentos para o RGPS. afastamento;

76 Degrau Cultural
500 Testes - Legislação Previdenciária

c) não terá direito a se afastar de suas atividades por


mais uma vez;
d) terá direito a se afastar de suas atividades por, no
máximo, cinco dias;
e) terá direito a se afastar de suas atividades por, no
máximo, dez dias.

498. Ivan segurado empregado do RGPS encontra-se


em gozo de auxílio-doença por três anos.
Para a empresa na qual trabalhava, Ivan é consi-
derado:
a) demitido;
b) exonerado;
c) aposentado;
d) inativo;
e) licenciado.

499. Yuri, trabalhador avulso, segurado do RGPS, tra-


balhou num certo mês por apenas cinco dias.
Neste caso fará jus ao salário-família referente aos
seus dependentes:
a) na proporção dos cinco dias trabalhados;
b) na proporção de metade do mês;
c) na proporção de dez dias;
d) ao valor integral da cota;
e) na proporção de metade do salário-mínimo.

500. Cristiane, empregada de uma papelaria, sofreu


aborto não criminoso, comprovado mediante ates-
tado médico.
Neste caso é correto afirmar que Cristiane:
a) não tem direito ao salário-maternidade;
b) terá direito ao salário-maternidade corresponden-
te a cinco dias;
c) terá direito ao salário-maternidade corresponden-
te à duas semanas;
d) terá direito ao salário-maternidade corresponden-
te à dois dias;
e) terá direito ao salário-maternidade corresponden-
te à uma semana.

Degrau Cultural 77
500 Testes - Legislação Previdenciária

78 Degrau Cultural
Gabarito

GABARITO
01. Resposta: B 10. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
pectivamente, com o art. 6º, inciso I e II do Decreto nº disposto no inciso I do art. 49 do Decreto nº 3.048/99.
3.048/99.
O único item incorreto é o II, vez que não existe na legis- 11. Resposta: A
lação previdenciária tal instituto. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
disposto no art. 51 do Decreto nº 3.048/99.
02. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, estando todos os 12. Resposta: D
itens corretos, de acordo, respectivamente com os inci- Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
sos I, II e III do art. 13 do Decreto nº 3.048/99. disposto nos incisos I, II e III, do parágrafo único, do art.
1º do Decreto nº 3.048/99.
03. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, estando corretos 13. Resposta: A
apenas os itens I e II, de acordo, respectivamente, com Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
os incisos IV e V do art. 13 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com os incisos I e II do parágrafo único,
O único item incorreto é o III, de acordo com o inciso VI do art. 2º do Decreto nº 3.048/99.
do art. 13 do Decreto nº 3.048/99 ao dispor que a manu- O único item incorreto é o III, vez que o inciso III do pará-
tenção da qualidade de segurado ocorre: grafo único, do art. 2º do Decreto nº 3.048/99 dispõe que
VI - até seis meses após a cessação das contribui- dentre os princípios e diretrizes encontra-se: o (a):
ções, o segurado facultativo. (grifo nosso). III - descentralização, com direção única em cada
esfera de governo; (grifo nosso).
04. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o 14. Resposta: E
§ 1º do art. 13 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 3º do Decreto nº 3.048/99.
05. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com 15. Resposta: A
os incisos I e II do art. 16 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
O único item incorreto, de acordo com o inciso III do art. pectivamente, com os incisos I e II do parágrafo único,
16 do Decreto nº 3.048/99 que determina ser beneficiá- do art. 3º do Decreto nº 3.048/99.
rio do Regime Geral de Previdência Social, na condição O único item incorreto é o III, vez que não é considerada
de dependentes do segurado: uma diretriz da organização da assistência social.
III - o irmão não emancipado, de qualquer condição,
menor de vinte e um anos ou inválido. (grifo nosso). 16. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
06. Resposta: A pectivamente, com os incisos I, II e III do art. 4º do De-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o creto nº 3.048/99.
disposto no inciso III do §8º do art. 9º do Decreto nº
17. Resposta: A
3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
pectivamente, com os incisos IV e V do art. 4º do Decre-
07. Resposta: B
to nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
O único item incorreto é o III, vez que de acordo com o
inciso II do §18 do art. 9º do Decreto nº 3.048/99.
inciso VI do art. 4º do Decreto nº 3.048/99:
VI - valor da renda mensal dos benefícios substitutos
08. Resposta: E do salário-de-contribuição ou do rendimento do tra-
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o balho do segurado não inferior ao do salário mínimo.
§ 3º, inciso I do art. 19 do Decreto nº 3.048/99. (grifo nosso).

09. Resposta: A 18. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
disposto no parágrafo único do art. 31 do Decreto nº disposto nos incisos I, II e III do art. 5º do Decreto nº
3.048/99. 3.048/99.

Degrau Cultural 79
Gabarito

19. Resposta: B 29. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
art. 7º do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com os incisos I, IV e VII do § 8º do art. 9º
De acordo com a Lei nº 10.683, de 28/05/2003, o Ministé- do Decreto nº 3.048/99.
rio da Previdência e Assistência Social (MPAS) passou a
ser denominado Ministério da Previdência Social (MPS). 30. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
20. Resposta: D § 12 do art. 9º do De acordo com o Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o § 12. O exercício de atividade remunerada sujeita a
disposto no inciso I, alíneas “a”, “b” e “c” do art. 9º do
filiação obrigatória ao Regime Geral de Previdência
Decreto nº 3.048/99.
Social. (grifo nosso).
21. Resposta: D
31. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
disposto no inciso II do art. 9º do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com
os incisos I e II (alterados pelo Decreto nº 8.424 de 31/
22. Resposta: C 03/2015).
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o O único item incorreto é o III, não existem no § 14, art. 9º
disposto na alínea “b”, do inciso V do art. 9º do Decreto do Decreto nº 3.048/99.
nº 3.048/99.
32. Resposta: D
23. Resposta: E Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o disposto nos incisos I, II e III do § 15 do art. 9º do Decre-
disposto no inciso VI do art. 9º do Decreto nº 3.048/99. to nº 3.048/99.

24. Resposta: E 33. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
disposto no inciso VI do art. 9º do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com o disposto nos incisos IV e V do § 15
do art. 9º do Decreto nº 3.048/99.
25. Resposta: E O único item incorreto é o III, vez que o inciso VI do § 15
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o do art. 9º do Decreto nº 3.048/99 dispõe:
disposto na alínea “j” do inciso VI do art. 9º do Decreto VI - aquele que presta serviço de natureza não contí-
nº 3.048/99: nua, por conta própria, a pessoa ou família, no âmbito
j) o classificador, o movimentador e o empacotador de residencial desta, sem fins lucrativos. (grifo nosso).
mercadorias em portos. (grifo nosso)
34. Resposta: D
26. Resposta: B Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o pectivamente, com o disposto nos incisos IX, X e XII,
disposto no inciso VII do art. 9º do Decreto nº 3.048/99. todos do § 15 do art. 9º Decreto nº 3.048/99.

27. Resposta: B 35. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
§ 2º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: pectivamente, os incisos I e III do § 18 do art. 9º do
§ 2º Considera-se diretor empregado aquele que, par- Decreto nº 3.048/99.
ticipando ou não do risco econômico do empreendi- O único item incorreto é o II, vez que o inciso II do § 18
mento, seja contratado ou promovido para cargo de do art. 9º do Decreto nº 3.048/99 dispõe:
II - a exploração da atividade turística da propriedade
direção das sociedades anônimas, mantendo as ca-
rural, inclusive com hospedagem, por não mais de
racterísticas inerentes à relação de emprego. (grifo
cento e vinte dias ao ano; (grifo nosso).
nosso)
36. Resposta: E
28. Resposta: E Responde à questão a alternativa “e”, de acordo, com o
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o art. 10 do Decreto nº 3.048/99:
disposto no § 7º do 9º do Decreto nº 3.048/99, vez que Art. 10. O servidor civil ocupante de cargo efetivo ou o
conforme disposto no inciso VI: militar da União, Estado, Distrito Federal ou Município,
VI - bloco – é o trabalhador portuário que exerce a bem como o das respectivas autarquias e fundações,
atividade de limpeza e conservação de embarcações são excluídos do Regime Geral de Previdência Soci-
mercantes e de seus tanques, incluindo batimento de al consubstanciado neste Regulamento, desde que
ferrugem, pintura, reparo de pequena monta e servi- amparados por regime próprio de previdência social.
ços correlatos. (grifo nosso).

80 Degrau Cultural
Gabarito

37. Resposta: D 46. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
as alíneas “a”, “b” e “c”, do inciso I, § 23 do art. 9º do pectivamente, com os §§3º e 4º do art. 11 do Decreto nº
Decreto nº 3.048/99. 3.048/99.
O único item incorreto é o I, de acordo com o § 2º do art.
38. Resposta: E 11 do Decreto nº 3.048/99 que dispõe:
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com Art 11§ 2º É vedada a filiação ao Regime Geral de
as alíneas “a”, “b” e “c”, do inciso II, § 23 do art. 9º do Previdência Social, na qualidade de segurado faculta-
Decreto nº 3.048/99, que na verdade trata dos segura- tivo, de pessoa participante de regime próprio de pre-
dos especiais, e não dos trabalhadores avulsos.
vidência social, salvo na hipótese de afastamento sem
vencimento e desde que não permitida, nesta condi-
39. Resposta: A
ção, contribuição ao respectivo regime próprio.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 25 do art. 9º do Decreto nº 3.048/99.
47. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
40. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o pectivamente, com os incisos I e II, do art. 12 do Decreto
§ 26 do art. 9º do Decreto nº 3.048/99, alterado confor- nº 3.048/99.
me o endereço: www.portaldoempreendedor.gov.br/mei- O único item incorreto é o III, em desacordo com a defi-
microempreendedor-individual, acessado em 06/09/ nição legal de empregado doméstico.
2015.
48. Resposta: D
41. Resposta: D Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- pectivamente, com os incisos I, II e IV, do parágrafo úni-
pectivamente, com os §§ 1º, 2º e 3º do art. 10 do Decreto co do art. 12 do Decreto nº 3.048/99.
nº 3.048/99.
49. Resposta: A
42. Resposta: E Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o pectivamente, com os incisos I e II, do art. 13 do Decreto
art. 11 do Decreto nº 3.048/99. nº 3.048/99.
O único item incorreto é o III, em desacordo com o dis-
43. Resposta: D posto no inciso III do art. 13 do Decreto nº 3.048/99:
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- III - até doze meses após cessar a segregação, o se-
pectivamente, com os inciso I, II e III, do § 1º do art. 11 do gurado acometido de doença de segregação compul-
Decreto nº 3.048/99.
sória; (grifo nosso).

