Você está na página 1de 4

AMBEV

2013/2014

Liquidez geral

Com este indicador é possível analisar a situação financeira da empresa, considerando a


sua capacidade de saldar suas dívidas no curto e longo prazo. Nos períodos analisados a
empresa apresenta indicadores abaixo de 1 em 2014 em 2013 ela mostra que pode
liquidar suas dividas ,no curto e longo prazo . Em 2013 a empresa possui 1,00 , o que
representa que para cada R$ 1,00 de dívida a empresa possui R$ 1,00 em caixa e ou a
receber, já em 2014 a situação piora com R$ 0,88 em caixa.

Liquidez Corrente

A Liquidez Corrente é o índice que indica o quanto a empresa possui em dinheiro, bens
e em direitos realizáveis no curto prazo, comparado com as suas dívidas a serem pagas
no mesmo período. Quando o Índice de Liquidez é maior que 1 significa que a empresa
possui recursos suficientes para honrar seus compromissos de curto prazo nas datas de
seus vencimentos

Os resultados expressam que no período analisado entre 2014 e 2013 a empresa possui
liquidez abaixo de 1, em 2014 ela apresentou um resultado 0,95 e 2013 o resultado foi
equivalente de 1,20 sendo assim a empresa tem condições de arcar com seus
compromissos.

Liquidez Seca

O Índice de Liquidez Seca tem como objetivo apresentar a capacidade de pagamento da


empresa no curto prazo. Para tanto, o cálculo não considera os estoques, que são os
elementos menos líquidos do Ativo Circulante.

Este índice indicou que a empresa não depende das vendas de seu estoque para liquidar
seus compromissos em 2013 sendo que seu índice e de R$ 1,04 já em 2014 o ela
precisa vender parte de seu estoque para liquidar alguma dívida visto que o resultado foi
0,79.

Liquidez imediata

O indicador aponta a capacidade de pagamento de compromissos em prazos curtos da


empresa, considerando os valores contabilizados na forma de Disponibilidades .

Ao longo do período a empresa não apresentou recursos para honrar obrigações com
valores disponíveis. Em 2014 para cada 1 real de obrigação a empresa so teve R$: 0,45
e em 2013 R$ : 0,66.

Rotação do estoque
Este indicador representa o número de vezes que o Estoque é reposto durante o ano. No
caso da ambev , em 2014, este indicador foi de 84,30 dias aproximadamente, que é o
tempo médio que os produtos ficaram armazenados no Estoque enquanto não eram
vendidos. Em 2013, foi 88,21 dias aproximadamente , o que indica o tempo médio que
os produtos ficaram armazenados até o momento da venda. Como podemos notar, a
empresa manteve a média de tempo de armazenagem praticamente inalterada durante
estes dois exercícios. Além disso, verificamos que não são boas médias, uma vez que os
produtos ficaram armazenados por mais de dois meses.

Período Médio de Rotação de Vendas

O Prazo Médio de Recebimento Indica quantos dias em média a empresa leva para
receber de seus clientes suas vendas a prazo, no caso da ambev a empresa apresentou no
ano de 2014 um percentual de 42,76 e em 2013 de 45,53, para a empresa a queda de
percentual é sinal de melhora, pois quanto menor for o tempo de recebimento de suas
vendas a prazo melhor será para ela.

Prazo médio de pagamento

O Prazo Médio de Pagamento indica quanto dias a empresa tem para pagar seus
fornecedores, quanto menor rotação de débito, maior será o prazo que a empresa terá de
saldar as suas dívidas junto aos seus fornecedores. A ambev no ano de 2014 apresentou
melhora modéstia em relação a 2013, isso demonstrado através do aumento de dias que
passou de 249,10 para 234,81. Levando em consideração o tempo médio de
recebimentos, verificamos que a empresa possui grande vantagem, pois o tempo médio
de recebimentos é bem inferior ao tempo médio de pagamentos o que indica que a
empresa após receber de seus clientes possui grande folga para cumprir com suas dívida

Participação de Capitais de Terceiros

Este índice indica o percentual de Capital de Terceiros em relação ao Patrimônio


Líquido, retratando a dependência da empresa em relação aos recursos externos.

A interpretação do índice de PCT isoladamente, para o analista financeiro,cujo objetivo


é avaliar o risco da empresa, é no sentido de que “quanto maior, pior”, mantidos
constantes os demais fatores. Em 2013 apresentou 56,21 e em 2014 teve um aumento
considerável para 65,30 Para a empresa pode ocorrer que o endividamento lhe permita
melhor ganho, porém, associado ao maior ganho estará um maior risco. O índice de
Participação de Capitais de Terceiros relaciona, portanto as duas grandes fontes de
recursos da empresa, ou seja, Capitais Próprios e Capitais de Terceiros. É um indicador
de risco ou de dependência a terceiros, por parte da empresa.