44. Resposta: A
50. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
pectivamente, com os incisos IV e V, do § 1º do art. 11 do
pectivamente, com os incisos IV e V, do art. 13 do De-
Decreto nº 3.048/99.
O único item incorreto é o III, de acordo com o inciso VIII creto nº 3.048/99.
do §1º do art. 11 do Decreto nº 3.048/99 que dispõe: O único item incorreto é o III, em desacordo com o dis-
VIII - o bolsista que se dedique em tempo integral a posto no inciso VI do art. 13 do Decreto nº 3.048/99:
pesquisa, curso de especialização, pós-graduação, III - até seis meses após a cessação das contribui-
mestrado ou doutorado, no Brasil ou no exterior, des- ções, o segurado facultativo. (grifo nosso).
de que não esteja vinculado a qualquer regime de
previdência social; (grifo nosso). 51. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
45. Resposta: C art. 13 § 1º do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
pectivamente, com os incisos X e XI, do §1º do art. 11 do 52. Resposta: D
Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
O único item incorreto é o I, de acordo com o inciso IX do art. 13 § 2º do Decreto nº 3.048/99.
§ 1º do art. 11 do Decreto nº 3.048/99 que dispõe:
IX - o presidiário que não exerce atividade remunera- 53. Resposta: E
da nem esteja vinculado a qualquer regime de previ- Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
dência social; (grifo nosso). art. 14 do Decreto nº 3.048/99:

Degrau Cultural 81
Gabarito

Art. 14. O reconhecimento da perda da qualidade de se- 64. Resposta: B


gurado no termo final dos prazos fixados no art. 13 do De- Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
creto nº 3.048/99 ocorrerá no dia seguinte ao do venci- inciso IV do art. 18 do Decreto nº 3.048/99.
mento da contribuição do contribuinte individual relativa
65. Resposta: B
ao mês imediatamente posterior ao término daqueles
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
prazos. (grifo nosso).
§ 2º do art. 18 do Decreto nº 3.048/99:
§ 2º A inscrição do segurado em qualquer categoria
54. Resposta: D
mencionada no artigo 18 do Decreto nº 3.048/99 exi-
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
ge a idade mínima de dezesseis anos. (grifo nosso).
os incisos I, II e III do art. 16 do Decreto nº 3.048/99.
66. Resposta: B
55. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
inciso I do art. 28 do Decreto nº 3.048/99.
§ 4º do art. 16 do Decreto nº 3.048/99:
§ 4º O menor sob tutela somente poderá ser equipa-
67. Resposta: D
rado aos filhos do segurado mediante apresentação
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
de termo de tutela. (grifo nosso).
§ 7º do art. 18 do Decreto nº 3.048/99.

56. Resposta: B
68. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 6º do art. 16 do Decreto nº 3.048/99.
§ 8º do art. 18 do Decreto nº 3.048/99.

57. Resposta: A
69. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 7º do art. 16 do Decreto nº 3.048/99.
art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
58. Resposta: A
70. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
pectivamente, com os incisos I e II do art. 17 do Decreto
nº 3.048/99. § 1º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
O item III é o único incorreto, não contemplado no De-
creto nº 3.048/99. 71. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
59. Resposta: E § 2º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com
as alíneas “a”, “b”, “c” e “d”, do inciso III, do art. 17 do 72. Resposta: A
Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
inciso I do § 3º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
60. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- 73. Resposta: D
pectivamente, com o disposto nas alíneas “a” e “b” do Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
inciso IV do art. 17 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com as alíneas “a” e “b” do inciso II e do
O único item incorreto é o III não contemplado pelo De- inciso III, todos do § 3º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
creto nº 3.048/99.
74. Resposta: B
61. Resposta: A Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com os
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o incisos I e III do § 4º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
art. 18 do Decreto nº 3.048/99.
75. Resposta: E
62. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
§ 5º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
pectivamente com os incisos I, II e III do art. 18 do De-
creto nº 3.048/99.
76. Resposta: E
63. Resposta: A Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o § 6º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99.
inciso IV do art. 18 do Decreto nº 3.048/99.

82 Degrau Cultural
Gabarito

77. Resposta: A O único item incorreto é o I, de acordo com o inciso XI do


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o § 3º do art. 22 do Decreto nº 3.048/99:
§ 7º do art. 19 do Decreto nº 3.048/99. XI - registro em associação de qualquer natureza,
onde conste o interessado como dependente do se-
78. Resposta: A gurado; (grifo nosso).
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 19-A do Decreto nº 3.048/99. 90. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
79. Resposta: E pectivamente, com os incisos XIV e XV, do § 3º do art. 22
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o do Decreto nº 3.048/99.
art. 19-B do Decreto nº 3.048/99. O único item incorreto é o III, de acordo com o inciso XVI
do § 3º do art. 22 do Decreto nº 3.048/99:
80. Resposta: A XVI - declaração de não emancipação do dependen-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o te menor de vinte e um anos. (grifo nosso).
art. 20 do Decreto nº 3.048/99.
91. Resposta: A
81. Resposta: C Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o § 4º do art. 22 do Decreto nº 3.048/99:
§ 1º do art. 20 do Decreto nº 3.048/99. § 4º O fato superveniente que importe em exclusão ou
inclusão de dependente deve ser comunicado ao Ins-
82. Resposta: C tituto Nacional do Seguro Social, com as provas ca-
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o bíveis. (grifo nosso).
§ 2º do art. 20 do Decreto nº 3.048/99.
92. Resposta: E
83. Resposta: C Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o § 13 do art. 22 do Decreto nº 3.048/99.
art. 21 do Decreto nº 3.048/99.
93. Resposta: E
84. Resposta: D Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- art. 24 do Decreto nº 3.048/99.
pectivamente, com as alíneas “a”, “b” e “c” do inciso I,
do art. 22 do Decreto nº 3.048/99. 94. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d, de acordo com as
85. Resposta: E alíneas “a”, “b” e “c”, do inciso I, do art. 25 do Decreto nº
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com 3.048/99.
os incisos II e III do art. 22 do Decreto nº 3.048/99.
95. Resposta: D
86. Resposta: A Responde à questão a alternativa “d, de acordo com as
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com alíneas “d”, “e” e “f”, do inciso I, do art. 25 do Decreto nº
os incisos I, II e III do § 3º do art. 22 do Decreto nº 3.048/99.
3.048/99.
96. Resposta: E
87. Resposta: D Responde à questão a alternativa “e, de acordo com as
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- alíneas “a” e “b”, do inciso II, do art. 25 do Decreto nº
pectivamente, com os incisos IV, VI e VII do § 3º do art. 3.048/99, que são prestações devidas ao dependente
22 do Decreto nº 3.048/99. do segurado, e quanto ao item III tal prestação inexiste
no Decreto nº 3.048/99.
88. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- 97. Resposta: E
pectivamente, com os incisos VIII, IX e III do § 3º do art. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
22 do Decreto nº 3.048/99. inciso III do art. 25 do Decreto nº 3.048/99.

89. Resposta: C 98. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
pectivamente, com os incisos XII e XIII, do § 3º do art. 22 art. 26 do Decreto nº 3.048/99.
do Decreto nº 3.048/99.

Degrau Cultural 83
Gabarito

99. Resposta: C 112. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 3º do art. 26 do Decreto nº 3.048/99: parágrafo único do art. 31 do Decreto nº 3.048/99.
§ 3º Não é computado para efeito de carência o tempo
de atividade do trabalhador rural anterior à competên- 113. Resposta: A
cia novembro de 1991. (grifo nosso). Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
pectivamente, com os incisos I e II do art. 32 do Decreto
100. Resposta: A nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o O único item incorreto é o III, vez que o art. 32 do Decreto
art. 27-A do Decreto nº 3.048/99. nº 3.048/99 determina:
Art. 32. O salário-de-benefício consiste: (Redação dada
101. Resposta: A pelo Decreto nº 3.265, de 1999).
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o I - para as aposentadorias por idade e por tempo de
inciso II do art. 28 do Decreto nº 3.048/99. contribuição, na média aritmética simples dos maio-
res salários-de-contribuição correspondentes a oiten-
102. Resposta: D ta por cento de todo o período contributivo, multiplica-
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o da pelo fator previdenciário; (Incluído pelo Decreto nº
inciso I do art.29 do Decreto nº 3.048/99. 3.265, de 1999).
II - para as aposentadorias por invalidez e especial,
103. Resposta: E auxílio-doença e auxílio-acidente na média aritmética
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o simples dos maiores salários-de-contribuição corres-
inciso II do art.29 do Decreto nº 3.048/99. pondentes a oitenta por cento de todo o período contri-
butivo; (Redação dada pelo Decreto nº 5.545, de 2005).
104. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o 114. Resposta: A
inciso III do art. 29 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 3º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
105. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 115. Resposta: D
parágrafo único do art. 29 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 4º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
106. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 116. Resposta: C
artigo 26, inciso II, da Lei nº 8.213/91, alterada pela Lei Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
nº 13.135, de 17/06/2015). § 5º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.

107. Resposta: B 117. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 6º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
inciso III do art. 30 do Decreto nº 3.048/99.

118. Resposta: B
108. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 7º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
inciso IV do art. 30 do Decreto nº 3.048/99.