Composição do Endividamento

Este indica a quantidade de dívidas em curto prazo em relação ao total de dívidas


perante terceiros a curto e longo prazo. A ambev demonstra também certa estabilidade
quanto ao pagamento no período de um ano, o qual a margem de comprometimento no
ano de 2014 é de 76%, em 2013 para 69%. Podemos verificar que há um equilíbrio
entre as dívidas de curto prazo e as de longo prazo.
Imobilização do Patrimônio Líquido

O índice de imobilização do PL indica quanto do Patrimônio Líquido da empresa está


aplicado no Ativo Permanente, ou seja, o quanto do Ativo Permanente da empresa é
financiado pelo seu Patrimônio Líquido, evidenciando, dessa forma, a maior ou menor
dependência de recursos de terceiros para manutenção dos negócios.

A interpretação do índice de IPL é no sentido de que “quanto maior, pior”, mantidos


constantes os demais fatores. As aplicações dos recursos do Patrimônio Líquido são
exclusivas do Ativo Permanente e do Ativo Circulante. Quanto mais a empresa investir
no Ativo Permanente, menos recursos próprios sobrarão para o Ativo Circulante e, em
conseqüência, maior será a dependência a Capitais de Terceiros para o financiamento do
Ativo Circulante no caso da ambev em 2013 ela tinha 31,67 e em 2014 houve um
aumento para 36,06 conclui-se que ela depende de capitais de terceiros para a
movimentação da mesma.

Imobilização dos Recursos Não Correntes

Este índice indica que percentuais de Recursos Não Correntes a empresa aplicou no
Ativo Permanente.

A interpretação do índice é no sentido de que “quanto menor, melhor”. A parcela de


Recursos não Correntes destinada ao Ativo Circulante é denominada Capital Circulante
Liquido que, além de serem formados pelo Capital Circulante Próprio e o Exigível a
Longo Prazo, ainda representa os financiamentos de que a empresa dispõe para o seu
giro e que não serão cobrados a Curto Prazo no caso da ambev em 2013 ela teve 3,71 %
aplicado em 2014 teve um aumento para 4,53 % .

ÍNDICES DE RENTABILIDADE

Giro do ativo

Indicador representa o número de vezes que os recursos aplicados na empresa são


utilizados durante o ano. No caso da ambev , em 2014, obtivemos um indicador de
35,78, o que significa que para cada R$ 100,00 aplicados, a empresa vendeu R$ 350,78
durante o ano. Em 2013 , este indicador foi de 34,03, o que indica que para cada R$
100,00 aplicados a empresa vendeu R$ 340,30. Observando o comportamento da
empresa, no que diz respeito a este indicador, notamos que a empresa obteve um bom
retorno quanto ao capital aplicado na empresa durante o ano de 2014 e 2013 , uma vez
que o montante das vendas superou o capital aplicado na mesma.

Margem Líquida

A margem líquida é a representação da percentagem de cada unidade monetária que


restou, depois da empresa ter pago seus produtos, as demais despesas e os impostos. O
índice de margem líquida de um empreendimento dependerá da organização no qual ele
é calculado e do giro que ele é capaz de ocasionar. Analisando de maneira genérica,
quanto maior o índice melhor a situação financeira da empresa. A margem líquida da
ambev foi de 48% em 2014, em 2013 de 48% Isso indica que após pagar todas as
despesas sobraram 48%, respectivamente, para remunerar os acionistas.
Rentabilidade do Ativo

O Índice da Rentabilidade do Ativo mede a capacidade de lucros sobre o ativo de que a


empresa dispõe. Esse índice permite analisar o grau de retorno sobre o investimento da
instituição. Verificamos, através dos dados da empresa estudada, que o retorno sobre o
investimento aumenta de 2013 para 2014. Isso significa que, mesmo com altos
investimentos realizados , a porcentagem de retorno sobre o ativo melhorou, em 2014
foi de 17,51 e em 2013 de 16,50 .

Rentabilidade do PL

A Rentabilidade do Patrimônio Líquido representa o retorno do investimento para os


acionistas no empreendimento. Resulta da divisão do lucro líquido pelo patrimônio
líquido. O lucro, pode ser visto como um prêmio do investidor pelo risco de seu
negócio.

A ambev ganhou de lucro líquido para cada real de capital próprio investido em 2014,
um valor 28% superior ao ano de 2013 que foi de 25%.

Índice de Lucratividade

No caso da ambev a cada R$ 1,00 investido você terá um retorno superior do que o seu
investimento. Onde em 2013 ela teve um retorno de 32% já em 2014 tivemos uma
queda para 30% porem ainda considerado bom na visão geral.