109. Resposta: E 119. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
inciso II do art. 30 do Decreto nº 3.048/99. § 8º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.

110. Resposta: A 120. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
parágrafo único do art. 30 do Decreto nº 3.048/99. § 9º do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.

111. Resposta: C 121. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 31 do Decreto nº 3.048/99. § 10 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.

84 Degrau Cultural
Gabarito

122. Resposta: A 133. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§11 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99, sendo a fórmula inciso I do art. 34 do Decreto nº 3.048/99.
do fator previdenciário a seguinte:
134. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
pectivamente, com as alíneas “a” e “b” do inciso II do
onde: art. 34 do Decreto nº 3.048/99.
O único item incorreto é o III, não contemplado pelo
f = fator previdenciário; Decreto nº 3.048/99.
Es = expectativa de sobrevida no momento da aposentadoria;
Tc = tempo de contribuição até o momento da aposentadoria; 135. Resposta: A
Id = idade no momento da aposentadoria; e Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
a = alíquota de contribuição correspondente a 0,31. inciso III, do art. 34 do Decreto nº 3.048/99.

123. Resposta: C 136. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§12 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99. §4º do art. 34 do Decreto nº 3.048/99:
§ 4º O percentual a que se referem a alínea “b” do inciso
124. Resposta: E II e o inciso III do caput do art. 34 do Decreto nº 3.048/99
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
não pode ser superior a cem por cento do limite máximo
§13 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
do salário-de-contribuição. (grifo nosso).

125. Resposta: B
137. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
inciso I do §14 do art. 31 do Decreto nº 3.048/99.
pectivamente, com os incisos I e II do § 5º do art. 34 do
Decreto nº 3.048/99.
126. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
138. Resposta: A
inciso II do §14 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 35 do Decreto nº 3.048/99.
127. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o 139. Resposta: E
§15 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 1º do art. 35 do Decreto nº 3.048/99.
128. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 140. Resposta: E
§16 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 2º do art. 35 do Decreto nº 3.048/99.
129. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o 141. Resposta: A
§ 17 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 3º do art. 35 do Decreto nº 3.048/99.
130. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “D”, de acordo, res- 142. Resposta: D
pectivamente, com os incisos I,II e III do §18 do art. 32 Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
do Decreto nº 3.048/99. os incisos I e II do art. 36 do Decreto nº 3.048/99.

143. Resposta: E
131. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
§ 1º do art. 36 do Decreto nº 3.048/99.
os incisos I e II do § 22 do art. 32 do Decreto nº 3.048/99.
144. Resposta: A
132. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 2º do art. 36 do Decreto nº 3.048/99.
art. 33 do Decreto nº 3.048/99.

Degrau Cultural 85
Gabarito

145. Resposta: B 155. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
§ 3º do art. 36 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com o art. 40 e seu § 1º do Decreto nº
3.048/99.
146. Resposta: C O único item incorreto é o III, de acordo com o §2º do art.
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o 40 do Decreto nº 3.048/99 ao determinar:
§ 7º do art. 36 do Decreto nº 3.048/99. § 2º Os benefícios com renda mensal superior a um
salário mínimo serão pagos do primeiro ao quinto dia
147. Resposta: C útil do mês subseqüente ao de sua competência, ob-
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o servada a distribuição proporcional do número de be-
art. 37 do Decreto nº 3.048/99. neficiários por dia de pagamento. (grifo nosso).

148. Resposta: A 156. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
parágrafo único do art. 37 do Decreto nº 3.048/99. art. 41 do Decreto nº 3.048/99.

149. Resposta: C 157. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
os incisos II e III do art. 39 do Decreto nº. 3.048/99. art. 42 do Decreto nº 3.048/99.
O único item incorreto é o I, de acordo com o inciso I do
art. 39 do Decreto nº. 3.048/99: 158. Resposta: E
I - auxílio-doença - noventa e um por cento do salá- Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
rio-de-benefício; (grifo nosso). artigo 70-C do Decreto nº 3.048/99.

150. Resposta: A 159. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
pectivamente, com as alíneas “a” e “b” do inciso IV do art. 43 do Decreto nº 3.048/99.
art. 39 do Decreto nº 3.048/99.
O único item incorreto é o III, de acordo com a alínea “c” 160. Resposta: A
do inciso IV do art. 39 do Decreto nº 3.048/99 ao deter- Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
minar: § 1º do art. 43 do Decreto nº 3.048/99.
c) cem por cento do salário-de-benefício, para o pro-
fessor aos trinta anos, e para a professora aos vinte e 161. Resposta: D
cinco anos de contribuição e de efetivo exercício em Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
função de magistério na educação infantil, no ensino § 2º do art. 43 do Decreto nº 3.048/99.
fundamental ou no ensino médio. (grifo nosso).
162. Resposta: A
151. Resposta: A Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- art. 44 do Decreto nº 3.048/99.
pectivamente, com os incisos V e VI do art. 39 do Decre-
to nº 3.048/99. 163. Resposta: D
O único item incorreto é o III, em desacordo com o inci- Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
so II do art. 39 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com os incisos I e II do §1º do art. 44 do
Decreto nº 3.048/99.
152. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o 164. Resposta: E
§ 1º do art. 39 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
inciso I, do art. 60 da lei nº 8.213/91 (vide MP 664/14).
153. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com 165. Resposta: A
os inciso I e II do §2º do art. 39 do Decreto nº 3.048/99, Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
(redação dada pelo Decret nº 8.145/2013). § 3º do art. 44 do Decreto nº 3.048/99.

154. Resposta: D 166. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
os §§3º, 4º e 5º do art. 39 do Decreto nº 3.048/99, art. 45 do Decreto nº 3.048/99.

86 Degrau Cultural
Gabarito

167. Resposta: A 181. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 46 do Decreto nº 3.048/99. art. 56 do Decreto nº 3.048/99.

168. Resposta: E 182. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
parágrafo único do art. 46 do Decreto nº 3.048/99. § 1º do art. 56 do Decreto nº 3.048/99.

169. Resposta: E 183. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 2º do art. 56 do Decreto nº 3.048/99.
art. 47 do Decreto nº 3.048/99.
184. Resposta: B
170. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
art. 59 do Decreto nº 3.048/99.
art. 48 do Decreto nº 3.048/99.
185. Resposta: A
171. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com
§ 1º do art. 59 do Decreto nº 3.048/99.
as alíneas “a” e “b”, do inciso I do art. 49 do Decreto nº
3.048/99.
186. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
172. Resposta: D
pectivamente, com os incisos I, II e III do art. 60 do De-
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
creto nº 3.048/99.
as alíneas “a”, “b” e “c” do inciso II do art. 49 do Decreto
nº 3.048/99.
187. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
173. Resposta: A
as alíneas “a” e “b”, do inciso IV do art. 60 do Decreto nº
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
3.048/99.
art. 50 do Decreto nº 3.048/99.
188. Resposta: A
174. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
pectivamente, com os incisos V e VI do art. 60 do Decre-
art. 51 do Decreto nº 3.048/99.
to nº 3.048/99.
O único item incorreto é o III, de acordo com o inciso IX
175. Resposta: A
do art. 60 do Decreto nº 3.048/99:
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 1º do art. 51 do Decreto nº 3.048/99. IX - o período em que o segurado esteve recebendo
benefício por incapacidade por acidente do trabalho,
176. Resposta: C intercalado ou não. (grifo nosso).
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
§ 2º do art. 51 do Decreto nº 3.048/99. 189. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
177. Resposta: E os incisos X, XI e XII do art. 60 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 3º do art. 51 do Decreto nº 3.048/99. 190. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
178. Resposta: A
pectivamente, com os incisos XIV e XV do art. 60 do
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com a
Decreto nº 3.048/99.
alíneas “a” e “b” do inciso I, do art. 52 do Decreto nº
O único item incorreto é o I, de acordo com o inciso XIII
3.048/99.
do art. 60 do Decreto nº 3.048/99:
179. Resposta: E XIII - o período de licença remunerada, desde que te-
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o nha havido desconto de contribuições; (grifo nosso).
inciso II do art. 52 do Decreto nº 3.048/99.
191. Resposta: D
180. Resposta: C Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o os incisos I, II e III do art. 61 do Decreto nº 3.048/99.
art. 53 do Decreto nº 3.048/99.

Degrau Cultural 87
Gabarito

192. Resposta: D 203. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
os incisos I e II do § 1º art. 61 do Decreto nº 3.048/99. § 1º do art. 64 do Decreto nº 3.048/99:
§ 1º A concessão da aposentadoria especial depen-
193. Resposta: A derá de comprovação durante o período mínimo fixa-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o do no caput. (grifo nosso).
§ 2º do art. 61 do Decreto nº 3.048/99.
204. Resposta: D
194. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 5º do art. 68 do Decreto nº 3.048/99:
§ 1º do art. 62 do Decreto nº 3.048/99.
§ 5º No laudo técncio referido no §3º, deverão constar
195. Resposta: E informações sobre aexistência de tecnologia de pro-
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com teção coletiva ou individual, e de sua eficácia, e deve-
as alíneas “a” a “d” do inciso I, do §2º do art. 62 do rá ser elaborado com observância das normas dita-
Decreto nº 3.048/99. das pelo Ministério do Trabalho e Emprego e dos pro-
cedimentos estabelecidos pelo INSS (Redação dada
196. Resposta: E pelo Decreto nº 8.123, de 2013). (grifo nosso).
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com
as alíneas “a” a “e” do inciso II, do §2º do art. 62 do 205. Resposta: E
Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 9º do art. 68 do Decreto nº 3.048/99.
197. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- 206. Resposta: E
pectivamente, com as alíneas “i”, “j” e “l”, do inciso II, do Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 2º do art. 62 do Decreto nº 3.048/99. disposto no art. 70 do Decreto nº 3.048/99.

198. Resposta: D 207. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
pectivamente, com as alíneas “f”, “g” e “h”, do inciso II disposto no art. 71 do Decreto nº 3.048/99. (Nova reda-
do § 2º do art. 62 do Decreto nº 3.048/99. ção dada da MP. 664/2014)

199. Resposta: E 208. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 7º do art. 62 do Decreto nº 3.048/99: disposto no § 1º do art. 71 do Decreto nº 3.048/99.
§7º A empresa colocará à disposição de servidor de-
signado por dirigente do Instituto Nacional do Seguro 209. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
Social as informações ou registros de que dispuser,
pectivamente, com o disposto nos incisos I, II e III do
relativamente a segurado a seu serviço e previamen- art. 72 do Decreto nº 3.048/99.
te identificado, para fins de instrução ou revisão de
processo de reconhecimento de direitos e outorga de 210. Resposta: A
benefícios do Regime Geral de Previdência Social. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
(grifo nosso). disposto no § 1º do art. 72 do Decreto nº 3.048/99. (Nova
redação dada da MP. 664/2014.)
200. Resposta: D
211. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com os
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
incisos I, II e III do § 8º do art. 62 do Decreto nº 3.048/99. disposto no art. 73 do Decreto nº 3.048/99.

201. Resposta: A 212. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 63 do Decreto nº 3.048/99. disposto no art. 74 do Decreto nº 3.048/99.

202. Resposta: D 213. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
art. 64 do Decreto nº 3.048/99. disposto no art. 75 do Decreto nº 3.048/99. (Nova reda-
ção da MP. 664/2014.

88 Degrau Cultural
Gabarito

214. Resposta: B 226. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
disposto no § 1º do art. 75 do Decreto nº 3.048/99. (Nova pectivamente, com os §§ 2º e 4º do art. 82 do Decreto nº
redação da MP. 664/2014. 3.048/99.
O único item incorreto é o II, vez que o § 3º do art. 82 do
215. Resposta: B
Decreto nº 3.048/99, dispõe:
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
disposto no § 2º do art. 75 do Decreto nº 3.048/99. (Nova § 3º Quando o pai e a mãe são segurados emprega-
redação da MP. 664/2014. dos ou trabalhadores avulsos, ambos têm direito ao
salário-família. (grifo nosso).
216. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o 227. Resposta: A
disposto no § 3º do art. 75 do Decreto nº 3.048/99. (Nova Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
redação da MP. 664/2014. art. 84 do Decreto nº 3.048/99.

217. Resposta: A 228. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
disposto no § 4º do art. 75 do Decreto nº 3.048/99. (Nova pectivamente, com os §§ 2º, 3º e 4º do art. 84 Decreto nº
redação da MP. 664/2014. 3.048/99.

218. Resposta: D 229. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
disposto no art. 76 do Decreto nº 3.048/99. art. 85 do Decreto nº 3.048/99.

219. Resposta: E 230. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
disposto no art. 76-A do Decreto nº 3.048/99. art. 86 do Decreto nº 3.048/99.

220. Resposta: D 231. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
disposto no art. 77 do Decreto nº 3.048/99. art. 87 do Decreto nº 3.048/99.

221. Resposta: D 232. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
disposto no art. 78 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com o inciso I (item I) e inciso III (item III)
do art. 88 do Decreto nº 3.048/99.
222. Resposta: C Estão incorretos:
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o -o item II, vez que o inciso II do art. 88 do Decreto nº
disposto no art. 79 do Decreto nº 3.048/99. 3.048/99 determina:
II - quando o filho ou equiparado completar quatorze
anos de idade, salvo se inválido, a contar do mês se-
223. Resposta: E
guinte ao da data do aniversário; (grifo nosso).
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
-O item IV, não contemplado no Decreto nº. 3.048/99.
disposto no art. 80 do Decreto nº 3.048/99.
Acentue-se que de acordo com o Decreto nº. 3.048/99: 233. Resposta: B
Art. 80, Parágrafo único. A empresa que garantir ao Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
segurado licença remunerada ficará obrigada a pa- art. 89 do Decreto nº 3.048/99.
gar-lhe durante o período de auxílio-doença a eventu-
al diferença entre o valor deste e a importância garan- 234. Resposta: A
tida pela licença. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 91 do Decreto nº 3.048/99.
224. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o 235. Resposta: B
disposto no art. 81 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
art. 92 do Decreto nº 3.048/99.
225. Resposta: D
236. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
os incisos I ao IV do art. 82 do Decreto nº 3.048/99.
art. 93 do Decreto nº 3.048/99.

Degrau Cultural 89
Gabarito

237. Resposta: C 248. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com
§ 3º do art. 93 do Decreto nº 3.048/99. o art. 104 do Decreto nº 3.048/99, e do art. 86 da Lei
nº 8.213/91.
238. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- 249. Resposta: D
pectivamente, com os §§ 4º e 5º do art. 93 do Decreto nº Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
3.048/99. pectivamente, com os incisos I, II e III do art. 104 do
O único item incorreto é o III, vez que o Decreto nº 3.048/ Decreto nº 3.048/99.
99, não contempla tal hipótese.
250. Resposta: C
239. Resposta: B Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o pectivamente, com os §§ 2º e 3º do art. 104 do Decreto
art. 71-A da lei nº 8.213/91. nº 3.048/99.
O único item incorreto é o I, vez que o §1º do art. 104 do
240. Resposta: D Decreto nº 3.048/99. dispõe:
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- § 1º O auxílio-acidente mensal corresponderá a cin-
pectivamente, com os §§ 1º, 2º e 3º do art. 93-A, do quenta por cento do salário-de-benefício que deu ori-
Decreto nº 3.048/99. gem ao auxílio-doença do segurado, corrigido até o
mês anterior ao do início do auxílio-acidente e será
241. Resposta: B devido até a véspera de início de qualquer aposenta-
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o doria ou até a data do óbito do segurado. (grifo nosso).
art. 94 do Decreto nº 3.048/99.
251. Resposta: D
242. Resposta: C Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o pectivamente, com os § 5º, 6º e 7º do art. 104 do Decreto
§ 3º do art. 94 do Decreto nº 3.048/99. nº 3.048/99.

243. Resposta: A 252. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
art. 95 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com os incisos II e III do art. 105 do De-
creto nº 3.048/99.
244. Resposta: A O único item incorreto é o I, vez que o inciso I do art. 105
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o do Decreto nº 3.048/99. dispõe:
parágrafo único do art. 95 do Decreto nº 3.048/99. I - do óbito, quando requerido até trinta dias depois
deste; (grifo nosso).
245. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o 253. Resposta: B
art. 96 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
pectivamente, com os artigos 107 e 109 do Decreto nº
246. Resposta: D 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- O único item incorreto é o II, vez que o art. 108 do Decre-
to nº 3.048/99. dispõe:
pectivamente, com os arts. 98, 99 e 100 do Decreto nº
Art. 108. A pensão por morte somente será devida ao
3.048/99.
filho e ao irmão cuja invalidez tenha ocorrido antes da
emancipação ou de completar a idade de vinte e um
247. Resposta: C
anos, desde que reconhecida ou comprovada, pela
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
perícia médica do INSS, a continuidade da invalidez
pectivamente, com o parágrafo único do art. 102 e o Art.
até a data do óbito do segurado. (grifo nosso).
103, do Decreto nº 3.048/99.
O único item incorreto é o I, vez que o art. 102 do Decre- 254. Resposta: A
to nº 3.048/99. dispõe: Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Art. 102 O salário-maternidade não pode ser acumu- pectivamente, com os incisos I e II do art. 112 do Decre-
lado com benefício por incapacidade. (grifo nosso). to nº 3.048/99.

90 Degrau Cultural
Gabarito

O único item incorreto é o III, vez que o Decreto nº 3.048/ 266. Resposta: D
99 não contempla tal hipótese. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 2º do art. 125 do Decreto nº 3.048/99.
255. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- 267. Resposta: A
pectivamente, com o parágrafo único do art. 112, art. 113 Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
e seu parágrafo único, todos do Decreto nº 3.048/99. art. 126 do Decreto nº 3.048/99.

256. Resposta: E
268. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
os incisos I, II, III e IV do art. 114 do Decreto nº 3.048/99.
parágrafo único do art. 126 do Decreto nº 3.048/99.
257. Resposta: A
269. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 116 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
pectivamente, com os incisos II e III do art. 127 do De-
258. Resposta: D creto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- O único item incorreto é o I, vez que o inciso I do art. 127
pectivamente, com os §§ 1º, 2º e 3º art. 116 do Decreto do Decreto nº 3.048/99 dispõe que;
nº 3.048/99. I - não será admitida a contagem em dobro ou em
outras condições especiais; (grifo nosso).
259. Resposta: B Acentue-se que para efeito de contagem recíproca,
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res- hipótese em que os diferentes sistemas de previdên-
pectivamente, com o art. 117 e seu § 2º do Decreto nº cia social compensar-se-ão financeiramente.
3.048/99.
O único item incorreto é o II, vez que o § 1º do art. 117 do 270. Resposta: C
Decreto nº 3.048/99 dispõe: Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
§ 1º O beneficiário deverá apresentar trimestral- § 1º do art. 128 do Decreto nº 3.048/99.
mente atestado de que o segurado continua detido
ou recluso, firmado pela autoridade competente. 271. Resposta: B
(grifo nosso). Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
do art. 129 do Decreto nº 3.048/99.
260. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res-
272. Resposta: A
pectivamente, com o art. 118, seu parágrafo único e o
Responde à questão a alternativa “A “, de acordo com o
art. 119 do Decreto nº 3.048/99.
inciso I do art. 130 do Decreto nº 3.048/99.
261. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 273. Resposta: D
art. 120 do Decreto nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
os §10(I), §13(II) e §12(III) do art. 130 do Decreto nº
262. Resposta: C 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
§ 1º do art. 120 do Decreto nº 3.048/99. 274. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
263. Resposta: E § 1º do art. 130 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 2º do art. 120 do Decreto nº 3.048/99. 275. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
264. Resposta: A § 2º do art. 130 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 121 do Decreto nº 3.048/99.
276. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
265. Resposta: D
§ 7º do art. 130 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
art. 123 do Decreto nº 3.048/99.

Degrau Cultural 91
Gabarito

277. Resposta: B 285. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 8º do art. 130 do Decreto nº 3.048/99. art. 141 do Decreto nº 3.048/99.

278. Resposta: C 286. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
os incisos I e II do art. 131 do Decreto nº 3.048/99. art. 142 do Decreto nº 3.048/99.

279. Resposta: A 287. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
art. 136 do Decreto nº 3.048/99. pectivamente, com o § 2º do art. 142 e com o art. 143 do
Decreto nº 3.048/99.
O único item incorreto é o I, vez que o § 1º do art. 142 do
280. Resposta: C
Decreto nº 3.048/99 dispõe:
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
§ 1º Não será admitida a justificação administrativa
§ 1º do art. 136 do Decreto nº 3.048/99.
quando o fato a comprovar exigir registro público de
casamento, de idade ou de óbito, ou de qualquer ato
281. Resposta: D
jurídico para o qual a lei prescreva forma especial.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo (grifo nosso).
com os incisos I, II, III e IV do art. 137 do Decreto
nº 3.048/99. 288. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
282. Resposta: C art. 145 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
pectivamente, com os §§ 3º e 4º do art. 137 do Decreto 289. Resposta: D
nº 3.048/99. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
O único item incorreto é o I, vez que o § 2º do art. 137 do os incisos I ao IV do art. 146 do Decreto nº 3.048/99.
Decreto nº 3.048/99 dispõe:
§ 2º Quando indispensáveis ao desenvolvimento do 290. Resposta: A
processo de reabilitação profissional, o Instituto Na- Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
cional do Seguro Social fornecerá aos segurados, in- art. 147 do Decreto nº 3.048/99:
clusive aposentados, em caráter obrigatório, próte- Art. 147. Não caberá recurso da decisão da autorida-
se e órtese, seu reparo ou substituição, instrumentos de competente do Instituto Nacional do Seguro Social
de auxílio para locomoção, bem como equipamentos que considerar eficaz ou ineficaz a justificação admi-
nistrativa. (grifo nosso).
necessários à habilitação e à reabilitação profissio-
nal, transporte urbano e alimentação e, na medida
291. Resposta: D
das possibilidades do Instituto, aos seus dependen-
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
tes. (grifo nosso). os incisos I, III e IV do art. 154 do Decreto nº 3.048/99.

283. Resposta: B 292. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
pectivamente, com o art. 139 e seu § 2º do Decreto nº art.154-A do Decreto nº 3.048/99.
3.048/99.
O único item incorreto é o II, vez que o § 1º do art. 139 do 293. Resposta: B
Decreto nº 3.048/99 dispõe: Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
§ 1º O treinamento do reabilitando, quando realizado pectivamente, com o art. 155 e o parágrafo único do art.
156 do Decreto nº 3.048/99.
em empresa, não estabelece qualquer vínculo em-
O único item incorreto é o II, de acordo com o art. 156 do
pregatício ou funcional entre o reabilitando e a empre-
Decreto nº 3.048/99 que determina:
sa, bem como entre estes e o Instituto Nacional do Art. 156. O benefício será pago diretamente ao bene-
Seguro Social. (grifo nosso). ficiário, salvo em caso de ausência, moléstia contagi-
osa ou impossibilidade de locomoção, quando será
284. Resposta: C pago a procurador, cujo mandato não terá prazo su-
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o perior a doze meses, podendo ser renovado ou reva-
art. 140 do Decreto nº 3.048/99. lidado pelos setores de benefícios do Instituto Nacio-
nal do Seguro Social. (grifo nosso).

92 Degrau Cultural
Gabarito

294. Resposta: D 308. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
pectivamente, com os arts. 157, 158 e 159 do Decreto art. 181-A do Decreto nº 3.048/99.
nº 3.048/99.
309. Resposta: B
295. Resposta: C Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o art. 184 do Decreto nº 3.048/99.
art. 161 do Decreto nº 3.048/99. Ressalte-se que o pecúlio de que trata este artigo con-
sistirá em pagamento único de valor correspondente à
296. Resposta: A soma das importâncias relativas às contribuições do
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o segurado, remuneradas de acordo com o índice de re-
art. 162 do Decreto nº 3.048/99. muneração básica dos depósitos de poupança com
data de aniversário no dia primeiro.
297. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
310. Resposta: E
art. 163 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 194 do Decreto nº 3.048/99.
298. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
art. 164 do Decreto nº 3.048/99. 311. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
299. Resposta: A os incisos I ao III do art. 195 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 165 do Decreto nº 3.048/99. 312. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
300. Resposta: E pectivamente, com os incisos II e III, do parágrafo único
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o do art. 195 do Decreto nº 3.048/99.
art. 166 do Decreto nº 3.048/99. O único item incorreto é o I, de acordo com o inciso I do
parágrafo único do art. 195 do Decreto nº 3.048/99:
301. Resposta: E I - as das empresas, incidentes sobre a remuneração
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o paga, devida ou creditada aos segurados e demais
art. 169 do Decreto nº 3.048/99. pessoas físicas a seu serviço, mesmo sem vínculo
empregatício; (grifo nosso).
302. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “C”, de acordo com o
313. Resposta: D
art. 171 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
303. Resposta: C art. 198 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “C”, de acordo com o
art. 172 do Decreto nº 3.048/99. 314. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com
304. Resposta: A os incisos I ao III do art. 199-A do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art.174 do Decreto nº 3.048/99. 315. Resposta: B
Acentue-se que este prazo fica prejudicado nos casos
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
de justificação administrativa ou outras providências a
cargo do segurado, que demandem a sua dilatação, art. 200-A do Decreto nº 3.048/99.
iniciando-se essa contagem a partir da data da conclu-
são das mesmas. 316. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
305. Resposta: A os incisos I, II e III do art. 201 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 175 do Decreto nº 3.048/99.
317. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
306. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o § 6º do art. 201 do Decreto nº 3.048/99.
art.178 do Decreto nº 3.048/99.
318. Resposta: B
307. Resposta: A Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o § 4º art. 201 do Decreto nº 3.048/99.
art. 179 do Decreto nº 3.048/99.

Degrau Cultural 93
Gabarito

319. Resposta: D 333. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 20 do art. 201 do Decreto nº 3.048/99. art. 203 do Decreto nº 3.048/99.
A alteração do enquadramento estará condicionada à
320. Resposta: D inexistência de débitos em relação às contribuições
devidas ao Instituto Nacional do Seguro Social e aos
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
demais requisitos estabelecidos pelo Ministério da Pre-
os incisos I, II e III do art. 202 do Decreto nº 3.048/99.
vidência e Assistência Social.

321. Resposta: C 334. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 1º do art. 202 do Decreto nº 3.048/99. art. 204 do Decreto nº 3.048/99.
A Lei nº 11.457, de 16 de março de 2007, efetuou a
322. Resposta: C fusão entre a Secretaria da Receita Federal (SRF) e a
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Secretaria da Receita Previdenciária (SRP), sendo cria-
art. 202, § 5º do Decreto nº 3.048/99. da a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB). Na
ocasião da fusão, o novo órgão foi apelidado pela im-
323. Resposta: C prensa de “Super Receita”.
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
335. Resposta: E
§ 10 do art. 202 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 205 do Decreto nº 3.048/99.
324. Resposta: B Cabe à entidade promotora do espetáculo a responsa-
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o bilidade de efetuar o desconto de cinco por cento da
§ 11 do art. 202 do Decreto nº 3.048/99. receita bruta decorrente dos espetáculos desportivos e
o respectivo recolhimento ao Instituto Nacional do Se-
325. Resposta: A guro Social, no prazo de até dois dias úteis após a rea-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o lização do evento.
§ 13 do art. 202 do Decreto nº 3.048/99.
336. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
326. Resposta: A
§ 2º do art. 205 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a, de acordo com o §
1º do art. 202-A do Decreto nº 3.048/99.
337. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
327. Resposta: E art. 212 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 4º do art. 202-A do Decreto nº 3.048/99. 338. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
328. Resposta: D § 1º do art. 212 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 5º do art. 202-A do Decreto nº 3.048/99. 339. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
329. Resposta: A § 2º do art. 212 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 6º do art. 202-A do Decreto nº 3.048/99. 340. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
330. Resposta: A os incisos do o art. 213 do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
341. Resposta: E
§ 7º do art. 202-A do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
parágrafo único do art. 213 do Decreto nº 3.048/99.
331. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
342. Resposta: B
art. 202-B do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
§ 2º do art. 213 do Decreto nº 3.048/99:
332. Resposta: A § 2º O salário-maternidade é considerado salário-de-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o contribuição. (grifo nosso).
§ 2º do art. 202-B do Decreto nº 3.048/99.

94 Degrau Cultural
Gabarito

343. Resposta: A IV - do importador de bens ou serviços do exterior, ou


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o de quem a lei a ele equiparar. (grifo nosso).
§ 31 do art. 216 do Decreto nº 3.048/99.
355. Resposta: E
344. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 1º do art. 195 da CF/88.
§ 8º do art. 219 do Decreto nº 3.048/99.

345. Resposta: A 356. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 223 do Decreto nº 3.048/99. § 2º do art. 195 da CF/88.

346. Resposta: D 357. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
os incisos I, II e III do art. 225 do Decreto nº 3.048/99. § 3º do art. 195 da CF/88.

347. Resposta: C 358. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
§ 7º do art. 225 do Decreto nº 3.048/99.
§ 4º do art. 195 da CF/88.
348. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com 359. Resposta: A
os incisos I, II e III do §16 do art. 225 do Decreto nº Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
3.048/99. § 5º do art. 195 da CF/88.

349. Resposta: A 360. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 19 do art. 225 do Decreto nº 3.048/99. § 6º do art. 195 da CF/88.
Caberá exclusivamente ao órgão gestor de mão-de-
obra a responsabilidade pela exatidão dos dados lan-
361. Resposta: B
çados nas listas diárias.
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
§ 7º do art. 195 da CF/88.
350. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
art. 226 do Decreto nº 3.048/99. 362. Resposta: C
A referida relação será encaminhada ao INSS até o dia Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
dez do mês seguinte àquele a que se referirem os docu- § 8º do art. 195 da CF/88.
mentos. (Redação dada pelo Decreto nº 4.032, de 2001).
363. Resposta: E
351. Resposta: A Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o § 9º do art. 195 da CF/88.
art. 194 da CF/88.
364. Resposta: A
352. Resposta: C Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o §10 do art. 195 da CF/88.
art. 195 do CF/88.
365. Resposta: C
353. Resposta: D Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com §11 do art. 195 da CF/88.
as alíneas “a”, “b” e “c” do inciso I, do art.195 da CF/88.
366. Resposta: C
354. Resposta: A Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- art. 196 da CF/88.
pectivamente, com os incisos II e III do art. 195 da
CF/88. 367. Resposta: A
O único item incorreto é o III, vez que o inciso IV do art. Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
195 da CF/88 dispõe: art. 197 da CF/88.

Degrau Cultural 95
Gabarito

368. Resposta: D 379. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
os incisos I, II e III do art. 198 da CF/88. pectivamente, com o § 9º do art. 201 da CF/88.

369. Resposta: C
380. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
os incisos I, II e III do § 3º do art. 198 da CF/88. (Vide
pectivamente, com o § 10 do art. 201 da CF/88.
Emenda Constitucional nº 86/2015).

370. Resposta: A 381. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo o § 4º Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
do art. 198 da CF/88. pectivamente, com o § 11 do art. 201 da CF/88.

371. Resposta: A 382. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo o § 5º Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
do art. 198 da CF/88. pectivamente, com o § 12 do art. 201 da CF/88.

372. Resposta: A
383. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo o § 6º
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
do art. 198 da CF/88.
pectivamente, com o art. 202 da CF/88.
373. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- 384. Resposta: C
pectivamente, com os inciso I e II do art. 200 da CF/88. Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
O único item incorreto é o III, vez que o inciso III do art. pectivamente, com o § 6º do art. 202 da CF/88.
200 da CF/88 dispõe:
III - ordenar a formação de recursos humanos na área 385. Resposta: E
de saúde. (grifo nosso). Responde à questão a alternativa “e”, de acordo, res-
pectivamente, com o § 5º do art. 202 da CF/88.
374. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- 386. Resposta: E
pectivamente, com os incisos I e II do art. 201 da CF/88. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo, res-
O único item incorreto é o III, vez que o inciso III do art. pectivamente, com o § 4º do art. 202 da CF/88.
201 da CF/88 dispõe:
III - proteção ao trabalhador em situação de desem- 387. Resposta: B
prego involuntário. (grifo nosso). Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res-
pectivamente, com o § 3º do art. 202 da CF/88.
375. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 388. Resposta: A
§ 5º do art. 201 da CF/88, que dispõe: Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Art. 201, § 5º É vedada a filiação ao regime geral de
pectivamente, com o § 2º do art. 202 da CF/88.
previdência social, na qualidade de segurado faculta-
tivo, de pessoa participante de regime próprio de pre-
389. Resposta: C
vidência. (grifo nosso).
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res-
pectivamente, com o § 1º do art. 202 da CF/88.
376. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, respecti-
vamente, com os incisos I e II, do § 7º do art. 201 da CF/88. 390. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
377. Resposta: B pectivamente, com os incisos I e II do art. 204 da CF/88.
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res- O único item incorreto é o III, não contemplado pela CF/88.
pectivamente, com o § 6º do art. 201 da CF/88.
391. Resposta: D
378. Resposta: C Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo, res- os incisos I, II e III do parágrafo único do art. 204 da
pectivamente, com o § 8º do art. 201 da CF/88. CF/88.

96 Degrau Cultural
Gabarito

392. Resposta: A 402. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
pectivamente, com as alíneas “g” e “i” do inciso I do art. parágrafo único art. 16 da Lei nº 8.212/91.
12 da Lei nº 8.212/91.
O único item incorreto é o III, vez que a alínea “j” do 403. Resposta: B
inciso I do art. 12 da Lei nº 8.212/91 dispõe: Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
j) o exercente de mandato eletivo federal, estadual ou § 9º, inciso I do art.12 da Lei nº 8.212/91.
municipal, desde que não vinculado a regime próprio Módulo fiscal é uma unidade de medida agrária usada
de previdência social. (grifo nosso). no Brasil, instituída pela Lei nº 6.746, de 10 de dezem-
bro de 1979. É expressa em hectares e é variável, sen-
393. Resposta: A do fixada para cada município.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
pectivamente, com a alínea “a” do inciso V do art. 12 da 404. Resposta: B
Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
§ 7º do art. 22 da Lei nº 8.212/91.
394. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res- 405. Resposta: A
pectivamente, com o item 1, da alínea “a” do inciso VII Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
do art. 12 da Lei nº 8.212/91. art. 42 da Lei nº 8.212/91.

395. Resposta: B 406. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, res- Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
pectivamente, com o inciso II do § 9º do art. 12 da Lei nº § 5º do art. 47 da Lei nº 8.212/91.
8.212/91, que dispõe:
II – a exploração da atividade turística da proprie- 407. Resposta: A
dade rural, inclusive com hospedagem, por não Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
mais de 120 (cento e vinte) dias ao ano; (grifo § 1º do art. 49 da Lei nº 8.212/91.
nosso).
408. Resposta: C
396. Resposta: B Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o § 2º do art. 53 da Lei nº 8.212/91.
§ 2º do art. 12 da Lei nº 8.212/91.
409. Resposta: A
397. Resposta: C Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o § 1º do art. 69 da Lei nº 8.212/91.
§ 7º do art. 12 da Lei nº 8.212/91.
410. Resposta: B
398. Resposta: A Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o os art. 98, caput, art. 99 e seu parágrafo único, todos da
§ 8º do art. 12 da Lei nº 8.212/91. Lei nº 8.212/91.

399. Resposta: A 411. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
art. 13 da Lei nº 8.212/91. art. 96 da Lei nº 8.212/91.

400. Resposta: B 412. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo, com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
inciso I do art. 15 da Lei nº 8.212/91. art. 91 da Lei nº 8.212/91.

401. Resposta: E 413. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo, o pa- Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
rágrafo único do art. 15 da Lei nº 8.212/91. art. 85-A da Lei nº 8.212/91.

Degrau Cultural 97
Gabarito

414. Resposta: A 426. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 83 da Lei nº 8.212/91. art. 43 da Lei nº 8.212/91.

415. Resposta: E 427. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 82 da Lei nº 8.212/91 § 7º do art. 33 da Lei nº 8.212/91.

416. Resposta: A 428. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
art. 78 da Lei nº 8.212/91 § 1º do art. 33 da Lei nº 8.212/91.

417. Resposta: A 429. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
art. 76 da Lei nº 8.212/91. § 3º do art. 33 da Lei nº 8.212/91.
O mencionado documento de procuração deverá, a cada
semestre, ser revalidado pelos órgãos de atendimento 430. Resposta: D
locais. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
os incisos I, II e III do art. 32 da Lei nº 8.212/91.
418. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 431. Resposta: B
art. 69 da Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
art. 31 da Lei nº 8.212/91.
419. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 432. Resposta: D
art. 68 da Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 6º do art. 30 da Lei nº 8.212/91.
420. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o 433. Resposta: D
art. 62 da Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
inciso III do art. 28 da Lei nº 8.212/91.
421. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 434. Resposta: E
art. 60 da Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 1º do art. 28 da Lei nº 8.212/91.
422. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o 435. Resposta: B
art. 58 da Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
§3º do art. 28 da Lei nº 8.212/91.
423. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o 436. Resposta: E
art. 49 da Lei nº 8.212/91. Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 4º do art. 28 da Lei nº 8.212/91.
424. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo, res- 437. Resposta: B
pectivamente, com as alíneas “a”, “b” e “d”, do inciso I Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com a
do art. 47 da Lei nº 8.212/91. alínea “a” do §8º do art. 28 da Lei nº 8.212/91.

425. Resposta: D 438. Resposta: E


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “e”, de acordo
art. 45-A da Lei nº 8.212/91. com as alíneas “a”,”b”, “c” e “d” do §9º do art. 28 da
Lei nº 8.212/91.

98 Degrau Cultural
Gabarito

439. Resposta: D 447. Resposta: C


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com a Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
alínea “e”, itens 2, 5 e 7, do §9º do art. 28 da Lei nº 8.212/91. art. 61 da Lei nº 8.212/91.

440. Resposta: B 448. Resposta: A


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com a Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
alínea “h”, do §9º do art. 28 da Lei nº 8.212/91, determi- art. 82 da Lei nº 8.212/91.
nando:
h) as diárias para viagens, desde que não excedam a 449. Resposta: D
50% (cinquenta por cento) da remuneração mensal; Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
(grifo nosso).
art. 85-A da Lei nº 8.212/91.

441. Resposta: A
450. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res-
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
pectivamente, com as alíneas “q” e “r”, do §9º do art. 28
art. 91 da Lei nº 8.212/91.
da Lei nº 8.212/91.
O único item incorreto é o III, vez que a alínea “s”, do § 9º
do art. 28 da Lei nº 8.212/91, determina: 451. Resposta: D
s) o ressarcimento de despesas pelo uso de veículo do Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
empregado e o reembolso creche pago em conformi- os incisos I, II e III do art. 4º da Lei nº 8.213/91.
dade com a legislação trabalhista, observado o limite
máximo de seis anos de idade, quando devidamente 452. Resposta: A
comprovadas as despesas realizadas. (grifo nosso). Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com
os incisos I e II do art. 9º da Lei nº 8.213/91.
442. Resposta: E O único item incorreto é o III, vez que a Lei nº 8.213/91
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o não contempla tal hipótese.
art. 45-A da Lei nº 8.212/91. Ressalte-se que o Regime Geral de Previdência Social
- RGPS garante a cobertura de todas as situações ex-
443. Resposta: A pressas no art. 1º da mencioanda Lei, exceto as de
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o desemprego involuntário, objeto de lei específica, e de
§ 4º do art. 49 da Lei nº 8.212/91. aposentadoria por tempo de contribuição para o traba-
lhador de que trata o § 2o do art. 21 da Lei nº 8.212, de
O Decreto nº 8.001, de 10.05.2013, extinguiu o DNRC e,
24 de julho de 1991.
no seu lugar, criou o Departamento de Registro Empre-
Já o Regime Facultativo Complementar de Previdência
sarial e Integração, inserindo-o na estrutura da Secre-
taria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da Social será objeto de lei especifica.
República.. Fonte site, http://www.fenacon.org.br/notici- Os beneficiários do Regime Geral de Previdência Soci-
as-completas/1139, acessado em 06/09/2015: al classificam-se como segurados e dependentes.
O extinto Departamento Nacional de Registro do Co-
mércio - DNRC, foi criado pelos arts. 17, II e 20 da Lei nº 453. Resposta: B
4.048, de 29 de dezembro de 1961, sendo então órgão Responde à questão a alternativa “b”, de acordo o dis-
central do Sistema Nacional de Registro de Empresas posto no inciso V do art. 11 da Lei nº 8.213/91:
Mercantis do Comércio (SINREM), Possuía o DNRC fun- Art. 11 - V - como contribuinte individual: o ministro
ções: supervisoras, orientadora e normativa, no plano de confissão religiosa e o membro de instituto de
técnico; e supletiva, no plano administrativo.
vida consagrada, de congregação ou de ordem re-
ligiosa.
444. Resposta: A
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
§ 5º do art. 49 da Lei nº 8.212/91. 454. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
445. Resposta: C § 6º do art. 11 da Lei nº 8.213/91:
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o § 6º Para serem considerados segurados especiais, o
art. 51 da Lei nº 8.212/91. cônjuge ou companheiro e os filhos maiores de 16
(dezesseis) anos ou os a estes equiparados deve-
446. Resposta: A rão ter participação ativa nas atividades rurais do gru-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o po familiar. (grifo nosso)
art. 56 da Lei nº 8.212/91.

Degrau Cultural 99
Gabarito

455. Resposta: A Art. 12. São segurados obrigatórios da Previdência


Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- Social as seguintes pessoas físicas:
pectivamente, com o art. 12 e seu § 1º da Lei nº 8.213/91. (...)
O único item incorreto é o III, vez que o § 2º, do art. 12 da V - como contribuinte individual:
Lei nº 8.213/91 dispõe: a) a pessoa física, proprietária ou não, que explora ativi-
§ 2º Caso o servidor ou o militar, amparados por regi- dade agropecuária, a qualquer título, em caráter perma-
me próprio de previdência social, sejam requisitados nente ou temporário, em área superior a 4 (quatro) mó-
para outro órgão ou entidade cujo regime previdenci- dulos fiscais; ou, quando em área igual ou inferior a 4
ário não permita a filiação, nessa condição, perma- (quatro) módulos fiscais ou atividade pesqueira, com
necerão vinculados ao regime de origem, obedeci- auxílio de empregados ou por intermédio de prepostos;
das as regras que cada ente estabeleça acerca de
sua contribuição. (grifo nosso). 461. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com a
456. Resposta: A alínea “m” do inciso I, do art. 9º do Decreto nº 3.048/99.
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo, res- Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
pectivamente, com os incisos I e II do art. 20 da Lei cial as seguintes pessoas físicas:
nº 8.213/91. I - como empregado:
O único item incorreto é o III, de acordo com o § 1º, (...)
alínea “d” do art. 20 da Lei nº 8.213/91 que dispõe: m) o servidor da União, Estado, Distrito Federal ou
§ 1º Não são consideradas como doença do trabalho: Município, incluídas suas autarquias e fundações, ocu-
(...) pante de emprego público;
d) a doença endêmica adquirida por segurado habi-
462. Resposta: D
tante de região em que ela se desenvolva, salvo com-
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo
provação de que é resultante de exposição ou contato
com a alínea “m” do inciso I, do art. 9º do Decreto
direto determinado pela natureza do trabalho.
nº 3.048/99:
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência soci-
457. Resposta: B al as seguintes pessoas físicas:
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo I - como empregado:
com o parágrafo único, alínea “b”, do art. 11 da Lei (...)
nº 8.212/91. h) o bolsista e o estagiário que prestam serviços a em-
presa, em desacordo com a Lei nº 11.788, de 25 de
458. Resposta: C setembro de 2008;
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com a
línea “c” do inciso I, do art. 12 da Lei nº 8.212/91. 463. Resposta: D
Art. 12. São segurados obrigatórios da Previdência Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com
Social as seguintes pessoas físicas: a alínea “o”, inciso I do art. 9º do Decreto nº 3.048/99.
I - como empregado: Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência soci-
(...) al as seguintes pessoas físicas:
c) o brasileiro ou estrangeiro domiciliado e contratado I - como empregado:
no Brasil para trabalhar como empregado em sucur- (...)
sal ou agência de empresa nacional no exterior; o) o escrevente e o auxiliar contratados por titular de
serviços notariais e de registro a partir de 21 de novem-
459. Resposta: D bro de 1994, bem como aquele que optou pelo Regime
Responde à questão a alternativa “d”, com a línea “f” do Geral de Previdência Social, em conformidade com a
inciso I, do art. 12 da Lei nº 8.212/91: Lei nº 8.935, de 18 de novembro de 1994;
Art. 12. São segurados obrigatórios da Previdência So-
cial as seguintes pessoas físicas: 464. Resposta: B
I - como empregado: Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com a
alínea “f”, do inciso V do art. 9º do Decreto nº 3.048/99:
(...)
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
f) o brasileiro ou estrangeiro domiciliado e contrata-
cial as seguintes pessoas físicas:
do no Brasil para trabalhar como empregado em em-
V - como contribuinte individual:
presa domiciliada no exterior, cuja maioria do capital
(...)
votante pertença a empresa brasileira de capital na- f) o diretor não empregado e o membro de conselho
cional; de administração na sociedade anônima;

460. Resposta: B 465. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com a
inciso V, alínea “a”, do art. 12 da Lei nº 8.212/91:
alínea “f”, do inciso V do art. 9º do Decreto nº 3.048/99:

100 Degrau Cultural


Gabarito

Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so- § 1º O aposentado pelo Regime Geral de Previdência
cial as seguintes pessoas físicas: Social que voltar a exercer atividade abrangida por
V - como contribuinte individual: este regime é segurado obrigatório em relação a essa
(...) atividade, ficando sujeito às contribuições de que trata
g) todos os sócios, nas sociedades em nome coletivo este Regulamento.
e de capital e indústria;
471. Resposta: D
466. Resposta: B Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com a
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com a alínea “m” do art. 9º do Decreto nº 3.048/99:
alínea “p”, do inciso V do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so- cial as seguintes pessoas físicas:
cial as seguintes pessoas físicas: (...)
V - como contribuinte individual: § 2º Considera-se diretor empregado aquele que, par-
(...) ticipando ou não do risco econômico do empreendi-
p) o Micro Empreendedor Individual - MEI de que tra- mento, seja contratado ou promovido para cargo de
tam os arts. 18-A e 18-C da Lei Complementar no 123, direção das sociedades anônimas, mantendo as ca-
de 14 de dezembro de 2006, que opte pelo recolhi- racterísticas inerentes à relação de emprego.
mento dos impostos e contribuições abrangidos pelo
Simples Nacional em valores fixos mensais; (Incluído 472. Resposta: C
pelo Decreto nº 6.722, de 2008). Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
inciso I, do §8º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99:
467. Resposta: A Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com a cial as seguintes pessoas físicas:
alínea “a”, do inciso VI do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: (...)
§ 8º Não é segurado especial o membro de grupo
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
familiar que possuir outra fonte de rendimento, exceto
cial as seguintes pessoas físicas:
se decorrente de: (Redação dada pelo Decreto nº
(...)
6.722, de 2008).
VI - como trabalhador avulso
I - benefício de pensão por morte, auxílio-acidente ou
(...)
auxílio-reclusão, cujo valor não supere o do menor
a) o trabalhador que exerce atividade portuária de ca-
benefício de prestação continuada da previdência so-
patazia, estiva, conferência e conserto de carga, vigi- cial; (Redação dada pelo Decreto nº 6.722, de 2008).
lância de embarcação e bloco;
473. Resposta: C
468. Resposta: C Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o inciso IV, do § 8º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99:
art. 93 do Decreto nº 3048/91: Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
Art. 93. O salário-maternidade é devido à segurada cial as seguintes pessoas físicas:
da previdência social, durante cento e vinte dias, com (...)
início vinte e oito dias antes e término noventa e um § 8º Não é segurado especial o membro de grupo
dias depois do parto, podendo ser prorrogado na for- familiar que possuir outra fonte de rendimento, exceto
ma prevista no § 3º. (Redação dada pelo Decreto nº se decorrente de: (Redação dada pelo Decreto nº
4.862, de 2003). 6.722, de 2008).
IV - exercício de mandato eletivo de dirigente sindical
469. Resposta: E de organização da categoria de trabalhadores rurais;
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com a
alínea “f”, do inciso VI do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: 474. Resposta: E
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so- Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
cial as seguintes pessoas físicas: inciso I do §14 do art. 9º do Decreto nº 3.048/99:
(...) Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so-
cial as seguintes pessoas físicas:
VI - como trabalhador avulso
(...)
(...)
§ 14. Considera-se pescador artesanal aquele que,
f) o trabalhador na indústria de extração de sal;
individualmente ou em regime de economia familiar,
faz da pesca sua profissão habitual ou meio principal
470. Resposta: B
de vida, desde que: (Redação dada pelo Decreto nº
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o 3.668, de 2000)
§ 1º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: I - não utilize embarcação;

Degrau Cultural 101


Gabarito

475. Resposta: D IX - o presidiário que não exerce atividade remunera-


Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o da nem esteja vinculado a qualquer regime de previ-
inciso II do § 9º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: dência social; (Redação dada pelo Decreto nº 7.054,
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so- de 2009).
cial as seguintes pessoas físicas:
480. Resposta: E
(...)
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
II - como empregado doméstico - aquele que presta
inciso XI, do § 1º, do art. 11 do Decreto nº 3.048/99:
serviço de natureza contínua, mediante remuneração, Art. 11. É segurado facultativo o maior de dezesseis
a pessoa ou família, no âmbito residencial desta, em anos de idade que se filiar ao Regime Geral de Previ-
atividade sem fins lucrativos; dência Social, mediante contribuição, na forma do art.
199, desde que não esteja exercendo atividade remu-
476. Resposta: C nerada que o enquadre como segurado obrigatório
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o da previdência social.
inciso II do § 9º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: § 1º Podem filiar-se facultativamente, entre outros:
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so- (...)
cial as seguintes pessoas físicas: XI - o segurado recolhido à prisão sob regime fechado
ou semi-aberto, que, nesta condição, preste serviço,
(...)
dentro ou fora da unidade penal, a uma ou mais em-
II - como empregado doméstico - aquele que presta
presas, com ou sem intermediação da organização
serviço de natureza contínua, mediante remuneração, carcerária ou entidade afim, ou que exerce atividade
a pessoa ou família, no âmbito residencial desta, em artesanal por conta própria. (Incluído pelo Decreto nº
atividade sem fins lucrativos; 7.054, de 2009).

477. Resposta: C 481. Resposta: B


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
inciso II do § 9º do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: inciso II, do art. 12 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 9º São segurados obrigatórios da previdência so- Art. 12. Consideram-se:
cial as seguintes pessoas físicas: (...)
(...) II - empregador doméstico - aquele que admite a seu
II - como empregado doméstico - aquele que presta serviço, mediante remuneração, sem finalidade lucra-
serviço de natureza contínua, mediante remuneração, tiva, empregado doméstico.
a pessoa ou família, no âmbito residencial desta, em
atividade sem fins lucrativos; 482. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
478. Resposta: A art. 74 do Decreto nº 3.048/99:
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o Art. 74. Quando o segurado que exercer mais de uma
inciso VI, alínea “d” do art. 9º do Decreto nº 3.048/99: atividade se incapacitar definitivamente para uma de-
VI - como trabalhador avulso - aquele que, sindicali- las, deverá o auxílio-doença ser mantido indefinida-
zado ou não, presta serviço de natureza urbana ou mente, não cabendo sua transformação em aposen-
rural, a diversas empresas, sem vínculo empregatício,
tadoria por invalidez, enquanto essa incapacidade não
com a intermediação obrigatória do órgão gestor de
se estender às demais atividades.
mão-de-obra, nos termos da Lei nº 8.630, de 25 de
fevereiro de 1993, ou do sindicato da categoria, assim
483. Resposta: D
considerados:
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
(...)
§ 7º e 8º do art. 18 do Decreto nº 3.048/99:
d) o amarrador de embarcação;
Art. 18.
(...)
479. Resposta: E
§ 7º A inscrição do segurado especial será feita de
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
forma a vinculá-lo ao seu respectivo grupo familiar e
inciso IX, do § 1º, do art. 11 do Decreto nº 3.048/99:
conterá, além das informações pessoais, a identifica-
Art. 11. É segurado facultativo o maior de dezesseis
ção da forma do exercício da atividade, se individual
anos de idade que se filiar ao Regime Geral de Previ-
ou em regime de economia familiar; da condição no
dência Social, mediante contribuição, na forma do art.
grupo familiar, se titular ou componente; do tipo de
199, desde que não esteja exercendo atividade remu-
ocupação do titular de acordo com tabela do Código
nerada que o enquadre como segurado obrigatório
Brasileiro de Ocupações; da forma de ocupação do ti-
da previdência social.
tular vinculando-o à propriedade ou embarcação em
§ 1º Podem filiar-se facultativamente, entre outros:
que trabalha, da propriedade em que desenvolve a ati-
(...)
vidade, se nela reside ou o município onde reside e,

102 Degrau Cultural


Gabarito

quando for o caso, a identificação e inscrição da pes- Art. 17. A perda da qualidade de dependente ocorre:
soa responsável pelo grupo familiar. (Incluído pelo I - para o cônjuge, pela separação judicial ou divórcio,
Decreto nº 6.722, de 2008). enquanto não lhe for assegurada a prestação de ali-
Acentue-se que o § 8º do mencionado artigo dispõe: mentos, pela anulação do casamento, pelo óbito ou
§ 8º O segurado especial integrante de grupo familiar por sentença judicial transitada em julgado;
que não seja proprietário do imóvel rural ou da embar-
cação em que desenvolve sua atividade deve informar,
489. Resposta: C
no ato da inscrição, conforme o caso, o nome e o CPF
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
do parceiro ou meeiro outorgante, arrendador, como-
inciso I, do art. 17 do Decreto nº 3.048/99:
dante ou assemelhado. (Incluído pelo Decreto nº 6.722,
de 2008). Art. 17. A perda da qualidade de dependente ocorre:
(...)
484. Resposta: B III - para o filho e o irmão, de qualquer condição, ao
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o completarem vinte e um anos de idade, salvo se invá-
inciso II do art. 13 do Decreto nº 3.048/99: lidos, desde que a invalidez tenha ocorrido antes:
Art. 13. Mantém a qualidade de segurado, indepen- a) de completarem vinte e um anos de idade;
dentemente de contribuições:
(...) 490. Resposta: B
II - até doze meses após a cessação de benefício por Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
incapacidade ou após a cessação das contribuições,
inciso II, do art. 17 do Decreto nº 3.048/99:
o segurado que deixar de exercer atividade remune-
Art. 17. A perda da qualidade de dependente ocorre:
rada abrangida pela previdência social ou estiver sus-
penso ou licenciado sem remuneração; (...)
II - para a companheira ou companheiro, pela cessa-
485. Resposta: A ção da união estável com o segurado ou segurada,
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o enquanto não lhe for garantida a prestação de ali-
inciso I do art. 13 do Decreto nº 3.048/99: mentos;
Art. 13. Mantém a qualidade de segurado, indepen-
dentemente de contribuições: 491. Resposta: C
I - sem limite de prazo, quem está em gozo de bene- Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
fício; art. 74 da Lei nº 8.213/91.

486. Resposta: A
492. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “a”, de acordo com o
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
inciso III do art. 13 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 13. Mantém a qualidade de segurado, indepen- inciso II, do art. 30 do Decreto nº 3.048/99:
dentemente de contribuições: Art. 30. Independe de carência a concessão das se-
(...) guintes prestações:
III - até doze meses após cessar a segregação, o se- (...)
gurado acometido de doença de segregação compul- II - salário-maternidade, para as seguradas emprega-
sória; da, empregada doméstica e trabalhadora avulsa;

487. Resposta: C 493. Resposta: D


Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 2º do art. 11 do Decreto nº 3.048/99: inciso II, do art. 30 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 11 Art. 30. Independe de carência a concessão das se-
(...) guintes prestações:
§ 2º É vedada a filiação ao Regime Geral de Pre- (...)
vidência Social, na qualidade de segurado facul- II - salário-maternidade, para as seguradas emprega-
tativo, de pessoa participante de regime próprio da, empregada doméstica e trabalhadora avulsa;
de previdência social, salvo na hipótese de afas-
tamento sem vencimento e desde que não permi- 494. Resposta: D
tida, nesta condição, contribuição ao respectivo Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
regime próprio. inciso V, do art. 30 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 30. Independe de carência a concessão das se-
488. Resposta: C guintes prestações:
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o (...)
inciso I, do art. 17 do Decreto nº 3.048/99: V - reabilitação profissional.

Degrau Cultural 103


Gabarito

495. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
art. 75 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 75. Durante os primeiros quinze dias consecuti-
vos de afastamento da atividade por motivo de doen-
ça, incumbe à empresa pagar ao segurado emprega-
do o seu salário.

496. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
§ 2º do art. 75 do Decreto nº 3.048/99:
§ 2º Quando a incapacidade ultrapassar quinze dias
consecutivos, o segurado será encaminhado à perícia
médica do Instituto Nacional do Seguro Social.

497. Resposta: B
Responde à questão a alternativa “b”, de acordo com o
§ 4º do art. 75 do Decreto nº 3.048/99:
§ 4º Se o segurado empregado, por motivo de doen-
ça, afastar-se do trabalho durante quinze dias, retor-
nando à atividade no décimo sexto dia, e se dela vol-
tar a se afastar dentro de sessenta dias desse retorno,
em decorrência da mesma doença, fará jus ao auxílio
doença a partir da data do novo afastamento.

498. Resposta: E
Responde à questão a alternativa “e”, de acordo com o
art. 80 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 80. O segurado empregado em gozo de auxí-
lio-doença é considerado pela empresa como li-
cenciado.

499. Resposta: D
Responde à questão a alternativa “d”, de acordo com o
§ 2º do art. 17 do Decreto nº 3.048/99:
Art. 82. O salário-família será pago mensalmente:
(...)
§ 2º O salário-família do trabalhador avulso indepen-
de do número de dias trabalhados no mês, devendo o
seu pagamento corresponder ao valor integral da cota.

500. Resposta: C
Responde à questão a alternativa “c”, de acordo com o
§ 5º do art. 93 do Decreto nº 3.048/99:
§ 5º Em caso de aborto não criminoso, comprova-
do mediante atestado médico, a segurada terá di-
reito ao salário-maternidade correspondente a duas
semanas.

104 Degrau Cultural


Gabarito

Degrau Cultural 105


Gabarito

CÓD.: 1044
500 TESTES - LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA
ESP.: APOSTILA DE TESTES
09/15

106 Degrau Cultural